Sie sind auf Seite 1von 10

ALEXQUIMICA.COM.

BR
PROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

BANCO DE QUESTÕES - FÍSICO-QUÍMICA


EQUILÍBRIO IÔNICO (30 questões)
1. (PUCSP-2002) Considere as seguintes reações de ionização e suas respectivas
constantes:
H2SO3(l) + H2O(l)  3O+(aq) + HSO3–(aq) Ka = 1 × 10–2
HCO2H(g) + H2O(l)   + 2–
3O (aq) + HCO (aq) Ka = 2 × 10–4
HCN(g) + H2O(l)   + –
3O (aq) + CN (aq) Ka = 4 × 10–10
Ao se prepararem soluções aquosas de concentração 0,01mol/L dessas três substâncias,
pode-se afirmar, sobre os valores de pH dessas soluções que:
a) pH H2SO3 < pH HCO2H < 7 < pH HCN
b) pH HCN < pH HCO2H < pH H2SO3 < 7
c) 7 <pH H2SO3 < pH HCO2 < pH HCN
d) pH H2SO3 <pH HCO 2H <pH HCN < 7
e) pH H2SO3 = pH HCO2H = pH HCN <7

2. (UFC-1999) O íon cianeto (CN-), quando na forma de ácido cianídrico (HCN), é um agente
tóxico, não somente originado dos sais iônicos utilizados em processos industriais, mas
também naturalmente da hidrólise da “amigdalina”, substância presente em sementes de
maçã, ameixa e pêssego. A partir dessa informação, considere o equilíbrio químico descrito
abaixo
HCN(g) + H2O(aq) ⇔ CN- (aq) + H3O+ (aq); Ka = 1 x 10-10.
Assinale a alternativa correta.
A elevada acidez do HCN é destacada pelo valor de pKa = 10. Em soluções com valores de
pH acima de 10, há o favorecimento da formação do HCN.
O HCN é considerado um ácido forte, e o valor de Ka justifica as mais elevadas concentrações
de íons CN- e H3O+ comparativamente ao HCN, no equilíbrio.
O íon cianeto é uma base relativamente forte, razão pela qual reage prontamente com ácidos
fracos ou fortes para formar o cianeto de hidrogênio.
O HCN é considerado um ácido fraco, que, em soluções com valores de pH muito abaixo de
10, ocorre majoritariamente na forma dissociada.
A baixa acidez relativa do HCN é ressaltada pelo modelo de Lewis, onde o íon CN- atua como
um bom receptor de pares de elétrons sigma.

3. (Fuvest-1998) À temperatura ambiente, o pH de um certo refrigerante, saturado com gás


carbônico, quando em garrafa fechada, vale 4. Ao abrir-se a garrafa, ocorre escape de gás
carbônico. Qual deve ser o valor do pH do refrigerante depois de a garrafa aberta?

a) pH = 4
b) 0 < pH < 4
c) 4 < pH < 7
d) pH = 7
e) 7 < pH < 14

ALEXQUIMICA.COM.BR
PROF. ALEXANDRE OLIVEIRA
ALEXQUIMICA.COM.BR
PROF. ALEXANDRE OLIVEIRA
4. (Vunesp-1999) A 25° C, o pOH de uma solução de ácido clorídrico, de concentração 0,10
mol/L, admitindo se dissociação total do ácido, é:

Dados (a 25 ° C):
[H+] [OH-] = 1,0 . 10-14
pOH = - log [OH-]

a) 10-13
b) 10-1
c) 1
d) 7
e) 13

5. (Fuvest-1999) A criação de camarão em cativeiro exige, entre outros cuidados, que a água
a ser utilizada apresente pH próximo de 6.
Para tornar a água, com pH igual a 8,0, adequada à criação de camarão, um criador poderia:

a) adicionar água de cal.


b) adicionar carbonato de sódio sólido.
c) adicionar solução aquosa de amônia.
d) borbulhar, por certo tempo, gás carbônico.
e) borbulhar, por certo tempo, oxigênio.

6. (PUCSP-2002) Uma solução aquosa de peróxido de hidrogênio (H2O2), de concentração


0,1 mol/L, decompõe-se quando em solução alcalina, a 20° C, segundo a equação.
H2O2(aq)  H2O(l) + O2(g)
O acompanhamento da velocidade de decomposição do peróxido de hidrogênio nessas
condições representado pelo gráfico

Em um segundo experimento, o acompanhamento cinético da decomposição do H2O2, nas


mesmas condições de pH, resultou no seguinte gráfico.

ALEXQUIMICA.COM.BR
PROF. ALEXANDRE OLIVEIRA
ALEXQUIMICA.COM.BR
PROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

Analisando os dois gráficos, pode-se afirmar, a respeito da concentração inicial de H2O2 e da


temperatura no segundo experimento que
a) [H2O2]inicial = 0,1mol/L e T = 20° C
b) [H2O2]inicial = 0,2mol/L e T > 20° C
c) [H2O2]inicial = 0,2mol/L e T = 20° C
d) [H2O2]inicial = 0,2mol/L e T < 20° C
e) [H2O2]inicial = 0,3mol/L e T > 20° C

7. (Mack-2002) A concentração de íons hidrogênio num suco de laranja que possui pH = 4,0
é:
a) 4x10 -14 mol/litro.
b) 1x104 mol/litro.
c) 1x10 -4. mol/litro.
d) 1x1010. mol/litro.
e) 4x10 -10. mol/litro.

8. (PUCSP-2000) O hidróxido de magnésio (Mg(OH)2) é um anti-ácido largamente utilizado.


Assinale a alternativa que indica a massa de Mg(OH)2 que deve ser adicionada a 1 L de
solução para aumentar o seu pH de 1 para 2, admitindo que essa adição não acarreta em
uma variação do volume da solução.
a) 0,1 g
b) 2,6 g
c) 5,8 g
d) 12,0 g
e) 5,2 g

9. (Mack-2001) Assinale, das misturas citadas, aquela que apresenta maior caráter básico.
a) Leite de magnésia, pH = 10
b) Suco de laranja, pH = 3,0
c) Água do mar, pH = 8,0
d) Leite de vaca, pH = 6,3
e) Cafezinho, pH = 5,0

10. (Fuvest-1994) Ao tomar dois copos de água, uma pessoa diluiu seu suco gástrico (solução
contendo ácido clorídrico) de pH = 1, de 50 para 500 ml. Qual será o pH da solução resultante
logo após a ingestão da água?
a) 0
ALEXQUIMICA.COM.BR
PROF. ALEXANDRE OLIVEIRA
ALEXQUIMICA.COM.BR
PROF. ALEXANDRE OLIVEIRA
b) 2
c) 4
d) 6
e) 8

11. (UPE-2001) Dispõe-se de 100,0 mL de uma solução 0,10 mol/L de hidróxido de sódio. Um
estudante gotejou, utilizando uma pipeta graduada, 36 gotas de uma solução de ácido
clorídrico 5,0 mols/L sobre a solução alcalina.
Após o término da reação (despreze a variação de volume com a adição do ácido clorídrico),
é de se esperar que o pH da solução alcalina diminua de
Dados: Na =23u, H =1u, O = 16u, Cλ =35,5u.
Volume de uma gota = 0,05 mL.

A) 2 para 1.
B) 13 para 12. Dados:
C) 10 para 8. Na =23u, H =1u, O = 16u, Cλ λ =35,5u.
Volume de uma gota = 0,05 mL.
D) 9 para 8.
E) 13 para 11.

12. (UFMG-1999) Considere duas soluções aquosas diluídas, I e II, ambas de pH = 5,0. A
solução I é um tampão e a solução II não.

Um béquer contém 100 mL da solução I e um segundo béquer contém 100 mL da solução II.
A cada uma dessas soluções, adicionam-se 10 mL de NaOH aquoso concentrado.

Assinale a alternativa que apresenta corretamente as variações de pH das soluções I e II,


após a adição de NaOH (aq).

A) O pH de ambas irá aumentar e o pH de I será menor do que o de II.

B) O pH de ambas irá diminuir e o pH de I será maior do que o de II.

C) O pH de ambas irá aumentar e o pH de I será igual ao de II.

D) O pH de ambas irá diminuir e o pH de I será igual ao de II.

13. (UFU-2001) A água destilada, após contato com a atmosfera, durante certo tempo,
apresenta um pH menor que 7,0. Esse valor de pH deve-se à dissolução do seguinte
composto na água:
A) H2
B) NO
C) CO2
D) N2O

14. (UFV-2001) Para que uma solução de ácido clorídrico tenha um pH aproximadamente
igual a 2, a sua concentração em mol L-1 deverá ser:

A) 0,02
ALEXQUIMICA.COM.BR
PROF. ALEXANDRE OLIVEIRA
ALEXQUIMICA.COM.BR
PROF. ALEXANDRE OLIVEIRA
B) 2
C) 0,2
D) 0,1
E) 0,01

15. (UFRN-1997) Tem-se maior acidez na solução aquosa 0,1 mol/L de:

A) NaCl
B) NH3
C) CH3CH2OH
D) HNO3
E) KOH

16. (UFRN-1998) Determinada marca de cachaça apresenta [ H+ ] = 1,0 . 10 -4 .


O pH dessa bebida é:
A) 10 B) 8 C) 6 D) 4

17. (Fuvest-2003) Um indicador universal apresenta as seguintes cores em função do pH da


solução aquosa em que está dissolvido:

A 25,0 mL de uma solução de ácido fórmico (HCOOH), de concentração 0,100 mol/L,


contendo indicador universal, foi acrescentada, aos poucos, solução de hidróxido de sódio
(NaOH), de concentração 0,100 mol/L. O gráfico mostra o pH da solução resultante no
decorrer dessa adição.

a cor da solução era


a) vermelha
b) laranja
c) amarela
d) verde
e) azul

18. (Mack-2003) A tabela de pH abaixo mostra o comportamento de um indicador ácido-base.

ALEXQUIMICA.COM.BR
PROF. ALEXANDRE OLIVEIRA
ALEXQUIMICA.COM.BR
PROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

O valor do pH para uma amostra de vinagre e a cor do indicador em presença de leite de


magnésia devem ser:
A) maior que 7 e rosa.
B) menor que 7 e verde.
C) maior que 7 e verde.
D) igual a 7 e azul.
E) menor que 7 e azul.

19. (UnB-2001) A vitamina C, importante composto orgânico que, como todas as demais
vitaminas, é essencial à vida humana, foi isolada em 1928. Ela apresenta as seguintes
características: é insolúvel em derivados líquidos do petróleo; sua solução aquosa apresenta
pH < 7; é isômero de um composto cuja fórmula molecular é C6H8O6; atua como antioxidante.
Ainda a partir das informações do texto III, julgue os itens que se seguem, a respeito da
vitamina C.
(1) Essa substância deve fazer parte da dieta do ser humano, uma vez que não é sintetizada
pelo organismo.
(2) Essa vitamina é uma substância polar.
(3) A vitamina C apresenta caráter básico.
(4) É correto concluir que, na estrutura dessa vitamina, existem grupos capazes de sofrer
redução.

20. (Fuvest-2002) O vírus da febre aftosa não sobrevive em pH < 6 ou pH> 9, condições
essas que provocam a reação de hidrólise das ligações peptídicas de sua camada protéica.
Para evitar a proliferação dessa febre, pessoas que deixam zonas infectadas mergulham, por
instantes, as solas de seus sapatos em uma solução aquosa de desinfetante, que pode ser o
carbonato de sódio. Neste caso, considere que a velocidade da reação de hidrólise aumenta
com o aumento da concentração de íons hidroxila (OH-). Em uma zona afetada, foi utilizada
uma solução aquosa de carbonato de sódio, mantida à temperatura ambiente, mas que se
mostrou pouco eficiente. Para tornar este procedimento mais eficaz, bastaria:
a) utilizar a mesma solução, porém a uma temperatura mais baixa.
b) preparar uma nova solução utilizando água dura (rica em íons Ca2+).
c) preparar uma nova solução mais concentrada.
d) adicionar água destilada à mesma solução.
e) utilizar a mesma solução, porém com menor tempo de contacto.

21. (PUCRS/2-2001) Considere as seguintes reações de neutralização


1 – HCl + NH4OH    4Cl + H2O
2 – NaOH + HCl
 2O
3 – CH3COOH + NaOH    3COONa + H2O
O pH das soluções dos sais obtidos nas reações 1, 2 e 3 são, respectivamente,
A) menor que 7; igual a 7; maior que 7.
B) menor que 7; menor que 7; igual a 7.
C) igual a 7; igual a 7; igual a 7.
D) igual a 7; maior que 7; menor que 7.
E) maior que 7; igual a 7; menor que 7.
ALEXQUIMICA.COM.BR
PROF. ALEXANDRE OLIVEIRA
ALEXQUIMICA.COM.BR
PROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

22. (PUCRS/1-2001) INSTRUÇÃO: Responder à questão 9 com base no quadro abaixo, que
apresenta compostos, nomes comuns e valores de pH, que podem ou não estar corretamente
associados.

A alternativa que contém as associações corretas é


A) I – II – III
B) II – III – IV
C) III – IV
D) III – IV – V
E) IV – V

23. (Vunesp-2003) Numa estação de tratamento de água, uma das etapas do processo tem
por finalidade remover parte do material em suspensão e pode ser descrita como adição de
sulfato de alumínio e de cal, seguida de repouso para a decantação.
a) Quando o sulfato de alumínio – Al2(SO4)3 – é dissolvido em água, forma-se um precipitado
branco gelatinoso, constituído por hidróxido de alumínio. Escreva a equação balanceada que
representa esta reação.
b) Por que é adicionada cal – CaO – neste processo?

24. (PUC-SP-1996) Uma solução saturada de base, representada por X(OH)2 cuja reação de
equilíbrio é:

X(OH)2(s)⇔ X2+(aq) + 2OH-(aq)

tem um pH=10 a 25¡C. O produto de solubilidade (Kps) do X(OH)2 é:


a) 5.10-13
b) 2.10-13
c) 6.10-12
d) 1.10-12
e) 3.10-10

25. (UFF-1998) O valor da constante do produto de solubilidade (Kps) do AgBr(s) a 25° C


é 4,9 x 10-13 .
A solubilidade molar deste composto na presença da solução de KBr 0,20 M é:
A) 2,45 x 10-12 M
B) 4,90 x 10-13 M
C) 7,00 x 10-7 M
D) 9,80 x 10-14 M
E) 4,90 x 10-7 M
ALEXQUIMICA.COM.BR
PROF. ALEXANDRE OLIVEIRA
ALEXQUIMICA.COM.BR
PROF. ALEXANDRE OLIVEIRA

26. (ITA-2002) Seja S a solubilidade de Ag3PO4 em 100g de água pura numa dada
temperatura. A seguir, para a mesma temperatura, são feitas as seguintes afirmações a
respeito da solubilidade de Ag3PO4 em 100g de diferentes soluções aquosas:
I. A solubilidade do Ag3PO4 em solução aquosa 1mol/L de HNO3 é maior do que S.
II. A solubilidade do Ag3PO4 em solução aquosa 1mol/L de AgNO3 é menor do que S.
III. A solubilidade do Ag3PO4 em solução aquosa 1mol/L de Na3PO4 é menor do que S.
IV. A solubilidade do Ag3PO4 em solução aquosa 1mol/L de KCN é maior do que S.
V. A solubilidade do Ag3PO4 em solução aquosa 1mol/L de NaNO3 é praticamente igual a S.
Destas afirmações, estão CORRETAS:
A) Apenas I, II e III.
B) apenas I, III e IV.
C) apenas II, III e IV.
D) apenas II, III e V.
E) todas.

27. (UFF-1998) O valor da constante do produto de solubilidade (kps) do AgBr(s) a 25 oC


é 4,9 x 10–13.
A solubilidade molar deste composto na presença da solução de KBr 0,20 M é:

(A) 2,45 x 10–12 M


(B) 4,90 x 10–13 M
(C) 7,00 x 10–7 M
(D) 9,80 x 10–14 M
(E) 4,90 x 10–7 M

28. (UFF/1-2000) Em presença de íons em solução e de sólido pouco solúvel formado por
esses íons, o produto de solubilidade expressa o equilíbrio entre os íons e o sólido. A uma
dada temperatura tal solução encontra-se saturada em relação às espécies que formam o
sólido.Para a substância M(OH)2 de Kps igual a 1,4 x 10–14 em que M representa um metal,
assegura-se:

A) A mudança de acidez não afeta a solubilidade de M(OH)2, pois, o sistema se encontra em


equilíbrio.
B) A adição de HCl 0,10M faz aumentar a solubilidade do composto M(OH)2.
C) A adição de NaOH 0,10 M faz com que a posição de equilíbrio se desloque para a direita.
D) A adição de H+ diminui a solubilidade de M(OH)2
E) A adição de M2+ aumenta a solubilidade de M(OH)2.

29. (UFRN-1998) Volumes iguais de HCl 0,1mol/L e H2SO4 0,1 mol/L são misturados em um
tubo de ensaio. Adicionando-se a esse tubo, gota a gota, uma solução de AgNO3 0,1mol/L e
dados:

Kps ( AgCl)(s) = 1,8 . 10 -10


Kps (Ag2SO4) (s) = 1,5 . 10 -5 ,

espera-se que
A) o cloreto de prata precipite inicialmente.
B) o cloreto de prata e o sulfato de prata precipitem simultaneamente.
ALEXQUIMICA.COM.BR
PROF. ALEXANDRE OLIVEIRA
ALEXQUIMICA.COM.BR
PROF. ALEXANDRE OLIVEIRA
C) o sulfato de prata seja o único sal a precipitar.
D) o sulfato de prata precipite inicialmente.

30. (Mack-2002)
Com os dados da tabela, pode-se afirmar que:
a) I, II, III e IV são soluções ácidas.
b) somente II é uma solução básica.
c) somente I, III e IV são soluções ácidas.
d) somente I, II e III são soluções básicas.
e) somente III é solução básica.

RESPOSTAS

1. Resposta: D

2. Resposta : C

3. Resposta: C

4. Resposta: E

5. Resposta: D

6. Resposta: B

7. Resposta: C

8. Resposta: B

9. Resposta: A

10. Resposta B

11. Resposta : B

12. Resposta : A

13. Resposta: C

14. Resposta : E

ALEXQUIMICA.COM.BR
PROF. ALEXANDRE OLIVEIRA
ALEXQUIMICA.COM.BR
PROF. ALEXANDRE OLIVEIRA
15. Resposta: D

16. Resposta: D

17. Resposta: B

18. Resposta: B

19. Itens Certos: (1) e (2)


Itens Errados: (3) e (4)

20. Resposta: C

21. Resposta: A

22. Resposta: C

23. a) hidrólise do Al 2(SO4)3:


Al 2(SO4)3 + 6HOH  2Al (OH)3 + 6H+ + 3SO42–

b) A cal é um óxido de caráter básico e, portanto, reage com água produzindo Ca(OH)2:
CaO + H2O  Ca(OH)2
O hidróxido de cálcio formado reage com ácido sulfúrico:
Ca(OH)2 + H2SO4  CaSO4 + 2H2O
Os íons H+ resultantes da hidrólise são neutralizados pelos íons OH–. Portanto, a adição de
cal provoca diminuição da acidez, elevando o pH.

24. Resposta: A

25. Resposta: A

26. Resposta: E

27. Resposta : A

28. Resposta : B

29. Resposta: A

30. Resposta: B

ALEXQUIMICA.COM.BR
PROF. ALEXANDRE OLIVEIRA