Sie sind auf Seite 1von 1

Rua Luiza de Carvalho, 79

Vicente de Carvalho
Rio de Janeiro-RJ CEP 21371-250
Fone (21) 3391-0300
www.ibne.com.br

DICAS E TRUQUES: COMO CANTAR MELHOR E EXPLORAR O


SEU POTENCIAL
Podemos observar, na Bíblia, palavras e expressões que nos motivam a ser e fazer o
melhor qualquer função ou serviço executados para Deus! Em Salmos 33:3 vemos o seguinte versículo:
“...tangei com arte e com júbilo.”
Tanger é o ato de tocar qualquer instrumento. As cordas vocais são o instrumento de quem
canta.
Arte significa técnica ou habilidade; é a atividade humana feita a partir de percepção,
emoções e ideias para despertar nos expectadores um significado único e diferente para cada obra.
Júbilo significa grande alegria ou contentamento; é um regozijo; mais do que alegria. No
caso de quem serve a Deus é ter a alegria do chamado.
Em Êxodo 31, o Senhor manta trazer artífices para a obra do Tabernáculo. E Ele deu a
esses homens habilidade, conhecimento e inteligência para fazerem o que Deus lhes ordenou. Artífice é
todo aquele que exerce arte mecânica. Em I Cr. 25:7, os cantores eram instruídos e mestres.
Então podemos pensar: mas o que isto tem a ver com cantar? No último artigo, vimos que
temos que louvar ao Senhor com consciência; cantar e tocar com arte faz parte disso.
Para que cantemos bem, o primeiro passo é respirar bem. É importantíssimo para o cantor
aprender a respirar corretamente, através do diafragma. A boa respiração traz uma maior sustentação de
notas. Quem canta bem, respira bem. Não se pode cortar palavras no meio enquanto se canta.
O bom cantor deve aprender as técnicas vocais com a finalidade de trabalhar a sua tessitura
que é o conjunto dos sons que melhor convém a uma voz, ou seja, o que melhor convém e não o que
queremos fazer com a nossa voz. A voz deve ser usada com responsabilidade pois Deus nos confiou o uso
dela. As técnicas vocais trabalham também a dicção e nos ensinam a colocar o som no lugar certo.
Há também técnicas para empostação de voz que é o ato de modular a voz ou as notas na
laringe para facilitar o canto. A empostação nos ajuda a cantar com mais recursos de forma que não nos
cansemos e para que não fiquemos afônicos.
Cantar bem significa conhecer os nossos limites. Exemplo: se alguém gosta de cantar
músicas agudas, porém não possui a extensão vocal apropriada não deve insistir em cantar músicas assim.
Devemos procurar cantores que tenham a extensão vocal parecida com a nossa.
Como descobrir isso? Para escolher a música certa, devemos ouvir o CD e devemos cantar
junto com ele. Se observarmos que nos cansamos e que a voz está perdendo o brilho e a intensidade
enquanto cantamos àquela música, isso significa que ela não é própria para a sua voz.
Não devemos permitir que alguém exija da nossa voz mais do que ela possa dar. Esse
procedimento Pode causar edema ou até mesmo um calo nas cordas vocais. Não se dá aulas de canto para
crianças pois estas, estão em processo de mudança de voz. As crianças que gostam de músicas devem
fazer musicalização infantil através de instrumentos.
Quer aprender mais? Venha estudar canto conosco na Igreja Batista Nova Ebenézer.
Shalom.

Informações: claudiamundmusic@gmail.com ou pelo telefone: 9909-7567.

Por: Cláudia Araujo