Sie sind auf Seite 1von 1

Teatro Samba da nossa gente

(Monique Saliba)
Duração : 20 Minutos
Cenário: CDs velhos pintados pelas crianças fazendo um
móbile no teto e painel de fundo azul com CDs colados.
Roteiro do Teatro:
(Narrador) O Brasil é um país muito rico, na nossa cultura
temos vários estilos musicais, mas existe um ritmo que está no
sangue desde bebês - o samba. Mesmo quem não sabe dançar,
sabe dar uns passinhos e mexer o seu corpinho. Vamos viajar
agora no tempo do samba da nossa gente...
• Entram crianças (vestidas de sambistas, com roupas
coloridas ou fantasias) sambando ao som da música
Aquarela do Brasil.
(Narrador) No samba temos alegria e magia, além de muito
ritmo que sempre acompanhado de diversos instrumentos
fazem ferver e vibrar nosso corpo.
• Entram as crianças tocando diversos instrumentos de
percussão como: maracas, pandeiros e tambores, que poderão ser confeccionados de sucata .
(Narrador) Mas não pára por aí! Falar de samba é falar em Carmen Miranda que neste ano
comemora o centenário de uma personagem que tem muita história. Vamos, então, homenageá-la,
trazendo beleza e graciosidade dos seus movimentos . A alegria, a cor, o movimento, a música,
fazem parte de um Brasil que gostamos de reconhecer como nosso.
• Entram crianças vestidas de Carmen Miranda sambando ao ritmo da Música O que é que a
baiana tem?
(Narrador) As máscaras trazem um encantamento, um mundo imaginário, podemos transformar
em fadas, bruxas, princesas ou super heróis. Tudo é permito neste universo de faz de conta e
fantasia. Falar em Carnaval é permitir que o samba, a fantasia e a animação façam parte do nosso
mundo infantil, com marchinhas inesquecíveis, de vários anos de tradição e memória.
• Entram crianças fantasiadas com máscaras diversas, ao som de marchinhas carnavalescas
antigas como: As Pastorinhas, Mamãe eu quero, Máscara Negra, entre outras.
(Narrador) Ah! Que beleza! O samba é raça, é nosso povo e temos muito que comemorar, afinal de
contas hoje é dia de Carnaval e vamos todos agora sambar e fazer desta festa mais que uma data,
mas um momento de celebração da cultura do nosso povo, que faz parte dos nossos corações.
• Entram todos pulando e dançando ao som da música Hoje é dia de Carnaval de: Paulo e Zé
Tatit.
OBS: Para encerrar o teatro os pais/responsáveis devem ser convidados a dançarem junto
com seus filhos. Durante a dança os professores devem animar lançando confetes e
serpentinas, oferecendo às crianças e adultos para que também os lancem.