You are on page 1of 1

ORISA AGEMO (AGEM)

Agemo era uma pessoa muito importante, que virou orix. Conta a historia que ele envelheceu muito, e em vez de morrer foi para o mato e desapareceu. At hoje muito festejado na cidade de Ijebu, seu local de origem. Tradicionalmente as mulheres e crianas n o podiam sair ! rua no dia da festa desse orix, pois quem o encontrasse morreria. At hoje existe esse costume. As mulheres fazem suas compras antes da festa, porque naquele dia n o podem sair. "e uma mulher de outra cidade encontrar o orix, deve co#rir o rosto, e ser perdoada. As mulheres da cidade, que desejarem fazer$lhe pedidos, tam#m devem ir ao seu encontro com o rosto co#erto. Acredita$se, entretanto, que se alguma mulher for ao seu encontro apenas por curiosidade, ela morrer. O chefe do culto de Agemo chama-se Nopa ou Olog. Seus filhos sempre usam a cabea raspada. O orix veste mariwo sobre uma roupa fina. Ele arrumado no mato, num lugar a ele destinado chamado AgboAgemo, e vem direto para o palcio, abenoar o rei. Durante a festa ele sempre fa um ritual para acabar com algum problema grave da cidade, como doenas epid!micas. Em caso de extrema necessidade ele vem " cidade mesmo sem ser o dia da festa. Acredita$se que as pessoas que querem ver Agemo devem ficar de joelhos. A som#ra do orix aparece no cu. As pessoas t%m medo de cham$lo ao vivo para conversar ou rece#er sua #%n o. #lm de $%bu, esse orix feste%ado tambm em &usin, Odogbolu, #go-$'o(e, Ode e outras cidades menores.