Sie sind auf Seite 1von 2

LEI 9.

503 CTB
CAPTULO XIII
DA CONDUO DE ESCOLARES
Art. 136. Os veculos especialmente destinados conduo coletiva de
escolares somente podero circular nas vias com autorizao emitida pelo
rgo ou entidade executivos de trnsito dos Estados e do Distrito Federal,
exigindo-se, para tanto:
I - registro como veculo de passageiros;
II - inspeo semestral para verificao dos equipamentos obrigatrios e
de segurana;
III - pintura de faixa horizontal na cor amarela, com quarenta centmetros
de largura, meia altura, em toda a extenso das partes laterais e traseira da
carroaria, com o dstico ESCOLAR, em preto, sendo que, em caso de veculo
de carroaria pintada na cor amarela, as cores aqui indicadas devem ser
invertidas;
IV - equipamento registrador instantneo inaltervel de velocidade e
tempo;
V - lanternas de luz branca, fosca ou amarela dispostas nas extremidades
da parte superior dianteira e lanternas de luz vermelha dispostas na
extremidade superior da parte traseira;
VI - cintos de segurana em nmero igual lotao;
VII - outros requisitos e equipamentos obrigatrios estabelecidos pelo
CONTRAN.
Art. 137. A autorizao a que se refere o artigo anterior dever ser afixada
na parte interna do veculo, em local visvel, com inscrio da lotao permitida,
sendo vedada a conduo de escolares em nmero superior capacidade
estabelecida pelo fabricante.
Art. 138. O condutor de veculo destinado conduo de escolares deve
satisfazer os seguintes requisitos:
I - ter idade superior a vinte e um anos;
II - ser habilitado na categoria D;
III - (VETADO)
IV - no ter cometido nenhuma infrao grave ou gravssima, ou ser
reincidente em infraes mdias durante os doze ltimos meses;
V - ser aprovado em curso especializado, nos termos da regulamentao
do CONTRAN.
Art. 139. O disposto neste Captulo no exclui a competncia municipal de
aplicar as exigncias previstas em seus regulamentos, para o transporte de
escolares.