Sie sind auf Seite 1von 3

Biologia

Questão Central: Quais as características da fase mitótica em células do


ápice vegetativo da raiz da cebola?
Teoria: Ciclo celular – fases
Princípios:
1. O DNA é o suporte molecular da informação que coordena todas as
actividades celulares e que é transmitida a todas as células filhas no
decurso do desenvolvimento.
2. A função do ácido clorídrico é dissolver as lamelas medianas que
unem as células umas às outras.
3. Os cromossomas, unidade morfológica e fisiológica da cromatina,
são estruturas filamentosas complexas constituídas por moléculas de DNA
associadas a proteínas.
4. Os meristemas estruturas próprias para a multiplicação celular
são, em todas as cebolas, o local onde ocorrem sucessivas divisões
celulares, encontram-se nos ápices radiculares e formam o meristemas
apical radicular.
5. O ciclo celular é o conjunto de transformações que decorre
desde a formação de uma célula até ao momento da divisão. É nele que
se dá a fase mitótica.
6. A interfase é a fase compreendia entre duas divisões celulares
sucessivas, durante o qual a célula se prepara para a divisão. Esta fase
compreende 3 períodos, G1, S e G2.
7. O período G1 é o período de maior duração em que a célula
aumenta de volume. Ocorrem numerosas sínteses, principalmente de
proteínas e de moléculas de RNA.
8. O período S é o período onde ocorre a replicação
semiconservativa de DNA duplicando, assim, a sua quantidade na célula.
9. O período G2 é o período onde ocorre, sobretudo, a síntese de
biomoléculas necessárias à divisão celular.
10. A Mitose diz respeito ao conjunto de transformações durante as
quais o núcleo das células eucarióticas se divide. Embora a mitose seja
um processo contínuo, nela distinguem-se quatro subfases: prófase,
metáfase, anáfase e telófase.
11. A prófase é a etapa em que os cromossomas condensam. Os
centrossomas já duplicados migram para os pólos opostos da célula e
inicia-se a formação do fuso acromático que é responsável pelo

1
Biologia

movimento dos cromossomas. Os nucléolos desaparecessem e o


invólucro nuclear desorganiza-se.
12. A metáfase é a etapa em que os cromossomas duplicados
atingem o máximo de condensação e se posicionam na região média do
fuso acromático, constituindo a placa equatorial. O centrómero fica na
zona média do fuso e os «braços» dos cromatídeos ficam virados para os
pólos da célula.
13. A anáfase é a etapa em que ocorre a ascensão polar dos
cromatídeos do mesmo cromossoma por clivagem do centrómero,
deslocando-se cada um para um dos pólos do fuso. Ocorre, assim, a
redução para metade da quantidade de DNA. Cada pólo da célula conterá
o mesmo número de cromossomas e em igual número ao da célula que
se dividiu.
14. A telófase é a etapa em que o fuso acromático se desorganiza e
os cromossomas começam a ficar sucessivamente menos condensados. À
sua volta, organizam-se as membranas nucleares, ficando a célula com
dois núcleos. Os nucléolos reaparecem.
15. A citocinese nas células vegetais não ocorre por
estrangulamento, pois estas além da membrana citoplasmática possuem
parede celular. Neste caso, vesículas derivadas do complexo de Golgi
alinham-se na região equatorial e fundem-se para formar uma estrutura,
que é a membrana plasmática de cada célula-filha.

Conceitos:


 Ciclo celular
 Anáfase
 Prófase
 Metáfase
 Citocinese
 Telófase
 Interfase
 Mitose
 Cromossomas
 DNA
 Cromatina
 Cromatídeos

2
Biologia

Conclusão:

A partir desta actividade prática laboratorial podemos concluir


que:

✔ A mitose é um processo de grande importância para


as plantas, uma vez que lhes possibilita o crescimento e
desenvolvimento;
✔ Quando a célula se encontrava na interfase, foi
possível observar o núcleo da célula com a cromatina dispersa;
✔ Quando a célula se encontrava em profase, já era
possível distinguir os seus cromossomas, apesar de ainda se encontrarem
pouco condensados;

✔ Quando a célula se encontrava na metáfase, pôde-se


observar a placa equatorial formada pelos cromossomas, pelo que estes
estavam prontos para se dividir;

✔ Quando a célula se encontrava na anáfase, as fibrilas


ligadas aos cromossomas diminuem e estes começam a afastar-se para
pólos opostos – ascensão polar;

✔ Quando a célula se encontrava na telófase, pode-se


observar a formação de dois núcleos, com a cromatina dispersa, os
cromossomas descondensam-se e alongam-se, tornando-se menos visíveis;

✔ Por fim, quando a célula se encontrava na citocinese,


era possível observar os dois núcleos e uma divisão entre eles, a parede
celular.