You are on page 1of 31
Fundamentos e desenvolvimento da Logistica Introdugao a Logistica Poutas sao as areas de estudo que apresentam impactos significativos no padrao de vida das pessoas - A LOGISTICA @ uma dessas areas. Todas as areas da atividade humana s8o afetadas, direta e indiretamente pelo proceso logistico. Tentem imaginar uma campanha publicitaria de varios milhes de délares e quando o comprador vai procurar 0 produto ele nao 0 encontra? Como seria comprar uma camisa de seda feita na China ‘em uma loja em Sao Paulo? Porque um Kg. de tomate, é to barato no campo e custa t&o caro no supermercado? Porque o transporte de carga aérea é muito mais caro que 08 outros modais, esta tendo um crescimento téo grande no Brasil e no mundo? Qual deve ser a embalagem ideal para um iogurte? Jéias...? As duvidas as perguntas mostram exatamente a influéncia da logistica no dia-a-dia da vida das pessoas. Quando pensamos pela primeira vez em Logistica, imaginamos operag6es industriais - esquecemos a relacao que existem entre as operagdes comerciais — tornando-os pouco importante na area de operagées de servigos, Operagoes de um Banco Tradicional - Geralmente concentramos nossa atengdo para as operagées de servigos em si e esquecemos que: + Equipamentos e instalagdes tem que ser armazenados e transportados; + Os formularios, tales de cheques, documentos, dinheiro Custos Logisticos: é o fator chave para influenciar e estimular 0 mercado e a busca pela competitividade existente entre as empresas. © comércio existente entre paises e regides de um mesmo pais é frequentemente determinado pelo fato de que diferengas nos custos de produeo podem mais do que compensar os custos logisticos necessérios para o transporte entre regides. Quanto mais sofisticado for o desenvolvimento de um pais e quanto mais baratas forem suas movimentagdes e armazenagens, mais livre sera a troca de mercadorias e maior sera a especializagao do trabalho. Exempl Se analisarmos a malha rodovidria brasileira que cobre precariamente apenas parte da regio central ¢ ao norte, verificamos diferengas de padrao de vida entre as regides — que s40 melhores supridas em termos logisticos Logistica: Definigao e Conceitos Sobre a origem MILITAR significa: TRANSPORTE, SUPRIMENTO, MANUTENCAO, FACILIDADES E PESSOAL Na drea COMERCIAL: 6 usada para exprimir: O PLANEJAMENTO E A GESTAO DOS SERVICOS. RELATIVOS A DOCUMENTACAO, MANUSEIO, ARMAZENAGEM E TRANSFERENCIA DOS BENS DE UMA OPERAGAO DE COMERCIO. © Comércio e a Literatura dos Negécios deram a Logistica uma grande variedade de nomes: * Distribuigao Fisica + Engenharia de Distribuigao + Logistica Empresarial + Logistica de Distribuicao + Logistica de Marketing + Gerenciamento de Materiais + Gerenciamento Logistico de Materiais, + Gerenciamento de Cadeia de Distribuigao + Logistica Industrial + Logistica de Transporte Todos os nomes significam a mesma coisa: Gerenciamento do fluxo de materiais do ponto de origem ao ponto de consumo. Definigoes: Logistica é: O processo de planejar, implementar e controlar eficientemente o custo correto, o fluxo e armazenagem de matérias-primas, estoques durante a produgao e produtos acabados, e as informagées relativas a essas atividades, desde. o ponto de origem até o ponto de consumo, com o propésito de atender aos requisitos do cliente (NOVAES, 2001, p. 36). Alogistica é o processo de gerenciar estrategicamente a aquisigao, movimentagao e armazenagem de materiais, pegas o produtos acabados (e os fluxos de informagées correlatas) através da organizagao e seus canais de marketing, de modo a poder maximizar as lucratividades presente e futura através do atendimento dos pedidos a baixo do custo, ‘As empresas vem desenvolvendo processos logisticos a varios séculos. Fenicios sabiam que em determinados lugares um mesmo produto poderia ser vendido por pregos diferenciados em outros mercados — lugares onde ‘esses seriam escasso — eles conheciam empiricamente 0 conceito de valor agregado de tempo ede lugar. Leitura e Discussao do Texto de Paulo Fernando Fleury: A logistica brasileira em perspectivas Paulo Fernando Fleury Durante a década de 90, 2 logistic, no Brasil, passou por extraordindrias mudangas. Pode-se mesmo afirmar que passamos por um processo revolucionsrio, tanto em termos das praticas empresariais, quanto d2 eficiéncia, qualidade e disponibilidade da infra-estrutura de transportes e comunicagées, elementos fundamentals para 2 exlstncia de uma logistica moderna. Para as empresas que aqui operam, é um periodo de riscos e oportunidades. Riscos devido as enormes mudangas que precisam ser implementadas e ‘oportunidades devido aos enormes espacos para melhorias de qualidade do servico e aumento de produtividade, fundamentais para o aumento da competitividade empresarial ‘Apesar de amplo, o movimento de mudangas é ainda recente. Até meados da década de 90,a lo elo perdido da modernizacio empresarial no Brasil. A exploséo do comércio internacional, a estabilizaco ‘econémica produzida pelo Real e as privatizagbes da infra-estrutura foram os fatores que mais mpulsionaram esse processo de mudancas. Entre 1994 e 1997, o comércio exterior brasileiro pulou de um