Sie sind auf Seite 1von 1

Siderurgia no brasil

Quando as terras brasileiras foram descobertas, as prticas mercantilistas imperavam na Europa. Os portugueses chegaram ao Brasil com a esperana da extrao de metais como ouro, prata e bronze. No entanto, nenhum tipo de metal, nem mesmo ferro, foi encontrado em um primeiro momento. Os poucos ferreiros que vieram para o Brasil utilizavam o ferro originrio da Europa para produzir os instrumentos usados na lavoura. Em 1554, o padre jesuta Jos de Anchieta relatou, em um informe ao rei de Portugal, a existncia de depsitos de prata e minrio de ferro no interior da capitania de So Vicente (atual estado de So Paulo). Quem primeiro trabalhou na reduo desse minrio de ferro foi Afonso Sardinha. Em 1587, ele descobriu magnetita na atual regio de Sorocaba, no interior de So Paulo, e iniciou a produo de ferro a partir da reduo do minrio. a primeira fbrica de ferro que se tem notcia no Brasil. As forjas construdas por Sardinha operaram at a sua morte, em 1616. Aps essa data, a siderurgia brasileira entrou em um perodo de estagnao que durou at o sculo seguinte.

Momento atual

A privatizao trouxe ao setor expressivo afluxo de capitais, em composies acionrias da maior diversidade. Assim, muitas empresas produtoras passaram a integrar grupos industriais e/ou financeiros cujos interesses na siderurgia se desdobraram para atividades correlatas, ou de apoio logstico, com o objetivo de alcanar economia de escala e competitividade. O parque siderrgico brasileiro compe-se hoje de 29 usinas, administradas por onze grupos empresariais. So eles: Aperam, ArcelorMittal Brasil, CSN, Gerdau, SINOBRAS, Thyssenkrupp CSA, Usiminas, VSB Tubos, V&M do Brasil, Villares Metals e Votorantim. O parque produtor relativamente novo e passa por um processo de atualizao tecnolgica constante. Est apto a entregar ao mercado qualquer tipo de produto siderrgico, desde que sua produo se justifique economicamente. Entre 1994 e 2011, as siderrgicas investiram US$ 36,4 bilhes, priorizando a modernizao e atualizao tecnolgica das usinas, atingindo uma capacidade instalada de 48 milhes de toneladas. O Brasil tem hoje o maior parque industrial de ao da Amrica do Sul; o maior produtor da Amrica Latina e ocupa o quinto lugar como exportador lquido de ao e nono como produtor de ao no mundo.

http://www.acobrasil.org.br/site/portugues/aco/siderurgia-no-brasil-desenvolvimento.asp