Sie sind auf Seite 1von 2

BIZU CONSTITUCIONAL

NACIONALIDADE
BRASILEIROS NATOS
SANGUE : 3 hipteses
Automaticamente: os nascidos no
exterior de pai ou me brasileiros
que estejam a servio do Brasil.
Registro no rgo competente
(embaixada ou consulado
brasileiro): nascidos no exterior,
mas nem seu pai nem sua me
estavam a servio do Brasil.
Opo pelo filho (residual, quando
no ocorrer os 2 casos anteriores):
3 requisitos, atingir a maioridade
18 anos
Residncia no Brasil
Optar pela nacionalidade
brasileira a qualquer tempo

BRASILEIROS NATURALIZADOS
ESTRANGEIROS que pretendam se
tornar brasileiros mas no tem
qualquer vnculo de solo ou sangue.
ORDINRIA: a lei poder
estabelecer os requisitos (nos
termos da lei).
EXTRAORDINRIA: exige apenas 2
requisitos cumulativos (qualquer
estrangeiro que no oriundo de pas
de lngua portuguesa)
15 anos residncia ininterrupta no
Brasil
+ SEM CONDENAO CRIMINAL
Oriundos de pases de LINGUA
PORTUGUESA
1 ano residncia ininterrupta no
Brasil
+ IDONEIDADE MORAL (subjetivo)

SOLO:
Nasce no Brasil (no inclui os
consulados
e
embaixadas
brasileiras) independentemente da
nacionalidade dos pais , SALVO se
os pais estiverem a servio de seu
pas de origem.
NO CONFUNDIR NATURALIZAO COM EQUIPARAO ENTRE
PORTUGUESES E BRASILEIROS:
Os portugueses no precisaro se naturalizar brasileiros para terem direitos
no Brasil (previstos em tratados) precisam apenas ter :
RESIDENCIA NO BRASIL (provar que mora no Brasil, sem qualquer
exigncia de prazo mnimo)
+RECIPROCIDADE EM FAVOR DE BRASILEIRO (mesmos direitos que
Portugal conferir aos Brasileiros)
III. No se admite sequer por lei o estabelecimento de diferenas entre
brasileiros natos e naturalizados, exceo daquelas previstas na
Constituio, como quando esta reserva o preenchimento de
determinados cargos a brasileiros natos ou, ento, quando permite a

extradio de brasileiros naturalizados, mas no a de brasileiros natos.


(V)
IV. Perder a nacionalidade e os direitos polticos o brasileiro que tiver
sua naturalizao cancelada por sentena judicial transitada em julgado,
o que pode ocorrer em virtude de atividade nociva ao interesse
nacional. (V)
XXI as
entidades associativas, quando expressamente autorizadas, tm
legitimidade para representar seus filiados judicial ou
extrajudicialmente
entidade associativa = PRECISAM DE AUTORIZAO
REPRESENTA SEUS FILIADOS
JUDICIALMENTE E EXTRAJUDICIALMENTE
QUANDO EXPRESSAMENTE AUTORIZADAS