You are on page 1of 163

1º CICLO - A TERCEIRA POTÊNCIA

VOLUME 5
P-21 - 25

1
O Herdeiro do O Herdeiro do
Universo Universo

O Herdeiro do
Universo
A Guerra Atômica Que Não Houve A Fuga de Thora
Volume 21 Volume 22

O Herdeiro do
O Herdeiro do Universo
Universo

Chave Secreta X
Volume 23

Na selva do Mundo Primitivo O Supercrânio


Volume 24 Volume 16

2
A Guerra Atômica Que Não Houve
A Fuga de Thora
Chave Secreta X
Na Selva do Mundo Primitivo
O Supercrânio

1º Ciclo – A Terceira Potência


Volume 05
Episódios: 21 - 25 de 49

3
Nº 21

De
Kurt Mahr

Tradução
Richard Paul Neto
Digitalização
Vitório
Revisão e novo formato
W.Q. Moraes

Nenhum exército equipado com armas terrenas convencionais, por maior que
seja, pode enfrentar os recursos da antiquíssima técnica arcônida. Perry Rhodan
sabe disso perfeitamente, e não se preocupa com os remanescentes de uma divisão
espacial comandada pelo general Tomisenkow, que investira obstinadamente
contra a fortaleza de Vênus. O que causa muita preocupação ao chefe da Terceira
Potência é a evolução mais recente da política na Terra.
Com sua permanência no planeta Peregrino, Rhodan perdeu mais de quatro
anos. Agora tem de regressar com a maior urgência ao seu mundo, para que não
haja a guerra atômica...

4
I comunicação pelo rádio entre Vênus e a Terra. Em nosso
planeta ninguém sabia que Perry Rhodan, chefe da
Terceira Potência e comandante da supernave Stardust-
Vista da nave capitania Wladislav Kossygin, a frota III, havia dispersado a expedição de Tomisenkow pelos
se parecia com duas fileiras de pérolas reluzentes, quatro cantos de Vênus e privado a mesma de quase
cuidadosamente enfiadas em barbantes, a distâncias todos os recursos técnicos.
sempre iguais.
A frota se deslocava sob o brilho reluzente do Sol. Os ***
pontos luminosos que representavam as naves, Naquele mesmo instante, a Stardust-III se encontrava
projetados nas telas da Kossygin, emitiam uma luz muito em sua viagem de regresso de Vênus à Terra. As
mais intensa que a das estrelas destacadas contra o céu componentes motrizes da enorme nave esférica
negro. funcionavam a plena potência e, dentro de poucos
O major Pjotkin se esforçou para minutos, aceleraram a nave a
reprimir o orgulho que essa visão Personagens Principais deste um ponto extremamente
ameaçava provocar em sua mente. episódio: elevado. Os imensos campos
Era bem verdade que, comparados protetores e de absorção de
com outros veículos que povoavam o Perry Rhodan — Chefe da Terceira choques fariam com que
espaço, essas naves não passavam de qualquer quantidade de matéria,
patos desajeitados e de longas asas. Potência.
desde a minúscula partícula
Uma vez fora do âmbito da gravitação Coronel Freyt — Representante de Perry cósmica até a rocha
terrestre, possuíam apenas uma interplanetária, se desfizessem
reserva de radiações que lhes Rhodan na Terra.
sob o efeito das radiações antes
permitiria realizar uma manobra de Capitão Welinskij — Comandante de um de poderem se tornar perigosas
desaceleração antes de atingir a órbita à nave.
de Vênus. O resto, o mais difícil do esquadrão de caças.
Rhodan não apreciava esse
pouso propriamente dito, ficaria a Major Deringhouse — Que dá provas de tipo de voo, pois, se utilizando
cargo das asas. A aterrissagem seria do sistema de micro-ondas, não
aerodinâmica. Tinham que contar com sua qualidade de sabotador e agente secreto.
teria chances para uma rápida
uma perda de cinco por cento. Como a Fedor A. Strelnikov — Um novo ditador. localização de qualquer objeto
frota possuísse duzentas naves, dez que cruzasse seu caminho. E o
jamais chegariam ao solo de Vênus; Marechal Sirov — O braço direito de
rastreamento estrutural, que
ou atingiriam o mesmo sob a forma de funcionava com base em
Strelnikov.
um meteorito incandescente. Eram princípios pentadimensionais,
estas as previsões dos cientistas. tinha seu campo de detecção
O resultado também poderia ser situado a partir de uma unidade astronômica, ou seja,
diferente, segundo Pjotkin. Talvez fosse dez por cento. cento e cinquenta milhões de quilômetros. Era bem
A frota levava reforços para a expedição do general verdade que mesmo dentro desse raio o rastreamento era
Tomisenkow. Os reforços consistiam principalmente possível; mas perdia todo o sentido, já que, numa
num suprimento de aço, uma vez que, depois do pouso, distância tão reduzida, o sistema de observação por
as naves não mais estariam em condições de sair de micro-ondas funcionaria praticamente com a mesma
Vênus. Não lhes restaria qualquer reserva de radiações. rapidez.
Juntamente com as quinhentas naves de Tomisenkow, Por isso a Stardust-III se deslocava numa espécie de
aguardariam a chegada de outra frota de reforço com voo cego. Nada poderia lhe acontecer, já que os campos
uma carga de combustível, que voltaria a colocar os protetores lhe forneceriam proteção ininterrupta. Mas ai
patos metálicos em condições de voar. de quem se pusesse em seu caminho.
Pjotkin procurou calcular se mil naves seriam
suficientes para reabastecer as quase setecentas que se ***
encontrariam em Vênus. E se fossem? Nesse caso, em Na tela do radar da Kossygin surgiu uma estranha
vez de setecentas naves, mil ficariam retidas no planeta mancha verde. Aparecera naquele instante, mas, antes
coberto de selva. que o operador de radar desse pela sua presença, já havia
Sessenta por cento da tripulação da frota de Pjotkin percorrido a quarta parte do diâmetro da tela.
era formada por mulheres. Pjotkin ficava se indagando o Num movimento treinado milhares de vezes, a mão
que os planejadores teriam tido em mente ao comporem do homem se deslocou para baixo e comprimiu a
dessa forma o pessoal conduzido pela frota. As mulheres superfície vermelha da chave de alarma. Sereias uivaram
eram especialistas: médicas, técnicas, biólogas. e o telecomunicador transmitiu o alarma às duzentas
Pretenderiam instalar em Vênus algo parecido com naves que compunham a frota.
uma base permanente? Uma base que se tornasse Subitamente a voz de Pjotkin soou no alto-falante.
independente da Terra em todos os sentidos, inclusive no — O que houve radar?
campo biológico? — Objeto desconhecido aproxima-se da frota.
Sem dúvida Pjotkin teria encarado sua missão com Velocidade... quase igual à da luz!
maior seriedade se soubesse que, para Tomisenkow e sua O operador ouviu a respiração pesada de Pjotkin.
expedição, o êxito da mesma representava a — Que setor de nossa frota está sendo ameaçado?
sobrevivência. Na posição atual dos astros — o Sol se Fale logo, homem!
interpunha entre os dois planetas — não havia qualquer — O centro.
5
A voz de Pjotkin se tornou mais fraca quando ele se uma quantidade considerável de material radiante. Os
voltou para outro microfone. O operador de radar ouviu remanescentes da frota teriam dificuldades em reduzir a
as ordens por ele transmitidas: velocidade a um limite que não oferecesse perigo quando
— Corrigir rota. Toda força para bombordo. atingissem a órbita de Vênus.
Imediatamente. Todos os observadores de radar da frota haviam
O ponto verde quase havia percorrido metade da tela percebido a causa do desastre poucos segundos antes da
do radar. Aproximava-se inexoravelmente do centro catástrofe, e agora viram o ponto verde se afastar com
marcado em vermelho, que representava a posição do velocidade moderada.
observador. Rhodan ouviu uma série de conjecturas sobre o que
O operador de radar conteve a respiração. Se a seria aquele ponto. Uma única pessoa teve a ideia de que
correção não fosse completada imediatamente... poderia se tratar de um veículo da Terceira Potência, mas
Mais dois segundos! essa ideia foi logo abafada pelo comandante da frota.
O homem cerrou os olhos e se agarrou ao painel, Rhodan compreendeu a manobra. O coronel se veria
aguardando o choque iminente. diante de um problema insolúvel se confessasse que o
Não houve o choque esperado. A morte surgiu em inimigo dispunha de veículos capazes de atravessar uma
forma de um raio azul e ofuscante, que transformou a frota compacta de naves sem sofrer o menor dano.
Kossygin num enxame de moléculas e átomos que se Percebia-se que as cento e sessenta e seis naves que
disseminaram pelo espaço. restavam estavam em condições de prosseguir viagem
O operador de radar não percebeu nada. Uma morte sem auxílio de fora. Face à escassez de matéria radiante,
que surge com a velocidade da luz nem chega a causar não lhes restava outra alternativa senão prosseguir pela
uma impressão dolorosa. rota em que já se encontravam: a de Vênus.
A Stardust-III deixou-as entregues ao seu destino e
*** reiniciou sua viagem.
Rhodan, no entanto, lamentou a destruição das trinta
Na última fração de segundo, Rhodan fora avisado e quatro naves espaciais. Ainda mais que o encontro da
sobre a fileira dupla formada pelas duzentas naves. Num Stardust-III com a frota do Bloco Oriental só podia ser
gesto instantâneo, levantou o braço para manobrar algum atribuído exclusivamente a um acaso por demais infeliz.
dispositivo de comando que desencadeasse uma manobra Era extremamente improvável que dois ou mais objetos,
salvadora. que se deslocassem pelo espaço em trajetórias mais ou
Mas era apenas um movimento reflexivo. Ao se dar menos arbitrárias, viessem se encontrar no mesmo ponto;
conta disso, baixou o braço; a Stardust-III já deixara para muito mais improvável do que duas pedrinhas atiradas
trás a frota inimiga. por pessoas diferentes virem a se chocar.
Imediatamente a nave executou uma manobra de
frenagem, utilizando toda a potência de suas
componentes motrizes. Uma desaceleração máxima —
que representava o valor mais elevado que os II
neutralizadores poderiam absorver — atingiu em poucos
minutos, não uma imobilização absoluta, mas uma 12 de junho.
redução de velocidade que permitia a observação ótica Moscou.
direta da frota parcialmente destroçada. Dez horas da manhã, tempo local.
O quadro que se apresentava nas telas da Stardust-III
era consternador. A fileira dupla de pérolas cintilantes, O Estado-Maior das forças armadas do Bloco
que o major Pjotkin observara meia hora antes, estava Oriental chegara à conclusão de que o ataque aos
esfacelada. Impelidas pelo pânico, as naves se principais centros militares e industriais dos dois outros
dispersavam em todas as direções. Apesar disso, ainda se blocos de nações e da Terceira Potência teria de ser
percebia nitidamente a abertura que a Stardust-III fizera marcado para um dos próximos dias.
naquele front. As condições nunca haviam sido tão favoráveis. O
Rhodan mandou efetuar a sondagem radiofônica. Bloco Oriental instalara sua base em Vênus, e uma
Pretendia escutar as mensagens trocadas entre as naves. poderosa frota com reforços estava a caminho desta base
Reconhecera seu formato e por isso sabia que se tratava — não se desconfiava da sorte lamentável de
de uma frota do Bloco Oriental. Apesar disso, prestaria Tomisenkow, tampouco da catástrofe que atingira a frota
socorro imediato àqueles homens, se não conseguissem no meio do caminho. Tudo indicava que a Terceira
se arranjar por si. Potência não tomara conhecimento das modificações
Ouviu os informes expedidos das várias naves. O políticas determinadas pelo novo curso de ação do Bloco
tradutor automático traduziu as mensagens russas para o Oriental, ou não se interessava pelas mesmas. No início
inglês. temia-se uma intervenção dos homens de Galáxia, mas
Rhodan ficou sabendo que, no início, a frota era esta não se verificara.
composta de duzentas naves. Trinta e quatro delas — Provavelmente isso seria devido ao fato de que Perry
entre elas a nave capitania, que trazia a bordo o major Rhodan, chefe da Terceira Potência, no momento não se
Pjotkin — haviam sido destruídas; evaporaram-se sob o encontrava na Terra, nem nas proximidades da mesma.
impacto dos campos protetores da gigantesca nave. Em Moscou não se sabia nada sobre o paradeiro de
Um coronel assumiu o comando. Através de uma Rhodan.
série de manobras complicadas voltou a unir as naves A grande conferência do Estado-Maior foi realizada
numa formação ordenada. Essas manobras consumiram
6
no auditório de uma universidade. Todos estavam de “Todos nós estamos lembrados dos fenômenos
acordo sobre os princípios pelos quais se orientaria a ligados à súbita ausência de gravidade, registrados na
ação, e a ideia generalizada de que só faltava discutir época em que a Terceira Potência começou a se
alguns detalhes da execução do plano encheu os generais estabelecer no deserto de Gobi. Portanto, sabemos quem
de certa euforia. é o inimigo que temos diante de nós. Não conhecemos
Um marechal búlgaro apresentou sua tese do cerco todas as armas de que ele dispõe, mas estamos dispostos
estratégico da Federação Asiática. Foi quando um a lançar nossas armas contra ele. O tempo das discussões
ordenança entrou no recinto com o passo tranquilo, mas passou; chegou a hora de agir.”
com uma expressão de desassossego no rosto. Trazia um
papel na mão e se dirigiu ao marechal Sirov que, sentado ***
numa poltrona do centro da primeira fileira, dirigia a
conferência. 12 de junho.
Sirov passou os olhos pelo papel. Os que se Karaganda.
encontravam mais próximos viram que franziu a testa, Cerca de 14 horas, tempo local.
levantou os olhos e encarou o marechal búlgaro até que o Há meia hora os aparelhos da 23a esquadrilha de
mesmo estacou em sua fala. Sirov fez um gesto, se caças estão em regime de rigorosa prontidão.
levantou e, com o papel na mão, se dirigiu à tribuna que Fala-se num “veículo aéreo inimigo muito grande”
o professor costumava usar para fazer suas preleções. que, pelo que se ouve se diverte em cruzar os céus do
Espantado, mas com a maior solicitude, o búlgaro lhe país em todas as direções, deixando atrás de si a
cedeu o lugar. confusão e a destruição.
Sirov iniciou sua fala sem qualquer introito: Os pilotos estão sentados nos seus aparelhos, com as
— Vou ler as notícias vindas de todas as partes do carlingas abertas. Pelo que se ouve, o inimigo
país, que a central recebeu há poucos minutos. desenvolve uma velocidade extraordinária. Uma vez
— Primeiro: Às nove horas e trinta e oito minutos, localizado o veículo inimigo, os aviões terão que decolar
tempo de Moscou, um posto de observações imediatamente.
meteorológicas — fez uma pausa significativa, para que O objetivo é a destruição do inimigo com todos os
todos compreendessem que, sob o disfarce do posto, se meios disponíveis.
ocultava um objeto muito mais importante — situado em ***
Nowaja Sumlja, uma ilha da região ártica, foi arrancado Reginald Bell, companheiro de Rhodan desde os dias
do solo e carregado por um ciclone. O único do primeiro voo humano à Lua, dirigia a Stardust-III sem
sobrevivente encontrou um radiotransmissor intacto e recorrer ao piloto automático. Numa tela fixada acima de
enviou a notícia. Informa que, poucos segundos antes do sua mesa de comando via-se o mapa do hemisfério norte
início do fenômeno súbito e inesperado, a escuridão da Terra. As indicações de rota transmitidas por Rhodan
desceu sobre a Terra, como se a noite polar tivesse chegavam a ele através de setas e pontos vermelhos
irrompido com uma antecedência de quatro meses. projetados nesse mapa.
“Segundo: Nowosibirsk, oito horas e cinquenta e um Rhodan fez o possível para poupar vidas humanas.
minutos, tempo de Moscou. Um tipo de eclipse solar cai Sabia que a chamada revolução, que há algum tempo
sobre a Terra. A base de foguetes situada nas arrancara o Bloco Oriental do seio do grupo das
proximidades da cidade é atacada por uma estranha superpotências que buscavam a distensão, só era
ausência de gravidade. Os homens saem flutuando pelo promovida por umas poucas pessoas ambiciosas. Os
ar, as rampas de disparo se soltam de suas bases, os quatrocentos milhões de pessoas que habitavam essa
foguetes são tangidos pela tormenta que desaba de região da Terra não podiam ser responsabilizados pela
repente”. reviravolta.
“Terceiro: Molotov, Montes Urais, nove horas e Mas estavam em guerra, e nem mesmo o mais
quarenta e quatro minutos, tempo de Moscou. Uma coisa humano dos comandantes conseguiria evitar toda e
inexplicável obscurece o céu por instantes, provoca um qualquer perda de vida.
ciclone de violência inacreditável e deixa atrás de si uma Rhodan sabia quais eram os pontos vulneráveis do
faixa de terra calcinada com cerca de um quilômetro de inimigo. Seus agentes estavam espalhados pelos quatro
largura. Todas as instalações de mineração e cantos da Terra, e os prisioneiros capturados em Vênus
processamento de minérios das usinas Sergej Iljuchin tiveram de lhe dar as informações que desejava, quer
situadas acima do solo foram destruídas.” quisessem, quer não.
Sirov fez uma pausa. Sentiu certa satisfação ao Na região de Baku, a Stardust-III acabara de
perceber que não era a única pessoa que tinha ficado inutilizar uma usina de reatores que supria de energia
abalada com essas notícias. O pavor e o desânimo se elétrica as instalações técnico-militares do litoral do Mar
desenhavam em todos os rostos. Cáspio.
— A explicação destas ocorrências — prosseguiu em Rhodan introduziu no mapa projetado uma seta
tom áspero — provavelmente está na quarta notícia, que branca que apontava para a Sibéria Ocidental e colocou
vou ler. um ponto vermelho sobre a cidade de Karaganda.
“O posto de radar da península de Taimyr, situada no Imediatamente Bell mudou de rota.
norte da Sibéria, informa ter localizado um objeto
esférico de cerca de oitocentos metros de diâmetro, que ***
se desloca sobre o território de nossos Estados nas mais — Localização a duzentos e dez graus! — berrou a
variadas direções e altitudes; ao que tudo indica está voz nos fones de ouvido. — Altitude: treze mil metros.
sendo dirigido”. Pista livre para a decolagem de todos os aparelhos.
7
A base aérea de Karaganda era uma das mais cargas explosivas nucleares seriam capazes de causar
modernas do Bloco Oriental. O dimensionamento qualquer dano àquela bola de fogo.
racional das pistas permitia a decolagem simultânea de Dirigiu o avião para o alto. Cerrou os olhos, pois,
toda uma esquadrilha de caças. apesar do vidro antiofuscante, a esfera fez com que lhe
O capitão Welinskij, um homem de descendência ardessem às conjuntivas.
polonesa, comprimiu o botão que fechava a carlinga e Welinskij foi mais feliz que qualquer dos outros
imprimiu a potência máxima ao motor. Com a ordem de pilotos. Conseguiu manobrar seu aparelho de tal forma
decolar, os calços das rodas foram afastados que apenas roçou nos gigantescos campos protetores da
automaticamente. A máquina rolou pela pista, aumentou Stardust-III. O avião se esfacelou, e a força do impacto
de velocidade e subiu muito antes de atingir o fim da fez com que o ejetor arremessasse Welinskij mais
pista. algumas centenas de metros para o alto. Mas, quando
Welinskij assumiu o comando da esquadrilha. começou a descer, o paraquedas se abriu, foi atingido
— Virar para duzentos e dez graus. Altitude de pelo ar aquecido e fez com que o capitão balouçasse em
dezoito mil metros. direção ao solo, são e salvo.
Não era recomendável que um piloto de caça atacasse Os demais aparelhos se precipitaram para cima da
da mesma altitude ou mesmo de baixo um adversário bola de fogo. Evaporaram-se nas nuvens causadas pela
superior em forças. Uma diferença de altitude de cinco explosão dos foguetes que eles mesmos haviam
mil metros aumentaria consideravelmente as chances que disparado poucos segundos antes.
tinham Welinskij e seus companheiros de causar algum A luta — se é que aquilo podia ser chamado de luta
dano ao inimigo. — durou exatamente cem segundos, desde o instante em
Os aviões de caça dispunham de dois mecanismos que surgiu a Stardust-III. Quando chegou ao fim, a 23a
propulsores inteiramente independentes: um reator de esquadrilha de caças deixara de existir.
jato, acionado por ocasião da decolagem, que levaria o Só restava um vestígio insignificante: o capitão
aparelho rapidamente à altitude desejada, e um dos Welinskij, que, atingido pelo redemoinho causado pela
mecanismos convencionais de turboradiações, que Stardust-III, foi atirado a uma distância tal que pôde se
permitiria, em voo horizontal, uma velocidade de mach livrar da radiatividade desencadeada pelos foguetes.
4, ou seja, uma velocidade equivalente a quatro vezes a Inconsciente, continuava em sua descida.
do som. O destino poupara aquele homem para que pudesse
Os caças estavam equipados com foguetes e canhões contar algo aos homens que lhe haviam confiado a
automáticos, rigidamente montados na estrutura. Não missão.
haveria caça mais eficiente na Terra, se... há alguns anos Mas às vezes o destino parece bastante míope. Se
o primeiro astronauta americano não tivesse encontrado Welinskij contasse o que presenciara, seria considerado
na Lua os representantes de uma raça estranha, um idiota e encaminhado a um psiquiatra.
investindo-se na herança de suas conquistas tecnológicas. Enquanto isso acontecia, a fatalidade pôde se abater
— Chaminé para todos os limpas-chaminés! Chaminé sobre a Humanidade.
para todos os limpas-chaminés! O veículo inimigo Perry Rhodan observava a aproximação da
desloca-se a uma velocidade de mach 15, de duzentos e esquadrilha de caças com um rosto que parecia
dez em direção a zero trinta. Dentro de quinze segundos petrificado. Sabia perfeitamente o que aconteceria se os
sobrevoará a cidade. Limpas-chaminés, vocês já podem caças não mudassem de rumo imediatamente.
ver o inimigo. Não aguardem nova ordem de ataque. A Stardust-III deslocava-se a uma velocidade que
Confirmem! equivalia a quinze vezes a do som. A uma velocidade
Logo se ouviu a voz do comandante da esquadrilha: daquelas, o impacto dos campos protetores, cujo
— Limpas-chaminés para chaminé. Vemos o inimigo diâmetro correspondia a dez vezes o da nave, fazia com
e atacaremos imediatamente. Fim. que as moléculas de ar entrassem em incandescência ou
Dirigindo-se aos pilotos, prosseguiu: se ionizassem. O resultado era aquela bola de fogo de
— Preparem-se, rapazes! Ação individual. Fim. quase dez quilômetros de diâmetro, cuja visão o capitão
Welinskij observou o inimigo. Welinskij jamais esqueceria.
Viu uma parede tremeluzente de fogo surgir acima do Os foguetes disparados pelos caças detonaram na
horizonte. De início era pequena e bonita; seu aspecto, periferia do campo protetor; no interior da nave não
visto daquela altura, era mais ou menos o de um incêndio chegaram sequer a provocar um tremor, por mais leve
na estepe. que fosse. Mas os pilotos de caça voaram atrás dos
Mas cresceu numa velocidade espantosa, parecendo projéteis por eles disparados, causando sua própria
se desprender do solo, e se transformou numa esfera destruição.
ofuscante. Com um movimento automático, Welinskij A Stardust-III se manteve na rota, em direção à
colocou os vidros antiofuscantes diante dos óculos de cidade de Karaganda. Rhodan aproveitou a oportunidade
proteção. para, pela primeira vez durante aquela missão, fazer uso
— Meu Deus! — murmurou para si mesmo. — de uma arma psicológica.
Falaram em oitocentos metros! Aquilo ali tem pelo
menos dez quilômetros de diâmetro. ***
Não teve tempo para refletir. Viu a esfera de fogo se A alta oficialidade da base aérea de Karaganda-Leste
aproximar vertiginosamente. Supôs que fosse o inimigo, ficou com os rostos cadavéricos ao tomar conhecimento
ou que este se escondesse no seu interior. Disparou todos da destruição total da 23a esquadrilha de caças.
os foguetes de uma só vez. Mas, de um instante para Que inimigo seria aquele?!
outro, teve dúvidas se os pequenos projéteis com suas A Stardust-III sobrevoou a cidade com velocidade
8
reduzida, produzindo uma tempestade que, em a um inimigo destes? Ele espalhou o pavor e a
comparação às que haviam sido desencadeadas em devastação em todo o país; e isso, ao que tudo indica,
outros lugares, podia ser chamada de pouco intensa. As com uma única nave espacial. O que será de nós no dia
rajadas chegaram à intensidade onze, mas não em que o inimigo lançar mão de duas ou três naves
produziram qualquer dano à cidade ou à base. dessas, ou mesmo de uma esquadrilha?
Houve, porém, um fato muito mais interessante, a Um major relativamente jovem o interrompeu,
leste da cidade, a imensa nave interrompeu sua viagem, falando alto:
se imobilizou por um instante e começou a subir. Numa — Qualquer um pode adivinhar general. Nós mesmos
altitude de quarenta mil metros voltou a se imobilizar. seremos destruídos, junto com tudo que possuímos, antes
Parecia pendurada no céu, causando pavor aos habitantes que tenhamos tempo para dar ordem de abrir fogo.
de Karaganda, que não viam mais o sol, e servindo de Outros oficiais manifestaram sua concordância em
estímulo aos oficiais da base de Karaganda-Leste. altos brados.
— Vamos atirar! — sugeriu um deles. — Devíamos Chandikarh acenou a cabeça.
disparar todos os foguetes ao mesmo tempo. — Vamos redigir uma resolução — sugeriu. — Toda
A sugestão não foi aceita. Para causarem algum a oficialidade da base de Karaganda-Leste propõe ao
efeito, os foguetes deveriam ser equipados com cargas Conselho Supremo do Bloco Oriental a cessação
explosivas nucleares. E o comandante da base achou uma imediata da resistência contra este inimigo e o início de
temeridade disparar uma salva de quase cem projéteis negociações. A experiência pela qual acabamos de passar
desse tipo na direção de um objetivo a apenas quarenta fez com que constatássemos que seria uma
mil metros de altura, isto é, praticamente por cima da irresponsabilidade continuar a luta e provocar o inimigo.
cabeça dos habitantes da cidade. Estamos convencidos de que o Conselho Supremo,
Todavia, o general de brigada Chandikarh se declarou mesmo a contragosto, também há de reconhecer que nos
disposto a disparar um único foguete contra a Stardust- defrontamos com alguém contra o qual, com os recursos
III. de que atualmente dispomos nada podemos.
— Quero que a equipe técnica observe a explosão — As palavras de Chandikarh foram recebidas com
disse. — Talvez o fenômeno permita alguma conclusão aplausos. O texto da resolução era relativamente
sobre a forma pela qual podemos atacar o inimigo. moderado. As ideias que lhe andavam pela cabeça eram
Todos acharam a sugestão bastante razoável. O bem diferentes. “Façam as pazes com a Terceira
disparo do foguete foi preparado como se fosse uma Potência, seus cabeças de vento”, assim deveria ser o
experiência difícil, e marcado para as quinze horas e texto. Mas Chandikarh acreditava que a opinião dos
trinta minutos, tempo local, a fim de que a equipe técnica outros oficiais não tivesse sofrido uma transformação tão
tivesse tempo para instalar seus instrumentos de radical como a sua; por isso se contentou com a redação
observação. mais suave.
— Procure verificar a altura da explosão, fotografe o Meia hora depois, o texto foi divulgado na cidade,
fenômeno, meça a intensidade luminosa e as emanações onde provocou manifestações entusiásticas de apoio. A
radiativas — ordenou Chandikarh. — Depois me diga o reação deixou Chandikarh perplexo e fez com que ele
que acha de tudo isso. vencesse o constrangimento que sentia em transmitir o
Quinze horas. texto para Moscou.
Sentado na cantina com seus oficiais, Chandikarh Hás quatorze horas, tempo de Moscou, o Estado-
tamborilava nervosamente com os dedos, esperando que Maior e o Conselho Supremo, reunidos na capital do
os últimos minutos passassem. A Stardust-III continuava Bloco Oriental, estavam informados sobre a opinião que
imóvel. Mas Chandikarh receava que reiniciasse a subitamente passou a reinar em Karaganda. Palavras
viagem antes que pudessem realizar a experiência duras foram proferidas; chegou-se a falar em motim.
programada. Ficou decidido que não se tomaria conhecimento da
*** resolução, e que alguns homens do serviço secreto
Às quinze horas e três minutos, hora local, Perry seriam enviados a Karaganda.
Rhodan pôs a funcionar o grande projetor mental. Um Era de admirar, mas, ao que parecia ninguém estava
enorme campo de influência hipnótica envolveu a cidade compreendendo toda a gravidade da situação. Era bem
de Karaganda e a base de Karaganda-Leste. verdade que ninguém contestava o fato de que o inimigo
contava com recursos técnicos mais avançados. Mas,
*** segundo se argumentava, um único veículo inimigo só
Às quinze horas e três minutos, dúvidas começaram a poderia estar num lugar de cada vez. Se a Terceira
surgir na mente do general Chandikarh: valeria a pena Potência acreditava que bastava fazer cruzar uma única
realizar a experiência? Ainda às quinze horas e três nave sobre o território do Bloco Oriental, provocando as
minutos chegou à conclusão de que devia ser suspensa. maiores tolices para obrigar essa superpotência, armada
Às quinze horas e quatro minutos, os membros da até os dentes, a dobrar os joelhos, estava redondamente
equipe técnica começaram a sacudir a cabeça, pois já não enganada.
entendiam as ordens de Chandikarh. Ao mesmo tempo, ***
porém, se tornou perceptível a sensação generalizada de Perry Rhodan acompanhou os acontecimentos que se
alívio pelo fato de que não teriam mais de atirar contra o desenrolavam em Karaganda e Moscou, na medida em
inimigo. que seus instrumentos de observação o permitiram. Não
Às quinze horas e cinco minutos, Chandikarh disse se surpreendeu com nada. A mudança de opinião em
aos seus oficiais: Karaganda era inevitável, já que o território da cidade se
— Sejamos francos, senhores. O que temos para opor encontrava sob os efeitos do projetor mental. Por outro
9
lado, os homens do Estado-Maior de Moscou não seriam desencadear, dentro de poucas horas, uma revolução de
dignos do posto se, a essa altura, já entregassem os que participem mais de quatrocentos milhões de pessoas?
pontos. — Vejo-me forçado a admitir esta possibilidade —
Às dezesseis horas, tempo de Karaganda, o major respondeu Sirov, passando a mão pelo mapa.
Deringhouse — um jovem desajeitado e impetuoso que Em sua mente prolongou a linha até o litoral do
dominava o russo graças ao treinamento hipnótico e era estreito dos Tártaros, que separa a Sibéria da ilha da
um dos melhores elementos de que Rhodan dispunha — Sacalina. Qual era a cidade situada no prolongamento da
saiu da Stardust-III num traje transportador arcônida. O linha?
campo de deflexão do traje fez com que Deringhouse se Komsomolsk.
tornasse invisível, e o poderoso neutralizador Strelnikov seguiu seu olhar.
gravitacional suavizou sua descida. Deringhouse venceu — Está pensando em Komsomolsk? — perguntou.
os quarenta mil metros que o separavam do solo em vinte Sirov fez que sim.
minutos. Enviou a Rhodan o sinal de OK convencionado Ficaram calados por algum tempo.
através do hipertransmissor, para não assumir qualquer O telefone soou. Sirov levantou o fone e o entregou a
risco. Strelnikov. Este deu seu nome e ficou ouvindo. Sirov
Depois disso, a Stardust-III pôs-se em movimento, ouviu uma voz metálica, mas não entendeu uma única
permitindo que, depois de uma interrupção de mais de palavra. Mas viu que Strelnikov empalidecia. Sua mão
uma hora, o sol voltasse a brilhar no céu de Karaganda. estava trêmula quando recolocou o fone.
Antes disso, o projetor mental fizera com que a mudança — O senhor se enganou, marechal — disse. — De
de opinião dos civis e militares de Karaganda fosse Komsomolsk não nos enviaram qualquer resolução que
protelada. O condicionamento pós-hipnótico só exigia sugira a paz e o início de negociações.
um aumento de potência de quarenta por cento em — Ah, é?
comparação com a irradiação hipnótica instantânea. — Não. Em Komsomolsk as tropas se amotinaram
A Stardust-III dispôs-se a cumprir seu primeiro juntamente com a população e cortaram todas as
objetivo: inutilizar o potencial militar do inimigo. comunicações com a cidade.

*** ***
A voz do marechal Sirov não exprimia a menor Na noite daquele dia, tempo de Moscou, o Conselho
reverência. Fedor A. Strelnikov, membro e secretário do Supremo decidiu enfrentar a ameaça com todos os meios
Conselho Supremo, a quem essa reverência seria devida, disponíveis. Isso significava levar a guerra a toda a
parecia não sentir falta dela. Terra.
As últimas notícias eram tão estranhas que ninguém Só assim poderia se esperar que a gigantesca nave
se preocuparia com questões de etiqueta. espacial, que traçara estreitas faixas de revolta pelo
— Karaganda, Chulba, Tchyrgaki, Irkutsk, Tchita, imenso território do Bloco Oriental, desistisse de seus
Blagoviechtchensk — murmurou Strelnikov, perturbado. planos e passasse a cuidar do bem-estar de toda a
— Está notando alguma coisa? Humanidade, em vez de interferir nos assuntos internos
Em vez de responder, o marechal Sirov pegou uma do Bloco Oriental.
régua e colocou-a sobre o mapa. Se as cidades de Com todos os meios disponíveis... Isso significava,
Karaganda e Blagoviechtchensk fossem ligadas por uma ainda, o emprego da arma mais recente e terrível que a
reta, as de Chulba, Tchyrgaki, Irkutsk e Tchita ficariam Humanidade jamais criara com seus próprios recursos: a
nessa reta ou a poucos quilômetros da mesma. bomba catalítica de fusão.
— As resoluções são parecidas, até no texto — Todos estavam perfeitamente lembrados de que Perry
prosseguiu Strelnikov. — Pede-se o fim da atividade Rhodan, quando ainda se encontrava no primeiro degrau
armamentista, o início de negociações com a Terceira da escada que o conduziria ao sucesso, evitara a guerra,
Potência, o restabelecimento das discussões com os envolvendo o planeta com um campo de absorção de
governos dos outros blocos com o objetivo de criar um nêutrons. Os nêutrons, que deviam provocar a cisão dos
governo único de toda a Terra. átomos de urânio, foram absorvidos por aquele campo.
Levantou os olhos do papel que segurava. Nenhuma das bombas atômicas chegou a explodir,
— O que acha disto, marechal? tampouco as bombas de fusão que seriam detonadas por
Sirov deu de ombros. uma bomba atômica.
— O senhor deve achar alguma coisa — insistiu As bombas catalíticas não poderiam ser prejudicadas
Strelnikov. pelo campo de absorção. O processo de fusão
Sirov abriu a boca para dizer alguma coisa. Mas logo propriamente dito não dependia dos nêutrons; a
voltou a fechá-la e fez um gesto de contrariedade. detonação não era conseguida por via indireta, através de
— O que é? — indagou Strelnikov. uma bomba de fissão.
Sirov apontou para o mapa. A decisão de iniciar a guerra foi adotada pela
— Parece que alguém voou pelo trajeto Karaganda— unanimidade dos membros do conselho. O ataque foi
Blagoviechtchensk e hipnotizou todo mundo. É a única marcado para a zero hora do dia 14 de junho, tempo de
explicação que me ocorre. Se achar que é uma tolice, não Moscou. Os militares disporiam de vinte e seis horas
se zangue. O senhor fez questão de que eu dissesse. para os preparativos.
Strelnikov não se zangou. A sessão do conselho e principalmente a decisão
— Acredita que o inimigo dispõe de recursos como tomada foram estritamente sigilosas. Sabia-se
este? — prosseguiu nas suas perguntas. — Acha que lhe perfeitamente que nem mesmo no último segundo do
basta sobrevoar nosso território uma única vez para ataque deveria transpirar qualquer coisa sobre as
10
intenções do conselho. sem fio, será suspensa no território do Bloco Oriental.
Dispõe de uma hora e meia para tomar suas precauções.
*** “Sabe perfeitamente o que isso significa. Faça
Strelnikov e os outros membros do conselho não se aterrisar todos os aviões que se encontrem no ar e avise
sentiriam tão seguros se soubessem que o segredo em os hospitais. Ou melhor, faça o que quiser. De qualquer
torno da sessão e da resolução não fora nada perfeito. maneira, saberá o que vai acontecer com seus foguetes
Todos os discursos, todos os apartes e todas as hoje de noite. Sem eletricidade não poderão ser
indicações foram irradiados no recinto da sessão por disparados, nem encontrarão o alvo. E a catalise não
meio de microfones e alto-falantes. Nada disso chegaria funciona sem os processos eletrônicos que a regulam.
para fora do recinto; mas as palavras, transformadas em
impulsos elétricos, atravessaram os condutores situados ***
no interior da sala. Strelnikov não fez nada. Não valia a pena tomar
A corrente alternada produz um campo qualquer providência. Todo mundo ouvira o comunicado
eletromagnético em torno do respectivo condutor, e esse ou soubera dele por intermédio de terceiros. Todos
campo retrata os impulsos sob a forma de modulações. sabiam o que teriam de fazer para evitar um acidente.
Apenas se precisaria de um receptor bastante sensível Pouco antes do meio-dia os médicos largaram os
para captar o campo eletromagnético modulado a uma bisturis, os motoristas encostaram seus automóveis, os
distância de milhares de quilômetros, onde sua trens pararam por cautela, e quem tinha de visitar alguém
intensidade era centenas de vezes menor que o farfalhar num dos andares superiores de um arranha-céu preferiu
da atmosfera. subir as escadas para não se arriscar a ficar preso no
Além disso, precisava-se ter conhecimento da elevador.
situação exata da origem do campo eletromagnético. Só A inteligência de Strelnikov se rebelou contra a
assim o receptor direcional estaria em condições de possibilidade de que Rhodan pudesse fazer o que
reprimir o farfalhar atmosférico e, através de um prometera. Examinou a pilha de relatórios que tinha
comutador acoplado, selecionar, entre a multiplicidade diante de si.
dos impulsos captados, aqueles que se revestiam de A revolta de Komsomolsk se alastrava. As tropas ali
interesse. estacionadas avançavam terra adentro. Enquanto se
Qualquer técnico terreno teria apostado que ninguém mantinham na linha que ligava Blagoviechtchensk a
seria capaz de construir um receptor desse tipo. Komsomolsk, eram recebidas de braços abertos. Mas,
Mas teria perdido a aposta. A bordo da Stardust-III quando se desviavam dessa linha, avançando na direção
havia vários receptores com essas qualidades. Rhodan norte ou sul, defrontavam-se com a resistência oferecida
entendeu tudo que foi pronunciado naquela sessão, não pelas tropas não submetidas à influência do projetor
com a mesma nitidez de quem a presenciasse, mas com mental. De qualquer maneira Strelnikov se sentiu
uma clareza suficiente para compreender o horror do abalado ao perceber que mesmo nessas áreas os
complô. revoltosos venciam prontamente as resistências que se
Sabia que o Bloco Oriental dispunha de bombas impunham a eles.
catalíticas de fusão, contra as quais o campo de absorção Até parecia que se sentiam tomados por um impulso
de nêutrons seria impotente. Poderia fazer partir irresistível, inexistente nos regimentos que continuavam
imediatamente a Stardust-III, que naquele instante se fiéis ao governo.
encontrava cem mil metros acima da parte sul dos “Que impulso será este?”, indagou Strelnikov a si
Montes Urais, e submeter o Conselho Supremo à mesmo, perplexo. “Um impulso para quê?”
influência hipnótica. Manteve o televisor ligado e deixou que o programa
Mas acreditava que com uma tática diferente desfilasse diante dele, sem prestar muita atenção.
alcançaria um êxito maior e mais persuasivo. Levantou-se, foi à janela e olhou para a rua.
Eram cinco para o meio-dia.
*** O trânsito parara. Até os pedestres ficaram junto ao
No dia 13 de junho todo mundo prestou atenção. meio-fio, aguardando o milagre.
Perry Rhodan, chefe da Terceira Potência, “Que idiotas”, pensou Strelnikov, contrariado.
interrompeu os programas de rádio e televisão e dirigiu “Mesmo que consiga eliminar a corrente elétrica, será
uma proclamação ao mundo. que ele acha que isso será o fim?”
Informou todos àqueles que quisessem ouvi-lo sobre Strelnikov continuou a pensar. Não podia parar de
os planos do Bloco Oriental. pensar. Era o homem de quem se esperava a iniciativa e
Perry Rhodan se dispôs a defender a Terra contra as decisões depois da lição de trinta minutos que Rhodan
qualquer agressor de dentro ou de fora. Uma surpresa pretendia ministrar ao mundo.
especial para Strelnikov e os demais ouvintes ficou Ouviu-se a voz do locutor:
reservada para o fim do comunicado. — Ao meio-dia transmitiremos o toque dos sinos da
Em seu televisor, Strelnikov viu o rosto de Rhodan se torre de Spasski.
aproximar dele. Mas ninguém ouviu o toque dos sinos. A tela
— Preste atenção, Strelnikov — disse Rhodan. — escureceu assim que a torre surgiu no fundo da paisagem
Quero preveni-lo sobre o que farei hoje de noite, se você formada pelo Kremlim. Parado diante do aparelho,
e seus comparsas não desistirem de seu intento. Para isso Strelnikov lhe lançou um olhar sombrio.
farei uma pequena demonstração. Hoje ao meio-dia, mais — Apesar de tudo!... — resmungou.
precisamente, entre as doze e as doze e trinta, hora de
Moscou, toda transmissão de energia elétrica, com ou
11
III prosseguiu Rhodan. — Eu não poderia confiar que você
se limitaria a estas instruções, acontecesse o que
No dia 14 de junho, às nove horas da manhã, tempo acontecesse. As tentações com que o homem se defronta
local, a Stardust-III pousou em Galáxia, que até então era em nossa cidade são muito grandes. Você ainda não
a única cidade situada nos quarenta mil quilômetros possui um grau de treinamento arcônida que me permita
quadrados do território da Terceira Potência, situado no confiar unicamente nas instruções que lhe foram
deserto de Gobi. ministradas. Por isso foi submetido a um bloqueio
O Bloco Oriental desistira de seus planos. Strelnikov hipnótico, pelo qual ficou preso às minhas instruções.
divulgou a notícia cerca de uma hora depois da falta de Estava impedido de tomar qualquer providência contra o
energia elétrica. Assim mesmo a Stardust-III continuou a Bloco Oriental, enquanto nosso território não fosse
sobrevoar o território inimigo, a fim de verificar se violado.
Strelnikov dizia a verdade. Colocou a mão sobre o ombro de Freyt e o olhou com
A noite desceu sobre o continente asiático; nenhum uma expressão séria.
foguete saíra das rampas de disparo. A paz fora — Sei perfeitamente que não vai gostar de mim por
resguardada. Rhodan tomou providências para que, causa disso, Freyt. Mas não pude agir de outra forma. Da
mesmo em qualquer momento posterior, um ataque de próxima vez não será mais necessário. Quanto aos quatro
surpresa não pudesse ser coroado de êxito. anos e meio que se passou, o bloqueio hipnótico
A Terra respirou aliviada, primeiro porque Rhodan representa um tipo de álibi para você.
voltara no momento exato, e depois porque cumprira sua Sorriu, apenas para tentar. Sentiu-se bastante aliviado
promessa de evitar a guerra. quando o coronel Freyt retribuiu o sorriso.
Quando a Stardust-III pousou, o coronel Freyt, que na
ausência de Rhodan exercia as funções de chefe em ***
Galáxia, estava de prontidão. Uma atividade intensa tomou conta da cidade, cuja
Uma multidão de espectadores se comprimia nos população crescera nos últimos anos para oitocentos mil
limites do campo de pouso. habitantes.
Perry Rhodan saiu da nave em companhia de seu O coronel Freyt estimulara a imigração de técnicos e
copiloto, Reginald Bell, e de dois arcônidas, Crest e cientistas. Tomara providências para que a General
Thora. Cosmic Company construísse as enormes instalações de
Freyt parecia aliviado, mas não muito feliz, quando montagem e iniciasse a produção de naves e caças
Rhodan lhe apertou a mão. Entraram no carro em que espaciais concebidos segundo os princípios arcônidas.
Freyt viera e Rhodan perguntou: A Terceira Potência dispunha de dois cruzadores
— Tem algum problema, coronel? pesados da classe Terra; eram naves esféricas com
Freyt hesitou. O carro já havia chegado perto do duzentos metros de diâmetro. A construção de mais dois
destino quando resolveu falar. cruzadores se encontrava em fase bastante adiantada.
— Sou acusado de negligência — disse. — Afirmam A frota de caças espaciais aumentara para dez
que não percebi nem preveni em tempo a evolução da esquadrilhas. Eram mil e oitenta aparelhos aptos a
política do Bloco Oriental. Acreditam que isso ficava enfrentar as condições reinantes no espaço, e que só por
dentro do campo das minhas possibilidades e não si bastariam para garantir à Terceira Potência um
compreendem por que não tomei nenhuma providência. predomínio absoluto sobre a Terra.
Rhodan acenou com a cabeça. O exército era formado por dez mil homens. Estavam
— É só isso? equipados com armamento arcônida e equivalia pelo
Freyt parecia desolado. menos a vinte vezes esse número de soldados
— É quanto basta! convencionais.
Rhodan conhecera os problemas de Freyt depois que Rhodan passou os olhos pelos relatórios que Freyt lhe
a Stardust-III concluíra a transição a partir do planeta apresentou. Sua inteligência altamente treinada não
Peregrino, e surgira num ponto situado além da órbita de gastou mais de trinta minutos para incorporar todos os
Plutão. dados. Tudo se passara conforme ele previra.
— Tenho que lhe dizer alguma coisa — respondeu — Não gosto de usar palavras grandiosas — disse,
Rhodan depois de algum tempo. — E quero que acredite dirigindo-se ao coronel Freyt. — Mas não posso deixar
que agi com as melhores intenções. de constatar uma coisa. Você foi um representante
Freyt o olhou com uma expressão de espanto. extraordinário. Fico-lhe muito grato.
— Nunca seria capaz de duvidar disso. Freyt não teve tempo para se alegrar com o elogio.
— Pois espere. Tive que tomar precauções para que, Rhodan tinha ordens a dar.
na minha ausência, ninguém abusasse dos recursos — Avise os governos dos diversos blocos de que...
técnicos da Terceira Potência, para... bem, para satisfazer bem... — piscou para Freyt — como direi? Avise-os de
suas ambições, ou para qualquer outro fim. Você que ficaria satisfeito em cumprimentar seus
compreende? representantes em Galáxia quanto antes.
Freyt fez que sim. Começou a compreender por que Freyt anotou.
estivera de mãos atadas. Não gostou muito, mas seu — Enfatize o quanto antes — recomendou Rhodan.
espírito era bastante objetivo para reconhecer que — Isso significa amanhã ou depois. Acrescente que,
Rhodan tinha razão. muito embora a guerra tenha sido impedida, considero a
— Você recebeu instruções para interferir na política situação extremamente séria, motivo por que se torna
terrena somente se a Terceira Potência fosse atacada — indispensável uma série de consultas.
Freyt também anotou este trecho.
12
— Além disso, quero que designe uma pessoa de Plachowskoje era igual a qualquer outra aldeia da
confiança para o controle de precisão do região. Ficava à beira da estrada e quase não tinha ruas
hipertransmissor. Quero revezar o homem que exercia transversais. As casas, baixas, eram rodeadas de campos
essas funções a bordo da Stardust-III. Ficou muito tempo imensos, envoltos numa nuvem de pó alimentada
com os olhos abertos. Não há hora marcada para as ininterruptamente pelas esteiras dos tratores e das
mensagens do major Deringhouse. Poderá ser anunciado máquinas agrícolas.
a qualquer momento que queira. Deringhouse supôs que o melhor lugar para descobrir
— Deringhouse? — perguntou Freyt, perplexo. alguma coisa sobre o ânimo da população após o ataque
— Sim, Deringhouse. Larguei-o em Karaganda. da Stardust-III seria o edifício da prefeitura, mas teve
Quero que ele me ajude a atingir o segundo objetivo do algumas dificuldades em descobri-lo em meio às outras
nosso plano. Sabe que devemos contar com as intenções casas.
hostis do Bloco Oriental enquanto o atual governo Finalmente o reconheceu por causa de um pequeno
estiver no poder, não sabe? quadro de avisos, ao qual estava afixado um único
— Naturalmente. bilhete. No bilhete lia-se o seguinte:
— Pois bem. Um belo dia prenderemos aqueles O Conselho Municipal reúne-se hoje de noite, às 20
cavalheiros de um golpe. E Deringhouse abrirá o horas.
caminho para isso. O aviso estava manuscrito. Deringhouse acreditava
Em seu subconsciente, o coronel Freyt procurou que durante a reunião se falaria nos acontecimentos
analisar a impressão que estas palavras lhe causavam. daquele dia.
Representavam um trecho da história mundial. O edifício da prefeitura era formado por dois
Subitamente, Freyt compreendeu que abismo imenso o pavimentos. Deu uma volta e viu uma ambulância
separava de Perry Rhodan. Nos últimos quatro anos e estacionada, numa área dos fundos do prédio. Pelo
meio supusera em várias ocasiões que fazia seu trabalho letreiro, Deringhouse descobriu que o veículo vinha de
tão bem feito como Perry Rhodan, e que, com esse Uspenskij.
poderio imenso, qualquer um poderia dominar a Terra. Isso era de admirar, já que a cidade de Karaganda,
Acontece que não era tão fácil. Era necessário muito maior, ficava mais próxima.
conservar em quaisquer circunstâncias a noção do Deringhouse entrou no edifício e examinou o
alcance desse poderio. Quem se encontrasse nessa pavimento térreo. Não ouviu nenhuma voz e por isso
situação ocuparia uma posição bastante exposta e não abriu uma das portas que havia no hall de entrada. A
poderia se dar ao luxo de deixar de cumprir qualquer porta rangeu. Deringhouse viu uma sala semideserta. Só
promessa. Em outras palavras, tornava-se necessário havia uma mesa; atrás dela, um homem assustado se
jogar com a profusão das possibilidades como um levantou de um salto e com uma expressão de culpa no
malabarista que brinca com dez bolas ao mesmo tempo. rosto esfregou os olhos para espantar o sono.
Um agente pode fazer muita coisa que é proibida às Parecia não se perturbar muito com o fato de não ter
outras pessoas. Por outro lado, porém, não pode fazer visto ninguém que pudesse ter aberto a porta. Suspirou,
certas coisas que um homem normal consideraria óbvias. voltou a sentar e murmurou uma expressão de alívio.
O major Deringhouse trajava uma vestimenta Deringhouse recuou, deixando a porta aberta. O homem
transportadora arcônida que, quando desejasse, o tornaria poderia acreditar que o vento a tivesse aberto. Mas, se
invisível; mas por outro lado, quando fosse visível, ela se fechasse por si, ficaria espantado.
provocaria suspeitas em qualquer um. Deringhouse Nesse instante Deringhouse ouviu vozes vindas do
resolveu iniciar seu trabalho em Karaganda. A cidade andar de cima. Subiu a escada de dois em dois degraus
com seus habitantes e soldados submetidos a uma sem se incomodar com o ranger produzido por seus pés.
influência pós-hipnótica lhe parecia o melhor ponto de As vozes eram muito altas.
partida. No andar superior havia um hall igual ao do térreo;
No entanto, não havia dúvida de que mesmo uma apenas tinha alguns metros quadrados a menos. As vozes
pessoa influenciada por Rhodan logo ligaria o vinham de uma sala cuja porta estava aberta. Um homem
aparecimento de uma pessoa em trajes estranhos com o de uniforme e outro que parecia um camponês estavam
surgimento da Stardust-III nos céus da cidade. Por isso, conversando.
Deringhouse preferiu deixar passar algumas horas antes Deringhouse parou diante da porta.
de entrar em Karaganda. — O conselho faz questão de interrogar o homem
Não teria sido difícil a Rhodan influenciar a cidade hoje de noite — anunciou o camponês — sejam quais
de tal forma que, mesmo como agente da Terceira forem às condições em que se encontre. Falou coisas tão
Potência, Deringhouse fosse recebido de braços abertos. estranhas que talvez tenhamos de avisar o serviço
Mas esse estado de espírito logo se tornaria conhecido secreto.
em Moscou, e a cautela com que o serviço secreto O homem de uniforme ergueu os ombros.
passaria a agir depois disso teria dificultado — Só posso dizer que o homem está em péssimas
desnecessariamente a tarefa de Deringhouse. condições físicas e mentais. Se for submetido a um
Dessa forma, o major resolveu aterrisar, invisível, nas interrogatório hoje de noite, provavelmente não resistirá.
proximidades da aldeia de Plachowskoje, cerca de cento Mas, se não puder agir de outra forma, paciência.
e oitenta quilômetros de Karaganda. Ainda invisível, deu “É um médico”, constatou Deringhouse. “Deve ser a
uma volta pela aldeia. Foi quando aconteceu um fato pessoa que veio na ambulância de Uspenskij.”
que, posteriormente, provocou nele a idéia de que o — Obrigado — respondeu o camponês. Parecia
próprio destino se empenhara em prestar auxílio a ele e à aliviado. — O senhor poderia ter me causado maiores
Terceira Potência. dificuldades. Mas compreende que...
13
O médico o interrompeu com um gesto. entrou carregado em sua cama de campanha. Não se
— Compreendo. O senhor pode melhorar sua fama percebia qualquer melhora considerável de seu estado.
na cidade se descobrir um inimigo do Estado e conseguir Mas estava acordado e se mostrava bastante interessado.
prendê-lo e entregá-lo ao serviço secreto. Por que acha Os homens o fitaram com uma curiosidade
que alguma coisa não está em ordem com esse homem? indisfarçada. Finalmente o homem que de tarde
O camponês respondeu sem hesitar. conversara com o médico militar abriu a reunião.
— Algumas pessoas o viram descer lá fora, de E logo passou à ordem do dia.
paraquedas e assento ejetável. Estava inconsciente. Ao — Este homem — disse, apontando para o ferido —
ser colocado na maca, abriu os olhos. E a primeira coisa é, ao que lhe consta, o único sobrevivente do ataque que
que disse foi o seguinte: “Parem com essa bobagem. a 23a esquadrilha de caças de Karaganda desfechou
Vocês não podem sair vitoriosos dessa luta; o inimigo é contra a nave espacial inimiga que hoje sobrevoou esta
poderoso demais.” região. As declarações que prestou a respeito do ataque
— Por certo estava aludindo à nave espacial inimiga são tão estranhas que achei conveniente que ele as
que sobrevoou esta região, não é verdade? — disse o repetisse diante de vocês. Depois deliberaremos sobre o
médico. que devemos fazer face às suas declarações.
O camponês acenou violentamente com a cabeça. “Que idiota”, pensou Deringhouse. “Depois de ter
— Contou algumas coisas confusas sobre uma ouvido isso, o homem não voltará a manifestar sua
gigantesca bola de fogo e sobre vários aviões de caça que opinião.”
teriam entrado nas bolas de fogo produzidas por seus O camponês, que devia ser o prefeito da aldeia, se
próprios foguetes e explodido. Será que uma coisa dessas voltou para o ferido.
pode ser verdade? Quem afirma uma coisa dessas é um — Comece a falar! — ordenou. — Indique seu nome
traidor e um sabotador, não é mesmo? e posto e informe tudo que julgar importante. O senhor
O médico se mostrou cauteloso. se encontra diante do Conselho Municipal da aldeia de
— Depois saberemos — respondeu. Plachowskoje que, conforme sabe, terá que deliberar a
Deringhouse não estava interessado em saber como seu respeito, já que desceu no território desta aldeia.
prosseguiria a palestra. Provavelmente estariam falando O ferido se apoiou sobre os cotovelos. Via-se que
de um dos pilotos de caça que participaram do ataque à isso lhe exigia um grande esforço.
Stardust-III. Ao que parecia o homem estava extraindo — Meu nome é Jaroslav Afimovitch Welinskij —
da série de acontecimentos a única solução aceitável, e principiou com a voz fraca. — Sou capitão e comandante
por isso estava prestes a ser imprensado entre as do 5o esquadrão da 23a esquadrilha de caças,
engrenagens do serviço secreto. estacionados em Karaganda-Leste. Lá pelas quatorze e
Onde estaria? quinze decolei da base, em companhia dos meus
Sem ser notado pelos dois homens que conversavam companheiros de esquadrilha, a fim de atacar e destruir a
numa sala de porta aberta, Deringhouse abriu nave inimiga que se aproximava da cidade de Karaganda.
cautelosamente uma série de outras portas. Finalmente Nossa missão foi um fracasso. A maior parte, ou melhor,
entrou numa sala escurecida, da qual saía o ruído de uma todos os nossos aviões foram destruídos.
respiração irregular. Forneceu uma descrição minuciosa da bola de fogo
Havia cortinas diante das janelas para impedir a que havia observado, e relatou como os caças se
entrada da luz ofuscante. Deringhouse fechou a porta e tornaram vítimas dos foguetes por eles mesmos
esperou até que os olhos se acostumassem à penumbra. disparados. Concluiu com estas palavras:
Num dos cantos havia uma cama de campanha — Parecia que para o inimigo isso não passava de
bastante primitiva. Sobre a cama estava estendido um uma brincadeira. Não teve de fazer o menor esforço para
homem. Dormia e parecia precisar do sono. O rosto destruir nossa esquadrilha. Não precisou mexer um dedo.
estava arranhado e desfigurado. Apesar disso parecia A parede de fogo que espalhou em torno de si provocou
simpático. a explosão dos foguetes e, com eles, dos nossos caças.
Deringhouse gravou o rosto na memória e saiu da Em minha opinião, seria uma irresponsabilidade lutar
sala com a mesma cautela com que havia entrado. Voltou contra um inimigo destes. Não dispomos de nada
ao pavimento térreo e, depois de espiar por vários comparável com os recursos de que ele dispõe. Quem
buracos de fechadura, encontrou uma sala um pouco quisesse resistir estaria agindo com o mesmo senso de
maior, em que cadeiras e bancos se misturavam um menino que pretendesse deter um tanque pesado com
desordenadamente. Era a sala de reuniões. Por enquanto as mãos.
sabia o suficiente. Saiu do edifício da prefeitura. Para O protesto foi súbito e violento, como se viesse por
passar o tempo que faltava até o anoitecer, furtou alguns encomenda. Welinskij ouviu os piores insultos; as
comestíveis da única loja existente na aldeia, tirou um palavras traidor e sabotador foram as mais suaves.
jarro de água límpida do poço e matou a fome e a sede Deringhouse admirou a coragem daquele homem.
com sua presa de guerra. Tudo seria muito mais fácil para ele se tivesse relatado a
Chegou à sala de reuniões muito antes das oito. ocorrência em termos menos fortes. Face ao intenso
Ocupou um lugar seguro em cima de um dos armários treinamento hipnótico a que fora submetido,
encostados à parede, onde ninguém esbarraria nele. Os Deringhouse sabia o que esperava o capitão: seria
membros do conselho não pareciam ser muito pontuais. denunciado aos serviços de segurança e encaminhado a
Às oito horas só havia dois homens, além de um dos postos para ser submetido a um interrogatório
Deringhouse. Os quatorze restantes foram chegando bastante minucioso.
entre as oito e as oito e vinte. A decisão de Deringhouse estava tomada.
O homem ferido que Deringhouse vira de tarde Mas antes de executá-la queria saber o que
14
aconteceria em seguida. helicóptero.
O chefe do conselho formulou a proposta que todos De início houve uma tremenda confusão. O homem
esperavam: a transmissão de um aviso imediato aos foi atirado para frente pela força do impacto e arrastou
serviços de segurança. mais algumas pessoas.
Welinskij não manifestou qualquer oposição. Até o Mas logo todos se viraram, de pistola na mão. À luz
fim respondeu a todas as perguntas com a maior das lâmpadas que iluminavam o campo de pouso,
tranquilidade e objetividade. Depois de hora e meia de Deringhouse viu seus rostos decididos e perplexos.
interrogatório, as forças o abandonaram. Desmaiou e — O que foi isso? — perguntou um deles.
deixou-se cair na cama. — Alguém saltou sobre as minhas costas — disse o
Foi levado para fora. O chefe do conselho usou o homem sobre o qual Deringhouse havia caído.
telefone para transmitir o aviso. Das palavras que foram — Deixe de bobagens — disse outro. — Não há
proferidas Deringhouse concluiu que o aviso foi ninguém aqui além de nós!
encaminhado ao posto do serviço de segurança sediado — Pois eu lhe digo...
em Akmolinsk, não ao de Karaganda. O homem se aproximou cautelosamente da porta e
Ao que parecia, conheciam a notícia de que naquela olhou para dentro. O compartimento de carga estava
cidade remava um espírito revolucionário depois que a escuro.
Stardust-III ali permaneceu por uma hora. Via-se que os — Há alguém aí dentro? — perguntou em voz alta.
camponeses de Plachowskoje continuavam fiéis ao — Saia!
governo. Não houve resposta. Deringhouse já se levantara e se
*** colocara de pé junto à cabina do piloto. Viu que
Pela meia-noite o silêncio da grande planície foi Welinskij observava tudo com o maior interesse.
interrompido pelos estalos e chiados produzidos pelos — Eu lhe disse que não há ninguém — disse um dos
rotores de um helicóptero. Um veículo fracamente homens que permaneceram de pé.
iluminado desceu do céu nublado e aterrizou na estrada, Mas seu companheiro não se perturbou. Deringhouse
junto às primeiras casas da aldeia. não pôde deixar de reconhecer que era um rapaz
O prefeito, mais dois membros do conselho e dois corajoso. Entrou imediatamente no compartimento de
camponeses que carregavam a maca em que se carga e revistou-o. Quando voltou, tinha o rosto ainda
encontrava Welinskij estavam à espera. Welinskij havia mais perplexo.
acordado. — É verdade, não há ninguém — disse com a voz
Deringhouse estava invisível, parado à beira da baixa.
estrada. Observou o jovem capitão e procurou descobrir Os outros riram.
como o mesmo se sentia. Mas Welinskij não revelava a Pegaram a maca de Welinskij e saíram com ela. O
menor emoção. homem sobre cujos ombros Deringhouse caíra voltou a
O helicóptero dispunha de um amplo compartimento cabeça mais de uma vez, lançando olhares desconfiados
de carga. Deringhouse não teve a menor dificuldade em para o helicóptero.
entrar sem ser notado e se acocorar junto à cama de ***
campanha de Welinskij. Welinskij passou uma noite desassossegada. Sua
Ouviu as pessoas conversarem por algum tempo do cama fora colocada num cubículo com cheiro de mofo
lado de fora. Mas logo o motor voltou a chiar, os rotores que ficava num galpão do campo de pouso. Ninguém se
bateram e o aparelho se levantou com um forte incomodou com ele. Aproveitou o tempo para dormir um
solavanco. pouco.
“Até aqui tudo bem”, pensou Deringhouse. Pelas sete da manhã serviram-lhe um café reforçado e
É verdade que pretendia ir a Karaganda, mas parece perguntaram se já estava em condições de levantar.
que os acontecimentos tomaram outra direção. Será que a Experimentou e conseguiu, embora dali a cinco
modificação se revelaria útil à sua missão? minutos já visse manchas coloridas diante dos olhos.
Ficou quebrando a cabeça a respeito e chegou à Foi levado por um longo corredor que dava para
conclusão de que pouco importava o ponto em que outra sala do mesmo galpão. Um major estava sentado
iniciaria sua marcha propriamente dita. atrás de uma escrivaninha.
De qualquer maneira teria de ir a Moscou, e tanto Welinskij fez continência. O major retribuiu. Os dois
fazia que partisse de Akmolinsk ou de Karaganda. homens que haviam acompanhado Welinskij se
O voo para Akmolinsk não durou mais de trinta retiraram.
minutos. Apesar do barulho causado pelo helicóptero — Sente-se — disse o major. — Acho que ainda não
Welinskij adormecera. Só despertou quando sua maca foi está muito bom das pernas.
retirada do compartimento de carga. Welinskij sentou; estava surpreso com tamanha
Deringhouse saiu atrás dela, e foi então que gentileza.
aconteceu o primeiro incidente. — O senhor vai contar a história mais uma vez —
A porta do compartimento ficava cerca de metro e disse o major com um sorriso. — Tenho diante de mim o
meio acima do solo. Os homens que aguardavam o relatório vindo de Plachowskoje, mas não estou
helicóptero conversavam em altas vozes; por isso entendendo bem.
Deringhouse acreditava que não haveria o menor risco Welinskij voltou a relatar tudo. Pela terceira vez
em saltar para fora. Mas não percebeu que, próximo à contou a história por ele vivida.
porta, havia um tipo de encaixe. Ao saltar, ficou com o O major o escutou com muita atenção. Assim que
pé direito preso ali. Tombou para frente e caiu sobre o Welinskij terminou, perguntou:
ombro do homem que se encontrava mais próximo ao — E daí?
15
Welinskij estava perplexo. O louro — Welinskij notou que tinha perto de dois
— Por causa destas declarações — explicou — metros de altura — fez um gesto displicente.
aquela gente de Plachowskoje fez de mim um traidor e — Sim, já sei. O prenome é Jaroslav Afimovitch.
sabotador e me encaminhou ao serviço de segurança. Capitão-comandante do 5o esquadrão da 23a esquadrilha
O major pareceu se divertir com esse fato. de caças, estacionada em Karaganda-Leste. Correto?
— Meu Deus! — disse, rindo. — Se eu tivesse — Perfeitamente — respondeu Welinskij, perplexo.
passado pelo que o senhor passou, teria contado — Sou Lub — disse o louro. — Veja bem: não digo
exatamente a mesma coisa. Não vejo onde está a que meu nome é Lub. Esqueci meu verdadeiro nome. Os
sabotagem ou a traição. homens que importam me conhecem como Lub. O
Welinskij não acreditou no que estava ouvindo. senhor também me chamará assim.
— Está falando sério? — perguntou em tom — Está bem — respondeu Welinskij.
hesitante, se inclinando para frente. — Iremos juntos a Moscou — prosseguiu Lub.
O major fez que sim. — Perfeitamente. Permita que lhe faça uma
— Sem dúvida. pergunta?
— Quer dizer que posso voltar para Karaganda? — Naturalmente.
— Não pode, não. — Por que não vamos de avião? Chegaríamos mais
Welinskij se assustou. Não permitiam que voltasse. cedo.
Quer dizer que havia alguma coisa. Lub deu um sorriso de escárnio.
— Seu caso foi muito comentado — prosseguiu o — É um rapaz esperto, não é? Acontece que iremos
major. — O Conselho Supremo nos enviou um homem por terra.
de confiança, que vai levar o senhor a Moscou. O Welinskij logo formou sua opinião. Nunca vira um
conselho pede que relate os acontecimentos em sessão homem mais descontraído e lacônico que Lub. Não seria
secreta. Evidentemente fará isso como homem livre. Não fácil tirar dele alguma coisa que não quisesse revelar.
há motivo para acusá-lo de traição, sabotagem ou Apesar disso Welinskij o achou simpático, até muito
derrotismo. simpático.
Os ouvidos de Welinskij começaram a zumbir. Mal Lub não se demorou muito no aeroporto. Todos
ouviu a pergunta: pareciam conhecê-lo, pois ninguém lhe pedia que se
— O senhor concorda? identificasse. Welinskij o seguiu.
— Sim... sim, naturalmente. Às dez horas embarcaram num dos modernos trens
O major preencheu um formulário. Entregou-o a elétricos da Estrada de Ferro Transiberiana, que os
Welinskij e disse: levaria a Moscou, passando por Magnitogorsk e
— Vá até o galpão C e bata à porta da sala número Kufbychev.
vinte e cinco. Ali encontrará o homem que deverá levá-lo — É mais confortável — explicou Lub em termos
a Moscou. Mostre-lhe este bilhete. Boa viagem! lacônicos. — Mandei reservar um compartimento só para
Welinskij se sentia confuso. Agradeceu e se retirou. nós. Até pode dormir.
Subitamente esquecera a fraqueza que sentia; estava No momento Welinskij não tinha disposição para
curioso para ver o homem que o levaria a Moscou. isso. Enquanto o trem atravessava a paisagem numa
Viajariam por terra? Por que não iriam... velocidade de trezentos quilômetros por hora, voltou a
Quando encontrou o galpão C esqueceu a pergunta. examinar Lub. Viu que este o percebia e formulou uma
Atravessou o corredor e encontrou a porta com o número pergunta, para se antecipar a uma observação irônica:
vinte e cinco. Bateu. — Que terno é esse?
— Entre! — disse alguém. Lub sorriu.
Welinskij entrou. — É um traje especial — respondeu. — Não deixa
Na sala havia uma mesa e uma cadeira. Sobre a mesa, passar balas ou outras coisas desagradáveis. Além disso,
Welinskij viu um par de solas de bota bem frisadas. Deu pode executar uma série de truques. Oportunamente lhe
um passo para o lado e viu as pernas em que as botas mostrarei.
estavam enfiadas e o homem ao qual pertenciam essas Ao que parecia quis fugir a outras perguntas, pois
pernas. ligou o televisor que se achava instalado neste como em
Seu aspecto não tinha nada daquilo que Welinskij todos os demais compartimentos do trem sumamente
imaginara num elemento de comunicação do Conselho confortável. Um programa insosso se desenrolou diante
Supremo. Não havia dúvida de que tinha menos de trinta deles... até o momento em que Perry Rhodan interferiu
anos. Os cabelos estavam cortados à escovinha, e os na rede terrena de televisão e transmitiu sua advertência
olhos emitiam um brilho azulado. dirigida ao governo do Bloco Oriental.
O mais estranho naquele homem era seu Welinskij acompanhou a alocução com os olhos
equipamento. Usava um traje que parecia uma atentos. Mas Lub se reclinou num canto e fez como se
combinação de vestimenta de mergulhador, alpinista e achasse aquilo muito tedioso. Quando Rhodan terminou
mecânico. Welinskij nunca vira coisa parecida. Com e o programa anterior voltou ao ar, Welinskij disse:
certo respeito contemplou as coronhas das armas, que — Será que Strelnikov concordará? Será que tomará
sobressaíam dos coldres existentes na altura do quadril em consideração os ensinamentos dos últimos dias?
ou na parte superior da coxa. Lub deu de ombros.
— Terminou a inspeção? — perguntou o homem, — Como vou saber?
tirando as pernas de cima da mesa. Welinskij se exaltou.
Welinskij se lembrou do que tinha a fazer. Ficou em — Será que isso não o comove? Todo mundo deve
posição de sentido e fez continência: refletir se vale a pena se engalfinhar com um inimigo
16
destes, ou se é preferível entrar em negociações para componentes importantes do mecanismo foram
salvar a pátria. interrompidos. O chiado se transformou num uivo, e este
Lub sacudiu a cabeça. acabou num miserável apito. Um minuto depois das
— Pois eu, por princípio, não quebro a cabeça sobre doze, a máquina, que antes era um ponto brilhante no
estas coisas. azul do céu, estava transformada numa grande mancha
Welinskij achou que a atitude de Lub era repugnante, cinzenta.
mas não disse mais uma palavra a este respeito. Lub não respondeu.
Às onze e meia o trem parou em Atbassar, uma O avião passou em disparada por cima da aldeia de
pequena localidade onde a parada do trem não era Atbassar.
prevista. Lub sorriu. As asas estreitas, concebidas para um deslocamento
— Sabe por que o trem parou? — perguntou a em alta velocidade, não davam sustentação ao avião. Sua
Welinskij. queda foi semelhante à de uma pedra achatada.
— Para não se encontrar em qualquer lugar no meio Tudo terminou numa labareda ofuscante que surgiu
da linha quando faltar energia — disse o capitão com bem além da aldeia de Atbassar, e num estrondo abafado
toda franqueza. que segundos depois percorreu a planície.
Lub fez que sim. Depois disse: — Que Deus tenha compaixão deles! — disse Lub e
— Venha comigo; vamos descer. Welinskij se voltou a se descontrair.
assustou. Quando reiniciaram a marcha, os joelhos de
— Por quê? Welinskij estavam trêmulos.
— Depois explico. Pela uma e meia chegaram à aldeia. Lub ordenou:
Welinskij obedeceu. Quando desceram foram — É preferível que espere aqui. Quero dar uma
abordados pelo condutor. olhada.
— Aqui a descida não é permitida. Fiquem no trem. Welinskij estava tão deprimido que não se encontrava
— Não vou ficar coisa alguma — resmungou Lub. — em condições de formular qualquer objeção. Sentou na
Quero esticar as pernas. beira da estrada e esperou. Lub foi andando.
O condutor não tinha qualquer objeção. Lub marchou Só se sobressaltou uma vez em sua atitude
em companhia de Welinskij pela plataforma arenosa. cismarenta. Foi quando, ao meio-dia e meia em ponto, os
Examinaram a cabana do guarda-trilhos e contornaram- motores dos tratores entraram em funcionamento com
na. um rugido e transportou uma caravana de enfermeiros e
— Fique aqui mesmo! — ordenou Lub de repente. — voluntários — mas também de curiosos — em direção ao
Voltarei logo. local em que o avião havia caído.
Welinskij obedeceu. Lub voltou a contornar a cabana “Provavelmente Lub não vai encontrar ninguém na
e retornou dali a dois minutos. aldeia”, pensou Welinskij; mas em face do desastre que
— Tudo em ordem — disse com um sorriso. — testemunhara isso não o preocupou.
Vamos andando. Meia hora depois se aproximou aos solavancos uma
— Para onde? — perguntou Welinskij perplexo. daquelas carroças motorizadas que, nos últimos anos,
Lub apontou para os telhados achatados da pequena vinham sendo usadas pelos camponeses. Lub estava à
localidade, que sobressaíam em meio à névoa que cobria direção e, quando parou diante de Welinskij, sorriu
a planície. alegremente como se acabasse de fazer um bom negócio.
— Para lá. Gosto de aproveitar os intervalos que me — Suba! — disse.
são impostos. Conheço pouca coisa desta terra imensa. Welinskij subiu e sentou perto de Lub.
Gostaria de ver Atbassar. — Onde arranjou isso? — perguntou.
— Vamos voltar em tempo? — perguntou Welinskij, — Comprei — foi a resposta.
preocupado. — Onde pretende ir?
Lub deu de ombros. — A Kosgorodok.
— Não sei — respondeu. Welinskij quase ficou sem fôlego.
Foram andando, e fizeram-no sem rebuços. Todo — O que vamos fazer em Kosgorodok? Não
mundo os via, inclusive o solícito condutor, mas pretendia me levar a Moscou?
ninguém procurou detê-los. Foi outra coisa que deixou Lub fez que sim.
Welinskij admirado. — Sei que estou pedindo muito — disse. — Mas
Atbassar ficava cerca de seis quilômetros da estação. vamos fazer um acordo. Em Kosgorodok eu lhe digo
Ainda não haviam percorrido a metade da estrada exatamente o que está havendo. Em compensação você
poeirenta e esburacada, quando o chiado dos jatos de um promete que não fará mais perguntas. Combinado?
avião se fez ouvir, vindo do leste. Lub levantou o braço e Welinskij refletiu.
olhou para o relógio. Welinskij o viu estremecer. — De acordo — disse depois de algum tempo.
— Que idiota! — disse por entre os dentes. — Por Pelo que dizia Lub, Kosgorodok ficava a pouco mais
que não aterrizou? de duzentos quilômetros de Atbassar. Só chegariam no
Pararam. fim da tarde, isso se não houvesse nenhum enguiço no
Welinskij não saberia dizer o que havia de errado veículo.
naquele avião. Mas percebeu-o assim que o ponteiro de
segundos do relógio de Lub saltou para o número doze.
De um instante para outro o ruído vigoroso dos jatos
cessou, já que o suprimento de energia das bombas de
combustível, compressores, ativadores e outros
17
IV tecnologia arcônida. Rhodan se defendeu dos ataques
desfechados pelos blocos de potências terrenas e
O coronel Freyt fez-se anunciar. Rhodan fez com que consolidou seu pequeno Estado. Recorreu ao campo de
entrasse imediatamente. absorção de nêutrons, uma invenção dos arcônidas, para
— Já temos a concordância dos governos da impedir uma guerra que teria significado o fim da
Federação Asiática e do bloco da OTAN — disse Freyt. Humanidade.
— O Bloco Oriental ainda não acusou o recebimento de A nave exploradora arcônida era comandada por uma
nossa nota, nem deu qualquer resposta. mulher chamada Thora. Era a mulher mais bela e
Rhodan acenou com a cabeça. fascinante que Rhodan já vira. Mas, na opinião da
— Isso era de esperar. Estaremos em três, Freyt. comandante, os homens não passavam de um bando de
Conseguiu combinar dia e hora? criaturas semisselvagens, e foi assim que ela os tratou.
— Sim senhor. Amanhã, dia 16 de junho, se possível No entanto essa humanidade miserável conseguiu, num
às quatorze horas, tempo local. esforço inaudito e sem que Rhodan o soubesse, destruir a
— Ótimo. Já confirmou? nave arcônida. Quando isso aconteceu, Thora não se
— Sim senhor. Fui eu que sugeri esse dia e hora. encontrava a bordo, e Crest já se radicara na Terra. Thora
Rhodan levantou as sobrancelhas, num gesto e Crest sobreviveram à catástrofe, e o produto mais
zombeteiro. importante de sua civilização que conseguiram salvar foi
— Houve alguma objeção? uma nave auxiliar esférica de sessenta metros de
— Nenhuma — respondeu Freyt com um sorriso. diâmetro, que não poderia realizar a viagem de volta ao
— Isso representa um bom atestado da nossa seu mundo natal.
reputação. Os arcônidas não tiveram outra alternativa senão
Freyt se retirou e Rhodan voltou a mergulhar nas suas colaborar com a Humanidade. Precisavam de um veículo
meditações. apto a enfrentar as condições reinantes no espaço. Para
O que realmente o incomodava na situação atual da obtê-lo foi criada a General Cosmic Company, dirigida
política terrena não eram os desvios de que o Bloco pelo mutante Homer G. Adams.
Oriental se fizera culpado. Os recursos técnicos e Surgiram muitos perigos. Alguns deles ameaçavam a
psicológicos da Terceira Potência poderiam vencer Terceira Potência, vindos de um ou de alguns dos blocos
qualquer atitude deste tipo dentro de poucas horas. de potências roídos pela inveja; outros punham em risco
O principal motivo de suas preocupações era a toda a Terra, provocados por inteligências extraterrenas,
imaturidade humana que se revelava na conduta dos que haviam encontrado a pista do cruzador destruído e
Estados do Bloco Oriental. esperavam encontrar em nosso planeta uma presa fácil e
Rhodan não era o tipo de homem que se entregava a abundante.
ilusões. Estava firmemente convencido de que Sobreviveram a tudo. No sistema Vega, situado a
conseguiria abrir os olhos da Humanidade não só através uma distância de vinte e sete anos-luz, ajudaram uma
da instalação da Terceira Potência, levada a efeito apesar raça desesperada na sua luta contra um grupo de
de todos os obstáculos e hostilidade, mas também através invasores reptiloides. Depois da vitória, encontraram
de uma abundância de informações sobre os indicações que lhes revelaram pistas do mundo em cuja
acontecimentos desenrolados na cidade de Galáxia, que busca a nave exploradora dos arcônidas se lançara ao
fez fluir para todos os países da Terra através de espaço: o planeta da vida eterna.
numerosos canais. Convencera-se de que, recorrendo a Um poderoso desconhecido fez seu jogo com eles.
um material ilustrativo adequado, conseguiria dentro de Conduziu-os a armadilhas e os libertou das mesmas, para
um tempo muito reduzido transformar o homem num que provassem que eram dignos de se tornarem seus
terreno, isto é, num ser com uma visão realista de sua herdeiros.
verdadeira terra natal; o homem se transformaria numa Encontraram o mundo do desconhecido. Era um
partícula de pó tão impregnado do pensamento galáctico planeta artificial, que percorria uma trajetória também
que consideraria ridículas quaisquer disputas artificial, realizando no curso de vários séculos um
particularistas em sua minúscula pátria, e não perderia movimento de translação em torno de mais de uma
tempo com elas. dezena de sistemas solares. Deram a esse planeta o nome
Mas, qual a realidade atual? de Peregrino. Encontraram o desconhecido e com ele o
Por ocasião do primeiro voo tripulado à Lua realizada segredo da vida eterna. Mas ficaram sabendo que a vida
pelo homem, Rhodan encontrou no satélite de nosso eterna só caberia a Rhodan e aos homens que o mesmo
planeta os representantes de uma raça humanoide julgasse dignos de receberem essa dádiva.
desconhecida. Vinham de um mundo que eles chamavam O grande relógio da história galáctica assinalava o
de Árcon, e que ficava a trinta e quatro mil anos-luz da fim do tempo dos arcônidas. A vida eterna não seria para
Terra. Haviam pousado na Lua com uma nave eles. Crest e Thora encontraram o mundo que
exploradora e Crest, o chefe científico da expedição, procuravam, mas essa descoberta não lhes trouxe
sofria de leucemia. qualquer vantagem.
Rhodan aproveitou a oportunidade. Retornou à Terra Rhodan e os terranos seriam os homens do futuro.
em companhia de Crest, a quem prometera a cura, e fez Retornaram do planeta Peregrino, depois de terem
de sua nave, pousada no deserto de Gobi, o centro da ficado longe da Terra por alguns meses, segundo sua
Terceira Potência. contagem de tempo.
Crest foi curado e manifestou sua gratidão, colocando Mas durante a permanência no planeta Peregrino,
à disposição de Rhodan os recursos criados pela onde prevalecia um tempo diferente, a Terra vivera
quatro anos e meio. Nesses quatro anos e meio as
18
pessoas ambiciosas haviam se acostumado à ideia de que guarda-linha são unânimes em afirmar que ninguém saiu
Rhodan nunca mais regressaria para intervir na política do trem durante a parada. Mas alguns passageiros
terrena. declaram que viram dois homens caminharem em
A Federação Asiática e o bloco da OTAN se direção à aldeia de Atbassar. Um deles usava trajes
mantiveram na linha de cooperação interestatal já esquisitíssimos. É a última notícia que se teve dos dois.
adotada. Mas no Bloco Oriental houvera uma revolução Não apareceram em Atbassar. Estão sendo procurados
que fez vir à tona os elementos menos recomendáveis. em toda a região.”
Dali em diante a discórdia voltou a reinar e, por um O policial se levantou sem que ninguém mandasse.
triz, teria causado a guerra. Virou-se, abriu a porta e desapareceu na escuridão. A
Rhodan se levantou e olhou pela janela. porta foi fechada atrás dele.
Contemplou a área verde da cidade. A chuva artificial Welinskij notou perfeitamente que o homem se
criara um grande jardim em meio ao deserto. movia como um boneco.
Era preciso que fizesse os homens compreenderem Sentiu que Lub o olhava e virou a cabeça.
que teriam de obedecer até que sua inteligência estivesse — Então? — perguntou Lub.
madura para a missão que a Humanidade tinha que — Isto é uma... uma... — gaguejou Welinskij.
cumprir. — É o quê? — perguntou Lub com a voz tranqüila.
*** — Faz isso para me intimidar — explodiu Welinskij.
Ao chegarem perto de Kosgorodok, que não passava — Logo percebi que não é o homem pelo qual quer
de uma aldeia à margem de um reluzente lago salgado, passar. Pretende me impedir de fazer aquilo que é meu
Welinskij e Lub se instalaram numa cabana desabitada. dever. O sabotador é o senhor, não eu. É um traidor da...
Ao que parecia ninguém notou sua presença. Ninguém se Lub o interrompeu com um gesto. Nem chegou a se
interessou por eles. aborrecer.
Mais uma vez Welinskij recebeu ordem para esperar — Deixe de conversa — disse com toda calma. —
enquanto Lub foi à aldeia. Demorou mais que das outras Quer insinuar que subornei o policial para que o mesmo
vezes, só voltando ao escurecer. imaginasse uma história?
Welinskij se assustou quando viu na claridade da — Isso mesmo. E...
porta que outro homem acompanhava Lub. Não saberia — Pois vá até a aldeia. Kosgorodok conta com dois
dizer por que se assustou. Afinal, estava com a policiais. Procure o outro e diga quem é. Talvez ele seja
consciência tranquila! bastante inteligente para reconhecê-lo sem uma
Na cabana não havia luz elétrica, mas Lub trouxera apresentação. Espere para ver o que fará com você.
uma vela. Acendeu-a e colocou-a no chão de terra batida. Welinskij se levantou.
Welinskij viu que o recém-chegado envergava um — É isso mesmo que vou fazer — asseverou em tom
uniforme de policial e voltou a se assustar. áspero. — Depois disso mandarei o policial até aqui,
Além do policial, Lub trouxera outras coisas: um pão para que tome conta do senhor.
achatado e aromático e vários tipos de linguiça. Colocou Lub soltou uma gargalhada.
tudo isso no chão e disse: — Seu idiota!
— Daqui a pouco vamos comer. Mas antes disso este Welinskij saiu.
homem nos contará uma coisa. Mas só deu alguns passos na escuridão. Afinal, por
Sentaram em torno da vela. O policial não se fez de que estava desconfiando de Lub? E se o policial tivesse
rogado. Pôs-se a falar: dito a verdade? Pois ele mesmo não se surpreendera com
— O povo de Plachowskoje entregou um derrotista e o curso inesperado que os acontecimentos tomaram em
sabotador ao serviço de segurança de Akmolinsk. Akmolinsk?
Realmente o homem chegou a Akmolinsk, mas “E se tudo que o policial dissera fosse verdade?...”
desapareceu de forma misteriosa. Apareceu um homem Outras indagações surgiram na mente de Welinskij.
que, não se sabe como, conseguiu convencer o chefe do Só Lub poderia dar a resposta.
serviço de segurança, um major, de que vinha de Moscou Teria subornado o major em Akmolinsk? Que tolice!
e fora incumbido de levar o preso para lá. O major Nenhum major se deixaria subornar com tanta facilidade.
entregou o preso. Quando foi interrogado a este respeito, Mas...
não soube dar qualquer explicação satisfatória. Além Welinskij deu meia-volta. Voltou a entrar na cabana
disso, se recusou a admitir que o preso realmente fosse e, antes que Lub pudesse fazer uma observação
um derrotista. Também não soube explicar essa opinião. sarcástica, disse:
Há um detalhe muito importante. O preso foi — Está bem... voltei. Deve ser um grande triunfo
transportado de helicóptero de Plachowskoje para para o senhor. Mas lhe prometo que irei imediatamente à
Akmolinsk. Estava ferido e foi carregado em maca. polícia sem me importar com o que poderá acontecer
Quando foi descarregado em Akmolinsk, um dos homens depois, a não ser que forneça uma explicação plausível
que carregavam a maca recebeu um esbarrão por trás e sobre tudo que aconteceu desde hoje de manhã.
caiu ao chão. Acontece que ninguém viu o homem que Lub o encarou.
fez isso, e o mesmo nunca foi encontrado. — Belas palavras, patriota! — respondeu. — Eu lhe
“Outros elementos do serviço secreto seguiram a prometi que em Kosgorodok saberia tudo, não prometi?
pista do desconhecido e do sabotador. Em Akmolinsk os Talvez não goste do que vai ouvir. Mas ao pensar a
dois tomaram o Expresso Transiberiano com destino a respeito use a cabeça e não o sentimento. Sente-se!
Moscou. Em Atbassar o trem fez uma parada em virtude Welinskij obedeceu prontamente.
da advertência sobre a interrupção do fornecimento de — Para começar do princípio — iniciou Lub — meu
energia proferida por Rhodan. O condutor do trem e o verdadeiro nome é Conrad Ezechiel Deringhouse. A
19
responsabilidade pelo segundo nome, e também pelos caveira em qualquer delegacia de polícia, não demorarei
outros, cabe a meus pais... em agarrá-lo. Estamos entendidos?
A ameaça era desnecessária. Deringhouse expusera
*** sua missão e suas ideias com a maior franqueza, sem
Se Strelnikov não demonstrou muita sabedoria recorrer a qualquer meio para converter Welinskij à sua
política, ao menos deu provas de sua capacidade de opinião.
reconhecer uma nova situação e reagir à mesma, quando Este acreditou na sinceridade de Deringhouse e foi de
nas primeiras horas da manhã do dia 15 de junho opinião que o plano por ele exposto só poderia ser
transmitiu suas instruções ao Conselho Supremo. considerado justo e razoável, até mesmo por um patriota.
Já se conformara com a ideia de que não convinha Saíram de Kosgorodok e prosseguiram na direção
subestimar as forças do inimigo, e se conduziu de acordo oeste. Viajaram de trem, roubaram helicópteros, andaram
com a mesma. Determinou que de nenhuma reunião do alguns quilômetros a pé e percorreram algumas centenas
conselho deveriam participar mais de cem membros. Era de quilômetros de automóvel.
pouco menos de um terço da totalidade dos seus Nesse meio tempo, já no dia 17 de junho, haviam
componentes. chegado a Magnitogorsk. Haviam percorrido quase
Dessa forma evitaria que Rhodan conseguisse metade do trecho de Akmolinsk para Moscou.
dominar todo o conselho de uma só vez, através de seus Deringhouse se dirigira a Magnitogorsk com uma
inexplicáveis recursos hipnóticos. O voto de um terço intenção bem definida. Tinha certeza de que os setores
dos membros era necessário para instaurar o debate sobre responsáveis sabiam, ou desconfiavam, de que ele e
qualquer problema, e nem isso Rhodan poderia fazer de Welinskij se encontravam naquela cidade, e pretendia
um golpe. lhes dar um osso duro de roer.
Strelnikov adotou, sem qualquer subterfúgio, De Magnitogorsk saía uma pequena estrada de ferro
métodos de governo ditatoriais. Dava as ordens e, aos em direção a Bajmak, que ficava cerca de cem
demais membros do conselho, só cabia cumpri-las. quilômetros ao sul. Qualquer um diria que Bajmak era
Enviou três divisões a Komsomolsk para reprimir a um lugarejo insignificante, e ninguém saberia dizer por
revolta que eclodira naquela cidade. que se deram ao trabalho de construir uma estrada de
E fez outra coisa. Interessou-se pelas estranhas ferro para lá.
notícias que falavam de um capitão da força aérea que Só Deringhouse e mais umas poucas pessoas sabiam.
desaparecera de Akmolinsk. Havia a participação de um Em Bajmak era extraído o minério de urânio mais rico
desconhecido ainda mais suspeito; ninguém sabia quem que existia na Terra. Até se falava em veios de urânio
era ou de onde vinha. puro que afloravam nas galerias da mina. Era evidente
Strelnikov tinha certeza quase absoluta de que se que o governo se esforçava para guardar o maior sigilo
tratava de um dos agentes de Rhodan. Por isso mobilizou sobre a jazida. Oficialmente dizia-se que em Bajmak
todos os recursos para prendê-lo. Sabia que Rhodan fazia haviam sido localizadas jazidas de estanho de proporções
muita questão do bem-estar das pessoas que com ele reduzidas.
colaboravam, motivo por que o prisioneiro teria um valor Deringhouse e Welinskij compraram passagem e
inestimável como refém. tomaram o trem para Bajmak. Mais ou menos a meio
Era bem verdade que, pelas informações recebidas caminho o trem parou num desvio e deixou passar um
até então, era de supor que aquele homem dispunha de comboio carregado de minério. Deringhouse fitou
duas faculdades: impor sua vontade aos outros e se tornar atentamente os carros cobertos de lona. Subitamente,
invisível. Welinskij puxou-o pelo braço.
Das primeiras vezes que essa afirmativa foi — Olhe! — chiou, apontando para frente do carro.
formulada diante dele, Strelnikov disse que era tolice. Olhando pelas portas envidraçadas, que permitiam a
Mas, quando os mesmos acontecimentos foram relatados visão de todos os carros, Deringhouse viu, dois carros
pelas mais diversas pessoas com que os dois se adiante, um homem uniformizado que examinava os
encontravam no caminho, a conclusão que se impunha documentos dos passageiros. Virou a cabeça e, do lado
era exatamente essa, e Strelnikov se conformou com ela. oposto, a uma distância igual, viu outro policial.
Dali em diante a polícia e o serviço de segurança Abriu a janela e olhou para fora. Perto da locomotiva
recebeu instruções de procurarem localizar o capitão e no fim da composição havia um terceiro e um quarto
Welinskij, vigiá-lo e aguardar até que o estranho policial.
aparecesse em sua companhia. Todos foram avisados de — É o fim — disse Welinskij.
que não deveriam atacar o desconhecido pela frente. Não poderiam sair dessa. O traje de Deringhouse
Strelnikov nem imaginava que com todas essas chamaria a atenção de qualquer um e, mesmo que ele se
instruções — desde a proibição das reuniões do tornasse invisível, Welinskij não dispunha de qualquer
Conselho Supremo em sua totalidade até a ordem de documento que o habilitasse a viajar para Bajmak. Além
perseguir Welinskij — fez exatamente aquilo que disso, todos os policiais deviam conhecer seu rosto de
Rhodan e Deringhouse esperavam dele. cor.
Era esta a guerra psicológica num sentido mais Mas Deringhouse não perdeu a calma.
elevado. Encontravam-se no terceiro carro a partir da
locomotiva. Welinskij viu que seu companheiro enfiou a
*** mão no bolso e passou a mexer numa arma que chamava
Depois das explanações de Deringhouse, a discussão de projetor mental.
teve um fim tranqüilo. Deringhouse disse: No vagão em que viajavam havia poucos passageiros;
— Se tiver vontade de sair correndo para fazer minha apenas três operários sonolentos sentados num banco
20
próximo à porta traseira. alguém que tem a impressão de que foi descoberto.
O policial os despertou e pediu seus documentos. — Dentro de dois minutos o pessoal de Bajmak
Depois de examiná-los, se dirigiu a Deringhouse e saberá que estamos para chegar. E então?
Welinskij. — Que saibam! — respondeu Deringhouse. — Era
— Não temos documentos — respondeu isso mesmo que eu queria.
Deringhouse. Welinskij o olhou com uma expressão de
O policial ficou perplexo. Depois de algum tempo perplexidade, mas Deringhouse não lhe forneceu
disse: qualquer explicação.
— Vocês não podem estar sem documentos. Vamos — Assumi um único risco neste jogo — disse. —
logo, mostrem! Não sabia se conseguiria influenciar o maquinista sem
Deringhouse deu de ombros. poder vê-lo. Mas você viu, consegui.
— Não tenho documentos, e meu amigo também não.
O policial ficou de olhos semicerrados e franziu a ***
testa. Thora nunca julgara necessário se fazer anunciar a
— Escute aqui! — disse, esticando as palavras. — Rhodan; mas desta vez ela agira assim. Durante os trinta
Que traje é esse? segundos que se passaram, desde o anúncio até o
Deringhouse passou os olhos pela sua roupa e momento em que Thora entrou em seu gabinete, Rhodan
respondeu: procurou imaginar que consequência o choque sofrido no
— É um traje de alpinista. Acabo de comprar. planeta Peregrino devia ter provocado no espírito da
— Como é seu nome? arcônida, pois de repente soube se adaptar aos modos
— Lub. terrenos.
— Só isso? A figura ereta surgiu na porta. Era bela, de uma
— Só. beleza desconcertante, com seu cabelo muito claro, quase
— Como se chama seu amigo? branco, e o brilho vermelho irradiado por seus olhos.
Deringhouse deixou a resposta a cargo de Welinskij. Mas ainda se notavam os vestígios da decepção e das
Este fez o que se esperava dele, embora a contragosto: se provocações que experimentara no planeta Peregrino.
assustou e só depois de uma demora altamente suspeita Rhodan convidou-a a sentar.
se lembrou de um nome. E por cima de tudo o nome foi — Fico satisfeito em vê-la — disse em tom amável.
este: — Faz bastante tempo que não me visita.
— Popoff! Thora ergueu as sobrancelhas.
Na Rússia este nome é tão frequente como Silva entre — Sempre se leva algum tempo para vencer um
nós. choque deste — respondeu. Aliviado, Rhodan percebeu
O policial logo percebeu a situação com que se que ela zombava de si mesma.
defrontava. A arcônida tomou lugar à frente de seu interlocutor.
— Ah! — exclamou. — Esperem aí! Fiquem — Vim por um motivo egoísta — confessou. —
sentadinhos! Gostaria de saber, para me distrair um pouco, o que faz o
Com um passo rápido se dirigiu à janela e abriu-a. O mundo.
apito soou. Os policiais postados de ambos os lados do Rhodan relatou os fatos minuciosamente e em tom de
trem responderam. conversa.
O policial que realizara o controle de documentos a — Não o compreendo — disse Thora em tom de
partir do carro da frente descera depois de ter concluído espanto, assim que Rhodan concluiu seu relato. — No
o trabalho no segundo carro. início usa vassoura de ferro e agora prefere enfrentar o
Deringhouse endireitou o corpo e comprimiu o Bloco Oriental com um único agente, quando um ataque
acionador do projetor mental contra o metal plastificado concentrado resolveria tudo em poucas horas. E a
do vagão. Transmitiu a ordem com o máximo de solução seria muito mais convincente.
concentração. Só se descontraiu quando o trem se pôs em Rhodan sacudiu a cabeça.
movimento com um solavanco. — Thora, não entende a psicologia terrena — disse
O policial gritou alguma coisa para seu colega. Ao em tom professoral. — Em minha opinião, Deringhouse
que parecia ainda não percebera que o trem se pusera em não corre o menor perigo. Nada pode lhe acontecer, a
movimento. Deringhouse se colocou atrás dele, enlaçou- não ser que faça uma tolice. Por outro lado posso mostrar
o pelos joelhos, levantou-o e empurrou-o pela janela. A à Humanidade em geral, e ao povo do Bloco Oriental em
velocidade do trem ainda era muito reduzida. O policial particular, que, para a Terceira Potência, uma revolução
não se machucaria na queda. desse tipo nem chega a representar um acontecimento
Os outros policiais demoraram em compreender o que justifique o uso de armas pesadas ou o lançamento
que estava acontecendo. O trem ganhou velocidade. de bombas.
Nada lhes restou senão gritar e sacudir os punhos. Lançou um olhar indagador para Thora.
Deringhouse soltou uma gostosa gargalhada. Não — Compreende o que quero dizer? Inclinou o corpo
teve a menor dificuldade em tranquilizar os três para frente. — A Humanidade deve compreender que
trabalhadores por meio do projetor mental. Depois se Rhodan só precisa fazer isto — passou a mão por cima
dirigiu a Welinskij. da mesa — para remover quaisquer dificuldades. Espere
— Da próxima vez avise o que pretende fazer — aí! — disse, adiantando-se a uma objeção de Thora. —
queixou-se este. — Assim poderei me preparar. Não quero brilhar à custa dos outros. Apenas quero
Deringhouse continuou a rir. obrigar a Humanidade a se unir. É este o meu objetivo.
— Você foi formidável! Agiu exatamente como Mas não pretendo usar a força; prefiro recorrer a um
21
método especial, para fazer com que a própria de lá, conseguiram se aproximar a cem metros do
Humanidade acabe compreendendo. Se aceitasse suas edifício em que funcionava a administração da pretensa
sugestões, a lembrança que ficaria dos acontecimentos mina de estanho sem serem notados. Passaram o tempo
seria a de que os homens foram obrigados pela força que faltava até o escurecer num matagal grande e denso,
bruta a unir-se. E é isso que eu quero evitar. sem que qualquer dos grupos de policiais que
Thora não soube o que responder. Depois de algum patrulhavam a área os descobrisse.
tempo voltou a falar: Só depois das dez horas puseram mãos ao trabalho,
— Tem razão, como sempre. do qual por enquanto só Deringhouse tinha uma ideia
Depois de mais alguns minutos de silêncio clara. Welinskij só sabia que no momento adequado
perguntou: devia ser visto por alguém. E Deringhouse não ocultou o
— Quais são as perspectivas de voltarmos a Árcon? fato de que isso representaria a parte mais difícil do
A pergunta representou uma surpresa para Rhodan; trabalho.
mas sua mente reagiu instantaneamente. Desde os — Não se esqueça — avisou ao companheiro. — Eu
primeiros dias de sua cooperação com a Terra, Crest e estou protegido contra as balas, mas você não. Não
Thora só estavam empenhados em sua volta para Árcon. assuma qualquer risco.
E, mesmo quando já existiam recursos para isso, Rhodan Aproximaram-se cautelosamente do complexo de
ficou adiando a realização desse desejo de uma edifícios. Atrás da maior parte das janelas a luz já se
oportunidade para outra, por motivos de segurança apagara. Só um dos barracos continuava iluminado por
terrena. Sentiu que não poderia continuar assim por uma desagradável luz fluorescente branco-azulada.
muito tempo. Deringhouse indicou o lugar em que Welinskij deveria
— Eu lhe prometi que viajaríamos para Árcon assim ficar.
que a Terra estivesse em segurança — respondeu. — Aqui estará protegido — cochichou. — Voltarei
Conforme era de esperar, Thora não demorou a em tempo. Só se mostre o suficiente para que um policial
formular outra pergunta: medianamente competente consiga gravar seu rosto.
— Quando será isso? Welinskij ficou nervoso.
— Aguardemos a conferência que se realizará hoje — A quem vou me mostrar? Que diabo!
— consolou-a Rhodan. — Se conseguirmos uma união, — A qualquer pessoa. Daqui a pouco haverá gente de
mesmo imperfeita, poderemos decolar dentro de algumas sobra nesta área.
semanas. ***
Sabia que não era nada disso. A Terra estaria longe Frunse, um georgiano, naquela noite de plantão no
de ser um lugar seguro, mesmo que a conferência que se barraco de vigilância, estava tranquilamente sentado à
iniciava fosse coroada de êxito. Mas, consolando Thora, mesa que ficava perto da janelinha com o pequeno
evitou uma discussão acalorada. guichê. Para vencer o sono procurou afundar na leitura
— Está bem — suspirou Thora. — Depois de de um jornal.
tamanha espera aguentaremos mais algumas semanas. Frunse não era um homem muito instruído, mas
*** possuía uma vontade de ferro. Não falava o russo muito
Deringhouse fez o trem parar poucos quilômetros bem, e a leitura do jornal se tornava ainda mais difícil.
antes de Bajmak e desceu juntamente com Welinskij. Os Mas foi atravessando tenazmente os textos e desviou a
que pretenderam impedi-lo foram influenciados idéia de sono de sua mente até vencê-la definitivamente.
hipnoticamente para adotarem uma atitude mais Estava entretido na leitura de uma notícia sobre uma
razoável. estranha mortandade do gado verificada na Sibéria
Afastaram-se dos trilhos cerca de duzentos metros e, ocidental quando a porta se abriu. Frunse atirou o jornal
andando paralelamente aos mesmos, se aproximaram de sobre a mesa e fitou a porta. Estava absolutamente certo
Bajmak, ocultos pela vegetação. De um lugar elevado de que ninguém se aproximara do barraco. Havia um
viram que o trem no qual haviam viajado, ao chegar a único caminho que conduzia à porta, e apesar do esforço
Bajmak, foi recebido por metade de um batalhão de exigido pela leitura teria percebido se alguém o
policiais. Por cerca de quinze minutos reinou uma utilizasse.
terrível confusão. Depois disso a tropa policial se dividiu A porta tinha fecho automático; não poderia se abrir
em vários grupos, que se deslocaram para o norte, por si, nem permanecer aberta por tanto tempo.
avançando de ambos os lados da linha férrea. Frunse se levantou. Sentia um pouco de medo, mas
— Estão à nossa procura — disse Deringhouse. precisava ver o que havia com a porta. Nesse instante ela
Prosseguiram em sua marcha. Por um motivo que de voltou a se fechar. Depois de hesitar um instante, Frunse
início lhes parecia inexplicável os policiais nunca se voltou à sua cadeira. Uma porta fechada não o
afastavam mais de cinqüenta metros dos trilhos. Dessa preocupava, e o que passou já pertencia ao passado. Mas
forma nunca encontrariam os sabotadores. estava tão irritado que levou alguns minutos fitando os
Posteriormente Deringhouse veio a saber que, em virtude espaços vazios do recinto, como se alguma coisa pudesse
de suas armas superiores, os policiais receberam ordem estar escondida por ali.
para não penetrarem em qualquer área onde a visão não Depois voltou a pegar o jornal.
fosse perfeita. O comandante do destacamento policial Pouco depois voltou a se sobressaltar. Ouvira um
de Bajmak não estava interessado em enviar duzentos ruído. Olhou por cima do jornal, mas não viu nada. Só
policiais para o interior do matagal, e meia hora depois quando voltou a ouvir o mesmo ruído percebeu a direção
ver duzentos sabotadores saírem de lá. de onde vinha.
Welinskij e Deringhouse atingiram o lugarejo meia O vigia se ergueu lentamente. Alguns segundos
hora depois, vindos do sul. Como ninguém os esperasse preciosos se passaram antes que compreendesse que
22
aquilo não era obra de um fantasma, mas de alguém que minutos antes ouvira o tiro disparado no barraco e o uivo
sabia perfeitamente o que queria. Atrás das duas chapas da bala que ricocheteava.
que acabavam de ser retiradas ficava o labirinto de fios As pisadas se aproximaram. Vinham da estrada e
do equipamento de segurança, cujo painel central fora entraram no caminho que dava para o barraco. Pouco
instalado na mesa de Frunse. Não entendia nada dos depois os vultos dos policiais em desabalada carreira
detalhes técnicos da instalação; mas sabia que qualquer surgiram na escuridão.
invasor, inclusive um sabotador, poderia penetrar nos — Nãããoo! — gritou alguém do interior do barraco,
edifícios da administração e nas galerias sem ser no mesmo instante em que Welinskij saía do seu
impedido ou mesmo notado se a instalação fosse esconderijo. — Está escapando!
destruída ou danificada. Os policiais se aproximaram. Num rápido exame,
Isso não podia acontecer! Welinskij contou oito deles. A escuridão era quase
Com dois saltos enormes se colocou diante da parede. completa, mas viram-no. O grupo estacou. Depois que
Estendeu a mão para agarrar o invisível. Mas em vez de pelos seus cálculos fora visto o suficiente, Welinskij
agarrá-lo sentiu uma pancada violenta, que o atirou para desapareceu no matagal. Alguém gritou:
o lado oposto da sala. Por algum tempo ficou estendido — Sigam-no! Vamos! É ele!
no chão, ofegante. Mas do lado do barraco ouviu-se a voz lamurienta de
O medo e a raiva lutaram em sua mente. Olhando alguém que falava um péssimo russo:
para cima, ele viu que as pontas dos fios embutidos na — É aqui, seus idiotas! Foi daqui que ele
parede se moviam, ligações eram desfeitas e outras desapareceu!
estabelecidas. Não compreendia, mas tinha certeza de Welinskij correu pelo matagal. Estava a quase
que o invisível arruinaria as instalações de tal forma que cinqüenta metros dos policiais quando estes se refizeram
alguns dias se passariam antes que pudessem ser da confusão. Dois deles continuaram a persegui-lo. Os
reparadas. outros correram em direção ao barraco.
Frunse rastejou cautelosamente em direção à sua Subitamente Welinskij percebeu que alguém o
mesa. Apoiando-se em um dos pés, ergueu o corpo, abriu segurava pela mão. Assustou-se. Mas Deringhouse ainda
a gaveta e retirou a pistola. Por baixo da mesa fez pretendia tomar outras iniciativas.
pontaria em direção ao lugar em que supunha estar o — Abrace-me por trás — ordenou a Welinskij.
invisível e, num acesso de raiva e coragem, apertou o Este obedeceu.
gatilho. — Agora realizaremos um pequeno vôo, para nos
A descarga provocou um estrondo naquele recinto afastarmos daqui o mais rápido e o mais longe possível.
pequeno. Mas o efeito foi totalmente diferente do que Neste traje está embutido um gerador que, ligado à
esperava: o estrondo da explosão foi superado pelo ruído potência máxima, produz um campo antigravitacional
metálico do impacto do projétil contra a parede. Seguiu- capaz de suportar nós dois. Para isso devemos dispensar
se um uivo cortante e o estilhaçar do vidro. Ao se voltar, a invisibilidade. Mas de noite isso não será tão perigoso.
apavorado, percebeu que o tiro disparado para frente Antes que pudesse proferir uma palavra, Welinskij
quebrara a vidraça atrás dele. teve a sensação de quem se encontra num elevador que
Mas Frunse era um homem duro, e o fato desce em alta velocidade. Seu estômago parecia se
tranqüilizador de que o estranho nem tomava levantar um pouco. Assim que se recuperou do susto, viu
conhecimento dos seus esforços, mas continuava a as luzes da mina bem abaixo do lugar em que estava.
trabalhar calmamente, diminuiu o medo de que se sentia — Não tenha medo — tranquilizou-o Deringhouse.
possuído. Inclinou-se sobre a mesa e levantou o fone. — Não é muito confortável, mas é melhor que fugir a pé.
Discou apressadamente os três algarismos da polícia e — Mas se eu o soltar... — disse Welinskij, falando
gritou: com dificuldade.
— Aqui entrou um invisível que está destruindo as — Nesse caso não acontecerá nada — explicou
instalações do equipamento de segurança. Deringhouse. — Continuará a voar comigo. Só se der
Deixou cair o fone e voltou a se abrigar atrás da socos ou pontapés em mim será desviado, e assim que
mesa. abandonar a gravisfera artificial cairá. Portanto, é
O telefonema também não perturbou o invisível. Pelo preferível que continue comigo.
estalo dos fios partidos e pelo crepitar das faíscas, Frunse Riu. Mas Welinskij não estava com vontade de rir.
percebeu que continuava a trabalhar. Em seu interior o medo do desconhecido, do nunca visto,
“Você não perde por esperar”, pensou com o ânimo lutava contra a admiração provocada por esse produto de
furioso. “Logo será agarrado.” uma tecnologia incrivelmente desenvolvida.
Mas não tinha nenhuma ideia clara sobre a maneira Depois de algum tempo se acostumou à sensação
pela qual a polícia poderia ser mais bem sucedida contra estranha da ausência parcial de gravidade e começou a se
o inimigo invisível do que ele o fora. interessar pelo que se passava em torno dele. Pelos
Soltou um grito quando, pouco antes do momento em contornos pouco nítidos das colinas do sul da cadeia dos
que, pelos seus cálculos, a polícia devia aparecer, os Urais, que desfilavam abaixo deles, calculou em
estalos e o crepitar cessaram subitamente e no mesmo duzentos metros a altitude em que voavam e em cem
instante a porta voltou a se abrir. quilômetros por hora a velocidade. A força do
— Nãããoo! — gritou Frunse. — Está escapando! deslocamento do ar fora reduzida bastante pelo campo de
Passou por baixo da mesa e correu à porta. Mas era gravitação artificial. Welinskij não sentia qualquer
evidente que na escuridão não via mais do invisível do incômodo, mesmo quando olhava por cima do ombro de
que vira na sala bem iluminada. Deringhouse.
Welinskij ouviu as pisadas de muitos pés. Poucos Pelo que notava, se deslocavam na direção oeste.
23
V na necessidade de que Welinskij e o agente fossem
capturados de qualquer maneira.
Embora, na qualidade de perito militar, o marechal No curso do telefonema Sirov ouviu um ligeiro
Sirov participasse do Conselho Supremo apenas como chiado no pequeno apartamento que ocupava naquele
um adido viu-se diminuído como os demais quatrocentos dia. Interrompeu a palestra e se virou. Podia ver a área
e quinze membros com direito de voto: foi reduzido à fronteira à porta; não havia ninguém. Disse para si
simples condição de um receptor de ordens. mesmo que algum ruído da rua devia ter chegado até lá e
Mantinha-se escondido e mudava diariamente de continuou a falar ao telefone.
esconderijo. Quando terminou o telefonema, ficou sentado mais
Todos os dias, sempre numa hora diferente, entre as algum tempo diante do telefone, mergulhado em
oito da manhã e o meio-dia, Sirov recebia um chamado pensamentos e olhando para a janela encortinada. Depois
telefônico e uma voz desconhecida lhe transmitia as se levantou para pegar o maço de cigarros que se
notícias mais recentes. Sempre que fosse importantes ele encontrava no bolso do paletó.
as transmitia através de mais de vinte canais diferentes, Quando ia se afastando da escrivaninha, ele os viu, os
cujo emaranhado geralmente lhe era desconhecido, dois.
fazendo-as chegar aos seus subordinados, a fim de que Um deles era Welinskij. Sirov vira muitos retratos
estes tomassem as providências que se fizessem dele e o reconheceu imediatamente. O outro devia ser o
necessárias. agente da Terceira Potência. Era alto e magro, tinha o
Pelo menos três vezes por dia Sirov recebia um cabelo louro cortado à escovinha e seu rosto exibia um
telefonema de um homem que, segundo supunha, era o sorriso irritante.
secretário-geral Strelnikov. Este formulava sugestões de — Bom dia! — disse o louro com a voz amável. —
como se devia reagir a esta ou aquela situação e esperava Entramos de forma um tanto estranha; queira desculpar.
que Sirov considerasse essas sugestões como ordens; o Não tivemos outra alternativa. Pensávamos que...
que o marechal fazia com a melhor boa vontade. Deu um salto enorme para o meio da sala. Era um
Naquele dia, em 18 de junho, Sirov recebeu, logo salto muito maior que o que Sirov pretendia dar para
depois da transmissão das últimas notícias, um chamado alcançar a gaveta da escrivaninha.
de alguém que falava com a voz disfarçada. O marechal teve a sensação de ter sido envolvido
— Grande vitória — disse a voz. num furacão. Numa raiva surda percebeu que o louro
— Grande êxito — respondeu Sirov. Eram as senhas alto nem quis recorrer às suas armas, sem dúvida muito
combinadas para que Sirov recebesse como ordens tudo superiores; confiava apenas na força dos punhos e na
que lhe fosse dito em forma de sugestão. agilidade física.
— Temos novidades a respeito do agente de Rhodan Mas a raiva de Sirov não adiantou de nada. Levou
— prosseguiu a voz. — Ontem de noite apareceu em uma porção de socos doloridos antes que pudesse
Bajmak, na área de Magnitogorsk, pela forma usual e levantar os braços para se proteger. Quando tentou
incompreensível. Demonstrou muita autoconfiança. O escapar, Deringhouse lhe bateu com ambos os punhos
capitão Welinskij estava com ele. Safou-se mal e mal de em cima da cabeça. Sirov tonteou, dobrou os joelhos,
um controle realizado num trem. Na noite do mesmo dia não conseguiu se manter de pé e caiu ao chão com um
o sistema de segurança da mina de urânio foi danificado baque.
de tal forma que o pessoal terá que trabalhar pelo menos A respiração de Deringhouse nem chegava a ser mais
dois ou três dias para repará-lo. rápida. Apenas a amabilidade havia desaparecido de seu
Naquela voz notava-se um tom de triunfo. De início rosto.
Sirov ficou admirado com isso; mas logo compreendeu. — Não tente isso uma segunda vez! — avisou ao
— Daí se pode concluir sem a menor dúvida — marechal. — Dispomos de outros meios; da próxima vez
prosseguiu a voz — que Welinskij e aquele agente será um homem morto.
tentarão atacar a mina, e isso antes que as instalações de Sirov procurou se levantar. Deringhouse fez um gesto
segurança tenham sido reparadas. Portanto, sabemos que e Welinskij veio em auxílio do marechal, arrastando-o
nas próximas vinte e quatro horas, ou ainda nas próximas para uma cadeira e segurando-o. Deringhouse saiu da
quarenta e oito horas, os dois permanecerão em Bajmak. sala. Voltou com um monte de fitas de plástico e as
Sirov compreendeu. atirou a Welinskij.
— Quero que mande seus melhores elementos para lá — Amarre-o! — ordenou. — Tenha cuidado. Sua
— disse a voz. — Os dois não devem escapar! segurança depende disso.
— Entendido — respondeu Sirov. — Providenciarei Depois, perguntou a Sirov.
imediatamente. — Sabe por que estou aqui?
— Muito bem. Por enquanto só tivemos O marechal não respondeu. Deringhouse esboçou um
conhecimento de um agente que Rhodan introduziu em sorriso zombeteiro.
nosso território. Tudo indica que realmente não haja — Não venha me dizer que seu serviço de
outro. Logo, parece que no momento não há nenhum informações é tão ineficiente. A conferência dos
perigo para Moscou. governos legais das potências terrenas decidiu na tarde
Isso representava certo alívio, não só para Strelnikov. de anteontem, em Galáxia, que os objetivos e métodos do
A palestra terminou com o estalo do fone. Sirov atual governo do Bloco Oriental deviam ser condenados
baixou o gancho e discou rapidamente uma seqüência de e exigiu a punição dos culpados por uma corte mundial.
algarismos que sabia de cor. Transmitiu as instruções de Já deve ter ouvido falar nisso.
Strelnikov e todas as informações adicionais, e insistiu A essa altura Sirov já não conseguiu dominar a raiva.
— Não seja ridículo! — fungou. — Em Galáxia
24
podem decidir e exigir o que quiserem. Quem vai se secretário-geral do conselho.
interessar por isso? Se conseguisse pôr as mãos nele, o êxito do plano de
— Você — respondeu Deringhouse. — Está em Rhodan estaria garantido.
minhas mãos, e delas só sairá para ser entregue ao Deringhouse não subestimou o risco que correria
carcereiro de Galáxia. numa busca a Strelnikov. Para uma pessoa isolada, o
Sirov se esforçou para soltar uma risada de escárnio, exponencial de perigo que envolvia o projeto cresceria
mas não conseguiu. com o tempo, por melhor que fosse seu equipamento.
— Aliás, você não será o único — prosseguiu Além disso, Deringhouse percebeu pela primeira vez
Deringhouse em tom indiferente. — Da mesma forma que, ao se unir a Welinskij, arranjara antes um peso que
que o encontrei, ainda vou pôr as mãos em algumas um auxílio.
outras pessoas. Assim não sentirá tanta solidão. Aumentou a velocidade e, dez minutos depois que
Sirov lhe lançou um olhar indagador. Deringhouse deixara Welinskij, chegou ao edifício da central de
percebeu que estava interessado em saber como pudera telecomunicações.
localizar seu esconderijo. Mas não lhe explicou.
— Afinal, você só é um dos pequenos patifes — ***
disse Deringhouse.
Com isso a raiva de Sirov voltou a crescer; mas por Rhodan procedeu metodicamente. Confiava antes de
mais que forçasse as fitas de plástico, elas não cediam. tudo na força dos seus argumentos. Não havia nenhum
À saída do apartamento, Deringhouse transmitiu suas problema que o preocupasse tanto como o da união da
instruções a Welinskij. Humanidade, e facilmente poderia influenciar os
— Tenha cuidado! — preveniu-o. — Não caia em membros e representantes dos governos no sentido de
qualquer truque. É preferível nem falar com ele. Não concordarem com suas sugestões. No entanto, nada fez
devo demorar. Se houver um imprevisto, use o radiador para que isso acontecesse.
térmico. Infelizmente não posso lhe dar coisa melhor. Agiu de igual para igual. Inscreveu-se na lista dos
Welinskij voltou ao interior da residência e oradores e a palavra lhe foi concedida em primeiro lugar.
Deringhouse se retirou. Examinou o lugar da porta onde Nenhum dos presentes acreditava que aquilo que teria
a fechadura fora retirada cuidadosamente com o radiador para dizer fosse mais importante que a mensagem que
térmico. Estava oculto sob a maçaneta e só mesmo solicitara a conferência.
alguém que olhasse cuidadosamente e de perto notaria Quem esperava que Rhodan iniciasse seu discurso
alguma coisa. com um relato do que fizera nos últimos quatro anos e
Ali não haveria qualquer perigo. Mas, se Sirov meio — e houve algumas pessoas que acreditavam que
estivesse sendo vigiado, a coisa seria diferente. Nesse ele utilizaria a conferência como plataforma publicitária
caso... — logo viu que estava enganado. Rhodan falou sobre
Que nada! Welinskij possuía uma arma superior e aquilo que, nesse meio tempo, havia acontecido na Terra.
saberia se cuidar. Desde que dispusesse de mantimentos, Leu o relatório sobre a revolução no Bloco Oriental,
poderia resistir com o radiador térmico a um exército redigido por seus agentes. Vários detalhes chegaram ao
inteiro enquanto conseguisse manter os olhos abertos. conhecimento público pela primeira vez. Tratava-se de
Até então ele, Deringhouse, já estaria de volta. fatos que os novos detentores do poder julgavam
Antes de tomar o elevador para descer ao térreo, acobertados pelo segredo.
ativou o campo de deflexão luminosa. Assim que chegou Rhodan estava consciente dos efeitos que suas
à calçada se elevou a uma altitude de dez metros e voou revelações produziriam. Por sugestão sua e sem que os
acima do trânsito. delegados se opusessem, a conferência foi irradiada pelas
Seu destino era a central de telecomunicações. Por ali potentes emissoras de televisão da Terceira Potência e
passavam todos os condutos telefônicos de Moscou, retransmitida por todas as emissoras terrenas, com
inclusive os dos dez ou quinze videofones de que a exceção das situadas no território dos Estados que
cidade já dispunha. compunham o Bloco Oriental.
Deringhouse tivera a ideia de penetrar na central de Rhodan repetiu as recomendações formuladas aos
telecomunicações enquanto, em companhia de Welinskij, governos dos blocos de potências durante as conferências
viajava de Magnitogorsk a Moscou, parte de avião, parte panterrenas realizadas alguns anos atrás. Provou que o
de trem ou de carro. Chegando a Moscou, logo novo governo do Bloco Oriental nada fizera para cumprir
transformou a idéia em realidade. Recorreu ao projetor essas recomendações e, mais do que isso, infringira e
mental para penetrar no edifício e pelo mesmo meio continuava a infringir as mesmas.
obteve permissão de acompanhar trechos das mensagens Mas a acusação de maior peso formulada contra os
do setor oficial F. Recorrera à compulsão hipnótica para governos do Bloco Oriental foi a de que pretenderam
obter do diretor a informação de que as mensagens desencadear uma guerra que teria significado o fim da
internas do governo eram transmitidas por esse setor. Humanidade, se a Terceira Potência não tivesse
A tentativa foi coroada de êxito. Depois de dez interferido a tempo.
minutos, descobriu o esconderijo do marechal Sirov. As explanações de Rhodan não duraram mais que
Acompanhara a transmissão das notícias. uma hora. Assim mesmo abrangeram toda a
Por simples acaso Sirov foi o primeiro a ser problemática em formulações sucintas e precisas. Ao
descoberto. Poderia ter sido qualquer outro membro do concluir disse:
Conselho Supremo. — Senhores sem dúvida todos têm o direito de
Deringhouse sabia que, no momento, era mais levantar a voz em nome daquele grupo de mais de
importante descobrir o esconderijo de Strelnikov, quatrocentos milhões de pessoas, que já haviam
25
começado a acreditar que dentro de poucos anos a Terra Rhodan providenciara para que seus hóspedes
seria um mundo da união, e que sofreram uma decepção recebessem um tratamento condigno em Galáxia. Tinha
tão cruel em virtude de uma revolução que não merece certeza de que a profunda impressão que a cidade
esse nome. Quero formular a seguinte proposta: a causava nos visitantes e a hospitalidade que lhes estava
conferência tomará uma resolução pela qual declarará sendo dispensada representariam fatores positivos no
que os objetivos e métodos do Conselho Supremo do encaminhamento das negociações.
Bloco Oriental são um procedimento criminoso e
contrário aos direitos humanos. ***
A proposta obteve aprovação unânime em primeira
votação. Meia hora se passou sem que Sirov dissesse uma
Rhodan desceu da tribuna e deixou que outros palavra. Welinskij estava sentado atrás dele e descansara
tomassem a palavra. Ficou satisfeito ao constatar que os a arma de radiações no colo. Sirov não podia vê-lo. De
oradores seguintes, sem que o soubessem, se esforçavam vez em quando, o capitão fumava um cigarro, para matar
para aplainar o caminho para a outra proposta que o tempo e vencer o nervosismo.
pretendia formular. Não interferiu nas discussões até que Depois de algum tempo Sirov disse:
julgou chegado o momento. Foi ao anoitecer daquele dia, — Não poderia ao menos explicar o que esse homem
quando a conferência ameaçou transbordar da indignação e a Terceira Potência pretendem fazer?
causada pelos métodos desumanos do regime que se Welinskij não achou nada demais em responder à
instalara no Bloco Oriental, métodos estes que foram pergunta. Deringhouse o esclarecera a este respeito, mas
examinados sob os ângulos mais variados. Welinskij cometeu o erro de se julgar uma espécie de
Levantou-se e propôs a criação de uma corte mundial missionário, a quem cabia levar a luz da verdade até
que teria a seu cargo o resguardo dos direitos humanos mesmo aos corações mais sombrios.
em todos os pontos do globo. Ainda sugeriu que os Subitamente Sirov interrompeu seu interlocutor.
homens que detinham o poder no Bloco Oriental fossem Inclinou a cabeça para a frente o mais que as fitas de
denunciados perante essa corte, trazidos à presença do plástico que lhe prendiam os ombros o permitiram.
juiz e condenados. — Está ouvindo? — cochichou.
Quando a proposta foi aceita, a grande maioria das Welinskij não ouviu nada.
pessoas que se encontravam no enorme auditório de — Alguém está subindo a escada — disse Sirov. —
Galáxia acreditou que a deliberação não passava de um Quem será? Seu companheiro?
ato simbólico. Ninguém concebeu a idéia, e muito menos Welinskij se levantou e segurou o radiador térmico.
acreditou que Rhodan conseguiria transformar a — Vou dar uma olhada — disse.
resolução em realidade, nos seus mínimos pormenores. Foi na ponta dos pés até a porta e saiu para a área
Os trabalhos da conferência foram suspensos até a fronteira. Parou junto à entrada da residência e aguçou o
manhã do dia seguinte. Nesse dia foram eleitos os juizes ouvido. Percebeu uma série de passos, mas talvez isso
da recém-criada corte mundial. A presidência foi não significasse nada. O edifício era grande, e seria de
oferecida a Rhodan, mas este não a aceitou. O posto de estranhar se naquele instante não houvesse ninguém
juiz supremo foi confiado a Frederick Donnifer, um pelas escadas.
australiano que desempenhava as funções de ministro da Os passos não se fizeram ouvir nas imediações da
justiça do governo de Camberra. E logo se chegou a porta. Assim que se convenceu disso, Welinskij abriu a
acordo sobre o preenchimento dos demais cargos, ainda porta o suficiente para enfiar a cabeça na fresta. Olhou
mais que Donnifer formulava propostas que todos para a direita e para a esquerda; não havia ninguém.
julgavam aceitáveis. Tranquilizado, fechou a porta.
Um orador indiano se queixou de que havia um No mesmo instante, ouviu um estalo surdo vindo da
tribunal e um acusado, mas faltava a lei pela qual os sala em que Sirov se encontrava. Assustado, deu dois
juízes poderiam se guiar ao proferir a condenação. passos largos, se colocou na porta de entrada e olhou
A objeção tinha fundamento. Mas logo se verificou para a sala.
que o código a ser adotado poderia ser a Declaração dos Sirov continuava sentado na sua cadeira... mas onde
Direitos Humanos promulgada pelas Nações Unidas, que ela estava! O marechal devia ter conseguido movê-la por
não precisaria ser submetida a qualquer alteração. meio de vários solavancos. Naquele momento a cadeira
Na noite daquele dia o tribunal foi constituído. Num se encontrava ao lado esquerdo da escrivaninha e caíra
breve discurso, Rhodan ressaltou que em sua opinião o para frente. Sirov estava com o peito encostado ao canto
ato representava a criação de mais uma instituição do móvel e teve que desenvolver um esforço tão intenso
panterrena, que oportunamente seria seguida de outras. A para manter a cabeça ereta que as veias do pescoço se
mais importante e provavelmente a última seria o incharam.
governo panterreno. Welinskij levantou o radiador térmico.
A primeira iniciativa, a criação da Federação de — Não faça isso, seu idiota! — fungou Sirov. — Pelo
Defesa da Terra, não fora bem sucedida, mas valera amor de Deus, fique onde está.
como primeiro passo. Welinskij hesitou. Estava perplexo. Só quando Sirov
Decidiu-se que, no dia seguinte, seria discutida a deixou a cabeça pender para frente e seu rosto se
forma de uma cooperação que precederia a constituição desfigurou numa careta de deboche percebeu o que
da confederação terrena e posteriormente de um Estado realmente estava acontecendo.
federado terreno. Os participantes da conferência se Numa espécie de movimento reflexo levantou a
separaram na convicção de terem feito o possível para pesada arma térmica. O dedo se entortou junto ao
promover o progresso da Humanidade. gatilho. Mas no mesmo instante foi agarrado por um
26
turbilhão ensurdecedor e seus pensamentos se apagaram. Mas ia lhes mostrar o que receberiam em troca desse
assassinato.
*** ***
A paciência de Deringhouse foi submetida a uma Dali a quinze minutos se encontrava novamente na
prova dura. Strelnikov não parecia ser um dos usuários rua. Percebeu o risco que corria. Sirov fugira e era mais
mais assíduos do telefone. No curso de uma hora não que natural que acreditasse que ele, Deringhouse,
chegou a dar sinal de vida. voltasse nas próximas horas para revezar Welinskij.
A não ser que o homem que, no início de cada Mesmo um homem invisível equipado com uma arma
telefonema, dizia “grande vitória” e obtinha a resposta psicológica poderia ser capturado, desde que o número
“grande êxito” fosse Strelnikov. A possibilidade não de perseguidores fosse suficiente e estes agissem com
podia ser desprezada. bastante habilidade.
Depois de duas horas Deringhouse abandonou seu No curso dos quinze minutos examinara o buraco
posto de escuta. Anotara a posição do aparelho que aberto pela explosão. Mesmo quem não fosse perito em
costumava ser usado pela “grande vitória”. Daria uma explosivos perceberia que a carga fora colocada de tal
olhada no local. Se não conseguisse nada, poderia voltar. maneira que mais de noventa e cinco por cento do efeito
Saiu da central de telecomunicações às onze horas e explosivo se desenvolveria verticalmente para cima, a
trinta e cinco minutos; dez minutos depois chegou à Rua partir da soleira da porta. Welinskij devia estar ali
Vinte e Oito de Outubro, onde ficava o esconderijo de quando a bomba foi detonada ou provavelmente ainda
Sirov. Logo viu a aglomeração que se formara diante do estaria no hall, com a porta entreaberta.
prédio e não duvidou um instante que alguma coisa Deringhouse também encontrou o detonador. Era um
acontecera com o marechal. Estava invisível; entrou botão de aparência inofensiva que se encontrava sobre o
cautelosamente pelo largo portal, para não esbarrar em tampo da escrivaninha. Perto desta se encontrava a
ninguém, e voou pela escadaria em direção ao oitavo cadeira em que Sirov estivera sentado, ainda com os
andar, onde ficava a residência de Sirov. restos das fitas de plástico.
Diante da residência notou um grupo de homens Deringhouse pôde fazer a reconstituição mental dos
uniformizados. Ainda percebeu uma fenda de uns dez acontecimentos. Por algum motivo, Welinskij saíra da
centímetros de largura, que descia pela parede do sala. Pobre-diabo! Nunca deveria ter feito uma coisa
corredor. dessas. Sirov aproveitou o tempo para escorregar com a
Parou no corredor, esperando que os policiais cadeira para junto da escrivaninha e, no momento em
deixassem a porta livre. Ouviu que, no apartamento, que Welinskij abriu a porta para entrar, se inclinou para
houvera uma explosão cercada de circunstâncias bastante frente e comprimiu o botão com a testa.
estranhas. Ao que parecia ninguém sabia dizer quem era Aquele apartamento devia pertencer ao governo. A
o ocupante da residência, e ninguém tinha a menor ideia bomba fora colocada ali quando foi comprado ou
sobre a causa da explosão. construído pelo governo. Quem colocou a bomba
Depois de ter esperado quinze minutos, Deringhouse naquele local demonstrou muita habilidade. Qualquer um
chegou ã conclusão de que qualquer perda de tempo que se encontrasse num aperto conseguiria fazer com que
representaria um risco. Lançou mão do projetor mental. seu inimigo fosse à porta sob qualquer pretexto. Desde
Os policiais obedeceram à ordem que lhes foi transmitida que nesse preciso instante conseguisse colocar a mão, ou
e afastaram-se para o lado, liberando a porta. qualquer coisa que se movesse, em cima do botão, o caso
No interior do apartamento pelo menos seis policiais estaria liquidado.
se mantinham ativos. Deringhouse obrigou um por um a Para Sirov estava liquidado; e além de tudo o
se submeter à sua vontade e entrou no escritório de marechal se apossara do radiador térmico de Welinskij.
Sirov. Deringhouse compreendeu que o incidente exigia
No lugar em que antes existia a porta, abria-se um uma modificação dos seus planos. Há esta hora
enorme buraco. O soalho estava quebrado e parte do teto Strelnikov já devia ter sido prevenido e naturalmente
desabara por cima da porta. Pelo buraco, via-se o abandonara seu esconderijo; se realmente era a “grande
apartamento do nono andar. vitória”.
Era estranho que a explosão quase não causara De qualquer maneira Deringhouse resolveu dar uma
nenhum dano no interior da sala. Uma prateleira de olhada no esconderijo. Muitas vezes uma pessoa que se
livros caíra e seu conteúdo se espalhara pelo chão. Era vê obrigada a sair às pressas deixa uma pista. Tirou o
só. bilhete com a anotação do bolso e o leu de maneira que
O livro que fora atirado mais longe estava perto da ficasse dentro do campo de deflexão.
mão de um homem que a explosão erguera no ar e atirara Era na Rua Kujbyschev. Deringhouse se lembrou de
ao chão. que a rua ficava num bairro da zona leste. Dispôs-se a
Era Welinskij. subir quando notou um movimento acima de sua cabeça.
Deringhouse se abaixou sobre ele, enquanto os Olhou e viu um trançado fino de fios metálicos, que uma
policiais, obedecendo ao seu comando hipnótico, se turma de trabalhadores procurava firmar nos telhados de
enfileiravam junto à parede. Welinskij estava deitado de ambos os lados da rua.
bruços. Deringhouse o virou de costas e percebeu à Assustou-se. Virou a cabeça e viu que o mesmo
primeira vista que estava morto. trançado cobria a rua em todos os lados. Além disso, em
Welinskij! cada esquina, o mesmo descia dos telhados até a rua. E
Deringhouse cerrou o punho. Fora um jovem tão subitamente dezenas de policiais surgiram de ambos os
entusiasta e tolo! Não deveria tê-lo deixado a sós com lados daquele trecho de rua.
Sirov, a raposa velha. Era a armadilha perfeita!
27
Deringhouse não teve ilusões. O alcance de seu VI
projetor mental não ultrapassava cinqüenta metros. A
essa distância poderia, quando muito, submeter dez — O que fizeram em Bajmak foi um truque e nós
homens à sua vontade, desde que eles estivessem bem caímos nele — declarou Sirov.
juntos. Seu aspecto não melhorara muito desde o instante em
Imaginou quais seriam as ordens transmitidas a estes que Deringhouse lhe dera a sova. Não tivera tempo para
policiais. Não deviam sair do lugar. E estavam tão mudar de roupa. Através de um chamado de emergência,
encostados um ao outro que nem mesmo um cachorro de descobriu o esconderijo de Strelnikov e para lá se dirigiu
tamanho médio conseguiria passar entre eles. pelo caminho mais rápido.
Provavelmente estavam preparados para mobilizar Quando soube o que havia acontecido, Strelnikov
reservas assim que um deles saísse do lugar, deixando logo procurou retribuir o golpe. Incumbiu um jovem
uma passagem. Naturalmente nas ruas laterais várias coronel do serviço de segurança de capturar o agente de
companhias de polícia estariam de prontidão, preparadas Rhodan se este, conforme era esperado, voltasse à Rua
para acudir ao primeiro chamado e ajudar a encurralar o Vinte e Oito de Outubro.
homem invisível. — É claro que foi um truque — resmungou para
A esse homem invisível seria impossível exercer um Sirov. — Queriam que acreditássemos que a mina de
domínio mental simultâneo sobre todos os policiais. urânio os manteria ocupados por mais alguns dias,
E a tela de arame? quando na verdade já se encontravam em Moscou.
Não havia a menor dúvida de que era mantido sob Os olhos de Sirov brilharam.
observação. Telas de arame deste tipo costumavam ser — Mas conseguimos enganá-los!... — gabou-se.
fabricadas para as mais variadas finalidades. Submetidas Strelnikov deu uma ducha fria no seu otimismo.
a uma corrente elétrica de reduzida intensidade, — Por enquanto — disse. — Só por enquanto.
indicavam, através de um instrumento não muito Sirov se acalmou.
complicado, em que ponto eram tocadas. Na altura dos — O que pretende fazer? — perguntou.
telhados aconteceria a mesma coisa que nas ruas — Mandar levá-lo a um lugar seguro — foi a
transversais, se procurasse sair da armadilha por lá. resposta lacônica de Strelnikov.
No entanto, não podiam saber se ele se encontrava na Sentou atrás da escrivaninha e preencheu um
armadilha. Portanto, só precisava esperar alguns dias até formulário. Sirov viu que colocou sua assinatura
que os policiais fossem embora e retirassem as telas. embaixo do mesmo.
Alguns dias!... — Tome isto — ordenou. — Dirija-se ao endereço
Não podia esperar nem mesmo algumas horas. Cada indicado. De lá será devidamente encaminhado. Depois
minuto perdido na atividade dava a Strelnikov novas aguarde minhas instruções.
oportunidades de apagar sua pista. Sirov fez continência.
Também poderia se libertar à força. Ainda possuía o — Pegue meu carro — prosseguiu Strelnikov. —
radiador de nêutrons. Poderia abrir uma brecha e escapar. Está estacionado na frente da porta. Aí — apontou para o
Mas se lembrou do que acontecera em Vênus. O fogo bilhete que Sirov segurava na mão — receberá o
concentrado das armas automáticas seria dirigido sobre a tratamento de que precisa. Além disso, lhe darão um
brecha. Se o campo defensivo do traje recebesse uma uniforme novo, ou então um jogo de trajes civis.
solicitação energética muito intensa, tanto o campo de Sirov executou uma meia-volta impecável e se retirou
deflexão como o campo de neutralização gravitacional da sala. Strelnikov aguardou até que o ruído dos passos
seriam eliminados. Se tornaria visível e teria que se sumiu e deu um telefonema. Ao terminar se reclinou na
mover no solo. poltrona e sorriu. Parecia satisfeito.
Sentiu-se tomado pelo nervosismo quando viu que a
polícia se preparava para uma operação de grande ***
envergadura. Viu caminhões que evacuavam os Deringhouse voltou ao prédio em que residira o
moradores das vizinhanças e equipes de operários marechal Sirov.
ocupadas em pregar as janelas desse trecho da Rua Vinte “Se alguém tiver que morrer”, pensou amargamente,
e Oito de Outubro. “que seja um deles, não um inocente.”
Dessa forma, quando se pusessem a revistar as casas, Os policiais ainda se mantinham ocupados na
não poderia usar qualquer janela para fugir, sem ser residência de Sirov. Fez com que o projetor mental
percebido. exercesse sua influência sobre eles. Deixou para trás sete
O homem que preparara a operação com tamanha homens e levou três ao sótão da casa. O elevador fora
rapidez devia ser dotado de uma inteligência desligado, provavelmente porque poderia proporcionar
extraordinária. Não se esquecera de nenhum detalhe que ao homem que procuravam uma oportunidade de sair
pudesse representar uma escapatória para o homem rapidamente e sem ser notado.
invisível dotado de energias hipnóticas. No sótão havia várias claraboias. Deringhouse
Não teria mesmo escapatória? colocou cada policial junto a uma delas. Ainda estava
Deringhouse teve uma ideia. De início foi vaga e escondido atrás do campo de deflexão, mas ouviam sua
fugaz; antes que compreendesse, saiu de sua mente. Mas voz e obedeciam às suas ordens.
ele a trouxe de volta e fez passar várias vezes pela — Acertem os relógios! — ordenou.
cabeça. Seria uma possibilidade? A resposta veio logo. Ao que parecia a polícia
O risco era enorme. Mas antes assumir um risco que moscovita dispunha de excelentes relógios. Não foi
perder uma oportunidade. necessário corrigir nenhum deles.
Afinal, o que poderia lhe acontecer?
28
— As doze e quarenta em ponto — prosseguiu dos três policiais chegou à cumeeira do telhado e tocou
Deringhouse — os senhores abrirão as clarabóias e na tela metálica. Em algum lugar bem próximo, um
sairão para o telhado. Subam à cumeeira e não deixem instrumento de medida reagiria e desencadearia um
que nada os perturbe. Repitam! alarma, uma sereia ou uma campainha.
A ordem foi repetida. Deringhouse estava satisfeito. E depois...
Saiu do sótão e flutuou escada abaixo até atingir o térreo. Deringhouse viu com seus próprios olhos o que
Não sabia se numa das outras casas havia uma aconteceu depois. Ouviu o zumbido e as batidas
claraboia que não tivesse sido trancada. Mas acabou características dos helicópteros, antes de vê-los subir das
vendo uma; no telhado da última casa antes da ruas próximas. Não pôde deixar de admirar aquela
transversal que se dirigia para o sul. Provavelmente organização, que permitia uma ação tão rápida.
serviria de passagem aos policiais escondidos atrás das Os pilotos dos helicópteros sabiam perfeitamente em
cumeeiras dos telhados, com as pistolas automáticas que lugar deviam se postar. Formaram um círculo
engatilhadas. estreito, poucos metros acima da cumeeira da casa de
Deringhouse não teve a menor dificuldade em Sirov. Menos de um minuto se passara desde o momento
penetrar na casa. Sua suposição se confirmou: teve que em que o primeiro policial tocara a tela, e todas as peças
passar o tempo de espera num canto daquele sótão começaram a disparar.
poeirento, para não esbarrar em qualquer dos policiais Nesse meio tempo, os outros dois policiais também
que entravam e saíam pela claraboia. haviam atingido a cumeeira. Caíram sob a primeira
Uma única vez, quando houve uma pausa, se arriscou salva, escorregaram ruidosamente telhado abaixo e
a enfiar a cabeça pela abertura para sondar o terreno. desapareceram atrás da borda.
Conforme esperava, naquele telhado, ao contrário dos Os helicópteros continuaram a disparar. Não se
outros, a tela de arame fora estendida ao menos dois interessaram pelos três policiais, mas pelo homem
metros acima da cumeeira, a fim de que os policiais invisível. Posteriormente Deringhouse soube que
pudessem se mover livremente por baixo dela. acreditavam que, apesar de sua invisibilidade, ele seria
Provavelmente fora presa ao outro lado do telhado por vulnerável ou, o que muito se aproximava da verdade,
meio de isoladores. que o campo de deflexão poderia ser desativado pela
Doze e trinta e cinco. solicitação energética excessiva dirigida ao campo
Muita coisa poderia acontecer. Era possível que protetor, com o que o homem se tornaria visível.
algum superior notasse a falta dos três policiais na De qualquer forma sua hora havia chegado. Flutuou
residência de Sirov e os descobrisse no sótão. Não os para a cumeeira, contornou cuidadosamente um grupo de
deixaria lá, isso era certo. policiais que olhavam nervosamente para os helicópteros
E então? e desceu pelo outro lado do telhado. Chegou ao ponto em
Então poderia voltar a quebrar a cabeça, e enquanto que a tela estava presa ao telhado e a arrancou.
fizesse isso Strelnikov se afastaria cada vez mais. Acreditava que não haveria qualquer risco. Sem dúvida o
É agora! dispositivo de alarma, que devia ter sido instalado num
Alguns segundos se passaram sem que acontecesse posto policial não muito distante, teria sido colocado em
nada. Um policial enfiou as pernas pela claraboia e atividade permanente em virtude da ação dos três
saltou para dentro. policiais.
O que teria saído errado? Levou um minuto para abrir na tela, muito resistente,
Outro policial entrou pela porta e subiu ao telhado uma brecha que permitisse sua passagem. Ninguém se
pela claraboia. interessou por ele. O último perigo, o da observação
O plano falhara. direta, foi afastado pela curiosidade que a ação dos
Nesse instante começou a gritaria. helicópteros provocou entre os policiais.
— Saiam daí! Desçam do telhado! Ficaram malucos? Às doze horas e quarenta e quatro minutos,
Num instante, Deringhouse se aproximou da Deringhouse estava livre. Para fugir a todo risco, desceu
claraboia e flutuou suavemente através da mesma. a meia altura numa das ruas vizinhas e se dirigiu para os
Agachou-se no telhado e olhou para a casa de Sirov. Os bairros do leste, onde ficava a Rua Kujbyschev.
três policiais obedeceram às suas ordens. Sem se
preocuparem com os gritos de advertência subiram pelo ***
telhado, cuja inclinação não era muito acentuada. Cada — E agora — disse Strelnikov ao homem de teatro
um se dirigia diretamente da respectiva claraboia para a — mande o major entrar. Quero conversar com ele.
cumeeira. Os outros, que lhes apontavam as pistolas O homem obedeceu. Retirou-se; dali a trinta
automáticas, pareciam quebrar a cabeça para descobrir segundos o major Kalenkim entrou. Nunca vira o homem
atrás de qual deles o agente de Rhodan se escondera. que o chamara; mas sabia que devia executar fiel e
O plano de Deringhouse era este. Era provável que prontamente qualquer ordem partida do mesmo.
ninguém soubesse que o pequeno projetor mental, que Fez uma continência impecável.
cabia perfeitamente no bolso, lhe permitia transmitir — Preste atenção — disse Strelnikov. — Quero lhe
ordens pós-hipnóticas. Se suas suposições fossem explicar uma coisa. Pode parecer muito confuso e
corretas, os outros policiais acreditariam que sempre se complicado, mas com sua inteligência...
encontrava perto dos três colegas que andavam como
sonâmbulos. Pensariam que se encontrava no telhado da ***
casa de Sirov, não naquele em que eles mesmos estavam Doze e cinquenta e nove. Deringhouse penetrou no
postados. prédio da Rua Kujbyschev sem ser visto. Tratava-se de
Às doze horas e quarenta e um minutos, o mais ágil um daqueles feios prédios de apartamentos de quinze
29
andares. — Ao sair disse: “Tome isto por andar me
O aparelho de que a “grande vitória” se servira nos espiando!”, e bateu no meu rosto com um chicote.
seus telefonemas ficava no apartamento 13 C. Com os olhos chamejantes, Nikolaj fez um
Deringhouse flutuou para cima. A porta do movimento distraído da mão em direção ao lado direito
apartamento estava fechada, e no corredor havia algumas do rosto.
pessoas. Deringhouse esperou até que entrassem em seus Deringhouse respondeu com um aceno de cabeça.
apartamentos ou no elevador. Depois abriu a porta, — Esse tipo de gente nunca escapa ao seu destino —
dirigindo o radiador por alguns segundos contra a murmurou. — Podemos sair logo?
fechadura. O fluxo neutrônico extremamente intenso Enquanto desciam no elevador, Nikolaj disse que o
provocou uma série de reações nucleares que esconderijo de Strelnikov ficava em lugar bem próximo.
transformou os materiais da fechadura em outras Seria mais prático andarem a pé.
substâncias que não eram dotadas de qualquer coesão.
Quando abriu a porta, uma reluzente poeira metálica ***
radiativa caiu da fechadura. O major Kalenkim estava à paisana. Encostado a uma
Deringhouse entrou. Pensara que o apartamento casa de esquina, assumiu a atitude de quem aproveita o
estivesse vazio. Strelnikov tivera tempo de sobra para dar último dia de férias para ver a fábrica do lado de fora e
o fora. ter pena dos pobres-diabos que têm de trabalhar a uma
Mas, para surpresa sua, viu um homem sentado no hora daquelas.
chão do hall. Mantinha a cabeça inclinada para a frente e Trazia na boca um cigarro que já se apagara há muito
tinha os olhos semicerrados. Uma faixa vermelha se tempo. Não era fumante e só usara o cigarro para
estendia pelo lado direito do rosto. oferecer uma imagem mais autêntica.
Era um homem velho, de cabelos brancos. Ao que Não precisou de muita paciência. Cerca de quarenta e
parecia não notou que a porta se abrira; não se mexia. cinco minutos depois de assumir seu posto, o homem que
Sobre seus joelhos havia um bilhete. Deringhouse teria que vigiar desceu a rua e passou a mão direita atrás
conseguiu decifrar as letras desajeitadas: da cabeça.
Agente da Terceira Potência! Strelnikov fugiu. Posso O sinal convencionado! O homem era este.
dizer onde está. Ele me bateu. Antes de chegar ao portão da fábrica, dobrou para o
A primeira ideia que acudiu a Deringhouse foi a de lado e seguiu o caminho estreito que ladeava o muro de
que caíra numa armadilha. Quem seria aquele homem? cerca de três metros de altura que cercava toda a área da
Procurou avaliar a situação. Pelo aspecto, aquele fábrica. O major Kalenkim tocou no relógio de pulso
velho devia ter sido o criado ou o secretário de que, na verdade, não era nenhum relógio. Com isso
Strelnikov. Como secretário poderia ter ouvido algumas estabeleceu um contato que desencadeou o sinal de
coisas faladas diante de Strelnikov. Era perfeitamente alarma para os homens que, num ponto mais distante,
possível que soubesse da existência de um agente da aguardavam o momento de entrarem em ação.
Terceira Potência e estivesse informado sobre as Abandonou a esquina em que se instalara tão
capacidades extraordinárias de que o mesmo era dotado. confortavelmente e seguiu o homem que, a intervalos
Escrevera o bilhete na suposição de que o agente entraria regulares, repetia o sinal convencionado, para assegurar a
no apartamento como um homem invisível. Kalenkim que tudo continuava bem com ele.
Strelnikov batera nele; a cicatriz estava ali. Para se O caminho estreito parecia feito especialmente para
vingar oferecia informações sobre o paradeiro de acompanhar alguém às escondidas. Pequenos tratores
Strelnikov. com fileiras de reboques carregados ou vazios passavam
— Levante-se! — disse Deringhouse. sem cessar, e entre eles marchavam os trabalhadores.
O velho estremeceu; provavelmente estava dormindo. Três equipes de trabalhadores de construção estavam
— Onde... quem...? — gaguejou. ocupados em reparar o muro em vários pontos.
— Estou à sua frente — disse Deringhouse. — Sou o Kalenkim tinha boas chances de passar despercebido
agente da Terceira Potência. Parece que está disposto a em meio a tamanha confusão.
me levar ao lugar em que posso achar Strelnikov. O homem que, de tempos em tempos, passava a mão
Por um momento teve a impressão de que o velho atrás da cabeça passou por um portão lateral e entrou na
superestimara sua própria coragem. Tremeu de medo e área da fábrica. Kalenkim o seguiu a uma distância
só se levantou com muito esforço. segura. Estava convencido de que dali em diante tudo
— Eu... eu... — gaguejou. Deringhouse veio em seu daria certo.
auxílio. A enorme caldeira de eliminação de vapor dos
— Não tenha medo de mim. Como é seu nome? reatores da fábrica, que garantiam a esta um suprimento
— Nikolaj. de energia que não dependia da rede urbana, não ficava a
— Pois bem, Nikolaj. Sabe para onde Strelnikov mais de cem metros.
fugiu?
Nikolaj fez que sim. ***
— Como ficou sabendo? Enquanto caminhavam, Nikolaj e Deringhouse não
— Ouvi a conversa que teve com um jovem oficial trocaram uma palavra. Nikolaj ia à frente, confiante de
que veio a este apartamento. que o agente o seguia.
— Quer me levar para lá? — perguntou Deringhouse. Levou-o até o portão de uma fábrica estatal e ao
Nikolaj confirmou com um forte aceno de cabeça. chegar lá dobrou para a esquerda. Ao lado do muro o
— Por que lhe bateu? — indagou Deringhouse. caminho conduzia a um portão lateral, por onde Nikolaj
Nikolaj deu de ombros. entrou, em meio à confusão formada pelos veículos e
30
trabalhadores, penetrando no terreno pertencente à descobri o homem ao qual o sinal se dirigia. O que está
fábrica, ao que tudo indicava sem ser percebido. fazendo agora?
Dirigiu-se diretamente a uma enorme caldeira — Está esperando que eu apareça e lhe diga que você
metálica que, em local um pouco distante da fábrica está preso no interior da caldeira.
propriamente dita, se erguia a uma altura de oitenta — Para que os gestos?
metros. — Tínhamos de contar com a possibilidade de que
Depois de ter deixado para trás a massa de você me submetesse a uma influência hipnótica. Só faria
trabalhadores que poderiam ter ouvido a estranha aqueles gestos enquanto fosse dono da minha vontade. O
conversa de Nikolaj com um homem invisível, este disse: major Kalenkim tinha instruções de executar outro plano
— Strelnikov não está escondido muito no alto, mas assim que eu deixasse de fazer os gestos, dando a
na sala de vigilância, situada a meia altura. O elevador entender que você havia conseguido dominar meu
externo vai para lá. Está vendo? espírito.
Deringhouse viu o elevador e a pequena fileira de — Os trabalhadores com os tratores e os carros na
janelas que interrompia a lisura da parede metálica a uma verdade são policiais, não são?
altura de cerca de quarenta metros. — São. Iriam trancar a caldeira assim que se
— Vamos adiante! — ordenou. Ninguém os deteve encontrasse lá dentro.
quando tomaram o elevador e subiram. Abandonaram o — E como eu teria entrado lá? Por um alçapão que
elevador e entraram, com Deringhouse à frente, na fica junto à porta?
primeira das salas de vigilantes. Strelnikov fez que sim.
Nikolaj parecia sentir medo de novo. — A chave está aqui — apontou para um botão quase
— Se ele me vê — cochichou — vai... invisível que ficava perto da porta. — Esta porta foi
— Não tenha medo — disse Deringhouse. — Venha! colocada há duas horas. Você teria caído diretamente na
Ultrapassada a porta pela qual haviam entrado, havia caldeira.
mais duas portas. Deringhouse acenou com a cabeça.
— Para onde devo ir? — perguntou Deringhouse. — Nesse caso eu não teria conseguido ativar o campo
Nikolaj não sabia. de neutralização gravitacional em tempo, ou você teria
— Tentarei aqui — disse Deringhouse e se dirigiu à enchido a caldeira de vapor.
porta que ficava na parede lateral da sala. — Era esta a minha intenção. Será que você ainda
Nikolaj não o viu, mas viu a impressão deixada pelo teria uma chance?
impacto das botas no plástico macio do soalho. E parou Deringhouse ergueu os ombros.
perto da porta. — Não sei. Provavelmente não. Comprimiu um botão
— Está aberta — disse Deringhouse e a empurrou. e viu que, diante da porta, uma parte do soalho
Nikolaj levantou a mão. Parecia ser um gesto desapareceu.
inofensivo, como se quisesse se segurar na parede. — O que pretende fazer? — perguntou Strelnikov.
Mas, antes que sua mão a alcançasse, o cano de uma — O que pretendo fazer é o seguinte — apressou-se
arma surgiu diante dele e a voz enérgica de Deringhouse Deringhouse a dizer — você encontrará um pretexto
disse: plausível para fazer com que os membros do conselho
— Basta, meu velho! Se levantar a mão mais um compareçam amanhã, às nove horas da manhã, à Praça
centímetro, não assistirá ao seu triunfo. das Nações. Há dois dias foi constituída uma corte
Nikolaj empalideceu. Sua mão começou a tremer, mundial e decidiu-se a condenação dos homens que
hesitou um pouco e foi baixada. As pisadas de detêm o poder no Bloco Oriental. Você e seus comparsas
Deringhouse se aproximaram pelo soalho de plástico. O serão julgados.
cano da arma atravessou o ar em sua direção. Strelnikov estava muito sério.
— Tire a peruca! — ordenou Deringhouse. — Só se me hipnotizar.
Nikolaj hesitou um pouco, mas obedeceu. Contorceu Deringhouse sacudiu a cabeça.
o rosto quando a cabeleira branca saiu. — Um chefe de Estado hipnotizado não me serve.
Por baixo da cabeleira surgiu uma calva reluzente, a Você comparecerá a juízo, não voluntariamente, mas na
calva do secretário-geral Strelnikov. posse plena de suas faculdades mentais; você, os outros
quatrocentos e quatorze membros do conselho com
*** direito de voto e os adidos. E principalmente o marechal
— Respeito sua coragem — disse Deringhouse, Sirov. Deste eu faço questão.
depois de ter abandonado a invisibilidade. — Mas devia Deringhouse lançou um olhar demorado para seu
ter imaginado que o plano não tinha a menor radiador de nêutrons.
possibilidade de êxito. Dessa forma nunca conseguiria — Sabe perfeitamente o que o espera se não cumprir
pôr a mão em mim. minhas ordens.
Strelnikov recuperara boa parte de seu autocontrole. Strelnikov baixou a cabeça.
E sabia que o jogo estava definitivamente perdido. — Para começar — prosseguiu Deringhouse — diga
— Como descobriu? — perguntou. àquele major que está lá embaixo que dê o fora, e isso
— Foi de uma forma muito estranha. Você me disse pelo meio mais rápido possível. E não se esqueça de
que Strelnikov o havia batido e fez um movimento de passar a mão atrás da cabeça quando der a ordem.
mão em direção ao lado direito do rosto. Acontece que o
maquilador colocou a cicatriz do lado esquerdo. Isso já ***
me deixou desconfiado. Quando nos dirigíamos para cá
notei seu gesto, a mão que passava atrás da cabeça, e No dia 18 de junho, Perry Rhodan propôs à
31
conferência que a recém-criada corte mundial fizesse Cada um dos membros do conselho será acompanhado
alguma coisa para cumprir a resolução do dia 16: os por uma escolta de oficiais devidamente influenciados.
homens do regime que detinha o poder no Bloco Oriental Esses oficiais cumprem minhas ordens: trarão seu
deviam ser acusados e julgados. homem, quer ele queira, quer não.
A proposta provocou uma discussão acalorada. Os Nesse instante a primeira limusine preta atravessou o
representantes da Federação Asiática duvidaram da cordão de policiais que isolavam a Praça das Nações.
exequibilidade do projeto. Os representantes dos Estados Logo foi seguida de outras. Todas elas descreviam uma
da OTAN manifestaram dúvidas de outra espécie. curva, se dirigiam à área de estacionamento e deixavam
O motivo verdadeiro foi a sensação desagradável que sua carga. Parecia que a gigantesca esfera da Stardust-III
se apossou da maioria dos representantes ao pensarem não impressionava os homens que se encontravam nos
que um governo ainda no poder seria convocado a juízo. veículos. Notava-se perfeitamente que muitos dos
De repente se assustaram com a coragem membros do conselho vieram porque sua escolta não lhes
demonstrada dois dias antes, por ocasião da resolução deixara outra alternativa.
simbólica. Deringhouse fez com que os membros do conselho
Mas Perry Rhodan demonstrou cabalmente e com fossem reunidos num lugar. O grupo foi cercado pelos
certo sarcasmo que uma assembleia como esta se membros das escoltas, para impedir qualquer fuga.
desprestigiaria se tomasse uma resolução e frustrasse sua Deringhouse pôs-se a contar. O conselho era formado
execução. Prontificou-se a colocar à disposição da corte de quatrocentos e quinze membros com direito de voto e
mundial os recursos técnicos que se tornassem oitenta e nove adidos. Sirov foi um dos últimos que
necessários à execução do plano. De noite declarou com compareceu ao ponto de reunião.
uma franqueza contundente: As nove e quinze, Deringhouse voltou a se aproximar
— Não terão qualquer dificuldade. Já tomamos todas de Frederick Donnifer e anunciou:
as medidas para realizar a prisão dos membros do — O Conselho Supremo está pronto para receber
Conselho Supremo do Bloco Oriental. suas ordens.
Na manhã do dia 19 de junho, a Stardust-III decolou Donnifer assumiu posição e, valendo-se de um
de Galáxia com sua preciosa carga de membros dos pequeno microfone ligado a um alto-falante existente nos
governos de todos os países do mundo. Desenvolvendo fundos da praça, disse:
grande velocidade, penetrou no território do Bloco — Os representantes dos Estados pertencentes à
Oriental, sem ser atacada, as oito e cinquenta, tempo de Federação Asiática e à OTAN, que em conjunto
Moscou, desceu cuidadosamente na área imensa da Praça representam cerca de seis sétimos da Humanidade,
das Nações. Uma rampa energética foi descida, e o decidiram formar uma corte mundial, que já foi
presidente da corte mundial, Frederick Donnifer, saiu da constituída. A essa corte cabe resguardar os direitos
enorme nave em companhia de seus aliados e de Perry humanos em todo o mundo.
Rhodan, chefe da Terceira Potência. “Os senhores — num gesto pouco autoritário,
Ao que parecia alguém tomara providências para apontou o dedo para o grupo dos membros do conselho
evitar que algum curioso entrasse na Praça das Nações. — são acusados de terem cometido uma violação
A área estava completamente vazia, com exceção de um grosseira e contínua dos direitos humanos das pessoas
pequeno grupo de pessoas. que habitam o território sob sua autoridade. Intimo-os a
Frederick Donnifer, que ainda não se acostumara à se submeterem a esta corte, que deliberará sobre as
sua elevada posição, lançou os olhos em torno quando medidas a serem adotadas em virtude dos delitos que
pôs os pés no solo; parecia inseguro. cometeram”.
— Um momento! — pediu Rhodan. — Aí vem “A conferência dos representantes dos governos fará
Deringhouse; quer apresentar seu relatório. com que os cidadãos de seu país possam eleger
Um homem se destacou do pequeno grupo. livremente os homens que deverão governá-los. Um
Caminhou para o lugar em que se encontrava a governo provisório tomará todos os preparativos para as
delegação. eleições.”
Deringhouse não deu a menor atenção ao juiz. Nesse instante a porta de saída da Stardust-III se
Dirigindo-se a Rhodan, anunciou: alargou, e o passadiço brilhante cresceu igualmente. Um
— Deringhouse relatando. As ordens foram grupo de cinquenta robôs de combate arcônidas saiu da
cumpridas. Os membros do Conselho Supremo devem nave. De início seus passos foram silenciosos. Mas, ao
chegar dentro de poucos minutos. atingirem o solo, seus pés bateram ruidosamente.
Rhodan deu um sorriso e ordenou: Formaram um segundo círculo, mais estreito, em torno
— Major, repita esta informação perante o senhor dos membros amedrontados do Conselho Supremo.
Donnifer, presidente da corte mundial. — Aqui está a prova de que a corte mundial dispõe
Donnifer se adiantou. Deringhouse deu meia-volta e, dos recursos necessários para executar suas decisões —
fazendo continência, repetiu seu breve relato. De olhos prosseguiu Donnifer.
semicerrados, Donnifer disse: Não houve a menor hesitação. Diante dos poderosos
— Major, tem certeza de que todos virão para cá? robôs, a massa compacta dos membros do Conselho
— Certeza absoluta — respondeu Deringhouse. Supremo subiu pelo passadiço e desapareceu no interior
Voltando-se ligeiramente em direção a Rhodan, da Stardust-III.
prosseguiu:
— Não confiei muito que executassem a ordem de ***
Strelnikov, ainda mais que, de vários quilômetros de Donnifer tomou as providências necessárias para que
distância, perceberão que a Stardust-III pousou na praça. o Bloco Oriental não ficasse sem governo na época de
32
transição. Perry Rhodan lhe deu alguns conselhos. No
entanto, nem ele nem qualquer outro membro da Terceira — O segundo acontecimento não é tão agradável —
Potência participaram da escolha dos membros da disse em tom áspero. — Como sabem, na Lua existem
administração provisória. duas bases. Uma delas está submetida à jurisdição do
A Stardust-III saiu de Moscou às treze horas, tempo Bloco Oriental e a outra pertence aos Estados da OTAN.
local, e chegou a Galáxia no fim da tarde. “Às vinte e duas horas e dez minutos, duzentos
Rhodan anunciou que, em comemoração ao êxito foguetes de grande alcance dotados de cargas explosivas
notável alcançado pela corte mundial, e ainda em de fusão catalítica foram lançados da base do Bloco
lembrança ao dia em que a primeira nave construída pelo Oriental em direção à Terra. Sabem perfeitamente que
homem — a velha Stardust — se libertou da influência pouquíssimos homens continuarão vivos se os foguetes
da Terra e voou à Lua, ofereceria um banquete para fazer atingirem o alvo. Pouco importa qual seja o ponto da
aquilo que os membros da conferência esperavam desde superfície terrestre em que fica esse alvo”.
o primeiro dia. “Os foguetes deveriam chegar à Terra amanhã, às
Preparou um relatório sobre a evolução da Terceira cinco horas da manhã aproximadamente, tempo local.
Potência desde o dia de sua formação. Providenciou a Mas sinto-me feliz em poder lhes comunicar que uma
apresentação de filmes que proporcionariam aos esquadrilha de caças espaciais, comandada pelo major
delegados informações detalhadas sobre os Nyssen, acaba de chegar ao setor do espaço em que se
acontecimentos que se desenrolaram nos setores do encontram os foguetes e dentro de poucos minutos
espaço mais próximos da Terra e nos mais afastados. provocará sua detonação.”
A impressão causada pelo relatório foi tamanha que No mesmo instante a luz se apagou. Na tela
ninguém notou quando, durante a apresentação, um gigantesca que permitia a reprodução tridimensional de
ordenança se dirigiu a Rhodan. Pediu a seu ajudante que qualquer filme, surgiu a imagem do espaço com seus
lhe desse um pedaço de papel e rabiscou apressadamente bilhões de pontos luminosos.
algumas palavras. O ordenança pegou o papel e Perplexos, os membros da conferência se mantiveram
desapareceu. em silêncio. Rhodan voltou-se para contemplar a
Pelas onze horas o relatório estava concluído. A onda imagem. A cena era filmada por um caça espacial que se
de aplausos foi dirigida à Terceira Potência com seu encontrava a algumas dezenas de milhares de
imenso acervo de realizações, e especialmente a Perry quilômetros da esquadrilha comandada por Nyssen.
Rhodan, que em passos comedidos caminhou em direção As bombas começaram a detonar. Até então
a uma pequena tribuna. invisíveis, foram se transformando em manchas brancas
Quando os aplausos cessaram, começou a falar. Sua e luminosas, que logo cresceram de tamanho e ocuparam
voz tinha um tom solene, que dificilmente alguém teria seu lugar no espaço com a luminosidade de um novo sol.
ouvido antes. A luz dos duzentos foguetes iluminou o imenso salão
— Senhores, eu não quero abusar de sua atenção — com maior intensidade do que as lâmpadas poderiam
iniciou. Por um instante prestou atenção à confusão fazê-lo. Os espectadores cerraram os olhos para suportar
desconcertante que os tradutores simultâneos, cada qual a luminosidade.
agindo numa direção diversa, faziam de suas palavras. — Rhodan deixou que a imagem agisse no espírito dos
Mas, antes que termine este dia memorável, quero espectadores até que a luminosidade começou a se
assinalar dois fatos. desvanecer. Lentamente desligou o projetor e, com a
“O dia 19 de junho será feriado legal no território da mesma lentidão, voltou a acender as lâmpadas.
Terceira Potência, em comemoração aos acontecimentos Viu diante de si uma massa de rostos apavorados.
desenrolados hoje e em lembrança ao primeiro voo do Rostos de gente que, em última análise, devia sua
homem à Lua. E, para exprimir sua confiança na breve salvação ao homem que se encontrava diante deles.
união de todos os povos da Terra, a Terceira Potência — Acredito — disse Rhodan com a voz tão baixa que
modifica o nome de Galáxia que passa a ser Terrânia.” mal conseguia ser entendido — que esta projeção provou
Fez uma pausa. Aplausos começaram a irromper, mas a todos que a união definitiva da Humanidade constitui
Rhodan interrompeu-os com um gesto. uma necessidade premente.

Um único agente da Terceira Potência, equipado com algumas das surpresas da


tecnologia arcônida, fora suficiente para instalar a confusão num país inteiro e prender o
principal instigador da discórdia.
Mas nem por isso conseguiu a união definitiva da Humanidade. Enquanto essa união não
se realiza, Perry Rhodan não pode estabelecer contato com o mundo de Árcon.
Thora, um dos últimos representantes da dinastia reinante de Árcon, começa a se
impacientar e foge.
A Fuga de Thora é o título do próximo volume da série Perry Rhodan.
33
Nº 22

De
Clark Darlton

Tradução
A. F. Immergut
Digitalização
Vitório
Revisão e novo formato
W.Q. Moraes

Terceira Potência entrou na posse de um fabuloso legado — a tecnologia dos


arcônidas. Dispõe, portanto, dos meios para exercer uma pressão irresistível e
conseguir, em curto prazo, a almejada unificação política da Terra. Mas Perry
Rhodan julga imprudente seguir o caminho da coação, pois ele — que a essa
altura já se tornou imortal — encara as coisas agora sob um ângulo de visão bem
diferente que muitos outros — Thora, por exemplo.
Ela, a arcônida, chegou ao fim da paciência e quer retornar a Árcon, custe o
que custar. Perry Rhodan, porém, não lhe concede permissão para partir, já que só
tenciona estabelecer contato com Árcon à frente de uma Terra unida. E então
Thora empreende a fuga...

34
1 Enquanto a Humanidade em peso se preparava
para comemorar o décimo aniversário do primeiro voo
Três monstros metálicos, prateados e reluzentes, lunar, e os homens, num clima de expectativa crescente,
esticavam as proas cônicas ameaçadoramente no céu não desviavam o olhar dos televisores, alguém tomou
perenemente azul do continente asiático. No seu aspecto uma resolução. Estava farto de esperar que certas
externo assemelhavam-se àquelas naves espaciais que promessas fossem cumpridas, e decidiu agir.
tinham rompido uma nova era ao realizarem os primeiros Vindo do sul, um carro se aproximou do campo
voos entre a Terra e a Lua. de provas, deslizando a cem quilômetros por hora pela
Mas a semelhança era apenas externa. pista lisa de concreto, limpa e isenta de poeira. Não
Produzidas pelo estaleiro espaçonáutico da reduziu a velocidade quando chegou perto da primeira
Terceira Potência, as três naves barreira. Os tateadores
representavam um novo tipo de destróier: Personagens Principais deste eletrônicos examinaram o
maiores do que os caças espaciais episódio: veículo e os ocupantes... e
comuns, contavam com uma tripulação de liberaram a passagem.
As duas barreiras
três homens e eram capazes de atingir a Perry Rhodan — Chefe da Terceira
velocidade da luz. Seu armamento seguintes reagiram da
consistia em canhões de radiação de longo Potência. mesma forma.
O carro, um elegante
alcance e podiam se envolver em Coronel Freyt — Representante de Perry
anteparos energéticos que nenhuma modelo esportivo, se dirigiu
potência da Terra tinha condições de Rhodan na Terra. em linha reta aos três
foguetes, reduzindo
despedaçar. Capitão Welinskij — Comandante de um
Os três destróieres eram os gradualmente a velocidade.
primeiros exemplares de sua classe e até esquadrão de caças. Duas das sentinelas-robô
tinham alterado o trajeto da
agora só tinham realizado um único voo Major Deringhouse — Que dá provas de
experimental. E como nenhuma sua ronda mecânica e se
deficiência havia sido constatada durante sua qualidade de sabotador e agente secreto. aproximaram do carro. Os
braços esquerdos, dobrados
este teste, o maior estaleiro da Terra Fedor A. Strelnikov — Um novo ditador.
iniciaria, em breve, a produção em série num ângulo curioso,
deste novo modelo. Marechal Sirov — O braço direito de ocultavam armas
O extenso campo de provas da energéticas que ninguém
Strelnikov. conseguia ver. Bastaria o
Terceira Potência estava deserto sob o
calor inclemente do sol da tarde. Na menor impulso para
distância cintilavam os arranha-céus de Terrânia, transformar essas criaturas
inicialmente chamada de Galáxia, a futura capital da metálicas, aparentemente inofensivas, em máquinas
Terra unida. À esquerda, localizava-se o estaleiro, um mortíferas, capazes de cuspir energia letal.
complexo imenso e aparentemente desordenado, onde Mas este impulso não veio.
extensos galpões se alternavam com construções Os tateadores eletrônicos examinaram o padrão
cupulares. encefálico daquele ser humano, que tinha descido do
Com passos mecânicos e regulares, as sentinelas carro, e deram-no como “aprovado”. Apresentava as
marchavam em torno dos três destróieres. Não olhavam características exigidas. Os dois robôs baixaram os
nem para a direita nem para a esquerda, como se braços e franquearam o caminho. Com um sorriso
soubessem que o seu serviço de patrulha não fazia irônico — ao menos assim parecia — o desconhecido
sentido algum, pois era impossível que alguém chegasse passou pelos robôs e parou a poucos metros deles.
tão perto das naves sem a devida autorização. E não E lá estavam elas, as três naves espaciais. Prontas
havia intrusos ou estranhos na área deste estaleiro; disso para partir. Com trinta metros de altura, ainda podiam ser
se encarregavam as barreiras eletrônicas. consideradas gigantes — limitada a comparação a outras
As sentinelas não trajavam uniformes. Sua naves terrenas. O seu interior abrigava tremendas
vestimenta consistia num tecido metálico curioso, que reservas de energia e agregava propulsores fantásticos,
emitia um brilho prateado à luz do sol. E seus olhos não que nenhum cérebro humano havia concebido. Com
eram olhos orgânicos e sim lentes de cristal. Não eram essas naves podia-se atravessar o sistema solar em
homens. Eram robôs. questão de horas e, se assim se desejasse, alcançar a
Com reações desprovidas de qualquer sentimento, estrela mais próxima dentro de quatro anos e meio.
obedeciam à ordem de vigiar aquelas três naves espaciais Os robôs retomaram o trajeto da sua ronda
novinhas em folha. Tinham que ficar de olho em alguém interrompida. O desconhecido, ou melhor, o seu padrão
que jamais conseguiria se aproximar. Mas, se os seus encefálico não significava qualquer perigo no sentido da
cérebros positrônicos registravam este absurdo com programação. O estranho podia passar. Sim, podia fazer
espanto ou não, ninguém poderia dizer. até mais do que isso, sem disparar o impulso específico
O lago salgado de Goshun ficava à direita, que significava “perigo” para aqueles cérebros
estendendo sua superfície lisa como um espelho até o positrônicos.
horizonte. Deste lado, o perigo de uma aproximação Durante longos minutos, aquele vulto alto ficou
indébita era menor ainda, pois o lago se situava parado na solidão do deserto, observando, pensativo, as
inteiramente dentro da zona de bloqueio. três naves. O uniforme justo acentuava a esbelteza do
E mesmo assim esta calma era ilusória. corpo e, com um pouco mais de acuidade, podia-se
reconhecer que o desconhecido... era uma mulher. Um
35
boné ocultava o cabelo longo e claro, que o sol fazia suspiro de alívio — então você também não vai infringir
cintilar em tom quase branco. Os olhos avermelhados qualquer regulamento se fizer o que eu estou lhe
revelavam determinação. Mas também uma tristeza mal pedindo.
velada. Parecia que uma expressão de dúvida tinha
Com um último olhar, a mulher contemplou o aparecido no rosto de R.17.
lago salgado, o enorme estaleiro e a distante cidade de — Mas eu não recebi nenhuma ordem de Rhodan
Terrânia. Depois, se dirigiu lentamente à mais próxima para esse voo.
das três naves espaciais. — E isso era necessário? — Thora mostrou-se
Era o destróier C, designado abreviadamente por surpresa. — Você está recebendo esta ordem agora, e de
D.C. mim. Você não está proibido de receber ordens minhas,
A escotilha de entrada de D.C. estava fechada, ou está?
mas uma estreita escada metálica a ligava ao solo. Ao pé — Não estou não.
dessa escada estava um dos robôs, que nem se mexeu Thora sorriu. O sorriso não teve qualquer
quando a mulher se aproximou e parou diante dele. O influência sobre as regiões psíquicas do robô. Mas a
braço esquerdo pendia frouxo e imóvel ao lado do corpo. lógica irrefutável daquela pergunta, sim.
Um brilho morto emanava daquelas lentes de cristal. — Não, não estou proibido de aceitar ordens suas
A mulher leu a designação na pequena plaqueta — repetiu R.17.
que o robô ostentava no peito. — Então podemos partir?
— Ocupe o seu lugar, R.17 — disse ela, num R.17 ainda estava vacilante. Desde que isso fosse
idioma duro e desconhecido. — Vamos decolar para um possível, não devia se sentir muito bem dentro da sua
voo experimental. pele metálica. Mas também não encontrou qualquer
Em vez de se mexer, o robô respondeu, na mesma argumento lógico que lhe permitisse recusar
língua: taxativamente o cumprimento das exigências de Thora.
— Não recebi nenhuma ordem para realizar um A mulher pertencia àquela raça que o tinha construído.
voo desses. Rhodan era apenas um habitante desse planeta, que se
A mulher fez um gesto impaciente. chamava Terra, se bem que era um espécime singular
— Eu, Thora de Árcon, estou lhe dando esta desses habitantes. Por assim dizer, R.17 sentia-se mais
ordem agora! chegado a Thora do que a Rhodan, muito embora tivesse
R. 17 não reagiu da maneira esperada. que obedecer às ordens deste, em virtude do
— A ordem de Perry Rhodan prevalece, Thora. condicionamento a que Crest o havia submetido. E R.17
Os olhos da mulher brilharam de raiva. Era como jamais deixaria de cumprir essa ordem que o obrigava a
se lançasse chispas de fogo contra o robô renitente. prestar obediência. Aliás, nem poderia fazê-lo sem
— Perry Rhodan é um homem, R.17, e eu sou provocar um curto-circuito, que o destruiria totalmente.
uma arcônida. Portanto a minha ordem vale mais que a Por outro lado, se obedecesse a Thora, não estaria
de Rhodan. agindo diretamente contra ordens de Rhodan. E,
— Vale mais também que uma ordem de Crest? portanto, não estaria correndo perigo.
Por um instante a mulher vacilou, depois lançou a R.17 acenou.
cabeça na nuca, num gesto de irritação. — Sim, podemos partir. A disposição reza que
— Crest está sob a influência de Rhodan, portanto nenhum estranho deve se aproximar desta nave. Thora de
ele não conta. Por que você pergunta? Árcon não é uma estranha.
— Porque, de acordo com as disposições de — Muito bem, então não vamos perder mais
Crest, temos que obedecer a todas as ordens de Rhodan, tempo. Programe o curso para o planeta Vênus e decole o
seja qual for o seu teor. Por isso, não podemos agir mais depressa que puder. Quero verificar em quanto
contra as ordens de Rhodan. Isto é lógico, ou não? tempo podemos alcançar a nossa base no segundo
A mulher refletiu durante alguns segundos, depois planeta deste sistema. Saber disso pode ser muito útil
acenou lentamente. num caso de emergência.
— Sim, isto soa lógico; você sempre age Meio pesadão, o robô galgou lentamente a escada
logicamente, R.17? e abriu a escotilha. Thora esperou impaciente, que
— A lógica é à base da minha existência. desaparecesse no interior da nave para depois segui-lo
— Muito bem — disse a mulher e olhou apressadamente. Um aperto de botão, e a pesada
pensativa, para os traços quase humanos do robô. — comporta externa se fechou. O elevador antigravitacional
Então me responda algumas perguntas. levou Thora e R.17 em poucos segundos para a central
— Com prazer, Thora de Árcon. de comando, que se situava na proa do destróier.
— Perry Rhodan chegou a proibir expressamente Sentaram-se nos assentos giratórios.
um novo voo experimental de D.C.? Enquanto o robô estava calculando o curso, os
— Não. propulsores começaram a zumbir em regime de
— Ele, além disso, proibiu que eu participasse de aquecimento. E, em algum lugar no interior do destróier,
tal voo experimental? o possante reator iniciou a produção das inconcebíveis
— Não. quantidades de energia, necessárias para liberar a nave da
Ela acenou, satisfeita. força de atração da Terra e, mais tarde, projetá-la através
— Portanto, você agiria contra uma proibição, se do espaço com a velocidade da luz. O automático gerou
levasse essa nave para Vênus, por exemplo? os campos de gravitação artificiais, que neutralizariam
— Dentro dessas limitações, não. qualquer empuxo devido à aceleração majorada. Aos
— Está vendo? — disse Thora e soltou um poucos, todo o complicado mecanismo de uma
36
tecnologia inimaginável entrou em serviço. Estavam perigosamente perto do Sol...
Thora pôs-se a esperar. Sabia que seu intento
tinha dado certo. Somente mais alguns minutos e esse ***
planeta odiado desapareceria como uma bola azul no mar Já fazia alguns anos que esta estação orbital
do infinito. Vênus não passava de uma escala, porque tripulada girava em torno da Terra.
seria loucura rematada querer alcançar a pátria, a mais de A tarefa que lhe cabia realizar, em conjunto com
trinta mil anos-luz de distância, com uma nave que mal duas outras estações, era a de garantir a recepção dos
alcançava a velocidade da luz. Mas em Vênus existia programas da televisão terrena em qualquer parte do
uma hiperestação radiofônica e, com auxílio dela, seria mundo. As três estações pairavam a uma altura em que
possível requisitar de Árcon o envio de uma nave de sua velocidade orbital correspondia exatamente à da
resgate. R.17 acenou para Thora. rotação da Terra. Assim, permaneciam constantemente
— Está tudo pronto, vamos decolar. Observe a acima do mesmo ponto da superfície terrestre.
tela de imagem para se inteirar do desempenho de D.C. O telegrafista Adams tinha plena consciência da
Rhodan proibiu expressamente voar à velocidade sua responsabilidade quando estabeleceu a ligação com
máxima. Autorizou-a apenas para um caso de as duas outras estações, a fim de preparar a transmissão
emergência. Mesmo assim, devemos chegar em Vênus do programa de Terra Television.
dentro de hora e meia. No momento, o planeta se Hoje fazia mais um ano que a primeira expedição
encontra do outro lado do Sol. espaçonáutica tripulada havia decolado da América sob o
— E qual é à distância? comando do major Perry Rhodan — um homem
— Duzentos e trinta e oito milhões de inteiramente desconhecido até aquela data. A Stardust —
quilômetros. era este o nome daquela nave espacial pioneira —
— E a que velocidade podemos voar? pousou na Lua, descobriu a nave naufragada da
— A setenta e cinco por cento da velocidade da expedição espacial dos arcônidas e retornou à Terra com
luz. Crest, o chefe dessa malograda expedição. E foi assim —
Thora não respondeu e continuou a esperar. R.17 o próprio Adams sabia disso — que toda essa história
agarrou uma alavanca e puxou-a para frente. Nada tinha começado.
parecia acontecer, mas a imagem na tela se modificou Mas Adams sabia também que essa história não
rapidamente. terminaria tão cedo.
D.C. decolou sem recorrer aos pulsos- Com um intervalo de segundos, as estações II e I
propulsores. Os projetores antigravitacionais confirmaram o estabelecimento do contato. Adams
neutralizaram a atração da Terra e os campos repulsores chamou a Terra. A grande estação transmissora em
locomoveram a massa da nave espacial, agora Terrânia acusou o recebimento da mensagem. Estava
desprovida de peso. tudo pronto para a transmissão, que o mundo inteiro iria
O chão embaixo da nave se afastou ver e ouvir.
repentinamente e caiu no infinito. Em velocidade O telegrafista Adams recostou-se
alucinante, edifícios, estradas, rios, cordilheiras e confortavelmente na sua poltrona. Não tinha mais muito
desertos lançavam-se, de todos os lados, em direção ao que fazer, pois, desse momento em diante, tudo se
centro do campo de pouso. O campo de visão se ampliou processaria automaticamente. Mas nem por isso Adams
até que, de repente, o terreno desapareceu, cedendo lugar deixaria de assistir a essa transmissão. Pois era o próprio
a uma superfície roxa e escura. Perry Rhodan que, dentro de instantes, iria dirigir a
O universo! palavra à Humanidade.
Em menos de dez segundos, o destróier havia Um turbilhão de estrelas apareceu no monitor,
atravessado a atmosfera da Terra e agora se lançava transformando-se gradativamente na imagem familiar da
vertiginosamente espaço adentro. Via Láctea, que rodava lentamente através do nada.
Por um instante Thora acreditou ter vislumbrado Era o símbolo de Terrânia, a capital da Terceira
um ponto brilhante no canto direito da tela. Mas sumiu Potência.
tão fugaz quanto havia aparecido, de maneira que ela não Em seguida, a tela apresentou as feições
se preocupou mais com essa aparição. Depois, marcantes de um homem. As profundas rugas no rosto e
praticamente na direção do voo, avistou o Sol, cujo em torno da boca faziam-no parecer mais velho do que
brilho intenso estava sendo absorvido por possantes devia ser.
jogos de filtro. — Aqui fala o coronel Michael Freyt, de
A esta altura, a Terra já tinha se reduzido a um Terrânia. Ao ensejo de mais um aniversário do primeiro
globo, que rodava pacificamente através do céu voo tripulado à Lua, vai lhes dirigir a palavra Perry
estrelado. Ficou cada vez menor até que se tornou apenas Rhodan, chefe da Terceira Potência e amigo dos
uma estrela bastante luminosa. arcônidas. Peço a sua atenção para este importante
Thora soltou um suspiro. Olhou para o piloto- pronunciamento.
robô. O rosto de Freyt desapareceu e foi substituído por
R.17 retribuiu o olhar. outro. Ouviu-se o ligeiro estalo que acompanhava a
— Parece ser uma nave muito boa — constatou. ligação das instalações de tradução simultânea. Assim
— Sim, é uma nave muito boa, mas não que fossem pronunciadas as palavras de Perry Rhodan já
suficientemente boa para aquilo que eu tenho em mente, estariam sendo traduzidas para todos os idiomas do
R.17. mundo.
O robô não fez perguntas. Manteve-se em silêncio “É até curioso”, constatou o telegrafista Adams,
e controlou o curso, calculando e corrigindo. pensativo, “como esse Freyt e Rhodan são parecidos.
37
Bem que podiam passar por irmãos. O mesmo vulto tela do televisor:
esguio, os mesmos olhos cinzentos, as mesmas rugas em — ...e assim, com o auxílio dos arcônidas,
torno da boca e do nariz. Até mesmo o olhar é igual, criamos a Terceira Potência que até agora conseguiu
penetrante e objetivo! Mas Rhodan é o mais moço dos apaziguar todos os conflitos entre os dois blocos de
dois, ou será que me engano? Já não deve ser tão jovem, poder remanescentes da Terra. Sim, porque após os
mas não aparenta. Gostaria de saber, como ele consegue. últimos acontecimentos, não podemos mais considerar o
E o uniforme lhe assenta muito bem. Faz anos que ele Bloco Oriental como uma potência mundial; temos como
despiu a farda de um piloto de provas americano e certo que, mais dia, menos dia, será anexada pela
passou a envergar esse uniforme aí. Um rebuliço e tanto, Federação Asiática. Mas, como as relações políticas
aquele, na época...” entre a Federação Asiática e a OTAN são bastante
Mas infelizmente Adams perdeu as palavras harmoniosas, não está mais tão longe o dia em que a
introdutórias de Perry Rhodan, pois uma campainha de idéia de um governo mundial possa se transformar em
alarma ressoou através da central da estação radiofônica realidade.
e o arrancou das suas recordações. Levantou-se de um “Os senhores todos sabem que o estabelecimento
pulo da poltrona e saiu correndo em direção à porta. de um governo mundial ocupa lugar de destaque entre os
Alarma na estação sempre significava perigo. meus objetivos políticos. Os arcônidas, que naufragaram
Mas o caso parecia não ser tão grave assim. O na Lua, tornaram-se nossos aliados. E isto porque, apesar
telegrafista de serviço havia captado o eco de um objeto do seu tremendo potencial tecnológico, se viram
na sua tela de radar. Porém, esse objeto não se obrigados a aceitar o auxílio da Terra. Como
identificou e passou com incrível velocidade quase rente consequência imediata dessa aliança, vi colocado em
à estação, desaparecendo na direção da Lua. E só podia minhas mãos um poder que me permitiria facilmente
ter vindo da Terra. implantar o governo mundial pela força. Mas continuo
— Não se identificou, não foi? — disse Adams, convicto que este seria o caminho errado. O governo
algo surpreso. — Já consultou Terrânia? mundial, como eu o imagino, deve nascer
— Ainda não. espontaneamente e ter as condições para uma evolução
— Então faça isso ligeirinho! — recomendou natural, como qualquer organismo em crescimento; e,
Adams. Consolou-se com o fato de que mesmo os podem acreditar isso vai acontecer dentro de bem pouco
discursos mais interessantes invariavelmente começavam tempo. Assim como as diversas nações tiveram que
com introduções enfadonhas. Certamente não perderia renunciar ao seu orgulho mesquinho para poder se aliar
grande coisa, se aguardasse mais um pouco. às organizações orientais ou ocidentais, algum dia os
A resposta de Terrânia veio imediatamente. dois grandes blocos de poder vão reconhecer que
— Daqui nenhuma nave decolou. Forneça dados. somente uma Terra unida poderá exercer um papel
Fornecer dados! Essa era boa. A nave — se é que histórico na galáxia”.
era uma nave — tinha passado com tamanha velocidade “Muita coisa foi realizada nesses últimos anos.
que nada, ou quase nada, pôde ser constatado. Talvez a Graças ao apoio tecnológico dos arcônidas, eles mesmos
filmagem automática pudesse jogar luz nesse mistério. O soberanos de um imenso império estelar a mais de trinta
filme estava acabando de sair do revelador. mil anos-luz de distância, a Terceira Potência conseguiu
Mostrou uma nave de uns trinta metros de construir uma frota espacial capaz de proteger nosso
comprimento e diâmetro reduzido. Assemelhava-se a um planeta contra qualquer agressão externa. Já mantemos
torpedo. Velocidade: impossível de ser determinada, mas um vivo intercâmbio comercial com uma raça
certamente não inferior a cem quilômetros por segundo. extraterrena. Há alguns anos, conseguimos repelir uma
Adams sacudiu a cabeça, enquanto o seu colega invasão procedente do universo. No deserto de Gobi, foi
transmitia os dados. Se realmente existisse uma nave erguida a mais moderna metrópole do mundo: Terrânia, a
dessas, só podia ter sido produzida nos estaleiros antiga Galáxia. A Terra abandonou, portanto, o seu
misteriosos de Perry Rhodan. E desses se sabia muito tradicional isolacionismo e se tornou um fator que os
pouco. Sabia-se apenas que... próprios arcônidas não vão poder desprezar... no dia em
A resposta de Terrânia foi surpreendente: que descobrirem a Terra”.
— Procurem imediatamente obter novos dados da “Acabo de abordar um assunto que, pela sua
estação lunar. Principalmente quanto ao curso importância, precisa ser esclarecido com toda franqueza.
presumível da nave. Estamos também interessados em Só há dois arcônidas que sabem da existência da Terra:
saber a velocidade com que passou nas proximidades da Crest, o cientista-chefe da malograda expedição que
Lua. Obrigado pela sua ajuda. Aguardamos novas encontramos na Lua, e Thora, a comandante daquela
comunicações. De nossa parte, já começamos a expedição. Até hoje, fui bem sucedido nos meus esforços
investigar o caso. de impedir que esses dois arcônidas estabelecessem
Isso foi tudo. contato com Árcon, seu planeta de origem. O meu
O operador de radar olhou para Adams. empenho nesse sentido tem uma explicação muito
— Bem, que acha disso? História estranha, não é? simples: se os arcônidas, em Árcon, soubessem da
Adams acenou lentamente com a cabeça. existência da Terra, considerariam da maior importância
— Tudo que se relaciona com esse Rhodan é incorporar o nosso planeta ao seu império, porque, aos
estranho. Só gostaria de saber se essa nave partiu seus olhos, somos subdesenvolvidos e carentes de apoio
contrariando ordens. político e tecnológico.
Virou-se e voltou à sua sala, sem tomar “Crest e Thora prometeram adiar o seu retorno a
conhecimento da expressão espantada do seu colega. Árcon até que a Terra estivesse pronta para receber os
Chegou a tempo de ouvir Perry Rhodan dizer da arcônidas. Mas a Terra só estará pronta para este
38
encontro no dia em que puder recepcionar a delegação do comando do governo mundial. Adams levantou-se e
Grande Império arcônida como um planeta forte e unido. dirigiu-se à central de radar.
Mas não haverá uma Terra unida se não houver um Chegou na hora certa.
governo mundial. Creio que todos compreenderam por Na tela do aparelho que ligava a estação com
que venho dedicando uma atenção toda especial a este Terrânia, via-se o rosto excitado de um homem um
problema”. pouco corpulento, que lutava para recuperar o fôlego.
“Há anos que a Terceira Potência está empenhada Como um peixe fora d’água, constatou Adams. Depois
nos preparativos para a implantação de um governo tentou se lembrar quem era aquele homem. Não lhe era
mundial. E vai chegar o dia em que todas as nações da estranho, já o tinha visto alguma vez. Ora, com mil
Terra terão à sua disposição a inconcebível tecnologia diabos, esse não era Reginald Bell, o amigo de Rhodan?
arcônida, atualmente em nossas mãos. A General Cosmic Membro da tripulação do primeiro voo à Lua e atual
Company, fundada por mim, tornou-se sem dúvida ministro da segurança da Terceira Potência?!
alguma o maior fator de poder político-econômico do Enquanto fechava a porta atrás de si, examinou
nosso mundo. Não constitui exagero afirmar que a aquele rosto com mais atenção.
G.C.C. controla a produção da Terra. Nós determinamos A imagem na tela tridimensional e colorida
o valor monetário e de câmbio. E posso relevar que a reproduzia as feições de Bell com fidelidade
G.C.C. um dia vai introduzir uma nova moeda mundial; impressionante.
dispõe dos meios para isto. — Ande ligeiro, sua pata choca! — ofegou Bell,
“Depende apenas de vocês e de seus governos irado. — Eu preciso saber o curso dessa nave que você
para que tudo isso se torne realidade o mais breve observou. Será que o raio daquela estação lunar ainda
possível. Pois o dia X não pode continuar a ser uma data não enviou resposta?
imprevisível do futuro. Entretanto, não pretendo recorrer — Acabou de chegar — disse o colega de Adams,
à força, faço questão de reiterar isto mais uma vez, se tranquilamente, e consultou um bloco de apontamentos.
bem que não teria a menor dificuldade em implantar o — Mas por que este rebuliço todo? Será que a nave não
governo mundial por coação”. teve autorização para decolar?
“Porém não posso mais esperar muito tempo por — Vá a...
uma razão bem simples: a cada dia que passa Crest e Reginald Bell quase que se engasgou ao cortar
Thora pedem com mais insistência que lhes conceda bruscamente a sua observação que tanto prometia. Mais
permissão para reverem a pátria. E não posso continuar a calmo e objetivo, prosseguiu:
me opor a esse justo anseio porque, em nome da — Logo vai saber se teve ou não autorização.
Humanidade, eu assumi uma dívida de gratidão com os Agora as informações, se não for pedir demais.
arcônidas. Sem o fabuloso auxílio tecnológico que — A nave foi localizada e examinada pelos raios
recebemos deles, hoje ainda nos encontraríamos nos tateadores das instalações da Lua, apesar da enorme
umbrais da navegação espacial e deveríamos nos dar por velocidade que estava desenvolvendo. O curso não
felizes se, anos após o voo pioneiro à Lua, sofreu qualquer alteração. Continua orientado mais ou
conseguíssemos enviar os primeiros foguetes a Vênus. menos em direção ao Sol.
Portanto, como viram, é bastante exíguo o prazo de que — Em direção ao Sol? — gemeu o homem na tela
os senhores dispõem para chegar a um acordo político. de imagem. — O que será que essa mulher biruta
Mas, assim que o governo mundial tiver sido empossado, pretende fazer no Sol?
vamos poder enfrentar Árcon... e também o desafio — Quem? — perguntou o operador de radar,
representado por uma galáxia inteira”. todos ouvidos.
“Agora passo a esboçar, em linhas gerais, como Bell ignorou a pergunta e comentou:
imagino a constituição de um governo mundial...” — Por mim pode ficar lá, assando até se tornar
O telegrafista Adams esticou as pernas um pouco digerível! Bloco de gelo de uma figa! Sol!
mais. Honestamente, não estava muito interessado nos O telegrafista arreganhou os dentes.
pormenores da organização desse projetado governo — Posso chamar sua atenção para o fato — disse
mundial. Certo, a ideia em si não era ruim, mas, se os ele — de que na direção do Sol não existe apenas o Sol.
políticos dos dois blocos de poder a topariam, era outra — O que quer dizer com isso? — berrou Bell,
questão. Afinal a rebelião do Bloco Oriental contra enfurecido, para uma fração de segundos depois se tornar
Rhodan havia revelado sobejamente quão pouco lívido. Como por encanto, o rubor da sua face se
conformados os políticos do mundo estavam em ter que transformou num cinza-pálido. — Não apenas o Sol...
aceitarem a supremacia tecnológica da Terceira Potência. Caramba! Você tem razão! Por que não disse isso logo?
Seja como for, os militares do Bloco Oriental haviam Obrigado pela informação, oportunamente vou lhe
sofrido uma derrota decisiva em Vênus. Os exércitos mostrar minha gratidão.
desembarcados tinham se perdido nos pântanos e selvas — Então me diga o que está se passando —
do planeta virginal e foram dados como desaparecidos. E implorou o operador de radar, exasperado; mas a tela já
a base de Rhodan havia repelido todo agressor estava escura.
automaticamente, empregando as armas de comando Bell tinha se despedido à sua maneira.
positrônico. Adams encolheu os ombros.
Adams deu um suspiro. Talvez seu colega já — Não leve isso tão a sério, John. Dizem por aí
soubesse algo de novo a respeito daquela nave que esse Reginald Bell é esquisito como quê.
misteriosa. Por uns instantes, Adams voltou a prestar O telegrafista ainda não se conformou.
atenção no discurso, e ouviu Rhodan dizer que cogitava — Que diabo de nave terá sido essa? Parece que a
colocar a frota de caças espaciais existente sob o sua decolagem levantou um bocado de poeira!
39
— A nave nem tanto — vaticinou Adams. — todos que hoje não comemoramos apenas mais um
Creio que quem levantou mesmo a poeira foi aquela aniversário do início da verdadeira navegação espacial,
mulher que Bell citou. Também não é vantagem levantar mas também a consolidação definitiva da paz. A Terceira
tanta poeira. Afinal, a nave partiu do deserto de Gobi! Potência ama a paz. Mas ao mesmo tempo é a sua
— Piada infame! — comentou o operador de defensora mais intransigente e, como tal, não hesitará um
radar, furioso. — Se eu tivesse a menor noção da instante sequer, em empregar, sem a menor
realidade, poderia ganhar um montão de dinheiro. Eu contemplação, todo seu poderio para defendê-la, toda vez
conheço um pasquim... que se veja ameaçada em qualquer parte do mundo.”
Adams franziu a testa e voltou para sua própria Após esse final um pouco abrupto, Rhodan se
central. A transmissão continuava perfeita e Adams se inclinou ligeiramente perante o seu auditório invisível e
sentou aliviado na poltrona. depois se dirigiu rapidamente para uma porta nos fundos,
Perry Rhodan ainda estava falando. pela qual desapareceu. Esta porta permaneceu nas telas
— ...e hoje, nesta data, não vivemos mais na de imagem ainda durante algum tempo, antes que o
ilusão de sermos as únicas inteligências no universo. Não coronel Freyt aparecesse para anunciar que em breve o
estamos sozinhos, muito pelo contrário. Estamos na ministro da segurança da Terceira Potência, Reginald
mesma situação dos habitantes de uma ilha isolada no Bell, ia dirigir a palavra ao mundo, abordando questões
Pacífico, que até agora se julgaram os únicos homens de defesa no caso de uma invasão.
sobre a face da Terra, e de repente são obrigados a Freyt ainda pediu que os telespectadores
constatar que estão circundados ou mesmo cercados por desculpassem um pequeno intervalo, uma vez que Bell
enormes continentes, povoados por milhões e milhões de estava sendo retido por alguns assuntos internos.
pessoas. Haveria algo mais natural para esses homens do O telegrafista Adams efetuou as ligações
que esquecerem suas desavenças mesquinhas e se unirem necessárias e depois se pôs a esperar.
para enfrentar o desconhecido? Tinha a impressão de ter se tornado testemunha
Perry Rhodan fez uma pausa. de acontecimentos sumamente importantes e de
No mundo inteiro não houve um único consequências ainda imprevisíveis.
telespectador que tivesse estranhado essa pausa, porque
não existe homem que consiga falar ininterruptamente. ***
Mas Adams não se encontrava na Terra e sim na estação
orbital III. Além disso, ele sabia daquela nave misteriosa A esta altura, o Sol já era uma imensa bola de gás
que tinha causado um rebuliço tão grande no ministério incandescente, que passava rapidamente à esquerda da
da segurança da Terceira Potência. E mais ainda. Adams nave espacial. As enormes protuberâncias que projetava
também sabia que Rhodan dispunha de um exército de no universo pareciam querer agarrar o destróier C, mas
mutantes, em cujas fileiras militavam, entre outros, este era rápido demais para poder ser alcançado pelas
excelentes telepatas. turbulentas massas gasosas. Deslocava-se a uma
E Adams não possuía apenas essas informações, velocidade próxima à da luz.
possuía também uma rara facilidade de combinar fatos... O robô R.17 ocupava, praticamente imóvel, o
Não era possível retirar Rhodan sem mais nem assento diante dos controles, a maioria dos quais havia
menos de frente das câmaras de televisão; afinal de transferido para o comando automático. Só vez por outra
contas, estava se dirigindo ao mundo. Mas era preciso procedia a uma ligeira correção do curso, que era
colocá-lo a par do ocorrido, se fosse importante. E era influenciado pela tremenda força gravitacional do Sol.
importante; o comportamento de Bell tinha demonstrado. R.17 manteve-se em silenciosa expectativa.
Portanto... Ao passarem pela estação lunar, R.17 havia
Não, realmente não foi difícil para o telegrafista cumprido a ordem recebida, e anunciado o nome de
Adams concatenar corretamente os acontecimentos que Thora como comandante do destróier. Mas antes que a
se desenrolavam na tela. estação pudesse responder, já tinha desaparecido no
Perry Rhodan silenciava e parecia estar refletindo. negrume do vazio total.
Olhava para um ponto imaginário à sua frente com os Desta vez, Thora não admitiria que ninguém a
olhos ligeiramente cerrados. Era como se estivesse impedisse de realizar o seu intento. Durante dez anos —
ouvindo uma voz que estava se dirigindo a ele do se computado o curioso lapso de tempo em Peregrino, o
invisível. Uma ruga profunda apareceu na sua testa. Por planeta da vida eterna — tinha se submetido à vontade
um momento, uma expressão de mau humor brilhou nos férrea de Rhodan. Mas acabou chegando à conclusão que
seus lábios. Dirigiu o olhar novamente para as lentes das Rhodan nem pensava em permitir que ela e Crest
câmaras e o tom da sua voz se manteve inalterado retornassem a Árcon.
quando disse: Antes de mais nada, Rhodan queria ver
— Mas ainda há muitos problemas a resolver, e implantado o seu ambicionado governo mundial, a fim
eu só posso pedir a todos que confiem em mim. Confiem de não passar por vexame diante dos arcônidas. É claro
também nos arcônidas, aconteça o que acontecer. Basta que perseguia esse objetivo sob o pretexto barato da
que um deles resolva entrar em contato com Árcon para eterna ameaça de uma invasão.
que o perigo de sermos descobertos aumente Bem, se Rhodan não estava disposto a lhe
tremendamente. Pois esta mensagem poderia, por um conceder a permissão, paciência, agiria por conta própria
acaso, revelar a nossa existência a uma das numerosas para exercer o seu direito inalienável de rever a pátria.
raças belicosas do universo. E desnecessário salientar o Chegar a Vênus já era meio caminho andado, pois lá
que isso significaria para uma Terra desunida. existia um meio pelo qual poderia se comunicar com o
“Finalizando, desejo lembrar mais uma vez a distante planeta Árcon. Era o emissor hiperespacial, que
40
levaria as suas palavras através do universo com impurezas de origem vulcânica e de gases nobres
velocidade superior à da luz. aumentava consideravelmente. E a camada de nuvens,
E Árcon enviaria uma nave para resgatá-la. que quase sempre pairava a grande altura, transformava
E o seu cativeiro chegaria ao fim... Vênus numa estufa enorme, na qual a vegetação
Neste ponto, algumas dúvidas se infiltraram nos proliferava exuberantemente.
pensamentos de Thora. Não tinha segredado o seu plano Um dia completo em Vênus tinha a duração de
a Crest, e ele tinha todo o direito de conhecê-lo. Mas dez dias terrestres. Isto equivalia, portanto, a cento e
Crest estava do lado de Rhodan. Portanto, teve que agir vinte horas de claridade, seguida de igual período de
sozinha. noite escura. O ano planetário durava 224,7 dias
Todavia... terrestres.
Segundos transformaram-se em minutos. O Sol A força gravitacional e a velocidade de liberação
diminuía cada vez mais na esteira da nave, enquanto que eram ligeiramente inferiores às verificadas na Terra. O
à frente, em meio às miríades de estrelas, Vênus Sol estava a cento e oito milhões de quilômetros, e
despontava como um ponto fulgurante que crescia fornecia energia calorífica superabundante.
vertiginosamente, transformando-se num disco e, Não era um mundo muito hospitaleiro, mas, há
finalmente, num globo branco. milhões de anos, não tinha sido outro o aspecto da Terra.
Com olhos ardentes, Thora fitou o planeta que se Algum dia, Vênus seria habitado; talvez fossem até os
aproximava. Lá se encontrava o objeto dos seus anseios: descendentes dos homens que, num futuro remoto,
a gigantesca estação radiofônica estelar dos colonos transformariam este planeta fértil num paraíso.
arcônidas desaparecidos dez mil anos atrás. No entanto, Mas, no momento, Vênus era tudo, menos um
o fabuloso automatismo da base que haviam construído paraíso. “O planeta do inferno”, assim Bell o tinha
ainda hoje se encontrava em perfeitas condições de chamado certa vez numa conversa com Thora.
funcionamento. Casualmente, a arcônida se lembrou dessa denominação,
E isto incluía as terríveis armas defensivas, quando o destróier penetrou nas camadas superiores da
criadas por uma tecnologia inconcebível, e que atmosfera e começou a baixar lentamente.
protegiam a estação radiofônica e o cérebro positrônico. A velocidade já era bem reduzida. Vagarosamente
Thora conhecia a localização exata da base. as nuvens claras e esfarrapadas deslizavam diante das
Construído de acordo com um projeto arcônida, o vigias. Parecia que se deslocavam para cima.
destróier apresentava todos os requisitos para ser Na tela de radar se delineavam os contornos de
identificado como nave dos arcônidas pelos raios enormes e altas cordilheiras. E no planalto de uma dessas
tateadores da instalação de bloqueio da fortaleza. Não cordilheiras localizava-se a base dos antigos arcônidas; e
encontraria qualquer obstáculo para pousar. Thora sabia esta base abrigava o cérebro positrônico e a hiperestação
quão estarrecedor era o armamento desta fortaleza, e de radiofônica.
que meios o gigantesco cérebro positrônico dispunha O robô R.17 reassumiu o controle da nave.
para se defender. Orientou-se pelos instrumentos e determinou a posição
Afastou todas as dúvidas e receios do pensamento do alvo. Nenhuma instrução havia sido gravada no seu
e disse a R.17: cérebro que o proibisse de pousar nas proximidades da
— Precisamos desacelerar. base venusiana.
— Já estamos desacelerando — respondeu o robô. De repente, não havia mais nuvens embaixo do
— Só que não reparou nisso. É que os campos de força destróier. Era como se D.C. tivesse mergulhado num mar
neutralizam qualquer alteração. Mas veja, a imagem de de gás e agora estivesse flutuando no fundo. O sol ficou
Vênus está aumentando apenas lentamente. reduzido a uma mancha clara que brilhava através das
Tinha razão. massas gasosas, nas quais originava violentos turbilhões,
Aquela esfera luminosa já estava bem próxima, mas que só raramente atingiam a superfície do planeta.
mas na realidade só crescia vagarosamente. A densa Thora olhou para baixo e se arrepiou.
camada de nuvens ocultava a superfície, mas Thora se Tinham atravessado um oceano e estavam se
lembrava muito bem que aquilo que no momento não aproximando da costa. A visão era surpreendentemente
podia ver era um mundo primitivo. Enormes superfícies clara e lá longe, no horizonte, amontoavam-se altas
de água e mares pré-históricos cobriam uma grande parte cordilheiras, encimadas por cumes achatados. Do sopé
do planeta Vênus e, assim, se constituía para os homens até a metade da altura ainda havia vegetação. Daí para
num imenso labirinto de água, pântanos e selvas cima, só se via a rocha desnuda. De frestas escuras
gigantescas. E nesses pântanos sem fim viviam enormes emergia uma cintilação branca. Thora sabia que eram
sáurios, que somente há poucos séculos tinham imensas quedas d’água, que alimentavam sem cessar os
conquistado a terra firme. pantanais nas selvas.
A selva era praticamente impenetrável. Mesmo As selvas...
com o auxílio dos meios da técnica mais moderna, ali era Além das cordilheiras e dos mares, não se via
praticamente impossível percorrer trechos maiores a pé. outra coisa senão selvas. Estendiam-se em todas as
Quem caísse nessa selva estava perdido. Sucumbiria em direções por baixo do destróier... um tapete verde, do
breve, vítima dos sáurios, dos pântanos ou das plantas qual despontavam algumas rochas isoladas, e rasgado em
carnívoras. alguns trechos por vastas superfícies de água, que
Para seres humanos a atmosfera venusiana era brilhavam num tom esverdeado e traiçoeiro. Aqui e ali,
respirável. Apesar do alto teor de dióxido de carbono, esta superfície de aspecto tóxico era agitada e uma
continha oxigênio suficiente para alimentar a corrente enorme cabeça aparecia, oscilando indecisa na
sangüínea. Nas camadas superiores a percentagem de extremidade de um pescoço longo e esbelto, para, em
41
seguida, desaparecer novamente dentro d’água. para o lado. Da fresta negra emergiu um cano reluzente,
A nave continuou a baixar. que parecia envolto em espirais coruscantes. Ergueu-se
— O alvo está a oitocentos quilômetros de devagar até apontar ameaçadoramente para aquela nave
distância — disse R.17 calmamente e sem qualquer que voava a baixa altitude. A quinhentos quilômetros de
emoção. — Vamos pousar ou voltar? distância, correntes de impulsos percorriam complicados
— Vamos pousar... é claro! — respondeu Thora. aparelhos, abriam e fechavam contatos; ativaram relês e
A sua voz também soava calma, se bem que no seu originaram, finalmente, um comando positrônico. Um
íntimo rugia uma tempestade difícil de ser amainada. emissor radiofônico se encarregou de transmitir este
Dentro de poucas horas saberia ao certo se era mais forte comando imediatamente para o canhão desintegrador na
e inteligente que Rhodan... ou não. zona de bloqueio.
— Algum sinal dos raios tateadores da estação? Nem de longe R.17 e Thora tinham contado com
R.17 lançou um olhar aos instrumentos. a possibilidade de serem derrubados por meio de um tiro
— Por enquanto, não. direto. O raio energético aniquilador dissolveu o campo
“Ainda estamos muito longe”, pensou Thora. estrutural cristalino da nave e sublimou toda a matéria.
Lembrou-se que a zona de bloqueio se estendia Automaticamente, R.17 apertou o botão do
num raio de quinhentos quilômetros em torno da dispositivo de ejeção.
fortaleza, incessantemente controlada pelo cérebro A proa do destróier tinha sido decepada como que
positrônico, que examinava todo objeto que se por um corte de navalha, de modo que praticamente toda
aproximava. Quem fosse reconhecido, mas não tivesse a a central de comando ficou exposta. Como por um
devida autorização, ficava apenas proibido de tentar o milagre, o abastecimento de energia ainda funcionava.
pouso dentro da zona de bloqueio. Mas, se o intruso Mas o mecanismo estava emperrado.
revelasse ser um estranho, era imediatamente abatido, Desesperada, Thora agarrou-se aos encostos da
sem qualquer aviso prévio. Thora sabia que não corria poltrona. A nave estava ligeiramente adernada e
esse perigo, porque o padrão das suas ondas encefálicas a cambaleava em direção àquele inferno verde. Através da
identificaria como arcônida. Mais importante, porém, era vigia, que se encontrava abaixo dela, Thora vislumbrou
o fato de que o destróier era uma nave de características que ainda iriam pousar naquele platô... se é que essa
inteiramente arcônidas. O emissor de códigos, que fazia queda brusca pudesse ser chamada de pouso.
parte do seu sofisticado equipamento, se encarregaria de Talvez as copas das árvores pudessem amortecer
responder corretamente às perguntas do cérebro o impacto.
positrônico. “Por quê?”, perguntou Thora a si mesma nos
— Faltam seiscentos quilômetros — disse R.17, últimos segundos de lucidez, “por que este cérebro-robô
mecanicamente. mandou nos abater, por quê?”
Thora olhou de relance para o armário embutido Depois, o choque violento parecia lhe cravar as
da central. Continha todas as armas de fogo necessárias pernas no corpo. A dor lancinante ainda lhe atravessou o
para o caso de um pouso de emergência em território cérebro antes que perdesse os sentidos de vez. R.17 bateu
desconhecido. Encolheu os ombros num gesto com a testa nos instrumentos de controle...
displicente. Não precisaria de uma arma. Também, para
quê?
— Estamos chegando perto da zona de bloqueio 2
— comentou R.17.
Thora empertigou-se na poltrona e olhou, Reginald Bell se encontrava no centro de
fascinada, através da vigia para a superfície do operações do Ministério da Segurança da Terceira
fumegante inferno de Vênus. Nada havia se modificado Potência. Todos os fios da vasta rede de comunicações
desde a última vez que tinha estado aqui. A nave convergiam para as suas mãos. Em toda a volta da sua
deslizou por cima de um lago circundado por rochas mesa cintilavam as lâmpadas de aviso, brilhavam as telas
íngremes, cobertas até o cume por uma vegetação rala. de imagem, zumbiam os videofones. E os comunicados
Atrás dessas rochas se encontrava um daqueles se sucediam sem cessar.
numerosos platôs elevados; eram imensos planaltos que Todos se referiam à inesperada fuga de Thora.
se estendiam bem acima do nível dos pântanos. Nesses John Marshall, o telepata do Exército de
platôs, as condições de vida eram razoavelmente Mutantes, estava em pé ao lado de Bell.
suportáveis. A poucos instantes, havia enviado a sua
— Desça mais um pouco! — ordenou Thora, mas mensagem mental para Rhodan e agora acabava de
não sabia por que o disse. receber a confirmação. Com um gesto distraído, enxugou
O robô obedeceu sem proferir palavra. Mas a o suor da testa.
altura não tinha menor influência sobre os raios John Marshall era australiano e tinha descoberto
tateadores da fortaleza. Agarraram aquela nave que, para relativamente tarde que possuía o dom de poder ler os
eles, era estranha e exigiram o código de identificação... pensamentos de terceiros. Por uma compulsão
Mas não receberam nenhuma resposta. E tudo isso se automática, havia se aliado a Perry Rhodan, tornando-se
processou de forma inteiramente automática e sem um dos seus mais importantes colaboradores. A causa da
qualquer indício visível. Os instrumentos de D.C. apenas sua faculdade extra-sensorial residia no efeito produzido
indicaram que a nave havia sido localizada. Mais nada. pela radiatividade cada vez mais intensa da atmosfera da
Por isso, o que aconteceu em seguida, se Terra. O número de mutantes já era bastante grande, mas
constituiu numa surpresa completa. poucas pessoas sabiam disso. Mesmo entre os próprios
Na borda do platô, um trecho de rocha deslizou
42
mutantes, havia muitos que levaram anos até desculpar Thora, mas precisamos encarar a realidade.
descobrirem as suas capacidades excepcionais. Sejam quais forem os seus motivos, ela não agiu
— Daqui a pouco ele está aí — disse John corretamente; cometeu uma injustiça. Se ela conseguir
Marshall a Bell. penetrar naquela fortaleza, vai pôr em funcionamento a
Crest, o arcônida, preferiu se manter um pouco hiperestação radiofônica. Como ex-comandante da nossa
afastado nos fundos da sala. Seu vulto alto erguia-se expedição, pode fazê-lo. Agora, pense o senhor mesmo
acima das telas de imagem. O cabelo branco destacava- nas consequências que isso poderá acarretar.
se das paredes escuras, enquanto os olhos albinos Rhodan se lembrou, com um arrepio, da invasão
emitiam um brilho avermelhado. dos Deformadores Individuais que havia conseguido
Para ele, o incidente com Thora era mais do que rechaçar. A mensagem radiofônica que Thora tencionava
embaraçoso. É claro que, no íntimo, podia compreender enviar de Vênus se irradiaria sem perda de tempo por
os motivos que a levaram a fugir. Mas considerava todo o universo. E bastava que fosse captada por alguma
imperdoável que ela tivesse agido de maneira tão raça estranha e belicosa para que a situação se tornasse
leviana. Sua atitude irresponsável ameaçava o sucesso do extremamente grave. Os seres inteligentes, que
Projeto Terra. casualmente interceptassem essa mensagem, tratariam
A raça dos arcônidas tinha atingido — e até logo de determinar a direção da sua origem. E qual não
atravessado — o ponto culminante da sua evolução. A seria a sua surpresa ao constatar que existia um sistema
continuar essa estagnação, essa passividade, o império habitado neste trecho remoto da Via Láctea! E
dos arcônidas, erigido durante milênios, estaria fadado a Inevitavelmente, a Terra seria descoberta. Uma Terra
desmoronar. Decadentes e prepotentes por natureza, os despreparada e desunida, pronta para ser colonizada, no
arcônidas algum dia se tornariam vítimas do seu próprio sentido interestelar.
poderio. As consequências eram imprevisíveis.
Crest havia compreendido isso claramente. Via — Gostaria de saber o que ela fez para enganar as
nos habitantes da Terra os futuros herdeiros do Grande sentinelas-robô — murmurou Rhodan, pensativo — já
Império arcônida. Estava plenamente convicto que, se tem algum relatório?
algum dia o império fosse entregue a esses homens — Já! — esbravejou Bell e bateu numa pilha de
decididos e que não recuavam diante de nada, estaria em anotações. — As sentinelas declararam que tudo se
boas mãos. Ao menos melhor do que nas mãos daqueles passou de maneira inteiramente oficial. Thora se
seres que também pertenciam ao império colonial dos aproximou, falou com o piloto do destróier e depois
arcônidas, mas que, apesar da sua inteligência, não partiu com ele. Declararam, ainda, que não a impediram
tinham nada em comum com o homem. Sem dúvida o de decolar porque não tinham recebido qualquer ordem
império estaria mais bem cuidado nas mãos dos terranos nesse sentido.
do que, por exemplo, nas nadadeiras dos habitantes das — Claro que não tinham essa ordem! — rosnou
Plêiades ou nas asas dos pterodátilos do sistema Rígel. Rhodan. — Também, quem teria imaginado que Thora
Sem falar, evidentemente, nos tópsidas. fosse quebrar sua palavra!
Crest estava procurando sucessores para os Desta vez foi Crest quem a defendeu.
arcônidas e acreditava tê-los encontrado nos terranos. — Ela devia estar supondo que jamais retornaria a
Havia submetido Perry Rhodan e Reginald Bell a um Árcon, se não agisse dessa maneira.
treinamento hipnopédico, transmitindo-lhes todo o saber — Quer me parecer — respondeu Rhodan, com
do universo. Sistematicamente, Crest preparava Rhodan um ligeiro sorriso — que este não tenha sido o único
para a tarefa que teria de cumprir. No fundo do seu motivo da fuga de Thora. Lembre-se apenas do planeta
coração, o arcônida denominava o seu plano de Projeto da vida eterna. O imortal me concedeu a permissão e me
Terra. proporcionou os meios para obter uma prolongação da
E agora a concretização desse plano corria perigo vida. Autorizou-me, ainda, a concedê-la a qualquer
por causa da atitude de Thora. terrano que eu julgasse digno. Essa permissão não incluía
A porta se abriu e Perry Rhodan entrou na central. os arcônidas, porque essa raça já tinha atingido e
Deu um aceno ligeiro a Crest e Marshall, e dirigiu-se a ultrapassado o ápice da sua evolução. Isso significa que
Bell: os terranos ainda se encontram no ramo ascendente do
— Algo de novo? desenvolvimento. Thora é orgulhosa e prepotente, Crest.
— Uma porção de coisas, Rhodan; nem sei por Não conseguiu suportar essa humilhação e quis se vingar
onde começar. à maneira dela. Queria me mostrar que era mais forte do
— Sugiro que comece do início. Mas seja breve, que eu. Só que não tem a menor noção do que está
não temos muito tempo. causando com isto. O seu desejo de voltar para Árcon é
— Thora partiu uma hora atrás com o destróier C. perfeitamente compreensível, mas a sua estupidez é
Passou pela Lua na direção de Vênus, sempre emitindo o imperdoável.
sinal de identificação. Deve ter levado o piloto-robô a — O que vai fazer agora, Rhodan?
bordo. Não foi detida. Se aumentou a velocidade Bell ergueu a cabeça; estava interessado na
suficientemente, já deve ter pousado em Vênus. resposta. No mínimo tão interessado quanto Crest.
Rhodan cerrou os olhos. Rhodan disse, com vagar:
— Não é difícil entendê-la, Bell. Esperamos — Vou seguir Thora com o destróier A. Agora
demais para cumprir a nossa promessa. Foi apenas a mesmo. Vou levar John Marshall e Son Okura comigo.
ânsia de rever Árcon, que a levou a fugir. Bell, chame um carro. Não preciso de mais nada. Afinal,
Crest pigarreou. o equipamento necessário encontra-se a bordo.
— É muito nobre de sua parte, Rhodan, querer Crest fez um gesto de desaprovação, mas depois
43
baixou a mão lentamente e sacudiu a cabeça, resignado. resposta apropriada. Mas ao olhar para Crest pensou duas
Na convivência com Rhodan já se havia habituado a vezes. Lembrou-se, que o arcônida nunca tinha achado
muita coisa. Esses homens tomavam as suas decisões muita graça nas suas pilhérias meio esquisitas.
com uma rapidez... inacreditável! Portanto, desistiu de dar uma resposta. Limitou-se
Bell encarou Rhodan. a encolher os ombros e a dizer, sarcasticamente: —
— E eu? — perguntou, com a cara de uma criança Vamos ver.
que não tinha recebido o seu presente de Natal. — Por ***
acaso vou ficar aqui, chupando o dedo?
— Não é uma má ideia — respondeu Rhodan, Enquanto Bell discursava diante das câmaras de
como que aceitando a sugestão. — Mas fique tranquilo; televisão, o destróier A estava se projetando espaço
você vai nos seguir com o destróier B, assim que for adentro. O curso tinha sido programado. Comandada
possível. Infelizmente não podemos cancelar as pelo piloto automático, a nave atingiria em breve a
solenidades programadas sem mais nem menos; por isso velocidade da luz e depois seria novamente desacelerada.
você vai ter que me substituir. Se não me engano, o Rhodan estava sentado na poltrona do piloto. O
coronel Freyt já anunciou o seu discurso na televisão. assento à sua direita era ocupado por Marshall, enquanto
Espero que você esteja suficientemente preparado. Okura, o japonês franzino, se encolhia na poltrona à
— Eu? Fazer um discurso na televisão?! — esquerda. Ignorando a existência de lentes de contato e
indignou-se Bell, o sangue lhe afluindo ao rosto. — Para causando sério desgosto aos inovadores fanáticos, o
falar sobre quê? japonês usava óculos, lentes grossas montadas numa
— Ora, sobre o que poderia ser? Questões de armação fina. Era uma verdadeira ironia do destino:
defesa, evidentemente. Você vai falar sobre as justamente o homem que conseguia ver todas as ondas
possibilidades de defesa da Terra no caso de uma invasão luminosas invisíveis tinha que recorrer a óculos para
interestelar. Um tema bastante atual. Assim que as poder reconhecer os objetos iluminados pela luz normal.
solenidades estiverem encerradas, você parte. Está claro, Mas a visão de Okura realmente não era das melhores.
Bell? Estava trabalhando como opticista numa fábrica de
Bell acenou sombriamente. máquinas fotográficas, quando os caçadores de talentos
— Está claro, sim. de Bell o descobriram, convidando-o a se incorporar ao
Empertigou-se na poltrona e fitou firmemente os Exército de Mutantes de Rhodan.
olhos cor de aço de Rhodan. — Será que Thora vai pousar junto à estação? —
— Mas uma coisa eu lhe digo. Se por causa desse perguntou Marshall.
discurso eu chegar tarde para tomar parte naquela — Suponho que sim — respondeu Rhodan, sério.
algazarra lá em Vênus, você vai ver o que é bom! — O objetivo dela é inteirar Árcon da existência da
— Avise Son Okura — disse Rhodan, sem tomar Terra, para que venham apanhá-la. O transmissor se
conhecimento da ameaça de Bell. encontra na estação; portanto, ela vai tentar pousar lá.
— Por que logo Okura? — perguntou Bell, — Quando me tornei mutante, fui treinado aqui
enquanto estabelecia a ligação com o posto de comando em Vênus — disse Okura, com aquele seu jeito tranquilo
do Exército de Mutantes. — Qual a utilidade dele nessa e discreto. — É uma droga de lugar, se me permitem a
missão? expressão.
— Ele é o nosso perceptor de frequências, como — Não temos opção, Okura — disse Rhodan,
você sabe. Os olhos dele são capazes de reparar todas as acenando. — Por outro lado, creio que não vamos ter
ondas invisíveis e, em especial, os raios infravermelhos. muita ocasião de nos expor aos perigos dessa selva.
Esta faculdade torna Okura um auxiliar indispensável na Assim que pousarmos junto da estação, vou dar a minha
escuridão. Lembre-se que a noite em Vênus dura cinco contraordem ao cérebro positrônico. Se Thora ainda não
dias terrestres. Além disso, Okura tem o raro dom de chegou ao transmissor, pode ser detida.
poder ver radiação de calor. Com isso, consegue — Só faço votos que não cheguemos tarde demais
reconhecer a impressão calorífica de um objeto que já foi — murmurou Marshall e cerrou os dentes. — Nem é
removido há horas. Não há melhor colaborador nessa bom pensar no que poderia acontecer.
aventura que Son Okura. Rhodan manteve o olhar fixo em frente, onde
Bell transmitiu suas instruções pelo rádio e depois Vênus começava a se delinear como um disco luminoso.
acenou. — Tem razão — concordou — é inimaginável o
— Sim, é verdade. Mas o fraco dele são as pernas. que poderia acontecer.
É uma negação para andar, quanto mais para correr. Aí, Depois silenciaram.
um teleportador seria melhor. E tudo transcorreu rapidamente. Vênus tornou-se
— Esse vai com você. Nos destróieres só há lugar cada vez maior e depois o destróier penetrou na
para três homens. Até o piloto-robô eu não vou poder atmosfera. Determinaram a posição da estação e
levar. constataram que a noite venusiana estava para cair. Em
— Por que você não pega uma nave maior? breve ficaria escuro... durante cinco longos dias.
Rhodan refletiu durante um instante. No momento, isso não causava maiores
— Você está me dando uma boa ideia. Não vai preocupações, mas, mesmo assim, Rhodan se sentiu
me seguir com o outro destróier e, sim, com uma nave aliviado por ter trazido Okura. Tinha sido uma decisão
auxiliar. Pode enchê-la de mutantes. Mas estou quase previdente, que mais tarde pagaria juros.
certo que não serão necessários — Rhodan sorriu. — Até Rhodan consultou a marcação dos instrumentos.
que você chegue, já acabou tudo. — Mil e quinhentos quilômetros a oeste. Vamos
Bell respirou com dificuldade, à cata de uma baixar mais para poder ver alguma coisa. Se ao menos eu
44
soubesse onde Thora se encontra nesse momento! O japonês não deu resposta. Conhecia o planeta
A selva deslizou rapidamente por baixo da nave Vênus.
em direção a leste, onde já estava escurecendo. O agregado de emergência da central de
Sobrevoaram um pequeno mar pré-histórico, depois uma comando, agora separada da nave, fez os pequenos
cordilheira bastante alta e novamente selvas e pântanos. reatores arcônidas trabalharem sem cessar. As torrentes
Aos poucos, tornava-se cada vez mais difícil distinguir a de corpúsculos que produziam eram suficientes para
paisagem que passava por baixo deles. reduzir drasticamente a velocidade da queda. A cabina
— Faltam oitocentos quilômetros. Bem longe, à baixava muito mais devagar do que se estivesse presa a
sua frente, o horizonte ficou difuso e se mesclou à um paraquedas.
camada de nuvens. Por trás dessa massa leitosa pairava Olhando para o lado, Rhodan viu algo que
uma mancha vermelha, o sol poente. Somente daqui a despencava, cambaleante. Era o resto do seu destróier,
cinco dias voltaria a nascer. que não teve a mesma boa sorte de cair para fora da zona
— Só mais seiscentos quilômetros — disse de bloqueio. Por isso, recebeu um novo disparo, que o
Rhodan. — Dentro de cinco minutos atingimos a zona de atingiu no meio. Num abrir e fechar de olhos a matéria
bloqueio. foi transformada em gás.
Marshall acenou, automaticamente. A cabina continuou a descer lentamente.
— Também não temos o que recear. — Tomara que a gente não caia no meio de um
Foi nisso que Marshall se enganou. Tanto, quanto desses lagos! — murmurou Okura preocupado. Devia ter
Thora antes dele. um verdadeiro pavor dos sáurios.
Mais uma vez a instalação eletrônica de vigilância — Essa cabina foi feita para flutuar —
da estação dos arcônidas entrou em silencioso tranquilizou Rhodan e lançou um olhar crítico ao redor.
funcionamento. Mais uma vez os raios tateadores se — Só espero que não falte alguma arma naquele armário.
lançaram sob o recém-chegado e o examinaram. A O destróier ainda não estava pronto para entrar em
ultimação de fornecer o sinal de identificação foi operação. A prova disso é que fomos derrubados. A
ignorada. A intimação foi repetida, mas o destróier A não instalação codificadora estava incompleta. Se o nosso
respondeu. arsenal também não estiver completo...
Rhodan tinha esquecido que as instalações — E também não dispomos de um transmissor.
codificadoras dos três destróieres ainda não haviam sido — Só temos os rádios nas pulseiras de múltipla
preparadas positronicamente. Que isso lhe tivesse utilidade. Mas são fracos demais para podermos alcançar
escapado na pressa de seguir Thora, era compreensível; a Terra.
mas era totalmente imperdoável, se consideradas as Encontravam-se agora a uns cem metros de altura
consequências, mesmo levando em conta que tinha sido e já conseguiam divisar o presumível local do pouso. A
o mesmo fato que impedira Thora de alcançar o seu alvo. paisagem não apresentava aspectos muito contrastantes.
Rhodan não conseguiu realizar uma única Não viam nenhum daqueles traiçoeiros lagos pantanosos,
manobra de esquiva, pois ficou ofuscado pelo raio somente o teto alto e irregular daquela floresta virginal.
desintegrador que, subitamente, rompeu a escuridão. Um — Não pode nos acontecer grande coisa, ao
forte abalo fez estremecer o corpo metálico e arrancou menos durante o pouso — constatou Rhodan,
Rhodan do assento. O horizonte girou diante da vigia e a tranqüilizando os companheiros. — Agora, o que vai
nave começou a tombar. acontecer depois...
Felizmente o raio só tinha atingido a popa, Deixou em aberto as diversas possibilidades.
destruindo o sistema propulsor. A proa e a central de As copas mais altas estavam chegando cada vez
comando continuavam intactas. mais perto. Rhodan sabia muito bem que, quando as
Num gesto automático, o punho de Rhodan atingissem, ainda poderiam estar bem longe do chão
golpeou o botão de dispositivo de ejeção. propriamente dito. Os troncos dessas enormes árvores
Ao contrário do que havia ocorrido com o primitivas não raro apresentavam um diâmetro de quinze
destróier de Thora, o dispositivo funcionou e lançou a metros e alturas até cento e cinquenta metros, eram
central de comando completa para fora da nave. Graças verdadeiros gigantes. Entre elas proliferavam os parasitas
aos protetores antigravitacionais embutidos, a cabina se da selva tropical, também sensivelmente maiores que
manteve em posição horizontal. Os jatos de emergência seus congêneres na Terra.
entraram imediatamente em ação, fazendo-a deslizar para O chão da cabina tocou os primeiros galhos e
o lado, afastando-a da zona de bloqueio. Por isso não foi afundou lentamente no leito relativamente fofo das
alvo de novo disparo. copas. Os reatores ainda estavam funcionando, reduzindo
Muito lentamente o teto verde da selva se a velocidade da queda.
aproximou. E depois a cabina parou de baixar.
Vislumbraram a cintilação traiçoeira das poças Jazia, um pouco adernada, no meio daquele mar
pantanosas. Um rasgo na parede traseira permitiu que o verde onde havia afundado. O crepúsculo começou a
repentino silêncio na cabina fosse rompido pelo bramido baixar, tingindo as nuvens eternas de negro. O
abafado de um sáurio. Lá embaixo, no pântano, crepúsculo no oeste reluzia como se um imenso incêndio
divisaram indistintamente algo que se movia, lerdo e estivesse consumindo este mundo.
pesadão. Okura estremeceu. Rhodan resolveu não esperar mais e desligou os
— Essas bestas — gemeu — já farejaram a sua agregados.
presa. Bruscamente, a cabina recobrou o seu peso
— Suponho — objetou Marshall — que só está normal, carregando os galhos nos quais se apoiava.
falando simbolicamente! Alguns não resistiram à súbita sobrecarga, e quebraram.
45
Os outros cederam e a cabina começou a escorregar. no espelho, levou um susto.
Antes que Rhodan pudesse tomar qualquer Um corte profundo, que ainda sangrava,
contramedida, a cabina inteira tombou para o fundo, atravessava-lhe a fronte de lado a lado. Sem aquele
capotando e se chocando violentamente por várias vezes organoplasma especial dos arcônidas levaria semanas
contra troncos e galhos. Finalmente, após longos para cicatrizar. O olho direito, fortemente inchado,
segundos, a queda foi sustada por alguns galhos bem desfigurava-lhe as feições, a ponto de torná-lo quase
mais grossos que resistiram ao impacto. irreconhecível.
Surpreendentemente, a central de comando havia Recostou-se com um suspiro e deixou que o
chegado ao repouso em posição quase normal. japonês lhe enfaixasse novamente a testa.
Somente agora tinham pousado, de fato, em — Meus melhores amigos não me reconheceriam
Vênus. — murmurou. — Sei que Bell vai ter um motivo para
Quando, minutos mais tarde, John Marshall ficar me gozando.
voltou a si e sentiu a forte dor na testa, começou a — Vou quebrar os ossos dele todinhos se ele se
desconfiar que o fim da perseguição a Thora estava mais atrever a fazer isso! — ameaçou Marshall.
longe do que nunca. Ergueu-se e viu que Okura estava Rhodan deu um sorriso fraco.
inclinado sobre Rhodan, examinando a sua cabeça. — Duvido que o consiga, pois estão por demais
Captou os pensamentos do japonês e ficou sabendo, o protegidos por aquelas grossas camadas de banha.
que se havia passado. Rhodan esperou que a bandagem fosse
Okura se virou. completada e depois acrescentou: — Qual é a nossa
— Pelo visto se machucou bastante. situação, e o que vamos fazer?
Bateu em cheio com o rosto. Está todo Son Okura retrocedeu meio passo e submeteu sua
ensanguentado. Só espero que não seja grave... obra a um exame crítico.
Marshall se recuperou rapidamente. Ainda — O seu ferimento não é grave. Mas o fato é que
ligeiramente zonzo, dirigiu-se a Okura, apoiando-se na estamos presos no meio desta selva, sem qualquer
parede. Rhodan estava esticado no chão da cabina, possibilidade de comunicação com a Terra. Perdemos a
respirando fracamente. A pancada devia ter sido violenta. nave espacial e, com isso, qualquer meio de estabelecer
O japonês cambaleou ligeiramente quando se contato com a cúpula energética da fortaleza venusiana.
levantou. O chão estava inclinado e era preciso se Portanto, não podemos contar com o auxílio de ninguém.
habituar a este fato. Okura encontrou ligaduras e Nossa única chance consiste em alcançarmos a base, ou
medicamentos no pequeno armário embutido da farmácia esperar que Bell nos encontre por uma mera casualidade.
de bordo. Aplicaram uma injeção revigorante a Rhodan e — Mas temos os minitransmissores — observou
conseguiram fazê-lo ingerir um remédio contra febre. Marshall.
Quando começou a respirar mais profundamente, os dois — Não vão nos adiantar grande coisa, porque seu
homens juntaram as poltronas e colocaram Rhodan sobre alcance é muito limitado. Quando a central foi ejetada da
esta cama improvisada, entregando-o ao sono benéfico. nave, ficamos separados dos aparelhos radiofônicos. Que
Okura ainda medicou o ferimento de Marshall, e isso nos sirva de lição. Daqui por diante um transmissor
só depois tratou de si mesmo. vai fazer parte do equipamento obrigatório de todas as
— É claro que eu fui atingido nas pernas — disse cabinas de salvamento ejetáveis. Quanto a Bell, é claro
ele, com resignação — é de amargar. Logo no meu ponto que só podemos entrar em contato com ele se a sua nave
fraco. Sempre caminhei com dificuldade, quanto mais passar ao alcance dos nossos minitransmissores. Mas,
agora. Receio que vou ser um fardo durante uma marcha esperar que isso aconteça, é confiar demais no acaso.
através da selva. Não seria uma temeridade ficar aguardando que ocorra o
Marshall empalideceu. improvável, enquanto Thora mobiliza todos os horrores
— Não pode estar falando sério! Acredita mesmo do universo? Rhodan acenou, concordando.
que precisamos descer naquele inferno lá embaixo? — Okura tem razão, Marshall. Só há uma
Cheio de sáurios e aranhas gigantes e sei lá o que mais alternativa: é preciso chegar antes de Thora e impedi-la
vive nessa mata? Não, nem dez cavalos vão me arrancar de penetrar na fortaleza. Mas não vejo motivo algum
desta árvore. Aqui estamos relativamente seguros. para crer que ela tenha tido mais sorte que nós. Afinal, o
— Concordo — disse o japonês com um sorriso codificador da nave dela também não estava ajustado.
afável. — Na penitenciária também se encontra uma Resta-nos esperar que ela tenha sobrevivido à queda.
segurança relativa; só que lá ao menos não se perde Marshall rosnou, irado:
tempo e nem se morre de fome. — Por mim, ela pode ter quebrado o pescoço.
John Marshall não soube o que responder. — Eu não diria uma coisa dessas — respondeu
Desviou o olhar de Rhodan e olhou através da Rhodan, num ligeiro tom de censura. — Não se deve
vigia para aquele crepúsculo difuso e esverdeado. desejar mal a ninguém, apenas impedi-lo de cometer
Podia jurar que uma sombra enorme estava se algum mal. É uma ilusão pensar que a violência possa ser
deslocando lá embaixo. Um bramido prolongado rompeu combatida. E tem mais: Thora pode quebrar o pescoço
o silêncio da selva. que isso não nos ajuda em nada. Continuamos presos
Apesar do calor Marshall começou a sentir um aqui do mesmo jeito.
frio gélido. — O sentido das minhas palavras não era bem
esse — disse Marshall, tentando atenuar sua expressão
*** irrefletida. — O que eu quis dizer é que eu tenho uma
raiva dos diabos dessa mulher extraterrena.
Quando, horas mais tarde, Perry Rhodan se mirou Com um sorriso suave, Okura observou:
46
— Mas só da extraterrena, não é? sejam até mais saborosos.
Rhodan se levantou algo vacilante e se apoiou na Okura acenou, satisfeito.
parede. Ainda estava meio tonto daquele longo desmaio. — Marshall não deixa de ter razão. Eu também
Sob o olhar atento dos dois companheiros, ensaiou os acredito que vamos conseguir carne. Talvez encontremos
primeiros passos cautelosos e se dirigiu à vigia. Lá fora até frutas. Lembro-me que, durante o nosso período de
reinava o negrume da noite venusiana. Mas, mesmo se instruções aqui em Vênus, serviram-nos frutas em
fosse dia claro, Rhodan não poderia agora ter pensado quantidade. Tenho certeza de que vou reconhecê-las, se
em sair da cabina. Ainda se sentia fraco demais para existirem por aí. Mas eu estou mais preocupado com a
enfrentar a estafante marcha através desse mundo água. Afinal, não podemos beber essa porcaria dos
primitivo, sem falar nas ameaças desconhecidas que pântanos. Faço ideia de como deve estar pululando de
ocultava. bactérias!
Por outro lado, quanto mais tempo perdesse em — Existe uma substância na farmácia de bordo —
esperar, tanto maior se tornava o perigo de um colapso disse Rhodan — que substitui a fervura. É só jogar o
total de tudo o que havia criado até agora. Poderia ser pozinho na água e as bactérias desaparecem. Depois, é só
substituído pelo coronel Freyt, certo; mas bastava que se filtrá-la para retirar as eventuais impurezas tóxicas. Esse
tornasse do domínio público que Rhodan, o chefe da processo substitui até a destilação. Agora, se for preciso,
Terceira Potência, não tinha regressado de um voo a nada nos impede de ferver a água. Lenha existe aos
Vênus e que era muito provável que os sáurios o haviam montes no chão da floresta.
devorado, para que... bem as consequências eram — É, lenha molhada ou úmida! Não vai nos
inimagináveis. O nacionalismo latente de alguns adiantar grande coisa.
políticos ambiciosos voltaria à tona e salvaria as pátrias, Okura meteu a mão no armário da despensa e
transformando os futuros terranos novamente em exibiu um pequeno pacote.
homens. E isto era exatamente o pior que lhes poderia — Quem é que está falando o tempo todo em
acontecer. Recairiam no estágio das concepções lenha? Veja aqui, Marshall. Sabe o que é isso? Argila
nacionalistas bitoladas, tornando-se presa fácil para energética! Rende cem vezes mais que álcool. Com esse
qualquer invasor do universo. negócio aqui podemos preparar três refeições diárias
Essa conclusão só admitia uma única decisão. durante três meses. Faltam somente os bifes de sáurios.
E Rhodan a externou: Marshall torceu o nariz.
— Precisamos procurar chegar à base. Primeiro, — Nunca na vida comi carne de sáurio! —
vamos dormir durante mais algumas horas, para lamentou-se.
recuperar as forças, depois partimos. Trajes de — Então está mais do que na hora de começar —
exploradores nós não temos, tampouco mantimentos constatou Rhodan e sentou-se novamente no leito
suficientes. Quer verificar o armamento? improvisado. — Arrumem tudo que possa ser de
Okura abriu o armário embutido. Bem utilidade e depois vão dormir. Não sei quando vamos ter
arrumadinhos nos suportes, lá estavam três jeitosos nova oportunidade para dormir em paz.
irradiadores de impulsos. E mais nada. Fechou os olhos e, pouco depois, a respiração
— Ao menos alguma coisa — rosnou Marshall. regular mostrou que Perry Rhodan estava decidido a
— Matar sáurios com essas armas é até covardia. recuperar as forças para enfrentar a aventura que se
Para Rhodan isto não parecia ser o problema avizinhava.
principal. Uma aventura que, de um segundo para o outro, o
— Só dispomos disso? Nada de pistolas havia feito regredir da era da mais moderna tecnologia
automáticas ou espingardas? para a pré-história.
Olhou ao redor.
— E os víveres e a água? ***
A expressão de Okura era de pura lamentação.
— Temos alguns concentrados e uns poucos litros E lá estavam eles, escorados nos galhos grossos
de água. Talvez o suficiente para dois ou três dias. Mas de uma enorme árvore, cinquenta metros acima do solo
podemos viver da caça. traiçoeiro da selva. Cipós da grossura de um braço
— Engano seu! — Rhodan sacudiu a arma. — O pendiam de todos os lados, e facilitariam a descida.
raio energético de uma pistola de impulsos positrônicos Rhodan lançou um último olhar para a segurança
queima e gaseifica instantaneamente toda e qualquer da cabina, que agora abandonariam para sempre.
matéria. Mesmo de um sáurio não sobraria praticamente Segundo sua estimativa, a base arcônida com a guarnição
nada se o disparo for um pouco excessivo. de robôs devia se situar uns quinhentos quilômetros para
— Então — disse Marshall — basta prestar oeste. Uma distância que, devido à fauna e flora pré-
atenção no disparo. É só matar o bicho e suspender fogo. históricas, se constituía num obstáculo praticamente
Além disso, como sabem, nunca deixo de andar sem o intransponível.
meu velho e fiel revólver — apontou para o bolso. — Verificou se o irradiador de impulsos estava bem
Pode ser obsoleto, mas não me desfaço dele, por mais preso ao cinto e pendurou no espaço o saquinho que
que Bell me goze. continha a sua ração de água e víveres concentrados.
— É o que eu vou fazer agora — resmungou Depois, escolheu o galho mais apropriado para seguir
Rhodan. — Não me vai dizer que pretende derrubar um Marshall, que já havia iniciado a descida. Okura forçava
sáurio com este brinquedo? a vista, olhando para baixo.
— Não estou pensando em sáurios. Afinal, — Estamos com sorte. Há uma pequena clareira.
existem também animais menores em Vênus. Talvez Nenhum sinal de animais.
47
O próprio Rhodan sempre voltava a ficar — Talvez seja outro animal qualquer. De
fascinado quando tinha ensejo de constatar a facilidade qualquer maneira, não enxerga tão bem como eu, porque
com que esse mutante conseguia enxergar na mais ainda não nos reparou. Está se desviando para a direita,
completa escuridão. E agora mal se via um palmo diante penetrando na floresta. A julgar pelos contornos, tem o
do nariz! Em algum lugar, longe daqui, um vulcão devia tamanho e o aspecto de um gorila. Talvez já existam
ter entrado em erupção; talvez na cordilheira mais macacos em Vênus.
próxima. Uma débil luminosidade avermelhada — Pelo amor de Deus! — gemeu Marshall.
penetrava na floresta, emprestando um ligeiro tom Rhodan se dirigiu a ele.
rosado a tudo que se via. E isto, na realidade, era — Por quê? Tem algo contra os macacos?
praticamente nada. — Não é bem isso, mas, se realmente existirem
— Podemos prosseguir daqui — gritou Marshall, macacos em Vênus, daqui a cem mil anos nossos colonos
lá de baixo. — Esses cipós formam uma verdadeira vão ter aborrecimentos sem fim com os venusianos... ao
escada de cordas. menos na minha opinião
Rhodan tateou com os pés, à procura de um apoio. Rhodan deu uma risada quase inaudível.
Encontrou-o e desceu lentamente. Teve a impressão que — Queria ter as suas preocupações, Marshall!
aqui em cima, nas árvores, talvez pudessem avançar mais Não tem outras, por acaso?
rapidamente que no chão enganoso da selva. Mas Marshall rosnou algo ininteligível, mas não deu
somente a prática confirmaria isto. Talvez pudessem resposta. Okura reiniciou a caminhada, seguido de perto
mudar de método à luz do dia. por Rhodan, que protegia novamente o rosto com as
Levaram três horas para atingir o chão firme. mãos.
Okura consultou a bússola de pulso. A noite ainda duraria quatro dias terrestres e, se
— Temos que prosseguir nessa direção, se não não sofressem atraso por algum motivo inesperado,
houver algum obstáculo. Pelo que eu consigo ver, não há talvez pudessem percorrer uns cem quilômetros até o
pântanos por aqui. E o chão está relativamente seco. nascer do sol.
Rhodan sentia uma forte dor de cabeça, Uma perspectiva deveras auspiciosa.
consequência do seu ferimento. Cinco horas mais tarde Rhodan esticou a mão e
“Mesmo um imortal”, pensou amargurado, “não agarrou o japonês pelo ombro.
está livre de sofrer de enxaqueca.” — Precisamos descansar Okura. Se continuarmos
Enquanto caminhava atrás de Okura, os a esbanjar nossas forças desse jeito, nunca vamos chegar
acontecimentos no planeta da vida eterna se à base. Assim que descobrir um lugar apropriado, vamos
desenrolavam mais uma vez em sua mente. Haviam repousar por algumas horas. Talvez encontremos uma
seguido o rastro que os conduziu, através da galáxia e do clareira.
tempo, até Peregrino, o planeta solitário. E lá vivia — Posso fazer uma sugestão? — o japonês parou.
aquele ser imortal do passado, que revelou a ele, Rhodan, — Que tal se subíssemos novamente numa árvore?
parte do segredo da conservação permanente das células. Tenho certeza que, alguns metros acima do solo,
E ainda lhe proporcionou a oportunidade de se submeter encontramos um galho suficientemente largo para nos
ao fisiotron, a ducha celular, que sustava o processo de acomodar a todos. Aqui embaixo eu teria que ficar de
envelhecimento por certo período — para ser mais olhos bem abertos o tempo todo, pois a selva deve estar
preciso, durante sessenta e dois anos, na contagem de cheia de perigos ocultos. A meu ver, as árvores oferecem
tempo terrestre. E aquele ser determinou que apenas os uma segurança relativamente maior.
terranos pudesse se utilizar da ducha celular, se Rhodan — O que me causa espanto — admirou-se
assim o permitisse. Marshall — é que ainda não encontramos terreno
Além de Rhodan, somente Bell havia sido pantanoso pela frente. Tivemos uma sorte incrível.
contemplado com uma prolongação da vida. — Também só percorremos cinco quilômetros —
Daqui a sessenta e dois anos Rhodan procuraria observou Rhodan.
de novo aquele ser. Com o auxílio do grande cérebro Okura encontrou uma árvore que lhe parecia
positrônico, calcularia as coordenadas espaciais exatas adequada e foi o primeiro a subir. Dez metros acima do
daquele planeta errante e o revisitaria. Mas seis decênios solo encontraram um galho largo, que se estendia
constituíam um período de tempo bastante longo. E horizontalmente através de um emaranhado de cipós. O
quanta coisa poderia acontecer até lá... conjunto formava uma espécie de caverna, na qual os
De repente Okura parou. Forçou a vista como se homens se sentiram imediatamente seguros.
perfurasse a escuridão ambiente, e esticou a mão para Marshall assumiu a função de cozinheiro.
trás, à procura de Rhodan. Marshall havia se chocado Quando os concentrados começaram a se
contra Rhodan e sufocou uma imprecação. dissolver na água e o fogo incolor flamejou debaixo da
— O que houve? — Okura sussurrou: panela, os três homens até que se sentiram bastante
— Algo está se locomovendo lá em frente. Uma confortáveis.
sombra grande. Não consigo distinguir exatamente o que — Estou chegando à conclusão, de que a coisa
é. Ouvir, não se ouve nada. não está tão ruim assim — observou o australiano
— Então também não é um sáurio, porque esses a alegremente, mexendo a sopa. — Já pensaram como vai
gente ouve a quilômetros de distância. ser quando for dia claro? Aí mesmo é que vamos
Rhodan silenciava os ouvidos aguçados. marchar que nem uns andarilhos!
Instintivamente sua mão se fechou sobre a coronha do Ninguém viu a expressão cética de Rhodan...
irradiador. Okura talvez, mas Marshall nunca. Rompendo o silêncio
O japonês suspirou aliviado. que se seguiu, Okura disse:
48
— Só que ainda vai passar um bocado de tempo Os cabelos eram longos, assim como as barbas
até o dia claro chegar! emaranhadas. Mas, apesar do aspecto estranho, eram
Sem proferir palavra, Marshall continuou a mexer indiscutivelmente homens da Terra longínqua.
na sua panela. Um deles, um sujeito troncudo e forte, de cara
larga, protegia a vista com a mão.
— É mais bonito que na Terra — disse, num
3 idioma que soava como russo. — Talvez fosse isso que
levou os outros a resolverem ficar aqui para sempre.
Meio oculto por véus de nuvens, o sol de Vênus — E bem provável general Tomisenkow. Não há
preparava o seu ocaso. Aquela mancha difusa atrás da outra explicação. Perderam o juízo.
camada de bruma parecia perder o poder luminoso e por O ex-comandante da expedição do Bloco
isso tornou-se mais colorida. Os raios de luz, refratados Oriental, que Rhodan havia desbaratado, sacudiu a
pelas nuvens e névoas, produziram no céu monótono de cabeça com veemência.
Vênus um espetáculo que brilhava em todas as cores do — Não creio que a atitude deles possa ser
espectro. Aos poucos, o vermelho começou a explicada de maneira tão simples. Deve haver outras
predominar, mergulhando este mundo primitivo num tom razões mais complicadas. Vênus é um mundo selvagem,
rosado, e o inferno verde parecia querer se transformar mas é um mundo livre...
num paraíso de cores estonteantes. Até mesmo as — Por acaso nós não somos livres também? —
superfícies pantanosas, de brilho tão traiçoeiro, se perguntou um dos homens, meio na espreita.
apresentavam agora como a palheta furta-cor de um — Liberdade, e liberdade... será que não existem
pintor divino que, invisível, zelava pela sua obra em diferenças? A liberdade não é um conceito da
constante modificação. relatividade e do dogma político? A liberdade pode ser
O mundo de Vênus suspendia a respiração quando imposta, mas também se pode conquistá-la.
a longa noite se iniciava. Era como a rendição da guarda. — Coisas estranhas, essas que o senhor disse,
Os enormes sáurios regressavam das florestas e se general! — comentou um outro homem, pensativo, e
ocultavam na segurança do seu antigo elemento. Às olhou para a vasta planície que se estendia em direção ao
dezenas, rolavam por cima dos colmos altos do junco, oeste. Lá também se erguiam pequenas ilhas rochosas, e
transformando as cores variadas do pântano num na luz crepuscular via-se que de uma delas subia uma
turbulento espectro gigante, que fazia lembrar galáxias coluna de fumaça. — Não foram justamente os rebeldes
coloridas, percorrendo trajetórias infindáveis através do que disseram a mesma coisa?
nada, rodando eternamente e procurando em vão por um — Foram eles, sim. Mas não se limitaram a
destino. palavras; agiram. Tanto assim que se separaram de nós,
À distância, reluziam as rochas desnudas das porque não queriam regressar à pátria depois do fracasso
cordilheiras. Pareciam cobertas por fogo líquido. Entre as da nossa invasão. Tínhamos ordens de conquistar a base
rochas cintilavam, prateadas, as quedas d’água. Quando venusiana de Rhodan. Não conseguimos. Rhodan
se pulverizavam lá embaixo, no teto da mata virgem, era destruiu nossas naves e nos abandonou indefesos nesta
como se um arco-íris enorme estivesse se alastrando, na selva. Mas ele sabia que o homem pode sobreviver aqui.
tentativa de encobrir o mundo com suas cores Os rebeldes também sabem disso. Todo seu plano está
transparentes. baseado nesse fato. E é nesse ponto que reside a
Enquanto os sáurios iniciavam o longo repouso diferença entre nós e eles. Nós queremos retornar à Terra
noturno, os seres vivos da escuridão começaram a com um único intuito: preparar uma nova invasão. Mas
acordar. O curto intervalo da transição chegou os rebeldes decidiram permanecer em Vênus para
bruscamente ao fim, quando o sol desapareceu no colonizá-lo. Só que, com os meios escassos de que
horizonte mormacento e candente. dispõem, estão fadados a um fracasso. Mas parece que
Em voo silencioso, mas grasnando isso eles não entendem.
estridentemente, enormes aves lançavam-se através do — Pode ser, mas o fato é que já destacaram a sua
crepúsculo, sobre pântanos e florestas, à cata de presa. gleba e iniciaram o cultivo do solo. Vênus é muito fértil.
Gigantescas borboletas noturnas cambaleavam em Tipo da terra ideal para colonos.
direção ao sol poente, tentando em vão alcançá-lo. — O ponto de vista dos rebeldes é tão válido
Na borda do platô, no alto daquelas rochas que se como qualquer outro — admitiu o general, meio a
erguiam como uma ilha do mar verde da floresta, alguns contragosto. — Mas, apesar disso, continuam sendo
homens observavam, emocionados, o soberbo espetáculo amotinados que se recusam a cumprir ordens. E
da natureza. Não constituía novidade para eles, mas amotinados, a gente costuma enforcar!
invariavelmente ficavam enfeitiçados toda vez que o O soldado maltrapilho e embrutecido ao lado de
contemplavam. Tomisenkow levou a mão instintivamente ao pescoço e
Tempos atrás, haviam trajado uma farda. Mas se certificou que sua cabeça ainda estava firmemente no
agora esses uniformes estavam tão esfarrapados que lugar previsto pela natureza. Sua mão direita estava
ninguém mais os podia reconhecer. Parecia que apenas fechada em torno da coronha da arma energética que
os cintos evitavam que esses farrapos despencassem de trazia no cinto. Cerrou os olhos ligeiramente e olhou na
vez. As calças estavam enfiadas em botas dilaceradas, e direção do acampamento dos rebeldes. Ainda havia
alguns dos homens tinham os ombros envoltos em peles claridade suficiente para poder reconhecer todos os
grosseiramente trabalhadas. Porque, com o sol poente, a detalhes através de um bom binóculo. E lá também havia
temperatura caía sensivelmente. sentinelas, que, por sua vez, estavam olhando para o
campo oposto. Eram os únicos homens em Vênus,
49
pertenciam ao mesmo bloco de potências... e apesar disso conseguia mexê-las com dificuldade. Ainda bem que as
eram inimigos mortais, e se combatiam com todos os pontadas agudas que lhe atravessavam os quadris eram
meios de que dispunham. suportáveis.
O general Tomisenkow estava se virando para Cautelosamente, Thora apoiou os braços no
voltar à sua cabana quando um ofuscante raio luminoso encosto da poltrona, fez um esforço e conseguiu se
rompeu o crepúsculo. Era como se um relâmpago tivesse levantar. O chão embaixo dos seus pés estava levemente
atingido o meio do platô, no qual as tropas de invasão, inclinado e tinha que tomar cuidado para não escorregar.
derrotadas e náufragas, haviam se estabelecido. Ligou a iluminação, mas tudo permaneceu escuro.
Trovoadas não eram nenhuma raridade em Vênus. Mas a Com um golpe brusco, puxou a alavanca da bateria de
época não era essa. emergência para baixo. Imediatamente as lâmpadas se
Com um estrondo avassalador, a onda de choques acenderam. E Thora viu o robô R.17.
varreu por cima dos homens derrubando alguns deles. Não havia mudado de posição, a testa ainda
Tomisenkow conseguiu se agarrar a uma árvore. Com encostada no painel dos instrumentos. O braço direito,
olhos arregalados fitou o céu pálido, tentando reconhecer dobrado, repousava sobre a mesa estreita em frente aos
o ponto incandescente que caía lentamente, como um controles, enquanto o esquerdo pendia frouxo, dos
meteoro gigante. ombros.
Por todos os fantasmas do inferno... aquilo era Quando lhe ocorreu que R.17 talvez estivesse
uma nave espacial! morto, Thora se sentiu acometida de uma angustiante
Mas não podia ser uma nave de Rhodan. solidão. Consertos de pequena monta não constituíam
Pois aquelas diabólicas armas defensivas da problema para ela. Mas, se uma das complicadas peças
fortaleza extraterrena tinham-na atacado e derrubado. positrônicas internas estivesse danificada, R.17
Seria uma nave de suprimentos da pátria? permaneceria para sempre na selva venusiana, se não
Claro que era! Não havia outra explicação. Antes fosse encontrado antes disso.
que conseguisse tomar uma resolução, um novo raio Diante da vigia reinava a escuridão. Só lá longe,
rompeu a escuridão. Porém, aquela nave que estava no horizonte, ainda havia o fraco brilho avermelhado do
caindo não foi mais atingida; desapareceu atrás das copas sol poente. A nave destruída jazia sobre uma clareira. As
das árvores altas. copas das árvores haviam amortecido o primeiro
Quando a nova onda de choques tinha passado impacto, mas, mesmo assim, era um verdadeiro milagre
por cima dele, Tomisenkow voltou correndo. que a nave tivesse resvalado sem maiores choques até o
— Sargento Rabov, pegue alguns dos seus chão. Somente o último trecho da queda tinha resultado
homens e tente encontrar aquela nave derrubada. Pode num baque mais violento, que luxou ligeiramente as
ser que não haja sobreviventes, mas mantimentos e pernas de Thora e condenou R.17 à imobilidade.
armas são sempre bem-vindos. Ande ligeiro, antes que Thora esticou os membros e constatou, satisfeita,
escureça de vez. que não havia sofrido qualquer fratura. Sua preocupação
O sargento, um sujeito pequeno, de cabelos imediata era o robô. Com movimentos habilidosos, que
escuros e olhos ágeis, acenou vivamente. denotavam uma longa prática, abriu a caixa torácica de
— Vou levar o holofote, general. Vamos R.17 e, com uma lanterna, iluminou aquela confusão de
encontrar essa nave, pode contar com isso. Não quer vir transistores, conexões e outras pecinhas eletrônicas. Até
conosco? onde pôde constatar nada havia sido inutilizado.
Tomisenkow franziu as sobrancelhas. O que Pensativa, Thora recolocou a placa no peito do robô,
restava da antiga disciplina?! Estava na hora de coibir prendendo-a com os grampos magnéticos. Não havia
esses abusos de confiança. mais dúvida; já sabia onde estava o defeito. A fronte de
— Tenho coisa mais importante para fazer! — R. 17 havia se chocado com violência demasiada contra
rosnou, irado, e se afastou em direção às cabanas ao pé o painel dos instrumentos.
do pequeno cone rochoso. Thora retirou a tampa de vedação do crânio do
Começou a se sentir um solitário no meio de seus robô e mal conseguiu acreditar no que viu. Um dos cabos
homens. principais tinha se soltado e agora pendia, inútil, em
O sargento Rabov acompanhou a retirada brusca meio aos minúsculos tubos de arconita.
do seu comandante com uma expressão impassível. Thora encontrou material de solda na caixa de
Tinha estreitado os olhos, o que lhe emprestava um ferramentas e, poucos minutos depois, já tinha
aspecto nitidamente mongol. Mas ele não era mongol, e consertado o defeito. R.17 acordou. Ergueu a cabeça,
sim um musculoso ucraniano. E muitos dos seus olhou para Thora e perguntou:
camaradas encontravam-se no acampamento dos — O que se passou? Eu fiquei desativado.
rebeldes. Na próxima oportunidade... — Foi um cabo que se soltou só isso. Fomos
Afastou esses pensamentos desagradáveis e derrubados pelos canhões-sentinelas da base. Parece que
seguiu o general a uma grande distância. As sentinelas o codificador não funcionou direito. A base deve ficar a
permaneceram na beira do platô, aguardando o próximo uns quinhentos quilômetros daqui. E agora?
disparo ofuscante. — Vamos esperar — respondeu R.17. Para ele,
Mas esperaram em vão. esta conclusão era evidente. Dispunha de tempo.
— Esperar? Esperar o quê? Esperar que nos
*** encontrem? Vênus é desabitada. Se Rhodan estiver à
minha procura, vai voar para a base. Duvido que lhe
Quando Thora acordou já era noite cerrada. ocorra a idéia de que eu possa ter sido abatida. Como é
Suas pernas ainda estavam doloridas e só que estão os nossos aparelhos radiofônicos?
50
R.17 se levantou e caminhou, curiosamente concentrados previstos para uma tripulação de três
inclinado para frente, em direção a porta da cabina de homens. No caso, dá folgadamente para duas semanas.
rádio. Sua postura meio adernada era o efeito do Vou lhe permitir o uso de uma arma, porque isso serve
giroscópio de estabilização, novamente em ao meu propósito.
funcionamento. R.17 não precisava se adaptar ao plano Thora teve que engolir mais essa. Um robô
inclinado do chão, nem dependia da posição do centro de permitir a ela, a arcônida, o porte de uma arma! Decidiu,
gravidade. no íntimo, que assim que pudesse mandaria transformar
Thora permaneceu na central e olhou pela vigia, R.17 em sucata.
tentando reconhecer os objetos lá fora. Sorte sua que o Pegou o irradiador de impulsos e o afixou ao
crepúsculo em Vênus durava cinco vezes mais tempo cinto. Depois enfiou os concentrados num pequeno saco,
que na Terra, pois, assim, pôde habituar a vista aos que entregou ao robô, encarregando-se ela mesma de
aspectos da vizinhança. levar os medicamentos. R.17 se ofereceu para carregar o
A nave jazia levemente inclinada, numa clareira vasilhame de água.
coberta de pedregulhos. Apenas algumas árvores isoladas — Vou levar também o holofote — decidiu
formavam a orla de uma floresta, que não era típica das Thora; estremeceu quando se lembrou daquela selva
selvas pantanosas das regiões baixas. Só isto já constituía mergulhada na escuridão que a esperava lá fora. Em
um fato auspicioso, que Thora aceitou com satisfação. outras circunstâncias, Thora teria aguardado o raiar do
R.17 voltou à central de comando. dia venusiano. Mas tanto o seu procedimento quanto seu
— Os aparelhos radiofônicos não funcionam e pensamento eram exclusivamente norteados pela
também não podem ser consertados — constatou, com obsessão de alcançar a base, custasse o que custasse. E
objetividade. — Assim, não podemos contar com assim resolveu partir em plena escuridão, pois sabia que,
auxílio, a não ser que deem por nossa falta. Afinal, a cada minuto que se passava, diminuíam as suas
Rhodan está a par do nosso voo experimental, eu chances de poder entrar em contato com Árcon. Rhodan
suponho. não ficaria de braços cruzados na Terra, esperando que
— Não, Rhodan ignorava isso; ao menos até a ela realizasse com sucesso o seu desígnio.
hora da nossa decolagem. Parti sem permissão, para — A escuridão não é problema — tranquilizou-a
estabelecer contato com Árcon através da hiperestação R.17. — Consigo ver muito bem no escuro se ligar
em Vênus. Rhodan não queria que Crest e eu minha instalação infravermelha. E para enfrentar seres
regressássemos a Árcon. hostis, disponho do meu irradiador de neutrônios —
O robô estacou no meio da cabina. Cravou os ergueu seu braço esquerdo. — Vou levá-la em segurança
olhos de cristal naquela mulher. para a fortaleza.
— Infringiu ordens de Rhodan? Sabe que fui Somente agora Thora se recordou que Vênus era
condicionado a obedecer apenas Rhodan. Pelo que fez, habitado principalmente por sáurios enormes. Estava
tornou-se minha adversária. começando a perder a coragem, mas o desânimo foi logo
— Nos encontramos na mesma situação. vencido pela vontade fanática de realizar o seu intento e
— Apesar disso, deve ser punida. de se defrontar com Rhodan. Monstro algum conseguiria
O orgulho de Thora foi duramente atingido. Ela, a detê-la.
arcônida, pertencia à raça dominadora que havia criado Lançou um último olhar pela vigia e depois abriu
esse robô. E agora esse engenho, sua própria criação, lhe a porta de emergência. Estava ligeiramente emperrada,
dizia que ela merecia ser castigada. Até o poder sobre os mas, quando R.17 a forçou com o seu corpo possante,
robôs Rhodan havia retirado das mãos dos arcônidas! abriu-se com um estridente rangido. A atmosfera
— Está certo; Rhodan deveria me punir — venusiana, ainda quente e úmida, penetrou na cabina e,
admitiu ela, evitando soar ilógica. — Mas ele só vai com ela, os odores da natureza.
poder fazer isso quando eu chegar à presença dele viva. R.17 foi o primeiro a sair. Desceu a escada
Portanto, é sua obrigação me levar a Rhodan... para a estreita e se postou no solo duro e seco, esperando por
base venusiana. Porque só lá vamos encontrá-lo. Thora. Seus olhos artificiais vararam a escuridão e viram
O robô R.17 reconheceu que a arcônida tinha tudo como se o sol estivesse pairando no céu escuro,
razão. Acenou com a cabeça — coisa que ele fazia muito mergulhando a paisagem em luminosa claridade.
bem, pois os engenheiros arcônidas não haviam deixado É claro que isso Rabov e seu pessoal não podiam
de dotar os seus robôs com essas reações. saber.
— Muito bem, vamos à base venusiana para Encobertos pelo manto da escuridão, os homens
esperar por Rhodan. do Bloco Oriental aproximaram-se cautelosamente
Isso, é claro, era fácil de dizer e difícil de realizar. daquela nave espacial derrubada. Não sabiam ao certo
— A partir desse momento, sou responsável pela quem a havia conduzido a Vênus. Essa gente podia
sua segurança, pela sua vida — constatou R.17, pertencer tanto à OTAN quanto à Federação Asiática.
secamente. — A senhora transgrediu a lei de Rhodan e, Uma luz emanava da vigia de observação. E nessa luz se
portanto, é minha prisioneira. A nave está inutilizada, por moviam as sombras de duas pessoas. Era só o que se
isso vamos partir o mais depressa possível para não podia distinguir. Depois, a porta se abriu e dois vultos
perder tempo. deixaram a nave, ou aquilo que tinha sobrado dela.
— E víveres para mim? — lembrou-se Thora, A luz na central permaneceu acesa.
quase perdendo o fôlego de susto. O sargento Rabov fez um sinal aos seus homens.
O robô apontou para os armários embutidos na Agarraram as armas e tentaram varar a escuridão com
parede. seus olhos. A luz na nave espacial lhes fornecia um
— Lá se encontram armas, medicamentos, água e ponto de referência, mas nada viam daqueles dois
51
homens que tinham acabado de descer. Deviam ter quisermos sobreviver. Aliás, como é que foi que nos
parado debaixo da nave, pois não se mexiam mais. encontrou tão depressa?
Com sua voz desprovida de qualquer emoção, Rabov tinha se aproximado lentamente e foi
R.17 se dirigiu a Thora: apanhado pelo feixe de luz, que vinha da cabina. Seu
— Tivemos uma sorte inacreditável. Lá na frente aspecto maltrapilho, embrutecido, não era de molde a
há seres humanos. Consigo vê-los nitidamente. São causar a melhor das impressões, quanto mais despertar
quatro homens armados. Estão se aproximando de nós. confiança. Thora sentiu calafrios ao imaginar o que
Se eu quiser, posso matá-los. poderia acontecer se caísse nas mãos de sujeitos tão
Thora se refez rapidamente do impacto da rudes. Ainda bem que estava acompanhada por R.17;
surpresa. certamente saberia como protegê-la.
— Não, não faça isso! Por que quer matá-los? São Durante os primeiros instantes, Rabov nem
inimigos? prestou atenção no detalhe dos cabelos brancos e dos
— A atitude deles não denota intenções pacíficas. olhos albinos, avermelhados. Só via a mulher. Fazia
Observaram a queda da nave e agora vieram para muitos meses que ele e seus camaradas não viam uma
saquear. Talvez foram até eles que nos derrubaram. mulher. Rabov era um sujeito tenaz e valente, mas aquela
— Você sabe muito bem que fomos derrubados visão insólita o fez ficar encabulado. Inseguro, trocava
pela sentinela eletrônica da base — disse Thora, constantemente de pé, e finalmente balbuciou:
sacudindo a cabeça. — Quem são esses quatro homens? — Vimos sua nave ser derrubada. Nosso
Você consegue reconhecer algum deles? acampamento não é longe daqui. Fomos enviados pelo
— Têm o aspecto de quem vive nesta selva há general Tomisenkow.
anos. — Ótimo! — disse Thora, que instintivamente
Como um raio, a intuição invadiu a mente de agarrou a chance que vislumbrou.
Thora: eram as tropas de desembarque do Bloco — Então nos leve ao seu general. Temos muito
Oriental! E isso significava inimigos potenciais. que falar com ele.
Mas seriam inimigos também aqui, nas selvas de Rabov acenou. Depois se lembrou que ainda
Vênus, onde um dependia do outro? havia outras perguntas importantes a fazer.
Thora sacudiu os ombros. — Foram os únicos que sobreviveram à queda?
— Pode ser que não caiamos no seu agrado, R.17, — Fomos os únicos passageiros — respondeu
mas primeiro vamos tratar de saber o que querem de nós. Thora, sem se importar com a surpresa de Rabov. —
Mantenha-se pronto para intervir, se for preciso. Quero Vamos logo! Não tenho nenhuma vontade de passar a
falar com eles. Vamos deixar que se aproximem; afinal noite inteira em pé aqui.
de contas, eles não sabem que você os vê. O sargento Rabov começou a desconfiar que os
Thora e o robô observaram em silencio a papéis houvessem sido trocados, mas seu instinto o
cautelosa aproximação de Rabov e seus homens. Menos impedia de se indispor com essa mulher. Por isso
de três passos os separavam, quando Thora disse em ordenou aos seus três companheiros que guardassem as
inglês, a língua na qual era mais fluente: armas e iniciassem a caminhada de volta ao
— Desejam alguma coisa de nós? acampamento. Ele mesmo resolveu andar ao lado de
O susto que o sargento levou foi tamanho que Thora, sem dar muita atenção ao outro sobrevivente. Em
ficou inteiramente desnorteado. Podia esperar tudo, sua opinião, devia ser o comandante da nave derrubada.
menos ser interpelado por uma voz feminina, vinda da Por uma questão de gentileza, Rabov se virou para R.17,
escuridão. Tropeçou e se esparramou no chão. Sua arma que até agora tinha se mantido na escuridão, e disse:
se chocou estrondosamente contra a rocha. Soltou uma — Espero que não tenha se ferido.
florida imprecação em russo. O robô respondeu, com toda objetividade:
Ainda esticado no chão, disse: — Apenas um cabo se soltou, mas esse defeito
— Só viemos para oferecer ajuda. Posso saber nós conseguimos consertar. Agora, quanto à nave, essa
quem são? está perdida.
R.17, que podia ver o sargento perfeitamente O sargento Rabov necessitou de vários segundos
bem, respondeu: para reparar no aparente absurdo da resposta.
— Agradecemos toda ajuda que nos possa prestar. — Um cabo?! — murmurou. Não estava
Suponho que os senhores pertençam às tropas do general entendendo. — Onde é que esse cabo se soltou?
Tomisenkow. — Dentro de mim; eu não lhe disse?
A esta altura, Rabov já se havia refeito do susto e Rabov estancou. R.17 que não reagiu com
se levantou. A voz daquele homem na escuridão soava suficiente rapidez, esbarrou contra o sargento. Por pouco
curiosamente dura e mecânica, se bem que o inglês que Rabov não se esparramou mais uma vez no chão. Tinha a
falava era perfeito. E o sargento entendia inglês muito impressão de ter sido abalroado por um tanque ligeiro.
bem. Portanto, esse pessoal que tinha sido derrubado era Aturdido pela surpresa, se agarrou a Thora que,
da OTAN. felizmente, conseguiu se escorar numa árvore.
— Sim, somos gente de Tomisenkow. O braço esquerdo de R.17 se ergueu
— Eu não entendi, o que o senhor disse. — ameaçadoramente.
constatou R.17, sem qualquer acanhamento. Não tinha — Quem... O quê? — gaguejou Rabov,
competência para interpretar corretamente expressões desconcertado.
idiomáticas. Thora se livrou do sargento e sacudiu a cabeça,
Thora disse rapidamente: indignada.
— É claro que precisamos juntar forças, se — Não seja tão impetuoso, meu amigo. Meu
52
companheiro é um robô. O que tem isso de tão algum antes dele tivesse posto os olhos nesse animal.
espantoso? Vivia oculto nas profundezas das incomensuráveis
É claro que o sargento Rabov não conhecia florestas. De dia, refugiava-se nas cavidades de troncos
nenhum robô arcônida, mas ele sabia que, na Terra, gigantes apodrecidos, e só abandonava o seu esconderijo
somente a Terceira Potência possuía robôs. Como é que à noite. Sua alimentação consistia em todas as matérias
esse pessoal da OTAN havia conseguido botar as mãos orgânicas: plantas, madeira mole... e carne. Tudo que
nesses robôs? Ou então, um novo pensamento lhe varou também fosse lento ou, melhor ainda, imóvel, constituía
o cérebro, será que esses dois não eram da OTAN? Mas a sua presa.
então por que tinham sido derrubados? No entanto, não se podia considerar o verme-
Havia algo de podre nessa história, e Rabov lesma como uma fera, ou um animal predador, na
resolveu ir direto ao assunto. acepção costumeira da palavra.
— Pertencem à Terceira Potência? De qualquer maneira bastou o aspecto deste bicho
— Duvidou disso? — retrucou Thora e fez um para que o medo estarrecesse Okura, incapaz de realizar
gesto impaciente com a mão que, além de R.17, ninguém o menor movimento. Com olhos arregalados fitou aquele
mais viu. — Vamos ficar parados aqui eternamente? ser horripilante, que se aproximava lentamente dele.
Rabov lançou um olhar furtivo na direção onde Realmente fazia lembrar uma lesma, ao menos no
supunha que estivesse o robô, e pôs-se novamente em que dizia respeito à cabeça. Longas antenas, que
movimento. oscilavam constantemente, estendiam-se para frente, à
Uma mulher e um robô... nunca na vida, nem ele procura de algum obstáculo. Na extremidade dessas
nem o general Tomisenkow haviam capturado uma dupla antenas, constatou Okura, localizavam-se os pequenos
tão estranha. olhos. A outra parte do animal era o verme propriamente
dito. Um corpo alongado e flexível, sem pernas visíveis.
Os movimentos dos diversos segmentos anulares eram
responsáveis pela locomoção do verme-lesma.
4 O que mais infundia pavor era aquela bocarra
voraz. Possuía três fileiras de dentes afiadíssimos,
O ruído estranho fez Son Okura acordar. capazes de triturar praticamente tudo que conseguissem
No primeiro instante, ainda tonto de sono, foi agarrar. Isso incluía ossos, sem a menor dúvida.
incapaz de se lembrar que tipo de barulho tinha sido esse, Okura interrompeu suas reflexões, quando viu que
e muito menos de imaginar o que o teria produzido. o animal parou de avançar. Os olhos nas pontas das
Levou até vários segundos para se lembrar onde estava. longas antenas dirigiam-se ao japonês, como se também
Depois, sua mente se desanuviou. Sim... junto fossem capazes de enxergar na escuridão. Talvez até o
com John Marshall e Perry Rhodan, encontrava-se num pudessem. Seja como for, o animal devia ter farejado a
galho largo, dez metros acima do solo de Vênus, em sua presa e agora estava tentando descobrir, se esta era
meio à selva daquele planeta virginal. A escuridão era suficientemente lenta, para não mais lhe poder escapar.
total. Em algum ponto no oeste, situava-se a base Okura viu que o verme media, no mínimo, cinco
arcônida, implantada no alto de uma cordilheira. E atrás metros de comprimento. Chegou à conclusão que ele e
deles, no leste, jaziam os escombros calcinados da sua mais um de seus companheiros caberiam folgadamente
nave espacial. no interior desse corpanzil, principalmente se a
E ouviu novamente aquele barulho. deglutição fosse precedida do devido processo de
As pernas lhe doíam bastante, mas isso não redução. O pensamento sumamente desagradável de
preocupava Okura no momento. Ativou a parte mutada eventualmente ser devorado com toda calma ali no alto
de seu cérebro... e, de repente, a noite se tornou dia claro daquele galho, restituiu a Okura o raciocínio e a
para ele. Podia ver. capacidade de ação.
A menos de dois metros, encontrava-se Rhodan, Com um movimento rápido, arrancou o irradiador
meio deitado, as costas recostadas contra um galho não do cinto e abriu o fecho de segurança; certificou-se que a
muito grosso. Ao lado dele, numa posição encolhida, lâmpada de controle estava acesa e constatou que a
estava Marshall, que dormia de boca aberta e roncava. energia disponível era suficiente para liquidar dez desses
Sua mão direita estava enfiada no bolso e Okura teria horripilantes animais. A arma na mão devolveu a
apostado a sua ração de água que, mesmo no sono, não coragem a Okura, e desalojou o resto do medo
largava o coldre daquele revólver obsoleto. angustiante que se tinha aninhado no seu coração.
Era um ruído arrastante e vinha da esquerda, onde Nenhum ser vivo em Vênus conseguiria resistir a um
o enorme tronco da árvore gigante se erguia em direção moderno irradiador de impulsos dos arcônidas.
ao teto da floresta, a mais de cem metros de altura. O verme-lesma parecia ter chegado à convicção
Okura manteve-se imóvel, tentando descobrir a que uma tentativa poderia trazer resultados satisfatórios.
origem daquele ruído. Quando a descobriu, ficou mais Os segmentos anulares do corpo voltaram a se
imóvel do que antes. Por um instante seu coração parou locomover, e mais uma vez se fez ouvir aquele ruído
de bater, mas depois o sangue lhe afluiu à cabeça com tal arrastante, que havia arrancado Okura do sono. O
violência que Okura teve a impressão que fosse estourar. japonês lançou um olhar preocupado aos dois
Lentamente, aquela coisa amarela se deslocou companheiros, que dormiam profundamente; depois
sobre a bifurcação do galho e se arrastou, em ondas encolheu os ombros. Talvez não se assustassem tanto a
regulares, em direção aos três homens. ponto de cair da árvore, quando o chiado da descarga os
Nunca antes em sua vida Okura tinha visto um despertasse do sono merecido.
verme-lesma venusiano. Era até provável que homem A pequena distância permitiu fazer pontaria
53
precisa e Okura apertou o botão disparador. O fino raio O japonês olhou na direção indicada e acenou.
energético acertou em cheio a cabeça daquela criatura — É a mesma sombra que observamos ontem.
estranha, mas perigosa. As antenas, os olhos, aquela boca Aquela silhueta de um gorila. Garanto que é um macaco.
voraz, e a parte superior do corpo amarelo Enquanto não nos atacar, não precisamos nos preocupar
desapareceram no clarão da chama energética, com ele. Só estou admirado que ele não toma
instantaneamente sublimados. O resto do corpo do conhecimento de nós. E é impossível que ele não tenha
verme-lesma se contorceu violentamente, e resvalou do nos reparado.
galho, precipitando-se com um estalo de encontro ao — Talvez pensa que também somos macacos —
solo. murmurou Rhodan e lembrou-se dos quinhentos
Rhodan acordou numa fração de segundos. quilômetros que ainda tinham de percorrer. Aos poucos,
Ergueu-se e viu que Okura estava tentando apagar as começou a se amaldiçoar por ter partido no encalço de
chamas com o pé, antes que se alastrassem para as folhas Thora tão despreparado e sem qualquer medida de
secas e os cipós. segurança. Por que não havia escolhido uma nave já
— Que foi que houve Okura? testada e perfeitamente equipada?
— Uma espécie de serpente. Rastejou em nossa Continuaram a caminhar com disposição, sem se
direção, mas acordei a tempo. Aliás, acho que é boa hora importar com seu acompanhante invisível. Finalmente
de reiniciarmos a marcha. chegaram às margens de um pequeno lago e acharam o
Marshall virou o corpo pesadamente para o outro lugar apropriado para passar um novo período de
lado. descanso. Um murmúrio distante e abafado vinha da
— Que barulheira é essa? — reclamou sonolento. escuridão em frente.
— Ainda é noite escura. Será que nunca se consegue Rhodan perguntou a Okura se conseguia
dormir em paz? reconhecer alguma coisa.
— Escapou por pouco de dormir em paz para todo — Não estou muito certo — respondeu o japonês,
o sempre! — explicou Rhodan, com toda calma, e se vacilante — mas, se os meus olhos não me enganam, lá
levantou de vez. — Ainda bem que Okura acordou na adiante há uma depressão com alguns pântanos e um
hora exata para impedir que o dragão nos devorasse. curso d’água. Atrás dela, ergue-se uma cordilheira.
— Como é que é? Consigo ver algumas quedas d’água bastante grandes. E
Marshall ainda estava cansado demais para se lá em cima, no platô, a floresta é menos densa. Lá vamos
inteirar da realidade dos fatos nos pensamentos de poder avançar com maior rapidez.
Okura. Resolveram acender uma fogueira. O solo já se
— É mesmo. Algum monstro. Uma espécie de apresentava úmido mas, poucos metros acima do solo,
serpente, se quiser. Okura descobriu o bicho no último encontraram lenha suficientemente seca. As chamas
segundo e o matou. Será que não ouviu nada? espalharam claridade e lançaram sombras grotescas
Marshall se sentou ao lado de Rhodan. Sacudiu a contra a cortina da noite. Okura mantinha-se vigilante e
cabeça. vasculhava a redondeza sem cessar; mas sua
— Como é que eu posso ter ouvido alguma coisa, preocupação era infundada. Os animais de Vênus
se eu estava dormindo? conheciam o fogo apenas sob a forma de vulcões em
Após essa constatação bastante lógica, tratou de erupção, e tinham razão para temê-lo.
preparar o almoço. Aquele trecho do galho, onde o A água do lago era impotável. Marshall, que
verme-lesma havia exalado o último alento, ainda estava preparava a refeição, observou meio desalentado que
em brasas e fornecia iluminação suficiente. Meia hora daqui a pouco teriam que começar a caçar, se não
depois, já estavam novamente marchando através da quisessem morrer de fome. Alertou, ainda, que a água
floresta. Okura, de arma na mão, ia à frente e sondava a estava escasseando. Rhodan tranqüilizou-o, lembrando
vizinhança. O chão ainda se apresentava seco. Mas, que o dia venusiano já não estava longe e que lá em
como o terreno caía constantemente num declive quase frente havia aquelas quedas d’água.
imperceptível, era inevitável que dentro em pouco Desta vez não dormiram todos ao mesmo tempo.
chegassem à região pantanosa. Os três homens Revezaram-se e, assim, sempre havia um a vigiar o sono
aguardavam esse momento com os mesmos receios. tranqüilo dos outros.
Algo rumorejava na mata, à direita. Marshall, que
formava a retaguarda, ergueu a arma, mas não encontrou ***
alvo algum naquela escuridão. Algo os acompanhava, a Lá pela meia-noite chegaram ao pé daquele
menos de dez metros de distância, atravessando a paredão quase vertical.
vegetação densa com passos pesados. Marshall começou O sol só nasceria daqui a sessenta horas; não era
a sentir uma ligeira pressão em seu cérebro. Sem muita possível esperar tanto tempo. Durante a marcha através
esperança de obter um resultado positivo, Marshall da baixada pantanosa Okura havia conseguido abater um
ativou a sua capacidade telepática... e teve uma surpresa. pequeno animal com o revólver de Marshall. Com isso,
Era incrível, mas estava realmente captando os dispunham de carne suficiente para as próximas
pensamentos de um desconhecido. Eram pensamentos refeições. E agora, quando se encontravam diante
bastante primitivos e superficiais, que se ocupavam daquele paredão, ouviram ao lado o estrondo de uma
principalmente com presa e comida, mas não deixavam enorme queda d’água.
de ser pensamentos. — Um bom lugar para ficar e descansar de
— Tem alguém à direita! — sussurrou verdade — decidiu Rhodan. — Podemos acender outra
suficientemente alto para que Okura e Rhodan o fogueira e improvisar um muro com alguns desses blocos
pudessem ouvir. — Consegue vê-lo? de pedra. Isso vai nos proporcionar segurança suficiente
54
para uma pausa. E depois vamos subir até aquele platô — Impossível! Quem poderia ter sido? Rhodan
Okura olhou para cima. Seus olhos privilegiados estava tão perplexo quanto os outros, mas a sua mente
vararam a escuridão perene da noite venusiana. Embora a funcionava com maior rapidez e com raciocínio mais
temperatura houvesse baixado sensivelmente, ainda fazia lógico. Numa fração de segundos, registrou o fato do
muito mais calor do que numa noite de verão na Terra. tiro; concluiu que só poderia ter sido disparado por um
— Não consigo determinar isso com muita homem e que, portanto, havia homens em Vênus; e no
precisão — disse Okura mas aquele platô está a trezentos mesmo instante descobriu de que tipo de homens se
metros acima da baixada, no mínimo. tratava. Ao mesmo tempo, se recordou do aspecto
— E também não temos cordas! — comentou geográfico do local onde as tropas de Tomisenkow
Marshall. haviam desembarcado, e logo em seguida foram
Rhodan liquidou as duas objeções. desbaratadas; chamou à memória a sua própria posição, e
— Não temos outra escolha. Além disso, é bom chegou à mesma conclusão. Lá em cima, naquele platô,
considerar que uma marcha através do platô é bem viviam os navegantes espaciais, dados como
menos fatigante e perigosa que qualquer caminhada desaparecidos. Acenou para Okura.
através da selva ou dos pântanos. Se algum dia Vênus for — Por que acha que é impossível? Não somos os
colonizada, os homens só vão poder viver no alto dessas únicos homens em Vênus. Além disso, também poderia
ilhas rochosas. Bem, visto isso, vamos tratar do nosso ter sido Thora.
assado. Marshall acenda uma fogueira! Okura — A arcônida jamais vai lidar com armas de fogo
desembrulhe sua caça! terrestres — disse o japonês, sacudindo a cabeça.
Quando as chamas da fogueira se ergueram, — Então, por exclusão, só restam os homens de
constataram que o animal abatido apresentava muito Tomisenkow — disse Rhodan.
pouca semelhança com uma caça terrestre. Era — O pessoal do Bloco Oriental? — Marshall
quadrúpede, mas as quatro pernas eram tão curtas que ainda mantinha a cabeça inclinada. — O que esses caras
Okura acabou tendo a impressão de ter caçado um bassê querem aqui?
avantajado. E aquele focinho estreito e afilado, fazia — Caçar...
lembrar também um cachorro, enquanto que as orelhas, Rhodan foi interrompido por um novo tiro,
em pé, não tinham muito que ver com um bassê de raça seguido dos estampidos de uma salva inteira. A resposta
pura. De um rabo, não havia nem sinal. E em lugar de não se fez tardar; uma fuzilaria irregular veio de outra
pelo, o animal possuía apenas pele lisa e escorregadia. direção. Aquilo não era uma caçada. Era um combate
— Parece um porco-espinho de barba feita! — entre dois grupos que se defrontavam na região. E isso
rosnou Marshall, lambendo os beiços furtivamente. — alterava a situação. Rhodan olhou pensativo para aquele
Ninguém gosta mais de animais que eu, mas, um bicho paredão, que se erguia quase a pique.
gozado desses, eu não queria ter em casa nem de graça. — Não vejo mais sentido em subir ao platô. Se
Vamos tratar de comê-lo! me reconhecem, acabam comigo em três tempos. Pois é a
— Tenho certeza que é bem mais saboroso que mim que devem sua sorte atual; ao menos, é o que eles
aqueles concentrados — comentou Rhodan e pôs-se a pensam. Por outro lado, eles possuem fuzis, e com esses
observar, interessado, com que habilidade Marshall a gente pode caçar. Seu revólver foi útil, Marshall, mas
estava preparando o assado. também não vai nos salvar por muito tempo. Portanto,
Duas horas mais tarde estavam saciados e se um de nós vai ter que tentar estabelecer contato com eles.
recostaram no paredão ligeiramente aquecido, as mãos — Uma tarefa arriscada como quê! — murmurou
entrelaçadas sobre os estômagos repletos. Okura. — Mas eu poderia tentar, porque eu consigo
— Excelente! — elogiou Marshall sua própria enxergá-los mais cedo do que eles a mim.
arte culinária. — Precisamos nos lembrar dessa receita! — De noite, sim. Eu acho que devemos subir
— Faltou o sal — murmurou Rhodan e sentiu que juntos ao platô. Depois, resolvemos o que vamos fazer.
estava ficando com sono. Enquanto arrumavam os seus pertences, ainda
— Podemos chamar esse bicho de porquinho ouviram alguns tiros esparsos. Embrulharam o resto da
bassê — sugeriu Okura, não menos sonolento. carne em folhas secas, abasteceram-se de água e,
Silenciaram. E, de repente, esse silêncio foi finalmente, reduziram a fogueira sem, porém, extingui-
interrompido por um tiro. la.
Ouvir um tiro num planeta não habitado por — Será que não podíamos dormir mais algumas
homens era algo tão surpreendente e fora de propósito horas? — quis saber Marshall. — Sei que estamos com
que as mentes não registraram esse fato incomum de pressa, mas também não com tanta assim.
imediato. Marshall fitava as chamas, perdido em Rhodan inclinou a cabeça e aguçou os ouvidos.
pensamentos. E, para um observador neutro, deveria ter Nenhum som veio do alto. O silêncio reinava novamente
sido interessante acompanhar suas reações. naquele platô. Rhodan acenou.
Marshall apurou os ouvidos, acenou várias vezes — De acordo. Mais cinco horas de sono e depois
com a cabeça, e finalmente disse: partimos. Eu só não entendo por que é que estão se
— Alguém devia estar caçando um porquinho batendo. Gostaria de saber qual é o pomo da discórdia.
bassê, e acertou logo no primeiro tiro. Okura se estendeu embaixo de uma saliência de
Resolveu atiçar o fogo e depois viu os olhos rocha e disse:
arregalados dos dois companheiros. De repente, ficou — O pomo da discórdia é Vênus, ora essa! Como
lívido: os conheço, eles se engalfinharam porque não chegaram
— Deus do céu, alguém deu um tiro! a um acordo quanto ao tipo de sociedade mais adequado
De um só salto, Okura estava de pé. para os futuros venusianos.
55
Rhodan acenou, com uma expressão séria no Rabov ia dar a ordem para prosseguir a marcha,
rosto. quando um dos seus homens veio correndo em sua
— Pode ser que tenha razão, Okura. Mas, se esse direção.
for o caso, estão brigando à toa, porque jamais vai caber Agitado, e quase sem fôlego, o homem balbuciou:
a eles resolver este assunto. — Luz! Lá na frente há uma fogueira. Pode-se vê-
— E quem é que não briga por uma coisa dessas? la com toda a nitidez!
— murmurou Marshall e fechou os olhos. A julgar pela — Lá embaixo? — quis saber Rabov.
sua expressão, desejava sonhar com bifes de porquinhos- — Sim, no pé do paredão. Talvez os rebeldes
bassê, mas não pensar a respeito de absurdos. instalaram um posto avançado lá.
A fogueira se extinguiu lentamente. Escureceu. — É, um posto avançado com uma fogueira, para
E tudo continuou escuro, até que um súbito clarão que possam ser vistos a quilômetros de distância — disse
rompeu as trevas. Mas isso só aconteceu horas mais Rabov com ironia. Tinha certeza que a verdade era bem
tarde. outra, mas qual seria não podia imaginar. Senão teria
*** refletido um pouco mais, antes de emitir sua ordem: —
Quando o sargento Rabov entregou Thora e o Vamos descer, para ver quem são!
robô no quartel-general de Tomisenkow, ficou admirado E assim, duas horas mais tarde, Rabov olhou para
com a indisfarçada satisfação demonstrada pelo seu três homens adormecidos, que acordaram imediatamente
comandante supremo. Depois, em cumprimento às quando os feixes dos holofotes incidiram nos seus rostos.
ordens recebidas, se embrenhou na mata à frente de uma Como tinham aspecto bem tratado e não trajavam
patrulha de vinte homens, numa operação de o uniforme daquele exército desbaratado, Rabov se
reconhecimento da ilha rochosa dos rebeldes. Se possível dirigiu a eles em inglês. Tinha o vago pressentimento
devia fazer alguns prisioneiros, pois Tomisenkow queria que aquela mulher havia mentido ao afirmar que somente
saber se estavam planejando um ataque contra ele. ela e o robô se encontravam naquela nave espacial
O caminho era longo e conduzia através de derrubada.
pântanos, baixadas e florestas, mas Rabov não o estava — Estão sob a mira de vinte fuzis! — advertiu —
percorrendo pela primeira vez. Conhecia as marcações portanto, não tentem agarrar as pistolas. Um dos meus
que levavam ao platô do inimigo; por isso não tinha homens vai agora recolher suas armas. Se estiverem de
dúvidas que encontraria esse caminho sozinho... no acordo, acenem.
momento oportuno. Perry Rhodan reconheceu que tinha cometido um
Mas esse dia ainda não havia chegado. erro fatal. Era realmente um contrassenso querer dormir
A patrulha de Rabov não era a única em operação tranquilamente num terreno onde se realizava um
nesta noite. Do lado oposto, um pequeno exército de uns tiroteio. Agora teria que arcar com as consequências.
duzentos homens aproximava-se do platô no qual se Baixinho, sussurrou para Okura:
haviam instalado os rebeldes. Esses homens faziam parte — Consegue reconhecer alguma coisa?
de outro bando sedicioso das tropas de Tomisenkow. Por — O sujeito não está mentindo, não — cochichou
razões puramente ideológicas, este bando não era o japonês em resposta. — Estamos cercados, e vejo os
partidário de nenhuma das duas facções, mas fuzis apontados para nós. Podíamos liquidar alguns
representava o pacifismo absoluto. E agora estava deles...
empenhado em impingir esse pacifismo aos rebeldes; se — E qual é a nossa chance?
preciso, com o emprego da violência. — Bem, eu diria um para dez.
Um tenente de nome Wallerinski comandava o — É muito pouco — sussurrou Rhodan e, depois,
destacamento. disse em voz alta: — Mande vir o seu homem para
Wallerinski e seus homens chegaram primeiro. apanhar as armas. Quem são vocês?
Escalaram a ilha rochosa dos rebeldes e pegaram as — Vai ficar sabendo disso quando chegar a hora.
sentinelas de surpresa. Fiel aos seus princípios pacifistas, Foram os senhores que atiraram ainda há pouco?
Wallerinski não matou as sentinelas, apenas as — Se está se referindo àquele tiroteio, sinto ter
aprisionou. Mas isto não o impediu de interrogá-las com que desapontá-lo. Foi realizado lá em cima, no platô.
todos os requintes da arte de arrancar informações, a fim Sem oferecer resistência, Rhodan deixou que lhe
de que revelassem o esconderijo dos rebeldes. tirassem o irradiador de impulsos do cinto e constatou,
Uma hora mais tarde, o destacamento de com satisfação, que Marshall conseguiu ficar com o
Wallerinski topou com o posto avançado dos rebeldes. revólver oculto no fundo do bolso. Okura não fez uma
Mas o homem não estava dormindo, e conseguiu soltar cara muito feliz, quando lhe retiraram a arma. Pela
um tiro de alerta, que acordou o acampamento. Dez primeira vez não sorriu.
minutos depois, o tiroteio começou. — Muito bem — disse o homem atrás do holofote
Rabov e seus vinte homens ainda se encontravam — agora vamos conversar um pouco.
a alguns quilômetros do platô dos rebeldes quando Quando emergiu da escuridão, Rhodan conseguiu
ouviram os tiros. Discutiram o fato e chegaram à finalmente vê-lo. Um aspecto pouco alentador, constatou
conclusão que, nas redondezas, deviam existir outros no íntimo, fazendo votos para que outro não o
grupos daquele exército desbaratado, e que se combatiam reconhecesse; Não era realmente uma perspectiva muito
mutuamente. agradável cair nas mãos daqueles homens que ele, por
E essa triste verdade só tinha uma explicação: a assim dizer, havia entregue a um destino incerto em
culpa era daquela natureza inóspita, que transformava Vênus.
conhecidos em estranhos e impedia que se mantivessem — Eu sou o sargento Rabov, do exército do
as relações de amizade. general Tomisenkow — apresentou-se Rabov. — E
56
quem são os senhores? era surpreendente. Rhodan resolveu não se esquecer
Essa pergunta exigia uma resposta clara. Ou ao desse detalhe.
menos uma resposta, pensou Rhodan, que não soasse Notava-se que Marshall queria segredar algo a
suspeita. Rhodan, sentado ao seu lado. Mas a presença constante
— Faço parte de uma expedição — disse ele, de Rabov impediu que o fizesse e, assim, Marshall
cauteloso — que recebeu a missão de testar a vigilância resolveu aguardar uma ocasião mais propícia.
da fortaleza venusiana de Rhodan. Dez minutos depois, reiniciaram a escalada e
— Quem o enviou? meia hora mais tarde alcançaram o platô. Na distância,
— Ora, quem havia de ser? ouviu-se novamente o pipoquear de tiros. Okura
— Os americanos? caminhava, agora, ao lado de Rhodan e, na primeira
— É possível. oportunidade, sussurrou rapidamente:
Rabov considerou isto como uma resposta — Quer que eu fuja? Para mim é fácil!
positiva. Só não conseguia explicar por que aquela moça, Disso Rhodan não tinha dúvida. O japonês podia
lá em cima no platô, havia mentido, e por que esses três enxergar no escuro, e, além disso, nenhum dos três
se tinham separado dela e do robô. prisioneiros tinha sido manietado. Se Okura
— Suponho que vieram sozinhos. Foram permanecesse nas proximidades, poderia intervir a
derrubados? qualquer momento, caso a situação viesse a se tornar
— Adivinhou. crítica.
Rabov refletiu. Ainda não era hora de exibir todos Rabov havia percebido o cochicho e se aproximou
os trunfos. O prisioneiro não precisava saber que ele já curioso.
havia encontrado os outros sobreviventes. Era sempre — Preferia que se mantivessem em silêncio —
bom deixar o adversário na incerteza a respeito da sua disse em tom cortês, porém firme.
situação. Isso era um princípio básico antiquíssimo e de Rhodan deu um aceno afirmativo para Okura e
uma eficiência mais que comprovada. Todavia, era bem depois se dirigiu a Rabov:
interessante ouvir que esse homem admitia pertencer à — Não se preocupe, eu o acompanharia também
OTAN, enquanto a mulher afirmava representar a de livre e espontânea vontade. Acha que gostaria de ficar
Terceira Potência. sozinho na selva? Não, se alguém pode me ajudar, é o
— E onde foi derrubado? Rhodan apontou para senhor.
leste. Rabov parecia estar mais tranquilo.
— Lá, em cima da selva. Os canhões nos E de repente Okura desapareceu. Além de
apanharam. Rhodan, ninguém mais percebeu a fuga do japonês, pois
— Ah! — fez Rabov, sem estar convencido. — cada qual estava cuidando de si, procurando não tropeçar
Quer dizer que não foram derrubados sobre um platô e em pedras soltas ou troncos de árvores tombados. Aquele
sim sobre a selva? E depois vieram para cá a pé? tiroteio distante tinha chegado mais perto. Portanto, os
— Isso mesmo. Há algo de estranho nisso? combates prosseguiam.
Rabov não deu resposta. Estava diante de uma O terreno em frente já era bem menos acidentado.
encruzilhada. O que seria mais acertado: levar os Na distância havia claridade, como se a floresta estivesse
prisioneiros ao acampamento de Tomisenkow ou em chamas. Provavelmente o acampamento dos rebeldes
entregá-los, como presente introdutório, nas mãos dos havia sido incendiado. A fuzilaria era intensa,
rebeldes, aos quais pretendia se aliar? Além disso, ainda entremeada pelas detonações de pequenas granadas.
era preciso descobrir quem era aquele terceiro grupo que Mais além se ouviu o ribombar de um canhão.
havia atacado os rebeldes de surpresa. Talvez fosse Rhodan constatou, satisfeito, que não estavam
melhor esperar até que não houvesse mais dúvida quem empregando armas atômicas. Era um sinal de que os
seria o vitorioso. futuros colonos de Vênus ainda não eram tão civilizados
A prudência venceu e Rabov tomou sua decisão. a ponto de recorrerem às últimas conquistas da
— Vamos levá-los conosco — disse ele a tecnologia humana.
Rhodan. — Vamos andando, homens! Quero ver o que As primeiras balas passaram sibilantes, sobre as
se passou lá em cima. Talvez abocanhemos a parte do cabeças dos homens. Sem perda de tempo, todos se
leão! jogaram no chão. Rabov estava deitado ao lado de
A escalada se revelou demorada e não isenta de Rhodan, a quem não perdia de vista um instante sequer.
perigos. O incêndio, que devorava a aldeia dos colonos situada
Alguns dos homens de Rabov serviram de guia, atrás do pequeno bosque, fornecia luz suficiente. As
pois conheciam a trilha secreta suficientemente bem para poucas árvores, espalhadas na vizinhança imediata, não
encontrá-la também na escuridão. Rhodan, Marshall e ofereciam qualquer possibilidade de abrigo.
Okura iam ao meio, seguidos de Rabov. Os demais — Onde é que está seu japonês? — ofegou
soldados da patrulha formavam a retaguarda. Rabov, mexendo nervosamente na pistola. — Não vai
Após sete horas, houve um período de descanso e me dizer que ele...
Rabov avisou que agora não faltava muito para atingirem — Não está longe daqui — explicou Rhodan, sem
o platô. Rhodan estava admirado com o comportamento mentir. — Talvez resolveu examinar a situação mais de
inesperado do sargento. Tinha como certo ser tratado perto. Para ser honesto, eu também não me considero
com aspereza e severidade e, no entanto, Rabov propriamente um prisioneiro seu. Seja sensato, Rabov; é
mostrava-se reservado e, às vezes, até mesmo gentil. esse o seu nome, não é? Pode ser que estejamos
Bem, esse pessoal não sabia quem eram seus prisioneiros defrontando com um inimigo comum. Devíamos nos unir
mas, mesmo assim, a consideração que lhes dispensavam antes que ele nos obrigue a isso.
57
— As ordens que recebi não foram no sentido de estava com ela, e depois se separaram. Por quê?
entrar em combate com o inimigo e, sim, para fazer um Rhodan vislumbrou sua chance. Se não
reconhecimento geral da situação. Preciso saber quem descobrissem um elo entre ele e a fuga de Thora, era bem
realizou esse ataque de surpresa ao acampamento dos provável que também não fosse reconhecido. Por outro
rebeldes. lado, Tomisenkow não sabia que Thora tinha fugido e
— Rebeldes, por quê? — admirou-se Rhodan. estava sendo perseguida. E imediatamente reconheceria
— Amotinaram-se contra Tomisenkow e nela a arcônida.
resolveram permanecer em Vênus, de livre e espontânea Uma situação confusa.
vontade, para se tornarem colonos. Mas, no próximo instante, Rhodan se veria
— Que mais poderiam fazer? Tomisenkow não obrigado a interromper seus pensamentos.
está de acordo com essa decisão? Subitamente um fulgor relampejou rente ao seu
— O general só quer realizar a tarefa de que foi rosto e o estampido de um tiro quase lhe estourou os
incumbido: conquistar a base venusiana de Rhodan. tímpanos. Alguém soltou um grito e tombou
Rhodan sacudiu a cabeça. pesadamente. De toda parte, surgiram vultos indistintos e
— Isto é tão absurdo quanto inútil. Na Terra, se lançaram sobre os homens calmamente deitados no
Rhodan e o Bloco Oriental já selaram a paz. O exército chão.
de Tomisenkow foi dado como desaparecido. Rhodan viu que Marshall se levantou de um só
Rabov silenciou. Então os rebeldes estavam certos salto e mergulhou entre os arbustos ao lado. Durante
quando resolveram iniciar uma vida nova em Vênus. algum tempo, ouviu os passos que se afastaram
Mas então quem era esse pessoal que havia assaltado os apressadamente, mas decidiu não seguir o exemplo de
rebeldes? Outro grupo do qual nada se sabia? Marshall, embora soubesse que dificilmente teria outra
Rabov decidiu botar as cartas na mesa. oportunidade tão propícia para fugir.
— Não sei quem você é, mas vou lhe dizer uma Mas a nova situação exigia que permanecesse
coisa: você mentiu para mim. Você não pertence à junto a Rabov para o que desse e viesse.
OTAN e sim à Terceira Potência de Rhodan. Por que me Aos gritos selvagens da luta corpo a corpo
ocultou isso? misturaram-se de repente, exclamações de surpresa.
— O que lhe faz pensar isso? Tornou-se evidente que os atacantes tinham cometido um
— Apenas sei que é verdade. Não obstante, você engano, tomando os adversários por rebeldes. Em voz
foi derrubado pelos canhões de Rhodan. E isso eu não alta alguém intimou Rabov e seus homens a se renderem.
entendo. Tem alguma coisa contra Rhodan? Disse que poderiam ficar de posse das armas, mas que
— Não contra a pessoa dele — disse Rhodan, era preciso negociar, antes de continuar com essa
numa autocrítica cheia de ironia — apenas contra sua carnificina inútil.
leviandade. Essa proposta pareceu bastante sensata a Rabov.
— Essa eu também não entendi! — Rabov Ordenou a seus homens que cessassem o fogo. Todos
sacudiu a cabeça e olhou para frente, onde o clarão de obedeceram menos quatro; mas esses quatro nunca mais
uma explosão rasgou o crepúsculo. Alguns tiros poderiam obedecer a ninguém, pois estavam mortos.
pipocaram perigosamente perto. Passos apressados O adversário inesperado também havia sofrido
arrastavam-se sobre o pedregal. Contra o horizonte em baixas, mas, nessa confusão generalizada, não era
chamas destacavam-se as silhuetas de homens que possível determinar prontamente o número exato. Rabov
corriam em todas as direções. A agitação estava estava novamente do lado de Rhodan, a mão sobre a
aumentando. coronha da pistola automática. Parecia não ter percebido
— Como sabe que eu pertenço à Terceira que Marshall havia fugido. Mas também podia ser que
Potência? — perguntou Rhodan e olhou para Marshall. soubesse do fato, e só não achava o momento propício
Antes que Rabov pudesse responder, o telepata disse: para discutir o assunto.
— Uma nave foi derrubada sobre outro platô. Alguém acendeu um archote primitivo. Um
Rabov foi até lá e encontrou uma mulher e um robô. Os homem alto, de barba negra, atravessou o círculo de luz e
dois se encontram agora nas mãos do general parou diante do sargento, no qual devia ter reconhecido o
Tomisenkow. comandante daquele destacamento.
Deliberadamente Marshall não citou nomes, mas — Quem são vocês? — perguntou, em tom
Rhodan compreendeu imediatamente que Thora não arrogante. — Pertencem aos rebeldes?
tinha chegado à fortaleza venusiana. Também tinha — Podia fazer a mesma pergunta ao senhor! —
fracassado no seu intento. A essa altura, já devia ter retrucou Rabov. A arma na sua direita apontava para o
revelado a sua identidade e isso tornava a situação mais chão. — O senhor matou quatro dos meus homens!
crítica, porque o general Tomisenkow jamais entregaria — Quer dizer que não são rebeldes? É curioso.
voluntariamente um trunfo tão alto. Então são homens do general Tomisenkow?
— Isso é verdade? — perguntou Rhodan, — E se for o caso?
dirigindo-se a Rabov. — Não melhora em nada a situação... a sua, bem
O sargento acenou perplexo. entendido. Não queremos ter nada com ninguém; nem
— Como é que ele sabe disso? com Tomisenkow, nem com seus adversários!
Rhodan ignorou a pergunta. — Se é assim, por que atacaram os rebeldes?
— Quem é essa mulher? O outro não deu resposta a esta pergunta. Disse:
— Não disse o seu nome, porém admitiu — Vamos continuar a conversar na aldeia. Sigam-
pertencer à Terceira Potência. Mas ela mentiu quando me até lá. Se forem sensatos, vai ser fácil encontrar uma
disse que veio apenas na companhia do robô. O senhor solução. Os sobreviventes da aldeia já se aliaram a nós.
58
— A vocês; afinal de contas quem são vocês? Hoje, qualquer um encobria as intenções agressivas sob o
O desconhecido estufou o peito. manto do pacifismo e afirmava que suas ações serviam
— Eu sou Wallerinski, o presidente dos pacifistas. unicamente à causa da paz. Graças a Deus, as coisas
Rabov acenou lentamente e lançou um rápido haviam mudado desde que existia a Terceira Potência.
olhar para Rhodan. Depois seus olhos fitaram os quatro Mas, em Vênus, a história da Humanidade ainda se
soldados mortos, vítimas daquele ataque de surpresa. encontrava no limiar.
— Ah! Agora estou entendendo — disse ele, e Okura e Marshall pararam na orla da clareira. Se
deu um suspiro. — Quer dizer que vocês são pacifistas? avançassem mais, corriam o risco de serem descobertos.
Parece inacreditável, mas até em Vênus já estão Mas, mesmo que o japonês perdesse agora Rhodan de
realizando um baile de máscaras de dogmas humanos. vista, Marshall continuaria em comunicação com ele, se
Todo mundo trocou de papel e se disfarça com mantos bem que essa comunicação era apenas unidirecional.
alheios. Pacifistas transformaram-se em assassinos e Infelizmente o dom telepático de Rhodan era muito
incendeiam uma aldeia. Rebeldes tornam-se colonos limitado, porém ele sabia que Marshall conseguia captar
pacíficos e são escorraçados da sua gleba. Tropas seus pensamentos. E foi desta maneira que o australiano
regulares levam uma vida de bandidos. Realmente é uma ficou sabendo de tudo que se passava naquela aldeia,
situação muito clara e inequívoca! apesar de não poder utilizar o rádio de pulso.
— O que quer dizer com isso? — vociferou A ampla sala de reuniões estava repleta de
Wallerinski furioso. homens e também algumas mulheres, que pertenciam ao
Rabov encolheu os ombros. grupo rebelde. Wallerinski galgou uma mesa, ergueu as
— Entendeu muito bem o que eu quis dizer! — duas mãos e pediu silêncio. Lançou um olhar ligeiro para
retorquiu e acrescentou: — Vá lá; vamos acompanhá-lo. um punhado de prisioneiros no fundo da sala, certificou-
Mas vou avisando logo: não vamos permitir que nos trate se que as saídas estavam devidamente guarnecidas por
como prisioneiros! sentinelas, e depois começou a falar.
No íntimo, Rhodan teve de admitir que estava — Homens e mulheres! — gritou com uma voz
simpatizando com o sargento Rabov. autoritária e nada agradável. — A luta entre nós
terminou. Tomamos a resolução acertada de nos unir. De
*** agora em diante, vamos trilhar juntos o caminho do
Favorecido pela escuridão, Okura conseguiu se futuro. Queremos que a paz reine em Vênus, mas para
manter perto da patrulha desde o momento de sua fuga. que isso se torne realidade é preciso eliminar uma última
Testemunhou o assalto e o surpreendente armistício e, ameaça, a maior de todas. E essa ameaça é o general
quando viu Marshall fugir, fez com que o australiano o Tomisenkow. Insiste em realizar o intento suicida de
encontrasse. Juntos, começaram a seguir os dois grupos atacar a base de Rhodan. Foi motivo bastante para nos
que marchavam para a aldeia e se vigiavam mutuamente, separarmos dele. Vocês fizeram o mesmo, se bem que
abertamente desconfiados. por uma razão diferente: querem se tornar colonos
— Devíamos tirar Rhodan do meio daquele pacíficos e melhorar suas condições de vida. Mas antes
pessoal — murmurou Okura, que não conseguiu se livrar que possamos nos dedicar ao nosso trabalho,
de certo sentimento de culpa. Mas Marshall sacudiu a Tomisenkow tem que ser eliminado, e é preciso inculcar
cabeça. nos seus homens a convicção de que nossos objetivos são
— Não é o que ele quer. Eu agora consigo captar melhores. E para isso, precisamos de um líder.
bem os seus pensamentos, e há mensagens para nós no Lá da porta alguém gritou:
meio deles. Ele quer ficar junto desse Rabov, porque só — Wallerinski é o nosso líder! Vai nos trazer a
esse sabe onde Thora se encontra. No momento, ele não liberdade!
corre perigo. Se a situação se tornar crítica, quer que o Rhodan acenou lentamente.
libertemos junto com Rabov. Mas, se possível, sem — É assim que começam todas as guerras! —
derramamento de sangue. sussurrou tão baixinho que só Rabov, que estava ao seu
— E como é que vamos saber se a situação ficou lado, pôde ouvi-lo.
crítica ou não? — objetou o japonês, ainda céptico. — O sargento não respondeu. Pressentia que,
Não gostei nem um pouco desse cara que apareceu por fatalmente teria que tomar mais uma decisão portentosa.
último. Só não podia imaginar o que essa decisão envolvia.
— Wallerinski? É um fanático inofensivo.
— Será que existem fanáticos inofensivos? —
observou Okura, que tinha suas dúvidas. — Mesmo o 5
fanático mais burro pode ser perigoso. Por falar nisso,
gostaria de saber que causa esse Wallerinski defende tão Até nova ordem, o Exército de Mutantes de Perry
fanaticamente! Rhodan ficou sob o comando de Reginald Bell, ministro
— O pacifismo! — respondeu Marshall da segurança da Terceira Potência. Um dos efeitos da
sombriamente. — Consegue ver bem agora? radiação liberada pela bomba atômica de Hiroshima foi
— Lá na frente está a aldeia. Metade foi destruída certa alteração no sangue das vítimas, e, pouco menos de
pelo incêndio e os escombros ainda estão fumegando. Os vinte anos após aquele terrível evento e que apareceram
habitantes fugiram. Se a sua afirmação foi correta, os primeiros mutantes. Entre eles havia telepatas, aos
estamos diante da obra de um pacifista. qual nenhum pensamento dos seus semelhantes ficava
Havia amargura nas palavras do japonês. Sabia oculto. Havia localizadores, que captavam ondas
quantos abusos já tinham sido cometidos em nome do encefálicas e podiam reconhecer o estado de ânimo de
pretenso pacifismo. E sabia isso de experiência própria.
59
terceiros. Havia ainda os telecinetas que, graças à energia pilotos. Alguma pergunta?
da mente, conseguiam locomover matéria através de Bell olhou ao redor.
grandes distâncias. Já os teleportadores empregavam a — Muito bem, então dentro de trinta minutos;
força do pensamento para se desmaterializarem o que podem se retirar!
lhes permitia transportar a si mesmos através de longos Ia sair rapidamente da sala, mas quase esbarrou
percursos. em Gucky, que estava ocupando o vão da porta.
O único membro extraterreno do exército secreto — Só uma perguntinha — disse o rato-castor,
dos mutantes era Gucky, o rato-castor do planeta exibindo seu único dente roedor, o que significava que
Vagabundo. Durante uma escala, esse ser — que não estava rindo.
chegava a ter um metro de altura — havia se escondido Mas isto não implicava que também estivesse de
sorrateiramente a bordo da nave espacial e, a partir desse bom humor. Bell sabia disso, ao menos devia ter sabido.
momento, pertencia ao reduzido círculo dos amigos mais — Fale logo, estou com pressa!
íntimos de Rhodan. — Eu sou membro do Exército de Mutantes e,
Isso podia parecer estranho, mas, apesar do seu portanto, vou participar dessa missão. Ou não?
aspecto, Gucky não era um animal. Era um ser — Você? Quer ir a Vênus para cometer uma das
inteligente, capaz de pensar e raciocinar. Sob a suas travessuras? E causar confusão geral? Nem pense
orientação de John Marshall, havia aprendido inglês e até nisso!
intercosmo: e agora estava apto a se comunicar Bell ia forçar a passagem, porém Gucky bloqueou
perfeitamente nesses idiomas. Gucky costumava se o caminho.
sentar diante dos visitantes de Rhodan, apoiando-se na — Vou contar isso a Rhodan! — ameaçou,
cauda de castor. E todos achavam aquela criatura “muito mudando de tática.
engraçadinha”. Mas, invariavelmente, levavam um susto — Por mim, pode contar a ele o que você quiser
tremendo quando de repente, dizia: — grunhiu Bell e tentou em vão levantar o pé. Era como
— Bem, e o senhor como tem passado, se estivesse pregado ao chão. — Pare com essa
cavalheiro? brincadeira, seu anão! Prender o meu pé! Isto é
E ainda por cima era o melhor telecineta de todo o insubordinação!
corpo de mutantes! Foi um custo fazê-lo perder o hábito — Posso ir com vocês ou não?
de brincar voluntariamente com essa faculdade; porém Bell sentiu que o sangue lhe afluía à cabeça.
agora já não havia naves espaciais que decolavam sem Alguns dos mutantes tinham se aproximado e estavam
razão ou canhões de radiação que disparavam sozinhos. começando a rir.
Mas não era só isso. Gucky possuía ainda vários outros — Não pode, não! — decidiu Bell, se bem que
talentos, entre os quais se destacava uma extraordinária agora ainda poderia ter evitado uma derrota ignóbil. —
capacidade telepática, ainda mal explorada. Tratava-se, Não mesmo! Essa missão requer homens, não um
enfim, de um verdadeiro gênio universal. Mickey Mouse!
Entre ele e Bell reinava uma espécie de Não deveria ter dito isso. Gucky sentia-se
antagonismo amistoso, fato que se revelava toda vez que mortalmente ofendido toda vez que alguém o apelidava
se encontravam. Como hoje, quando Bell convocou o de Mickey Mouse.
Exército de Mutantes para explicar os detalhes da nova Bell sentiu que a pressão no seu pé estava
missão. cedendo, mas isto pouco lhe adiantou.
As solenidades foram encerradas com o discurso De repente, se tornou leve como uma pluma.
de Bell e o mundo voltou ao dia-a-dia. Bell se lançou ao Apoiado na cauda de castor, Gucky estava sentado diante
trabalho. Estava preocupado. O destróier de Rhodan dele e o observava fascinado. Exibia o dente solitário
tinha sido avistado pela estação lunar para, em seguida, num riso manhoso. O pelo castanho da nuca se eriçou,
desaparecer na direção de Vênus. formando uma gola lanosa.
E, a partir daquele momento, não havia mais — É sua palavra definitiva? — estridulou,
notícias dele ou de Thora. As hiperestações radiofônicas tremendo de excitação.
mantinham os receptores ligados noite e dia, porém, A voz de Gucky já era esganiçada por natureza,
nenhum comunicado veio de Vênus. Isso foi o suficiente mas adquiria uma estridência fora do comum quando o
para que Bell se lembrasse da ordem de Rhodan. seu dono estava emocionado.
Convocou os mutantes, expôs a situação e lhes ordenou — É definitiva, sim! — berrou Bell, a plenos
que se apresentassem a bordo do girino número cinco, pulmões, apesar de saber que não adiantaria nada e quais
dentro de meia hora. seriam as consequências. Queixar-se a Rhodan também
Aquela nave esférica, designada no código das seria totalmente inútil, pois esse só iria rir dele a valer.
comunicações pela palavra girino, tinha um diâmetro de Fato é que Gucky tinha umas tantas regalias; e sabia tirar
sessenta metros, e era capaz de voar com velocidade o máximo proveito delas.
superior à da luz. Do ponto de vista terrestre, podia ser Uma ligeira rigidez apareceu no olhar meigo de
considerada como a nave espacial perfeita; entretanto, Gucky, sinal que estava se concentrando. E Bell ficou
arcônidas a utilizavam apenas como nave auxiliar dos definitivamente liberto da gravidade... e começou a subir
seus couraçados espaciais da classe império. como um balão. Mãos invisíveis abriram a janela, e Bell
Bell finalizou sua exposição sucinta, dizendo: flutuou para fora.
— ...portanto, algo pode ter acontecido a Rhodan. E lá ficou pairando, trinta metros acima do piso
Exijo o máximo empenho de todos e que ajam com de concreto, sustentado apenas pelas formas telecinéticas
rapidez e decisão. Vamos levar cinqüenta soldados- de Gucky.
robôs, além de dez caças espaciais com os respectivos Exibindo um riso triunfante, Gucky bamboleou
60
até a janela, galgou o parapeito com um salto elegante, e R.17, com voz rangente. Parecia que tinha chegado a
pôs-se a observar o amigo, que devolveu o olhar com época da sua revisão anual. Era preciso lubrificar, com
uma expressão de raiva impotente. urgência, alguns dos mancais da sua laringe artificial. —
— Como é? — piou Gucky, alegremente. — não A instalação eletrônica de vigilância não nos reconheceu.
vai mudar a sua decisão? Afinal, você tem que admitir — Não acha possível que Rhodan mandou
que eu sou um aliado bastante capaz. derrubá-los de propósito para que não pudessem penetrar
— É, mas duvido que consiga fazer flutuar um na base de Vênus? — perguntou Tomisenkow, ardiloso.
sáurio — resmungou Bell e olhou para baixo, apavorado. — Isto é absurdo! — objetou Thora. — Rhodan
Seus pés estavam apoiados em nada. — Além do mais, ainda não podia ter chegado aqui!
isso não passa de pura extorsão! — Ah! Quer dizer, que ele ainda vem?
— Que palavra mais feia! — indignou-se Gucky e Thora mordeu os lábios. Volta e meia cometia o
fez com que Bell caísse dois metros. — Um homem erro de subestimar os homens. Por pouco não se traiu.
educado não usa um termo desses! Agora era tarde demais para tirar Rhodan da jogada.
— Não faz ideia dos termos que tenho em mente — É possível — disse ela, procurando uma
em relação a você! Está bem; vou pensar no caso. Mas evasiva. — Tudo é possível. Talvez seja até possível ao
agora me faça entrar! senhor explicar por que pretende me deter aqui. Sabe tão
— Quero saber se vou participar dessa missão, ou bem quanto eu que o meu robô pode destruir todo seu
não! — insistiu Gucky. acampamento. Vai me fornecer agora as provisões
Parecia não tomar conhecimento da presença dos pedidas e os soldados? Ou quer que eu tente chegar lá
outros mutantes, que acompanhavam o espetáculo com sozinha?
vivo interesse. Nenhum deles ousou interferir, porque — Vai pensar duas vezes antes de empreender
Bell poderia se estatelar no fundo. Mas Gucky não via algo contra mim, pois sozinha está praticamente
perigo algum; confiava nas suas forças. indefesa! Só com esse robô, nunca vai chegar à base a
Bell deu um aceno convulsivo e tentou encostar mais de quinhentos quilômetros daqui. Portanto, a
as mãos na parede do prédio. senhora depende de mim. Bem, quero me aproveitar da
— Está bem; você vem conosco, mas sob uma sua situação precária. Vou ajudá-la. Vou levá-la à base,
condição. caso as barreiras não nos detenham.
— Qual é? — quis saber Gucky, desconfiado, e — Essas reagem ao padrão dos cérebros
fez desaparecer o dente. arcônidas, portanto, não constituem perigo.
— Você tem que me prometer que vai se — Ótimo! E, quando estiver diante da base, o que
comportar direitinho, e fazer tudo que eu lhe mandar. E vai fazer, e o que vai acontecer comigo?
nada de travessuras em Vênus! Entendido? — Pode regressar, são e salvo.
O rato-castor fez Bell pousar suavemente no O general Tomisenkow deu um sorriso manhoso.
peitoril e acenou vivamente com a cabeça. — Quanta generosidade de sua parte, nobre
— De acordo. Mas se você não cumprir sua arcônida! Quando Rhodan a salvou na Lua a senhora o
palavra, deixando-me aqui, vou fazê-lo voar para a Lua recompensou, dando-lhe o poder sobre a Terra. Agora eu
sem traje espacial! a salvo aqui, e está querendo me despachar com uma
Sem uma palavra, Bell pulou do peitoril e se mera esmola. Aliás, esmola coisa nenhuma! O que
dirigiu à porta. pretende me dar já possuo há muito tempo. Segurança?
A telepata Betty Toufry corou subitamente e fixou Essa eu tenho! Não, minha cara, se quiser chegar à
um olhar estarrecido nas costas de Bell. fortaleza vai ter que pagar um preço condizente... ou
O ministro da segurança da Terceira Potência pode tentar ir sozinha!
devia ter pensado uma imprecação terrível e, ao mesmo Tomisenkow sabia que Thora jamais chegaria à
tempo, bastante obscena. base sem ajuda, um fato que ele pretendia explorar. Além
disso, era seu propósito, separar Thora do robô na
*** primeira oportunidade, para aprisioná-la. Não existia
O general Tomisenkow observou sua visita refém melhor do que Thora.
inesperada com indisfarçada satisfação. Realmente, a Principalmente se era verdade que Rhodan estava
sorte o havia bafejado além de qualquer expectativa. se dirigindo para cá.
Thora havia caído em suas mãos! Logo Thora, a Nem por um instante Thora acreditou na
colaboradora íntima de Rhodan! Logo ela, a arcônida, a sinceridade desse homem. Agora mesmo poderia ter
quem Rhodan devia todo o seu poder! dado uma ordem de aniquilamento total a R.17. Mas, de
Tomisenkow pôs-se a matutar no que tinha que lhe valeria isso? Além disso, ela não sabia com que
acabado de ouvir. Era preciso aprender a lidar Com armas os homens de Tomisenkow estavam equipados.
Thora, a não contrariá-la. Talvez assim pudesse ser Talvez até conseguissem eliminar o robô, e nesse caso
levada a revelar, um dia, alguns dos segredos dos ela estaria perdida de fato. Pesou bem as palavras, antes
arcônidas. Seria tão absurdo imaginar que isso pudesse de pronunciá-las:
acontecer? Tomisenkow achava que não. Afinal, a nave — Não tenho saída. Vou precisar do seu auxílio.
de Thora não tinha sido derrubada pelas armas do Reconheço, também, que vou ter que pagar por ele.
próprio Rhodan? Vamos aguardar o romper do dia. Aí podemos discutir os
— É lastimável, realmente lastimável! — disse o detalhes. Até lá, peço que me dê um alojamento para
general, cheio de simpatia. — E estão achando que tudo mim e o robô.
não passou de um engano lamentável? — Esse também precisa dormir? — perguntou
— Absolutamente não foi um engano — disse Tomisenkow, com ironia.
61
Thora sacudiu a cabeça e disse reservada: na sua intuição do que nos seus olhos. Enquanto
— Ele não. Mas eu preciso. caminhava, com passos seguros em direção leste,
pensava constantemente na sua posição, para que
*** Marshall tivesse mais facilidade em encontrá-lo.
Rhodan, Rabov e seus homens não podiam ser Se Marshall não estivesse dormindo agora.
considerados como prisioneiros, na acepção normal do Aquela aldeia semicalcinada ficou para trás. Lá na
termo. A começar pelo fato de que puderam ficar de frente, em direção ao bosque, estava ficando mais escuro.
posse das armas. Foram alojados numa grande choupana, Uma luz relampejou por alguns segundos. Depois
diante da qual Wallerinski postou imediatamente Rhodan ouviu que alguém atravessava os arbustos com
algumas sentinelas; não para vigiá-los, como afirmou, e passos seguros. Ninguém caminhava assim de noite, a
sim para protegê-los. não ser que portasse uma lâmpada e pudesse ver.
Rhodan pediu a Rabov que lhe devolvesse a arma — Okura?
bem como a dos seus dois companheiros. O sargento — Sim!
anuiu prontamente ao pedido. Talvez pressentia que, Era como se o sopro de uma brisa alcançasse o
num futuro próximo, necessitaria do auxílio desse ouvido de Rhodan através do silêncio da escuridão.
estranho misterioso. Claro, Okura não sabia quem estava com ele. Um
— O que vai acontecer agora? — perguntou descuido de Marshall, não contar esse detalhe ao
Rhodan. Achava que Rabov devia conhecer melhor a japonês.
mentalidade dos seus patrícios. — Acredita que o grupo — Sou eu — sussurrou Rhodan. — Rabov está
de Wallerinski vai atacar as tropas do general? comigo. Vai nos levar ao general Tomisenkow... e a
— É mais do que certo! Thora.
— E não acha que, na posição que ocupa, tem o Rhodan sentiu que o sargento estremeceu.
dever de alertar Tomisenkow? — Vou levá-los a quem? — e, como não recebeu
Rabov vacilou. Aquele grupo de colonos rebeldes, resposta, acrescentou: — Thora! Não é a arcônida?
aos quais ele quis se unir, praticamente não existia mais. E após mais uma pequena pausa perguntou:
Detestava Wallerinski por causa das suas frases — Quem é o senhor?
empoladas. Nesse caso, seria melhor ficar ao lado do — Está tudo em ordem? — perguntou Rhodan e
general Tomisenkow. Rabov acenou. depois se dirigiu ao sargento: — Não se preocupe
— Sei que é meu dever avisá-lo; mas como vou inutilmente, meu caro Rabov. Apostou no cavalo
sair daqui sem despertar suspeita? vencedor do páreo... mas, ainda pode escolher outro, se
— Não se preocupe com isso; eu só queria saber quiser. Leve-nos a Tomisenkow e deixe todo o resto
de que lado o senhor está. Meus dois amigos vêm nos comigo!
buscar. Um deles consegue ver mesmo de noite, e vai E assim aconteceu que três grupos diferentes
poder nos conduzir em segurança através da escuridão. E tencionavam fazer uma visita ao general desaparecido;
eu recuperei as minhas armas, com as quais eu poderia claro que cada qual por razões próprias... igualmente
liquidar essa bagunça toda em questão de segundos... diferentes.
mas para que... Bell vinha para procurar Rhodan, cujo paradeiro
Rhodan se concentrou esperançoso de que ele desconhecia.
Marshall pudesse captar seus pensamentos agora. Se o Wallerinski armou-se de violência para implantar
conseguisse, então ele e Okura já deviam estar a caminho a paz onde não havia guerra.
da aldeia para libertá-lo. Talvez não fosse também má E Rhodan queria libertar Thora que, por seu lado,
ideia ir ao encontro deles. não fazia a menor questão de ser libertada por Rhodan.
Virou-se para Rabov: Ao menos não agora.
— Que sabe daquela mulher e do robô, cuja nave
foi destruída sobre o planeta? Ela está em segurança?
— Está sim — Rabov arreganhou os dentes — 6
mas é uma segurança relativa. Faz muito tempo que os
nossos homens não veem uma mulher! A distância era relativamente pequena; por isso
— Então não vão ficar muito contentes com a sua Bell dispensou o salto através do hiperespaço, não
prisioneira! — vaticinou Rhodan, irado. Sabia que, se acelerando o girino número cinco até a velocidade da
fosse preciso, o robô poderia transformar Tomisenkow e luz. A Terra se tornou rapidamente uma estrela brilhante,
sua força armada em cinza radiativa; entretanto, o Sol passou pela esquerda, e depois Vênus, radioso,
violência não resolve problemas. — Diga a seus homens dominou o setor do céu diante da proa.
que vamos apanhá-los mais tarde. Não temos mais tempo Um estalo acompanhou o desligamento do piloto
a perder. Meus amigos já estão nos esperando. Lá na orla automático. Bell voltou a assumir o comando da grande
da floresta, em direção leste se não me engano. nave esférica. Conhecia perfeitamente a localização da
Rabov deu suas instruções. Depois o sargento e base em Vênus e, pelos seus cálculos, havia constatado
Rhodan saíram da choupana. que ela ainda se encontrava mergulhada na noite
Quase no fim da rua ardia uma fogueira, rodeada venusiana. O sol nasceria somente daqui a quarenta
por alguns homens, cujas silhuetas as chamas revelavam. horas.
Provavelmente estavam cansados e preferiam mil vezes Aos poucos, Bell começou a ficar intranquilo.
estar dormindo. Se tudo tivesse decorrido normalmente, há muito
Perto da choupana não havia ninguém. tempo Rhodan teria enviado alguma notícia. Será que
Rhodan agarrou a mão de Rabov e confiou mais
62
não tinha encontrado Thora na base? E, se não, o que mesmo não sei o que aconteceu. Espere um momento,
teria acontecido a Thora? Talvez ela nem tivesse se Seiko está me chamando.
dirigido a Vênus, ousando realizar um voo interestelar O rosto do telegrafista estava lívido quando
com aquele destróier. apareceu na tela de imagem. Mexia nos seus aparelhos.
Bell virou a alavanca do intercomunicador e — Mensagens radiofônicas — disse ele, sem
estabeleceu a comunicação visual com a sala radiofônica. interromper os manejos. — Da hiperestação. Deve ser o
Lá, Tanaka Seiko estava de serviço. Seiko era japonês, cérebro positrônico. Recusa a permissão para o pouso.
técnico de altas frequências, e o rastreador do Exército — O quê? — berrou Bell. Seus cabelos curtos e
de Mutantes. Sem o auxílio de qualquer aparelho, ruivos se ouriçaram ameaçadoramente e transformaram-
conseguia captar as ondas eletromagnéticas e, o que era se numa verdadeira escova de aço. Uma ira repentina
mais surpreendente, conseguia ouvir as emissões brilhava nos seus olhos. — Que ideia maluca é essa?
irradiadas por homens, em todas as frequências de ondas. Pergunte a esse robô idiota qual a razão da sua recusa!
Não havia homem mais indicado para a estação- Bem que Seiko tentou, mas seus esforços foram
receptora da nave. em vão. Com uma obstinação irritante, a instalação do
Seu rosto apareceu na tela de visão. cérebro positrônico enviava constantemente a mesma
— Chefe? mensagem, sem tomar conhecimento das tentativas
Bell gostava de ser chamado assim. Era um sinal desesperadas do japonês.
de respeito e admiração. Também não era ele o substituto — A chave secreta X foi ativada. Qualquer
direto de Rhodan? Era algo que encheria qualquer um de aproximação na atmosfera de Vênus será impedida com
justo orgulho. o campo repulsor hipergravitacional. Repito: a chave
— Nada, ainda? secreta X foi ativada...
— Não captei um pio de Vênus até agora! — Repetia essa mensagem incessantemente, como se
Seiko sacudiu a cabeça. — E como se lá não houvesse estivesse gravada numa fita sem fim.
homem algum. Finalmente Bell desistiu, e ordenou a Seiko que
— O que provavelmente não está certo, porque, vasculhasse toda gama de frequências, à procura de
se eu me recordo direito, também às tropas desaparecidas algum outro sinal radiofônico. Desligou o
do Bloco Oriental possuem aparelhos radiofônicos. Mas, intercomunicador e se dirigiu a Marten:
o que me intriga demais, é que nem Rhodan, nem Thora — Nessas condições, Rhodan também não
deram sinal de vida até agora; isto é um bocado conseguiu pousar. O cérebro positrônico deve ter
inquietante! enlouquecido.
— Os minitransmissores são fracos demais para Bell não podia saber que esse procedimento
essa distância. estranho nada mais era do que uma consequência lógica
— Mas não os aparelhos do destróier! dos acontecimentos precedentes. O próprio Rhodan havia
— Talvez apresentaram algum defeito. programado a chave secreta X no cérebro positrônico
— O quê?! Os aparelhos radiofônicos dos durante a sua última visita à base venusiana.
destróieres? O cérebro tinha recebido a ordem de erigir o
— Quem sabe... campo repulsor indistintamente diante de qualquer um,
Bell refletia febrilmente, mas não encontrou conhecesse ele o código ou não, se antes tivesse
qualquer explicação. Seria possível?... Não, era melhor registrado alguma ocorrência que pudesse ser
nem pensar nisso! Aliás, não havia razão para isso. Pois, considerada suspeita.
quem poderia ter impedido Rhodan de pousar em Vênus? E esse estado de programação havia sido atingido
A instalação de vigilância positrônica da hiperestação o naquele instante em que o cérebro derrubou os dois
reconheceria, evidentemente. destróieres. Eram naves da frota de Rhodan, sem dúvida,
— Está bem, Seiko, mantenha o receptor ligado. mas não conheciam o código secreto.
E comunique imediatamente qualquer novidade. Vou O girino número cinco também era uma nave de
agora iniciar as manobras de pouso. Rhodan, e essa conhecia o sinal. Mas agora já era tarde
Vênus, uma bola brilhante, já tinha se aproximado demais. O campo repulsor havia sido erigido e só podia
bastante. O lado direito ainda estava na escuridão. ser novamente eliminado por uma chave especial dentro
Mediante uma pequena evolução, Bell colocou a nave da fortaleza.
exatamente sobre a zona da meia luz. Depois, começou a Somente um arcônida, ou o próprio Rhodan,
baixar. podiam penetrar na base, graças ao padrão característico
Quando o casco da nave entrou em contato com das suas ondas encefálicas.
as camadas superiores da densa atmosfera, o girino E com isto tinha se chegado a um ponto morto,
número cinco foi sacudido por um violento abalo que que só poderia ser superado por Thora ou Rhodan, mas
arrancou Bell da poltrona. Enquanto se levantava, meio nunca por Bell.
aturdido, perscrutando rapidamente os controles, a porta No momento talvez fosse até bom que Bell não
da central se abriu e vários dos mutantes entraram soubesse disso. Sua raiva daquele cérebro positrônico
correndo. teria atingido proporções incomensuráveis.
Ralf Marten segurou-se na parede. A nave esférica girava em torno de Vênus a uma
— O que está se passando com você, Bell? Está altura constante. Não podia baixar mais, porque aquele
querendo nos matar a todos? anteparo energético a impedia de fazê-lo. Ver, também
Bell lançou um olhar de desprezo para aquele não se via nada, já que os aparelhos eram incapazes de
teutojaponês, esguio e de cabelos escuros. perfurar a densa camada de nuvens. Apenas Wuriu
— Está com medo? Mas, honestamente, eu Sengu, com sua visão raio-X, conseguia enxergar a
63
superfície do planeta. A sua faculdade de poder Rhodan e seus companheiros confiavam
trespassar a matéria sólida com o olhar proporcionou-lhe plenamente nas suas infalíveis armas energéticas e
a oportunidade de ver selvas, pântanos, mares e tranquilizaram Rabov, que portava apenas a pistola de
cordilheiras, mas isso em nada contribuía para sair do serviço, com a qual, realmente, não poderia enfrentar
impasse. aqueles gigantes pré-históricos. Víveres não constituíam
— Agora eu tenho certeza — murmurou Bell, preocupação, porque ainda possuíam algumas provisões
desesperado — que algo aconteceu a Rhodan. Se a culpa e alcançariam o acampamento de Tomisenkow dentro de
for daquele cérebro positrônico, vou transformá-lo em vinte horas, na pior das hipóteses. E, se a água
sucata com estas minhas mãos! escasseasse, poderiam se reabastecer no rio que
Ralf Marten sacudiu a cabeça. atravessava a baixada.
— É um propósito meio difícil de realizar, porque Quando chegaram ao local, onde Rabov os havia
ninguém; repito ninguém pode pousar em Vênus no capturado de surpresa, já havia claridade suficiente para
momento. O planeta encontra-se totalmente isolado. Não poder reconhecer a vizinhança imediata. E não ficaram
sei o que aconteceu, mas sei que as instalações muito satisfeitos com o que viram.
automáticas da base são de uma confiabilidade a toda A queda d’água precipitava-se num rio, que corria
prova. Não há poder no mundo que possa impedi-las de velozmente e desembocava num imenso lago. Ao longo
cumprir rigorosamente com o seu dever. das margens desse lago, explicou Rabov, serpenteava o
— Dever! — gemeu Bell, nervoso. — O que esse caminho através da baixada. A margem era constituída
monturo idiota de lata entende de deveres? Era sua por mata cerrada, da qual se levantava um denso
maldita obrigação ajudar a nós e a Rhodan. Em vez nevoeiro que se mesclava com as nuvens baixas. A leste,
disso... bolas! uma mancha difusa pairava na neblina mormacenta — o
Chamou Seiko na central radiofônica. sol.
— Precisa emitir constantemente e procurar Havia movimento no lago. Aqui e acolá, via-se
estabelecer uma ligação com Rhodan. Deve estar lá um remoinho e depois apareciam os enormes corpos de
embaixo, entre selvas, pântanos e sáurios. sáurios dos mais diversos tipos que, de uma maneira
Com um suspiro, que denotava sua profunda geral, apresentavam grande semelhança com aqueles
aflição, recostou-se na poltrona do piloto e se entregou que, em priscas eras, tinham povoado a Terra. Alguns
aos seus pensamentos sombrios. permaneciam na água rasa e começavam a pastar
E por baixo da nave rodava, com infinita lentidão, embaixo da superfície. Estes eram os menos perigosos.
o planeta encoberto, que se recusou a revelar os seus Outros, porém, nadavam ou caminhavam
segredos. pesadamente até a margem, galgavam a terra firme e,
*** bamboleantes, desapareciam na floresta, onde se
Durante a descida do platô notaram os primeiros dedicavam a devorar pequenas árvores sem a menor
indícios da aurora. dificuldade.
Longe, no leste, Rhodan vislumbrou um tênue Rhodan havia assistido àquela movimentação com
brilho na escuridão impenetrável. Os primeiros raios olhos semicerrados. Soltou um suspiro e disse a
lançaram-se do horizonte para as camadas superiores das Marshall:
nuvens, tingindo-as num tom róseo. Mas a luminosidade — Até que enfim vai poder verificar se sáurios
se alastrava muito lentamente e, no momento, era pensam, e o que eles pensam. Acredita que os cérebros
impossível definir a posição do sol atrás daquela faixa de deles são capazes de emitir correntes de pensamentos?
claridade incipiente. — E por que não? — respondeu o telepata,
Isto ainda levaria horas. pensativo. — Tenho para mim que os pensamentos deles
Durante a marcha através da escuridão da noite não devem lá ser coisa muito sensata ou lógica, mas seria
venusiana, Okura os havia alertado constantemente muita presunção negar-lhes qualquer capacidade de
contra todos os obstáculos que encontrava e, assim, pensar. Todo ser vivo pensa, até a formiga. Só o homem
conseguiram chegar até aqui em segurança. Não havia tem a pretensão de achar que é o único ser racional. Isto
sinal de possíveis perseguidores, e era mais do que o distingue do animal, mas de forma alguma no sentido
provável que só daqui a algumas horas a sua fuga seria positivo. Bem, nós astronautas somos diferentes daqueles
descoberta. que nunca tiraram o pé da Terra. Se tínhamos algum
Isso servia aos propósitos de Rhodan. Não tinha a preconceito, o perdemos pelo contato com o universo.
menor intenção de se intrometer na briga daquelas tropas Sabemos que a raça dominante de um planeta pode ter o
de invasão desbaratadas, as quais, no íntimo, ele já os aspecto de um réptil, e isto fez nascer em nós o respeito
considerava como os primeiros colonos venusianos. Mas pelo animal terrestre. Involuntariamente, não vemos num
não deixaria de alertar Tomisenkow; se conseguisse cachorro apenas o animal mas, sim, um verdadeiro ser
chegar até ele. E isto, pensou Rhodan, ainda era meio vivo, que só se distingue de nós, pelo fato de pensar de
incerto. maneira diferente.
Entre os dois platôs, estendia-se a baixada com — Quer dizer que vê um parentesco entre a nossa
seus pântanos traiçoeiros. Rabov disse que a travessia era capacidade de aceitar raças estranhas e extraterrenas e o
menos perigosa à noite, porque assim que o dia raiasse os amor que dedicamos ao animal da Terra? — espantou-se
sáurios despertavam e saíam do seu esconderijo à Rhodan, apesar de estar começando a imaginar qual seria
procura de alimento. Disse, ainda, que na grande maioria a conexão.
eram herbívoros, o que, porém, não os impedia de — Perfeitamente — disse Marshall, em tom
atacarem outros seres vivos, se neles vissem convicto. — Pode ser atrevimento de minha parte, mas
concorrentes ou intrusos indesejáveis. vou mais longe ainda. Em minha opinião, apenas quem
64
ama verdadeiramente os animais está em condições de ostentava uma crista, constituída por placas ósseas. Os
avançar universo adentro e estabelecer contato com os olhos na pequena cabeça brilhavam com uma expressão
habitantes de planetas estranhos. Somente um homem traiçoeira. Da boca larga do réptil, pendiam tufos de
desses possui a compreensão necessária para não recuar capim e raízes de árvores.
horrorizado diante de formas de vida as mais — Um estegossauro — murmurou Rhodan,
impossíveis. Ao contrário, vai aceitá-las como são e indeciso. — A rigor, é um herbívoro inofensivo. Se não
reconhecer que têm os mesmos direitos; fato que, algum estivéssemos exatamente no seu caminho...
dia, poderá ser decisivo no estabelecimento da paz em — Atire logo — implorou Rabov, tremendo como
todo o universo. vara verde. — Vai nos esmagar! Eles atacam os homens,
Rhodan não deu resposta. Olhou para a selva eu já vi isso mais de uma vez!
mormacenta lá embaixo; sabia que outro não tinha sido o Marshall se afastou um pouco para o lado e
aspecto das planícies na Terra, milhões de anos atrás. ergueu a arma. Rhodan olhou para ele e sacudiu a
Naquela era, o animal havia sido o soberano do planeta, cabeça.
porque o homem só apareceu muito mais tarde. Devia a — Aguarde, Marshall.
sua existência ao animal, assim como o animal à planta. Okura parecia compreender que, apesar da
Sucedendo-se, um substituía o outro, e todos eram situação, Rhodan queria ganhar tempo para fazer uma
interdependentes. Um não existiria se não tivesse havido experiência. Por isso, também se afastou da trilha,
o outro. E nem um podia passar sem o outro. mantendo-se quase oculto no capim que a margeava.
E apesar disso, todos viviam da luta entre si... Rhodan acenou quase imperceptivelmente, nas não
Rhodan arrancou-se dos pensamentos. desviou o olhar do estegossauro.
— Não vai haver problemas; não há sáurio que O enorme animal arrastava o corpo pesado através
resista aos nossos irradiadores de impulsos. Só espero do capim, aproximando-se cada vez mais. Seguia os
não ter que matar muitos. Eles pertencem a esse mundo, movimentos dos homens com olhos ágeis, porém não fez
e esse mundo é deles. Vamos indo. qualquer menção de atacá-los. Rhodan havia agarrado
Rabov ia à frente, seguido de Rhodan, enquanto Rabov pela mão, puxando-o para perto de si. A poucos
Marshall e Okura formavam a retaguarda. Alcançaram metros de distância, o sáurio passou pelos homens, sem
rapidamente a margem do extenso lago pantanoso, mas lhes dedicar maior atenção. Esmagou o capim à sua
Rabov se manteve suficientemente afastado para não frente como um rolo compressor, deixando atrás de si
terem que atravessar terreno molhado demais. Debaixo uma verdadeira estrada de uns quatro ou cinco metros de
das gigantescas árvores, o chão ainda se apresentava largura, pela qual arrastava a cauda couraçada. Segundos
relativamente seco, era praticamente impossível que aqui depois, voltou a pastar pacificamente.
topassem com algum sáurio. Quando Rhodan se virou com um sorriso
Tudo estava correndo satisfatoriamente, até que triunfante para Marshall, viu a expressão de espanto no
contornaram a última enseada, deixando o lago para trás. rosto deste.
Não tinham escolha. Teriam que atravessar um capinzal — Pensou! — murmurou Marshall, ainda
de uns cinco quilômetros de largura, onde só em alguns aturdido. — Esse bicho pensou!
pontos espalhados se erguia uma árvore solitária. Aqui, o — E o que foi que pensou?
capim atingia uma altura de cinco metros, o que lhes Marshall sacudiu a cabeça.
tolhia inteiramente a visão. O chão era úmido e cedia. — Pensou com tanta clareza que cheguei a
Caminhavam como que por cima de uma esponja acreditar que um homem estivesse diante de mim!
gigantesca, e nem de longe se sentiam tão seguros quanto — Diga logo o que o bicho pensou, Marshall!
na selva. Será que o monstro o desnorteou?
Rabov apontou em direção ao alvo, que se — O que pensou foi o seguinte: “Será que vale a
destacava das névoas arroxeadas como um bloco de cor pena esmagar estas pragas nocivas?”
escura. — Pragas nocivas?
— Esta é a trilha que costumávamos percorrer; Marshall acenou.
mas só à noite. Daqui a pouco voltamos a pisar em — Sim, foi isso que ele pensou; e se referiu a nós!
terreno seco. Rhodan deu um sorriso fraco.
Apressou os passos para sair o mais depressa — Não é muito lisonjeiro, mas reforça a teoria a
possível da zona perigosa. Rhodan o seguiu vigilante, de respeito da qual estávamos filosofando ainda há pouco.
arma na mão. Que é impressionante, é. Mas vamos embora; não temos
De repente, Rabov emitiu um grito agudo, tempo a perder. De qualquer maneira, estou satisfeito
arrancou a pistola do cinto e disparou o pente inteiro na que não foi preciso matá-lo. O bicho pensou, e por isso
floresta de capim à sua frente. Depois recuou e esbarrou merece viver.
contra Rhodan, que teve dificuldade para se manter em Percorreram alguns metros da estrada aberta pelo
pé. estegossauro; depois Rabov enveredou pela direita. Não
Okura esticou o braço e apontou para frente, onde tinha entendido uma única palavra da conversa e devia
os colmos do capim subitamente se separaram. Rhodan achar que os seus três companheiros haviam ficado
pensou que o sangue fosse lhe congelar nas veias quando birutas. Mas não se atreveu a fazer perguntas.
viu o monstro que se arrastava em direção a eles, sem se Pouco depois, chegaram àquele paredão quase a
importar com os projéteis de Rabov, que haviam pique, e iniciaram a escalada. Seguiram por uma trilha
ricocheteado em sua pele. Devia ter uns dez metros de bastante batida e duas horas depois alcançaram a beira do
comprimento e se assemelhava a um dragão pré- platô.
histórico. Deslocava-se sobre quatro patas e nas costas Rabov olhou cuidadosamente ao redor, mas
65
parecia não encontrar o que estava procurando. Um Rhodan reprimiu suas dores.
pouco perplexo, virou-se para Rhodan. — Por enquanto, podemos nos abrigar naquela
— Não vejo as sentinelas. Isto é estranho. floresta, à direita. Não consegue descobrir o que esses
Normalmente havia dois homens postados aqui. homens pretendem? Afinal, a distância não é tão grande
— O acampamento de Tomisenkow fica longe? assim.
— perguntou Rhodan; já havia recolocado a arma no — Vou deixar isso para mais tarde, quando tiver
cinto. sossego suficiente para me concentrar — observou
— Uns dez minutos, não mais do que isso. Marshall. — Primeiro, precisamos levá-lo a um lugar
— Então vamos. seguro e tratar do seu ferimento.
O fato de não ter encontrado sentinelas parecia Rhodan resolveu não dar resposta. Sabia que
preocupar Rabov sobremaneira. Simplesmente não lhe podia confiar nos companheiros; além disso, precisava
entrava na cabeça que Tomisenkow tivesse relaxado de poupar suas forças.
tal maneira sua habitual vigilância. Logo ele, que era a Penetraram profundamente na floresta que, aqui,
desconfiança personificada. não era muito densa e finalmente encontraram uma
— Atrás daquelas rochas se encontram as gigantesca árvore, de tal maneira enleada por trepadeiras
primeiras cabanas — murmurou Rabov, e ia acrescentar que seria fácil galgá-la. Rhodan praticamente dispensou
mais alguma coisa, porém os acontecimentos que se auxílio, pois só precisou da mão esquerda para se alçar
precipitariam nos próximos segundos impediram que o pouco a pouco. Vinte metros acima do solo da floresta,
fizesse. encontraram um galho bastante largo e. achatado, que se
Era como se o inferno tivesse explodido. estendia quase na horizontal, perdendo-se no
Um silvo agudo fez com que Rhodan e seus dois emaranhado dos galhos vizinhos. Uma verdadeira cortina
companheiros se jogassem ao solo, numa fração de de cipós pré-históricos oferecia proteção para todos os
segundo. Rabov, porém, não reagiu com a mesma lados. Haviam encontrado uma cabana natural no alto da
rapidez. Onde estava, foi atingido pela saraivada de uma árvore e que, mais tarde, ainda poderiam reforçar por
metralhadora, oculta entre os arbustos. Cambaleou meio de galhos flexíveis.
durante uns dois ou três segundos, depois tombou O ferimento de Rhodan não era grave; a bala
pesadamente ao chão. havia atravessado o ombro de lado a lado. Marshall
Agora estavam sem guia, e teriam que achar aplicou um curativo e fez Rhodan tomar um remédio
sozinhos o caminho que levava a Thora. Rhodan sabia contra febre. Dez minutos depois, a respiração regular do
disso. E não precisava se certificar. E sabia também ferido mostrou que tinha caído no profundo sono da
que... convalescença. Mas Okura e Marshall continuavam
Uma dor lancinante varou-lhe o ombro direito. intranquilos.
Era como se alguém o tivesse trespassado com um ferro — Bem, cá estamos — disse Okura, sussurrando,
em brasa. Também tinha recebido um tiro. a fim de não acordar Rhodan. — Thora caiu nas mãos
O general Tomisenkow devia ter concentrado desse Tomisenkow, e nós estamos trepados nessa árvore
suas tropas na aldeia, substituindo as sentinelas e postos como macacos indefesos, e esperamos que aconteça um
avançados por uma instalação de defesa automática. E milagre. E Bell? Deus sabe onde se encontra. Não deve
isto significava morte certa para quem tentasse se estar se precipitando; também não tem noção que tudo
aproximar da aldeia. saiu ao contrário. Mas, a essa altura, devia começar a se
Marshall já sabia o que tinha acontecido. Apesar preocupar um pouco.
das balas sibilantes, ergueu-se de um pulo e se É claro que Okura não podia saber que Bell estava
aproximou de Rhodan para examiná-lo. bem acima deles, girando em torno de Vênus no girino
— Felizmente o tiro não afetou nenhum osso. número cinco, igualmente à espera de um milagre que
Mas temos que sair daqui. Okura ajude-me. lhe permitisse o pouso nesse maldito planeta. O aparelho
Rhodan gemia de dor, contudo tentou auxiliar radiofônico estava em funcionamento ininterrupto,
Marshall e o japonês, quando o arrastaram alguns metros tentando estabelecer comunicação com alguém. O
para trás. E, como por encanto, cessou de repente o receptor permanecia mudo.
matraquear das metralhadoras ocultas por toda parte. Com uma expressão melancólica, Marshall
Rhodan e os companheiros já se encontravam fora da checou as provisões.
zona de bloqueio. Constatou que eram bastante minguadas.
Rabov estava morto. Nunca mais necessitaria de — Não dá para aguentar muito tempo — disse ele
ajuda. Ao menos, não precisava mais se decidir a favor — a não ser que voltemos a caçar.
de Wallerinski ou de Tomisenkow. — Só daqui a três ou quatro dias Rhodan vai
Marshall e Okura sentiram-se aliviados quando poder mexer novamente o braço — constatou Okura. —
Rhodan declarou que estava em condições de caminhar Ao menos até lá devíamos ficar na proteção dessa
sozinho. Por via das dúvidas ampararam-no, um de cada cabana.
lado, e trataram de colocar distância entre eles e aquela — Ah! — resmungou Marshall e se acomodou.
traiçoeira armadilha mortal. Contra esta, nem mesmo os — Eu vou dormir. Vai ficar acordado?
irradiadores de impulsos seriam eficazes, porque não se — Se eu não ficar quem fica? — respondeu
conseguia discernir alvo algum. Okura, com um sorriso cansado. Ajeitou-se da melhor
Longe, atrás deles, ouviram uma voz de comando maneira que pôde, com as costas apoiadas no tronco da
e um tiro solitário. Alguns homens gritaram e depois se árvore, e colocou o irradiador de impulsos sobre os
fez novamente silêncio. joelhos.
— Vamos ficar no platô? — quis saber Marshall. ***
66
Após algumas horas de sono e uma refeição o Rhodan. — Nós vamos tentar fazer o mesmo com os
reforçada, Rhodan recuperou a costumeira energia. irradiadores de impulsos.
Graças aos excelentes medicamentos, a ferida sarou, e já — Não é necessário — asseverou Okura e puxou
começara a cicatrizar. Em instante algum chegou a estar uma pesada pistola do bolso. — Não vi razão alguma —
com febre. acrescentou, como que a se desculpar — para deixar a
Analisaram a situação. arma de Rabov cair nas mãos dos homens de
Depois de terem considerado todos os pontos, Tomisenkow. Essa pistola nos garante mais carne do que
Rhodan fez um resumo: podemos comer.
— ...portanto, é uma ilusão pensar que podemos Rhodan acenou, satisfeito.
estabelecer contato com Tomisenkow. Guarda Thora — Ótimo! Então está tudo decidido, Marshall.
como a menina dos olhos, e não vai perder a Sugiro que agora durma mais algumas horas. Depois
oportunidade de fazer umas tantas exigências para vamos discutir os detalhes finais.
libertá-la. De Bell, não temos notícia alguma. Já deve ter
pousado na base há muito tempo; a não ser que o cérebro ***
positrônico ativou a chave secreta X programada por Já era dia em Vênus. A claridade havia
mim. Nesse caso, é claro que não vai poder pousar; aliás, atravessado o teto da floresta, removendo todos os véus
ninguém mais pode pousar em Vênus. ocultantes da noite. A cabana na árvore flutuava num
— Se for assim, como vão poder nos resgatar? — mar de orquídeas multicoloridas, que pareciam enormes
perguntou Okura, preocupado. águas-vivas boiando num lago verde. Escaravelhos
— Só resta uma única possibilidade: vou ter que coloridos rastejavam apressados, sobre os galhos e
alcançar a base a pé, para poder reprogramar o cérebro troncos. Mais acima, ouviam-se os grasnidos e gorjeios
positrônico. Mas isso fica para depois. Antes, quero dos habitantes alados da selva.
libertar Thora. Com certo desânimo, Marshall se despediu de
— Mas o senhor acabou de dizer... — começou Rhodan e Okura, e desceu do esconderijo. Lá embaixo,
Marshall, porém logo emudeceu. Devia ter vasculhado ainda parou por um instante, e acenou para os
indiscretamente os pensamentos de Rhodan. — Tinha me companheiros. Depois se virou e iniciou a longa marcha
esquecido dela! — murmurou, concluindo sua para leste, em direção àquele mar pré-histórico. Viram-
observação. no desaparecer na vegetação cerrada e, pouco depois, já
Okura olhou de um para o outro sem entender não ouviam mais os passos cautelosos.
nada. Não sabia ler pensamentos e, assim, também não Agora Rhodan e Okura estavam sozinhos naquela
sabia a que Marshall estava se referindo. Rhodan notou a cabana no alto da árvore.
perplexidade do japonês e pôs-se a explicar do que se Por enquanto, estavam condenados à inatividade.
tratava. Teriam que aguardar o regresso de Marshall. Mas isso
— Quando, muitos anos atrás, pousamos pela poderia levar vários dias. Seria dia claro por mais cento e
primeira vez em Vênus, topamos com aquelas focas vinte horas. Se Marshall conseguisse realizar sua tarefa
semi-inteligentes nas margens do mar pré-histórico. dentro desse prazo, teriam dado um grande passo para a
Nossos telepatas conseguiram se comunicar com elas, e frente. Se não...
acabamos por nos dar muito bem com esses seres. Houve Okura brincava distraidamente com a pulseira de
até uma ocasião, em que pude auxiliá-los, prestando-lhes utilidade múltipla quando, de repente, ouviu uma voz
um grande favor. Talvez não tenham esquecido isto e baixa que emanava do alto-falante do minitransmissor:
estejam prontos a saldar sua dívida de gratidão. Seria um — ...chamando Perry Rhodan; atenção, estamos
absurdo se quiséssemos todos os três empreender a longa chamando Perry Rhodan; responda Perry Rhodan!
marcha para aquele mar, que se situa no leste. E só um Aquela voz estava se tornando cada vez mais alta,
telepata pode se comunicar com estas focas e lhes como se o emissor estivesse se aproximando a grande
explicar o que desejamos delas. Vamos discutir os velocidade. Repetia essa mensagem sem cessar.
detalhes mais tarde, mas acho difícil que encontremos Rapidamente Okura ligou o rastreador e olhou
uma solução melhor. quase verticalmente para cima. Uma expressão de dúvida
— Um telepata?! — gemeu Marshall e se delineou no seu rosto. Rhodan deu um sorriso, que era
empalideceu um pouco. — Portanto, está se referindo a um misto de contentamento e resignação.
mim! Eu... marchar sozinho através dessa floresta? — É a voz de Bell, Okura. Acuse o recebimento
Brincou nervosamente com a larga pulseira, que da mensagem!
abrigava uma série de instrumentos minúsculos. Segundos depois, ouviram Bell soltar um grito
— Não acha melhor tentar estabelecer alto, que denotava surpresa ao mesmo tempo que alívio.
comunicação com Bell? — Com mil diabos, Rhodan, onde é que você
— Isso também, mas se a chave secreta X foi está? Estou procurando você como uma agulha no
ativada, a tentativa não vai nos ajudar em nada. As focas palheiro. Por que você não entrou em contato antes?
conhecem o caminho para a base e, portanto, podem nos — Calma Bell, uma coisa depois da outra. Onde
guiar. Não adianta estrebuchar, Marshall, não vai poder você se encontra?
escapar ao seu destino. Okura e eu vamos permanecer — A bordo do girino número cinco e não posso
aqui, aguardando o seu regresso. Se ocorrer algo de novo pousar. Aquele maldito cérebro positrônico...
em relação a Tomisenkow, vamos deixar uma mensagem — Bem que desconfiei que fosse isso! —
para você neste local. interrompeu Rhodan e suspirou. — Aquela chave secreta
— E as provisões? Vamos viver de quê? foi ativada e ninguém pode pousar em Vênus. É, Bell,
— Tem a sua pistola e pode caçar — tranquilizou- não tem remédio; você vai ter que voltar à Terra e
67
aguardar o meu chamado. Vou tentar chegar à base. No — E nem pode assistir ao espetáculo! — disse
momento, você não pode me ajudar! Okura, sorrindo, e apontou para o alto, onde a eterna
— E Thora? camada mormacenta pairava acima do teto da floresta.
— Está em boas mãos — respondeu Rhodan, com Rhodan fechou os olhos e acenou.
um ligeiro traço de ironia. Pensou no quanto tinha que realizar. Tarefas
— Não vou voltar para a Terra! — disse Bell, de gigantescas o aguardavam. Havia iniciado a obra da sua
repente. Sua voz já soava novamente mais baixa, porque vida ainda outro dia, mal tinha lançado a pedra
a distância estava aumentando. — Vou circular por aí, fundamental. Em algum lugar da Via Láctea, o Grande
até poder pousar. E fim do papo! Império estelar dos arcônidas estava começando a
Quando Bell dizia fim do papo, nada mais podia desmoronar.
alterar o seu ponto de vista. Rhodan sabia disso. Talvez, neste preciso instante, a anos-luz de
— Muito bem, por mim pode ficar orbitando em distância, novas frotas de invasão estivessem decolando,
torno de Vênus o tempo que quiser. Okura e eu vamos a fim de fazerem uma visita de surpresa à Terra.
brincar de Tarzan aqui na floresta, enquanto Marshall No momento não podia agir. O destino tinha lhe
negocia com as focas venusianas. No momento, está tudo tirado a responsabilidade das mãos. Mas Rhodan sabia
na mais perfeita ordem. Recomendações minhas aos que, algum dia, essa responsabilidade lhe seria restituída
mutantes! mil vezes mais pesada.
A resposta de Bell veio tão débil que se tornou E enquanto os sáurios pastavam nas baixadas,
ininteligível; mas Okura estava pronto a jurar que tinha enquanto Thora com mal reprimida raiva negociava o
sido um palavrão. seu preço com Tomisenkow, enquanto Marshall
Rhodan deu um sorriso meio forçado. Voltou a percorria sozinho a solidão da selva e Bell orbitava em
sentir dores. Recostou-se contra aquela cortina de cipós torno de Vênus com ira impotente, enquanto tudo isso
gigantes. Acima da sua cabeça pendia uma orquídea cor acontecia, Perry Rhodan dormia o sono da convalescença
de sangue, do tamanho da cabeça de um homem. definitiva; e lá estava Son Okura, atento e vigilante, para
— Vai ficar xingando o tempo todo ou eu não o que ninguém perturbasse os sonhos do seu amo e senhor.
conheço. Não há coisa que ele deteste mais do que ficar A hora da decisão, que parecia tão próxima,
de mãos atadas, enquanto os outros estão mergulhados estava agora mais longe do que nunca, oculta nas brumas
até o pescoço nas aventuras mais malucas. de um futuro remoto...

Também os imortais podem cometer tolices!


Quando Thora fugiu, Perry Rhodan cometeu a tolice de segui-la com uma nave espacial
que ainda não estava em condições de emitir o código de identificação exigido pela base de
Vênus.
A consequência disso foi à imediata ativação da Chave Secreta X, que fez de Perry
Rhodan um prisioneiro de Vênus.
Chave Secreta X é o título do próximo volume da série Perry Rhodan.

68
Nº 23

De
W. W. Shols

Tradução
Richard Paul Neto
Digitalização
Vitório
Revisão e novo formato
W.Q. Moraes

Para impedir Thora de penetrar na fortaleza de Vênus e estabelecer contato


com Árcon, Perry Rhodan seguiu a arcônida, mas não se lembrou de que os novos
destróieres espaciais ainda não estavam em condições de irradiar mensagens em
código que pudessem atingir o cérebro positrônico da fortaleza.
Acontece que um robô nunca age irrefletidamente, guia-se apenas pela lógica;
e é assim que, face à aproximação não anunciada de Thora e Rhodan, o
comandante dos robôs da fortaleza de Vênus manipula a Chave Secreta X, que
fecha hermeticamente o planeta...

69
I situadas na superfície do solo. De qualquer maneira, os
pequenos emissores e receptores de pulso com que
— Nem que os senhores se arrebentem — disse Rhodan se acha equipado estão fadados ao fracasso.
Reginald Bell depois de uma discussão cansativa — não Acredito que nem mesmo nosso potente emissor de
voltaremos à Terra. Continuaremos na órbita de Vênus bordo consiga romper a barreira. Uma vez ajustado para
que estamos percorrendo. Entendido? uma situação de defesa, o cérebro positrônico dá
O pequeno grupo de pessoas que se encontrava na cumprimento cabal à sua tarefa. É um produto da técnica
sala de comando acenou com a cabeça. Nenhum deles arcônida. Não esqueçam este detalhe.
demonstrou qualquer entusiasmo com a decisão O mutante Tanaka Seiko fez um gesto respeitoso com
aparentemente tresloucada de seu comandante. a cabeça.
Conformaram-se, porque era Bell que dava as ordens. E — Já falamos sobre isto. E agora o senhor mesmo
todos os membros do Exército de reconhece que somos impotentes.
Mutantes estavam conscientes de que Personagens Principais deste Por que vamos ficar nesta órbita
mesmo uma ordem aparentemente episódio: se não podemos fazer nada por
absurda devia ser executada. Rhodan?
Bell desempenhava as funções de Perry Rhodan — Chefe da Terceira Bell fez uma pausa. Seu olhar
comandante interino do Exército de Potência; transformou-se em duro passou de um para outro dos
Mutantes de Perry Rhodan. Nesta prisioneiro de Vênus. interlocutores, mas, por causa da
posição não podia se dar ao luxo de cor dos seus olhos, não conseguia
cometer enganos. John Marshall e Son Okura — ser tão penetrante como ele
E aqui tudo indicava que um Companheiros de Rhodan na prisão. desejaria para se dar um aspecto
engano fora cometido. autoritário.
— Parece que alguma coisa não Reginald Bell — Que não consegue Ali estavam os melhores
está certa — prosseguiu Bell em tom estabelecer contato com o chefe. homens do seu grupo de elite.
irritado. Seu indicador estendido fez Eram mutantes selecionados entre
alguns movimentos ameaçadores para Thora — Cuja fuga precipitada da os membros do exército secreto
baixo. — Quem serve ao chefe da Terra termina em fracasso. de Rhodan, todos eles nascidos
Terceira Potência, quem prestou nos primeiros anos que se
juramento perante Perry Rhodan, não Tako Kakuta — Cujas capacidades seguiram à Segunda Guerra
pode abandoná-lo, por piores que teleportativas são a última esperança Mundial. Vinham das regiões de
estejam às coisas. Os senhores de Bell. Hiroshima e Nagasaki, onde as
querem voltar para a Terra. E depois? primeiras bombas atômicas da
Sabem perfeitamente que nosso chefe General Tomisenkow — Um história da Humanidade haviam
está praticamente só ali embaixo, na comandante de divisão sem divisão. causado muita desgraça. Mais
selva de Vênus... uma vez, porém, a artimanha da
Wuriu Sengu, um mutante Coronel Raskujan — Que a atmosfera sequencia grandiosa dos
baixote, mas largo e robusto, arriscou de Vênus transforma num elemento acontecimentos históricos fez com
uma objeção: amotinado. que também ali surgissem as
— Okura deve estar com ele: exceções que confirmariam a
provavelmente Marshall e Thora regra. Depois de vários decênios,
também estão. constatou-se que o inferno desencadeado com o
— Thora saiu sozinha numa nave — interrompeu lançamento das primeiras bombas atômicas sobre o
Bell. — Se é que teve alguma companhia, foi a de um Japão não trouxe apenas a desolação, a morte e a doença.
robô. Rhodan, Marshall e Okura seguiram-na em outra Em alguns casos, explicáveis certamente com base nas
nave. Desde que sabemos que aquele cérebro positrônico leis da genética, houve pequenas modificações nas
da fortaleza de Vênus ficou maluco e, com base na chave características hereditárias, que se processaram segundo
secreta X, programada por Rhodan, subitamente não as leis causais da evolução. Os filhos das pessoas que
mais reconhece seu mestre e senhor e o repele com todos sofreram esse tipo de influência vieram ao mundo com
os recursos técnicos de que dispõe, não estou convencido dons parapsicológicos.
de que Perry e Thora estejam juntos. Tudo indica que as Havia, por exemplo, Tanaka Seiko, que possuía um
naves deles caíram, e os dois estão expostos aos perigos sexto sentido que lhe permitia a recepção de ondas de
da selva de Vênus. rádio: e ainda o espia, que era Wuriu Sengu, um homem
Sengu tentou dissipar o pessimismo de Bell: que não tinha a menor dificuldade em enxergar através
— O chefe aludiu ao fato de que Thora, a arcônida, da matéria compacta.
está bem. O olhar de Bell se fixou em Tako Kakuta.
— Para sermos exatos — insistiu Bell — o chefe — Estou me referindo a você, Tako. Não acha que o
disse muito pouco. Não teve tempo para maiores cérebro positrônico deixou de considerar um fato?
explicações. O contato pelo rádio foi interrompido em — Está aludindo à minha capacidade de
dois minutos, e até agora estamos tentando em vão teleportação?
estabelecer novo contato. O cérebro positrônico da — Isso mesmo. O cérebro positrônico da fortaleza de
fortaleza de Vênus, além de erigir uma barreira de Vênus tem dez mil anos. Nem por isso vou afirmar que
quinhentos quilômetros, impede nosso pouso e não seja pré-histórico. Afinal, foi montado pelos membros de
permite qualquer comunicação com as estações de rádio uma expedição arcônida cujos conhecimentos técnicos
naquela época já eram muito mais avançados que os da
70
Humanidade dos nossos dias. Acontece que há dez mil mar primitivo, situado na região norte do planeta. Mais
anos ainda não existiam no planeta Terra os mutantes exatamente, está a oeste do braço de mar de quase
dotados de capacidade parapsicológicas. Logo, a trezentos e cinquenta quilômetros de largura que penetra
conclusão que se impõe é a de que este cérebro não tem profundamente no continente norte.
capacidade de ser programado para a defesa contra um — Os dados ainda são muito vagos.
teleportador. — Sei disso. Acontece que não disse que você vai
— Então quer que eu... saltar neste minuto.
Tako Kakuta se interrompeu. Lançou um olhar Bell afastou o teleportador com um gesto violento e
assustado para a tela de imagem, regulada para captar a se aproximou do cérebro positrônico de bordo.
superfície de Vênus. Sob a esfera de sessenta metros de — Venham todos! Prestem atenção para que Tako e
diâmetro formada pela nave Good Hope-V — conhecida eu não cometamos qualquer engano. Ponho a mão no
no código de comunicações como girino número cinco fogo se não conseguirmos determinar a posição de
— deslizava, como que em câmara lenta, a paisagem Rhodan com uma margem de erro não superior a
virgem e selvagem do planeta Vênus. Não se percebiam quinhentos metros. Se não aterrisar nos braços do chefe,
os detalhes. Só vez por outra a espessa camada de nuvens Tako, você terá que se dar ao incômodo de chamá-lo.
permitia a visão da superfície do planeta. Eram florestas — Naturalmente.
verde-escuras, um mar azul-escuro, que por vezes A interpretação dos dados armazenados foi mais
chegava a jogar reflexos, e uma rocha marrom- rápida do que se esperava. Os círculos gravados no
acinzentada, que na região da calota polar era coberta de cérebro reagiram prontamente. Na lâmina milimetrada do
grossas camadas de neve. A imagem apresentada pela último estágio da interpretação ótica, surgiu à projeção
tela mostrava muito menos do que o teleportador via com de uma reprodução fotográfica da superfície de Vênus,
os olhos da lembrança e da fantasia. Tako permanecera baseada em medições anteriores.
em Vênus por longas semanas. Sabia que ali um labirinto O mais difícil foi a sintonização individual de Tako
o aguardava. Kakuta diante do problema.
— Isso mesmo — disse Bell em tom sério. — Quero Sua mente tinha de realizar uma pontaria muito exata,
que desça e entre em contato com Rhodan. Se conseguir e para isso precisava de uma concepção concreta do
encontrá-lo, o resto será brincadeira. Juntamente com o lugar que desejava atingir através da teleportação.
chefe somos uma equipe invencível. Além do mais, Em Vênus só podia contar com esse recurso em
vamos conseguir o que pretendemos. Levaremos Rhodan escala bastante limitada. Vista de cima, a selva parecia
à fortaleza pelo caminho mais rápido, para que possa dar um tapete infinito, que numa concepção ligeira oferecia
novas instruções ao cérebro. um milhão de pontos geográficos equivalentes.
— Naturalmente — disse Sengu com um tom de — Enxugue o suor, rapaz. Eu lhe dou uma ajuda.
otimismo na voz. — Por que a ideia não nos acudiu Poucos segundos depois a rede cartográfica foi
antes? introduzida no aparelho. Muito embora ela só
— Foi porque muitas vezes somos inclinados a representasse um recurso criado na mente, que não
considerar uma barreira energética arcônida como algo retratava qualquer realidade na superfície do planeta, ela
de perfeito e absoluto. O contato com a tecnologia se revelou de alguma utilidade.
arcônida nos transformou em animais guiados pelo — A orientação está excelente — disse Tako Kakuta
instinto, que no subconsciente chegam a acreditar na depois de algum tempo. — Faça o favor de não
perfeição. Prepare-se, Tako! É apenas um pulo: você modificar a regulagem dos graus geográficos. O curso da
conseguirá. nave também parece correto. Dentro de uns dez minutos
— A distância chega a ser ridícula. Há tempo vivo deveremos atingir o ponto mais favorável para o salto.
pensando num salto e já teria descido por conta própria Todos lançaram um olhar automático para seus
se... relógios. Além dos cronômetros de bordo, que
— Se? registravam o tempo segundo o calendário terrestre, os
— Se não fosse a selva. Já a conheço. Mesmo um membros da tripulação traziam consigo os chamados
teleportador pode se perder nela, se ficar desorientado. relógios de Vênus. A rotação de Vênus é cerca de dez
Além disso, a gente está sujeita a se encontrar com vezes mais lenta que a da Terra. Por isso a duração do
vermes antropófagos de todos os tipos, diante dos quais dia de Vênus é dez vezes maior.
até mesmo a reação instantânea de fuga de um Naquele instante, o ponto que, segundo o cérebro
teleportador será inútil. positrônico da Gold Hope-V, correspondia à posição
— Está com medo? atual de Rhodan, ficava na zona crepuscular móvel. Isso
— Sempre sinto um pouco de medo quando tenho significava que para os amigos que se encontravam na
que descer diretamente para o inferno. Mas não é isto superfície de Vênus um novo amanhecer começara a
que importa. Lá embaixo deve haver vários homens que, raiar há pouco tempo.
a qualquer momento, têm de estar preparados para Os que se orientavam pelo tempo de Vênus
defender sua vida. Acontece que preciso de um objetivo encontravam-se pouco antes das setenta e oito horas.
definido. Enquanto não o tenho, eu posso teleportar uma Faltavam cinco minutos para alcançar a posição de
infinidade de vezes sem encontrar Rhodan. salto mais favorável.
— Deixe isso por minha conta. O cérebro positrônico Enquanto os homens esperavam em silêncio, a tensão
de bordo armazenou todos os dados relativos à manobra. crescia. Mas se alguém que se encontrava a bordo
Também dispomos da localização goniométrica da acreditava que a intenção de Tako Kakuta era
última mensagem transmitida por Rhodan. Encontra-se impossível, não o dizia. Depois que o cérebro da
exatamente a cento e vinte quilômetros a oeste do grande fortaleza de Vênus instalara todas as barreiras
71
concebíveis, a teleportação de um mutante poderia Apesar disso, na situação especial em que se
representar a última possibilidade de transpor essas encontravam, representava algo de extraordinário e
barreiras. misterioso. Um homem normal sai pela porta. Ou atira-se
Faltavam três minutos. num poço antigravitacional. Mas um teleportador
Wuriu Sengu, o espia, soltou um gemido de permanece no mesmo lugar. Através de um processo
contrariedade. Depois de vários segundos de extrema puramente mental de concentração, transfere-se para o
concentração, durante os quais aparentemente mantinha chamado hiperespaço, desmaterializando-se da mesma
os olhos fitos no nada, descontraiu o corpo e, num gesto forma que uma nave espacial no início do processo de
de desânimo, se atirou numa poltrona. transição. Volta a se materializar com a mesma rapidez
Essa demonstração de pessimismo, que facilmente no lugar de destino.
poderia se transmitir aos outros, deixou Bell bastante O corpo de Kakuta não se desvaneceu aos poucos: de
aborrecido. repente tinha desaparecido. Um ligeiro ruído foi
— O que houve Wuriu? produzido pelo ar que preencheu o súbito vácuo.
— Procurei reconhecer alguma coisa embaixo da Antes que alguém pudesse respirar, o lugar em que se
camada de nuvens. É claro que consigo ver mais que encontrara Kakuta estava completamente vazio.
vocês. Para os outros a superfície de Vênus não passa de — Agora precisamos ter um pouco de paciência —
uma triste camada de nuvens e neblina, enquanto eu vejo disse Bell em tom professoral. Fez menção de imitar
nela um paraíso luminoso e colorido. Mas o que importa Wuriu Sengu, que se inclinara numa poltrona para
no momento são os detalhes; é claro que a uma distância aguardar confortavelmente. Mas antes que atingisse o
destas não consigo reconhecê-los. Apenas sei que, lugar um grito fez com que voltasse a cabeça.
aproximadamente há trinta quilômetros ao sul do ponto O espia, que se levantara de um salto, olhava
determinado pelo cérebro, existe um planalto quase perplexo para o corpo que se contorcia no chão da sala
totalmente livre de vegetação. Mas supõe-se que o chefe de comando.
se encontre em meio à selva mais densa. Tako Kakuta se debatia num sofrimento indizível.
— Você quer dizer que, se foi inteligente, tentou Seu grito transformara-se num choro convulsivo, que
atingir o planalto? logo foi interrompido por fortes acessos de tosse.
— Naturalmente. Para um náufrago representa a Ralf Marten, o teleótico do Exército de Mutantes, deu
melhor proteção contra a fauna imprevisível do planeta. um salto para trás quando Kakuta, de olhos fechados,
— Talvez tenha razão. Mas lá embaixo os problemas segurou sua perna e procurou enlaçá-la num gesto de
devem parecer um pouco mais difíceis do que se fúria e de súplica.
apresentam quando vistos através de nosso cérebro — Ficou louco! — exclamou Tanaka Seiko. —
positrônico. Seja como for, podemos confiar Vamos todos agarrá-lo de vez e amarrá-lo. Não sabe o
irrestritamente no resultado da localização goniométrica. que está fazendo.
Tenho certeza de que dentro de quinze minutos Era verdade que o teleportador parecia não saber o
saberemos mais alguma coisa. Está preparado, Tako? que estava fazendo. Em compensação, os outros não
Faltava um minuto para atingir a posição de salto. sabiam o que deviam fazer. Kakuta sentia os efeitos de
O teleportador confirmou com um aceno de cabeça. uma estranha experiência. Não poderiam tratá-lo ao
Além do equipamento usual, trazia um traje arcônida mesmo tempo como doente e como malfeitor. E tudo
especial afivelado às costas. Todos sabiam o que indicava que estava antes doente que louco.
significava isso. Assim que tivesse encontrado Rhodan, — Devemos ajudá-lo! — declarou Marten.
esse traje os ajudaria a alcançar a fortaleza de Vênus no Sua atitude era de compaixão e desconfiança.
mais curto espaço de tempo. Uma vez lá, Rhodan poderia Também os outros homens alargaram o círculo em
modificar a programação do cérebro positrônico. Com torno de Tako Kakuta. Procederam assim por puro
isso o domínio da Terceira Potência sobre o planeta seria instinto. Mas a razão teria de intervir.
imediatamente restabelecido. O traje especial arcônida — Ralf, concentre-se sobre seu cérebro — ordenou
representava um recurso técnico extraordinário. Bell. — Diga o que está vendo e ouvindo.
Relativamente leve, era facilmente adaptável acima da A mutação espiritual de Ralf Marten permitia-lhe
vestimenta comum e transformava seu portador num desligar temporariamente seu próprio eu para receber
verdadeiro Ícaro, num homem voador, já que o determinadas impressões sensoriais através dos olhos e
neutralizador gravitacional nele embutido eliminava a dos ouvidos, sem que a pessoa apossada por essa forma
gravidade de um planeta de média força de atração. O percebesse qualquer coisa.
defletor de ondas luminosas e o campo protetor Marten se concentrou. Foi acometido pela rigidez
energético faziam com que o homem que o envergasse se típica do mutante que está trabalhando. Logo voltou a se
tornasse invisível e invulnerável. descontrair e sacudiu a cabeça.
Ainda bem que esse tipo de pensamento restituía o — Tako não me diz nada. O que está vendo e
otimismo aos homens. Assim que Tako Kakuta ouvindo é indefinível. Não nos reconhece. Sua percepção
entregasse o traje a Perry Rhodan, o episódio do está confusa como se fosse um...
naufrágio teria chegado ao fim. Marten hesitou.
— Faltam dez segundos — disse Reginald Bell. — — Fale logo — insistiu Bell. — Acha que Tako está
Prepare-se, Tako! louco?
— Já vou saltar. O teleótico acenou com a cabeça, numa atitude pouco
Para os membros do Exército de Mutantes o convincente.
desaparecimento de um teleportador era um — Era exatamente isto que eu pretendia dizer.
acontecimento a que estavam acostumados há anos. Acontece que não sou nenhum médico. Não atribua
72
muita importância às minhas impressões. — Ninguém esperava que nos poucos segundos em
— Ora, Tako, vá para o inferno! Você está nos que esteve ausente pudesse ter chegado a Vênus. Além
confundindo ainda mais. O cérebro de Tako não pode disso...
deixar de retratar certos reflexos. Passou cinco segundos — Por que vive falando em alguns segundos? —
fora da nave. Não pode ter se transformado num idiota perguntou Kakuta desconfiado. — O inferno me segurou
dentro de um espaço de tempo tão curto. por várias horas, antes conseguir me livrar dele.
O teleótico deu de ombros; parecia perplexo. — Está bem — interrompeu-o Bell. — Não vamos
— Não posso dizer mais nada que possa esclarecer o discutir ninharias. O que importa é saber qual foi o erro
assunto. Se o cérebro dele reflete a breve experiência que cometeu.
pela qual acaba de passar, no que diz respeito às — Como é que um teleportador pode cometer um
impressões óticas e acústicas, só posso afirmar que essa erro? Você não está em condições de dizer aos seus
experiência deve ter sido indefinível e maluca. olhos e ao seu cérebro como deve se processar o
— Não o maltrate — recomendou Wuriu Sengu. — fenômeno da visão: da mesma forma eu não posso
Afinal, não é nenhum telepata. exercer qualquer influência sobre o fenômeno da
— Obrigado pela lição — retrucou Bell bastante teleportação. É um dom natural que funciona segundo
contrariado. — Quer dizer que não temos outra suas próprias leis.
alternativa senão aceitar a sugestão de Tanaka. Caímos — Hum! — refletiu Bell em voz alta. — Se não
todos ao mesmo tempo em cima... Um momento está se cometeu nenhum erro, não adiantará repetir a
acalmando. experiência.
De repente Tako Kakuta ficou quieto. Só a respiração — Nem penso em repetir este tipo de experiência!
rápida e forte traía sua excitação. Depois de algum tempo Desculpe. Não interprete minhas palavras como uma
abriu os olhos e encarou os amigos, sem que neles se manifestação de rebeldia às suas ordens. Não sei
refletisse qualquer conhecimento. explicar.
— Tenham paciência! — pediu Bell. — Ao que — Você aludiu ao inferno.
parece o nervosismo está diminuindo. Não podemos — É o único nome que posso dar àquilo. Encontrava-
livrá-lo das dores enquanto não soubermos qual é sua me no nada. Apesar disso tudo eram martírio e dores. Só
origem. consigo encontrar uma explicação.
Bell se aproximou do teleportador. — Qual é essa explicação?
— O que houve Tako? Diga alguma coisa! — O cérebro me repeliu. A chave secreta X repudia
Demorou mais alguns minutos até que o japonês tudo que, de qualquer maneira, assume uma forma
reagisse ao ambiente que o cercava. Os traços de seu existencial. A energia de ordem superior inclui-se nessa
rosto pareciam se tornar menos confusos. classe. Depois que nosso pouso se tornou impossível,
— Meu Deus, Bell, por que não me ajuda? tivemos de nos conformar com uma interrupção total das
— Ajudarei assim que me explicar o que há com comunicações radiofônicas. E agora temos de nos
você. conformar com o fato de que os fluxos energéticos do
— Sinto dores. espaço de cinco dimensões também são repelidos.
— Onde? Durante o estado de desmaterialização devo ter me
— Em toda parte. Nas costas, na cabeça... Ninguém encontrado num campo temporal de ordem superior.
agüenta três horas naquele inferno. — O que vem a ser isso?
Seus companheiros lançaram olhares indagadores. — Veja a divergência sobre o tempo durante o qual
“Realmente está doido”, pareciam dizer seus rostos. estive ausente. Todos dizem que não estive fora da nave
— Ficou fora de três a cinco segundos — constatou mais que cinco segundos. Na verdade estive a caminho
Tanaka Seiko. — Não é possível que, num espaço de muito mais que isso...
tempo tão curto, tenha pousado em Vênus e retomado à Para provar sua afirmativa Tako Kakuta ergueu o
nave. braço esquerdo onde, ao lado da pulseira de finalidade
— De qualquer maneira passou por uma experiência, múltipla, surgiu o mostrador do cronômetro.
e por uma experiência muito intensa — observou o — Meu relógio está adiantado duas horas e meia.
comandante. — Deem uma mão. Vamos colocá-lo no Esta prova é suficiente?
sofá do camarote ao lado. Foi suficiente. A tripulação da Good Hope-V
Bell ajoelhou perto dele e abriu o fecho éclair do refugiou-se numa atitude resignada. Nesse instante
colarinho. Isso devia representar um alívio para Tako, compreendeu de vez que não mais poderia prestar auxílio
pois ele disse com a voz bem perceptível: a Perry Rhodan, que se encontrava na selva de Vênus.
— Obrigado! Rhodan e o pequeno grupo de homens que o
Levaram-no ao camarote vizinho sem que ele se acompanhava dependiam exclusivamente de seus
opusesse. Kakuta mantinha uma atitude totalmente próprios recursos. Teriam de encontrar a solução.
passiva e inofensiva. Engoliu um comprimido de
analgésico, conforme haviam mandado.
— Sente-se melhor? — perguntou Bell. II
— Obrigado, estou um pouco melhor.
— Graças a Deus! Você se comportou de tal maneira John Marshall corria para salvar a vida.
que seus companheiros pensaram que estivesse louco. Já Correr era sua principal ocupação nos últimos dias.
se sente em condições de relatar o que houve? Fugia dos homens do planeta Terra e dos animais de
— Não há muita coisa a relatar. Não cheguei a Vênus. Todo o planeta parecia conspirar contra sua
descer. É impossível chegar à superfície do planeta. pessoa.
73
Fungando caiu por cima de uma raiz que atingia a Deslizou em direção à árvore, passou do lado oposto
altura de seu joelho. Rolou por cima do ombro como um do tronco de seis metros de diâmetro e, numa grotesca
paraquedista que toca o solo e se voltou para ver o bicho. estupidez, prosseguiu seu caminho em direção à
A raiz oferecia bastante proteção, enquanto a ameaça só vegetação rasteira não muito distante.
viesse da frente. John Marshall conteve a respiração. O que o obrigou
Olhou para cima. O tronco era liso. Os primeiros a tanto não foi apenas a ansiedade, mas também o cheiro
galhos ficavam a dez metros de altura. Era impossível penetrante e inexplicável para um homem vindo do
subir. O bicho chegaria antes. E contra seus cem metros planeta Terra. O verme levou mais de quinze minutos
de comprimento provavelmente a mais alta das árvores para passar. Enojado, perplexo e aliviado, Marshall
de Vênus não representaria uma proteção segura. seguiu a extremidade posterior do monstro, que num
A cabeça comprida e pontuda do verme branco e movimento aparentemente inofensivo mergulhou na
gosmento surgiu por entre a vegetação. A dois metros selva.
acima do solo, executou um movimento ligeiro para a Em algum lugar o verme encontraria um buraco
direita e para a esquerda e arriscou mais um salto para profundo repleto de pólipos. Mergulharia ali e viveria
frente. numa simbiose harmoniosa com aquelas criaturas.
Marshall encontrara o bicho há cerca de uma hora. Marshall enxugou o suor da testa. Mas a lembrança
Desesperado, pegou a carabina automática de fabricação da ponta branca da cauda do verme logo o fez despertar.
russa que trazia consigo. O susto pelo fato de que poderia Há uma hora, quando cortara aquele animal com o
revelar sua posição aos perseguidores humanos radiador de impulsos, as duas extremidades pareciam
sobrepujou o medo que o monstro venusiano lhe enegrecidas e carbonizadas. Pouco depois a crosta devia
causava. Há muito tempo o gigantesco verme gosmento ter caído da mesma forma que na outra metade do verme
era conhecido como uma subinteligência absoluta: suas logo voltara a crescer uma cabeça.
perigosas reações eram atos puramente instintivos. Mas As peculiaridades incríveis da fauna de Vênus eram
quem fosse enlaçado por ele não teria tempo para fazer o conhecidas há anos, e por isso Marshall sabia
testamento. perfeitamente que ainda não se livrara do perigo.
Uma arma automática convencional era praticamente Se aquele verme se transformara em dois, a culpa era
ineficaz contra a massa de carne nojenta daquele dele mesmo. E o segundo verme surgiu no momento
monstro, cujas dimensões pareciam infinitas. Por isso exato em que voltou a olhar para frente.
mesmo, passado o primeiro susto, Marshall pegara o O que teria levado o primeiro a ignorá-lo de repente?
radiador de impulsos e abrira um fogo ininterrupto de E isso depois de uma hora de perseguição intensa e
vinte segundos sobre aquela massa branca. O resultado metódica!
foi apenas uma divisão do bicho que, transformado em Uma única explicação acudiu a Marshall. Os
dois, reiniciou a perseguição. A fuga consumiu as movimentos do fugitivo irritaram a fera e sempre
últimas energias de Marshall. voltaram a despertar sua atenção sobre ele. Assim que se
Naquele instante, estava deitado atrás da raiz, que se abrigou atrás da raiz e se manteve imóvel, o cérebro
erguia diante dele como uma muralha protetora. primitivo daquele ser deixou de reconhecer o objetivo. A
Que tal se atirasse bem de frente? tática de se fingir de morto tinha validade em qualquer
Era apenas uma ideia, e ao que tudo indicava até mundo onde a luta da vida se desenvolvia segundo leis
então ninguém a havia experimentado. Um ataque lateral eternas.
resultava na divisão daquele corpo de cobra. E um ataque Mas a nova esperança de Marshall logo se revelou
de frente? Penetraria por todo o corpo. enganosa.
Era este o cálculo. Já não tinha forças para correr. O segundo verme não era mais inteligente que o
Mas ainda lhe restavam forças para fazer pontaria e primeiro. Apenas o acaso quis que rastejasse na direção,
apertar o gatilho. exata da raiz atrás da qual Marshall se abrigara.
O telepata John Marshall ergueu a arma. A parte Desta vez teria que se defender. No último instante,
superior da raiz proporcionava um bom apoio, que percebeu que não poderia participar do espetáculo apenas
permitiria uma pontaria segura. como espectador. O movimento rápido com que levantou
A conta tinha que dar certo. Tinha que dar porque sua o radiador de impulsos bastou para despertar a atenção
mente não podia conceber a ideia de que pudesse morrer do animal.
longe de toda a civilização humana e sem qualquer A cabeça branca e pontuda disparou para frente. Os
pessoa que testemunhasse sua morte. primeiros cinco ou seis metros do corpo formavam uma
A cabeça do monstro balançava por cima da alça de reta perfeita.
mira. Mas ainda não se encontrava numa posição A conta estava dando certo.
adequada para o tiro, já que o corpo estendido ainda No sentido longitudinal daquele corpo não havia
formava um ângulo obtuso com o eixo do radiador de qualquer divisão ou qualquer encapsulamento. Cada um
impulsos. dos anéis transversais do corpo poderia formar um novo
Quando o animal se encontrava a menos de vinte organismo. Assim que fosse atingido pela energia mortal,
metros de distância, Marshall percebeu que, de repente, morreria.
aquele ser mudara de intenções. Na verdade, falar de A certeza do êxito incutiu nova coragem naquele
intenções em relação a um bicho dotado de tão reduzida homem. Reunindo as últimas forças, saltou para fora do
capacidade cerebral já representava uma concessão. Não seu esconderijo e atacou. Como que tomado de uma sede
possuía qualquer inteligência digna de nota. Só agia de sangue, percorreu os quarenta e tantos metros do
através de reflexos condicionados. E isso fornecia a corpo do animal e, disparando ininterruptamente, traçou
explicação do comportamento irracional do verme. uma linha de fogo contínua sobre o corpo branco e
74
descorado. Pelo que se dizia naquela época os arcônidas de
Perto da trilha gosmenta, que prosseguia por mais Vênus, cujo planeta natal ficava a milhares de anos-luz
alguns quilômetros, as forças o abandonaram e ele caiu do sistema solar, chegaram a fundar uma colônia na
ao solo. Vencera. O que lhe restava era um desamparo Terra. Mas esta submergiu com a lendária Atlântida.
total. Nem mesmo o cheiro nojento e penetrante evitou Muitos séculos depois, se verificou o segundo
que adormecesse instantaneamente. encontro entre os homens e os arcônidas. A primeira
Quando despertou, o sol ainda se encontrava bem no nave lunar americana, comandada pelo então major Perry
oriente, atrás de um véu de neblina branquicenta. Seu Rhodan, descobriu na face oculta da Lua uma nave
primeiro olhar foi para o cronômetro. Dormira nada espacial arcônida que realizara um pouso de emergência.
menos de seis horas do tempo terrestre. E continuava Os únicos sobreviventes entre os tripulantes da nave
vivo. eram o chefe científico da expedição, chamado Crest, e
Os nervos estavam um pouco mais calmos. E os Thora, a comandante da nave. Auxiliado pela
membros obedeciam novamente à sua vontade. supertecnologia arcônida, Rhodan instalou no deserto de
Naquelas seis horas parecia ter dormido o sono Gobi um novo poder político neutro. Após isso,
inocente de uma criança. E toda criança tem um anjo de comandou a primeira expedição a Vênus, que descobriu
guarda. Mas, no futuro, Marshall não deveria confiar a fortaleza situada no norte. As instalações inteiramente
nesse anjo de guarda. automatizadas e positronizadas levavam uma vida
Olhou para o sol que se levantava ao leste. Para uma autônoma. O grande cérebro robotizado dirigia a defesa
orientação mais precisa, servia-se da bússola giratória das fortificações segundo uma programação
embutida na pulseira de múltipla finalidade. A fuga do antiquíssima. Rhodan foi o único que conseguiu regular
verme fez com que desse uma volta, desviando-se alguns sua frequência cerebral de tal maneira que o cérebro
quilômetros de sua rota. Bem, isso não lhe causava reagisse melhor aos seus comandos que aos de um
maiores preocupações. Apenas faria com que atingisse a arcônida.
costa um pouco mais ao norte. O que importava era que Vários anos de evolução terrena e de expedições
atingisse o mar. Não devia ficar a mais de trinta importantes nas áreas interestelares fizeram com que o
quilômetros. Face às suas forças minguadas, ainda era planeta Vênus, com sua fortaleza, recuasse para o
uma distância muito grande. Poderia significar que teria segundo plano do interesse público.
de marchar mais uns três ou quatro dias terrestres. Ou Mas no Bloco Oriental surgiu um grupo de
uma semana, talvez mais. conspiradores que resolveu ignorar os acordos
Preferiu não fazer cálculos mais exatos quanto ao celebrados com Rhodan, dando causa a novas
futuro. A marcha pela selva privara-o de grande parte do complicações.
seu otimismo. Grande número de naves espaciais russas decolou em
A fome e a sede constituíam os fenômenos mais direção a Vênus, para transformar o planeta numa
regulares. Sorveu um gole de água da garrafa que trazia colônia do Bloco Oriental.
de reserva; melhorara o sabor do líquido com alguns O empreendimento não foi bem sucedido. Enquanto
restos de chá concentrado. Sua refeição consistiu em na Terra as divergências políticas puderam ser reduzidas
duzentas e cinquenta gramas de carne fria. Quando a a uma medida tolerável, a expedição de conquista
carne acabasse, teria que se lançar novamente à caça. comandada pelo general Tomisenkow foi se
Mas isso teria tempo. Até que a fome voltasse a atacar. transformando numa farsa. Não conseguiu se aproximar
Lambeu os restos da gordura dos dedos e pôs-se em do cérebro positrônico instalado em Vênus. O
marcha na direção leste. O mar devia ficar nessa direção. combustível das naves espaciais fora suficiente apenas
E no oeste as patrulhas do general Tomisenkow deviam para a viagem de ida. Uma frota de abastecimento foi
estar à sua procura. Proteger-se dele parecia mais dizimada em virtude de um choque casual com a nave de
importante para essa gente do que se defender dos Rhodan; quando atingiu Vênus, perdera grande parte de
monstros venusianos. suas naves.
Naquela área a vegetação rasteira era bastante Os russos transformaram-se em prisioneiros de
escassa. O solo era menos úmido que nas baixadas. Nos Vênus. Levaram uma vida selvagem. A expedição
primeiros quilômetros a marcha não foi cercada de desagregou-se. Grupos de rebeldes separaram-se do
maiores dificuldades. A visibilidade era boa. O dia grosso da tropa que se mantinha fiel ao comando de
venusiano que rompia, trazendo consigo um futuro Tomisenkow. Alguns fanáticos paranoicos, como o
incerto, constituía um desafio para uma espécie de tenente Wallerinski, acreditavam chegada a hora de
balanço intermediário. Quem não sabe muito bem o que implantar um novo tipo de pacifismo, que teria que ser
fazer dali por diante e formula indagações sobre o imposto pela força das armas.
sentido que possam ter seus esforços, faz bem em Muitas vezes Marshall refletira sobre a provável
procurar se lembrar de como tudo começou. situação estratégica no planeta Vênus. Mas tudo não
Fazia alguns anos que John Marshall, o telepata do passava de suposições. Só de uma coisa tinha certeza: o
Exército de Mutantes de Perry Rhodan, pisou pela general Tomisenkow conseguira reunir os remanescentes
primeira vez no solo de Vênus. Naquela oportunidade foi de suas tropas numa poderosa unidade. Era só a ele que
descoberta no hemisfério norte uma fortaleza misteriosa, devia temer, pois suas patrulhas grudavam-se nos seus
construída por uma raça extraterrena, os arcônidas. A calcanhares. Por duas vezes nos últimos dias mal e mal
fortaleza datava da época em que os homens do planeta conseguira escapar aos seus perseguidores.
Terra começavam a aproveitar o invento da roda, a se As forças desagregadas, como as dos pacifistas
arriscar cautelosamente mar afora em embarcações comandados pelo tenente Wallerinski, também poderiam
primitivas e a lançar as bases da geometria euclidiana. se tornar perigosas. Mas só por acaso poderia haver um
75
encontro com elas em meio à amplidão daquelas atingiria seu destino. Mas pôs-se a correr. A praia estava
florestas e estepes. coberta de juncos que iam até a altura dos joelhos.
Mas as preocupações da equipe de Perry Rhodan não Seguia-se uma faixa de areia amarelenta e limpa. E
eram apenas estas. depois vinha a água. Marshall só parou quando sentiu a
Foi só pela obstinação da arcônida Thora que se mesma tocar seus tornozelos.
viram nessa situação complicada. Há anos Thora As focas!
empenhava-se pelo regresso ao mundo distante de Procurou se concentrar. Colocou todo o desespero de
Árcon. Diante da falta de compreensão de Rhodan, sua situação no grito telepático de socorro. Depois de
apoderou-se de uma nave espacial terrestre e, dois minutos se descontraiu. Seu cérebro assumiu uma
acompanhada unicamente de um robô, decolou em atitude passiva, sintonizando-se para a recepção.
direção a Vênus. Na pressa se esqueceu do sinal As impressões que penetraram nele eram mais que
codificado de identificação, motivo por que a barreira assustadoras.
instalada pelo cérebro positrônico frustrou seus planos. O ambiente aparentemente morto estava cheio de
Perry Rhodan, que não pensara em outra coisa senão na vida. Essa vida ocultava-se nos juncos e na água. E
imediata perseguição de Thora, teve destino igual ao pensava. Eram pensamentos inumanos. Situavam-se
dela. muito abaixo do nível de inteligência compreensível.
Ambas as naves viram-se detidas pelo campo Não passavam de uma série de emoções, de reações
energético, que protegia a fortaleza num raio de instintivas situadas num primitivo nível animalesco. Não
quinhentos quilômetros. Suas naves caíram e, de uma tinham a clareza de uma fórmula matemática; antes,
hora para outra, viram-se numa situação igual à do corpo deixavam o campo livre para as interpretações, como
expedicionário russo. Thora logo fora aprisionada por uma pintura abstrata. Apesar disso Marshall acreditou
Tomisenkow, e Rhodan ainda não conseguira libertá-la. poder extrair de tudo isso uma interpretação inteligível.
Mais do que isso, durante um combate noturno foi Teve de compor essa interpretação com um misto de
atingido no ombro, o que o pôs fora de ação por algum ganância, inveja, fome e agressividade. Era o concerto
tempo. Não estava em condições de realizar marchas oferecido pelas almas das criaturas mais baixas. Os tons
prolongadas. Por isso só o mutante Son Okura, que tinha provenientes das criaturas mais desenvolvidas, das focas,
problemas de locomoção, permanecera em sua achavam-se ausentes.
companhia. Decepcionado, Marshall esteve a ponto de abandonar
Marshall recebera uma missão especial, que o levara o exercício cansativo da concentração. Subitamente,
à selva inteiramente só, e o obrigava a atingir o litoral do porém, um sinal de alarma soou em seu cérebro. Um
mar do norte. pensamento concebido numa mente humana surgiu
Estacou. A debilidade física acelerava a transpiração, dentro de seu círculo de alcance. Era um pensamento
obrigando-o a recorrer, com frequência cada vez maior, mortífero, vindo da costa.
ao lenço para enxugar o suor. Por pouco não deu um salto e saiu correndo. Mas
Valeria a pena? lembrou-se em tempo que naquela situação sua vida
Lançou um olhar aflito para a pulseira de múltipla dependia de sangue-frio. O pensamento girava em torno
finalidade, que entre outros equipamentos incluía um do ato de matar. E a intenção era tão nítida que até
potente minitransmissor. Mas Perry Rhodan havia mesmo a vítima, John Marshall, estava perfeitamente
proibido expressamente o uso do rádio quando houvesse fixada.
possibilidade de ser ouvido e localizado pelo “É o espião da Terceira Potência, o lacaio de
goniômetro. Rhodan. Há dias você anda fugindo de nós. Mas agora
A missão especial também se ligava a um encontro chegamos ao mar e você não poderá prosseguir. Você
havido há vários anos. Naquela oportunidade, a equipe tombará morto. Não merece nossa compaixão. Devia
de Rhodan encontrara na costa oriental do braço de mar chamá-lo. Devia mostrar-lhe o cano da arma e o fogo,
de trezentos e cinquenta quilômetros de largura uma mas acontece que você é um dos homens de Rhodan. E
espécie de focas semi-inteligentes, cuja mentalidade com estes não se deve assumir o menor risco.”
inspirava bastante confiança. Marshall sabia que atrás dele, na orla da floresta,
Depois que Rhodan fora ferido no ombro, os existia uma mira, e que naquele instante sua omoplata
quinhentos quilômetros de marcha que o separavam da esquerda dançava diante da mesma. O homem apontava
fortaleza de Vênus transformaram-se num infinito. a arma para seu coração... Assim que se virasse, o tiro
Mesmo que a cura fosse rápida, era provável que, por seria disparado.
mais algumas semanas, a ferida constituísse um sério Não se virou: atirou-se na água.
fator negativo para o chefe da Terceira Potência. Para Naquele lugar a água era tão rasa que não cobria seu
sobreviver a esse tipo de provação, o homem deve gozar corpo. Mas os juncos que cresciam na praia ofereciam
de boa saúde. certa proteção.
Nessa situação, a melhor ideia que poderia ter No momento em que se deixou cair o tiro foi
acudido àqueles homens era a das focas. Se é que alguém disparado, mas o projétil passou por cima dele.
poderia prestar um auxílio, seriam elas. E se havia O pensamento que surgiu a seguir na orla da floresta
alguém que pudesse entrar em contato com elas, era o foi uma ideia de pânico.
telepata John Marshall, que atingiu o mar pelas noventa e O assassino já não via sua vítima e pensou em fugir.
quatro horas. A reação de Marshall despertou reações supersticiosas
Quando saiu da vegetação, estacou subitamente. À em sua mente. Mas logo o temor dos superiores e o medo
súbita visão do mar, ficou desconfiado, pois o da selva venusiana interpuseram-se nestes fragmentos de
subconsciente já lhe incutira a ideia de que nunca ideias.
76
“Preciso matá-lo! Preciso matá-lo, senão nunca mais O tenente Tanjev tinha o aspecto de um soldado sadio
conseguirei viver tranquilo perto de Tomisenkow.” que há vários dias se mantinha numa atividade
John Marshall rastejou pela água rasa, rolou até a ininterrupta. E isso correspondia aos fatos. Tomisenkow
margem e se escondeu entre os juncos, onde permaneceu recebeu-o sem demora. Ao entrar fez uma continência
imóvel. impecável.
“Os Rhodan são feiticeiros! O medo é de “Os homens ainda estão em boas condições”, pensou
enlouquecer. Só quando todos os Rhodan estiverem Tomisenkow satisfeito. Recebeu Tanjev com um sorriso
mortos teremos sossego e poderemos dormir sem benévolo, atrás do qual se ocultava a curiosidade.
pesadelos. Preciso matá-lo!” — Vejo que ainda está vivo, tenente. Quais são as
A ideia foi se aproximando, e com ela o assassino. novidades?
Também se atirara ao solo, abrigando-se nos juncos para — Aquele homem chegou ao mar, general.
lançar seu ataque. Mas a atividade de seu cérebro traiu — Que homem?
sua posição. Ergueu a cabeça por cima dos juncos. — Como sabe, há quatro dias houve uma batalha de
Marshall conhecia a direção. Bastou-lhe girar sua arma rebeldes ao sul do planalto. Conforme constatamos, pelo
por um centímetro para a esquerda e apertar o gatilho. menos três elementos da Terceira Potência participaram.
Quando se levantou e foi para junto do inimigo, só — Isto são fatos conhecidos, tenente — interrompeu
encontrou um morto. o general. — Acho que veio trazer alguma novidade.
— É estranho! Dizem que somos os Rhodan, quando — Pois um desses homens foi sozinho em direção ao
só existe um homem que usa este nome. leste, e saímos em sua perseguição conforme nos foi
Marshall sabia que estava só. Caminhando ereto, ordenado.
dirigiu-se para a vegetação protetora da selva. Um — Foram instruídos para matá-lo ou trazê-lo para cá.
sorriso brincava em torno de seus lábios. Era um sorriso Já conseguiram?
de orgulho. Na terminologia do inimigo, também ele era O tenente Tanjev hesitou.
um Rhodan. — Ainda não conseguimos capturá-lo, general. Não é
fácil agarrar um homem só, quando o mesmo esteja
prevenido.
III — Quem poderia tê-lo prevenido? Em Vênus quase
não há gente.
O General Tomisenkow transferira seu quartel- — O soldado Lvov cometeu um erro. Correu à frente
general para um ponto situado cinquenta quilômetros a do grupo por conta própria. Não gosto de pôr a culpa nos
leste. Estava situado num planalto que se erguia em meio mortos.
à selva com uma vegetação escassa. Isso facilitava sua — Quer dizer que Lvov está morto?
defesa no caso de um ataque lançado por um dos grupos — Sim, general. Encontramos seu cadáver na praia.
rebeldes. Era bem verdade que na selva encontraria um — Quer dizer que aquele homem solitário do grupo
esconderijo melhor. Mas não estava muito interessado de Rhodan foi o elemento mais capaz. Será que nem com
em ficar sem ser reconhecido. Todos sabiam que se uma superioridade de doze para um e com todas as
instalara nessa área. E todos sabiam que a tropa que se vantagens estratégicas o senhor está em condições de
mantinha fiel a ele era numericamente superior a todas as cumprir uma missão destas?
outras. E essa superioridade colocava-o numa posição A benevolência desapareceu por completo do rosto
em que não precisava temer um confronto aberto. de Tomisenkow.
As barraquinhas e cabanas de plástico emergiam em — Por que veio até aqui, tenente? Para anunciar seu
meio à vegetação de pouco menos de dois metros de fracasso?
altura. Todo o perímetro do acampamento estava — Vim pedir reforços, general. Atingimos o mar e,
protegido por uma linha compacta de sentinelas. para estarmos seguros, devemos controlar pelo menos
De seis em seis horas a senha era modificada, o que dez quilômetros de costa. Além disso, julgo necessário
dificultava bastante a infiltração de rebeldes. A patrulha que cada grupo seja composto ao menos de três homens.
que fora mandada no encalço do telepata John Marshall Precisamos dessa superioridade, que na verdade nunca
era composta de apenas doze homens e não dependia da passará de uma inferioridade.
senha. Tomisenkow conhecia pessoalmente cada um — O que quer dizer com essa frase contraditória,
desses homens. tenente?
Subitamente o sargento Kolzov viu um pano branco Tanjev voltou a hesitar.
que se erguia em meio à vegetação. — General, o senhor sabe perfeitamente o que andam
— Senha! contando por aí...
— Sou o tenente Tanjev do comando avançado. — É aquela história do gigante e do feiticeiro, não é?
Preciso falar com o general. — disse Tomisenkow em tom áspero. — Não venha me
— Levante os braços! Pode passar. dizer que vai falar seriamente nos termos das fantasias
Um homem se levantou de um salto e se aproximou propagadas pelas revistas de fim de semana. Se o grupo
com os braços erguidos. comandado pelo senhor é composto de gente ingênua,
— Está bem, tenente. Vá na direção daquele arbusto mandarei recolhê-lo ao acampamento e o substituirei por
redondo. O general mora à esquerda. Há alguma uma tropa composta de gente adulta.
novidade? — Às ordens, general! Cumpriremos nosso dever.
— Não ouvi sua pergunta, Kolzov. Preciso falar com Mas acho que os reforços são indispensáveis.
o general, não com o senhor. — Por causa dos dez quilômetros de costa?
— Sim, general — respondeu Tanjev em tom
77
submisso. Tomisenkow trazia um fuzil a tiracolo.
— Muito bem; o senhor os receberá. Tomisenkow — Talvez tenhamos que penetrar em terreno difícil.
escreveu um bilhete. Não preciso explicar à senhora, que conhece
— Apresente isto ao coronel Popolzak e escolha os perfeitamente as condições reinantes em Vênus, que
melhores elementos. Espero que da próxima vez que se certos animais podem se tornar bastante perigosos.
apresente possa comunicar uma ação bem sucedida. — Em minha opinião, o R.17 será suficiente.
Obrigado. — Talvez seja suficiente para proteger a senhora.
— Obrigado, general. Mais uma pergunta. A Mas estou convencido de que não moverá um dedo se
suspensão das comunicações pelo rádio continua de pé? alguma coisa acontecer a mim. Por isso, peço-lhe que
Num caso urgente uma mensagem radiofônica será mais deixe por minha conta a escolha da maneira pela qual
apropriada... vou proteger minha pessoa.
— Pode retirar-se, tenente — interrompeu As sentinelas postadas na saída do acampamento
Tomisenkow. — Darei novas instruções quando julgar fizeram continência quando Thora, o general e R.17
conveniente. A suspensão continua de pé. Tenho motivos passaram diante deles.
para isto. — Por que vamos nos afastar tanto? — perguntou a
Dali a uma hora o tenente Tanjev saiu do quartel- arcônida de repente. Estaria desconfiando de alguma
general, acompanhado de vinte e cinco soldados. coisa?
Durante essa hora o general não quis falar com Tomisenkow conseguiu esboçar um sorriso.
ninguém. As informações de Tanjev levaram-no a — Não se preocupe madame. Não nos afastaremos
refletir, embora não o reconhecesse perante os outros. do acampamento mais que a distância de um tiro. Se
Ele mesmo achara instintivamente que havia algo de estiver entrevendo a ideia de fugir com o auxílio de seu
verdadeiro naqueles boatos que nunca silenciavam. Mas amigo artificial, ou mesmo de fazer algum mal à minha
não havia nada de tangível. Era apenas o milagre dos pessoa, deixe que eu a previna em tempo. Quero lhe falar
êxitos de Perry Rhodan e da Terceira Potência, que já se a sós.
prolongavam por dez anos. Devia haver alguma — Isso poderia ser feito na barraca do senhor.
explicação para o fato. — Deixe a decisão por minha conta. E procure se
Pensou em Thora, a arcônida aprisionada. E no robô concentrar para dizer a verdade, no seu próprio interesse.
R.17, que nunca saía de seu lado. — Devo interpretar isso como uma ameaça?
Sua mão se fechou. Deu uma pancada na mesa de — Sinta-se ameaçada enquanto não obedecer às
lona e despedaçou-a. Nem por isso sua exaltação minhas ordens. Conte alguma coisa sobre seus mutantes.
diminuiu. — Sobre quem?
Dirigiu-se à saída da barraca. — Sobre seus mutantes. Refiro-me àquelas pessoas
— Coronel Popolzak — gritou em meio ao misteriosas, sobre as quais a imprensa mundial andou
amanhecer de Vênus. publicando uma porção de tolices. Acontece que deve
O coronel engatinhou para fora da barraca vizinha. haver algo de verdadeiro em tudo aquilo. Sabe
— Às ordens, general. perfeitamente que dependemos um do outro. O próprio
— Venha cá! Preciso de cinco homens de absoluta Rhodan dificilmente terá uma chance na selva de Vênus.
confiança. Deixou sua superioridade técnica em casa. E antes que
— Pois não. Logo os mandarei. atinja a fortaleza do norte seu corpo apodrecerá nos
— Deixe-me terminar! Não quero ver estes homens. pântanos.
Ninguém deve vê-los. Daqui a pouco darei um passeio — No entanto, o senhor acredita nos mutantes.
com a prisioneira, fora do acampamento. Admitamos a hipótese de que estes realmente existem.
Tomisenkow explicou mais alguns detalhes e dirigiu- Neste caso a superioridade de Rhodan não seria imensa?
se à cabana que abrigava Thora e seu robô. Mesmo sem os recursos tecnológicos? Ainda acontece
— Olá, miss Thora. Posso entrar? que o senhor se engana ao acreditar que Rhodan veio a
— Ah, é o general. Desde quando resolveu praticar a este planeta em minha companhia.
cortesia? — Rhodan está aqui! — disse Tomisenkow em tom
Saiu da cabana e, num gesto de desafio, atirou seu áspero. — Não adianta negar.
longo cabelo branco para a nuca. Tomisenkow evitou o — O que acabo de lhe dizer é a verdade, general. O
olhar zombeteiro de suas pupilas avermelhadas. Esse tipo que adiantaria ratificar a mesma? Ao que parece está
de duelo com aquela mulher sempre o deixara irritado. mais bem informado sobre o paradeiro de Rhodan do que
— Quero convidar a distinta senhora para um eu. Se ainda se encontra na Terra, ele me tirará daqui
passeio. Acho que concordará em desfrutarmos juntos antes que se passe mais um dia de Vênus.
esta linda manhã de Vênus. — Pois antes que esse dia de Vênus chegue ao fim,
— Vamos — respondeu Thora numa surpreendente teremos atingido as montanhas do norte. E assim que
concordância. — Deve ter um estoque daqueles assuntos estivermos de posse da fortaleza, tenho todo o planeta
com que costuma me entreter de forma tão agradável. sob meu controle. Se os planos secretos da senhora
Tomisenkow sabia perfeitamente que até então preveem outra coisa, só posso ter pena, madame. Se unir-
nenhum dos assuntos por ele abordados havia sido do se a mim, levará o tipo de vida que lhe agrada. A outra
agrado da arcônida. E o assunto a ser tratado hoje seria alternativa seria continuar a ser minha prisioneira para
ainda mais desagradável. A malícia voltou a animá-lo. sempre. E posso lhe assegurar que disponho de meios
— Aguarde a surpresa, madame. para tornar sua vida bastante desagradável.
— Estou certa de que conseguirá surpreender-me, — Não tenho a menor dúvida. Toda vez que me diz
general. Por exemplo, esse canhão que traz nas costas... uma coisa desagradável, suas palavras correspondem à
78
verdade. Acho que devemos voltar general. Nossa verdadeiro. Mas quando ouviu as palavras de
palestra é inútil. Tomisenkow percebeu que se deixara cair numa
— E os mutantes? armadilha.
— Conheço os mutantes da Terceira Potência — Ignorou a mão que se estendia em seu auxílio e
disse Thora. — Alguns deles sabem ler pensamentos. levantou-se sozinha.
Outros podem influenciar os pensamentos de alguém. Os — O senhor é um homem ordinário! Thora estava
chamados teleportadores transferem-se de um lugar para furiosa.
outro por força do pensamento. A qualquer momento Isso fez com que Tomisenkow gozasse seu triunfo
encontram-se no lugar em que querem estar. Se eu fosse com mais intensidade. E nem desconfiava de que na boca
uma teleportadora, poderia chegar à fortaleza de Vênus daquela mulher a palavra homem representava uma
dentro de dois segundos. ofensa muito grave.
— Rhodan é um mutante? — Vamos voltar madame. Imagino que a perda de
— Isso seria novidade para mim. Por que diz isso? seu protetor metálico deve tê-la atingido profundamente
— Enviei uma patrulha que o vem perseguindo há e que a continuação do passeio não constituirá um bom
dias. Rhodan já atingiu a grande baía do mar do norte. descanso. Vá para a cama e descanse um pouco.
Está numa armadilha. Admitamos que não seja um — Isso o senhor me paga, general.
mutante. Neste caso posso ter certeza de pôr as mãos — Por que justamente eu?
nele dentro de dois dias terrestres. — O senhor não vai querer negar que essa manobra
Thora não deixou perceber quão profundamente a infame foi tramada pelo senhor.
notícia que Tomisenkow acabara de dar-lhe a comovia. — É claro que não. A senhora dá provas de sua
Embora ao sair da Terra praticamente tivesse fugido de elevada inteligência por ter descoberto isso tão depressa.
Rhodan, acreditava que este seria o homem mais Saiba perder esportivamente, madame.
indicado para libertá-la. Depois que seus planos se Thora cuspiu diante dele. Vira algum homem fazer
frustraram com a queda sobre a selva de Vênus, já estava isso e pouco se importou com o fato de que um gesto
arrependida no seu íntimo da sua ação precipitada. desse tipo não ficava muito bem para uma dama. Aliás,
— Se acredita que ele se instalou em algum lugar da não tinha o menor interesse em guardar as formalidades
costa do mar do norte, vá buscá-lo. Não posso impedi-lo. terrenas. Quando se enfurecia, perdia toda inibição.
Naquele instante um tiro foi disparado nas Tomisenkow já conhecia sua prisioneira há bastante
proximidades. Uma bala ricocheteou e, assobiando, foi tempo; sabia que, enquanto ela se encontrasse nesse
bater contra a rocha. estado, não seria fácil conversar com ela. Sem dizer uma
— Proteja-se! — gritou o general, mas correu mais palavra deu-lhe as costas e se dirigiu ao acampamento.
uns vinte metros antes de se atirar ao solo. Cem metros atrás dele Thora passou pela sentinela. Um
Thora desapareceu imediatamente. Mas o robô soldado seguiu-a a certa distância para verificar se
continuava de pé e enviou um breve raio energético para realmente se recolhia à sua cabana.
a floresta, que logo começou a arder. O general mobilizou um grupo que se pôs a controlar
Seguiu-se uma salva de tiros de armas manuais. o incêndio da floresta. O estoque de extintores a seco era
Era evidente que o ataque se dirigia exclusivamente muito reduzido, mas foi suficiente para manter o fogo
contra a arcônida, pois o fogo se concentrou sobre o sob controle. A flora suculenta de Vênus não era um
lugar em que se abrigara. combustível muito eficiente. Naquele planeta não se
No mesmo instante o robô saltou para frente. conheciam secas prolongadas que permitissem o
Ninguém acreditaria que pudesse ser tão ágil. Seu ressecamento das florestas e das estepes.
corpo foi cercado por uma camada tremeluzente, que Tomisenkow era de uma obstinação proverbial.
parecia de ar quente. Voltou a se dirigir a Thora para perguntar sobre os
“Será um campo energético?”, foi à pergunta que mutantes.
acudiu a Tomisenkow. — Fora, seu bárbaro! — gritou Thora e respirou
Pouco importava! Segurou o fuzil por baixo do braço profundamente para amontoar novos insultos sobre o
e colocou um projétil superdimensional no cano; parecia russo. Mas o sorriso zombeteiro que seu rosto exibia
uma granada de fuzil. tirou-lhe a fala. Deu-lhe as costas e não disse mais uma
R.17 havia procurado um abrigo. A floresta foi palavra.
coberta por um fogo energético ininterrupto. Logo depois O general usou uma linguagem mais gentil.
os tiros das armas convencionais cessaram. O general — Em certa oportunidade a senhora me ameaçou,
completou a pontaria. Puxou o gatilho. O campo dizendo que o R.17 poderia destruir toda a tropa sob meu
energético do robô revelou-se impotente contra a granada comando. Levei suas palavras a sério. Será que vai me
atômica. dizer que tudo não passava de um blefe inocente?
R.17 volatilizou-se numa ligeira nuvem Thora não respondeu.
incandescente. — Pois bem, seja o que quiser! — resmungou
Poucos segundos depois Tomisenkow encontrava-se Tomisenkow. — Não acredite que continuarei disposto
ao lado de Thora. por toda vida a prestar contas à senhora. A senhora me
— Paço votos de que a senhora tenha passado sã e ameaçou, e eu nunca ocultei o fato de que para mim o
salva por tudo isso, madame. Posso ajudar? robô representava um obstáculo. Fui mais rápido, e a
O tom de voz e as palavras do general deixaram a senhora se encontra sob meu poder, mais que antes.
arcônida ainda mais confusa. Não conseguiu dissimular o Ainda dispõe de duas horas para descansar. Depois
choque. R.17 ainda representava certo apoio moral para levantaremos o acampamento e marcharemos na direção
ela, mesmo como prisioneira. O ataque parecera nordeste. A fortaleza de Vênus cairá. Não tenha a menor
79
dúvida. E quem assumirá a herança de seus antepassados sentimentos. Preciso de um refém de que possa lançar
arcônidas serei eu, só eu. Com a senhora ou sem a mão se Rhodan atacar. E se tiver a ideia de tirá-la à
senhora, pouco importa. força, devo ter a possibilidade de matá-la antes que isso
Não obteve resposta. Depois de algum tempo saiu, aconteça.
dando de ombros. Tamanha franqueza chocou Thora, que se refugiou na
Ao passar pela praça central do acampamento, viu a altivez que lhe era peculiar.
tábua negra colocada junto aos alojamentos da Eram cento e treze horas quando uma patrulha
companhia de prontidão. Popolzak mandara afixar outro comunicou ter achado uma carabina automática russa.
papel em que estavam escritos os nomes dos cinco Um cabo apresentou a arma ao general.
homens tombados no combate contra o R.17. — Descobrimos uma fogueira a cerca de três
Tomisenkow procurou reprimir a indagação sobre a quilômetros ao sul, general.
finalidade dessa ação. Quando entrou em sua barraca — Uma fogueira?
sentia dor de cabeça. — Sim, general, uma fogueira apagada. A lenha
carbonizada já estava fria. Esta carabina estava oculta
*** sob o capim, embaixo de uma árvore. O pessoal deve tê-
Dali a cinco horas terrestres seu pequeno exército se la esquecido.
encontrava em marcha. A gravitação pouco intensa de — E são nossos patrícios. É uma vergonha ver como
Vênus tornava mais fácil aos homens carregar os essa gente se perde quando não é mantida sob controle. É
preciosos equipamentos e os mantimentos que o senhor que comanda a patrulha?
conseguiram salvar do pouso malogrado. Não era muito, — Sim, general.
se comparado com aquilo de que precisariam nos Antes que o cabo pudesse se dirigir ao coronel que
próximos meses. Tanto mais avarentos seriam no trato do marchava a cinquenta metros dali, uma salva abafada de
que lhes restava. Quem deixasse para trás qualquer coisa, armas de infantaria soou na selva próxima.
por desleixo ou comodidade, era chamado a prestar — Procurem uma cobertura! — gritou alguém. A
contas. Neste ponto as ordens de Tomisenkow eram ordem era desnecessária. Num reflexo instintivo os
inequívocas. homens atiraram-se ao chão e viraram-se para a direita.
Há meses fora realizado um levantamento da Enquanto caíam os fuzis foram empunhados
situação. Dali em diante as vistorias e os controles eram automaticamente.
realizados a curtos intervalos. Todo fósforo, todo pacote Depois do primeiro ataque, o silêncio passou a reinar.
de alimento desidratado, todo cartucho era registrado. Até mesmo os pássaros de Vênus, que cantavam nas
Quem disparasse um tiro tinha que dar contas e copas das árvores, suspenderam seu concerto. Alguns se
apresentar um relatório. afastavam, batendo ruidosamente as asas.
As unidades de vanguarda e de retaguarda eram as Outros estariam enfiando as cabeças sob as penas.
que conduziam menos carga. Deviam ser dotadas de Alguns tiros foram disparados nas fileiras do grupo.
maior grau de mobilidade. De cada vez que Tomisenkow — Que diabo! — gritou Popolzak. — Só atirem
fazia sua tropa empreender uma marcha mais quando virem alguma coisa. Todo tiro deve acertar o
prolongada, para transferir seu quartel-general mais um alvo.
pedaço para o nordeste, voltava a surgir à indagação se A resposta veio em forma de uma rajada de
sua disposição otimista se justificava face à força de metralhadora disparada pelo inimigo desconhecido.
combate de seu exército. — São uns idiotas — resmungou Tomisenkow, com
Nas baixadas pantanosas da selva não havia o nariz dois centímetros acima do solo. — Com esta
possibilidade de manter a coluna bem unida. Às vezes a vegetação não conseguem atingir um homem por um tiro
vegetação era tão espessa que tinha de ser removida por direto a uma distância de vinte metros. E esta folhagem
meio de granadas atômicas. Tratava-se de armas limpas, gosmenta come as balas como o mata-borrão come a
cujo processo de fusão nuclear não causava qualquer tinta. Oh, desculpe, madame!
radiação perigosa. Mas sempre havia o perigo de um Só agora o general percebeu que mantinha Thora
incêndio na floresta. Assim a utilização das granadas apertada contra o chão. Enquanto a mão direita segurava
atômicas tinha de ser reduzida a um mínimo, face à a coronha da carabina automática, o braço esquerdo
pequena reserva de substâncias extintoras de que enleava a nuca da arcônida como se fosse uma tenaz.
dispunham. — Se machuquei a senhora não foi por querer. A
O caminho aberto pelas primeiras unidades tinha que senhora é muito preciosa para que possa me arriscar a
ser utilizado pelo restante da tropa. Por isso muitas vezes perdê-la dessa forma. Aqueles rebeldes são os que menos
a coluna se estendia por vários quilômetros. estão em condições de dizer quando a senhora deve
Vista a situação sob esse ângulo, Tomisenkow não morrer. São piores que assaltantes. Posso ajudar em
tinha por que se orgulhar com o fato de que ainda alguma coisa?
dispunha de cerca de meio regimento. Durante a marcha — Solte-me e dê-me uma arma. Sei lidar com ela.
sempre deixava um flanco exposto ao ataque até mesmo — Não tenho a menor dúvida — disse Tomisenkow,
de um inimigo mais fraco. E seria uma arrogância dizer esticando as palavras. Num gesto hesitante pôs a mão
que um inimigo como Perry Rhodan era fraco. para trás. Subitamente segurou uma pistola de seis tiros e
Por isso Tomisenkow sempre se mantinha nas passou-a a Thora.
proximidades de Thora. E ele o fez com tamanha — Tenha cuidado, madame. Está carregada e só se
pertinácia que esta recuperou a fala. Deu a entender sem presta a uma luta corpo a corpo.
rebuços que não gostava de sua companhia. — Para mim basta — disse com uma expressão
— Infelizmente não posso considerar seus indefinível no rosto.
80
IV — Muito bem. Agora pense nos russos.
— O Bloco Oriental invadiu o planeta Vênus sob o
Son Okura, os visores de frequências que tinha comando do general Tomisenkow. E nós lhes
dificuldades de andar, e Perry Rhodan, chefe da Terceira atrapalhamos os planos. A divisão de Tomisenkow está
Potência, não formavam a equipe mais adequada para praticamente aniquilada. Ao que tudo indica só um
uma marcha a pé em Vênus. Ainda mais quando o pequeno grupo de homens continua a obedecer suas
objetivo ficava a nada menos de quinhentos quilômetros ordens.
em linha reta, e havia como obstáculo um braço de mar — Continue. Mas não pense apenas nos desertores.
de trezentos e cinquenta quilômetros de largura, que um Deve haver mais gente na superfície de Vênus.
belo dia também teria de ser vencido. Son Okura refletiu.
Desde o início a dificuldade de andar de que padecia — Gente do Bloco Oriental?
Son Okura teve que ser incluída nos cálculos. A ferida no Perry Rhodan fez que sim.
ombro de Rhodan só surgira posteriormente, quando os — É claro que sim, meu caro.
dois homens e John Marshall se viram envolvidos num — Está aludindo à frota de abastecimento? Bem, já
combate entre os rebeldes e os pacifistas do tenente me lembrei disso. Deve estar lembrado de nosso
Wallerinski. Nem por isso Rhodan perdeu o bom humor. encontro com o sargento Rabov, que foi morto durante
Tratava-se de uma perfuração direta na altura da axila. um combate. Contou muita coisa, mas nunca aludiu ao
Nenhum osso e nenhum músculo importante haviam sido pouso da frota de abastecimento.
atingidos. Os medicamentos arcônidas apressaram a — Pois é justamente isso! Provavelmente o próprio
cura, mas apesar de tudo as pontadas e as coceiras que Tomisenkow não sabe nada a respeito disso. Mas tenho
sentia a toda hora convenceram Rhodan de que ainda não para mim que essa frota deve ter pousado. O Bloco
se encontrava em plena forma. Oriental mandou duzentas unidades. Destruímos trinta e
— Deve se tratar! quatro quando o campo energético de nossa nave
As advertências de Okura eram obstinadas. Voltara a atravessou, por coincidência, o centro da frota. É
construir uma cabana numa árvore, fechando o chão e as possível que outras naves tenham sido destruídas durante
paredes com trepadeiras e folhas largas. Para baixo a o pouso. Mas aposto que mais de cem veículos espaciais
camuflagem era completa. conseguiram descer em Vênus.
— Estas cabanas montadas em árvores servem para Son Okura empalideceu.
gente que saiba viver, mas não para pessoas que querem — Santo Deus! Isso significaria...
ir para a frente — resmungou Rhodan, contrariado. Não foi necessário terminar a frase. Ambos sabiam o
— Acho que estamos de acordo: resolvemos andar que isso significava. Em algum ponto de Vênus devia
seguros. Aliás, na situação desvantajosa em que nos haver outra tropa, que dispunha de um equipamento
encontramos, não temos outra alternativa. muito melhor.
— Tenho minhas dúvidas; é bem possível que — Não há dúvida de que a frota de abastecimento se
estejamos participando de uma corrida. Se Tomisenkow destinava ao general. O fato de que até hoje não se
e Thora chegarem antes de nós à fortaleza escavada na apresentou a ele — prosseguiu Rhodan em tom
rocha, ninguém nos garante que não entrarão. Como indiferente — apenas prova que também este clube
arcônida, Thora é portadora de um cérebro reconhecido. declarou sua independência. A independência parece
— Acredita que ela nos trairia? grassar em Vênus como uma epidemia.
— Tanto faz que haja traição ou não. Os homens do Não falaram mais no assunto, embora fosse muito
Bloco Oriental a têm nas mãos. Podem forçá-la. interessante. Seus planos previam um repouso de seis
— OK — disse Okura com um sorriso. — Estou horas. E no momento a restauração das forças era mais
convencido de que ganharemos a corrida. Com toda importante que todas as especulações estratégicas.
lentidão, ainda somos mais rápidos que o general Durante a marcha teriam tempo para as mesmas.
Tomisenkow. Não conseguirá arrastar seu exército pela
selva com a mesma rapidez dos corpos inválidos. Depois ***
do patrulhamento que realizei ontem, tenho certeza de Dormiram o tempo previsto e puseram-se a caminho.
que os remanescentes do exército de Tomisenkow estão Okura já não saberia dizer quantas cabanas construíra
bem próximos. Isso significa que já recuperamos algum nas árvores de Vênus. Tornara-se mestre nessa arte. As
terreno e tenho certeza de que chegaremos à costa antes construções iam ficando cada vez melhores e mais belas.
dele. Quanto a Marshall, não há dúvida de que não Apesar disso tinham de ser abandonadas para sempre.
precisamos nos preocupar com ele. Falavam nesses pequenos aspectos sentimentais
— Gostaria de ter seu otimismo — disse Perry quando enjoavam de conversar sobre os grandes
Rhodan. — Acontece que não devemos pensar apenas problemas. Geralmente calavam-se de vez depois que os
em termos táticos, mas também em termos estratégicos. primeiros quilômetros de marcha chamavam à sua
Você se esquece das relações mais importantes entre os lembrança o fato de que o planeta Vênus com suas selvas
fatos. representava uma provação interminável.
— Não compreendo. No dia seguinte — por uma questão de hábito
— Até aqui pensamos apenas nos homens com que costumavam contar o tempo pelo calendário terrestre —
nos encontramos diretamente. Mas vamos começar do ouviram tiros. Rhodan, que ia à frente, parou
início para descobrir as causas e o sentido de tudo aquilo. imediatamente. Antes que pudesse dizer qualquer coisa,
— A causa de nossa presença neste planeta é a fuga ouviu-se outra salva.
de Thora. — É uma batalha. Pelos meus cálculos é bem ao
norte.
81
— Só pode ser no norte, pois é lá que Tomisenkow se — Fique aqui, chefe; será...
encontra. Rhodan interrompeu-o com um gesto.
Seguiu-se a detonação de uma bomba ou de uma — Não farão coisa alguma comigo. Sei me cuidar.
granada. Depois disso o silêncio voltou a reinar. Fique aqui e mantenha nossa posição. Aconteça o que
Esperaram mais quinze minutos. Mas o tiroteio não se acontecer, não se traia com um tiro. Aquilo que fica por
repetiu. ali quando muito é o alojamento de um grupo de
— O que acha Son? rebeldes. Mas quem sabe se essa gente não tem alguma
— Devem ter montado acampamento. Numa posição comida para nós. Temos necessidade premente de um
defensiva vai ser fácil para eles repelir os ataques de reabastecimento de munições e mantimentos.
Wallerinski. Son Okura estava acostumado a obedecer. Limitou-se
— Quem sabe se foi Wallerinski. a confirmar com um aceno de cabeça.
Formularam outras suposições, que não se Perry Rhodan desceu pela borda da plataforma. Se
aproximavam da verdade. Não sabiam que o general não descesse muito depressa, o risco de ser descoberto
Tomisenkow acabara de destruir o robô R.17. não seria grande. A folhagem densa das trepadeiras que
— Vamos ficar mais à esquerda — decidiu Rhodan. parasitavam as árvores fornecia-lhe uma excelente
— Estamos a uma distância muito grande do pessoal do cobertura, que descia até o solo.
Bloco Oriental. A prudência não deve ser exagerada. Teve que descer uns vinte metros. Para aliviar o
— A prudência nunca pode ser exagerada — ombro direito, colocou quase todo o peso do corpo sobre
declarou Okura. a mão esquerda.
A lição fez o chefe sorrir. Chegou ao solo sem ser visto, e aqui a visibilidade
— É claro que não. Ainda existe a possibilidade de ainda era menor. Mas lembrava-se da direção que devia
que alguém possa precisar de nós. Thora, por exemplo. seguir e foi avançando. A batalha certamente desviaria a
O plano de Rhodan foi executado. Depois de atenção daquela gente. Nos alojamentos dos rebeldes
percorridos outros dez quilômetros, uma cabana foi ninguém consideraria a possibilidade de que alguém
construída numa árvore e ocupada imediatamente. Antes pudesse se encontrar nas suas costas. Um perigo maior
de dormir fizeram as tentativas rotineiras de estabelecer que o dos soldados desertores poderia provir dos animais
contato pelo rádio com Bell. Operavam obstinadamente de Vênus, e Rhodan teve bastante juízo para dedicar sua
as antenas escamoteáveis do tamanho de uma agulha. atenção também à vizinhança imediata.
Mas tal qual nos dias anteriores, a Good Hope-V não Ao que parecia o destino resolvera ajudá-lo.
respondeu. Conseguiu se desviar das lagartas, dos besouros e das
— A chave secreta X — resmungou Rhodan. — borboletas que dançavam no ar. Poderiam ser venenosas,
Parece que é muito eficiente. mas não se interessavam por ele. Um ataque partido dali
— Ou então Bell já regressou à Terra. seria pura coincidência.
— Prometeu exatamente o contrário. Seja como for, As trepadeiras representavam um obstáculo mais
dependemos exclusivamente de nós mesmos. Boa noite, difícil. Às vezes formavam uma verdadeira cerca viva.
Son. Teve que se espremer entre elas, e por vezes via-se
— Boa noite, chefe. obrigado a dar ao seu corpo a configuração de uma
cobra. Se quisesse cortar aquela vegetação resistente,
*** gastaria muito tempo. Além disso, as plantas poderiam
Desta vez o tiroteio os despertou. Okura logo sentiu a estar submetidas a uma espécie de tensão estática. Nos
mão de Rhodan, que se colocara em seu braço num gesto dias anteriores Rhodan via várias vezes uma trepadeira
de advertência. cortada chicotear o ar com um silvo, como a corda
— Fique quietinho, rapaz! Estão bem à frente da retesada de um arco de atirar. O barulho poderia traí-lo.
nossa porta. E se um homem recebesse um impacto pouco feliz, isso
Realmente parecia que os tiros estavam sendo poderia significar a morte.
disparados bem embaixo da árvore. Mas era uma ilusão. Quando se encontrava a uns trinta metros do
A abóbada de folhas, formada pelas árvores de cerca de acampamento, fez uma pausa prolongada. As mãos e o
cinqüenta metros de altura, produzia efeitos acústicos rosto estavam arranhados. Pegou o lenço e enxugou o
perturbadores. suor que lhe penetrava nos olhos; viu que havia sangue
Espiaram pelas folhas da cabana. misturado ao mesmo.
— Não vejo nada — disse Okura. Apenas uns arranhões e alguns pedaços de pele
— Com a visibilidade de que dispomos isso seria esfolada, foi o comentário silencioso que a descoberta
muito difícil — resmungou Rhodan em tom nervoso. — provocou nele. Mas atrás desse comentário ocultava-se
Gostaria de saber... ora, é lá! uma pergunta menos animadora. A selva misteriosa de
Apontou com o dedo. Seu companheiro já havia visto Vênus poderia ser tratada com tamanho desdém? Era
o movimento. Eram homens que se deslocavam entre a bem verdade que nos últimos anos, os botânicos haviam
vegetação rasteira, a uns cem metros de distância. esclarecido muita coisa a respeito da flora de Vênus. Mas
Mais alguns tiros foram disparados. De início eram só uma fração reduzida das espécies existentes pôde ser
isolados. Mas logo se seguiu uma salva. classificada e determinada segundo seus componentes
— A batalha está sendo travada mais à esquerda, pelo químicos. Qualquer espinho aparentemente inofensivo
menos a quinhentos metros daqui. Mas aquilo que se podia trazer em si o germe da morte.
mexeu lá embaixo foi um homem. Rhodan fez um esforço para se libertar dessas idéias.
— É claro que foi. Vi uma cabeça. Concentrou-se sobre os homens que se encontravam à
— Muito bem. Vou dar uma espiada. sua frente.
82
Há anos falava um russo excelente; por isso não teve assim que chegarmos ao rio.
a menor dificuldade em acompanhar a conversa daqueles — Não diga! Você conseguiu convencê-lo? Por que
homens. Era verdade que se mostravam bastante resolveu atacar o general hoje?
lacônicos. Apenas mencionaram que estavam cansados e — Pergunte a ele! De qualquer maneira meus
achavam que o ataque de Wallerinski contra a tropa de conhecimentos táticos bastam para que eu saiba que, por
Tomisenkow era muito arriscado. O resto da conversa foi aqui, uma armadilha nas árvores seria um jogo de loteria.
conduzido em voz tão baixa que Rhodan não Mas no rio o general não poderá deixar de usar a
compreendeu nada. passagem situada acima das cataratas. Conforme deve
Teria que chegar mais perto. estar lembrado, do lado oposto existe um desfiladeiro
Seus movimentos tornaram-se mais cautelosos e já bem profundo. Terá que passar por lá. Basta que no
não avançava tão depressa. A intensidade do combate momento exato nos encontremos em cima das árvores
que se travava à distância aumentara ainda mais e e...
dificilmente os rebeldes voltariam num breve espaço de — Calem a boca! — queixou-se outro dos homens.
tempo, a não ser que Wallerinski sofresse uma derrota — Se cada um de vocês quiser gritar mais que o outro, o
grave e fosse levado de roldão pelas tropas de barulho fará com que as patrulhas de Tomisenkow
Tomisenkow. estejam aqui antes dos nossos companheiros. Mitja, você
Finalmente Rhodan viu uma pequena clareira. Ou está de sentinela. Abra os olhos e os ouvidos. E os outros
melhor, um lugar em que o capim havia sido pisado. Não vão ficar deitados. Se não estiverem gostando, contem ao
tinha mais de vinte metros de diâmetro. Mas acima desse presidente. Mas não me causem problemas.
lugar as copas das árvores fechavam-se numa cobertura O último dos interlocutores parecia ser um oficial
espessa, não deixando penetrar mais luz que em qualquer subalterno. De qualquer maneira possuía certa
outro lugar. As flores coloridas em forma de orquídeas autoridade. Perry Rhodan não gostou nem um pouco.
que as trepadeiras ostentavam pareciam abandonadas Enquanto os homens conversavam, se distraíam. Mas
naquela semiescuridão. agora o menor ruído poderia revelar sua presença.
Rhodan viu cinco homens. De outro lado, porém, o barulho produzido pelas
Quatro deles dormiam, ou ao menos estavam criaturas que habitavam a floresta ainda poderia ser
estendidos no capim. O quinto, sentado, recostara-se a usado como cortina sonora. Bastava aguardar o bater das
uma árvore e fumava um cachimbo. asas de um pássaro ou o chamado de algum bicho que se
O equipamento que aqueles homens vigiavam encontrasse numa árvore para que Rhodan pudesse se
provocou a inveja de Rhodan. Pareciam dispor de uma mover sem ser ouvido. Apenas, a operação progredia
grande profusão de armas manuais; além de algumas mais lentamente do que fora planejada.
caixas, cujas inscrições eram bastante reveladoras, havia Com uma trepadeira da grossura de um dedo fez uma
ao menos umas quarenta ou cinquenta carabinas espécie de laço. Havia uma alça na ponta. Fez o artefato
automáticas jogadas embaixo de uma árvore, bem perto avançar centímetro por centímetro, até enfiar a alça por
do lugar em que Rhodan se encontrava. cima do cano de uma carabina. Com um puxão fechou a
— O presidente não devia ter tanta pressa com suas alça, que encontrou apoio no dispositivo de mira.
concepções — disse um dos homens deitados no capim. Demorou uma infinidade até que conseguisse se apossar
— Afinal, a ideia de impor a paz pela força nada tem de da arma. E ainda lhe faltava um suprimento suficiente de
original. munições e mantimentos.
— Você tem umas ideias esquisitas — disse outro. — A presa seguinte que escolheu foi uma caixinha com
Enquanto Tomisenkow não quiser a paz, nós temos que a inscrição “extrato de carne”. O laço teria que ser um
lhe dar uma lição. pouco maior. Conseguiu aproximá-lo do objetivo. Mas
— Quer dizer que só poderemos ser verdadeiros quando deu o puxão final, a caixa tombou ruidosamente.
pacifistas quando todo mundo for? A sentinela se levantou imediatamente.
— Que bobagem! Já somos verdadeiros pacifistas. — Stoj! — soou seu comando, embora não pudesse
Até parece que você andou dormindo durante as aulas. ver Rhodan. No mesmo instante os outros soldados
O homem que fumava cachimbo fez um gesto puseram-se de pé e num gesto automático pegaram as
aborrecido. armas.
— Parem com essa conversa de adolescentes. No Rhodan percebeu imediatamente que diante dessa
momento só importa o que o presidente consegue fazer. bateria de carabinas prontas para disparar não teria a
Esse tiroteio já está demorando demais. Quando um menor chance de fugir. Para compensar a inferioridade
ataque não dá certo no primeiro instante, vejo as coisas de forças teria que recorrer à inteligência e ao blefe.
pretas. Levantou-se calmamente, apontando o cano da
— Igor, você ainda vai se dá mal com esse tipo de carabina recém-capturada para o chão.
conversa. O presidente sabe o que quer. Deposito toda — Levante as mãos! — foi à ordem que recebeu.
confiança nele. Evidentemente não tomou conhecimento dessa
— O presidente se sentirá muito orgulhoso com isso, ordem. Aparentemente contrariado, passou por cima de
Mitja. Mas sei perfeitamente que para ele você não passa uma raiz e chegou mais perto das cinco sentinelas.
de um sabe-tudo. E o presidente não gosta desse tipo de — Pare imediatamente!
gente. Rhodan fez exatamente isso. Seu rosto exibiu um
— Pense o que quiser. Ele gosta de mim conforme sorriso matreiro e a expressão de um superior
desejo. Se estiver aludindo aos bons conselhos que lhe insatisfeito.
dei, posso lhe assegurar que Wallerinski ficou muito — Quem está no comando? — indagou em tom
grato. O projeto da armadilha nas árvores será executado autoritário, num russo impecável.
83
Sua atitude autoconfiante deixou os cinco perplexos. hipnose corriqueira, mas antes representava o resultado
Nenhum deles se lembrou de repetir a ordem de levantar de um treinamento hipnótico arcônida, continuava
as mãos. intacta.
— Que diabo! Será que todo mundo perdeu a fala? — A hesitação daqueles homens poderia se tornar
esbravejou Rhodan, prosseguindo na aplicação da mesma perigosa.
receita. — Que tiroteio é esse? Será que estes guerreiros — Larguem as armas! — voltou a ordenar.
de salão pertencem ao seu grupo? Proferiu estas palavras sem deixar se arrastar ao tom
Finalmente um dos homens do Bloco Oriental pôs-se de berreiro de um oficial subalterno. Mal chegou a
a falar. levantar a voz, mas esta não deixou de produzir o efeito
— Meu nome é Ilja Iljuchin, senhor. desejado.
— Não tem nenhuma graduação? Os pacifistas obedeceram.
— As graduações foram abolidas desde que o — Meia-volta volver!
presidente Wallerinski... Estas palavras foram proferidas no tom incisivo de
— Cale a boca! um comando de pátio de quartel.
Perry usou um tom cada vez mais arrogante, pois Mais uma vez os pacifistas, perplexos, obedeceram.
esperava que uma voz de comando retumbante não Rhodan abaixou-se, apanhou as armas e atirou-as
deixaria de produzir algum efeito. para trás de si. Todas, com exceção de uma. Tratava-se
— Fiquem sabendo que sou o comissário Danov, R. de uma pistola leve, que conseguia manter erguida apesar
O. Danov. O governo do Bloco Oriental, formado há das dores que sentia no ombro.
trinta dias, desembarcou unidades pesadas em Vênus, — Meia-volta volver! — foi o comando que soou a
para restabelecer a paz e a ordem. A breve palestra que seguir. Mais uma vez fitou os três homens de frente.
mantive com os senhores me deu a impressão de que na Desta vez a pistola conferia-lhe uma superioridade total.
divisão de Tomisenkow surgiram costumes bastante Até a experiência seguinte foi coroada de êxito, muito
estranhos, que dificilmente contarão com a boa embora uma pessoa menos treinada para uma obediência
compreensão do governo. Recomendo-lhes que cadavérica naquela oportunidade já lhe estaria causando
procurem se lembrar imediatamente do seu juramento e problemas. Mas para aqueles homens Rhodan era o
dos seus deveres. comissário R. O. Danov. Fizeram-lhe o favor de se
— Não pertencemos à divisão de Tomisenkow, amarrar uns aos outros com cipós finos, mas muito
comissário. resistentes. Perry cuidou do resto. Amarrou-os a três
Rhodan viu Mitja dar um soco nas costelas do árvores diferentes, com o rosto voltado para o norte, e
interlocutor. Mas nem por isso a confissão de ainda lhes colocou uma mordaça.
amotinamento poderia ser retirada. Depois de terem sido submetidos a esse tratamento,
— Mais tarde falaremos sobre os detalhes. Por os três pacifistas poderiam chegar à conclusão de terem
enquanto façam parar esse tiroteio estúpido. Qual foi o caído num golpe atrevido. Mas essa conclusão chegou
nome que disse há pouco? Wallerinski? cinco minutos depois da hora.
— Tenente Wallerinski, comissário. Por mais algum tempo ouviram ruídos atrás de si, e
— Muito bem! Esses dois aí seguirão imediatamente esses ruídos davam a entender que o estranho inimigo se
para informá-lo sobre a nova situação. A partir de hoje os mantinha ocupado com seus pertences. Depois de algum
comissários detêm todo poder de comando em Vênus. tempo o ruído dos passos e das trepadeiras tiradas do
Quero que o tenente e seus companheiros estejam aqui o caminho às pressas se afastou.
mais tardar dentro de trinta minutos. O que estão Se não fossem as mordaças, a essa hora uma praga
esperando?! dramática sairia dos lábios dos três homens logrados.
Rhodan olhara instintivamente para os dois pacifistas
que lhe pareciam ter um caráter mais independente. ***
Precisava se livrar deles por algum tempo. Obedeceram.
Sem esboçar o menor protesto, puseram-se a caminho Ao chegar à sua árvore, Perry Rhodan dispôs-se a
em direção ao norte. Quando desapareceram entre a transmitir o sinal convencionado para cima. Mas Son
vegetação, Rhodan ainda tinha três inimigos diante de si. Okura já se encontrava a seu lado.
Essa alteração favorável da relação de forças deixou-o — Quando ouvi que você falava em voz alta, percebi
mais otimista. que tinha sido descoberto. Foi por isso que desci.
— Soltem as carabinas. Enquanto não tiverem — Pois terá que subir de novo para apanhar nossa
renovado seu juramento, não posso concordar que usem bagagem. Temos que desaparecer o mais rápido possível.
armas. Deixe para lá; mais tarde explico.
Por alguns segundos parecia que Rhodan estava O visor de frequências arregalou os olhos para as
forçando a situação, que os três pacifistas estavam duas carabinas pesadas, as pistolas e a sacola com
percebendo o blefe. Os homens hesitaram. Mas logo teve conservas. Mas logo se pôs em movimento e foi buscar
início um jogo de que mal chegou a ter consciência. as bugigangas que se encontravam na cabana.
Rhodan ainda mantinha o cano da arma abaixado. O — Temos que levar tudo isto — disse Rhodan em
aspecto que oferecia aos pacifistas não se tornaria mais tom indiferente. — Quanto antes. Dentro de vinte
convincente se, ao erguer a pesada carabina, esta lhe minutos Wallerinski encontrará três homens amarrados
caísse da mão. O ombro ferido ainda não suportaria em seu acampamento, e se a essa hora não nos
tamanho esforço. encontrarmos a uma distância razoável, nossa situação
Mas seus olhos não haviam sido afetados. A potência poderá se tornar bem difícil.
daquele olhar, que não podia ser confundida com a — Aguentarei alguns quilômetros — disse o pequeno
84
Okura em tom confiante e pegou mais de metade da à tropa que se mantivesse bem unida. Os oficiais foram
bagagem. convocados para uma conferência. Os soldados e
Encontravam-se numa baixada. Às vezes a floresta sargentos tiveram que recolher os mortos.
era tão densa que até parecia que fora montada por um Era uma atividade cansativa, que atrasou a marcha
gigante, segundo um modelo sofisticado. Por maiores por algumas horas. Mas não era a única desvantagem que
que fossem os esforços, o deslocamento não poderia ser sofriam.
muito rápido. Apesar disso, cada passo que conseguiam — O senhor ainda passará por muitas decepções
dar representava mais um pedaço de segurança neste planeta — dissera Thora há pouco tempo. E agora
reconquistada. A selva venusiana tinha muita vitalidade se lembrou dessas palavras.
e, segundo as concepções humanas, corria à frente do Encontraram mais de cinquenta mortos. Mais da
tempo. metade pertencia ao grupo de Wallerinski. Mas nem por
Certa vez Reginald Bell afirmara que bastava olhar isso a tropa de Tomisenkow ficou completa.
atentamente durante dois minutos para ver o crescimento — Estão faltando vinte e sete homens — declarou
das plantas. Isso correspondia à verdade. Dali a meia Tomisenkow durante a conferência de oficiais. — Pode
hora terrestre os perseguidores dificilmente dar alguma explicação, coronel?
reconheceriam o caminho aberto por Rhodan e Okura. Popolzak deu de ombros.
— Provavelmente alguns mortos não foram
*** encontrados.
— Mas não podem ter sido vinte e sete.
— Minha munição acabou — fungou Thora perto do — Talvez o resto se tenha unido a Wallerinski. O
general. Este lhe passou dois pentes de balas. senhor estaria em condições de dizer com quem cada um
— São os únicos que ainda tenho comigo. Quando dos seus homens simpatiza?
tiverem acabado terá de rastejar duzentos metros para — Ora essa coronel! Que falas heréticas são estas?
atingir nosso grupo de abastecimento, se é que este ainda Parece que até o senhor já foi infectado por este planeta.
se encontra em nosso poder. Só atire quando o inimigo — Todos nós estamos infectados, senhor general.
estiver perfeitamente visível. Cada um segundo sua predisposição individual. O senhor
— Como queira, general. também não escapou.
A batalha já se prolongava por quinze minutos. Mais — Queira se explicar melhor!
de trinta homens estavam reunidos em torno do general, — O senhor vive na ilusão de que ainda comanda
assumindo uma formação defensiva. uma tropa disciplinada. Carrega pela selva uma
Nenhum dos pacifistas de Wallerinski se arriscara a burocracia que mesmo em condições normais seria
se aproximar dessa fortaleza em miniatura a menos de considerada uma superorganização. O que há atrás disso?
cinquenta metros. Tudo está apenas no papel. E é com esses papéis
A ordem de economizar a munição não se dirigia cobertos de relatórios, prestações de contas e relações de
apenas a Thora. Tomisenkow mandou que a mesma fosse objetos que o senhor se diverte na sua barraca de
transmitida de homem para homem. comando. Mas do lado de fora as coisas são bem
— Só atirem quando tiverem certeza absoluta de que diferentes. Os homens estão esfarrapados, não ligam para
vão acertar. Não poderei arrancar munição do ar. qualquer disciplina assim que se encontram fora das suas
Ninguém pensou em levantar ou abandonar a posição vistas e maldizem seu modo irreal de ver as coisas. Se
defensiva. O contato com o restante da tropa havia sido este resto miserável de uma divisão aerotransportada
interrompido. Mas o tiroteio ininterrupto que vinha de ainda se encontra com o senhor, isso é devido somente
várias direções provava que, em outros pontos, posições ao instinto gregário dos homens. Se pudessem, já teriam
semelhantes haviam sido instaladas. Tomisenkow estava fugido há tempo. Mas para onde quer que corram, o
convencido de que Wallerinski já não mantinha um inferno se abrirá diante deles. Só ficam por medo e pelo
controle exato da situação. Por duas vezes ouvira a voz instinto de autoconservação. Mas não acredite que ainda
do tenente ambicioso, que afinava de raiva, dar suas pensam que o senhor é capaz de nos levar a um paraíso.
ordens ao longe. Mesmo seus planos com a fortaleza de Vênus soam
— Ouça madame. O presidente está ficando rouco de como uma fala impregnada de sonho e de lenda.
tanto gritar. É um presidente. Ouviu bem? Um rapazola Depois da longa fala de Popolzak reinou um silêncio
desses quer ser presidente! Vênus está transformado num total.
hospício. Olhe! É assim que se faz. Aposto como nem O general empalidecera até a raiz dos cabelos. Sua
estava prestando atenção. Ali à esquerda, perto das três resposta aniquiladora não veio.
orquídeas roxas, está um morto. É um pacifista que — É verdade? — perguntou depois de algum tempo.
resolveu brincar de guerra... Falava muito baixo e, todos sabiam, ele não o fazia
Tomisenkow encerrou suas palavras com uma risada apenas para poupar suas cordas vocais cansadas.
áspera. Suas palavras não despertaram qualquer eco.
Dali a uma hora estava rouco como seu inimigo. Só Ninguém se atreveu a comentar o problema.
cochichava quando transmitia suas ordens nervosas. — Está bem — disse Tomisenkow depois de algum
De repente Wallerinski suspendeu o combate. Suas tempo. — Refletirei sobre suas palavras, coronel. Acho
ordens foram ouvidas nas posições de Tomisenkow. que a esta hora todos estamos tão nervosos que não
— Pode ser uma armadilha — disse Thora. podemos dar um tratamento objetivo ao tema.
Os outros partilharam a suspeita manifestada por ela A tropa prosseguiu em sua marcha.
e aguardaram mais algum tempo. Depois disso, o general Às cento e quarenta e três horas atingiram o rio e
despachou mensageiros para frente e para trás e ordenou usaram a passagem que ficava acima das cataratas. O
85
amplo desfiladeiro representava um convite para e os homens. A linguagem das focas era transmitida pela
prosseguir na marcha. faixa do ultrassom e por isso mesmo não era perceptível
De repente um cabo trouxe um bilhete que um ao ouvido humano. Tornava-se necessário transformar o
soldado encontrara pregado a uma árvore. ultrassom através de um conversor de frequências: após
— Não passe pelo desfiladeiro general — leu isso a linguagem das focas tornava-se inteligível através
Tomisenkow. — Os pacifistas instalaram-se nas árvores de um analisador cerebral e de um codificador
e planejaram um ataque maciço. positrônico.
— Que diabo! Quem iria me escrever uma careta Por alguns segundos, Marshall parecia perplexo.
dessas? Logo se deu conta de que não concluíra seu raciocínio
Thora foi à única que poderia responder à pergunta, sobre o problema. Afinal, não era possível que Perry
pois conhecia a letra. Mas preferiu não fazê-lo. Rhodan fosse um idiota para mandá-lo sozinho para a
selva a fim de executar uma tarefa que não tinha as
menores perspectivas de êxito.
V “Sou um ótimo telepata”, foi esta a ideia que Rhodan
impôs à sua mente. “Por isso posso dispensar esses
John Marshall sentia que havia chegado ao fim das recursos tecnológicos. As ondas de pensamento sempre
suas forças. são ondas de pensamento, a frequência não muda. Isso
Metade de uma manhã em Vênus representa muito se aplica às focas e a mim. Têm de me ouvir. A não ser
mais que um dia inteiro na Terra. E durante todo esse que sejam tão fleumáticas que resolveram ignorar meu
tempo Marshall sempre voltara a se esforçar para pedido de socorro.”
despertar a atenção das focas. Estendera-se na areia para ter um descanso total de
Sabia que residiam na margem oposta do braço de pelo menos trinta minutos. Não mexeria um dedo. Não
mar. Essa distância, que era superior a trezentos e pensaria em nada.
cinquenta quilômetros, poderia induzir dúvidas até Quando os trinta minutos haviam passado, cavou um
mesmo no otimista mais inveterado. Mas, de outro lado, buraco com a mão e enterrou os objetos que trazia
o mar era o habitat natural dessas semi-inteligências consigo. O buraco se encheu de água. Mas as conservas e
animais. Não era de supor que nadassem muito longe e a carabina pesada eram imunes à umidade.
se aproximassem da margem em que Marshall se Aliviado da bagagem foi entrando mar adentro, até
encontrava? que conseguiu mergulhar completamente. Sabia do
Por que não o ouviam? perigo que corria. A água gosmenta e viscosa, totalmente
Teriam seguido um instinto nômade e procurado diferente da que conhecemos na Terra, corria quase
outra região? Mas quando um bando de focas desse tipo como o óleo. Estava muito mais impregnada de algas e
abandona certa área, esta passa a ser ocupada por outro micro-organismos que o nosso mar e poderia lhe reservar
bando da mesma espécie. Em meio à vitalidade de Vênus surpresas de que a ciência humana não desconfiava. Mas
não poderia existir um vácuo biológico. Marshall não tinha outra alternativa.
John Marshall se afastara bastante. A dois A água transmite as ondas sonoras com maior rapidez
quilômetros a oeste do ponto em que havia atingido o e intensidade que o ar. Por que a mesma coisa não
mar, uma península rasa penetrava profundamente na poderia acontecer com as ondas emitidas por um cérebro
água. Não passava de um banco de areia. A vegetação telepático?
cessava depois de cem metros. As pegadas das botas de Mergulhou completamente e se concentrou. Procurou
Marshall formavam um rastro de um quilômetro, que usar um vocabulário bem simples, para que as focas não
parecia conduzir a uma solidão sem esperança, a um tivessem dificuldade em compreendê-lo.
beco sem saída. Durante as pausas que fazia punha a cabeça fora da
Encontrava-se na ponta da península. Estava cercado água para respirar.
de água de três lados. O mar estendia-se até o horizonte. Repetiu o jogo cinco vezes. Da última vez, os
A cadeia montanhosa do norte escondia-se atrás da projéteis disparados por uma carabina automática
curvatura da terra. atingiram a água perto dele, obrigando-o a voltar a
Por que as focas não o ouviam? mergulhar imediatamente.
A intensidade de seus chamados telepáticos foi se No mesmo instante esqueceu as focas. Atrás dele
tornando cada vez menor. Intercalou pausas cada vez havia homens que eram muito mais perigosos que o
mais longas, para recuperar as forças. Mas não era mundo selvagem de Vênus com seus mistérios.
apenas a debilidade física que reduzia seu poder de Uma vez embaixo da água, avançou para a direita até
concentração: a depressão psíquica o afetava muito mais que os pulmões vazios o forçaram a vir à tona. Deitou de
profundamente. costas, para poder respirar sem pôr a cabeça toda fora da
Por que não o ouviam? água. Seus olhos revirados captaram um grupo de seis
A pergunta incessantemente repetida levou a novo homens, que se aproximavam pela península sem
choque, quando subitamente acreditou ter encontrado demonstrar a menor preocupação de se abrigar. Tinham
uma resposta. As frequências não combinam! O emissor consciência de sua superioridade. Ao que tudo indicava,
e o receptor devem estar sintonizados segundo os já vinham observando Marshall há bastante tempo:
princípios mais elementares da física. Marshall se provavelmente teriam percebido que deixou suas armas
lembrou do primeiro encontro com as focas. Naquela na ponta da península. Talvez acreditassem mesmo que
oportunidade precisaram de uma bateria completa de já o haviam liquidado. Não atiravam mais e não corriam,
instrumentos para possibilitar o contato entre os animais apenas andavam apressadamente.
A altura do banco de areia ainda oferecia alguma
86
proteção: desde que Marshall se comprimisse bem ao soou ao longe. Na costa surgiram dois homens que
solo, não seria visto. Era evidente que não poderia corriam apressadamente por um desfiladeiro.
permanecer na água nem mais um segundo. Se os A demonstração feita com a arma de impulsos
homens do Bloco Oriental chegassem antes dele ao lugar térmicos tornara o inimigo mais cauteloso. Mas este não
em que se encontrava sua bagagem, não teria a menor tinha necessidade de assumir qualquer risco. Marshall
chance. estava preso na armadilha. A península de cerca de
Enquanto se encontrava na água, deslocou-se por oitocentos metros de comprimento só se ligava à terra
meio de movimentos rítmicos dos pés até sentir chão firme por uma estreita faixa de terra. Se tentasse escapar
firme embaixo das costas. Depois disso, girou o corpo por ali, se transformaria no alvo de atiradores de elite
para ficar de barriga para baixo e rastejou para frente. escondidos na floresta. E se atirasse às cegas para a
Ao abrir o buraco em que enterrara sua bagagem, floresta estaria fazendo a maior tolice que se poderia
formara involuntariamente um monte de areia, que agora imaginar. Diante da selva de Vênus, até um radiador
poderia salvar sua vida. arcônida de impulsos térmicos não passava de um
Rastejou um pouco para a esquerda, até que o monte brinquedo ridículo.
de areia ficasse exatamente na linha de visão dos seis John Marshall não teve outra alternativa senão
homens. Depois voltou a rastejar para frente e atingiu melhorar sua posição atual. Deitado de lado, abriu com a
suas armas e sua bagagem sem ser visto. carabina sulcos profundos na areia. Aos poucos foi se
Os seis homens se encontravam a pouco mais de formando uma cavidade achatada, na qual se abrigaria
duzentos metros. deitado. A água que foi se infiltrando não deveria
Enterrou-se mais um pouco no chão molhado e incomodá-lo.
segurou as duas armas que trazia consigo: a pesada Também o monte de areia foi reforçado, não tanto em
carabina automática que havia apresado e o radiador de altura, mas principalmente em largura. Sua massa devia
impulsos facilmente manejável. Quando sentiu a coronha ser suficiente para resistir ao projétil disparado por uma
encostada ao seu ombro teve uma sensação de alívio. arma pesada de infantaria. Nem poderia pensar na
Respirar três vezes... apontar. possibilidade do inimigo se equipar com lança-granadas
O cano descansava sobre o monte de areia. A ou canhões leves.
pontaria era fácil. Quem dera que as focas chegassem! Bem que estava
Puxou o gatilho. No último instante atirou o cano precisando de um aliado. Mas será que ajudariam um
para cima: não queria atingir ninguém. Seria um tiro de homem a lutar contra outros homens? Sem dúvida, se
advertência. A decência exigia que ele o desse. este homem fosse um telepata.
Será que a decência compensaria nessa luta O que lhe inspirava maiores esperanças era a
implacável? lembrança de Perry Rhodan, que pretendia segui-lo
Marshall não sabia. Nem por isso estava arrependido lentamente em companhia de Son Okura. Onde estariam
do que havia feito. a esta hora?
Seus inimigos se assustaram. Se eles tivessem se Marshall apalpou a pulseira, que além de outros
virado e corrido, Marshall nunca teria concebido a ideia equipamentos continha um minitransmissor. As
de fazer pontaria sobre suas costas. Mas a opinião comunicações pelo rádio haviam sido proibidas. Mas
daqueles seis homens era diferente. Jogaram-se ao chão e Rhodan permitira o uso do emissor em caso de
iniciaram o ataque. emergência. Portanto, a decisão caberia ao próprio
A série de impactos produzidos pelas armas de Marshall.
infantaria atirou a sujeira para o alto. Marshall logo Será que o consideraria um covarde se expedisse um
percebeu que o pequeno monte de areia que tinha diante pedido de socorro? Hesitou alguns minutos. Por fim,
de si não poderia substituir um abrigo subterrâneo. Não num gesto decidido, puxou a rodinha que ativava o mini-
devia ter mais nenhuma consideração, se estivesse transmissor. Com a unha puxou a antena. O aparelho já
interessado em sair vivo daquela armadilha. estava regulado para a frequência combinada.
Os homens queriam matá-lo. Seus pensamentos eram — Alô, Perry Rhodan! Aqui fala John Marshall.
idênticos aos do homem que teve que matar poucas horas Estou chamando Perry Rhodan. Encontro-me numa
antes. situação de emergência.
Marshall largou a carabina e pegou o radiador de Esperou.
impulsos. Não via os inimigos. Passaram-se dez segundos. O impulso transmitido
Abriu um fogo ininterrupto de dez segundos, formado pelo emissor causaria a ativação automática do receptor.
exclusivamente por energia térmica. A energia Finalmente veio a resposta.
desprendida pela arma bastaria para incendiar uma — Rhodan falando! O que houve Marshall?
parede de aço. E as chances do homem seriam muito Conseguiu alguma coisa?
menores num inferno desses. — Não. As focas não dão sinal de vida. Tentei
Os seis homens deviam estar mortos. Apesar disso durante várias horas. Há gente do Bloco Oriental que
Marshall esperou mais uma hora antes de fazer qualquer está no meu encalço. Conseguiram me cercar. Encontro-
movimento. me numa península em que não existe qualquer
Já eram sete os homens que tivera que eliminar. Era vegetação. Minha única proteção consiste num monte de
evidente que com isso não liquidara o grupo inimigo. Ao areia. O inimigo está protegido na floresta. Tenho uma
que parecia haviam colocado toda uma tropa de choque segurança relativa diante de armas leves de infantaria.
no seu encalço. A floresta poderia ocultar uma Mas tenho de contar com a possibilidade de que a
companhia inteira. patrulha inimiga consiga trazer ou já disponha de
Suas suspeitas logo se confirmaram. Um tiro isolado morteiros. Não há dúvida de que estão atrás de mim.
87
Pode fazer alguma coisa para me ajudar? arma mais potente, Okura...
— Que diabo, John! Você está mesmo em maus Perry Rhodan estava aludindo à capacidade de ver as
lençóis. Ainda bem que me avisou. Neste momento reina frequências, de que Okura era dotado. Embora para
a maior confusão nas fileiras de Tomisenkow e dos enxergar normalmente Okura precisasse de óculos, ele
rebeldes. Por enquanto não nos preocuparemos com os possuía olhos que dificilmente outro homem conhecia.
goniômetros dos mesmos. Okura e eu conseguimos Sua visão penetrava profundamente nas faixas do
passar na frente das tropas do general. Já temos uma boa ultravioleta e do infravermelho. Isso significava que
vantagem. Calculo que dentro de quatro horas enxergava muito bem de noite.
poderemos chegar ao lugar em que se encontra. Aguente — Quando a noite descer sobre o planeta... — repetiu
até lá. A partir das cento e cinquenta horas transmita um Okura. Pelo tom em que pronunciava as palavras, até
vetor de rádio de dez em dez minutos, para que possamos parecia que ansiava pela noite. — Não sei por que, mas
tomar logo a direção correta. Não desanime, Marshall! acho a divisão do tempo na Terra muito mais simpática
Nós o tiraremos daí. que a que temos aqui. Até o anoitecer faltam mais de três
Pouco depois do fim da palestra radiofônica, os dias. E até lá temos de libertar Marshall da situação
soldados que se encontravam na praia voltaram a atirar. crítica em que se encontra.
Em três pontos, Marshall reconheceu o fogo dos canos — Não é até lá — asseverou Rhodan em tom áspero.
das armas e respondeu prontamente com o radiador de — Acho que o tempo de que dispomos é muito menor.
impulsos térmicos. Os últimos quilômetros foram percorridos com uma
A mil metros de distância a arma de radiações ainda relativa facilidade. Isso não dependia tanto da natureza
atingia o alvo com mais de dois terços de sua energia. Na do terreno, mas antes da rotina que adquiriram ao lidar
beira da floresta surgiu uma incandescência azulada que com a selva.
produziu uma forte condensação da suculenta vegetação. Captaram regularmente o vetor transmitido por
Num instante um pequeno trecho da linha costeira se Marshall e isso lhes permitiu seguir pelo caminho mais
cobriu de uma densa camada de neblina. curto.
— Hum — fez Marshall, satisfeito. — Nem contava Pelas cento e cinquenta e duas horas, Rhodan afirmou
com este efeito da minha arma. Abrirei um pequeno fogo que estava cheirando o mar.
de barragem e envolverei essa gente na neblina. Isso os — Muito cuidado, Son! — advertiu. — Esta floresta
irritará e os manterá ocupados por algum tempo. está cheia de combatentes sem escrúpulos.
Subitamente viram o mar junto de si. A visão os
*** surpreendeu um pouco. Poucos minutos antes ainda se
— Vamos, Okura! Somos dois inválidos, mas temos viram diante de uma vegetação densa e rebelde.
de aumentar nossa velocidade mais um pouco. Será que — Hum — resmungou Rhodan. — Não se vê muita
você consegue? coisa. Que neblina!
O mutante tentou esboçar um sorriso confiante, mas Okura sorriu.
não conseguiu. Rhodan viu que o rapaz estava realizando — É uma neblina muito estranha, mas não me
um esforço que ultrapassava sua capacidade. incomoda nem um pouco. Se não me engano ela vai se
— Venha cá, Son. Passe as três carabinas, tornando cada vez mais densa para o lado esquerdo.
espingardas e o saco de mantimentos. É minha vez de — Você não está enganado, Son. Consegue enxergar
fazer o papel de burro de carga. alguma coisa?
— Não fale como se eu até aqui tivesse levado a — Enxergo muito bem. A menos de trezentos metros
carga sozinho. E não se esqueça do seu ombro. daqui pelo menos vinte homens estão deitados na orla da
— Bobagem! Meu ombro está em vias de se curar. floresta.
Passe para cá essas bugigangas e pegue o facão. Nos Estão simplesmente deitados no capim, porque
quilômetros que se seguem você irá à frente. Terá acreditam que a neblina os protege contra a visão.
bastante para fazer. — E Marshall?
O gracioso japonês obedeceu. Continuaram a avançar — A península fica pouco adiante.
pela selva. — Ah, sim. Vejo a ponta lá fora. E vejo um ponto
Há muito haviam deixado para trás a passagem pelo negro. Deve ser John. Não compreendo como a neblina
rio. pode se concentrar num espaço tão reduzido. No resto da
Rhodan, que havia recebido o pedido de socorro de área a visão é perfeita.
Marshall, não pôde permanecer por mais tempo nas Okura não soube responder.
proximidades de Thora. Tinha de chegar ao mar quanto — Quer que avance sozinho? — perguntou. — Será
antes. Só lhe restava fazer votos de que alguém da tropa fácil achar o meu caminho.
de Tomisenkow tivesse encontrado o bilhete que — Um momento: isso tem tempo. Rhodan enfiou as
continha a advertência sobre a armadilha montada por mãos numa sacola que tirara dos pacifistas. Retirou duas
Wallerinski. cargas explosivas.
A hora já passara e não se ouvira nenhum tiro. — Acho que isso os despertará. Voltaram à floresta e
— É claro que encontraram o bilhete — asseverou aproximaram-se do grupo inimigo por trás. Colocaram as
Okura. — Se Tomisenkow tivesse passeado embaixo duas cargas explosivas num flanco do grupo e regularam
daquelas árvores em que Wallerinski se mantinha a os detonadores para uma diferença de trinta segundos.
espreita, já teríamos ouvido o barulho de outra batalha. Depois se retiraram apressadamente. Muito bem
— Se for assim, por enquanto Thora está em abrigados, acompanharam o desenrolar dos
segurança. Não demorará muito e nós a tiraremos de lá. acontecimentos.
Assim que a noite descer sobre o planeta, você será nossa — Falta um minuto — murmurou Rhodan.
88
Okura confirmou com um aceno de cabeça. Dentro de dois minutos tudo chegou ao fim.
A primeira carga explodiu. — Voltarão — afirmou Thora, que com uma
— Levantaram-se e estão correndo confusamente de repugnância indisfarçável removeu a sujeira de sua
um lado para o outro. Gritam alguma coisa... roupa.
— Estou ouvindo. — O que é que a senhora sabe? — berrou
— A maioria deles procurou uma cobertura no Tomisenkow.
próprio local. Thora deu de ombros.
— E os outros? — Não sei nada, general. O ataque não foi
— Três estão fugindo, para o oeste. Vão correndo desfechado pelo meu exército. Mas procure refletir
pela praia. Um deles parece ser corajoso: caminha em intensamente. Deve ter reconhecido as insígnias dos
direção à floresta. Está com a carabina em posição de aparelhos.
atirar. — Os helicópteros são do Bloco Oriental, madame.
— Diz que isso é coragem? Esse sujeito ficou Conheço-os pelo tipo. São os maiores, os mais rápidos...
maluco. — Já sei. Os maiores, os mais rápidos e
Os trinta segundos passaram. provavelmente os primeiros do mundo — respondeu
A segunda carga explosiva detonou. A confusão nas Thora em tom zombeteiro.
fileiras inimigas foi total. Todos esperavam novas — Cale-se! Eu lhe...
detonações, cuja origem por enquanto era desconhecida. De tanto nervosismo ninguém deixava que o outro
Face a isso teve início uma retirada geral para o oeste, terminasse. O general interrompeu Thora. E o coronel
que degenerou até que cada um corria o mais que podia. Popolzak interrompeu o general.
Corriam pela costa, pois na praia o deslocamento era — Deve haver mortos, general. Tem alguma ordem
mais fácil. para mim?
— O acesso à península está livre — disse Okura em — Não está em condições de decidir a respeito disso,
tom exaltado. coronel? Mande recolher os mortos e reúna a divisão.
— Vamos, meu filho — decidiu Rhodan. Assumiram Preciso falar com todo mundo.
suas posições no início da península. Tomisenkow olhou para a arcônida. Subitamente
— Verifique o terreno a oeste — ordenou Perry, segurou-a pela mão.
mantendo-se ocupado com o rádio. — Venha, John. — A senhora virá comigo.
Libertamos a passagem. Você nos encontrará no ponto Thora foi obrigada a segui-lo para a coluna de
exato em que a península se liga à terra firme. comunicações, que há vários meses só existia pelo nome.
— Pelo sagrado Universo, chefe! Isso foi um trabalho Os telegrafistas eram soldados de infantaria esfarrapados
bem feito. Já dispõe de peças de artilharia? como os demais.
— As explicações ficam para depois. Antes de mais — Kossygin! — berrou Tomisenkow.
nada quero ver se ainda está inteiro. Um cabo surgiu entre um montão de aparelhos.
Quando o vulto de John Marshall surgiu na neblina, — Às ordens, general.
novas detonações rugiram ao longe. Pela sua intensidade — A proibição das comunicações radiofônicas está
concluía-se que eram cargas de grosso calibre. suspensa. Ligue um microfone e um rolo de fio
— O que foi isso? — gemeu Son Okura. magnético para gravar o som.
— Acho que foi um bombardeio — disse Rhodan em — Não quer se comunicar em código?
voz baixa, falando entre os dentes. — Vivo dizendo que — Que diabo! Não faça perguntas, cabo.
alguns cavalheiros que se encontram em Vênus erraram — Desculpe general, que frequência devo ligar?
nos seus cálculos. — Ora essa! A frequência normal! Acha que quero
ter uma conversa particular? Fique aqui mesmo,
madame. Não vai fugir para a selva justamente agora!
VI Thora só recuara alguns passos para sentar num
tronco tombado. Para surpresa de todos, sorriu.
Haviam escapado da armadilha de Wallerinski. Mas, — Não se perturbe general. Não vou fugir.
quando o general Tomisenkow viu os quatro helicópteros Kossygin fez uma prova, gravando e reproduzindo
que se lançavam ao ataque, soube que fugira da chuva sua própria conversa.
para entrar no chuveiro. — O emissor está preparado, general.
A primeira salva de bombas caiu quase toda na selva. — Aqui fala o general Tomisenkow, comandante da
Apenas as últimas três detonações vinham da área em divisão aerotransportada Vênus. Ordem destinada aos
que Tomisenkow supunha sua vanguarda. quatro helicópteros. Pousem imediatamente em minha
— Isso é traição. Chamarei essa gente a prestar área e se apresentem. Acusem o recebimento e declinem
contas... o nome do oficial que se encontra no comando.
— Procure se abrigar — interrompeu-o uma voz. Era Para surpresa geral a resposta foi imediata.
o coronel Popolzak. — Espalhem-se pela floresta de — Aqui fala o coronel Raskujan. Quero
ambos os lados do caminho. cumprimentá-lo, general. Infelizmente vejo-me forçado a
Num instante o desfiladeiro bem visível parecia decepcioná-lo se acredita que pode me dar ordens. Na
varrido. Apenas algum material deixou de ser retirado. verdade, sugiro que capitule. Incondicionalmente,
Mais uma vez as cargas de TNT foram lançadas em compreendeu? Depois poderemos conversar
meio à confusão da selva, atirando para o ar uma mistura tranquilamente sobre os detalhes.
de galhos, árvores inteiras e cipós. — Será que ficou louco coronel? De onde veio a esta
hora? Há um ano seu nome me foi indicado como o do
89
subcomandante de uma frota de reforços. Será que levou melhor a qualquer pessoa que ao senhor e a seu rival.
doze meses terrestres para percorrer a distância da Terra Aqui Raskujan começou tudo de novo. É outro planeta,
até aqui? outra vida. Os fatos são estes.
— A viagem foi um pouco mais rápida. — disse — Acontece que ele usa o mesmo uniforme que eu.
Raskujan com uma risada irônica. — Permita que lhe dê Isto também é um fato.
alguns esclarecimentos sobre a situação atual. A frota de — É possível que já tenha tirado o uniforme. Além
reforços pousou há onze meses na superfície de Vênus. disso, os termos que usou durante a palestra e os
Acontece que não havia mais qualquer divisão que helicópteros que comanda causaram a impressão de que
merecesse o apoio trazido pela mesma. General eu quero o senhor se encontra diante de um poderio militar
que fique sabendo que sou a única pessoa que dá ordens perfeitamente organizado. Não há dúvida de que é o mais
em Vênus. forte. Mas por que digo estas coisas? O senhor tem olhos
— Isso é um ato de insubordinação! — fungou que enxergam e sabe perfeitamente que os destroços de
Tomisenkow para dentro do microfone que, de tanta sua divisão não passam de um grupo embrutecido.
exaltação, mal conseguia segurar. — O senhor foi — Madame! — indignou-se Tomisenkow, mas
destacado para o meu serviço pela autoridade espacial e interrompeu-se quando viu seu olhar gelado.
tem o dever de se apresentar a mim. Parecia que entre os dois fora erguido um muro
— É o que acabo de fazer. Espero que não se invisível que não permitia qualquer contato. As palestras
incomode com a demora. ligeiras que mantinham vez por outra não podiam alterar
A voz de Raskujan porejava de ironia, o que fez com esse fato.
que o general perdesse o resto de autocontrole que ainda O coronel Popolzak anunciou que a divisão se
lhe sobrava. encontrava em forma.
— Repito pela última vez, coronel Raskujan. Haviam encontrado trinta e oito mortos, que foram
Apresente-se imediatamente. Não vou discutir os amontoados num lugar um pouco afastado.
detalhes pelo rádio. Se não obedecer a esta ordem, será — Tiramos suas armas e seus papéis e depositamos
chamado a prestar contas perante a instância mais tudo no estado-maior.
elevada. — Está em ordem — disse Tomisenkow com um
— O senhor não está avaliando corretamente a aceno de cabeça, como se aquele instante o mais
situação — respondeu Raskujan, passando a usar um tom importante fosse a exata contabilização.
mais amável e objetivo. — A instância mais elevada sou — Está tudo em ordem, com exceção dos feridos —
eu. Veja no ano passado um trecho de história. É um observou Popolzak.
pedaço de passado que devia lhe ensinar alguma coisa. Tomisenkow lançou-lhe um olhar irritado, como se
Quem dispõe de todo poder em Vênus sou eu, o coronel nem tivesse pensado nessa possibilidade.
Raskujan. O planeta está submetido às minhas ordens. — Há quinze feridos — prosseguiu o coronel.
Pode acreditar que disponho dos meios para impor — O Dr. Militch não está cuidando deles?
minhas ordens a quem se opuser. Não confunda seu — Está cuidando conforme pode. Mas como sabe
bando de assaltantes com a divisão que já foi, general. quase não dispomos mais de medicamentos e ataduras.
Repito minha oferta. Recomende aos seus soldados — Tem de se arranjar conforme pode. Para isso é
embrutecidos que se entreguem incondicionalmente. médico.
Estou disposto a transformar todos eles em pessoas Popolzak nunca vira o rosto de Tomisenkow tão
decentes e civilizadas. Tratarei cada um, segundo sua estreito e decaído como estava hoje. E nunca ouvira o
capacidade e boa vontade. Com isto eu me despeço chefe falar com tamanha indiferença nos mortos e nos
senhor Tomisenkow. O senhor sabe como me encontrar. feridos. O surgimento de Raskujan devia tê-lo excitado e
O general ainda berrou para dentro do microfone deprimido terrivelmente.
alguma coisa que soava como traidor. Mas era evidente O general revistou a tropa. Não se podia falar numa
que o interlocutor já não estava recebendo a mensagem. divisão formada diante de seu superior. Nem em número,
Subitamente aquele homem, submetido a uma série nem pela apresentação dos homens. Os grupos estavam
de provações que atingiam o limite de sua capacidade reunidos o mais próximo que a vegetação intensa
psíquica, mergulhou no silêncio. Pôs a mão no pescoço. permitia.
— Não force sua voz — aconselhou Thora com a Dirigiu um discurso aos homens, no qual exprimiu
frieza que lhe era peculiar. sem rebuços tudo aquilo que já transmitira pessoalmente
Seu sorriso não dissimulava o fato de que a derrota a Raskujan pelo microfone.
daquele homem a alegrava. — Tivemos perdas — concluiu. — Mas não porque o
— Como é que uma coisa dessas podia acontecer, coronel Raskujan, o desertor, seja o mais forte, mas
madame? Esse sujeito, o tal do Raskujan, já serviu numa apenas porque nos atacou à traição. Há um ano o
companhia comandada por mim. Conheço-o como a mim governo do Bloco Oriental mandou que seguisse para
mesmo. Era um ótimo soldado, e nada fazia desconfiar Vênus a fim de nos apoiar. Empregaremos todos os
de que um dia enlouqueceria. meios de que dispomos para obrigá-lo a prestar a
— Em Vênus todo mundo enlouquece. Será que o obediência que nos deve. Estamos prevenidos e
senhor acha que ainda é normal? saberemos nos adaptar à situação. Mais alguns
— Acontece que eu sou general e ele é coronel. Isso quilômetros, e chegaremos ao mar. Nossa marcha
devia bastar. prossegue pelas baixadas da selva, onde a visibilidade é
— Parece que em Vênus não basta, general. Já ouvi nula. Os grupos de observação do inimigo não nos
falar num ditado que corre pela Sibéria. “Moscou é encontrarão antes de atingirmos nosso objetivo. A
longe”, costumam dizer. E nunca essa frase se aplicou prisioneira arcônida garantirá nosso acesso à fortaleza de
90
Vênus. No mesmo instante em que chegarmos lá, — Olhem! — disse Okura de repente e apontou para
ajustaremos nossas contas com Raskujan. Nem que lance o sudeste. Rhodan e Marshall não viram nada.
cem helicópteros contra nós. Não poderá resistir ao nosso — São helicópteros. Santo Deus, não os reconhece
poder e será obrigado a se submeter. Os destacamentos mais?
devem se preparar para iniciar a marcha. Os chefes de — Pelo ruído parece que tem razão, Son. Mas devem
companhia devem se apresentar ao Dr. Militch. O estar voando naquelas nuvens baixas.
transporte de todos os feridos que não podem se — Naturalmente. Desculpe não me lembrava.
locomover deve ser garantido. Muito obrigado. — Continue a observá-los. Estou interessado em
saber que direção vão tomar.
*** Num gesto instintivo manipulou seu receptor. Fez o
seletor de freqüências percorrer a faixa usual das ondas
A neblina artificial já se desvanecera. ultracurtas. O condensador seletivo pôs-se a funcionar
Rhodan, Marshall e Okura penetraram um trecho na automaticamente quando houve uma recepção.
floresta. Não se via mais nada dos homens do Bloco Rhodan encostou a pulseira ao ouvido e testemunhou
Oriental, que se retiraram em direção ao oeste. Mas havia a palestra travada entre o general Tomisenkow e o
o risco de que também penetrassem no mato e coronel Raskujan. Marshall e Okura seguiram seu
procurassem se aproximar sorrateiramente. Uma vez que, exemplo, pois ambos usavam uma pulseira igual à de
depois da detonação das duas cargas, não houve outras Rhodan.
explosões no local, poderiam se reanimar. O diálogo breve e exaltado foi bastante instrutivo.
Rhodan era de outra opinião. Rhodan esboçou um sorriso de satisfação, mas logo se
— As duas cargas que detonamos aqui não passam de tornou sério.
brincadeira em comparação com aquilo que acaba de — Tive razão. Seguiremos essa gente, desde que nos
acontecer ali na selva. Não há dúvida de que foram façam o favor de prosseguir por mais algum tempo nas
bombas. Não me consta que qualquer dos grupos que suas transmissões pelo rádio. Uma das feições
conhecemos disponha de armas de calibre tão grosso. Só características de grande parte da Humanidade consiste
há uma explicação, que já me ocorreu há bastante tempo. no fato de sempre ter que viver na discórdia, esteja onde
— Está pensando na frota de reforço dos russos, não estiver. Aqui em Vênus temos alguns cidadãos comuns
é? do planeta Terra, e já vivem quebrando a cabeça uns dos
— Isso mesmo. Conforme sabem, há tempo vivo outros. Acontece que o cosmos está à nossa porta, e
quebrando a cabeça para descobrir onde pode ter ficado a temos de aprender a lidar com essas coisas. Parece que a
frota que há cerca de um ano surpreendentemente palestra chegou ao fim. Que pena!
lançamos numa confusão completa pouco antes de sua — Não acha que devíamos escutar mais um pouco?
chegada a Vênus. Eram duzentas naves, e destruímos — sugeriu Okura.
apenas trinta e quatro. Uma parte deve ter pousado em — É claro que sim. No momento não temos coisa
Vênus. Mesmo que grande parte das máquinas restantes melhor para fazer. Mas basta que um de nós cuide disso.
tenha sido destruída no planeta, um cálculo grosseiro nos Penetraram mais um pedaço na floresta. Marshall e
leva à conclusão de que algumas devem ter chegado. Okura, que tinham os melhores dons de observação
— Acredita que elas se mantiveram escondidas por natural, cuidaram da retaguarda. Rhodan observou o
um ano? — perguntou Marshall em tom incrédulo. terreno em direção ao litoral e manteve seu receptor em
— Por que não? Talvez isso se tornasse necessário atividade.
por razões de ordem tática. Os helicópteros já haviam desaparecido sobre o mar,
Naquele instante o ribombar de outra série de atrás da linha do horizonte. Finalmente, depois de
explosões atravessou a paisagem. passados mais de noventa minutos, palavras voltaram a
— Trata-se de bombas explosivas comuns — soar no éter. Tratava-se de uma ligeira palestra entre um
constatou Marshall. — Devem ser os russos. De qualquer dos pilotos e a base. Mas isso bastou para que Rhodan
maneira não se trata de uma expedição da Terceira realizasse a localização goniométrica. O resultado foi
Potência. registrado imediatamente na pequena bússola giratória
— Desista dessa esperança, John. Se Bell não que também se encontrava na pulseira, para que pudesse
consegue descer, nenhuma outra nave conseguirá. A ser interpretado posteriormente.
barreira erguida pelo cérebro positrônico é — Já localizamos o quartel-general de Raskujan.
intransponível. Por isso também se torna evidente que A exclamação despertou a atenção dos dois
essa gente que agora está lançando as bombas já se companheiros.
encontrava aqui quando nós chegamos. E devem dispor — Onde fica? É muito longe?
de aviões. — Um momento! Não sou nenhum mágico! Com a
Os dois mutantes não sabiam o que dizer. antena goniométrica só posso determinar a coordenada.
— De qualquer maneira há um certo paradoxo Temos a direção, e isso já vale muito.
naquilo. Rhodan tirou o livro de anotações do bolso e
— Só para quem não sabe o que há atrás disso — desenhou um croqui da parte norte do planeta. Registrou
asseverou Perry Rhodan. o mar primitivo com o braço de trezentos e cinquenta
Subitamente estacou. Okura e Marshall também quilômetros que se estendia terra adentro os acidentes da
inclinaram a cabeça para o lado, como se prestassem área em que se encontravam e o bloco continental com a
atenção a um ruído distante. tão cobiçada base de Vênus.
Um rugido leve e abafado enchia o ar. Não era o — No momento estamos aqui. Aqui, mais ao sul,
ribombar do bombardeio. foram lançadas as bombas, e os helicópteros voltaram
91
por esta rota. diurnos preparavam-se para voltar aos seus ninhos ou
Traçou uma linha para o nordeste, que atravessava a cavernas. E os animais notívagos iam começando suas
enseada e prosseguia terra adentro no lado oposto. excursões.
— A segunda coordenada deve ser estimada — Dez minutos depois de iniciada a marcha, Marshall
prosseguiu. — Mas como dispomos de uma série de teve que matar uma barata gigante de três pernas. O
dados, poderemos calcular a distância com um grau de animal correu para cima deles com um terrível chiado.
precisão bastante satisfatório. Conhecemos o tempo de Só esse barulho nojento fizera com que fosse notado em
voo dos helicópteros. Além disso, sabemos que seu tempo.
percurso toca um ponto geográfico bastante crítico. Fica — Por que será que esse bicho faz um barulho desses
aqui... ao atacar? — perguntou Marshall depois de tê-lo
Fez uma cruz na folha de papel e os dois amigos liquidado silenciosamente com o radiador de impulsos
compreenderam imediatamente de que se tratava. A cruz térmicos. — Assim ele só se trai.
ficava na periferia da abóbada energética de cinquenta — Certos animais assustam suas vítimas de tal
quilômetros de diâmetro que cercava a base de Vênus. E maneira que as mesmas ficam rígidas de pavor. Uma
ficava no ponto exato em que doze meses antes Rhodan tática dessas também serve para fazer presas. Se não
lançara um ataque contra as forças de Tomisenkow. fosse assim, essa espécie não se teria mantido até os dias
Numa faixa de vários quilômetros, a paisagem fora atuais.
transformada em terra morta. Toda a vegetação fora A explicação era convincente.
extinta. Trinta minutos depois começou o verdadeiro
— É a picada gigante — disse John Marshall em tom desastre.
pensativo. Marchavam em fila indiana: Okura, Rhodan,
— É claro — confirmou Rhodan. — Para qualquer Marshall.
um que ande vagando por Vênus, o Eldorado só pode ser O lagarto das árvores deixou que Okura passasse. Por
nossa base. Raskujan quer entrar na fortaleza, da mesma algum motivo desconhecido o animal atacou o chefe.
forma que nós e Tomisenkow. E foi por isso que durante Estendeu sua cauda preênsil de uma altura indefinível
um ano não se preocupou com os grupos esparsos. Está e numa fração de segundos deu várias voltas em torno do
alojado nessa grota que transformamos em terra tórax de Rhodan. Este ainda conseguiu soltar um grito.
queimada. É o campo de pouso ideal para as naves Mas logo o animal lhe apertou o peito de tal maneira que
espaciais e fica a poucos quilômetros da abóbada nem conseguia respirar.
energética. Cavalheiros, tenho a impressão de que Num gesto instintivo Rhodan pôs ambas as mãos
devemos cuidar de Thora. Thora e eu somos as pessoas- naquela cauda coberta de cabelos lisos. Deixara cair o
chaves para o acesso à fortaleza! Raskujan deve estar de fuzil no primeiro contato. Acontece que suas mãos
olho em Thora. representavam um instrumento ridículo em comparação
— Mas nesse caso não poderia se lançar sem mais com a força desenvolvida nos vários metros dessa parte
nem menos a um ataque contra Tomisenkow — objetou do corpo do lagarto. Rhodan não pôde fazer nada.
Okura. — Precisa de Thora viva. Depois de dois segundos já se encontrava na altura da
— Naturalmente. Provavelmente soube através de cabeça de Marshall.
outros grupos esparsos como anda a situação. Os colonos Num gesto instintivo o mutante levantou o radiador
ou alguns desertores do grupo de pacifistas terão contado de impulsos, mas não se atreveu a atirar. O crepúsculo
tudo. Por certo o bombardeio não passa de uma que caía, e que sob a densa folhagem ainda espalhava
demonstração, através da qual pretende mostrar seu uma escuridão muito maior, não permitia uma
poder a Tomisenkow. Um helicóptero permite uma visibilidade adequada. E aquela cauda executava
pontaria tão exata que até se pode errar o alvo de movimentos pendulares tão intensos que Marshall não
propósito. Se minhas suposições forem corretas, dentro podia se arriscar a atirar. A vítima foi arrastada para o
em breve Raskujan tentará raptar Thora. Devemos nos alto aos solavancos.
antecipar a ele. — Okura! — gritou Marshall.
Fazia horas que não se via nem se ouvia nada da O japonesinho já se virara.
patrulha formada pelos homens do Bloco Oriental. — Está bem, John. Largue a arma. Isto é para mim.
Provavelmente se juntaram à sua tropa. O bombardeio O visor de frequência não experimentava tantas
seria um motivo mais que suficiente para isso. dificuldades de visão. Viu o laço tríplice daquele rabo de
Rhodan voltou a olhar para o relógio. O entardecer de cobra. Viu o tronco do lagarto que ia engrossando
Vênus já ia bem adiantado. Eram cento e sessenta e seis progressivamente e que, vinte metros adiante, se perdia
horas, e aqui no norte os dias eram mais curtos que as em meio à folhagem.
noites. Até então só conheciam esse animal através de
— Não temos muito tempo. Vamos embora, minha descrições. Pelo que se dizia seu aspecto era semelhante
gente. ao de um jacaré. Dali provinha o nome, tirado da
Voltaram a entrar na floresta. A direção em que biologia terrestre. Porém um exame mais detido logo
encontrariam Tomisenkow e Thora era fácil de revelara as diferenças.
determinar. Avançaram com bastante rapidez. A cauda preênsil tinha cerca de quatro vezes o
Até que o lagarto das árvores atacou. comprimento do resto do corpo. Desempenhava uma
Rhodan já advertira os companheiros de que nas função tão importante como o rabo dos macacos. O
horas de crepúsculo deveriam dedicar uma atenção lagarto propriamente dito tinha o corpo curto e coberto
especial ao imprevisível mundo animal do planeta. de pelos lisos como um castor. Vivia principalmente nas
Naquela hora do dia quase tudo estava de pé. Os animais árvores. Até chegava a construir ninhos.
92
O lagarto simplesmente tirara Perry Rhodan do segundos. Com um gemido rolou para o lado e ficou
caminho. Este já se encontrava a uns sete ou oito metros deitado de costas. Sua respiração era regular.
acima do solo quando Okura conseguiu levantar seu — Será que quebrou alguma coisa na queda?
radiador de impulsos térmicos. — Não acredito. Em Vênus uma queda de oito
O laço com o ser humano surgiu diante da alça de metros é muito menos perigoso que na Terra. Além
mira. Mas logo Okura viu a parte mais espessa da cauda. disso, a ponta da cauda foi uma espécie de mola. Só o
Puxou o gatilho. Um raio contínuo de cinco segundos fez aperto no tórax...
com que executasse dois movimentos pendulares. A Marshall interrompeu-se. Rhodan abrira os olhos e
ponta da cauda se destacou do tronco e caiu ao chão. pusera a mão no ombro. Os amigos compreenderam
Okura e Marshall saltaram para o lugar em que imediatamente. Arrancaram sua camisa e viram que a
Rhodan se encontrava, para libertá-lo quanto antes. De ferida causada pelo tiro voltara a se abrir.
início procuraram fazê-lo da mesma maneira pela qual se Um dos três pôs-se a praguejar. Lembraram-se dos
desata um cordão de sapato. Mas logo perceberam que remédios que já haviam se acabado há tempo.
aqui teriam de lançar mão de energias de outra espécie. — Sente dores? — perguntou Okura. Rhodan
Ainda perceberam que um êxito inicial não deve conseguiu esboçar um sorriso.
tornar a pessoa despreocupada. Só pensavam em tirar o — Acho que conseguirei andar, meus caros. Apenas
chefe do laço. esta velha ferida... — interrompeu-se para cerrar os
— Cuidado! — gritou Okura de repente e empurrou dentes por algum motivo desconhecido. — Ajudem-me a
Marshall para o lado. levantar. Quero experimentar as pernas.
O animal furioso saltou de cima da árvore. Chegou ao As pernas estavam em ordem. Mas o braço direito
solo perto de Rhodan. Apesar da pequena distância não estava insensível e imóvel. Rhodan só poderia usar a
se via se este fora atingido mais uma vez. mão esquerda.
Agora o alvo era bem grande. Nem mesmo Marshall — Sinto muito. Vocês não poderão carregar a
hesitou em atirar. A uma distância reduzidíssima bagagem sozinhos. E nem devemos pensar em nos
levantou o radiador de impulsos térmicos e puxou o separar mais uma vez. Teríamos que caminhar pelo
gatilho. O corpo se estendeu, empinou uma última vez e menos cinco horas para chegar ao lugar em que
se imobilizou de vez. Tomisenkow se encontra. Vamos voltar ao mar.
— Está morto — disse Okura e voltou a saltar para — E Thora?
frente. — Esperaremos por ela. É bem verdade que será um
Com todo azar Rhodan ainda tivera muita sorte. Por jogo arriscado. Raskujan pode ser mais rápido.
poucos centímetros não fora esmagado pelo corpo — Não há dúvida de que Raskujan será mais rápido.
daquele gigante. Possui helicópteros. Quanto a nós, nem sabemos se
— Chefe! — gritou Marshall e procurou apalpar a Tomisenkow passará por aqui com sua preciosa
cabeça de Rhodan. prisioneira.
— Está inconsciente — disse Okura. — Vamos, — Sabemos, sim — afirmou Rhodan. — O objetivo
John, ajude-me. Não poderemos abrir o laço com as de todos os grupos é a base de Vênus. Tomisenkow terá
nossas forças. Além de tudo a ponta do rabo está presa de passar por aqui. É claro que não sabemos se passará
sob o corpo do animal. alguns quilômetros mais a leste ou a oeste. Mas a praia é
— Estou vendo. Como poderei ajudar? visível por um longo trecho. Se tivermos de esperar até o
— Temos de nos arriscar a dar dois cortes térmicos escurecer, Okura nos garantirá uma vantagem ainda
para seccionar a cauda o mais perto possível do corpo de maior.
Rhodan. Só assim poderemos libertá-lo. A decisão de Perry Rhodan foi acatada. Puseram-se a
Marshall deu um aceno automático com a cabeça. caminho para voltar à costa, onde se manteriam na
Não se sentiu muito bem quando se pôs a executar essa expectativa.
tarefa. Mas não havia outra alternativa. Teve que reunir — Talvez volte a chamar as focas — disse Marshall.
todo o sangue-frio e reduzir a abertura do foco ao — Quem sabe se a hora não é mais propícia.
mínimo. Quando se encontravam a algumas centenas de
— OK — disse depois de algum tempo. — Estou metros da orla da floresta, voltaram a ouvir ruído de
pronto. motores.
— Pois atire — pediu Okura sem fazer o mesmo. — — Os helicópteros estão voltando! — exclamou
Aqui embaixo enxergo um pouco melhor, mas minha Okura bastante exaltado. — Quem dera que já
mão não está disposta a uma tarefa destas. Não quero ter estivéssemos fora da floresta.
meu chefe na consciência. — Quer bancar o guarda de trânsito? — disse
— Ah, então você não quer. Mas os outros... Rhodan com um sorriso. — Aliás, é bom que abra os
— Não enlouqueça agora, Marshall. Se alguém de ouvidos. Por enquanto só ouço um.
nós tem os nervos em bom estado, é você. Se acredita — Um único? Deve ser a patrulha de Raskujan, não
que sou um covarde, poderemos tirar a prova em outra é?
oportunidade. Hoje não. Este seria o momento mais O ruído se tornou mais forte e mais abafado. O
inadequado. rangido mais lento das paletas horizontais deu a entender
— Está bem — interrompeu Marshall e fez pontaria. que o aparelho se dispunha a pousar.
Ambos os tiros foram bem sucedidos. — Se for um helicóptero de transporte que vai largar
— Então! — disse Okura, enquanto o atirador algumas centenas de soldados por aqui nós estaremos
enxugava o suor da testa. perdidos — observou Rhodan. Apesar disso prosseguiu
A libertação de Perry Rhodan foi uma questão de na sua marcha. Queria lançar quanto antes um olhar
93
sobre a faixa costeira. vampiro carata costuma permanecer imóvel por dias,
camuflando-se sob a forma de uma árvore. Esse disfarce
constitui sua proteção mais segura contra os inimigos
VII naturais. Mas quando é atacado reage com uma rapidez
surpreendente. Possui outra arma, muito mais perigosa
Fazia várias horas que a divisão espacial dizimada, que seu disfarce. Suas folhas, que lembram as da
comandada pelo general Tomisenkow, se pusera a palmeira carata, natural da América do Sul, estão
caminho. Com o discurso que, além do apelo a uma semeadas no lado inferior com milhares de pequeninas
obediência determinada pelo juramento e da promessa de glândulas venenosas. E o animal sabe agarrar sua vítima.
um futuro tranquilo e poderoso, continha tudo que pode Cerca de uma dezena dessas folhas se estendeu
ser exigido de um bom propagandista, o general enquanto o grito de dor ainda estava soando. A maior
conseguira mais uma vez reunir a tropa desmoralizada parte do grupo encontrava-se ao alcance daqueles braços
em torno de si. venenosos. Os gritos de pavor dos homens misturaram-se
Depois que o coronel Popolzak e Thora não aos sons aflitos emitidos pela árvore. Os corpos eram
admitiram a menor dúvida quanto aos planos de segurados com a força de tenazes de aço. Foram atirados
Raskujan, Tomisenkow parecia ter se conformado com a para o alto e as glândulas venenosas procuravam
idéia de que o coronel desertor não se apresentaria a ele. instintivamente qualquer trecho de pele desprotegida.
Deixara de fazê-lo durante um ano e também deixaria de Assim que a encontravam, começavam a agir. Pequenos
fazê-lo no futuro. Thora permitiu-se mais uma de suas ganchos preparavam o processo destrutivo, riscando a
observações cínicas. carne até que sangrasse. Uma vez aberta uma veia da
— Bem, acredito que dentro em breve Raskujan se vítima, por minúscula que fosse, o veneno mortal
apresentará ao senhor. No entanto, não o fará para penetrava no organismo.
capitular, mas para apontar a pistola contra seu peito. Alicarim, o quirguiz, foi o último homem do grupo
Pouco depois se encontraram com a patrulha do de vanguarda.
tenente Tanjev, que se retirara do mar primitivo. Tanjev Era um talento natural, mesmo antes de ter
apresentou um relato minucioso dos acontecimentos. A frequentado a escola dura de Vênus. Num gesto
detonação das duas cargas explosivas foi interpretada instintivo segurou o homem que ia à sua frente pela gola
como um indício de que as tropas de Raskujan já deviam do uniforme e puxou-o para trás. No mesmo instante
ter se fixado nos trechos da floresta que ladeiam a costa. levantou a carabina e pôs o dedo no gatilho.
Essa circunstância exigia um cuidado redobrado. — Afaste-se, Boris, afaste-se.
Também os homens do Bloco Oriental olhavam para Alicarim reforçou o apelo com um desesperado
o relógio com uma frequência cada vez maior. pontapé. Depois esvaziou o pente de balas para dentro da
As pausas intercaladas na marcha se tornaram cada massa disforme. Pouco depois Boris participou do
vez raras e mais breves. tiroteio. Só pararam quando o vampiro carata e suas
Para frente! Foi à única divisa. Deviam atingir a vítimas jaziam imóveis.
costa antes do anoitecer. Tomisenkow correu para frente.
Thora, que ultimamente dera para desenvolver uma — Alicarim! Será que ficou louco? Dê-me sua
estranha predileção pelos provérbios humanos, veio a carabina.
dizer posteriormente, face a um acontecimento O quirguiz obedeceu.
inesperado, que nunca se deve fazer a conta sem o dono — Cuide bem dela, general. Ainda precisaremos.
do restaurante. — Seu assassino! — esbravejou Tomisenkow. —
Na ponta da coluna, que marchava a uns cem metros Acaba de matar oito dos meus melhores homens.
de distância subitamente surgiram um barulho. Logo Inclusive o coronel Popolzak...
depois se ouviram vários tiros disparados por pistolas e — Se acredita que fiz isso porque gosto, está
carabinas automáticas. enganado. Ainda não viu que isto é um vampiro carata?
— É Raskujan! — disse Tomisenkow em tom aflito, O general estacou e olhou com mais atenção.
revelando o quanto esse problema o preocupava. — É isso mesmo — confirmou Boris. — Não
Acontece que não era o coronel. tivemos outra alternativa, general. Ninguém poderia
Era a própria hostilidade de Vênus. fazer mais nada por esses homens.
Popolzak ia à frente com um grupo de dez homens O Dr. Militch realizou um breve exame, conforme
bem equipados. Marchavam bem juntos. Os três homens mandava o regulamento, e confirmou as palavras de
que iam à frente traziam facões largos e abriam o Boris.
caminho. Seus golpes eram decididos e rotineiros. Os Tomisenkow devolveu a carabina de Alicarim.
galhos e as trepadeiras saltavam para o lado no ritmo de — Desculpe, Ali. Devemos muito ao senhor. Está
suas batidas. As plantas costumam agir assim em disposto a assumir o comando na ponta? Eu lhe darei
silêncio, numa atitude fatalista. alguns elementos de primeira categoria.
Acontece que uma das plantas deu um grito e — Obrigado, general. Pode confiar em mim.
assumiu uma atitude defensiva. À primeira vista parecia A marcha prosseguiu. Não havia tempo para enterrar
ser uma árvore como qualquer outra. Só quando esboçou os mortos. Dentro de quatro horas teriam que chegar ao
uma reação ruidosa e saltou para o lado, os homens mar.
perceberam que se encontravam diante de um vampiro ***
carata. Son Okura inclinou a cabeça para trás.
Tudo se passou num espaço de poucos segundos. O — Você pode atingi-lo com uma pedrada —
cochichou. — É um helicóptero pequeno. Apenas cinco
94
homens desceram. encontrou um tanque de reserva, e o cálculo já parecia
— Alguém ficou dentro do aparelho? muito mais favorável.
— Não: todos desceram. Rhodan tinha algum conhecimento dos modelos
— Está bem. Vamos até lá: eu mesmo vou avaliar a russos; dentro de poucos instantes conseguiu controlar a
situação. máquina. O treinamento hipnótico arcônida e um bom
Rhodan viu que os soldados de Raskujan marchavam treinamento básico terrestre fizeram dele um homem
em direção ao mato. No mesmo instante concebeu seu com uma capacidade de percepção instantânea. Decolou.
plano. A máquina ergueu-se rapidamente e seguiu na
— Vamos, Marshall, Okura. Nós lhes prepararemos direção norte noroeste. As ondas do mar viscoso
uma recepção condigna. espumavam embaixo deles.
— Eles não nos verão chefe. Não vão penetrar na Ainda não tinham percorrido mais de dez quilômetros
floresta no lugar em que estamos. quando Marshall, em tom exaltado, anunciou a presença
— Mas pretendem se instalar por aqui. Não me de outro helicóptero. Okura logo lançou os olhos pela
envergonhem. São nossos inimigos, e teremos que nos lâmina de vidro inquebrável e confirmou a observação de
defrontar com eles. Além disso, precisamos do seu companheiro.
helicóptero. — Isso pode se tornar bastante desagradável, se eles
Os outros compreenderam. reconhecerem o curso estranho que estamos seguindo.
— Vamos voar naquilo até a base? Mas por enquanto não vamos nos preocupar com isso —
— Por que não? Dentro de três horas a ordem voltará disse Rhodan com uma confiança fingida. — Coloquem
a reinar em Vênus, se vocês não cometerem nenhum os rádios em posição de recepção. Talvez tenhamos de
engano. reagir pelo rádio.
Rhodan pôs a mão em forma de concha na frente dos Isso aconteceu dali a dois minutos. O outro
lábios. helicóptero pediu a senha. Uma voz grossa afirmou que
— Fiquem onde estão e larguem as armas. ele, Rhodan, falava com a voz muito estranha.
A reação dos homens do Bloco Oriental foi Evidentemente o interlocutor estava aludindo ao seu
totalmente diferente. E totalmente confusa. companheiro, morto há quinze minutos.
Os cinco homens se atiraram ao chão e dispararam Rhodan arranhou o microfone com a unha e numa
cegamente. Como não vissem ninguém e só pudessem voz furiosa e disfarçada se lamentou de que seu aparelho
determinar a direção aproximadamente pelo ouvido, os não devia estar em ordem. Logo interrompeu o contato.
tiros passaram longe do alvo. — Agora podem pensar o que quiserem. Não lhes
— Não se pode conversar com essa gente — disse pudemos dar a senha. Em compensação simulamos um
Rhodan num tom de desespero. — Temos de atirar todos defeito. Só nos resta prosseguir no voo e aguardar. De
ao mesmo tempo, John. Dentro de poucos segundos tudo qualquer maneira devemos ficar em rigorosa prontidão.
deve chegar ao fim. Já localizou o alvo? Mantenham-me informado sobre os movimentos do
— Sim — cochichou Marshall com a voz rouca. inimigo.
— Fogo! — comandou Rhodan. — Já posso lhe dar uma informação — disse Okura,
Levantaram-se e saíram da floresta. pouco satisfeito. — Alteraram seu curso e vêm em nossa
Okura seguiu-os sem que ninguém tivesse pedido. direção. Até voam em ângulo para ganhar tempo.
Sabia que os cinco soldados estavam mortos. Um furor — Nesse caso também alteraremos nosso curso —
cego contra uma arma arcônida de impulsos nunca disse Rhodan em tom irritado e girou para bombordo. O
poderia produzir bons resultados. mar deslizou embaixo deles. Dali a pouco se
Correram em direção ao helicóptero e entraram. encontravam em cima da selva. Mas isso não adiantou
— Um helicóptero! — regozijou-se Marshall. — muito. O inimigo também retificou seu curso.
Uma máquina em perfeito estado. Quase não consigo — Que diabo! Estão nos desviando. Rhodan resolveu
acreditar. voar ao encontro do outro helicóptero. Dessa forma se
— Devemos aproveitar as oportunidades quando se encontraria numa posição mais favorável e não
oferecem. Tudo pronto para decolar? Os vidros estão despertaria tantas suspeitas. Era bem verdade que
fechados? qualquer um perceberia que os homens da Terceira
— Tudo em ordem. Mas será que com esse ombro Potência já haviam despertado muitas suspeitas. O
vai conseguir? inimigo não abriu margem a dúvida quanto a isso. Na
— Não se preocupe com isso. Procure observar o que altura do litoral recebeu-os com uma rajada das armas de
vai acontecer lá fora. Ainda falta muito para atingirmos bordo. Rhodan conseguiu se desviar para baixo, mas não
nosso objetivo. E, se Raskujan manda um helicóptero a conseguiu evitar um impacto na cabina. Ninguém foi
algum lugar, vocês podem ter certeza de que ali mesmo ferido, mas havia algo de errado no painel.
logo surgirão outros. — O medidor de pressão do óleo! — exclamou
— Quer dizer... Marshall. Todos viram que não funcionava mais. Mas
— É isso mesmo. É impossível, por exemplo, que não saberiam dizer se o dano atingia apenas o indicador
voemos por cima da enseada. Não temos coletes salva- ou a tubulagem de óleo.
vidas. E nesta situação não gostaria de ser derrubado por Antes que pudessem refletir a este respeito, tiveram
cima do mar primitivo. Logo, devemos seguir a linha do que se desviar diante de outro ataque.
litoral. Isso representa uma volta de mais cem — Por que não respondemos ao fogo? — perguntou
quilômetros. Mas a segurança deve vir antes de tudo... Marshall em tom obstinado.
Perry Rhodan controlou a reserva de combustível. — Com quê? — respondeu Rhodan, também
Balançou a cabeça. Talvez desse mal e mal. Mas Okura zangado. — Essa gente tem um canhão de bordo, nós
95
não. Tiraram a roupa e estenderam-na sobre a areia. Se
— Devemos abrir a cabina e usar o radiador de considerarmos que a temperatura média em Vênus é de
impulsos térmicos. cinquenta graus centígrados, compreenderemos
— Pois tente! facilmente que, mesmo no fim da tarde e nas latitudes
Marshall mexeu no fecho. Mas nesse instante o situadas bem ao norte, a areia ainda era bastante quente
inimigo se aproximou do lado e de cima. Atirou uma para fazer com que a roupa secasse dentro de poucos
bomba que errou o alvo. Mas o detonador foi ativado na minutos.
superfície da água. Um estilhaço ou mais atingiram o Marshall aproveitou a oportunidade para realizar um
helicóptero. exame minucioso da ferida de Rhodan.
— Fomos atingidos! — gritou Okura. — A cauda — Perdeu mais um pouco de sangue, chefe.
pegou fogo. Enquanto fazia essa observação, arrancou uma faixa
Rhodan se virou. Poucas vezes os amigos o haviam de sua camisa e tirou uma embalagem colorida do bolso.
visto tão exaltado. Espalhou o resto do conteúdo sobre a faixa de pano.
— Vamos! Desçam! Não adianta insistir. Com esta — É a última atadura impregnada que lhe posso
geringonça só poderemos aterrizar no inferno, se o oferecer. E ai de você se não deixar que eu a coloque.
tanque de gasolina pegar fogo. Um momento! Levem Son me dê uma ajuda.
suas armas. A água não afetará o radiador de impulsos. Rhodan não se opôs ao tratamento. Concluído este,
Marshall abriu a cabina. Rhodan baixou até chegar voltaram a pôr as roupas.
perto da superfície da água. A posição era favorável. — Quando o crepúsculo chegar voltarei a chamar as
— Saltem agora! focas — disse Marshall. — Até lá devíamos nos
Perry foi o último a abandonar o aparelho. esconder um pouco. Tenho a impressão de que
Normalmente não haveria qualquer risco a uma altura de Tomisenkow não demorará a aparecer por aqui.
vinte metros. Mas o ombro ferido transformou o salto — Esse sujeito devia criar juízo e se aliar a nós —
numa tortura. refletiu Okura.
A água se fechou por cima dele. A uma profundidade — Podemos lhe fazer esta oferta. Ele nos entrega
de dois metros encontrou solo firme. Empurrou-se com o Thora e nós o ajudamos na luta contra Raskujan — disse
pé. As roupas dificultavam a natação. Mas a gravitação Rhodan.
reduzida, que apenas atingia 0,85g, compensava a — Quer se colocar ao seu lado? — perguntou
desvantagem. Marshall. — Raskujan não seria um aliado melhor para
Ao emergir, Rhodan viu que Marshall se encontrava nós? Ele tem meios de nos levar à base dentro de poucas
nas proximidades. Okura nadava mais ao longe. O horas.
helicóptero balançou pouco acima das ondas e chegou à — Tem os meios, mas não tem vontade, meu caro.
praia. Antes de atingir a floresta bateu no solo e Não podemos cogitar de Raskujan como nosso aliado.
explodiu. Então deixaremos que ele nos blefe com o fato de que
Os homens do Bloco Oriental sabiam que os três dispõe de um equipamento melhor e de uma tropa
homens haviam saltado antes. Voltaram ao ataque; praticamente intacta. Mesmo depois de um ano de
pareciam perfeitamente tranquilos. O grito de permanência em Vênus, Raskujan ainda nada em
advertência de Okura foi desnecessário. Quando o abundância. Praticamente ainda não se submeteu a
helicóptero se encontrava a uma distância de cem metros, nenhuma prova em Vênus. Com Tomisenkow a coisa é
Marshall abriu fogo. Dentro de poucos segundos o diferente. Dispondo apenas de recursos primários,
aparelho se desmanchou numa incandescência rubra e conseguiu se manter na selva inóspita de Vênus. Além
branquicenta. A profunda alteração estrutural foi disso, a posição de Raskujan é injusta.
acompanhada somente por um ruído surdo. Algumas — Quer dizer que você também faz restrições morais
peças se desprenderam e pingaram na água como tochas contra ele? — perguntou Marshall.
incendiadas, extinguindo-se com um chiado. O resto caiu — Naturalmente. Não passa de um desertor. As
na praia e esfriou lentamente. Os três homens nadaram ordens que recebeu determinam que se coloque à
em direção à praia. disposição do general. Em vez disso, quer fazer o papel
Okura, que se encontrava mais longe da terra firme, de comandante.
alcançou Rhodan dentro de poucos minutos. Conversaram mais algum tempo sobre o tema,
— Posso ajudar chefe? Não devia usar tanto o braço enquanto os seletores de frequência dos receptores
direito. embutidos em suas pulseiras deslizavam de um lado para
— Deixe isso para lá. Estou bem. Já temos chão sob outro. Suas suspeitas íntimas logo se confirmaram. Além
os pés; podemos caminhar. dos dois helicópteros destruídos, muitos outros se
— Eu ainda não tenho — fungou o japonês, que quis encontravam no ar. As mensagens trocadas entre eles
imitar Rhodan. Este riu. iam crescendo constantemente.
— Com seu tamanho você ainda tem um pouco de — Até parece que vão lançar uma ofensiva em
tempo. grande escala.
Pouco depois, também o mutante sentiu chão firme Rhodan confirmou com um aceno de cabeça.
embaixo dos pés. Dali a dez minutos chegaram à praia, — Concordo com você, Son. Mas faremos o possível
onde Marshall já os aguardava. Com as roupas para ficarmos fora disso.
gotejantes, os três homens conferenciaram sobre seus
planos.
— Por enquanto devemos pôr a roupa no varal. Senão
acabamos pegando um resfriado.
96
VIII Uma voz voltou a soar nos fones de ouvido.
— Lúculo para César. Tomisenkow abandonou o
— ALARMA! acampamento anterior. Sentido provável de seu
A mensagem percorreu a coluna de Tomisenkow de deslocamento aproximadamente para o norte. A distância
ponta a ponta. é de cinco a dez quilômetros da costa.
Depois que Raskujan apareceu, trazendo clareza — César para Lúculo. Utilizar visores infravermelhos
sobre a situação reinante em Vênus, nenhum dos grupos para a observação no solo. Concentrar-se numa faixa de
em luta achou mais necessário brincar de esconder por dez quilômetros ao sul da costa sul.
meio de uma suspensão das comunicações pelo rádio. Há Nesse momento o primeiro helicóptero trovejou
muitas horas reinava vida nas faixas de ondas curtas e exatamente sobre o lugar em que a tropa de Tomisenkow
ultracurtas. Podiam correr livremente nas imediações do se encontrava. Os homens iam respirar aliviados quando
planeta, pois a barreira levantada pelo cérebro o ruído se perdeu por cima da selva. Mas logo se ouviu a
positrônico só impedia qualquer contato para fora. No mensagem seguinte.
interior da barreira toda e qualquer forma de — Lúculo para César. Localizamos o inimigo.
comunicação se tornava possível. Tomisenkow suspendeu a marcha. É provável que tenha
O sargento Kossygin mantivera o aparelho portátil assumido uma posição defensiva. Transmitirei as
ligado o tempo todo para a recepção. Por isso pôde coordenadas.
transmitir logo a advertência ao general. — César para todos. Orientem-se por Lúculo II.
A mensagem de alarma foi seguida imediatamente de Realizem um voo visual. O grupo de desembarque
instruções mais precisas. Tomisenkow explicou que era Otávio desembarcará na faixa costeira e se espalhará em
do interesse de cada um segui-las. Os homens se direção ao sul. O grupo de desembarque Cícero saltará
dividiram em grupos e procuraram se abrigar atrás de conforme o plano AB. Ainda não abram fogo.
árvores espessas. As armas leves e semipesadas de Furioso, Tomisenkow arrancou o fone do ouvido.
infantaria foram colocadas em posição. As metralhadoras — Quem foi o idiota que andou livremente por aí?
foram montadas em tripés e posicionadas para atirar em Quero que ele se apresente imediatamente.
aviões. É claro que ninguém se apresentou.
Tomisenkow vigiou Thora com olhos de lince. — Quando os helicópteros se aproximarem de novo,
— Não me cause problemas há esta hora, madame — abram fogo — ordenou Tomisenkow. Fechou os olhos
disse em tom áspero. — Nos próximos minutos não terei por alguns segundos. Thora percebeu que se esforçava
muito tempo. Não poderei lhe indicar cada passo que desesperadamente para recuperar o autocontrole. Numa
deve dar. Mantenha-se sempre perto de mim. situação dessas não convém que o comando esteja nas
A linguagem lacônica e enérgica parecia produzir o mãos de um louco furioso.
efeito desejado. Aborrecida, confirmou com um aceno de As tropas de Raskujan se concentraram cada vez mais
cabeça e não esperou que Tomisenkow a segurasse em torno do ponto que correspondia às coordenadas
brutalmente pela mão e a arrastasse por entre a fornecidas pelo observador Lúculo II. Alguns minutos
vegetação. Seguiu-o espontaneamente. depois, seis helicópteros passaram em voo rasante sobre
O general se dirigiu ao posto de rádio. as posições de Tomisenkow.
— Dê-me um fone, cabo. — Fogo! — berrou o general em meio ao barulho
— As ordens! infernal produzido pelos rotores.
Tomisenkow ouviu um chiado que subia e descia pela Alicarim leu o comando nos seus lábios mais do que
escala acústica, enquanto Kossygin procurava sintonizar o ouviu. No mesmo instante a primeira rajada saiu do
o aparelho. Subitamente ouviu os sons familiares de sua cano refrigerado a ar. Poucos segundos depois as
língua materna. metralhadoras que se encontravam em pontos mais
— César para Lúculo. Espalhem-se de acordo com o afastados também começaram a atirar. O som
plano A. Repito. Nada de bombardeios enquanto a entrecortado das mesmas se misturou ao barulho dos
posição do inimigo não tiver sido perfeitamente helicópteros.
determinada. O estado-maior de Tomisenkow e Era evidente que o coronel Raskujan subestimara em
principalmente essa arcônida devem cair em nossas mãos muito o poder de fogo do inimigo. De outra forma nunca
intactos. César aguarda resultados da exploração do teria dado ordem para um vôo rasante tão
terreno. Fim! despreocupado. Alguns homens de Wallerinski que
— César e Lúculo! — gemeu Tomisenkow. — vagabundeavam pela selva deviam ter fornecido um
Ouçam só o vocabulário usado por esse bando de relato distorcido sobre os remanescentes da divisão
desertores. Mantenha o receptor ligado, cabo. espacial. E, ao que tudo indicava, esqueceram-se de
Kossygin confirmou com um aceno de cabeça. mencionar que, apesar de todo embrutecimento, os
Conforme se depreendia das indicações de posição homens de Tomisenkow ainda não haviam desaprendido
não codificadas, os primeiros helicópteros haviam a arte de atirar.
atingido a costa ao sul. Pouco depois o ruído dos motores Para os helicópteros, sujeitos à já conhecida proibição
se tornou perceptível. de atirar, o fogo de metralhadora representou uma
O ninho de metralhadora que ficava mais perto do surpresa total. Era o oposto exato do primeiro ataque.
posto de rádio era comandado pelo pequeno e atarracado — Atingi um! — berrou Alicarim depois das
Alicarim. primeiras três rajadas.
— Olá, Ali! Aguarde minhas ordens. Não atire antes. O rotor do primeiro helicóptero se desintegrou. Devia
— Às ordens, general. ter atingido a junta. O helicóptero caiu imediatamente e
com um grande estrondo atingiu uma árvore de uns
97
sessenta metros de altura. Os destroços caíram ao chão. sinal de decadência que não me atrai nem um pouco.
Alicarim visou outro alvo, quando a derrubada de um Meus homens e eu estamos praticamente casados com
segundo aparelho foi anunciado pelos ocupantes de um Vênus. Mas seus heróis de salão quebrarão os ossos na
ninho de metralhadora situado mais adiante. selva. Não deixe de aparecer, coronel! Será tratado
— Tudo está correndo segundo o programa. Continue segundo seu comportamento, como um oficial ou como
a atirar, Ali! Atire! Aquele gorducho que está bem em um criminoso. Pense no assunto. Fim.
cima de nós... Tomisenkow largou o microfone e o fone de ouvido.
Os êxitos alcançados entusiasmaram Tomisenkow. — Continue com o receptor ligado, Kossygin. Mas
Apesar disso manteve-se abrigado, pois a todo instante não responda mais. Quando surgir uma palestra
contava com uma reação do inimigo. interessante grave-a até o fim, para que eu possa ouvi-la
Pouco depois uma forte detonação superou todo o depois. Continuaremos a marchar em direção ao litoral.
ruído da batalha. Alicarim derrubara mais um inimigo.
Atingira-o no tanque de combustível. A máquina ***
explodiu no ar e os homens que se encontravam no solo Dali a pouco começou a cair uma chuva ligeira, que
encolheram a cabeça. Uma chuva de destroços aquecidos logo se transformou num furacão. Isso perturbava a
e incendiados despencava em todos os cantos. atividade de ambos os lados. Quando as nuvens
Nuvens de fumaça subiram em meio à selva. começaram a se dissipar, o crepúsculo já começara a cair
O general levantou a cabeça. sobre o planeta. Os homens praguejaram. Faltavam
— Tudo bem por aí? quatro quilômetros para atingir o mar. E, de um instante
— Aqui não aconteceu nada, general. Ali vem o para o outro, tinha-se de contar com a presença de uma
número quatro. Os Raskujan estão chovendo de todos os patrulha de Raskujan. Daqui em diante teriam uma
quadrantes do céu. Esse sujeito não vai esquecer a lição vantagem ainda maior, pois dispunham de todos os
que recebeu. equipamentos que a tecnologia humana conseguira criar
O quirguiz só teria razão em parte. Raskujan extraiu até aquela data.
as conclusões cabíveis dos resultados daquele combate; A marcha pela selva prosseguiu. Alicarim manteve-se
mas essas conclusões não determinavam a cessação mais próximo do estado-maior. O grupo de vanguarda
completa dos ataques. passara a ser comandado pelo tenente Tanjev, que
Os helicópteros que vinham depois deram meia-volta conhecia a região por causa das atividades de
assim que viram o que estava acontecendo com os que patrulhamento que já exercera.
iam à frente. O céu estava limpo. Desta vez a divisão Ainda faltavam três quilômetros para atingir o mar.
espacial escapara sem perdas. Os uniformes estavam molhados e pesavam no corpo.
— Procure entrar em contato com Raskujan — disse O calor já diminuíra e o frio da noite começou a se fazer
Tomisenkow ao sargento-telegrafista. — E dê-me o sentir. Os homens tremiam. A escuridão já reinava sob a
microfone e o fone de ouvido. folhagem espessa das árvores.
— O coronel já está na onda, general — anunciou De repente ouviu-se um tiro. Seguiram-se mais dois,
Kossygin. — Quer falar pessoalmente com o senhor. mais três. Exclamações e gritos. A seguir veio uma
— Passe para cá! Esta o senhor não esperava, não é, rajada de metralhadora, que cessou de repente após a
Raskujan? Recomendo-lhe que se submeta às minhas detonação de algumas granadas de mão.
ordens. Se comparecer pessoalmente dentro de duas Novo fogo de infantaria à esquerda. Metralhadoras,
horas, esquecerei tudo que aconteceu até aqui. Dou-lhe carabinas e pistolas.
minha palavra de oficial. O eco ressoou nas copas das gigantescas árvores. A
— Muito obrigado, general! Não posso prometer que gritaria dos habitantes de Vênus em fuga se misturou ao
o encontro seja possível dentro de duas horas. Mas irei ruído e desapareceu ao longe. O ruído da batalha
até aí. Não tenha a menor dúvida. Mas recomendo-lhe aumentou. Os homens de Raskujan pareciam estar em
que antes de nosso encontro largue toda e qualquer arma toda parte. Também no flanco direito ouviram-se tiros. A
que tenha em seu poder. Eu lhe garanto que não sofrerá retaguarda lançou mão dos morteiros para se defender;
nenhum dano pessoal. atirou as granadas a esmo em meio à vegetação
— Raskujan! Será que o senhor não compreende que imperscrutável.
está precipitando sua própria desgraça? Não haverá O estado-maior de Tomisenkow, deitado no capim,
nenhuma visita como o senhor imagina. Temos armas e comprimiu-se junto a um enorme cedro de Vênus.
munições para rechaçá-lo mais cem vezes... Naquela escuridão os homens se sentiam totalmente
— Ora, Tomisenkow! Quando ouço falar, eu até desorientados.
chego a ter vergonha de saber que já foi meu professor — O cerco é perfeito — constatou Alicarim, sem que
de estratégia. Não me importarei nem um pouco de pretendesse se salientar. — Para escaparmos sãos e
lançar meu próximo ataque com bombas de todos os salvos teremos de manter um silêncio profundo. Assim
calibres. Estou em condições de destruir o senhor e seus que atirarmos seremos descobertos.
homens dentro de poucos minutos. E o trecho de selva — Já foram descobertos — disse subitamente uma
em que se encontra está cercado por todos os lados pelas voz vinda da escuridão. — Levantem as mãos e deixem
minhas tropas. Reflita à vontade. O senhor pode morrer as armas no chão. Estão sendo observados pelo visor
de fome e se desgastar aos poucos numa série de infravermelho. Quem fizer um movimento equívoco ou
combates, ou então será razoável e permitirá que eu lhe proibido será morto imediatamente. Também estou me
indique uma habitação condigna numa das nossas naves referindo à senhora, madame. Venha até aqui. Quase
espaciais. chego a acreditar que é a criatura sobre cuja cabeça
— Muito obrigado pela oferta. Sua comodidade é um nosso comandante colocou um prêmio bem apreciável.
98
IX — Desce os barcos infláveis pelo paraquedas. É isso
mesmo! Precisamos de um barco inflável.
Dez helicópteros pesados de transporte estavam — Já estava na hora, John. Então precisamos de um
enfileirados na praia, como se estivessem preparados barco inflável. E vamos arranjá-lo...
para um desfile. Elaboraram seu plano de guerra e se aproximaram
Perry Rhodan, Marshall e Okura puseram-se em dos veículos estacionados.
marcha a partir do lugar em que seu helicóptero havia — Vejo sentinelas — disse Okura depois de algum
caído. Seguiram em direção ao sudeste, onde se tempo.
anunciavam operações militares de grande envergadura. — Quantos são?
Venceram os dez quilômetros em menos de duas horas, — Vejo um grupo de três. Não descobri nenhum
pois na praia não havia praticamente nenhum obstáculo. outro. Ao que parece se sentem seguros. Naturalmente
O sol desapareceu no ocidente atrás da muralha tiveram conhecimento do duelo travado entre nós e seus
formada pela selva. A chuva cessou. colegas. Mas tenho certeza de que acreditam que estamos
Okura foi o primeiro que percebeu a presença dos mortos tal quais os seus companheiros. E nada têm a
helicópteros. temer da parte de Tomisenkow.
— São dez máquinas, chefe. Tudo coisa pesada. Diria — De qualquer maneira nós os observaremos por
que são helicópteros de transporte de tropas. Em cada um algum tempo — decidiu Rhodan.
deles cabem dois tanques de cinquenta toneladas. O momento durou uma hora inteira. Depois disso
— Isso significa que o tiroteio que estamos ouvindo tiveram certeza de que não havia outras sentinelas. A
ali na selva já representa a esperada ofensiva de ação programada poderia ter início.
Raskujan. Façamos votos para que nada aconteça a Rhodan teve de prometer que se manteria em
Thora. segundo plano. A ferida no ombro era um motivo mais
Pouco depois Rhodan deu ordem de parar. Agora ele que suficiente para isso. Além disso, pretendiam fazer o
mesmo e Marshall já reconheciam os contornos dos possível para não matar os três homens. E os dois
aparelhos. mutantes eram os mais indicados para uma observação
— Naturalmente estão sendo vigiados... bem discreta. Apesar da escuridão, Okura enxergava
— Chefe, o senhor tem coragem! Quer arriscar mais muito bem. E Marshall eventualmente conseguia ouvir
uma vez? pensamentos que não se traduzissem em palavras.
— O que vou arriscar? — Vamos, Son.
— Bem, você está cogitando de nova tentativa de — Um momento.
fugir num desses aparelhos. Devo confessar que o plano O japonês voltou a limpar os óculos. Depois pegou
não deixa de ser tentador. Afinal, eles não poderão nos sua arma de impulsos e os dois se puseram em marcha.
derrubar a toda hora. Um belo dia conseguiremos passar. — Será que essa gente dispõe de um visor
— Ou então cairemos para sempre na água ou na infravermelho? Se for assim, poderão nos ver a vários
selva. quilômetros de distância.
— Bem, então você acha que não devemos? — Poderiam, mas não o fazem. Como vê estão
— Um helicóptero faz muito barulho, Son. Além fumando e conversando com as mãos nos bolsos.
disso, o pessoal logo notaria a falta de um deles. Teriam Okura e Marshall deitaram e se arrastaram o que
um cuidado danado. Não haveria a menor chance de ainda faltava. As rodas de dois metros do primeiro
passarmos. helicóptero proporcionaram-lhes uma cobertura
— Se é assim, qual é a razão do seu otimismo? — provisória.
perguntou Marshall sem disfarçar sua contrariedade. As sentinelas encontravam-se embaixo do quarto
— Vamos refletir minha gente. O que se pode fazer helicóptero.
com um helicóptero de transporte? — Atire! — cochichou Okura. Marshall fez pontaria
— Pode-se voar com ele ou deixá-lo no hangar. Até para a aleta do terceiro helicóptero e puxou o gatilho. O
hoje não tive conhecimento de outra possibilidade de alvo entrou em incandescência e desvaneceu-se em pura
utilização. energia. As sentinelas puseram-se a correr aos gritos e
— O que acha Okura? abrigaram-se atrás do último helicóptero.
O japonês deu de ombros. — Vamos adiante. Cuidado!
— Sei tanto quanto John. Um veículo aéreo decola, Engatinharam embaixo dos helicópteros. Depois
voa e pousa. Fora disso é inútil. seguiram pela direita, onde o capim lhes fornecia um
Rhodan esboçou um sorriso condescendente. abrigo mais perfeito.
— Então isso vem a ser o Exército de Mutantes, a — Pare! — disse Marshall com a voz baixa. — Já
unidade de elite da Terceira Potência! Muito obrigado, basta.
cavalheiros. — Alô. Vocês aí. Levantem-se e ponham os braços
— Um momento, chefe. Sua pergunta se referiu a um para cima.
helicóptero. Até aí nossa resposta evidentemente é Okura encolheu a cabeça, pois sua mensagem foi
correta. Se cogitarmos das peças avulsas, o caso muda de respondida com um tiro. Se o russo fez sua pontaria
figura. Pode-se, por exemplo, retirar alguns canhões ou apenas de ouvido, aquele tiro era uma verdadeira obra de
uma instalação de rádio. Também deve haver munições e mestre.
mantimentos. — Não desista — insistiu Marshall.
— Já está melhor, Marshall. O que faz o piloto de um — Se dentro de dez segundos vocês não se
helicóptero quando cai sobre o mar? levantarem e vierem até aqui sem armas,
transformaremos um dos helicópteros em ar. Vou
99
contar...
Os homens do Bloco Oriental ainda não estavam Dessa forma os homens do Bloco Oriental nunca se
convencidos. Voltaram a atirar. Depois de alguns lembrariam da possibilidade de que alguém lhes
segundos Okura atingiu um dos helicópteros que caiu aos houvesse roubado um precioso barco de plástico.
pedaços e deixou de existir. O rastro de vários quilômetros que as rodas
— Isto foi o segundo ato, cavalheiros. Marshall produziram na areia logo foi apagado pela água.
estava com o rosto grudado na areia. Infelizmente tinha Quando Rhodan, Marshall e Okura desembarcaram
que ler os pensamentos de três homens ao mesmo tempo, numa pequena baía, podiam se sentir seguros de que
o que dificultava sua tarefa. De qualquer maneira ninguém havia adivinhado a finalidade de sua operação.
identificou algumas ideias que traziam consigo ares de
capitulação. ***
— Converse mais um pouco, Son. Daqui a pouco vão O crepúsculo que durara várias horas foi substituído
cair. pela noite.
— Repito pela última vez. Levantem-se e venham Voltaram a ouvir as transmissões dos homens do
para cá. Sem armas e com os braços levantados. Se Bloco Oriental e souberam que Tomisenkow e Thora
agirem em conformidade com as minhas ordens, nada haviam sido capturados vivos. Os cumprimentos triunfais
lhes acontecerá. Se quiséssemos matá-los, já o teríamos que Raskujan e seus oficiais trocavam pelo rádio
feito. Dentro de dez segundos mais um helicóptero vai Fizeram com que um sorriso condescendente surgisse
desaparecer... nos lábios de Rhodan.
Okura contou em voz alta. — Esse homem nem imagina quanto seu triunfo
Quando chegou aos seis, um dos homens se levantou. passageiro me deixa satisfeito. Pelo menos podemos ter
No oito foi seguido pelos outros. Aproximaram-se certeza de que nos próximos dias não se matarão com
conforme lhes fora ordenado: sem armas e com os braços bombas. E esse coronel com toda sua arrogância bem
levantados. que precisaria de um encontro com Thora. O orgulho
Foram amarrados e colocados em helicópteros. dela lhe quebrará os dentes.
Marshall disparou um tiro de sinalização com o — Não me lembro de tê-lo visto tão malicioso —
radiador térmico. Breve-longo-breve. Era o sinal constatou Okura.
convencionado com Rhodan, que chegou pouco depois. — Ora, Raskujan é meu inimigo. Portanto, meus
— Isto está liquidado, chefe. Os três estão amarrados desejos devem ser bem compreensíveis... Além disso, o
no interior dos primeiros três helicópteros. Podemos novo aprisionamento de Thora poderá nos trazer
examinar o conteúdo dos outros. vantagens de ordem tática. Aquela arcônida orgulhosa
— Foi um serviço bem feito. talvez distraia Raskujan um pouco, se conseguir se
Conforme era de esperar, os helicópteros dispunham transformar num problema para ele. Até agora a fortaleza
de um equipamento completo para a guerra. O barco de Vênus tem sido seu único problema.
inflável trazido pelos russos era uma maravilha de
conforto. Tratava-se de um barco de plástico capaz de ***
enfrentar o alto-mar, e que cabia num armário embutido. Inflaram o barco. Era imponente, e estavam
Uma vez inflado, pelo menos quinze pessoas cabiam satisfeitos com sua presa.
nele. Os tubos de ar comprimido estavam ao lado do O exército invasor de Raskujan já se retirara há
mesmo. Até havia um veículo de duas rodas para o algumas horas. Só deixara atrás de si destroços e solidão.
transporte terrestre. Marshall e Okura trocaram a atadura da ferida de
— Levem tudo para fora — disse Rhodan Rhodan.
apressadamente, quando Marshall anunciava — Como se sente chefe?
entusiasticamente suas descobertas. — Obrigado, já estou melhor. Com este equipamento
— Encontrei remédios — exclamou Okura. não tenho outra alternativa senão ficar logo curado, para
— Vamos levar — disse Rhodan laconicamente. que alcancemos a fortaleza de Vênus dentro de algumas
Depois de quinze minutos haviam levado para fora do horas. Acho que já passamos pelo pior. Vamos dormir
helicóptero, além do barco e do motor de popa, uma um pouco. Daqui a duas horas colocaremos o barco na
caixa com mantimentos, vários tanques de combustível e água.
a farmácia de bordo. Tudo foi colocado no carro de duas Rhodan deitou de costas e fitou a espessa camada de
rodas. nuvens. O vento abriu uma brecha e deixou entrever uma
Foram até a água pelo caminho mais curto. Depois estrela.
seguiram paralelamente à costa. Marshall voltou para — Veja só! — disse Rhodan. — O Universo ainda
apagar a pista. Depois destruiu o helicóptero saqueado. existe. Quase que me esqueço.

Reginald Bell, que pretendia vir em auxílio de seu chefe e amigo, teve que admitir que a
chave secreta X também impedia qualquer penetração através da quinta dimensão.
Por isso, Perry Rhodan não pode contar com qualquer auxílio vindo de fora. Tem de se
libertar com suas próprias forças para não perecer na selva do mundo primitivo.
100
Na Selva do Mundo Primitivo é o título do próximo volume da série Perry Rhodan..
Nº 24

De
Kurt Mahr

Tradução
Richard Paul Neto
Digitalização
Vitório
Revisão e novo formato
W.Q. Moraes

Mesmo para um visitante bem equipado, o mundo primitivo, vegetal e animal,


do planeta Vênus oferecem inúmeros perigos.
Por isso é fácil compreender a situação desesperada em que se encontram
aqueles três homens, praticamente sem recursos, que têm de lutar contra a selva de
Vênus e ainda sofrem uma perseguição implacável de outros homens.
É esta a situação em que Perry Rhodan, John Marshall e Son Okura se
encontram depois da queda de seu destróier espacial. Para não perecerem na
Selva do Mundo Primitivo, terão que atingir quanto antes o abrigo protetor da
fortaleza de Vênus...

101
1 Rhodan ergueu os ombros. O movimento fez a ferida
doer.
A água borbulhava preguiçosamente. Parecia ser — Raskujan vai quebrar a cabeça. Por enquanto nem
mais espessa que a água terrena, e realmente era. Quem sabemos se desconfia da nossa existência.
enfiasse a mão ali e a retirasse depois de algum tempo, — E Tomisenkow? Não vai perder tempo; deve
notaria que a mesma estava coberta por uma camada contar logo — objetou Marshall.
gosmenta. Rhodan não estava muito convencido.
Áloes, unicelulares, microrganismos — a água — Você não conhece Tomisenkow — retificou. —
regurgitava dessas criaturas e parecia uma solução Ouvi a palestra de rádio que teve com Raskujan. Este,
coloidal. com sua frota de abastecimentos, conseguiu agrupar os
Era Vênus, cheia de vida, quase estourando de homens em torno de si. Não há qualquer tendência para a
vitalidade! indisciplina, e isso por um motivo muito simples: os
O barco cruzava, a uma velocidade constante, as homens têm bastante comida para matar a fome. Já o
ondas sempre iguais, que eram grupo de Tomisenkow está
o último vestígio da tormenta Personagens Principais deste completamente desorganizado.
crepuscular que há mais de oito episódio: Acontece que Tomisenkow, na sua
horas fustigara a terra plana e o qualidade de general, insiste em que
Raskujan, que apenas é coronel, se
braço de mar primitivo com Perry Rhodan — O chefe da Terceira
seus trezentos e cinquenta submeta a ele. Este, por sua vez, alega
Potência que se transformou em prisioneiro
quilômetros de largura. que, face ao amotinamento das tropas
de Vênus.
O pequeno gerador de Tomisenkow, este perdeu os
direitos correspondentes à sua
ultrassensível espalhava um John Marshall, Son Okura —
zumbido monótono e sonolento, graduação de general. Ambos são do
Companheiros de prisão de Rhodan.
que pesava sobre as pálpebras. Bloco Oriental, mas apesar disso são
inimigos. Não acredito que
Mas não podiam dormir, General Tomisenkow — Um comandante
nenhum deles podia. Fazia mais Tomisenkow esteja muito disposto a
de divisão sem divisão.
de um dia terrestre que não contar o que quer que seja. Com a
experiência que adquiriu em Vênus, é
fechavam os olhos. Era muito Coronel Raskujan — Que dispõe de cento
difícil mantê-los abertos na o homem indicado até mesmo para
e vinte e três naves espaciais intactas e por
escuridão, que até ali fora tão Raskujan. É bem provável que se sinta
isso julga ser o senhor absoluto em Vênus.
alegre e inofensiva. seguro e saiba calar a boca.
Son Okura esteve a ponto de
Especialmente para aquele Thora — Que fugiu de Perry Rhodan e
homem com a ferida mal curada responder. Mas nesse instante ouviu-
agora espera ser libertada pelo mesmo.
no ombro. se a voz chiante de Marshall, vinda da
proa:
Era Perry Rhodan, Reginald Bell — Amigo íntimo e
presidente de um Estado — Pare!
confidente de Perry Rhodan.
onipotente, a Terceira Potência. A reação de Rhodan foi imediata.
Apertou uma alavanca e a pequena
As circunstâncias adversas Tako Kakuta — Que já passou pelo
fizeram-no descer em Vênus hélice saiu da água. O zumbido do
inferno e está disposto a repetir a
numa situação de desamparo, motor, que trabalhava em ponto
experiência
acompanhado apenas de dois morto, subiu um pouco até que
dos seus homens, para que Rhodan o desligasse.
desse provas de sua energia, dominando a situação Em redor deles tudo era silêncio, com exceção do
intrincada. sussurrar preguiçoso da água.
Por enquanto estava muito longe disso. Diante de seu — O que houve? — perguntou Rhodan.
barco ainda se estendiam quase trezentos quilômetros de — Olhe — respondeu Marshall e apontou para a
água. Eram trezentos quilômetros recheados de perigos frente.
desconhecidos, trezentos quilômetros durante os quais, a Rhodan se dirigiu à proa e olhou na direção indicada
qualquer segundo, poderia surgir o helicóptero do por Marshall. Não precisou forçar a vista para enxergar o
coronel Raskujan para atacar a embarcação indefesa. A trecho de água fluorescente que, a uns cem metros de
escuridão não representava qualquer obstáculo para um distância, se estendia em direção ao leste e ao oeste, até
veículo moderno, equipado com visores de luz onde alcançava a vista.
infravermelha. Rhodan se assustou.
— Será que notaram o desaparecimento do barco — O que é isso? — perguntou Marshall, espantado.
inflável? — perguntou John Marshall, o telepata. — Não é possível que seja um...
Ninguém sabia. Haviam retirado o barco de um dos Rhodan fez que sim.
helicópteros de Raskujan, no momento em que a luta — É isso mesmo. É um tapete luminoso. É o maior
entre as tropas deste e as de Tomisenkow havia chegado que já vi.
ao ponto mais alto. Depois disso, tiveram a precaução de Son Okura também veio à popa. Possuía capacidade
destruir o helicóptero. de abranger com a vista certas faixas do campo de
— É de supor que mais cedo ou mais tarde darão pela frequências eletromagnéticas que o olho humano comum
falta do barco, pois não deixarão de examinar os não conseguia enxergar. Captava as radiações
destroços. infravermelhas, ou seja, os raios de calor, com a mesma
nitidez da luz visível, e esta lhe era tão perceptível como
102
as gamas ásperas do ultravioleta. que acreditava ser uma presa.
— O que está vendo? — perguntou Rhodan. As primeiras ondas arrebentaram sobre o barco. A
Okura estreitou os olhos. Para ele a água morna do uns trinta metros a estibordo, o inofensivo tapete
oceano de Vênus assumia o aspecto de um vasto terreno fluorescente transformara-se num amontoado semi-
inundado de luminosidade. O tapete, que absorvia parte esférico de cor indeterminada.
do calor irradiado pela água e refletia outra parte para Quando a massa enorme começou a mergulhar, as
dentro do mar, surgia em sua retina sob a forma de um ondas sustentavam coroas de espuma. Marshall, que
longo traço escuro. assistia ao espetáculo de queixo caído e olhos
— Vai uns três quilômetros para o oeste — disse Son arregalados, perdeu o equilíbrio e teria caído à água se
Okura. — Para o leste não vejo o fim. Rhodan não o tivesse agarrado em tempo.
Rhodan confirmou com um aceno de cabeça. — Cuidado! — gritou Rhodan.
— Então vamos contorná-lo pelo oeste. Son Okura segurava o fecho.
Deu partida no motor e colocou a hélice na água. O tapete continuava a crescer, enquanto a parte
Girando o leme para a direita, Rhodan fez com que o inferior de seu corpo, que agora assumia uma forma
barco descrevesse uma curva fechada. esférica, mergulhava numa velocidade cada vez maior. A
— Isso é tão perigoso assim? — perguntou Marshall. contração da substância daquele corpo, que poucos
— Nunca viu um tapete luminoso? segundos antes ainda cobrira uma área de vários
— Só um bem pequeno, numa enseada. quilômetros quadrados, enfurecia o mar como se fosse
Rhodan acenou com a cabeça. um temporal de regular intensidade.
— Pois eu lhe mostrarei o espetáculo. Se Rhodan permitiu que Marshall contemplasse o
passássemos no meio dele, estaríamos irremediavelmente espetáculo até que a água que penetrou no barco passou a
perdidos. Esse tapete fininho tem mais força que dez representar um verdadeiro perigo. Só então gritou para
motores como este. Okura:
O barco deslocava-se na direção noroeste. Rhodan se — Feche! E segure-se!
esforçou para contornar a extremidade oeste do tapete Okura arrastou a cobertura para a frente. Com um
luminoso o mais próximo possível. O barco desenvolvia ruído metálico a cobertura flexível se fechou sobre o
uma velocidade de trinta quilômetros por hora, ou seja, barco, evitando que fizesse mais água. Marshall e
cerca de oito metros por segundo. Cada oito metros Rhodan deixaram-se cair ao chão e seguraram-se nas
percorridos a mais significavam um atraso de um fitas de plástico presas à parede interna do barco. O
segundo, e nessa viagem os segundos contavam tanto japonês, depois de concluído seu trabalho, perdeu o
quanto as horas ou os dias em outras. equilíbrio e foi atirado por cima de Marshall.
Dali a uns dez minutos, o barco se encontrava Depois disso o mar jogou bola com eles durante dez
aproximadamente na altura da linha que cortava o tapete minutos. O barco rodopiava em torno do eixo transversal
de leste para oeste, passando pelo centro. John Marshall e longitudinal. Uma forte pancada repuxou a ferida de
parecia fascinado diante do quadro. A fluorescência Rhodan e obrigou-o a tirar o braço direito da faixa que o
reluzia nas cores mais variadas e oferecia um espetáculo segurava. Son Okura, que não conseguira se segurar em
de beleza movimentada, cujo encanto nem Rhodan tempo, rolou por cima da cabeça em direção à popa e,
conseguia subtrair-se, muito embora já tivesse tido com um baque bem audível, bateu contra a madeira da
muitas oportunidades de observar o fenômeno. caixa de ferramentas.
Era difícil de imaginar que na realidade esse tapete Depois de várias tentativas Rhodan conseguiu se
luminoso era um único animal estendido na água, à deslocar para a frente e desligar o motor. A solicitação
espera da presa. A beleza dissimulava a voracidade e a variável forçava o mecanismo e, enquanto o barco
violência irresistível com que agarrava sua vítima e a estivesse sendo atirado de um lado para outro, o motor de
arrastava para as profundezas. qualquer maneira não adiantava nada.
Rhodan retirou algumas pesadas porcas de parafuso Marshall, em cuja homenagem a peça fora encenada,
da caixa de ferramentas e se aproximou de Marshall. A estava deitado no meio do barco, praguejando em voz
extremidade do tapete não ficava a menos de quinze alta. Ainda continuava a praguejar quando o mar voltou a
minutos do barco. se acalmar e Rhodan mandou que o japonês abrisse o
— Okura — disse Rhodan em voz baixa. barco.
— Sim. Segurando-se na borda, Marshall conseguiu se pôr de
— Prepare-se para fechar o barco. Aguarde meu pé.
comando. — Nunca imaginava que isso fosse tão ruim —
O japonês confirmou com um aceno de cabeça. fungou.
Rhodan deu as porcas a Marshall. Rhodan riu.
— Atire. — Pois da próxima vez já sabe, não é? Não existe
Marshall avaliou lentamente o peso das peças de nada que seja tão perigoso e traiçoeiro como um tapete
metal. Depois, num impulso vigoroso do braço direito, luminoso de Vênus.
atirou todas elas sobre o tapete. Voltou a pôr o motor em movimento e colocou o
A reação foi instantânea. Mal as porcas tocaram o barco no curso correto. Não tinha a menor idéia de
animal, as cores deste começaram a empalidecer. Dentro quanto o barco tinha sido desviado em virtude do
de poucos segundos a luminosidade desapareceu por incidente; mas, pelo seu cálculo, o desvio não poderia
completo. Um rugido ensurdecedor fez-se ouvir quando fazer uma diferença significativa quanto à sua chegada
o tapete luminoso se fechou em torno do lugar em que ao setor norte da costa.
fora atingido e começou a arrastar para o fundo aquilo Por algum tempo mantiveram-se ocupados, retirando
103
a água gosmenta que as ondas levantadas pelo tapete que se encontravam sob seu comando.
gigante haviam atirado no interior do barco. O trabalho, Acontece que Raskujan teve mais sorte que o general.
em si bem leve, deixou-os tão cansados que, depois dele, O acampamento de Tomisenkow fora desmantelado pelo
encostaram-se exaustos à parede do barco e, por algum furacão levantado pela Stardust-III e seus remanescentes
tempo, tiveram de lutar com o cansaço que ameaçava espalhados para os quatro cantos. Tomisenkow levou as
fechar-lhes os olhos. naves intactas para esconderijos situados nas montanhas,
A ambição desmedida fizera com que o governo do onde a expedição punitiva de Rhodan as inutilizou uma
Bloco Oriental, derrubado há um ano, se aproveitasse da por uma.
ausência de Rhodan, que se afastara da Terra, para tentar Por isso Raskujan encontrara um campo livre para o
se apossar da base montada pela Terceira Potência no pouso — inclusive a faixa calcinada, coberta de terra
planeta Vênus. Para isso foram enviadas duas grandes vitrificada, aberta pelo deslocamento da Stardust-III, que
frotas de naves espaciais ao planeta. atravessava a selva em linha reta. Raskujan, então ainda
“Sem essa ambição”, refletiu Rhodan, “a esta hora um subordinado do general Tomisenkow, decolara da
estaríamos não sei onde, mas de qualquer maneira nos Terra com duzentas naves. Trinta e quatro delas foram
encontraríamos em paz e segurança”. perdidas quando a Stardust-III, ao regressar de Vênus
Provavelmente essa ideia teria induzido reflexões para a Terra, passou em meio à formação; as naves
filosóficas em sua mente, se Okura, que se encontrava na desajeitadas e pouco manobráveis do Bloco Oriental se
proa, não se erguesse repentinamente, soltando uma volatilizaram sob o impacto do campo protetor
exclamação de espanto. energético da supernave. Entre as naves perdidas
Rhodan viu que fitava o céu. Seguiu seu olhar, mas encontrava-se a capitania, que trazia a bordo o major
não viu nada. Pjotkin.
Por algum tempo o japonês não disse nada. Rhodan Raskujan, depois de reagrupar os remanescentes,
colocou-se ao seu lado. prosseguira em sua viagem para Vênus. Outras quarenta
— O que houve Son? — gritou. — O que está vendo? e três naves foram destruídas durante o pouso
Viu que Okura estava com os olhos arregalados de aerodinâmico em Vênus. Caíram e, transformadas em
susto. Tinha a respiração entrecortada. Antes que meteoros incandescentes, desapareceram nas florestas ou
pudesse dizer qualquer coisa, Rhodan ouviu o farfalhar no mar.
surdo vindo de cima, que por um instante deixou-o tão Cento e vinte e três naves chegaram ao destino sãs e
assustado como o japonês. salvas; pareciam orgulhosas, mas em virtude da falta de
— É um lagarto voador — fungou Okura. — combustível estavam condenadas à imobilidade.
Encontra-se na direção noroeste, mas vem exatamente Na época não se encontrou qualquer vestígio de
em nossa direção. Tomisenkow. O coronel Raskujan teve de se arranjar
— A que altitude está? — perguntou Rhodan. sozinho e viu-se obrigado a decidir, segundo seu livre
— Cerca de cem metros. arbítrio, como agir para transformar o empreendimento
— É grande? num verdadeiro êxito.
O japonês contorceu o rosto. A tarefa não parecia muito difícil. Os homens que o
— Acredito que tenha uns trinta metros de largura. haviam enviado para lá desejavam se apossar da
Esperaram. O farfalhar, que quase chegava a estourar fortaleza da Terceira Potência. Uma vez que, por ocasião
os nervos, foi se aproximando, tornou-se cada vez mais do pouso da frota de apoio, Rhodan não se encontrava
forte. em Vênus, Raskujan pensou que a fortaleza estivesse
— Daqui a pouco estará acima de nós — disse o desguarnecida e sua conquista seria uma brincadeira.
japonês. Mas viu-se obrigado a rever suas ideias sobre o que
E logo em seguida: vem a ser uma fortaleza. Fazia um ano que, quase
— Vai descer; está descrevendo círculos em cima de diariamente, quebrava a cabeça nas suas investidas
nós. contra a que tinha diante de si. Rhodan envolvera a base
Rhodan deixou cair os ombros. de Vênus com um campo protetor impenetrável. Entre os
— Son, fique na popa. Marshall ficará no meio. Eu tripulantes de Raskujan havia muitos técnicos — talvez
cuido do motor. Vamos ficar bem quietos. Son nos seria melhor dizer “técnicas”; por motivos sobre os quais
avisará assim que o bicho descer. Quando isso acontecer, até então Raskujan não tinha a menor ideia, a maioria
teremos de atirar. Façam boa pontaria, para que não dos membros da equipe técnico-científica da frota era
precisemos atirar mais de uma vez. Os disparos dos formada por mulheres. Mas até mesmo o técnico mais
radiadores térmicos são perfeitamente visíveis a vários competente acaba capitulando diante daquele anteparo
quilômetros de distância. Acho que não preciso explicar energético impenetrável.
o que vai acontecer se uma das sentinelas de Raskujan Mas quando Raskujan atingiu esse ponto morto, sua
observar nossos tiros. atenção foi desviada para outro fato. A primeira pista do
Alguns minutos passaram-se. O motor emitia um general Tomisenkow e de seus homens foi localizada
zumbido monótono e as ondas batiam preguiçosamente numa massa de terra em forma de península, que o
no costado do barco. enorme continente do hemisfério norte fazia avançar em
Subitamente ouviu-se o grito estridente de Okura: direção ao sul, abraçando, por assim dizer, o continente
— Está descendo. com o braço de mar de cerca de trezentos e cinquenta
*** quilômetros de largura.
A frota de reforços do coronel Raskujan pousara no Raskujan, cuja tarefa consistira inicialmente em dar
mesmo lugar em que; semanas antes, o general apoio à tropa de Tomisenkow, procurou coletar
Tomisenkow fizera descer quinhentas naves espaciais informações. Soube que a divisão espacial de
104
Tomisenkow, exposta às condições extremamente o caso, reorganizá-la, o senhor deixou-se ficar por aqui e
ásperas reinantes em Vênus, tornara-se vítima da realizou algumas tentativas estúpidas para penetrar na
desorganização e da indisciplina. base de Rhodan. Quando acabou descobrindo nosso
Com isso o plano de Raskujan estava formado: paradeiro não achou coisa melhor para fazer senão nos
Tomisenkow e seus homens teriam de ser obrigados a atacar. Atacar justamente a nós, a quem o senhor deveria
entrar nos eixos. ter trazido apoio!
Uma vez que dispunha de meios para impor seus Raskujan se esforçou para guardar a compostura.
planos aos efetivos de Tomisenkow, roídos pela — Como ex-oficial o senhor sabe perfeitamente que
desorganização, tinha nas mãos o general, grande parte tipo de influência os elementos desmoralizados que se
da tropa que se mantinha fiel a ele e uma prisioneira encontravam em sua companhia teriam exercido sobre
muito mais importante: Thora, a arcônida. Era a mulher minha tropa. Não tive outra alternativa senão demarcar
que transmitira a Perry Rhodan grande parte dos desde logo claramente os fronts. Meu regimento não tem
conhecimentos que lhe tornaram possível a instalação da mais nada com sua divisão.
Terceira Potência. Tomisenkow fez um gesto tão depreciativo que
Raskujan exultou. Exultou até perceber que Thora Raskujan teve de se esforçar ao máximo para reprimir a
tinha por ele mais ou menos a mesma consideração que fúria de que se sentia possuído.
ele mesmo tinha diante de uma das incômodas moscas — Vá contar isso a outro — disse Tomisenkow. — Já
que proliferavam em Vênus. se esqueceu de que serviu por alguns anos em minha
Nem se dignou a responder às suas perguntas, muito companhia? Naquele tempo, em que ainda era um jovem
menos revelou como poderiam ser rompidos os campos tenente, já fazia questão de se salientar toda vez que
energéticos que protegiam a fortaleza de Vênus. surgia uma oportunidade. Não, Raskujan, a coisa não é
Em vista disso, se dirigiu a Tomisenkow. Este não o tão simples assim. Em Vênus surgiu a oportunidade de
tratou muito melhor do que Thora, e isso o incomodou bancar o onipotente. Eu era a única pessoa que, em
ainda mais. No fundo Raskujan era uma criatura virtude da graduação, podia estragar seu jogo. Por isso
subalterna, carregada de complexos de inferioridade. inventou alguma coisa e nos atacou. E tudo isso apenas
Uma vez que teve a coragem de atacar e prender um para que o senhor pudesse continuar a desempenhar esse
general, esperava que este se comportasse como um papel miserável.
prisioneiro, não como um general. Raskujan se levantou de um salto.
Desde sua prisão, ou melhor, desde o pouso dos Levou algum tempo para recuperar a fala.
helicópteros no acampamento de Raskujan, Tomisenkow — Isso é... isso é... não se esqueça de que é meu...
já havia enfrentado cinco interrogatórios. Para um Nesse instante a sineta do radiorreceptor interrompeu
homem como ele, que durante um ano tivera ocasião de aquele balbuciar indignado. Raskujan virou-se
pôr os nervos à prova nos perigos da selva de Vênus, isso abruptamente e bateu com a mão espalmada sobre a
não passava de episódios inofensivos e sem a menor chave.
importância. Além disso, os oficiais investigadores de — Coronel, observamos um estranho fenômeno
Raskujan, ao se defrontarem com um general, mesmo luminoso — principiou a sentinela sem qualquer
que este não mais usasse as platinas, pareciam sofrer dos preâmbulo. — Direção, cento e cinquenta e três graus,
mesmos complexos que seu comandante. distância aproximada de duzentos e cinquenta
Depois que o temporal crepuscular havia desabado quilômetros.
sobre o solo, Raskujan fez com que o prisioneiro Raskujan franziu a testa.
comparecesse à sua presença, na sala de comando da — Descreva! — ordenou.
nave capitania. — Parece um facho de luz de três holofotes, coronel
Raskujan tinha uma pistola automática bem visível — respondeu a sentinela. — Apenas a intensidade deve
sobre os joelhos. Não convidou Tomisenkow a sentar. ter sido muito maior que a de um holofote convencional.
— Pelo que ouço — principiou — o senhor se recusa — Quantas vezes foi observado o fenômeno?
a prestar qualquer colaboração à nossa frota. — Uma única vez.
Para Tomisenkow, esse introito não parecia — Está bem; obrigado.
representar uma pergunta; ao menos, não se dignou a dar A palestra foi interrompida. Raskujan fez outra
qualquer resposta. ligação. Uma voz metálica respondeu.
— Responda! — rosnou Raskujan. — Capitão, pegue dois helicópteros e dê uma busca
— Qual é a pergunta? — indagou Tomisenkow no mar — ordenou. — Peça os dados ao posto central de
tranquilamente. vigilância. Observaram fenômenos luminosos estranhos.
— Por que não quer cooperar comigo? Quero saber de que se trata.
O rosto de Tomisenkow contraiu-se num sorriso de O capitão confirmou a recepção da ordem. Raskujan
deboche. desligou o receptor e voltou a encarar Tomisenkow.
— Por que não quer cooperar comigo? — perguntou. Este sorriu.
Por um instante Raskujan ficou atônito. Depois — Qual é a graça? — perguntou Raskujan em tom
cometeu um erro: respondeu à pergunta de Tomisenkow. áspero.
— Porque sua divisão está desorganizada e roída pela — Acredito — disse Tomisenkow em voz baixa,
indisciplina — respondeu. apreciando o efeito de suas palavras — que o senhor tem
— Isso não é motivo para negar sua colaboração. O alguém nos seus calcanhares que lhe ensinará que, em
senhor foi enviado para cá a fim de me dar apoio, Vênus, um coronel deve se conduzir com muita
inclusive moral, se necessário. Mas em vez de fazer humildade.
qualquer esforço para localizar minha divisão e, se fosse ***
105
significa?
O farfalhar cresceu num trovejar quando o lagarto Marshall se levantou com um gemido.
desceu sobre o barco. Rhodan se reclinou contra o — Está bem — resmungou. — E o que vamos fazer
costado e olhou na direção de que vinha o ruído. se acontecer aquilo que prevê?
A única coisa que viu foi uma sombra gigantesca que, Rhodan sorriu.
numa velocidade inacreditável, passou por cima do barco — Continuaremos a atirar — respondeu em tom
na direção norte—sul e voltou a desaparecer na indiferente.
escuridão.
O ruído se afastou, tornando-se cada vez mais fraco. ***
Depois se manteve constante por alguns segundos e
voltou a crescer. O capitão que Raskujan enviara para o mar com dois
Rhodan perguntou de si para si até onde deveria helicópteros não precisou se esforçar muito para
arriscar. Ninguém saberia dizer se o lagarto atacaria descobrir o barco inflável, que não era muito pequeno.
nessa revoada ou nas próximas. Era possível que nem A oitenta quilômetros de distância produziu um
chegasse a fazê-lo. reflexo fraco, mas inconfundível sobre a tela de radar, e a
Mas, de qualquer maneira, seria tarde para atirar cem metros o holofote de luz infravermelha e o binóculo
quando tivesse um dos três homens nas garras. noturno tornaram perfeitamente visíveis os três homens
O ruído foi se tornando cada vez mais forte. que o tripulavam.
— Atirem quando estiver em cima de nós — disse O capitão recomendou uma atenção toda especial aos
Rhodan com a voz áspera e em tom decidido. artilheiros de bordo e transmitiu idênticas aos ocupantes
Apontaram as armas na direção exata. O ruído do outro aparelho.
cresceu ainda mais, começando a produzir um zumbido Depois desceu e se aproximou cautelosamente do
nos ouvidos. barco.
De repente apareceu! ***
Era uma sombra negra na escuridão cinzenta, maior Ouviram as batidas dos rotores dos helicópteros e o
que da outra vez e de forma praticamente indefinível. chiado agudo dos jatos. Son Okura viu dois aparelhos
Rhodan seguiu a sombra com o cano do radiador de que se aproximavam do norte a uma altitude
impulsos térmicos. Quando o lagarto se encontrava bem considerável.
em cima do barco, ordenou: Para Rhodan isso não constituía nenhuma surpresa; já
— Fogo! os aguardava.
Uma ofuscante luminosidade branco-azulada saiu dos Subitamente Okura, que mantinha seu posto de
canos, iluminou por uma fração de segundo o corpo observação na proa do barco, recuou com um grito e
horrível do lagarto, coberto de uma pele áspera, e cobriu o rosto com ambos os braços. Foi quando o
atingiu-o com toda sua potência. comandante dirigiu o holofote de luz infravermelha sobre
O grito do animal poderia ser ouvido a quilômetros o barco e observou-o através de um filtro ótico.
de distância. Mas não durou muito. Algumas centenas de Rhodan procurou adivinhar o pensamento do
megawats de energia térmica mataram o animal, cujo inimigo.
corpo incendiado caiu ao mar. “Verá o barco”, pensou. “E também sabe que
Rhodan largou a arma e pegou o leme. Ainda deixou nenhum dos helicópteros de Raskujan foi perdido em
que a enorme vaga levantada pelo impacto do animal cima do mar. Logo, acreditará que somos gente de
sobre a água atingisse o barco de frente; mas logo girou o Tomisenkow ou então...”
leme e fez o barco descrever um grande círculo para o A reflexão não chegou ao fim. Os dois helicópteros
leste. se aproximaram, e a violência com que o fizeram não
Só dali a vinte minutos retomou o curso anterior. Os deixava nenhuma dúvida sobre suas intenções:
movimentos do leme, que por uma questão de hábito pretendiam atacar o barco.
executava com a mão direita, fizeram seu ombro doer de — Deitem-se no chão! — gritou Rhodan. — E
novo. Praguejou em voz baixa por causa de sua relativa apontem as armas para cima!
incapacidade e manifestou o desejo de ter à mão uma Marshall e Okura obedeceram imediatamente. Um
caixa de primeiros socorros da farmácia arcônida. Com canhão automático começou a emitir seus sons
ela estaria recuperado dentro de poucas horas. entrecortados, outro seguiu seu exemplo, e Rhodan
Son Okura continuava sentado na proa, de olhos fitos percebeu os solavancos de seu barco. Em meio do
no norte. Apenas Marshall parecia acreditar que, uma barulho ouviu que o zumbido do motor mudava de tom, e
vez morto o lagarto, o maior perigo havia passado. logo viu um dos helicópteros bem em cima de si.
Deitado de costas no centro do barco mantinha as mãos Não sabia se Okura ou Marshall já haviam atirado.
entrelaçadas em baixo da nuca. Não viu o relampejo de suas armas. Encostou a coronha
— Levante-se, homem cansado — disse Rhodan. — do radiador de impulsos térmicos firmemente ao tronco,
Daqui a pouco teremos trabalho de novo. para que a arma apontasse bem para cima, e puxou o
Marshall se assustou. gatilho.
— Que trabalho será este? — perguntou desanimado. A descarga não produziu qualquer recuo da arma.
— Infelizmente há um fenômeno luminoso que Num jogo feérico, o raio ofuscante atravessou a
acompanha a emissão de calor produzida pela arma escuridão e atingiu o helicóptero antes que este pudesse
térmica — disse em tom professoral. — E, com a se afastar. Houve uma detonação ensurdecedora quando
atmosfera limpa, o mesmo se tornara perceptível a uns o tanque de combustível explodiu, e uma chuva de peças
quinhentos quilômetros de distância. Sabe lá o que isso de metal incandescente caiu na água em torno do barco,
106
produzindo um forte chiado. — O barco está em ordem — gritou Marshall
O outro helicóptero acompanhou a cena e se afastou bastante animado. — Todos os furos produzidos pelos
em tempo. Mais adiante descreveu círculos a poucos impactos fecharam-se conforme deviam. O barco quase
metros acima da água. não fez água.
Rhodan engatinhou para frente. Marshall ainda estava Rhodan contorceu o rosto. Atravessou o barco
deitado, tal qual Rhodan lhe ordenara. Ao ver este, balouçante em direção a Marshall. Este viu o rosto sério
sorriu. do chefe.
Son Okura se colocara de joelhos e observava o — O que foi?
segundo helicóptero, que descrevia círculos em torno do Rhodan colocou a mão sobre seu ombro.
barco. Rhodan ligou o minitransmissor que trazia no — Comece a chamar de novo, Marshall — ordenou a
pulso e fez o regulador de frequências percorrer todas as voz tranquila. — O motor está quebrado, e nenhum de
faixas. Não ouviu nada além do chiado produzido pelas nós sabe consertá-lo. Pelo meu cálculo estamos a uma
perturbações atmosféricas. O piloto do helicóptero ainda distância de duzentos e vinte quilômetros da costa norte
não julgava necessário informar a base sobre o incidente. do continente norte e cento e trinta quilômetros da costa
Rhodan tinha certeza de que logo o faria, ou então norte da península. Logo, não podemos ir para a frente
tentaria um segundo ataque antes disso. nem para trás. Tente mais uma vez entrar em contato
Esperaram. com as focas.
Okura levantou o braço direito. Com um sorriso animador acrescentou:
— Está apertando os círculos! — exclamou. — Se não conseguir, teremos que nadar.
Rhodan fitou a escuridão. Não viu nada.
— A que distância se encontra? — perguntou.
— A distância média é de cerca de cento e cinquenta
metros — respondeu o japonês.
Rhodan acenou com a cabeça.
— Pois mostre o que achamos dele — disse a Okura.
“Estão muito enganados”, pensou. “Querem
experimentar o alcance dos nossos radiadores. Mas nem
desconfiam de que um radiador de impulsos térmicos
desenvolve potência máxima até o fim de seu alcance.
Acreditam que poderão aguardar o próximo tiro e fugir
em tempo.”
Son Okura ajoelhou-se junto à borda do barco e
apoiou o radiador sobre a mesma. Estreitou os olhos e
inclinou a cabeça para frente; foi quando o holofote de
luz infravermelha do helicóptero passou por cima dele.
Depois se esmerou na pontaria. Rhodan viu quando o
dedo se entortou de encontro ao gatilho. Apesar disso, se
assustou quando o raio branco-azulado da grossura de
um dedo saiu do cano.
O helicóptero de Raskujan não teve a menor chance.
Caiu e, com uma forte explosão, desmanchou-se no mar.
Rhodan respirou aliviado. Empurrou Marshall para o
lado e dirigiu-se para o lado em que ficava o motor. Na
pressa apenas conseguira amarrar o leme, e agora...
Quando chegou à popa, estacou. Viu que a fita de
plástico com que amarrara o leme se esfacelara e estava
jogada no chão. Do leme não existia mais nada.
Atirou-se ao chão e examinou o bloco do motor
envolto em metal leve. Viu os vestígios de um projétil de
canhão automático e identificou o local de impacto.
Arrancara o leme e demolira o motor!
Rhodan ficou deitado por um instante. Bateu com os
punhos no estojo de metal leve. Antes só se poderia
desprendê-lo do motor com o auxílio de chaves de fenda
e cortadores de metal; mas agora as primeiras três 2
pancadas fizeram com que balançasse, e com a quinta
pancada pôde retirá-lo sem maiores dificuldades. Raskujan ainda ficou discutindo quase uma hora com
Um olhar lhe bastou para compreender a situação. O Tomisenkow e quase chegou a esquecer que não tinha
projétil explodira junto à pequena e potente turbina. E necessidade de manter discussões com um prisioneiro.
esta não pôde ser reconhecida nem mesmo pelo formato; Depois de algum tempo veio à notícia de que novamente
transformara-se num montão fibroso e disforme de chapa haviam sido observados por duas vezes estranhos
metálica enegrecida. fenômenos luminosos no mar aberto. Como até então
Rhodan levantou-se. Sentiu-se um pouco fraco nos Raskujan não tivesse recebido qualquer notícia dos dois
joelhos, mas logo venceu a fraqueza. helicópteros que enviara ao local, começou a ficar
107
nervoso e mandou que a sentinela levasse Tomisenkow sentinela, avançando um passo em sua direção.
antes que este pudesse dar vazão ao seu triunfo sobre o Assegurou-se de que o homem já não poderia ver sua
fracasso da missão. sombra.
Tomisenkow caminhava tranquilamente entre as duas Levantou o braço direito e, com a bota cheia de areia,
sentinelas. Atravessou o acampamento, livre de qualquer golpeou a cabeça da sentinela. Esta caiu para a frente e
vegetação. A cerca levantada em volta do campo de ficou estendida no chão.
prisioneiros surgiu na escuridão. As duas sentinelas Com um movimento automático, Tomisenkow
entregaram o prisioneiro a uma das quatro sentinelas esvaziou a bota e, com o pé direito, espalhou a terra pelo
postadas junto ao portão do campo e esta o levou à sua chão. Depois pegou as cordas que fabricara com pedaços
barraca, onde o entregou à sua sentinela particular. da barraca e amarrou o homem inconsciente. Além disso,
Não foi em vão que Tomisenkow havia estudado enfiou-lhe um lenço na boca, para servir de mordaça.
cuidadosamente e decorado, não um mapa do campo de Finalmente colocou o homem atrás de sua cama
prisioneiros, mas aquilo que seus olhos treinados viram primitiva, para que o mesmo não pudesse ser visto da
dia por dia. Estaria em condições de atingir seu destino entrada, pelo menos ao primeiro relance de olhos.
de olhos fechados; por isso a escuridão quase Colocou a pistola automática sobre a cama, para que a
impenetrável que fazia com que os soldados ainda não sentinela pudesse vê-la ao despertar.
habituados às condições reinantes em Vênus andassem Tomisenkow sabia como agir face à situação.
aos tropeções, fornecia a melhor oportunidade para a Saiu da barraca.
execução de seu plano. Não foi muito difícil deslocar-se pela escuridão até
Começou a agir tranquila e metodicamente. Sua alcançar a maior de todas as barracas, situada acerca de
barraca não possuía um soalho próprio; o chão era cem metros, muito embora as sentinelas fizessem de
formado de terra venusiana batida. Tomisenkow tirou conta que nada lhes poderia escapar.
uma das botas e começou a arranhar o chão, colocando a “Na verdade estão com medo”, pensou Tomisenkow
terra na bota. com uma certa sensação de desprezo. “Estão com medo
Dentro de quinze minutos a bota ficou cheia até em de que, de repente, saia do chão um verme gigante.”
cima. Tomisenkow comprimiu a terra com o punho Chegavam a assobiar canções para espantar o medo.
fechado. Depois segurou a estranha ferramenta na mão Tomisenkow levou quinze minutos para percorrer os
direita e pesou-a cuidadosamente. Parecia ter o peso de cem metros. Verificou que diante da barraca havia três
um saco de areia do mesmo tamanho. sentinelas. Isso não o perturbou; só no ponto em que as
Lançou os olhos em torno de si. A barraca não era cordas são amarradas às cavilhas, a barraca fica grudada
muito grande e era fácil abrangê-la com a vista. ao chão. Entre as cavilhas um homem normal pode
Tomisenkow encontrou um canto apropriado para seu penetrar na barraca; basta levantar a lona um pouco.
projeto. Foi o que Tomisenkow fez. No interior da barraca a
Infelizmente não podia modificar a posição da luz estava acesa.
lâmpada que iluminava o interior da barraca. Poderia Ouviu um grito de pavor abafado. Entrou de vez e se
quebrá-la, mas nesse caso... levantou. Num movimento instantâneo, pôs o dedo no
Agachou-se num dos cantos, de costas para a entrada, lábio e fez um movimento em direção à entrada.
e olhou ostensivamente para o chão. Depois de um Só depois disso cumprimentou a mulher com uma
ligeiro preparativo começou a gritar: ligeira mesura, sem dizer uma palavra.
— Sentinela! Sentineeelaa! O cumprimento foi dirigido a Thora, a arcônida.
Parecia um grito de pavor, e o resultado não se fez O mundo natal de Thora ficava a uma distância tal da
esperar. A barraca foi aberta abruptamente. Tomisenkow Terra e do sistema solar que Tomisenkow nem podia
virou-se ligeiramente para o lado e esforçou-se para dar imaginá-lo.
ao seu rosto uma expressão de pavor. Há alguns anos Thora pousara na Lua com sua nave
— O que houve? — perguntou a sentinela. exploradora, colaborou com Rhodan e ajudou-o a montar
Tomisenkow, esbaforido, fez alguns movimentos a estrutura artificial, mas sumamente estável da Terceira
com a mão. Potência.
— É aqui... — gemeu — no canto... depressa! Até poucos dias antes, contados pelo tempo terrestre,
Em Vênus havia muitas criaturas monstruosas, Thora fora sua prisioneira.
inclusive algumas que abrem seu caminho por baixo do — Pouco importa que a senhora goste ou não de mim
solo e de repente surgem no interior de uma barraca. A — disse Tomisenkow apressadamente no seu péssimo
sentinela não ignorava isso. inglês. — Não faça barulho! Não lhe farei nada.
Entrou de pistola automática em punho e fez sinal Thora não respondeu. Seus lábios contraíram-se
para que Tomisenkow se afastasse quando se dirigiu ao ligeiramente e esboçaram um sorriso que era tão
canto da barraca. zombeteiro e depreciativo que Tomisenkow teve de se
Tomisenkow afastou-se. esforçar para reprimir a raiva.
— Uma espécie de verme... — gemeu. Ficou numa — Não disponho de muito tempo — prosseguiu. —
posição tal que sua sombra caia exatamente no canto que De cinquenta em cinquenta minutos é realizada a
a sentinela devia examinar. Mal a sentinela tinha passado inspeção das sentinelas. Quer dizer que dentro de quinze
por ele, pegou a bota cheia de terra e segurou-a minutos no máximo terei que dar o fora.
firmemente pelo cano. O olhar zombeteiro de Thora deixou-o irritado.
— Saia da luz! — ordenou a sentinela e, sem olhar Esforçou-se para formular sua proposta em termos
para Tomisenkow, sacudiu a mão. precisos.
Tomisenkow deixou que a luz caísse sobre a — Quero cooperar com a senhora — principiou.
108
Thora achou que essa proposta não devia ser nada, pode ter certeza.
respondida. Pôs-se a desamarrar o homem. Por fim retirou a
— Sabe perfeitamente — prosseguiu Tomisenkow — mordaça.
que para nós não seria difícil dominar as sentinelas de — Levante rapaz! — ordenou.
Raskujan. As dificuldades começarão quando tivermos A sentinela levantou-se, um tanto perplexo e
saído do acampamento. Não dispomos de outras armas desajeitado. Logo pôs a mão na pistola automática.
além das que conseguimos tirar das sentinelas, enquanto Depois lançou um olhar desconfiado para Tomisenkow.
Raskujan dispõe de helicópteros e mais uma porção de Este enfrentou o olhar. Depois de algum tempo
coisas. Não levaria mais de uma hora para nos perguntou:
recapturar. Isso quer dizer que devemos saber para onde — Está com dor de cabeça?
ir depois que tivermos escapado. Ficaria a cargo da Surpreso, o homem sacudiu a cabeça.
senhora nos indicar a direção. Depois ambos começaram a rir. Tomisenkow deu
Thora encarou-o; a expressão de desprezo que se uma forte pancada no ombro da sentinela.
desenhava em seu rosto continuava inalterada. — Você está bem, cabo — disse. — Não me
— Será que o senhor acha — disse depois de algum esquecerei de você quando tudo tiver passado.
tempo — que eu vou cair num truque primário como A sentinela saiu da barraca e lá fora refletiu sobre o
este? significado das palavras de Tomisenkow. Estava tão
Tomisenkow não se exaltou. Contava com a objeção. concentrado que deixou a ronda passar, limitando-se a
— Não é nenhum truque. Reflita e há de concordar dizer:
comigo. Que interesse teria eu para ser desleal para com — Cabo Wlassov. Tudo em ordem.
a senhora? A verdade nua e crua é que nos encontramos
no mesmo barco. E não adianta que permaneçamos neste ***
acampamento com as mãos no regaço, esperando que de
algum lugar surja um milagre. Fazia duas horas que John Marshall, um telepata
Thora parecia refletir. dotado de energias mentais extraordinárias, emitia
— E quem me garante — perguntou depois de algum ininterruptamente sua mensagem.
tempo — que com sua ação não irei... gosto de usar “Venham focas, venham nos ajudar. Somos amigos e
expressões terrenas, não irei de mal a pior? merecemos seu auxílio.”
Tomisenkow deu de ombros. Há duas horas estava esperando que, diante dele ou
— Se ainda não percebeu a diferença entre as minhas ao lado do barco imobilizado, a cabeça de uma foca
intenções e as de Raskujan — respondeu em tom emergisse da água, mas esperava em vão. Não vinha
deprimido — ainda não conhece os homens. nada, e o esgotamento total fazia dançar diante de seus
Thora deu uma risada irônica. olhos um mundo de figuras coloridas.
— A única coisa que conheço nos homens é a A emissão das mensagens telepáticas esgotara as
tendência irreprimível de quebrarem a cabeça uns dos últimas reservas de energia de seu organismo. Sabia que
outros. as focas não eram verdadeiros animais marítimos.
Tomisenkow se levantou. Viviam próximo à costa, de preferência nos fiordes que
— Naturalmente — resmungou com a voz penetravam profundamente na terra; e o ponto mais
contrariada. — Seu povo nunca fez uma coisa dessas. próximo da costa distava a menos de cem quilômetros do
Sua raça emergiu numa inocência total de sua lugar em que o barco se encontrava naquele instante.
predecessora. Marshall esforçara-se para vencer essa distância; mas
Não deixou que Thora respondesse. o zumbido que ouvia na cabeça dizia-lhe que seus
— Eu lhe ofereci minha cooperação — declarou. — esforços não poderiam prosseguir por muito tempo.
No momento tenho a impressão de que a vantagem que a Ainda durariam alguns minutos, talvez uns oito ou
senhora tiraria do trabalho conjunto seria maior que a dez, depois estaria no fim de suas forças.
minha. Mantenho a oferta. Pense a respeito. Dentro em Son Okura estava agachado em atitude apática na
breve voltarei a visitá-la para ouvir sua resposta. Até a proa do barco. Vez por outra levantava a cabeça e fazia
vista. os olhos deslizarem sobre o mar; mas não havia nada.
Abaixou-se e passou por baixo da lona. Nada que pudesse representar um perigo e nada que
Dentro de quinze minutos alcançou sua barraca, sem pudesse interromper, por um instante que fosse, a
que uma única vez tivesse estado em perigo de ser monotonia da espera.
descoberto. A sentinela amarrada já havia recuperado a A atenção de Perry Rhodan concentrou-se ora no
consciência. O homem encarou-o com os olhos ouvido, ora em suas reflexões. As reflexões giravam em
arregalados e enfurecidos. torno da maneira pela qual a situação atual poderia ser
Tomisenkow agachou-se à sua frente. modificada se as mensagens emitidas por Marshall não
— Escute rapaz — disse. — Como vê, deixei sua fossem coroadas de êxito. O que Rhodan sabia a respeito
arma aqui mesmo. Apenas dei um pequeno passeio que das focas era muito pouco. Sabia que possuíam certo
você provavelmente não teria permitido se eu lhe grau de inteligência, que lhes permitia usar uma
pedisse. Por causa disso tive de me livrar de você por linguagem própria, e que a comunicação com elas era
algum tempo. Sinto muito se o machuquei. Daqui a possível num nível bastante primitivo. Não sabia se iriam
pouco virá a inspeção das sentinelas. Até lá você estará reagir à mensagem, caso conseguissem captá-la. Era bem
livre e terá a arma pendurada sobre o ombro. Você possível que não se interessassem em saber quem se
poderá avisar o incidente ou ficar quieto; depende encontrava em situação difícil na imensidão do mar.
inteiramente de você. Da minha parte ninguém saberá O ouvido procurou captar os ruídos que, segundo
109
esperava Perry Rhodan, surgiriam no curso da próxima Marshall.
hora. Bastante tempo já se passara depois da derrubada Rhodan refletiu.
dos dois helicópteros. Fosse qual fosse sua opinião sobre — Pergunte-lhes se podem nos levar à faixa de terra
a habilidade militar do coronel Raskujan, mais cedo ou que liga a península ao continente.
mais tarde o mesmo enviaria um grupo maior de Marshall formulou a pergunta.
helicópteros para descobrir o paradeiro dos dois — Dizem que sim — respondeu.
aparelhos que decolaram em primeiro lugar. Rhodan pretendia dizer mais alguma coisa, mas nesse
E nesse caso só mesmo com uma sorte além de toda instante o barco pôs-se em movimento. As focas não
medida o barco deixaria de ser localizado. precisaram de outras instruções. A embarcação
“Não podemos elaborar planos se temos de calcular desajeitada cortou as ondas a uma velocidade que,
com a sorte”, pensou Rhodan com certa disposição segundo os cálculos de Rhodan, excedia em cinqüenta
amarga. por cento aquela que o motor conseguia lhe imprimir.
O grito abafado de Son Okura despertou-o de suas Mergulhado em pensamentos, Marshall contemplou
reflexões. as cabeças brilhantes das focas rebocadoras e das que
— Estão chegando! acompanhavam o barco pelos dois lados.
Rhodan se levantou. Depois se deixou cair ao chão. A cabeça estava
— Quem está chegando? deitada numa pequena poça de água gosmenta que
Son Okura também se levantou e se inclinou para escapara à atenção dos ocupantes quando estes
fora do barco. Rhodan viu que observava a superfície do esvaziaram o barco. Mas o fato não o perturbou. Mal se
mar, não o céu. ajeitara no chão, adormeceu.
— Quem está chegando, Son? — perguntou. Rhodan e o japonês trocaram olhares significativos.
O japonês estendeu o braço. Agachados na proa observavam as focas. Rhodan ficou
— Ali, são as focas. admirado porque dez focas conseguiam imprimir ao
Rhodan ouviu um ligeiro rumorejar da água, que não barco uma velocidade maior que um motor de turbina
se adaptava ao ritmo das ondas. Uma massa escura e com trinta cavalos de potência. Um aumento de
brilhante emergiu a poucos metros do barco e velocidade de cinquenta por cento significava um
aproximou-se devagar. aumento de potência superior a cem por cento, desde que
— Marshall, venha cá! — gritou Rhodan. o grau de utilização fosse idêntico. Uma vez admitido
Marshall levantou-se e avançou a passos esse pressuposto, tornava-se evidente que cada uma das
cambaleantes. As cabeças de outras focas surgiram dez focas desenvolvia uma potência de cerca de dez
acima da água e se aproximaram. Rhodan contou trinta cavalos-vapor.
ao todo. Provavelmente seu grau de utilização era um pouco
Percebia-se que Marshall não aguentaria mais por superior ao do motor com a complicada propulsão a
muito tempo. Rhodan deu-lhe uma batida carinhosa no hélice. Assim mesmo, porém, a potência de cada foca
ombro e disse: não seria inferior a quatro ou cinco cavalos-vapor.
— Mais um instante, e estará livre disso. Explique- Pela primeira vez Rhodan compreendeu onde residia
lhes a situação em que nos encontramos. a diferença entre as criaturas desse mundo jovem e as da
Marshall inclinou-se por cima da popa para se Terra, que em comparação era infinitamente velha. Pela
aproximar das focas e ter um apoio para o corpo cansado. primeira vez compreendeu que significado elevado
Concebeu em ideias simples e facilmente compreensíveis assume o conceito de vitalidade.
o relato do que lhes havia acontecido e a explicação do
auxílio de que precisavam. ***
Felizmente as focas não tinham nada de obtusas e
estavam dispostas a ajudar. Marshall transmitiu a O coronel Raskujan cometeu um erro: preocupou-se
Rhodan a sugestão formulada pelas mesmas: com as duas pessoas mais importantes que tinha entre
— Poderiam rebocar nosso barco, desde que seus prisioneiros — Thora e Tomisenkow — antes de se
tenhamos correias para isso. Pretendem formar equipes lembrar dos dois helicópteros que enviara para o mar.
de dez e se revezar. Indagando junto ao posto de rádio instalado fora das
Rhodan confirmou com um aceno de cabeça. naves, junto à costa, soube que, há mais de duas horas,
— Era mais ou menos isso que eu imaginava. Está não se tinha nenhuma notícia dos dois aparelhos. Em si a
tudo em ordem, temos correias em número suficiente. demora de duas horas não causou a menor preocupação a
Cortaram o longo fio da âncora em pedaços de Raskujan. Uma busca em mar aberto poderia demorar
comprimento adequado. Ajuntaram os cabos de três ou quatro vezes mais que isso sem ser coroada de
atracação e fizeram laços segundo as indicações das êxito; mas o silêncio dos aparelhos inquietou-o.
focas, traduzidas por Marshall. Toda a operação não O posto de rádio tentara várias vezes estabelecer
demorou mais que quinze minutos. As focas contato com os dois helicópteros, mas não teve qualquer
precipitaram-se para dentro dos laços antes que estes êxito.
pudessem afundar e firmaram os mesmos com suas A essa hora a decisão de Raskujan foi rápida. Um
potentes nadadeiras das costas e da barriga. Ao que tudo major recebeu instruções para dar busca sobre o mar com
indicava os cortes dos delgados fios de plásticos nada três esquadrilhas de helicópteros, especialmente na área
conseguiram fazer à sua pele, que tinha a consistência do em que foram observados os estranhos fenômenos
couro curtido e, por baixo, uma grossa camada de luminosos. Procurariam localizar os dois aparelhos e o
gordura. eventual inimigo, que seria atacado e destruído ou, se
— Estão perguntando para onde queremos ir — disse possível, aprisionado.
110
Os helicópteros decolaram poucos minutos depois
que Raskujan transmitira a ordem. Mas, desde as últimas ***
notícias recebidas dos dois helicópteros que decolaram
em primeiro lugar já se haviam passado quase três horas. Mais de cem quilômetros acima do ponto em que se
desenrolava essa cena, outro homem fez uma nova
*** tentativa — que por enquanto seria a última — para
intervir nos acontecimentos que se desenrolavam em
Duas horas haviam passado desde que as focas Vênus: era Reginald Bell, companheiro de lutas de Perry
tinham tomado conta do barco. Segundo o cálculo de Rhodan e ministro da segurança da Terceira Potência.
Rhodan, nessas duas horas foram percorridos perto de Por enquanto Bell tinha de cuidar de sua própria
noventa quilômetros. Uma vez que o barco passara a se segurança, sendo incapaz de se preocupar com outras
deslocar na direção nordeste, a distância ao ponto pessoas, pois o grande cérebro positrônico instalado na
hipotético de desembarque crescera um pouco. Rhodan fortaleza de Vênus cercava todo o planeta, quase até o
acreditava que ainda deviam se encontrar cerca de cento limite de sua atmosfera, com um campo energético
e quarenta quilômetros do destino. Isso representava impenetrável que o protegia de qualquer interferência
pouco menos de quatro horas de viagem. externa.
Tudo dependia do que faria Raskujan face ao Bell decolara da Terra pouco depois de Rhodan,
desaparecimento dos dois helicópteros. A sorte não numa nave esférica de sessenta metros de diâmetro, da
poderia ir ao ponto de fazer com que Raskujan ficasse classe Good Hope. Na linguagem oficial do código de
parado. A qualquer hora apareceriam outros helicópteros comunicações, essas naves eram chamadas de girinos.
que dariam busca no mar. Thora sofrera um tipo de curto-circuito psicológico.
Além das armas de impulsos térmicos, o barco só A saudade de seu mundo natal e a ideia de que Rhodan
teria uma chance diante de uma grande esquadrilha de nem pensava em permitir seu regresso levaram-na a
helicópteros: já se encontrava a certa distância da rota procurar auxílio em Vênus. Nesse planeta ficava a base
que os aparelhos percorriam. Talvez a busca demorasse o mais poderosa da Terceira Potência. Não era equipada
suficiente para que o barco se colocasse em segurança. com naves capazes de enfrentar o espaço, mas dispunha
Talvez... de hiperemissores, cuja potência era tamanha que havia
Rhodan ainda estava envolto nesses pensamentos, uma boa chance de que fosse ouvida por quem de direito.
quando o ruído que as focas causavam na água foi Thora partira num dos destróieres recém-construídos
superado por outro. Pôs a mão em concha no ouvido para e, ao se aproximar da área interditada, que cercava a
protegê-lo do ruído das focas e procurou ouvir noite fortaleza, sua nave foi destruída, porque o transmissor
afora. em código ainda não havia sido instalado na mesma. Foi
Ouviu um zumbido irregular. aprisionada primeiro por Tomisenkow, e logo depois por
Eram helicópteros! Uma esquadrilha inteira! Raskujan.
“Estão muito longe”, pensou Rhodan. Rhodan seguiu-a, e o destino que teve juntamente
“Provavelmente Okura não conseguirá vê-los.” com seus dois acompanhantes não foram melhores que o
Apesar disso fez um sinal ao japonês, chamou sua de Thora. Todavia, conseguiram escapar à prisão. Mas as
atenção para o ruído e pediu-lhe que esforçasse a vista. tentativas de libertar Thora falharam por completo.
Okura não via nada. A emissão térmica dos jatos dos O terceiro comparsa foi Reginald Bell. Com seu
helicópteros por certo não lhe teria escapado se os girino, reunia todas as condições para atingir Vênus e
mesmos se encontrassem ao alcance da visão. Dali se penetrar na área da base. Os recursos técnicos de que esta
concluía que os aparelhos ainda se encontravam abaixo dispunha lhe permitiriam interferir nos combates, libertar
da linha do horizonte. Thora, resgatar Rhodan e obrigar Raskujan a entrar nos
O ruído cresceu, chegou a um máximo e voltou a eixos. Acontece que o cérebro positrônico, fora advertido
diminuir. Cerca de dez minutos depois que Rhodan o pela aproximação não anunciada das duas naves, fechara
ouvira pela primeira vez, desapareceu. Vênus contra o mundo exterior e assumira o comando
— Ainda não encontraram a pista certa — disse sobre Vênus em geral e sobre a fortaleza em particular.
Rhodan com um sorriso. — Tomara que não a encontrem Por isso a nave de Bell ficou cruzando além da área
tão depressa. abrangida pelo anteparo energético e nem sequer
Viu Marshall, que dormia. Se os helicópteros se conseguiu estabelecer contato permanente pelo rádio
aproximassem, teria que despertá-lo do sono que tão bem com Rhodan, pois o anteparo não podia ser atravessado
merecia. nem mesmo pelas ondulações eletromagnéticas,
Se tivesse que lutar para valer, não poderiam inclusive as ondas longas do espectro infravermelho.
dispensar nenhum dos radiadores térmicos. Além disso, Bell fizera uma única tentativa de lograr o dispositivo
Marshall teria de avisar as focas, para que elas positrônico, valendo-se de um mutante. O dom
abandonassem a área de perigo. parapsicológico de Tako Kakuta consistia na capacidade
— Son, eu preciso de um uísque — disse Rhodan da teleportação. Estava em condições de, sem o auxílio
com um gemido. — Quer arranjar um? de quaisquer recursos técnicos, transportar-se a uma
O japonês foi para a parte traseira do barco, onde distância de cinqüenta mil quilômetros. O ambiente
estavam empilhados os suprimentos de víveres, armas e transportador de que se servia era o hiperespaço
munições apresadas aos homens de Raskujan. Depois de sobreposto; com exceção da fonte de energia, o
algum tempo voltou sorrindo, com uma garrafa na mão. mecanismo era idêntico ao da transição de uma nave
— Não temos uísque — disse. — Em compensação espacial.
encontrei uma legítima vodca russa. Depois da primeira tentativa, Tako Kakuta regressara
111
imediatamente; estava esgotado ao extremo. Fora de comando cumpriram seu dever. Tako Kakuta caiu nos
opinião que estivera a caminho durante várias horas. Não seus braços. Estava inconsciente.
havia a menor dúvida de que a verdade dos fatos era a — Levem-no ao seu camarote — ordenou Bell. — E
seguinte: o dispositivo positrônico da base de Vênus cuidem dele. Avisem-me assim que recuperar a
estava preparado para enfrentar tentativas de rompimento consciência.
do bloqueio das espécies mais variadas, inclusive aquelas Deu-lhes as costas e fitou a tela de imagem, coberta
que se realizassem em níveis superiores. Era de duvidar de massas turbilhonantes de nuvens luminosas.
que a base mantivesse constantemente um anteparo que A segunda tentativa fracassara.
abrangesse as cinco dimensões e cercasse todo o planeta. Não havia mais nenhuma possibilidade de intervir
Isso exigiria um dispêndio energético de extensões nos acontecimentos que se desenrolavam em Vênus.
inconcebíveis. Mas, ao que tudo indicava a reação do
cérebro positrônico face a qualquer objeto que tentasse ***
penetrar na área protegida era suficientemente rápida
para que o mesmo pudesse ser removido para fora dessa Son Okura viu o litoral emergir sob a forma de um
área. traço negro.
Tako Kakuta levara dois dias terrestres para se Faltavam quarenta horas para a meia-noite.
recuperar. Fazia tempo que Marshall despertara e assumira o
Naquele mesmo dia, Bell lhe perguntou se estava posto de Rhodan, para que este descansasse ao menos
disposto a repetir a experiência. Deu algumas alguns minutos. Son Okura era o único que ainda não
explicações. tivera tempo para dormir.
— Talvez o fracasso da primeira tentativa tenha sido Por enquanto seus olhos não podiam ser dispensados.
uma coincidência — disse. — Quem sabe se da próxima As focas rebocavam o barco sem cessar.
vez não consegue penetrar na fortaleza sem ser Haviam ouvido os helicópteros por mais algumas
molestado? Sabe muito bem o quanto isso nos ajudaria. vezes. De cada vez o ruído fora um pouco mais forte que
Já penetrou na base através de um salto de teleportação; da vez anterior. Não havia dúvida de que os aparelhos
está lembrado? Foi daquela vez em que Tomisenkow davam buscas no mar em faixas que corriam do sul para
acabara de pousar com sua frota de quinhentas naves e o norte ou vice-versa, e que essas faixas chegariam cada
nós os espalhamos pelos quatro cantos. É possível que o vez mais perto da costa e do barco em fuga.
cérebro positrônico julgue a situação de hoje mais Marshall avisara as focas. Se houvesse um ataque,
perigosa, e por isso tenha ativado outros campos de aguardariam um sinal para sair dos laços e se retirar da
defesa. Para falar com franqueza, é até provável que seja área de perigo. Marshall esperava que as coisas não
assim. Mas não acha que apesar disso devíamos fazer chegassem a esse ponto, mas não tinha muita certeza
mais uma tentativa? disso.
A fala de Bell foi cautelosa, o que contrariava seus Depois de um ligeiro descanso, Rhodan levantou-se e
hábitos. De resto, não era de sua alçada formular pedidos mandou que o japonês dormisse um pouco. Okura
a um membro da Terceira Potência. Na situação em que obedeceu; dali em diante ele dependeriam
se encontrava, tinha o direito de ordenar. exclusivamente do ouvido. Os olhos do espia haviam
Mas sabia perfeitamente o que significaria uma sido eliminados.
segunda tentativa de Tako Kakuta. A primeira fora
suficiente para fazê-lo atingir os limites de sua ***
resistência física.
Por estranho que parecesse, Kakuta não hesitou. Um Pouco depois das duzentas e uma horas, tempo local,
sorriso um tanto embaraçado espalhou-se por seu rosto o observador do helicóptero que ia à frente da
redondo de criança. esquadrilha reconheceu um reflexo débil e minúsculo na
— É claro que tentarei mais uma vez. Faço votos de sua tela de radar.
que também desta vez não sofra outra coisa a não ser a Comunicou-se com o grosso da força e soube que já
sensação de ter sido atropelado por um tanque. haviam observado a mesma coisa. Com isso ficava
Fizeram todos os preparativos para a ação. Bell demonstrado que se tratava de um reflexo genuíno.
mandou que dois tripulantes da nave comparecessem à A posição exata do objeto foi determinada;
sala de comando e ordenou-lhes que cuidassem bem do constatou-se que se deslocava a uma velocidade
japonês, se este voltasse a aparecer. considerável em direção ao nordeste.
Tako Kakuta colocou-se em posição. Em seu rosto Cinco minutos depois de realizada a primeira
havia uma expressão fatalista. observação, a esquadrilha tomou o rumo leste e
— Vou tentar — anunciou. aproximou-se do objeto desconhecido a toda velocidade.
A transição propriamente dita não levou mais de um No momento esse objeto deslocava-se na proximidade da
segundo. Mal se notava que os contornos do corpo de costa da península.
Kakuta começaram a se desvanecer, e o mesmo já havia Para o major que comandava a patrulha de
desaparecido. helicópteros, não havia a menor dúvida de que esse
Reginald Bell conteve a respiração. No intervalo de objeto se relacionava de alguma forma com os dois
duas pulsações do coração atreveu-se a acreditar que helicópteros desaparecidos. Ordenou aos observadores
desta vez a tentativa fora coroada de êxito... mas aí, o que não tirassem os olhos daquele objeto e que
japonês reapareceu de repente. utilizassem o dispositivo infravermelho assim que se
Fechara os olhos e o rosto contorcia-se de dor. encontrassem à vista do mesmo.
Os homens que Bell mandara comparecer à sala de
112
*** quais fossem as criaturas da flora e da fauna aquática que
se encontravam no caminho.
Rhodan aguçou o ouvido. — No primeiro ataque abriremos fogo contra eles —
De início escutara apenas o costumeiro zumbido ordenou. — Se não tremermos com a mão, seremos
distante da esquadrilha que se aproximava, vindo do sul; capazes de derrubar quase uma esquadrilha inteira. Isso
alcançaria seu ponto máximo numa posição lateral. lhes incutirá um pouco de respeito. Aproveitaremos o
Mais uma vez os helicópteros se aproximaram, mas tempo que levarem para se recuperar do susto para nadar
por enquanto não havia nenhum perigo. até a costa. Pendurem o radiador de impulsos térmicos
Rhodan esperava que o ruído se afastasse para o nas costas. Cada um levará ao menos uma das pistolas
norte, mas isso não aconteceu. Um novo tom se misturou automáticas que temos a bordo, além de uma boa
ao zumbido. provisão de munições. Não se esqueçam do mais
Rhodan compreendeu imediatamente o que havia importante: procurem chegar quanto antes às cavernas
acontecido em meio à escuridão: os ocupantes dos das focas. Dos helicópteros eles nos verão mesmo que
aparelhos haviam descoberto alguma coisa, estejamos nadando.
comunicavam-se entre si e tomavam outro curso. Por Mal acabou de pronunciar essas palavras, quando Son
alguns instantes teve esperança de que não fosse Okura levantou o braço.
justamente o barco. Este era feito de massa plástica — Atenção! Ali; estão usando holofotes de luz
elastificada e não constituía o material adequado para infravermelha.
refletir uma onda de radar. Só o japonês via os raios enfeixados que, vindos das
Mas, quando o ruído começou a crescer com uma alturas em que se encontrava a patrulha de helicópteros,
intensidade assustadora, Rhodan percebeu que se davam busca pela superfície do mar. Para Okura os
enganara. Os aparelhos de radar do inimigo eram pontos cintilantes em que os raios infravermelhos
melhores do que acreditara. atingiam o mar constituíam um indício precioso, que lhe
— Marshall! Acorde Son! permitia avaliar o tempo que os helicópteros ainda
Marshall também estava escutando. Respondeu com levariam para descobrir o barco.
um breve aceno de cabeça e dirigiu-se à proa, para — Faltam quinhentos metros! — gritou para Rhodan.
despertar o japonês. Não foi fácil, mas sob a força das — Vêm bem em nossa direção.
circunstâncias conseguiu. “Não é de admirar”, pensou Rhodan. “Estão voando
— Son! — gritou Rhodan. — Estão atacando. Diria de tal forma que o reflexo fica bem no centro da tela.
que são mais ou menos dez helicópteros. Fique de olhos Isso não é nenhuma arte.”
abertos. — Faltam duzentos metros! — gritou Okura e cobriu
E depois: o rosto com os dois braços. O holofote, que para outras
— Marshall... pessoas era invisível, ofuscava os olhos do japonês.
— Sim. Haviam sido descobertos.
— Transmita o sinal às focas. Antes disso procure — Abriguem-se! — ordenou Rhodan.
saber onde poderemos nos abrigar se conseguirmos As paredes de plástico do barco forneciam uma
resistir à primeira investida. proteção muito melhor do que seria de supor à primeira
— Pois não. vista. A massa de plástico que cercava o recipiente de ar
— Son. tinha ao menos dez centímetros de espessura. Além
— Sim. disso, era um material autorregenerável. O impacto de
— A que distância fica a costa? um projétil liberava calor. E a massa de plástico utilizava
— Uns duzentos metros. esse calor para fechar o buraco aberto pelo tiro,
Rhodan praguejou por entre os dentes. Não poderiam recorrendo à substância retirada das partes não atingidas.
ter levado mais um minuto para descobrir o barco? Com isso poderiam ser anulados efeitos de qualquer
Marshall já entrara em atividade. Com a habilidade número de impactos comuns, e de cerca de quinze
que lhes era peculiar as focas soltaram-se dos laços e impactos de projéteis explosivos. Quanto ao décimo
dispararam em direção à costa. sexto impacto de projétil explosivo...
— As focas moram em cavernas cheias de água até a Um canhão automático começou a emitir um ruído
metade da altura; desembocam diretamente no mar. metálico ininterrupto em meio à escuridão. Os tiros
Avisam que estão dispostas a nos abrigar lá. foram muito curtos. A uns vinte metros do barco Rhodan
Rhodan confirmou com um aceno de cabeça. viu os repuxos luminosos levantados pelos impactos.
— Está bem. Preparem as armas. Okura levantou os dois braços, para avisar que os
O zumbido dos helicópteros começara a se helicópteros se encontravam em posição de tiro
desmanchar. Há alguns segundos o ouvido distinguia favorável. A voz de Rhodan superou o barulho:
entre o chiado agudo dos jatos e as batidas dos motores. — Fogo!
Son informou que via nove pontos luminosos que se O fogo que surgiu em frente aos aparelhos foi de um
aproximavam pouco acima da superfície da água. silêncio sinistro. Rhodan viu uma sombra que emitia
— Estão a uns dois quilômetros de distância — silvos e batidas, dirigiu seu radiador de impulsos
acrescentou. térmicos sobre a mesma e comprimiu fortemente o
Nos últimos segundos antes de abandonarem o barco gatilho. Ficou com os olhos semicerrados para evitar o
as focas ainda o haviam levado mais uns cinquenta ofuscamento produzido pela luminosidade da descarga
metros em direção à costa. Esta ainda ficava a cento e energética. Viu quando o raio ofuscante atingiu o enorme
cinquenta metros. Rhodan preveniu os companheiros de aparelho, descarregou todo seu potencial energético nas
que teriam de percorrer essa distância a nado, fossem paredes, nos soalhos e nos instrumentos do mesmo,
113
transformando-os de um instante em outro num montão — As focas estão bem à nossa frente! — gritou
de metal derretido e volatilizado, que se desmanchou Marshall. — Vamos para lá!
numa explosão estrondosa ao tocar a superfície da água. O helicóptero corrigiu a pontaria. Rhodan viu a linha
O mesmo fenômeno repetiu-se em mais dois pontos. dos projéteis se deslocar em sua direção. Faltavam cinco
Perry Rhodan teve uma sensação de triunfo quando os metros.
outros helicópteros puseram os jatos a uivar e se Tropeçou sobre alguma coisa e caiu esticado na água.
afastaram precipitadamente. Alguma coisa segurou-o vigorosamente pelos ombros e
— Tudo preparado para nadar? voltou a pô-lo de pé. Mais adiante Marshall gritou
— Tudo preparado — soou a voz de Okura. alguma coisa que Rhodan não entendia. Parecia ter a voz
— Tudo preparado — respondeu Marshall. muito cava. O que seria?
— Vamos! Era a caverna! Marshall já se encontrava no interior
Deixaram-se cair na água. Logo começaram a nadar dela. Rhodan viu que os repuxos levantados pelos
com braçadas vigorosas. A água era gosmenta e um projéteis da arma automática ficavam atrás dele. Com
pouco viscosa, mas avançaram rapidamente e uma sensação de alívio tropeçou pelo chão escorregadio
comunicaram-se por meio de gritos para não se e coberto de água. Percebeu que subia constantemente e
dispersarem. acabou chegando a uma placa de pedra situada poucos
O ruído dos helicópteros voltou a crescer. Rhodan viu centímetros acima da superfície da água. Marshall, que já
que Okura, enquanto nadava, virou a cabeça para estava sentado, fez-lhe um sinal. O japonês dispôs-se a
observar os raios dos holofotes de luz infravermelha. Fez subir a pedra, vindo do outro lado.
um gesto tranquilizador. Rhodan deixou que Marshall o ajudasse. Assim que
Desta vez o ruído dos canhões automáticos soou a conseguiu puxar as pernas para junto do corpo, deixou-se
uma distância tranquilizadora. Voltaram a atacar o barco. cair. Deitado de costas, inalou em golfadas vigorosas o ar
Ouviu uma série de estalos e chiados e viu uma chuva úmido da caverna das focas.
de faíscas quando um dos projéteis atingiu as munições Os canhões automáticos dos helicópteros
depositadas no barco. Praticamente no mesmo instante os continuavam a disparar do lado de fora. Mas a abertura
helicópteros pararam de disparar. Ao que tudo indicava da caverna era tão pequena e estava tão cheia de água
achavam que era impossível que alguém tivesse resistido que os projéteis disparados não mais conseguiam atingi-
à explosão. los.
Okura avisou que dois dos aparelhos estavam parados
pouco acima do barco.
— Pois procurem nadar mais depressa! — gritou
Rhodan. — Logo perceberão que escapamos. 3
— Son, quanto falta?
— Setenta metros. — Já decidiu alguma coisa? — perguntou
Procuraram verificar a profundidade da água, mas era Tomisenkow.
quase impossível afundar as pernas nesse líquido Thora se assustou quando o viu entrar por baixo da
viscoso. lona. Apesar disso não perdeu a compostura.
A voz de Okura voltou a soar: — Já decidi — respondeu em tom altivo. — Estou
— Atenção! Estão se aproximando. Vieram devagar. disposta a cooperar com o senhor, desde que consiga me
Ainda não sabiam em que direção os tripulantes do barco convencer de que existe alguma chance de sermos bem
haviam se afastado. Deixaram os holofotes de luz sucedidos, por menor que seja.
infravermelha deslizar sobre a água. Tomisenkow sentou sem ser convidado e encarou-a
Ainda faltavam quarenta metros, calculou Rhodan. E com os olhos semicerrados.
os helicópteros estavam a menos de cem metros atrás — Posso garantir — disse — que eu e mais alguns
deles. dos meus companheiros poderemos sair do acampamento
Subitamente Marshall gritou: sem sermos molestados e penetrar algumas centenas de
— Aqui já temos chão firme! Podemos caminhar. metros na selva. O que acontecer depois depende da
Rhodan aproximou-se do lugar de onde vinha a voz. capacidade de sua lendária fortaleza de Vênus de nos
Viu o vulto de Marshall, que agitava os braços, emergir proteger contra os helicópteros e as patrulhas de
da escuridão, e baixou as pernas. Sentiu o chão sob os Raskujan.
pés. Um brilho de suspeita iluminou os olhos
Ao andarem não conseguiram avançar muito mais avermelhados de Thora.
depressa do que nadando, mas era muito mais — Se acredita que dessa forma conseguirá penetrar
confortável. Avançaram metro por metro em direção à no interior da base, está muito...
costa, que começou a se desenhar sob a forma de um Tomisenkow interrompeu-a com um gesto nervoso.
traço negro contra a escuridão cinzenta. Mas os — Para mim o tempo passou — asseverou. — Não
helicópteros também vinham se aproximando metro por estou interessado em sua base. Posso viver sem ela.
metro. — Afinal, no que está interessado? — perguntou
De repente Rhodan ouviu o japonês soltar um Thora com certo tom de ironia na voz.
gemido. Tomisenkow encarou-a.
— Descobriram-nos. — Estou interessado — respondeu — em impedir
Rhodan não viu o facho luminoso do holofote, mas que um idiota faça tudo quanto é besteira em Vênus. Até
ouviu o ruído das armas automáticas. Poucos metros à parece que a senhora ainda não conhece a raça terrena a
direita os projéteis atingiram a água.
114
que pertencemos. área ameaçada.
— Nunca tive interesse em conhecê-la — respondeu Marshall também deu sua contribuição: através de
Thora em tom reservado. uma mensagem telepática, repetida várias vezes, ele
Tomisenkow não parecia ofendido. preveniu todas as focas que se encontravam nas
— Um dia a senhora devia procurar conhecer — redondezas.
disse em tom pensativo. — Somos uma raça bem Finalmente procurou explicar às focas que aqueles
interessante. Basta que se veja, por exemplo, que um ano aos quais haviam prestado auxílio sentiam-se muito
que passamos em Vênus quase sem recursos bastou para gratos e que Rhodan estava disposto a cumprir qualquer
que eu e a maioria de meus companheiros nos desejo que tivessem desde que isso estivesse ao seu
apaixonássemos por este mundo horrível. Somos os alcance.
primeiros que passamos um ano inteiro aqui sem casas Mas, por espantoso que fosse as focas não tinham
pré-fabricadas, camas macias e outras comodidades; nenhum desejo. Suas necessidades eram muito reduzidas
vivemos nas selvas e nos vales que cortam as montanhas e o mundo de Vênus era opulento. Despediram-se uns
e de noite sempre dormimos em cima das árvores. Vênus dos outros com protestos de amizade mútua — que eram
nos pertence. Já não somos russos, mas venusianos ou um tanto desajeitados, em virtude da diferença de
coisa que o valha. Por isso sua base não me interessa mentalidades.
nem um pouco; e é também por isso que quero evitar que Rhodan e seus companheiros puseram-se a caminho.
Raskujan continue a brincar de ditador por aqui. A Rastejaram por uma galeria de cerca de cem metros de
senhora compreende? comprimento que fedia a peixe e óleo de baleia e mal
Thora não respondeu. dava para andarem de quatro. Mais ou menos às duzentas
— Está bem — disse depois de algum tempo. — e duas horas atingiram o mundo exterior; num ponto bem
Sairemos juntos deste campo de prisioneiros. Não posso afastado da costa, onde a selva impenetrável os protegia.
fazer nenhuma promessa. Mas talvez pudéssemos As focas haviam fornecido uma descrição
organizar a fuga da seguinte maneira:... aproximada do terreno a Marshall. A topografia desses
animais não chegava a ser uma ciência, mas bastou para
*** que Rhodan constatasse que a faixa de terra vertical, que
ligava a península com a linha costeira do continente
Rhodan só se permitiu alguns minutos de descanso. norte, devia se encontrar entre oito e quinze quilômetros
Depois se levantou. de distância do lugar em que se encontravam.
— Marshall, diga às focas que têm de sair quanto — Pois bem — disse — são quinze quilômetros no
antes desta caverna. máximo até a faixa que liga a península ao continente. O
Os helicópteros haviam se retirado. No interior da campo energético da base começa a uns vinte
caverna reinava o silêncio, interrompido apenas pelo quilômetros ao norte da linha costeira. Isso perfaz, na
ruído das ondas e pelo arrastar das barbatanas das focas pior das hipóteses, um total de trinta e cinco quilômetros
sobre a rocha molhada dos fundos. até o campo energético. Ali devemos encontrar um meio
Marshall transmitiu a advertência. de ativar o mecanismo identificador do cérebro
— Não sabem por que — disse a Rhodan. positrônico. E depois disso — esboçou um sorriso
— Porque esses helicópteros não terão coisa mais cansado — o pior terá ficado para trás.
urgente a fazer que colocar algumas bombas tipo baby
bem à frente do nosso nariz. ***
Marshall também transmitiu essa mensagem, embora
fosse um tanto difícil fazer as focas compreenderem o Pisando fortemente, o cabo Wlassov saiu da
que vinha a ser uma bomba baby. escuridão e correu em direção à sentinela postada junto
— Estão de acordo — disse depois de algum tempo. ao portão.
— Esta caverna tem alguma saída para o lado da — Preciso de auxílio — fungou. — Tomisenkow
terra? — indagou Rhodan. desapareceu.
Marshall formulou a pergunta. Junto ao portão do primitivo campo de prisioneiros
— Sim, uma espécie de refúgio. Mais precisamente, havia cinco homens; o mais graduado era o sargento.
uma galeria que sobe num plano inclinado e sai bem em Dois homens foram destacados para ajudar Wlassov na
meio à selva. busca do general desaparecido. O sargento preveniu
— Formidável. Nós a utilizaremos. Acredito que o Wlassov.
pessoal de Raskujan deve ter deixado, em algum lugar lá — Vocês dispõem de quinze minutos para encontrar
fora, um helicóptero que deve observar o terreno. Se Tomisenkow. Depois terei de avisar a ocorrência.
pudermos desaparecer sem sermos notados, teremos uma Wlassov respondeu com um aceno de cabeça e
ótima vantagem. desapareceu na escuridão juntamente com os dois
Procurou avaliar o raio de ação da bomba que se homens que o acompanhavam. Uma das sentinelas ligou
esperava e pediu a Marshall que comunicasse às focas a lanterninha para iluminar o caminho; mas Wlassov deu
qual era a distância mínima que deveriam guardar da uma pancada no braço do homem.
caverna para não saírem machucadas. — Apague isso! — chiou. — Se ele nos vê de longe,
Constatou-se que para as focas a mudança não não deixará que o agarremos.
representava qualquer problema. Por sua própria O argumento era bem plausível, ainda mais que
natureza eram uma raça inconstante, e ao longo da costa Wlassov conhecia de cor o caminho até a barraca de
havia milhares de cavernas. Prometeram que iriam Tomisenkow. Caminhou à frente e pouco se importou
advertir outros grupos de focas que se encontravam na quando subitamente algumas sombras emergiram da
115
escuridão, saltaram sobre seus companheiros e lhes O homem obedeceu ainda sonolento e quase
comprimiram a garganta até que eles perdessem a morrendo de susto.
consciência. — Saia à minha frente!
— Tudo em ordem — cochichou uma voz. — Tirem Mais uma vez o homem fez o que lhe fora ordenado.
a roupa deles. Ao sair da porta, um dos homens de Tomisenkow que
Wlassov deu meia-volta e voltou alguns passos. Dois haviam vindo com Wlassov deu-lhe uma pancada na
homens estavam tirando os uniformes das sentinelas cabeça, o que o fez cair duro, tal quais seus camaradas.
inconscientes. Wlassov soltou dois assobios abafados. A escuridão
— Não se apressem — disse Wlassov em tom adquiriu vida. Tomisenkow, Alicarim e Thora chegaram
tranquilo. — Temos tempo. O sargento não avisará a ao portão.
ocorrência antes de quinze minutos. — Vamos amarrá-los, amordaçá-los e tirar-lhes as
As duas sentinelas foram amarradas, amordaçadas e armas — ordenou Tomisenkow laconicamente.
escondidas entre as moitas. O campo de prisioneiros O trabalho progrediu rapidamente. Os três homens
estava seguro contra animais selvagens, com exceção das inconscientes também foram escondidos nas moitas num
formigas gigantes. Desde que estas não assaltassem o lugar bastante afastado da cabana. Era de supor que a
acampamento justamente na próxima hora, a vida dos busca dos fugitivos demoraria até que a ronda
dois homens amarrados não correria perigo. encontrasse as sentinelas desaparecidas.
Uma sombra baixa e atarracada destacou-se em meio Ao todo haviam sido derrubadas e escondidas sete
à escuridão. Wlassov levou uma pancada vigorosa no sentinelas: uma adiante da barraca de Thora e da que
ombro. Alicarim, Jegorov e Zelinskij ocupavam em conjunto, as
— Trabalho bem feito, rapaz — disse Tomisenkow duas que o sargento havia destacado para acompanharem
em tom de elogio. Wlassov e finalmente o sargento com os dois
Wlassov deu um sorriso de embaraço. subordinados que ainda lhe restavam.
— Não me sinto muito bem com isso — respondeu. A oitava das sentinelas desaparecidas daria alguma
Tomisenkow fez um gesto de desprezo. dor de cabeça à ronda: era Wlassov. Era difícil de
— Isso passa — disse laconicamente. imaginar que um dos soldados de Raskujan preferisse
Um dos outros homens anunciou: renunciar à segurança e ao conforto do campo de
— Terminamos chefe. foguetes para seguir um homem que, no linguajar de
— Muito bem — resmungou Tomisenkow. — Estão Raskujan, era um simples aventureiro, enfrentando a
todos reunidos? Wlassov, Alicarim, Jegorov, Zelinskij. insegurança e as privações.
Onde está Thora? Talvez essa dor de cabeça retardasse o início da
— Estão todos aqui, chefe. busca por mais alguns minutos.
Tomisenkow fez um gesto com a cabeça. O pequeno grupo, com Tomisenkow na ponta, passou
— Está bem. Vamos embora. pelo portão totalmente aberto. Wlassov, que carregava
O sargento postado junto ao portão não desconfiou de duas pistolas automáticas e um pesado embrulho com
nada quando, depois de um tempo relativamente curto, munições, ia à retaguarda. Fechou cuidadosamente o
Wlassov voltou acompanhado de dois homens cujo rosto portão.
não podia reconhecer. Seus acompanhantes usavam os Tomisenkow tomou o rumo nordeste, para contornar
uniformes limpos que distinguiam as tropas de Raskujan a área perigosa do campo de pouso dos foguetes. Cinco
dos homens esfarrapados da divisão espacial. minutos depois chegaram à selva no lugar em que
— Tudo em ordem? — perguntou o sargento. terminava a faixa de terra calcinada.
Wlassov acenou com a cabeça; parecia aliviado. Wlassov conhecia os planos de Tomisenkow. Queria
— Tudo. Passou por baixo da lona de barraca e deu atingir quanto antes o campo protetor da base que a
um passeio. Não acredito que... Terceira Potência possuía em Vênus. A ideia de roubar
Não precisou dizer mais nada. Já havia chegado perto um helicóptero logo foi abandonada. O aparelho não
do sargento. Num movimento instantâneo levantou a conseguiria decolar sem ser percebido. Dentro de poucos
mão que segurava a pesada pistola pelo cano e com a minutos os homens se poriam em seu encalço e, numa
coronha deu uma pancada violenta na cabeça do homem. relação de forças de um para vinte, não podia haver
Wlassov segurou o pesado corpo do sargento e deixou-o qualquer dúvida quanto ao resultado da perseguição.
cair suavemente em meio ao capim. Também desistiram da ideia de usar a faixa calcinada
Uma das outras sentinelas pôs a cabeça para fora da aberta pela Stardust-III para avançar mais depressa.
cabana primitiva que servia de guarita. Raskujan logo imaginaria que fossem adotar esse
— O que houve? O que aconteceu com... procedimento. Embrenhando-se pela selva enganariam
Wlassov fez-lhe um sinal para que se aproximasse. Raskujan e estariam protegidos contra a visão direta.
— Venha cá. Caiu de repente. Tomisenkow sabia que a fuga não seria descoberta
Sem desconfiar de nada a sentinela dispor-se a vir em antes da próxima ronda, que seria realizada dentro de
auxílio do sargento. Quando inclinou-se sobre o homem duas horas. É a experiência já lhe ensinara que as trilhas
inconsciente, recebeu uma pancada igualmente violenta e abertas na selva se fechariam dentro de uma hora e meia
seu corpo flácido e inconsciente cobriu o de seu superior. no máximo, a tal ponto que nenhum dos homens de
Wlassov não perdeu muito tempo com a última Raskujan conseguiria distingui-los do restante da selva
sentinela. Segurou a pistola pela coronha e entrou na de Vênus.
cabana. O homem olhou-o com o rosto sonolento. Dessa forma os problemas com que Tomisenkow se
— Levante-se e ponha as mãos para cima! — defrontava haviam sido solucionados com um grau
ordenou Wlassov. máximo de segurança. Só mesmo um fato imprevisto
116
faria com que o grupo fosse descoberto e recapturado minuto Marshall e Okura já estavam dormindo
enquanto Tomisenkow se encontrasse no comando. profundamente. Rhodan aproveitou o tempo para refletir
O que viria depois era outra coisa. Wlassov não sobre um ou outro problema que ainda não tinha sido
entendia muito das coisas concebidas pela arcônida e que resolvido.
depois soubera de Tomisenkow, isto é, de terceira Há um ano privara a divisão espacial comandada pelo
pessoa. Tratava-se do campo protetor, onde, durante um general Tomisenkow de suas naves e a tangera na selva.
ano, Raskujan esbarrara diariamente com a cabeça. Pretendia fazer dos dez mil homens de Tomisenkow, ou
Thora parecia estar convencida de que o mecanismo que daquilo que restava dos mesmos, a base da colonização
mantinha o campo ativado devia ter efetuado alguma de Vênus. O plano parecia razoável. A divisão de
ligação especial e que justamente essa ligação daria a ela Tomisenkow dispersara-se, conforme era de esperar.
e aos seus companheiros uma chance de atravessar a área Houve a formação de grupos dissidentes que
do campo e penetrar na base. propugnavam esta ou aquela filosofia, como por
Wlassov não compreendia nada disso. Mas confiava exemplo, o dos pacifistas, comandado pelo tenente
na inteligência de Tomisenkow. Se este acreditava que os Wallerinski. A dissidência não deixou de ser
planos de Thora tinham alguma chance, esta realmente acompanhada de atritos internos. Mas com o tempo os
devia existir. grupos começaram a se fixar no solo, a maior parte deles
*** em formações rochosas que se erguiam em meio à selva
Encontravam-se cerca de dois quilômetros da saída espessa e mortífera, formando planaltos desimpedidos
da galeria quando a bomba baby explodiu. Por alguns que ofereciam aos colonos um máximo de segurança e
segundos uma luz pálida cobriu o terreno, penetrando visibilidade.
mesmo através da folhagem da selva. Trinta segundos Acontece que no meio tempo o coronel Raskujan
depois, a vaga de pressão desencadeada pela detonação pousou em Vênus com sua frota de apoio. Durante um
da bomba gemeu acima da floresta. ano tentou conquistar a base da Terceira Potência e com
Isso não os perturbou. Tratava-se de uma bomba de isso, sem que o soubesse, deu tempo para que
fusão, cuja matéria físsil não atinge o nível crítico, mas Tomisenkow e seus homens se instalassem em Vênus.
que, através de uma matéria refletiva bastante eficaz, Mas chegou o momento fatal em que Raskujan teve
como a grafite ou o berílio, no momento da detonação conhecimento da existência dos remanescentes da
ultrapassa o fator de criticidade um. A radiatividade divisão espacial e se dispôs a subjugá-los, para realizar
desencadeada pela mesma só atinge um nível perigoso seus planos ditados pela sede do poder.
nas imediações do local da explosão. As cavernas das De qualquer maneira Raskujan representava uma
focas, que lhes servira de abrigo por alguns minutos, e a pedra no caminho. Tinha de ser removido antes que
área situada num raio de quinhentos metros da mesma, pudesse causar danos ainda maiores. Raskujan não
constituiriam um terreno perigoso por mais algum deixava de ser útil, pois a maior parte dos tripulantes de
tempo. Mas ninguém sofreria qualquer dano, a não ser sua frota era composta de mulheres que se tornavam
que as focas não levassem a sério a advertência que lhes necessárias para fazer da colônia uma autarquia
fora feita. biológica. Mas sob todos os outros aspectos o coronel
Apesar disso, Perry Rhodan viu na detonação da representava um obstáculo.
bomba mais uma prova do perigo que se correria se um Na opinião de Rhodan, Tomisenkow era o homem
homem como o coronel Raskujan pudesse agir à vontade que poderia fazer prosperar a nova colônia. E o
em Vênus. Não compreendia que um mundo novo exige ressentimento pessoal não entrava nessa opinião. Rhodan
o emprego de novos métodos. A ideia de que a política não sabia se jamais chegaria a estabelecer contato direto
da Terra, inspirada nas ambições nacionalistas, não com Tomisenkow. Tudo que sabia daquele homem
poderia ser transplantada para ser praticada em Vênus provinha dos relatos dos prisioneiros que há um ano
ultrapassava a capacidade de seu horizonte mental. capturara em Vênus. O quadro resultante desses relatos
Aos homens desse tipo faltava aquilo que Rhodan não era muito agradável nem harmônico. Mas, conquanto
costumava designar como a mentalidade cósmica. não o conhecesse pessoalmente, Rhodan acreditava ter
Rhodan lamentou que não estivesse ainda em encontrado uma qualidade favorável em Tomisenkow:
condições de ensinar a Raskujan qual era seu lugar. Dos no ano que se passara, Vênus fez daquele homem uma
trinta e cinco quilômetros que, na pior das hipóteses, criatura modesta e compreensiva.
teriam de vencer para alcançar o limite do campo Suas reflexões haviam chegado a este ponto quando
energético, só haviam percorrido dois. Dentro das entre a imensa variedade dos ruídos que a selva produzia
próximas cinco horas teriam que fazer uma pausa de a todo instante sobressaiu um farfalhar entrecortado, que
descanso bastante extensa, pois do contrário suas pernas parecia vir de um lugar muito próximo. Rhodan
e mentes entrariam em pane sem prévio aviso. aproximou-se na escuridão do galho bifurcado e
Desfrutaram de um descanso no nível mais elevado e procurou observar a origem do ruído. Os olhos adaptados
menos perigoso da selva. Son Okura localizou a árvore à escuridão enxergavam a uma distância de cerca de três
que prometia o grau mais elevado de conforto e metros, o suficiente para se defender com o radiador de
segurança. A uns quarenta metros de altura alcançaram impulsos térmicos contra qualquer coisa que pudesse se
com algum esforço uma bifurcação bastante extensa para tornar perigosa.
lhes proporcionar um abrigo seguro. Rhodan dispôs-se a Algo comprido, estreito e móvel entrou no campo de
ficar de sentinela durante as primeiras duas horas. Depois visão, vindo de cima. Por algum tempo balançou ao
foi a vez do japonês, e o último período coube a John acaso entre os galhos; depois deu um solavanco, cresceu
Marshall. para baixo e arrastou atrás de si um montão elástico
Instalaram-se o melhor que puderam e dali a um como o resto, que mudava constantemente de forma,
117
deslizando árvore abaixo por uma trilha gosmenta por ele emissor especial o sinal convencionado em código, está
mesmo produzida. superada. Para nós isso é ótimo, pois não dispomos de
Rhodan reconheceu o animal. Era um daqueles um emissor especial para a transmissão de sinais
pólipos que viviam no solo onde construíam suas codificados e os materiais de que dispomos não
armadilhas subterrâneas, mas vez por outra se punham a possibilitam a construção do mesmo. Nossa única
caçar, isso quando as presas que caíam na armadilha não esperança é que talvez o cérebro positrônico, assim que
bastavam para saciar a fome. cheguemos ao limite do campo protetor, reconheça
Rhodan aguardou pacientemente. Sabia perfeitamente minhas vibrações cerebrais como sendo as de uma
que seria inútil atirar contra o tentáculo que balançava pessoa autorizada, e por isso abra a barreira.
diante de seu rosto. Olhou para Tomisenkow, e este se admirou com a
Por algum tempo o corpo flácido do pólipo, coberto expressão de perplexidade que havia em seus olhos.
de uma pele dura, escondeu-se na densa folhagem. — Infelizmente não sei se o cérebro positrônico me
Depois desceu, arranhando a árvore, colocou-se numa reconhecerá como pessoa autorizada. Se Rhodan
posição favorável e pôs o tentáculo a sair em busca da estivesse conosco, não haveria a menor dúvida de que
primeira presa. seríamos bem sucedidos. Mas estando sozinha...
Rhodan manteve-se quieto quando o tentáculo Deixou de pronunciar o resto da frase. Tomisenkow
escamoso e repugnante passou por cima de seu crânio, sentiu a necessidade de consolá-la. Mas antes que lhe
caiu sobre o ombro direito e começou a enlaçá-lo pela ocorresse uma coisa apropriada que poderia dizer, ouviu
cintura. Num movimento lento e cauteloso levantou o um ruído que desviou sua atenção subitamente e por
radiador térmico e dirigiu o cano sobre a massa completo para coisas totalmente diversas.
volumosa formada pelo corpo do animal. Apoiou o pé Thora não sabia o que havia acontecido. Não ouvira
contra o galho que, da forquilha, partia para a direita; nada.
quando o tentáculo começou a se esforçar para arrastá-lo, — Alicarim! — gritou Tomisenkow.
atirou. — Sim, chefe — respondeu o homem baixo de olhos
A pontaria foi exata, conforme era necessário num oblíquos vindo da Quirguízia. — Ouvi. É um tirano.
disparo de radiador térmico. O raio ofuscante atingiu o Disse-o em tom indiferente, quase entediado.
corpo do pólipo no ponto mais distante da árvore. A — Vem do leste-nordeste — acrescentou Zelinskij.
substância orgânica queimou e se volatilizou num E Jegorov completou:
chiado, derramando uma chuva de fagulhas amarelentas — Tenho a impressão de que vai diretamente para o
na escuridão da selva. Rhodan sentiu que a força do lado do pântano.
tentáculo diminuía. Desprendeu-se e também foi Tomisenkow fez um gesto com a cabeça.
consumido pelo calor absorvido pelo corpo do pólipo. — Fiquem bem quietos, rapazes — disse a seus
Poucos segundos depois, uma mancha negra, que a homens. — Talvez passe por nós sem nos perceber.
combustão produzira na casca da árvore, era o único Da escuridão ouviram as vozes dos homens que
vestígio do perigo que ameaçara os três homens confirmaram o recebimento da ordem.
abrigados na forquilha. — O que é? — perguntou Thora, nervosa. — Um
Rhodan mudou de lugar e continuou a observar a sáurio?
escuridão. Incidentes desse tipo eram relativamente raros — Isso mesmo. Não está ouvindo?
naquela altura; não era de supor que durante o seu tempo Thora levantou a cabeça e aguçou o ouvido.
de vigia a paz voltasse a ser perturbada. — Se está se referindo àquilo que, de minuto em
Recostou-se e voltou a mergulhar em suas reflexões. minuto, faz um ruído — disse depois de algum tempo —
Quebrou a cabeça para descobrir de que forma poderia eu...
trazer prosperidade à jovem colônia de Vênus, caso — Não é de minuto em minuto — respondeu
conseguisse sair vivo da aventura. Tomisenkow com um sorriso. — O intervalo é de trinta a
quarenta segundos.
*** — Por que é chamado de tirano?
Era um acampamento primitivo; mas, com exceção — Porque é o único carnívoro entre os sáurios. Come
de Thora, ninguém se incomodou com isso, e até mesmo tudo que atravessa no seu caminho, desde que se trate de
ela preferiu não dizer nada. substância animal. Até chega a atacar sáurios de outras
Deitados no chão úmido e morno mantiveram-se em raças, mesmo que sejam maiores que ele. É claro que não
silêncio e sonolentos. O único que parecia interessado consegue devorá-los totalmente. Arranca os melhores
em alguma coisa era Tomisenkow, que conversava com pedaços e deixa o resto para as formigas.
Thora sobre as possibilidades de penetrar na base apesar Thora ouviu-o, espantada.
da existência do campo protetor. — Por que anda tão devagar?
— Pelo que entendi — disse Tomisenkow — a — Devagar? — Tomisenkow soltou uma estrondosa
senhora tem esperança de que o cérebro positrônico gargalhada. — Desloca-se a uma velocidade de vinte
instalado na fortaleza a reconheça e lhe franqueie o quilômetros por hora. É o único sáurio que costuma
acesso. Será que é assim? andar com o corpo ereto. Geralmente só usa as patas
Thora acenou com a cabeça, um pouco enojada. dianteiras para agarrar sua presa. É menor que a maioria
— Não tenho nenhuma certeza — disse. — Pelo que dos sáurios, mas, andando ereto, sua altura é pelo menos
sei, o cérebro positrônico assumiu o comando da base em dez metros maiores. Só as pernas têm cerca de quinze
virtude de vários incidentes graves. Isso significa que o metros de altura. É só calcular quantos passos tem de dar
tipo de ligação que permite o acesso de um membro da por minuto para que esses membros provoquem um
Terceira Potência na base, caso seja irradiado com um deslocamento de vinte quilômetros por hora. Não são
118
mais que um e meio a dois. ouvira o ruído, acompanhou a gargalhada.
Thora compreendeu. — Com todos os demônios — gemeu Tomisenkow.
Os passos retumbantes, que pareciam um terremoto, — Se essa gente não se cuidar, o tirano os devorará
tornavam-se cada vez mais fortes. Os outros ruídos da juntamente com o helicóptero.
selva cresceram na mesma proporção. Os animais fugiam
daquela criatura poderosa. ***
— Vamos ficar sentados até que ele nos pise? — Era um único aparelho, cuja tripulação consistia
perguntou Thora, um pouco assustada. como de costume em dois homens, um tenente e um
Fez um gesto indefinido para a escuridão. sargento. O sargento pilotava a máquina, o tenente
— Para qualquer lugar... para longe daqui. observava o terreno. Há pouco o tenente murmurara:
— E como podemos saber que não passará — Gostaria de saber como alguém pode reconhecer
justamente no lugar em que pretendemos nos esconder pessoas em meio a esse tapete enredado.
dele? Sabe dizer em que direção está andando? E agora o raio do holofote de luz infravermelha
Thora sacudiu a cabeça; parecia perplexa. descobriu alguma coisa que nada tinha que ver com o
— Além disso, não precisa ter medo de ser pisada — objetivo de suas buscas, mas assim mesmo ocupou toda
prosseguiu Tomisenkow. sua atenção.
— Será que não? Era um pescoço robusto e musculoso, que
— Não. Um tirano não pisa suas vítimas; ele as ultrapassava ao menos em dez metros a cobertura da
devora. E tem um nariz excelente para farejar sua presa. selva, e por cima dele uma cabeça enorme de focinho
Não tenha a menor dúvida. largo, que balançava suavemente sobre a coluna formada
Depois de ter dado esse tipo de consolo a Thora, pelo pescoço.
rastejou para onde estava Alicarim. Este havia removido Ordenou ao sargento que subisse cinquenta metros e
a vegetação de um pedaço de chão e comprimiu o ouvido mantivesse o aparelho imóvel. Através de seu
contra o solo para escutar melhor. instrumento de voo cego, que na realidade era um
— Como estão as coisas? — perguntou Tomisenkow aparelho rígido de luz infravermelha, o sargento também
em russo. havia percebido o sáurio. Executou a ordem e imobilizou
Alicarim fez uma careta. o aparelho numa altitude segura, cerca de oitenta metros
— Mal. Na melhor das hipóteses passará a cinquenta do lugar em que se encontrava o animal.
metros daqui. — Também parou — constatou o tenente. — Ao que
Tomisenkow se assustou. parece não se interessa por nós. Descobriu alguma coisa.
— Cinquenta metros não é nada — resmungou. —
Seu faro alcança o triplo dessa distância. ***
Alicarim confirmou com um aceno de cabeça. Tomisenkow virou a cabeça e olhou para Thora, que
Tomisenkow virou-se: também se abrigara atrás de uma arvore e segurava uma
— Assumam posição de combate, rapazes. Ao lado das pistolas automáticas que sobravam. Tomisenkow viu
dos troncos das árvores. E façam boa pontaria. seu cabelo louro-claro brilhar na escuridão.
Olhou para o lado e viu Wlassov, que não sabia o que — Fique quieta — gritou em inglês. — Saberemos
fazer. lidar com ele.
— Não fique de pé por aí — disse Tomisenkow em Thora respondeu em tom irônico:
tom contrariado. — É um tirano que vai devorar você se — Não se preocupe comigo. Só estou interessada em
ficar de pé diante de suas patas. Peça a Jegorov que lhe saber quanto valem esses seus lança-granadas
mostre como se deve esperar um tirano. E não se esqueça antiquados.
de uma coisa: se ele baixar a cabeça para dar uma olhada Com um resmungo de satisfação, Tomisenkow voltou
na gente, atire no olho dele. É o único ponto vulnerável a olhar para o outro lado.
de seu corpo. Entendido? De repente cessou o ruído que o sáurio produzia com
— Entendido — respondeu Wlassov com um nó na seu deslocamento pela floresta. Tomisenkow assobiou
garganta. por entre os dentes.
Alicarim permaneceu até o último instante em seu — Ele nos farejou — comentou Alicarim.
posto de escuta. Tomisenkow procurou se abrigar atrás Tomisenkow se apoiou nos braços e gritou para a
de um tronco. Uma vez em posição, fez sinal a Alicarim, escuridão:
que desistiu de escutar. — Ele nos descobriu, rapazes. O espetáculo vai
O quirguiz esgueirou-se para um lugar que lhe começar.
fornecia abrigo e colocou a pistola automática ao seu No seu subconsciente percebeu que o helicóptero
lado. também não se deslocava mais. Parado acima da
— Está a menos de vinte metros — fungou. — cobertura vegetal da selva parecia observar o sáurio.
Dentro de três ou quatro minutos ele nos farejará. Wlassov não estava gostando daquilo. Não era do seu
Tomisenkow se limitou a acenar com a cabeça. gosto esperar um inimigo no escuro, ainda mais quando
Subitamente, entre dois dos passos retumbantes do nem sequer sabia como ele era. Estava deitado atrás de
sáurio, ouviu um ruído diferente. Sobressaltou-se e levou uma árvore bem grossa, conforme Jegorov lhe
algum tempo para compreender que o ouvido não o recomendara; mas o próprio Jegorov estava tão distante
enganara. que Wlassov não o via.
As preocupações com o tirano quase fizeram com que Mas ouviu o grito de advertência de Tomisenkow e
se esquecesse de Raskujan. estreitou a mão em torno da arma. Enfiara nela um pente
Tomisenkow começou a rir, e Alicarim, que também de balas em posição de disparar, com dois pentes de
119
reserva. Mais dez pentes se encontravam no chão, ao sáurio abrira uma estrada em meio à selva, e o tenente
alcance de suas mãos. dirigiu o facho do holofote para o lugar em que essa
Subitamente o cenário voltou a se movimentar. estrada fazia uma dobra repentina.
Wlassov ouviu um forte farfalhar e uma série de estalos O sargento manteve o aparelho imóvel, e, na ânsia da
quando o sáurio voltou a se mexer. Instintivamente observação, o próprio tenente não se deu conta do risco
aguardou o estrondo da próxima pisada. que com isso assumiam.
Mas o estrondo não veio. Quase foi tarde demais Tomisenkow compreendeu a situação. Não sabia o
quando Wlassov percebeu que aquilo que se havia posto que teria atraído a atenção do helicóptero, mas não tinha
em movimento era o pescoço do sáurio. Ouviu o estalo a menor dúvida de que estava procurando os fugitivos.
dos galhos bem em cima de sua cabeça e viu uma sombra Por isso continuou no seu esconderijo e gritou:
descer do alto. De um instante para outro o ar se encheu — Fiquem deitados até que isso desapareça!
de uma terrível fedentina. Wlassov ouviu um fungar Mas esse grito não conseguiu superar o chiado dos
rápido e furioso, quando o sáurio soltou o ar. Foi nesse jatos e atingir o ouvido de Wlassov, e mesmo que este o
instante que a cabeça gigantesca emergiu da escuridão. tivesse ouvido, provavelmente não lhe teria dado
Por um segundo o sangue gelou-lhe nas veias. Nunca atenção. O estado de espírito indescritível em que se
vira, nem em sonho, uma coisa tão pavorosa e cruel. Viu encontrava, feito de uma mistura quase psicopática de
uma boca com duas fileiras duplas de dentes bem afiados euforia da vitória com os efeitos do medo terrível por
que se aproximava dele, uma boca tão grande que que passara, fez com que de um salto se colocasse na
poderia perfeitamente ficar de pé no interior da mesma. estrada aberta pelo sáurio. Uma vez lá, apontou a pistola
Em algum lugar à sua direita e à sua esquerda os braços automática para a sombra bem perceptível que
ligeiros do monstro atravessavam a folhagem; mas representava o helicóptero e apertou o gatilho.
Wlassov fitou os dois olhos circulares e cintilantes do A cabina de vidro do helicóptero foi atingida em
sáurio, que o fitavam curiosamente a uns três metros de cheio. O sargento foi morto imediatamente, e o tenente,
distância. ainda incólume, compreendeu imediatamente o que havia
Subitamente Wlassov se lembrou do conselho que acontecido. Sem se preocupar com os controles do
Tomisenkow e Jegorov lhe haviam dado. Num helicóptero, que por alguns segundos manteve a mesma
movimento rápido ergueu a pistola automática, teve a altitude, pegou o microfone do rádio sempre preparado
tranquilidade necessária para apontar cuidadosamente para a transmissão de mensagens e gritou sua
para o olho direito e apertou o gatilho. informação.
A salva dos pequenos projéteis explosivos atingiu o Ainda estava falando quando o aparelho tombou
alvo. O rosto terrível do sáurio desapareceu de repente, e como uma pedra e com um tremendo estrondo se
um instante depois veio do alto um grito tão forte e esfacelou no meio da estrada aberta pelo sáurio.
pavoroso que Wlassov deixou cair a arma e comprimiu
as mãos contra os ouvidos. ***
O posto de rádio instalado no acampamento de
*** Raskujan captou a mensagem:
— É agora! — gritou o tenente que se encontrava no — Localizamos os prisioneiros. Um pouco ao
helicóptero. — É agora que ele vai agarrar a presa. nordeste do acampamento, três quilômetros...
No filtro de luz infravermelha via-se perfeitamente Não se ouviu mais nada além de um estalo
que o sáurio dobrava o pescoço e mergulhava a cabeça relativamente leve, que era o único ruído que, da
entre a folhagem. Por alguns instantes só se viu a nuca tremenda explosão do helicóptero, foi transportado pelo
escamosa e saliente do animal. Depois, num movimento éter até a cabine do operador de rádio.
súbito, a cabeça voltou a surgir com a boca muito aberta, Este era um homem experimentado. Sabia o que
mas que cabeça! significava a gritaria nervosa e a súbita interrupção da
No lugar em que antes ficava o olho esquerdo via-se mensagem. E tinha a impressão de que o coronel
uma abertura profunda e irregular, de onde o sangue Raskujan acharia que se tratava de uma ocorrência
jorrava aos borbotões. O tenente levou algum tempo sem trivial.
compreender que animal seria este que, num tempo tão Estabeleceu contato com a sala de comando da nave
curto, conseguira produzir uma ferida tão extensa capitania e comunicou ao coronel o que acabara de ouvir.
naquela fera. Com os olhos muito abertos, esperou que
outro sáurio surgisse da escuridão da selva e continuasse
a despedaçar o primeiro.
Mas não houve nada disso. O monstro ferido virou-se 4
com um grito e se afastou cambaleante.
E então o espírito do tenente se iluminou. Ao que parecia os deuses de Vênus protegeram
Uma salva bem dirigida de projéteis explosivos Wlassov. Com um salto de pantera conseguiu mal e mal
poderia causar uma ferida dessas, de projéteis iguais aos afastar-se em tempo de escapar ao fogo violento da
que eram utilizados nas pistolas que ele mesmo usava. explosão. Aterrizou violentamente num arbusto
Sua ordem veio quase sob a forma de um chiado, e malcheiroso, cujos galhos úmidos imediatamente
foi tão repentina que o sargento estremeceu: começaram a enlaçar seu corpo. Mas o deslocamento de
— Desça e dê busca no terreno em que o sáurio ar logo o livrou daquele abraço indesejável, atirando-o
esteve. alguns metros para diante, sem produzir nele qualquer
O sargento obedeceu: o aparelho caiu para frente e ferimento além de alguns arranhões.
passou rente às copas das árvores. A massa imensa do
120
De repente os acontecimentos excitantes dos últimos ***
minutos foram seguidos pelo silêncio total da selva.
Wlassov ouviu o sangue zumbir em seus ouvidos antes
que a voz zangada de Tomisenkow chegasse até ele: Poucos minutos depois das duzentas e treze horas,
— Onde está esse idiota que atirou contra o Rhodan e seus companheiros atingiram o pântano que,
helicóptero? segundo se via, se estendia a uma distância desanimadora
Wlassov se levantou e experimentou as pernas: para ambos os lados.
— Aqui! — gritou. Rhodan já fizera suas experiências com os pântanos
Depois se pôs em movimento. Alguém ligou uma venusianos. A ideia de contornar essa área de solo
lâmpada e dirigiu o feixe de luz semiencoberto para o enganador nem lhe passou pela cabeça. Mandou que Son
solo. Era Tomisenkow. Alicarim e Zelinskij estavam a Okura examinasse as árvores que havia na área
seu lado. Jegorov e a arcônida saíram da folhagem lado a pantanosa e achou que as mesmas serviam aos seus
lado. propósitos.
— Você não ouviu — principiou Tomisenkow em — Vamos fazer uma ginástica e passar por cima —
tom contrariado — que dei ordem para que todo mundo ordenou. — Son, você irá à ponta. Marshall fique com os
permanecesse no lugar em que se encontrava? olhos bem abertos. Uma pisada ou um gesto de mão em
— Não — respondeu Wlassov espantado e falso, e será um homem morto.
mantendo-se fiel à verdade. Subiram às árvores por um feixe de cipós. Okura
— O que você pensou quando atirou contra o guiou o grupo e determinou a velocidade da marcha.
helicóptero? Em primeiro lugar, era o único que enxergava na
Essa pergunta deixou Wlassov ainda mais espantado. escuridão; além disso, entre os três era o que se
— Bem — respondeu em tom hesitante. — Devo ter deslocava com maior dificuldade. Tinha dificuldades de
pensado a mesma coisa que qualquer pessoa que pega andar que vinham de nascença. Por mais que se
uma pistola automática e atira contra um helicóptero esforçasse em acompanhar o passo das pessoas normais,
inimigo. Não vejo nada de especial... havia situações em que sua constituição física o obrigava
Tomisenkow não deixou que terminasse. a ser mais lento. E esta era uma dessas situações. Apesar
— Então não vê nada de especial! — gritou, zangado. da longa pausa todos estavam bem próximos ao
— Você não podia imaginar que o pessoal do helicóptero esgotamento total; quem mais sentiu isso foi Son Okura.
ainda iria transmitir uma mensagem antes de cair? É bem verdade que para Perry Rhodan as coisas não
— Num tempo tão curto? — objetou Wlassov. estavam muito melhores. Não tivera tempo para se
— Num tempo tão curto! — escarneceu ocupar com a ferida no ombro. Sentiu que o ferimento
Tomisenkow. — E se não transmitirem nenhuma latejava e que o sangue que lhe corria pelas veias estava
mensagem, não demorará mais de meia hora e Raskujan mais quente que antes. A atmosfera úmida da selva
dará pela falta de um de seus aparelhos e mandará que estava repleta de bactérias. Dentro em pouco a ferida
saiam à procura. E encontrar este montão de metais com soltaria pus, ou então ele ficaria com febre.
um aparelho de radar será questão de minutos. Você Ou ambas as coisas.
estragou tudo que já conseguimos fazer. Raskujan não Sabia que estava na hora de fazer uma pausa de trinta
precisará seguir nossa pista a partir do acampamento. horas no mínimo para dar algum descanso ao corpo
Poderá começar aqui mesmo. maltratado e cuidar da ferida. Mas no momento as trinta
Wlassov deixou cair os ombros. De um instante para horas eram preciosas demais para que pudesse gastá-las
outro se sentiu muito ridículo, quando poucos segundos numa pausa.
antes ainda acreditara ser o herói do dia. Thora estava em perigo e com ela a base em Vênus.
— Sim, eu reconheço — disse abatido. — O que Muito embora Rhodan não duvidasse da fidelidade de
posso fazer? Thora, era de recear que um belo dia ela acabasse não
— Você não pode fazer mais nada. Terá que usar as resistindo aos métodos que Raskujan empregava nos seus
pernas da mesma forma que nós. interrogatórios. E mesmo que não pudesse dizer ao
Tomisenkow virou-se e olhou para Jegorov e Thora. coronel o que ele teria de fazer para penetrar na base,
— Se Raskujan ainda não sabia em que direção nós este dispunha de uma multidão de técnicos eletrônicos
estávamos fugindo, agora ele sabe. Quer dizer que não capazes de extrair das informações de Thora um volume
devemos prosseguir na direção nordeste. Vamos tomar a de dados sobre a estrutura do cérebro positrônico em
direção sudeste para ver se conseguimos lograr os especial e a base em geral que poderia representar um
helicópteros. Isso representa alguns quilômetros a mais. inconveniente grave para a Terceira Potência.
Mas pelo que vejo, no momento, não temos outra Thora tinha que ser libertada.
alternativa. Isso não representava qualquer dificuldade, a não ser
Andaram o mais depressa possível pela estrada que o a distância considerável que ainda tinha que ser
sáurio ferido, que já desaparecera nas profundezas da percorrida até o campo energético.
selva, havia aberto em direção ao leste. Aproveitaram Rhodan não tinha qualquer possibilidade de se
uma pequena brecha na mata para voltar a mergulhar na identificar antes de chegar ao limite desse campo. Não
escuridão das árvores. dispunha de qualquer coisa que lhe permitisse um
Tal qual da primeira vez, Tomisenkow supunha que contato a grande distância. Só quando atingisse o campo
os homens de Raskujan procurariam os fugitivos na protetor, o cérebro positrônico começaria a se ocupar
estrada larga pisada pelo sáurio. Assim, se a sorte os com sua pessoa e descobriria que era a pessoa para a qual
favorecesse, poderiam escapar dos helicópteros. a base devia ser aberta a qualquer hora. Dali em diante
tudo seria fácil.
121
O pântano que se estendia embaixo deles forçou sua resultado, mudaram de tática. Descreviam círculos largos
paciência ao máximo. Nem mesmo a visão do japonês pela área e paravam de vez em quando para descer um
conseguia penetrar pela densa folhagem. Por isso viram- homem por uma corda; esse homem procurava localizar
se obrigados a, de tempos em tempos, cortar um galho os fugitivos embaixo da folhagem.
grosso e limpá-lo da folhagem para que o som do Tomisenkow manteve o grupo bem reunido.
impacto no chão lhes revelasse a natureza do solo. Depois de algum tempo o terreno começou a subir.
Por várias horas não ouviram outra coisa senão o Por algum tempo a subida foi bem suave, mas depois de
eterno ruído produzido por um objeto pesado que cai no uma dobra do terreno passou a ser tão íngreme que
líquido viscoso do pantanal. tiveram de recorrer às suas qualidades de alpinistas para
Rhodan sabia perfeitamente que tudo isso seria uma prosseguir a marcha.
loucura rematada se Son Okura, o mutante, não estivesse Com uma mão diante da outra, um pé diante do outro,
com eles. Às duzentas e dezessete horas fizeram outra subiram num ângulo de setenta graus por um paredão
pausa. Rhodan gostaria de avançar mais algumas que, apesar do aclive, estava coberto de árvores e
centenas de metros, pois Okura dizia que mais adiante a arbustos.
floresta era bem mais densa que no lugar em que se Tomisenkow esperava que lá em cima chegassem a
encontravam. Dali se concluía que o pântano terminava um dos platôs rochosos que, vez por outra, se elevam
naquele lugar. Mas ninguém, naquela altura, era capaz acima da selva.
sequer de levantar a perna, quanto mais arrastar todo o — Lá em cima a vegetação não é tão densa —
peso do corpo por um longo trecho de cipós. explicou Tomisenkow a Alicarim, o quirguiz. —
No pântano os animais que andavam em cima das Poderemos observar os helicópteros por suas luzes de
árvores eram tão raros que Rhodan dispensou as posição e orientar-nos por eles, até que desistam da
sentinelas. Os três dormiram tão profundamente como se busca.
tivessem desmaiado; até que ouviram um ruído, vindo de Meia hora depois chegaram à beira do platô.
longe, que os arrancou imediatamente do sono, não Tomisenkow não se enganara. Até onde a vista alcançava
porque fosse muito forte, mas porque destoava por na escuridão o chão era plano e a vegetação pouco densa.
completo daquele ambiente. Mas era suficiente para que o solo do platô só pudesse
Era o chiado dos motores dos helicópteros e o ruído ser visto dos helicópteros em poucos lugares.
entrecortado dos canhões automáticos. Tomisenkow contornou esses lugares, enquanto
Estava tão distante que nem cogitavam da procurava um ponto de onde pudesse acompanhar a
possibilidade de que pudesse ter alguma relação com atuação dos helicópteros.
eles. O ruído vinha do noroeste, onde os helicópteros de Encontraram um lugar desses. Ficava pouco além da
Raskujan pareciam ter descoberto alguma coisa sobre a borda do platô. Ao noroeste, o paredão caía quase na
qual valia a pena atirar. vertical em direção à selva. Logo atrás da borda do platô
Olhando para o relógio regulado para o tempo havia uma baixada rasa, coberta de arbustos, que seria
terreno, Rhodan viu que fazia cerca de três horas que um ótimo lugar para acampar. Tomisenkow mandou que
haviam interrompido sua marcha. Faltava pouco para as Zelinskij, Jegorov, Wlassov e a arcônida descansassem
duzentas e vinte horas. ali, enquanto ele e Alicarim instalaram-se na borda
Embora os tiros cessassem dentro de pouco tempo e rochosa para observar as luzes coloridas dos
os helicópteros se afastassem, Rhodan achou que era helicópteros.
importante saber no que haviam atirado. Ainda mais que ***
o ruído vinha de um lugar que ficava em sua rota. Além O major Pjatkov — o mesmo que localizara o barco
disso, as três horas de sono profundo lhes haviam inflável de Rhodan e atirara uma bomba baby diante da
restituído, embora provisoriamente, as forças a ponto de caverna das focas — mandou que seu telegrafista o
poderem reiniciar imediatamente a marcha. ligasse com o coronel Raskujan. Pjatkov era um dos
Verificou-se que a suposição de Son Okura fora favoritos de Raskujan; a ligação foi estabelecida
correta. Poucos minutos depois de terem partido notaram imediatamente.
que embaixo deles o chão era seco e firme. Desceram e — Tive uma ideia — principiou Pjatkov sem
dali em diante eles conseguiram avançar um pouco mais preâmbulos. — O terreno em que devemos dar a busca é
depressa. de constituição relativamente simples: todo plano até a
Meia hora depois o terreno entrou em aclive. Haviam encosta sul das montanhas. Mas Tomisenkow ainda não
atingido as imediações das montanhas, e isso lhes parecia pode ter chegado lá. Antes dele só existe uma única
ser um prenúncio feliz; pois a cadeia de montanhas em elevação, um platô de rocha que se ergue uns trinta ou
que começavam a penetrar era a mesma em que se quarenta metros acima da selva. Tomisenkow precisa de
situava a base. um lugar em que possa ver quando suspendemos nossas
*** buscas e se estamos muito perto dele. Sabe que somos
O uivo dos helicópteros pairava constantemente sobre obrigados a manter as luzes de posição acesas. Basta que
suas cabeças, às vezes bem perto, outras vezes mais se coloque num lugar adequado para poder nos observar
afastado. com toda calma.
Os homens de Raskujan encontraram o montão de Raskujan ainda não estava convencido.
metal fundido do aparelho derrubado no momento em — Em que direção fica o platô, considerada a posição
que o grupo de Tomisenkow acabara de desaparecer na do aparelho derrubado? — perguntou.
selva. Conforme supusera Tomisenkow, voaram primeiro — A sudeste.
ao longo da estrada aberta pelo sáurio e deram busca na Pjatkov sempre tinha uma resposta na ponta da
mesma. Quando viram que essa busca não dava língua.
122
— Acredito — disse — que Tomisenkow teve a O tiroteio não durou muito. Terminou sem qualquer
mesma ideia. Depois de conhecermos qualquer ponto de motivo plausível, tal qual havia começado. Ao mesmo
sua trajetória, saberemos em que direção está fugindo. tempo uma movimentação nervosa teve início na
Enquanto não suspendermos as buscas, Tomisenkow multidão das lâmpadas de posição. Os helicópteros
marchará em qualquer direção, menos naquela em que o suspenderam as buscas e afastaram-se. Poucos minutos
estivermos procurando. depois não podiam ser vistos mais. Apenas o chiado dos
— Hum — fez Raskujan. jatos continuou a ser ouvido por mais alguns minutos.
— Em minha opinião — prosseguiu Pjatkov — Não compreendo mais nada — comentou
animadamente — devíamos pousar no platô com dois ou Tomisenkow.
três helicópteros, sem chamar a atenção, e agarrar Permaneceu deitado por mais algum tempo; depois se
Tomisenkow no próprio ninho. Se os outros aparelhos levantou.
fizerem barulho que chegue, não nos deverá ser difícil — Está cansado? — perguntou, dirigindo-se a
subir ao platô. Alicarim.
Raskujan acabou concordando. Pjatkov concluiu a — Não senhor.
palestra e instruiu dois helicópteros de seu grupo a — Está bem. Vou deitar um pouco. Fique com os
seguirem-no. Foram na direção norte, quase até as olhos bem abertos. E avise a Jegorov que dentro de uma
encostas íngremes das montanhas, e desligaram as luzes hora deve revezá-lo.
de posição quando Pjatkov acreditou que não mais
poderiam ser vistos do platô. Depois fizeram meia-volta ***
e aproximaram-se do complexo rochoso, vindos do leste.
As máquinas pousaram numa clareira, pouco atrás da O major Pjatkov trazia consigo um potente binóculo
borda do platô. Os homens desceram. Pjatkov pediu que noturno, equipado com um pequeno holofote de luz
se mantivessem, por um instante, junto aos aparelhos. Só infravermelha e o respectivo filtro.
depois de ter certeza quase absoluta de que nas Com esse binóculo descobriu o acampamento na
proximidades não havia nada de perigoso ou suspeito baixada junto à borda leste do platô. Mandou que seus
deu ordem de marcha. homens cercassem o acampamento, e que, ao seu
Os homens não gostaram da missão. Nunca haviam comando, surpreendessem e prendessem os homens que
saído dos acampamentos, a não ser no interior de dormiam.
helicópteros ou de barcos infláveis relativamente Só depois percebeu que faltava um dos fugitivos.
seguros. Incluindo a arcônida, dera-se pela falta de seis pessoas,
O medo só diminuiu depois de uns quinze minutos de entre elas o cabo Wlassov, que, segundo era de supor,
marcha. devia ter se unido a Tomisenkow.
Pjatkov calculou que a distância que teriam de Mas Pjatkov só contou cinco homens no
percorrer para chegar à extremidade oposta do platô seria acampamento. Faltava um.
de cerca de cinco quilômetros. Em sua opinião, mesmo Onde estaria?
no escuro, essa distância poderia ser vencida dentro de Pjatkov assumiu um risco: resolveu debilitar ainda
uma hora e meia a duas horas. mais o círculo já bastante esparso de seus homens,
Depois disso provaria a Raskujan que estava com a mandando que um deles saísse em busca do sexto
razão. fugitivo.
*** Depois ficou esperando.
Alicarim virou-se.
— O que houve? — resmungou Tomisenkow. ***
Alicarim levou algum tempo para responder. Jegorov não tinha vindo. Provavelmente estaria
— Acho que ouvi um ruído; vem de lá. Apontou para dormindo.
o outro lado do platô. Alicarim não se zangou. Não estava cansado, e, além
— Deixe de bobagens — resmungou Tomisenkow. disso, gostava de olhar para a escuridão, embora não
— Que ruído é? visse nada.
— São helicópteros. De repente ouviu um ligeiro farfalhar. Subia pelo
— E agora? paredão; alguém parecia arranhar um objeto.
Alicarim aguçou o ouvido. Agora o ruído estava bem embaixo dele. Alicarim se
— Não ouço mais nada. arrastou por um metro e percebeu que o ruído ainda
— Pois então — disse Tomisenkow, voltando a se vinha de baixo, na vertical.
apoiar nos cotovelos. — Estão todos na nossa frente. Soltou um palavrão abafado, levantou-se e correu
Como é que algum deles poderia surgir pelas costas? mais cinco metros. O ruído também estava lá.
Alicarim achou que a pergunta era tola. Não havia Teve que caminhar mais de dez metros até que o
nada mais fácil para um helicóptero que contornar o arranhar viesse de lado.
platô e pousar do outro lado. Mas enquanto não tinha Ajoelhou-se e esperou.
certeza de não ter se enganado, preferiu ficar quieto. De início apenas viu alguma coisa que se
Assustou-se quando subitamente os canhões movimentava na escuridão; mas não pôde identificar o
automáticos começaram a disparar em cima da selva. que era.
Tomisenkow levantou-se um pouco e com os olhos Depois alguma coisa escura, brilhante, surgiu no
arregalados fitou a escuridão. Depois começou a rir. campo de visão. O movimento que Alicarim vira vinha
— É formidável! — disse. — Um desses idiotas de duas figuras em forma de tentáculo, que assentavam
acredita que nos encontrou. na frente da coisa escura e brilhante que Alicarim havia
123
visto.
Levantou-se de um salto.
Eram formigas! 5
Ficou mais tranquilo ao constatar que os animais não
se deslocavam em direção ao acampamento. O exército No lugar em que houvera o tiroteio não foi
delas subiu pela borda do platô e, estalando e encontrado nada. Já se encontravam cerca de duzentos
farfalhando, atravessou a folhagem. Cada uma tinha o metros acima do nível da planície costeira, e
tamanho da mão de um homem adulto. evidentemente nem desconfiavam de que a finalidade do
Apesar disso, Alicarim pôs-se a voltar ao tiroteio consistira apenas em fazer barulho para que o
acampamento. As formigas de Vênus eram animais major Pjatkov pudesse pousar no platô sem ser
imprevisíveis. Além disso, ninguém sabia se possuíam o molestado.
sentido do olfato, que eventualmente lhes permitiria Por algum tempo, Perry Rhodan acompanhou no seu
farejar a presa humana. receptor de pulso as mensagens trocadas entre os pilotos
Era necessário avisar Tomisenkow. dos helicópteros. Delas se concluía, sem a menor sombra
Ali...! de dúvida, que os homens de Raskujan andavam à
Num gesto instantâneo, mas silencioso, Alicarim procura de prisioneiros que haviam fugido. Rhodan
deixou-se cair para frente quando a sombra emergiu da supôs que os fugitivos deviam ser alguns dos homens de
escuridão. Por um instante xingou-se de idiota por causa Tomisenkow. Não ficou sabendo que Thora se
do susto. Devia ser Jegorov que vinha revezá-lo. encontrava entre eles. As mensagens apenas aludiam
Acontece que não era Jegorov. “aos fugitivos”.
E não era nenhum dos homens do grupo de Rhodan e seus companheiros se encontravam a
Tomisenkow. O vulto que tinha diante de si media quase poucos quilômetros do limite do campo protetor. Na
dois metros. Para quem olhava de baixo como Alicarim, opinião de Rhodan deviam fazer mais uma pausa de uma
destacava-se nitidamente contra o céu cinzento. hora, antes de enfrentar o restante do caminho.
Passou a dois metros de distância do quirguiz.
Andava cautelosamente, olhando de um lado para outro. ***
Ainda não havia descoberto as formigas; apesar disso a
área não parecia inspirar-lhe muita confiança. Raskujan tinha consciência do seu triunfo. Mandou
Os pensamentos atropelaram-se no cérebro de que os dois prisioneiros mais importantes fossem
Alicarim. Lembrou-se do barulho dos helicópteros que conduzidos à sala de comando da nave capitania.
ouvira há mais de uma hora. Encarou-os com um sorriso amável e zombeteiro ao
Afinal, o ouvido não o teria enganado mesmo? mesmo tempo e perguntou:
Seguiu o homem, arrastando-se pelo chão. A menos — O que esperavam conseguir?
de um metro à sua direita marchava o exército de Tomisenkow ainda não tivera a oportunidade de pôr
formigas. em ordem sua figura esfarrapada. Tinha os cabelos
Ao chegar à borda do platô, o grandalhão parou. desgrenhados e o uniforme, já estragado, ainda por cima
Olhou para a direita, para a esquerda e depois descobriu continuava rasgado, tal qual saíra da briga com os
as formigas. Alicarim viu que, tomado de um tremendo homens de Pjatkov.
susto, abriu as pernas para ter uma posição mais firme e Thora não participara da breve luta. Estava suja, mas
levantou a pistola automática. intacta, quando se defrontou com Raskujan.
Foi quando Alicarim saltou para a frente. Nem Tomisenkow nem Thora deram qualquer
O homem, mortalmente assustado pelas formigas, resposta à pergunta do coronel.
não ofereceu a menor resistência. Alicarim deu-lhe uma — Ah — disse Raskujan com um sorriso. —
pisadela na cavidade do joelho e ao mesmo tempo Continuam orgulhosos como sempre, não é?
golpeou seu pescoço com o lado da mão. Instalou-se confortavelmente na poltrona e cruzou as
Com um grito de pânico, o homem caiu para a frente. pernas.
Foi parar no meio das formigas. Debateu-se para afastar — Lamento sua teimosia — prosseguiu. — Os
os animais que caíam em cima dele. A pistola foi atirada senhores se opõem ao único poder real que existe em
bem longe, por cima da borda do platô. Vênus. Por quê?
Alicarim rastejou para trás e escondeu-se numa Thora sorriu com desprezo. Tomisenkow respondeu
moita. mal-humorado:
Mas logo se levantou de um salto. O acampamento — Porque não gostamos do senhor.
estava em perigo! O homem atacado pelas formigas, que Raskujan não deixou se irritar.
a essa hora já estava morto, não devia ter vindo só. — Parto de um ponto de vista mais negociável —
Mas Alicarim ainda não havia avançado dez passos explicou tranqüilamente a Tomisenkow. — Todos nós
quando percebeu que já não poderia prestar ajuda a devíamos nos unir. Estou convencido de que juntos
ninguém. criaríamos um poder como ainda não existiu outro.
Viu sombras que se movimentavam apressadamente Tomisenkow soltou uma risada áspera.
na baixada. Gritos abafados soaram. Alguém praguejou: — Só se Rhodan o deixasse em paz.
era a voz de Zelinskij. — Ora! — disse Raskujan com um gesto de
Chegara tarde! desprezo. — Ele me deixou em paz durante um ano; por
Alicarim mudou de direção e procurou se afastar o que não vai continuar assim? E se eu conseguir penetrar
mais rápido possível do palco dos acontecimentos. na base de Vênus com o apoio da senhora — fez um

124
gesto em direção a Thora — nem mesmo Rhodan chance aumentava pelo fato de que, tal qual Alicarim, os
conseguirá pôr os pés neste planeta contra minha três homens vinham do sul e provavelmente procurariam
vontade. penetrar no campo protetor dessa direção.
— Não pense que vou ajudá-lo a entrar na base de Além disso, essa era a única chance de Alicarim. Em
Vênus — gritou Thora, furiosa. qualquer outro lugar, sua situação seria mais
— Pois eu saberei obrigá-la a isso! — disse Raskujan desesperadora do que no lugar em que havia alguma
entre os dentes. Já estava começando a perder o possibilidade de se encontrar com membros da Terceira
autocontrole. Potência. Eram os únicos que podiam ajudá-lo.
Thora fez um gesto de desprezo. Por isso Alicarim prosseguiu em sua marcha.
— Quem é o senhor para obrigar uma arcônida a Depois de ter avançado um bom pedaço, viu a
falar? Além disso, Rhodan o agarrará antes que conclua abóbada reluzente do campo protetor que surgia entre as
o interrogatório. copas de duas árvores e logo desapareceu entre a densa
Raskujan se levantou de um salto. camada de nuvens.
— Rhodan nem sequer está em Vênus! — gritou fora A vegetação também era mais rala e a caminhada
de si. — E se tentar pousar por aqui, saberei impedi-lo. mais fácil.
Nesse ponto a sensação de triunfo levou a melhor Alicarim criou nova coragem e avançou com maior
sobre a inteligência de Thora. Com os olhos chamejantes rapidez.
gritou: ***
— Não quebre a cabeça para descobrir como poderá Fosse qual fosse a opinião que se tinha a respeito de
impedir que Rhodan pouse neste planeta. Ele já se Raskujan, às vezes ele sabia calcular uma situação.
encontra em Vênus! Desde o início, os três homens a respeito dos quais o
Mal acabou de pronunciar estas palavras, reconheceu major Pjatkov lhe falara representaram um mistério para
o erro que havia cometido. Mas o espetáculo que se lhe ele. Quem se atreveria a cruzar em plena noite o mar de
ofereceu quando Raskujan, pálido como cera, cambaleou Vênus num frágil barco inflável, ainda que esse mar
e caiu em sua poltrona, bem que valeu o susto que o erro apenas consistisse num braço de trezentos e cinquenta
lhe causava. quilômetros de largura?
Atrás dela, Tomisenkow disse em voz baixa: Raskujan sabia que havia uma certa possibilidade,
— A senhora não devia ter dito isso! mesmo remota, de que, apesar dos canhões automáticos e
da bomba baby, os três homens ainda estivessem vivos.
*** Se um desses homens fosse Perry Rhodan...
Alicarim marchava. Raskujan prosseguiu nas suas conjecturas e chegou à
Reunindo toda a paciência peculiar a um asiático, mesma conclusão que, mais ou menos ao mesmo tempo
procurou vencer todos os obstáculos para alcançar um e num lugar distante, veio à mente do quirguiz Alicarim.
objetivo, de cuja existência, por enquanto, apenas Se é que Rhodan andou pelo mar num barco inflável,
suspeitava. isso significava que, por qualquer motivo, perdera o
Quando ainda era um prisioneiro de Raskujan, ouvira contato com a Terra e com sua base em Vênus. Se não
falar nos acontecimentos estranhos que se desenrolaram fosse assim, disporia de recursos técnicos muito maiores
no mar: os fenômenos luminosos que foram observados, do que aqueles com os quais contava no momento.
os dois helicópteros que nunca regressaram, a busca Partindo desse pressuposto, convenceu-se de que
extenuante do major Pjatkov, a descoberta de um barco Rhodan não teria coisa mais urgente a fazer senão
inflável e de três homens que nadavam e, por fim, o alcançar o campo protetor que cercava sua base e
lançamento da bomba baby. penetrar na mesma; Raskujan não duvidou um instante
Alicarim sabia mais que isso. Lembrou-se do ataque sequer de que Rhodan teria possibilidade de fazê-lo.
que o acampamento de Tomisenkow, situado na O resultado lógico dessa conclusão foi uma ordem
península, sofrerá poucos dias antes que Raskujan o transmitida a toda a frota de helicópteros: deviam
atacasse. O ataque fora repelido; haviam visto três levantar voo imediatamente, aproximar-se do campo
homens, mas não conseguiram aprisionar nenhum deles. protetor e atirar contra tudo que se movia nas
Por fim, Alicarim ainda guardava uma lembrança proximidades do mesmo. Raskujan preferiu não revelar o
bastante viva das armas de impulsos térmicos usadas fato de que essa ação se dirigia contra Perry Rhodan.
pela Terceira Potência; conhecera-as há um ano. Era Receava de que esse nome bastasse para amedrontar seus
provável que os fenômenos luminosos observados pelos homens.
homens de Raskujan proviessem de armas desse tipo. Depois de uma pausa que todos os tripulantes
Era bem verdade que o resto não passava de acharam muito curta, os helicópteros voltaram a levantar
suposições e cálculos. Se é que três homens da Terceira voo. Raskujan contemplou na tela de imagem o quadro
Potência, desprovidos de quase todos os recursos que se oferecia no campo de pouso bem iluminado; o
técnicos — assim concluiu Alicarim — se encontravam espetáculo impressionante dos helicópteros que saíam
em Vênus, a primeira coisa que eles procurariam fazer em disparada tranquilizou-o ao menos em parte.
era entrar em contato com o cérebro positrônico O fato de que a maior das ações bélicas já realizadas
instalado no interior da fortaleza. em Vênus dirigia-se contra um único homem não o
Foi por isso que Alicarim dirigiu sua marcha perturbou nem um pouco. Se dispusesse de mais
montanha acima. Sabia que o enorme campo protetor equipamentos, enviaria dez vezes mais gente e material
tinha um diâmetro de cinquenta quilômetros. A chance para destruir um único homem.
de encontrar os três homens em algum ponto naquela Perry Rhodan.
extensa área era assustadoramente reduzida. Mas essa
125
*** Mais ao norte — a uns dois quilômetros, pelos
cálculos de Alicarim — a cúpula luminosa emergia do
O corpo de Rhodan aproveitou a última pausa para, fundo do vale.
através de uma febre violenta, protestar contra os maus Era bem verdade que mais ao norte também os
tratos que lhe eram infligidos. helicópteros cruzavam o ar, conforme o quirguiz ouvia
Quando a pausa terminou e a marcha devia ser perfeitamente. Uma vez que conhecia seus equipamentos
reiniciada, Rhodan batia os dentes. Marshall e o japonês e estava muito bem informado sobre a eficiência dos
sugeriram que a pausa fosse prolongada até que a febre holofotes de luz infravermelha, procurou se abrigar
terminasse, mas Rhodan respondeu com uma risada cuidadosamente. Dessa forma avançou mais devagar,
contrafeita: mas com uma segurança incomparavelmente maior.
— Receio que esta máquina miserável, — apontou Os helicópteros passaram sobre o vale numa altura
para o peito — ficará febril enquanto não lhe dermos reduzida. Rhodan e seus companheiros não conseguiram
coisa melhor para fazer. atingir a encosta; esconderam-se sob uma pedra larga, de
Prosseguiram em sua marcha. Tiveram sorte: o cerca de dois metros de altura. Depois de terem
terreno continuava em subida e a vegetação tornava-se percebido que, por enquanto, não haviam sido
cada vez mais rala. descobertos, prosseguiram na retirada e esconderam-se
Mas Rhodan teve azar, pois teve de rever sua opinião na entrada de uma caverna que penetrava na encosta
sobre a máquina miserável. A febre não diminuiu; pelo rochosa. A partir dali Son Okura observou os
contrário, aumentou. Houve momentos em que Rhodan helicópteros.
teve de se apoiar ao ombro de Marshall para não cair. — Estão se dividindo — disse. — Dois grupos
Algum tempo depois, marchavam por um vale dirigem-se para o leste e o oeste, ao longo do campo
estreito situado nas montanhas. Ao atingirem a saída energético, enquanto outro grupo cruza bem diante dele.
norte viram, aparentemente ao alcance da mão, a Rhodan quase não tinha capacidade de responder.
abóbada reluzente formada pelo campo protetor que — Devemos prosseguir — gemeu. — Só poderemos
cercava a base. entrar em contato com o cérebro positrônico quando
Rhodan soltou um suspiro de alívio. Praticamente já tivermos atingido o limite do campo energético.
haviam conseguido, e não fora nada fácil. Marshall protestou.
O terreno em que marchavam consistia num planalto — Se fosse o senhor, eu preferiria...
pedregoso coberto apenas de arbustos esparsos. — Cale a boca! — ordenou Rhodan e levantou-se,
Avançaram rapidamente, e a parede reluzente do campo apoiando a mão na parede rochosa da caverna.
protetor aproximava-se quase a olhos vistos. No mesmo instante Son Okura, que se encontrava na
— Ainda faltam uns oitocentos metros. — murmurou entrada da caverna, virou-se com um grito abafado e
Marshall depois de algum tempo, para animar Rhodan e levantou o radiador térmico.
distraí-lo de suas dores. — Pare!
Mal terminara, quando um zumbido agudo passou Ouviu-se uma voz quase incompreensível vinda da
pelas montanhas, vindo do sul. Marshall estacou e direita. Marshall não entendeu uma palavra. Deixou
Rhodan, que se apoiava em seu ombro, também parou. Rhodan a sós e, com a arma engatilhada, colocou-se ao
Son Okura voltou-se bruscamente e fitou o céu lado do japonês.
escuro. — Quem é? — perguntou. Okura deu de ombros.
O zumbido tornou-se mais agudo, aproximou-se por — É um russo. Diz que é um dos homens de
cima do vale e dissociou-se no chiado dos jatos e nas Tomisenkow, e que fugiu do campo de prisioneiros.
batidas dos rotores. Marshall baixou a arma. Fechou os olhos, enquanto
— São helicópteros! — gritou o japonês. Okura mantinha o desconhecido à distância, e
— Pelo menos quarenta! concentrou-se sobre os pensamentos que fluíam do
Rhodan enrijeceu o corpo e se manteve de pé com cérebro do desconhecido.
suas próprias forças. Voltou apressadamente a cabeça. — Está bem — resmungou depois de algum tempo e
— Abriguem-se — fungou. — Lá atrás. Procurem fez um sinal para Okura. — As intenções dele são boas.
atingir a encosta do vale. Okura também baixou a arma. Gritou em russo para
*** que o homem se aproximasse.
S