Sie sind auf Seite 1von 2

Iniciar numa Sexta feira que esteja em lua nova ou cheia. Recortar a imagem do santo.

Untar as duas fotografias (fotocopias a cores) com mel , na parte da frente das fotos e coloca-las num prato ranco, viradas as caras uma para a outra. !olocar o quart"o rosa em cima das fotos. #cender uma vela a esquerda das fotos, num prato ceramica ranco e fa"er o pedido de que a pessoa em quest$o volte para si o mais depressa possivel, sendo desfeitos quaisquer impedimentos e com a estampa na m$o, di"er % ve"es a seguinte ora&$o' S$o (arcos de )e$o, tu que amansas os drag*es e os le*es, amansa o +spirito vivo de (di"er nome da pessoa), para que seja manso e d,cil comigo, que me chamo (di"er o seu nome). S$o (arcos de )e$o, tu que amansas le*es e mudas os sentimentos, muda os maus pensamentos e os maus sentimentos que (di"er nome da pessoa), possa a ter meu respeito, em ons pensamentos e ons sentimentos para mim e a respeito de mim. S$o (arcos fa" com que (di"er nome da pessoa) ande atr-s de mim, como os vivos atr-s da cru" e os mortos atr-s da lu", que o Senhor nos conceda a gra&a pela tua media&$o, S$o (arcos pe&o a tua en&$o. #mem. !olocar a estampa a direita das velas, com os p.s do santo virados para as fotos e colocar a outra vela em cima da estampa, num prato ceramico ranco e acender.

/eixar as arder as velas at. ao fim. Retirar qualquer cera que tenha ficado agarrada 0 estampa. !olocar as fotos, o quart"o rosa e a estampa do santo num saquinho de pano de qualquer cor. 1orrifar o saquinho fechado com perfume 2opium3 de qualquer marca. )evar o saquinho para um osque, floresta, etc, longe de pessoas e deixar dependurado num ramo de uma arvore (qualquer arvore), de forma que n$o fique muito visivel a alguem que passe. /eixar l- o saquinho at. a pessoa voltar. 4uando a pessoa regressar guardar o saquinho em casa em local que s, vo&5 sai a. Se algu.m tirar o saquinho n$o fa" mal, mas pode ser necessario refa"er o ritual se o saquinho n$o tiver estado na arvore o minimo de 67 dias.