Sie sind auf Seite 1von 45

LISTA DOS MEDICAMENTOS PADRONIZADOS

• ÁCIDO ACETILSALICÍLICO (ASPIRINA)


Nome Comercial/Apresentação
AAS/Aspirina adulto 500mg/comprimido
AAS/Aspirina infantil 100mg/comprimido
Categoria Terapêutica Analgésico, Antiinflamatório nãoesteroidal, Antipirético,
Antiagregante Plaquetário
Dose Usual
Analgésico e Antipirético: Adultos: 325-650mg, VO, a cada 4-6h (até 4g/dia). Crianças: 10-
15mg/kg/dose, VO, a cada 4-6h (até 60-80mg/kg/24h)
Antiinflamatório: Adultos inicial: 2,4-3,6g/dia; Manutenção: 3,6-5,4g/dia fracionados em 3-4
administrações. Crianças: Inicial: 60-90mg/kg/dia; Manutenção: 80-100mg/kg/dia,
fracionados em 3-4 administrações (máx.3,6g/dia)
Antiagregante plaquetário: Adultos: 81-500mg/dia.
Crianças: 3-5mg/kg/dia, 2 vezes/semana
Preparo/Administração
Deve ser ingerido com a alimentação, leite ou um copo cheio de água para minimizar os
efeitos sobre o trato GI

• ADRENALINA (EPINEFRINA)
Nome Comercial
Adrenalina 1mg/mL (1:1000) – ampola 1mL
Categoria Farmacêutica Agonista Adrenérgico
Indicação Alívio de broncoespasmo; alívio das reações de hipersensibilidade a
Medicamentos e outros alérgenos; prolongamento da ação de infiltrações anestésicas; para

1
restabelecer o rítmo cardíaco na parada cardíaca; para o relaxamento e inibição da contração
da musculatura uterina; no prolongamento da ação de anestésico
local e intraspinal; para ressuscitação na parada cardíaca devido a um acidente
anestésico; no glaucoma simples
Dose Usual
Crianças
Broncodilatação: 10mcg/kg (0,01mL/kg), SC (dose máx. 0,5 mg), repetir a cada 4h, se
necessário
Bradicardia: 0,01mg/kg, EV em 3-5 min; se for necessário, dose máx. 1mg/10mL
Assístole: 1 dose 0,01mg/kg (0,01mL/kg); doses subsequentes:0,1mg/kg
Adultos
Assístole: 1mg, a cada 3-5min
Broncodilatação: 0,1-0,5mg, IM/SC, 10 a 15min-4h
Preparo/Administração
Diluição recomendada: rediluir 1mg em SF, SG – 250mL
Tempo de infusão: 1-10mcg/min
Estabilidade: a solução não utilizada deve ser desprezada; proteger da luz; não utilizar se a
solução estiver escurecida ou com precipitado
Vias de administração: EV, IM, SC, injeção intracardíaca
Obs: IM – Evitar a injeção nos glúteos

• ÁGUA DESTILADA
Nome Comercial/Apresentação
Ampolas: 10mL e 20mL
Frascos: 250mL, 500mL, 3000mL
Categoria Terapêutica Diluente

• ALOPURINOL
Nome Comercial/Apresentação
Zyloric 100mg/comprimido
Zyloric 300mg/comprimido
Categoria Terapêutica Uricosúrico

2
Indicação Redução da formação de urato/ácido úrico nas principais manisfestações de
depósito de urato/ácido úrico, tais como artrite gotosa, tofos cutâneos e nefrolitíase ou quando
existe um risco clínico potencial (ex: tratamento de tumores que podem desencadear efropatia
aguda por ácido úrico); controle de cálculos renais recorrentes de oxalato de cálcio
Dose Usual
Adultos e crianças >10 anos: 100-300mg, VO, 1 vez ao dia; gota em condições
moderadamente graves: 200-300mg/dia, VO, fracionados em 2-3 administrações; gota em
condições graves: 400-600mg/dia, VO, fracionados em 2-3 administrações Crianças 6-10
anos: 300mg/dia, VO, fracionados em 2-3 administrações Crianças < 6 anos:150mg/dia, VO,
fracionados em 2-3 administrações
Preparo/Administração
Administrar os comprimidos após as refeições, com bastante líquido

• AMINOFILINA
Nome Comercial/Apresentação
Aminofilina 100mg/comprimido
Aminofilina injetável – 24mg/mL (ampola 10mL)
Aminofilina gotas – 10mg/gota-200mg/mL (frasco 10mL)
Categoria Terapêutica Broncodilatador
Indicação No tratamento e profilaxia de asma-brônquica, bronquite, enfisema pulmonar,
pode ser também empregada como antiespasmódico, estimulante cardíaco e diurético
Dose Usual
Crianças: Gotas (VO), ingerir de 6/6h
Com menos de 1 ano de idade
Dose total diária(mg/kg/dia) = 0,3 x (idade em semanas) + 8
De 1-12anos
6mg/Kg/dose(dose total diária =24mg/kg/dia)
Acima de 12 até 16 anos
5mg/kg/dose(dose total diária = 20mg/kg/dia)
Adultos: 100-200mg, VO, 2-3 vezes/dia;
1-2 ampolas, EV, IM, 1-2 vezes/dia
Preparo/Administração
Deve ser ingerido de preferência após as refeições com uma bebida quente
Diluição recomendada: SF, SG 50-100mL
3
Estabilidade: 24 TA proteger da luz
Tempo de infusão: Não exceder 20 mg/min, IM deve ser aplicada na região glútea,
profundamente.

• AMIODARONA
Nome Comercial/Apresentação
Ancoron/Atlansil 200mg/comprimido sulcado
Ancoron/Atlansil injetável – 50mg/mL (ampola 3mL)
Categoria Terapêutica Antiarrítmico
Indicação
VO – Arritimias supraventriculares e ventriculares
EV – Arritimias ventriculares; sempre que se pretenda reduzir o período de latência,
principalmente quando for iniciado o tratamento de taquicardia ventricular recorrente,
fibrilação ventricular ou ambas
Dose Usual
Crianças
Dose de ataque: 10mg/kg/dia ou 800mg/1,72m2/dia, VO, por 10 dias
Dose de manutenção: 2-4mg/kg/dia, VO, ou 200mg/1,72m2/dia
Injetável, no caso de se requerer suspensão rápida da arritimia: 3-6mg/kg, EV direto, em 5min
Adultos
Arritimias ventriculares: Dose de ataque: 800-1200mg/dia, VO, fracionados em 1-2
administrações por 1-3 semanas;
Dose de manutenção:
400mg/dia, VO, a dosagem aumenta ou diminui conforme a necessidade
Taquicardia supraventricular: Dose de ataque: 600-800mg/dia, VO, durante 1 semana; dose de
manutenção: 200-400mg/dia, VO
Injetável: para suspensão rápida da arritimia: 5mg/kg, EV direto
450-1200mg/24h, EV lento, fracionados em 2-4 administrações
10-20mg/kg/dia, EV contínuo
Preparo/Administração
O comprimido deve ser ingerido durante ou após as refeições
Diluição recomendada: em 250mL SG5%
Obs.: bolsas flexíveis de PVC podem ser utilizadas para infusões de até 4 horas; acima deste
período utilizar frascos de polietileno ou vidro
4
Tempo de Administração: injeção direta em 5min; infusão lenta em 20min-2h; infusão
contínua na velocidade de aproximadamente 7-14mcg/kg/min

• BENZILPENICILINA BENZATINA
Nome Comercial/Apresentação
Benzetacil injetável – 1.200.000UI/4mL (frasco 4mL)
Benzetacil injetável – 600.000UI/4mL (frasco 4mL)
Categoria Terapêutica Antibiótico, Penicilina
Dose Usual
Adultos
Infecção das vias aéreas superiores: 1,2MUI, IM, dose única
Profilaxia de febre reumática recorrente: 1,2MUI, IM, a cada 3-4 semanas ou 600.000UI duas
vezes por mês
Sífilis recente: 2,4 MUI, IM, dose única
Sífilis adquirida a mais de 1 ano: 2,4MUI, IM, uma vez por semana por 3 doses
Crianças
Infecção das vias aéreas superiores: 25.000-50.000UI/kg, IM, dose única (dose máx. 1,2MUI)
Profilaxia de febre reumática recorrente: 25.000-50.000UI/kg, IM, a cada 3-4 semanas (dose
máx. 1,2MUI)
Sífilis congênita: 50.000UI/kg, IM, dose única (dose máx. 2,4MUI)

• BETAMETASONA, acetato (A) + BETAMETASONA, fosfato dissódico (B)


Nome Comercial/Apresentação
Celestone soluspan injetável – 3mg(A) + 3mg(B)/mL (ampola 1mL)
Categoria Terapêutica Antiinflamatório Hormonal, Corticosteróide
Indicação Tratamento de doenças agudas e crônicas suscetíveis aos corticóides como:
alterações osteomusculares e de tecidos moles (artrite reumatóide, osteoartrite, bursite, etc.);
condições alérgicas (asma brônquica, febre do feno, etc.); condições dermatológicas
(dermatite atópica, neurodermatite, dermatite de contato, urticária, etc.); colagenoses (lupus
eritematoso sistêmico, esclerodermia); neoplasias e outras condições
Injeções intramusculares: doenças que respondem aos corticóides sistêmicos
Injeções diretamente no tecido mole afetado, quando indicado
Injeções intra-articulares e periatriculares em artrites

5
Injeções intralesionais em várias condições dermatológicas
Injeções locais em certas alterações inflamatórias e císticas nos pés
Dose Usual A dose deve ser individualizada, de acordo com a gravidade da doença e da
resposta do paciente
Intramuscular: 1-2mL/dia
Intrabursal, Intra-articular e Intradérmica: 0,25-2 ml
Intralesional: Artrite reumatóide/osteoartrite:
•articulações muito grandes (quadril): 1-2mL
•articulações grandes (joelho, tornozelo e ombro): 1 ml
•articulações médias (cotovelo e punho): 0,5-1 ml
•articulações pequenas (mão e tórax): 0,25-0,5mL
Preparo/Administração
Para administração local, pode ser adicionada Lidocaína 1-2%; fazer a mistura na seringa e
não no frasco; agitar levemente antes de aplicar
A injeção IM deve ser profunda na região glútea

• BICARBONATO DE SÓDIO
Nome Comercial/Apresentação
Bicarbonato de Sódio pó – frasco 100g
Bicarbonato de Sódio 8,4% injetável - 84mg/mL = 1mEq/mL(ampola 10mL e frasco 250mL)
1g de Bicarbonato de Sódio = 274 mg de Na2+ = 11,9 mmol de Na2+ e Bicarbonato = 11,9
mEq de Na2+
Categoria Terapêutica Agente alcalinizante oral e parenteral; Antiácido; Repositor
Eletrolítico oral e parenteral
Indicação Correção da acidose metabólica, alcalinização da urina, redutor da acidez gástrica,
tratamento da hipercalemia.
Dose Usual
Alcalinização da urina, oral:
Adultos: Inicial: 48mEq (4g), a seguir 12-24mEq (1-2g), VO, a cada 4h. Dose máx. de
16g/dia (200mEq) para pacientes de até 60 anos e 8g (100mEq) para pacientes com mais de
60 anos
Crianças: 1-10mEq (84-840mg)/kg/dia, VO, fracionados em 4-6 administrações
Antiácido oral: Adultos: 325 a 2g, VO, 1-4 vezes/dia (máx. por 2 semanas)
Acidose metabólica: Adultos: 2-5mEq/kg, EV, em 4-8h
6
• BROMETO DE IPRATRÓPIO
Nome Comercial/Apresentação
Atrovent gotas – 0,250mg/mL = 20 gotas (frasco 20mL)
Categoria Terapêutica Broncodilatador
Indicação No tratamento de manutenção do broncoespasmo associado à Doença Pulmonar
Obstrutiva Crônica (DPOC), incluindo bronquite crônica, enfisema e asma
Dose Usual A posologia deve ser adaptada a critério médico
Crianças < 5 anos: 0,050-0,125mg (4-10 gotas = 0,2-0,5mL) a cada 4-6h
Crianças > 5 anos: 0,125-0,250mg (10-20 gotas = 0,5-1mL) a cada 4-6h
Adultos: 0,250-0,500mg (20-40 gotas = 1-2mL) a cada 4-6h
Preparo/Administração
Diluição recomendada: 3-5mL SF, utilizando-se oxigênio ou ar comprimido e inalada até
esgotar a solução
Estabilidade: A solução deve ser diluída sempre antes de cada utilização, qualquer quantidade
residual deve ser eliminada

• BROMOPRIDA
Nome Comercial/Apresentação
Digesan 10mg/cápsula
Digesan gotas pediátricas – 4mg/mL = 24 gotas (frasco 20mL)
Digesan injetável – 5mg/mL (ampola 2mL)
Categoria Terapêutica Antiemético, Pró-cinético
Dose Usual
Cápsulas: 40-60mg/dia, VO, fracionados em 3 ou 4 tomadas
Gotas pediátricas: 0,5mg (3 gotas) a 1mg (6 gotas)/kg/dia, fracionados em 3-4 tomadas
Injetável: Adultos – 10 a 20mg/dia, IM ou EV
Crianças – 0,5 a 1mg/kg/dia, IM
Preparo/Administração
Diluição: rediluir cada ampola com AD para um volume final de 20mL
Estabilidade: usar após preparo
Tempo de administração: 3-5min

7
• BUPIVACAÍNA (A) + EPINEFRINA (B)
Nome Comercial/Apresentação
Marcaína com epinefrina 0,5% injetável – 0,5mg/mL(A) + 9mcg/mL(B) – frasco 20mL
Categoria Terapêutica Anestésico Local

• CÁLCIO, gluconato de
Nome Comercial/Apresentação
Gluconato de Cálcio 10% injetável – 100mg/mL = 0,45mEq/mL (ampola 10mL)
1g Gluconato de Cálcio = 89mgCa2+ = 2,2mmolCa2+ = 4,5mEqCa2+
Categoria Terapêutica Repositor Eletrolítico
Indicação Tratamento das hipocalcemias em situações que requerem aumento rápido na
concentração de íons Cálcio no soro, tais como tetanias, deficiência de vitamina D e alcalose;
parada cardíaca na presença de hiperpotassemia ou hipocalcemia, intoxicação por magnésio
Dose Usual
Hipocalcemia Adultos: 1-15g/dia, EV, em infusão contínua ou fracionados em doses;
Crianças: 200-500mg/kg/dia, EV, em infusão contínua ou fracionados em 4 administrações
Toxicidade por antagonistas de Cálcio, magnésio ou parada cardíaca na presença de
hiperpotassemia ou hipocalcemia:
Adultos: 500-800mg, EV (máximo 3g/dose); Crianças: 60-100mg/kg/dose (máximo
3g/dose)
Preparo/Administração
Diluição: SF, SG, AD, Ringer
Estabilidade: 24h TA
Tempo de Administração: não exceder 0,7-1,5mEq/min (1,5-3,3mL/min)

• CAPTOPRIL
Nome Comercial/Apresentação
Capoten 12,5mg/comprimido
Capoten 25mg/comprimido
Categoria Terapêutica Inibidor da Enzima Conversora de Angiotensina
Indicação Hipertensão, infarto do miocárdio, nefropatia diabética.

8
Dose Usual A dose deve ser individualizada
Crianças: 0,5 mg/kg/dose, VO (máx. 6mg/kg/dia) fracionados em 2-4 doses
Adultos: Hipertensão: 12,5-25mg, VO, 2-3 vezes/dia (máx. 150mg 3 vezes/dia) Insuficiência
cardíaca: 6,25-12,5mg, VO, 3vezes/dia (máx. 150mg 3 vezes/dia) Infarto do miocárdio: a
terapia deve ser iniciada 3 dias após o infarto do miocárdio com uma dose inicial de 6,25-37,5
mg/dia em doses fracionadas
Preparo/Administração
Deve ser ingerido 1h antes das refeições

• CARBAMAZEPINA
Nome Comercial/Apresentação
Tegretol 200mg/comprimido
Tegretol 2% suspensão oral – 20mg/mL (frasco 100 ml)
Categoria Terapêutica Anticonvulsivo
Dose Usual
Crianças: 10-20mg/kg/dia, VO
Adultos: 100-200mg, VO, 1-2 vezes/dia, aumentar lentamente a dose, geralmente até 400mg
2-3 vezes/dia. Em alguns pacientes a dose de 1600 ou mesmo 2000mg/dia pode ser
apropriada
Preparo/Administração
Suspensão: uma medida cheia = 10 ml = 200mg
A suspensão deve ser agitada antes de usar e deve ser ingerida durante, após ou entre as
refeições com um pouco de líquido.
Para pacientes que estejam passando de Tegretol comprimido para suspensão, deve ser
administrada a mesma quantidade em mg /dia, em doses menores e mais freqüentes

• CEFTRIAXONA
Nome Comercial/Apresentação
Rocefin IM – 1g/frasco
Rocefin EV – 1g/frasco
Categoria Terapêutica Antibiótico, Cefalosporina terceira geração
Dose Usual
Adultos: 1-2g, EV, a cada 12-24h (casos graves 2g a cada 12h)

9
Crianças: 50-100 mg/kg/dia, EV ou IM, fracionados em 1-2 administrações
Preparo/Administração
Reconstituição: Aplicação EV: diluir cada frasco com 10 ml de AD; para aplicação IM diluir
com 3,5mL de Lidocaína 1% (diluente próprio)
Estabilidade: 72 horas TA – 10 dias sob refrigeração
Diluição recomendada: SF, SG, 20-50mL
Estabilidade: 3 dias TA, 10 dias sob refrigeração
Tempo de Administração: Injeção direta (2-4 min em 20 ml); Infusão lenta em 30 minutos

• CIMETIDINA
Nome Comercial/Apresentação
Tagamet injetável – 150mg/mL (ampola 2 ml)
Categoria Terapêutica Bloqueador H2, Antagonista H2
Indicação Úlceras gástricas e duodenais benignas, profilaxia de úlcera duodenal, estados de
hipersecreção gástrica, refluxo gastroesofágico, prevenção do aumento sangramento GI em
pacientes críticos
Dose Usual Adultos: 300-600mg, IM ou EV, a cada 6h ou 37,5mg/h por infusão contínua
(máx. 2400mg/dia)
Crianças: 20-40mg/kg/dia, IM ou EV, a cada 6h
Preparo/Administração
Diluição: 20-100mL de SF, SG ou AD
Estabilidade: 7 dias TA
Tempo de administração: EV direto (mínimo 2min), Infusão lenta (mínimo 30min) e Infusão
contínua (75mg/h durante 24h)

• CETOTIFENO
Nome Comercial/Apresentação
Asdron, Biatós
Comprimido de 1mg
Frascos de 30 ml (1mg/ml) de solução oral (gotas)
Frascos de 100 ml (0,2 mg/ml) de xarope
Categoria Terapêutica Anti-hestamínico H1, antiasmático

10
Indicação Profilaxia da asma brônquica
Dose Usual
Adultos e crianças > 3 anos: 1 mg, 2 vezes por dia VO
Crianças de 6 meses – 3 anos: 0,5 mg, 2 vezes por dia VO
Preparo/Administração
VO: o medicamento deve ser administrado durante as refeições matinal e noturna.

• CETOPROFENO
Nome Comercial/Apresentação
ALGIPROFEN, Artrinid, Bi-Profenid, Profenid
Ampolas de 2 ml (100 mg) de solução injetável
Cápsulas de 50 mg
Comprimidos de 150 mg e 200 mg
Supositórios de 100 mg
Frascos de 200 ml (20 mg/ml) de solução oral a 2 %.
Categoria Terapêutica Antiinflamatório não-esteróide [AINE]
Indicação Transtornos inflamatórios, incluindo artrite reumatóide e osteoartrite
Dose Usual
Adultos: antiinflamatório – 150-300 mg/dia, em 2-3 doses; ou 150-200 mg/dia, nas
preparações retard. VO
Adultos: 100-300 mg/dia infundidos lentamente em 20 min, durante 2 dias IM
Adultos e crianças > 15 anos: retal – 100 mg à noite e pela manhã.
Adultos: Dores e febre – analgésico/antitérmico: 25-50 mg, 4/4h ou 6/6h VO; 50 mg (solução
oral), 6/6h ou 8/8h VO
Crianças de 7-11 anos: 25 mg (solução oral), 6/6h ou 8/8h VO
Crianças 1-6 anos: 1 mg/kg (solução oral), 6/6h ou 8/8h VO

Preparo/Administração
VO: a medicação não deve ser administrada durante às refeições.

• CLOPIDOGREL, Bissulfato de
Nome Comercial/Apresentação
Iscover, Plavix

11
Comprimido de 75 mg.
Categoria Terapêutica Antiagregante plaquetário
Indicação Redução dos eventos ateroscleróticos (IAM, AVE e morte cerebral); pacientes com
aterosclerose documentada por AVE ou infarto do miocárdio recente ou doença arterial
periférica estabelecida.
Dose Usual
Adultos: 75 mg/dia VO
Preparo/Administração
VO: os comprimidos devem ser administrados com alimentos para diminuir a dor epigástrica.

• CLORANFENICOL, base
Nome Comercial/Apresentação
Quemicetina 250mg/comprimido
Quemicetina xarope – 30mg/mL (frasco 100mL)
Quemicetina injetável – 1g/frasco
Categoria Terapêutica Antibiótico, Miscelânea
Dose Usual
Adultos: 50-100mg/kg/dia, VO ou EV, fracionados em 4-6 doses(máx. 4g)
Crianças: 50-100mg/kg/dia, fracionados em 4 administrações
Preparo/Administração
Reconstituição: AD 5mL
Estabilidade: 3 dias sob refrigeração
Tempo de Administração: injeção direta (mínimo 1 minuto)

• CLORETO DE POTÁSSIO (KCl)


Nome Comercial/Apresentação
C Cloreto de Potássio 19,1% injetável – 191mg/mL = 2,56mEq/mL
(ampola 10mL)
Cloreto de Potássio 6% xarope – 60mg/mL (frasco 150mL)
Slow-K 600mg/drágea = 8mEq K+
1g de Cloreto de Potássio = 524mg = 13,4mmol = 13,4mEq
Categoria Terapêutica Repositor Eletrolítico
Indicação Tratamento e prevenção da hipotassemia

12
Dose Usual Adultos: 40-80mEq/dia, VO ou EV
Crianças: 2-3mg/kg/dia, VO ou EV
Prevenção durante terapia diurética: Adultos: 20-40mEq/dia, VO,fracionados em 1-2
administrações; Crianças: 1-2mEq/kg/dia, VO,fracionados em 1-2 administrações
Hipotassemia: Adultos: 5-10mEq/h, EV (monitoração cardíaca é recomendada se a taxa de
infusão >5mEq/h). Não exceder 40mEq/h. Dose máxima: 400mEq/dia
Crianças: não deverá exceder 1mEq/kg/h ou 40mEq/h,EV (monitoração cardíaca é
recomendada se a taxa de infusão >0,5mEq/kg/h). Dose máxima: 3mg/kg/dia ou
40mEq/m2/dia

Preparo/Administração
Oral: as drágeas de KCL devem ser ingeridas inteiras, sem mastigar, após as refeições, com
bastante líquido; o xarope pode ser ingerido puro ou diluído em água ou suco
Injetável:
Diluição: diluir cada ampola em no mínimo 640mL de SF, SG5% para uma concentração
ideal de 40mEq/Litro. Concentração máxima: 80mEq/Litro (1 ampola em 320mL de solução)
Estabilidade: 24h TA ou Ref

• CLORETO DE SÓDIO (NaCl)


Nome Comercial/Apresentação
Cloreto de Sódio 10% – 100mg/mL = 1,71mEq/mL (ampola 10mL)
Cloreto de Sódio 20% – 200mg/mL = 3,42mEq/mL (ampola 10mL e 20mL)
Cloreto de Sódio 0,9% – 9mg/mL = 0,15mEq/mL (ampola 10mL,
frascos PVC: 50mL, 100mL, 250mL, 500mL, 1000mL, 2000mL e frascos sem PVC: 250mL,
500mL)
1g de Cloreto de Sódio = 394 mg de Na+ = 17,1mmol de Na+ e Cl– = 17,1mEq de Na+ e Cl–
Categoria Terapêutica Repositor Eletrolítico, Diluente
Dose Usual Determinada de acordo com a necessidade do paciente

• CLORPROMAZINA
Nome Comercial/Apresentação
Amplictil 25mg/comprimido

13
Amplictil gotas – 1mg/gota (frasco 20mL)
Amplictil injetável – 5mg/mL (ampola 5mL)
Categoria Terapêutica Neuroléptico
Dose Usual
Crianças > 2 anos: Dose inicial – 1mg/kg/dia, VO/IM, fracionadas em 2-3 vezes. Dose
máxima diária: 40mg (crianças < 5 anos) e 75mg (crianças mais velhas)
Obs.: Crianças utilizando a via de administração IM, recomenda-se passar para a VO, assim
que os sintomas estiverem controlados
Adultos: Dose inicial: 25-100mg, VO, repetir se necessário 3-4 vezes /dia (dose máx. 2g/dia)
Injetável: Dose inicial: 25-100mg, IM, repetir se necessário 1-4h, até o controle dos sintomas
Obs.: em pacientes debilitados ou idosos, doses mais baixas são geralmente suficientes para o
controle dos sintomas
Preparo/Administração
Oral: a solução deve ser diluída em 60-120mL de líquido como água, sucos, refrigerantes ou
leite; não administrar antiácidos 1h antes ou depois
Injetável: nos primeiros dias de tratamento, principalmente os hipertensos e hipotensos, é
necessário que os pacientes se deitem durante meia-hora em posição horizontal, sem
travesseiro, logo após a tomada do medicamento
Estabilidade: não reaproveitar
Via de administração: somente IM

• CODEÍNA + PARACETAMOL
Nome Comercial/Apresentação
Tylex 7,5mg comprimido – 7,5mg codeína + 500mg paracetamol
Tylex 30mg comprimido – 30mg codeína + 500mg paracetamol
Categoria Terapêutica Analgésico Opiáceo
Indicação Tylex 7,5mg – Para o alívio de dores de intensidade leve, como as que
acompanham os estados gripais e pequenos ferimentos ou contusões
Tylex 30mg – Para o alívio de dores de grau moderado a intenso, como nas decorrentes de
traumatismos, pós-operatório, pós-extração dentária, neuralgia, lombalgia e dores de origem
articular
Dose Usual Adultos
Tylex 7,5mg: 1 comprimido, VO, a cada 4h
Tylex 30mg: 1 comprimido, VO, a cada 4h
14
Nas dores de grau intenso, recomenda-se 2 comprimidos a cada 4h

• DESLANATOSÍDEO C
Nome Comercial/Apresentação
Cedilanide injetável – 0,2mg/mL (ampola 2mL)
Categoria Terapêutica Glicosídeo Cardíaco
Indicação Insuficiência cardíaca congestiva aguda e crônica de todos os tipos, qualquer que
seja sua fase, especialmente as associadas com fibrilação ou flutter supraventricular e
aumento da frequência cardíaca; taquicardia paroxística supraventricular
Dose Usual A posologia deve ser adaptada as necessidades individuais de cada paciente
Crianças: digitalização rápida (24h) em casos de urgência: 0,02-0,04mg/kg/dia, EV ou IM,
fracionados em 1-3 administrações
Adultos: digitalização rápida (24h) em casos de urgência: 0,8-1,6mg, EV ou IM, fracionados
em 1-4 administrações
Digitalização lenta (3-5dias): 0,6-0,8mg, EV ou IM, fracionados em doses
Preparo/Administração
Tempo de Administração: Injeção direta que deve ser administrada lentamente

• DEXAMETASONA
Nome Comercial/Apresentação
Decadron 0,5mg/comprimido
Decadron 0,75mg/comprimido
Decadron 4mg/comprimido
Decadron injetável – 2mg/mL (ampola 1mL)
Decadron injetável – 4mg/mL (ampola 2,5mL)
Decadron elixir – 0,1mg/mL (frasco 120mL)
Categoria Terapêutica: Antiinflamatório Hormonal, Corticosteróide, Antiemético
Indicação Tratamento sistêmico e local para inflamação crônica, alérgica, hematológica,
neoplásica e doenças auto-imunes; pode ser usado no tratamento de edema cerebral, choque
séptico, como agente diagnóstico e antiemético
Dose Usual A dose deve ser individualizada, de acordo com a gravidade da doença e da
resposta do paciente
Antiinflamatório

15
Adultos: 0,75-9mg/dia, VO ou IM ou EV, fracionados em doses a cada 6-12h
Intra-articular, intralesional e nos tecidos moles: 0,4-6mg/dia
Antiemético (antes da quimioterapia)
Adultos/Crianças: 10mg/m2/dose (usualmente 20mg), VO ou EV, antes da primeira dose de
quimio e 5mg/m2/dose, a cada 6h, se necessário
Choque (de origem hemorrágica, traumática ou cirúrgica): 2-6mg/kg, EV, de uma só vez.
Pode ser repetida após 2-6 horas, se o choque persistir
Preparo/Administração
A formulação oral deverá ser ingerida junto às refeições
Diluição: 4-10mg em 50mL SG/SF
Estabilidade: 24h TA, 2 dias sob refrigeração
Tempo de Administração: injeção direta, infusão lenta, infusão contínua

• DEXAMETASONA(A) + CLORANFENICOL(B)
Nome Comercial/Apresentação
Dexafenicol colírio – 1mg/mL (A) + 5mg/mL (B) (frasco 5mL)
Categoria Terapêutica Corticosteróide + antimicrobiano oftálmico
Indicação Nos processos agudos inflamatórios, alérgicos e infecciosos do segmento anterior
do olho, quando em presença de germes sensíveis ao Cloranfenicol
Dose Usual
Instilar 1 a 2 gotas no saco conjuntival, três vezes por dia, reduzindo-se gradativamente a
dosagem com a melhora da inflamação ocular, ou a critério médico

• DEXCLORFENIRAMINA
Nome Comercial/Apresentação
Polaramine 2mg/comprimido
Polaramine líquido – 0,4mg/mL (frasco 120mL)
Categoria Terapêutica Antihistamínico, Bloqueador H
Indicação Rinite alérgica perene e sazonal e outros sintomas alérgicos incluindo urticária
Dose Usual Adultos: 2mg, VO, a cada 4h-6h
Crianças 6-11 anos: 1mg, VO, a cada 4-6h
Crianças 2-5 anos: 0,5mg, VO, a cada 4-6h

16
• DIAZEPAM
Nome Comercial/Apresentação
Dienpax/Valium 5mg/comprimido
Dienpax/Valium injetável – 5mg/mL (ampola 2mL)
Categoria Terapêutica Ansiolítico, Benzodiazepínico, Anticonvulsivo, Sedativo
Dose Usual
Crianças: Ansiedade: 0,12-0,8mg/kg/dia, VO, em doses fracionadas a cada 6-8h; Injetável:
0,04-0,3mg/kg, EV ou IM, a cada 2-4h
Adultos: 2-10mg, VO, 2-4 vezes/dia; Injetável: 2-10mg, EV ou IM, pode repetir em 3-4h se
for necessário
Preparo/Administração
Deve ser ingerido com um pouco de líquido
Diluição recomendada: não pode ser redíluido em soluções parenterais
Estabilidade: não reaproveitar a ampola Tempo de infusão: 2-5mg/min

• DICLOFENACO SÓDICO
Nome Comercial/Apresentação
Voltaren 50mg/comprimido
Voltaren retard 100mg/comprimido
Voltaren supositório – 50mg/sp
Voltaren injetável – 25mg/mL (ampola 3mL)
Categoria Terapêutica Analgésico, Antiinflamatório nãoesteroidal
Dose Usual Adultos
Oral 200mg/dia, VO,fracionados 2-3 vezes/dia ou 100mg (retard),
D VO, 1 vez/dia
Supositório 50mg, VR, 1 vez ao dia (dose máx. 50mg, 3 vezes/dia)
Injetável 75mg/dia, IM
Preparo/Administração
Deve ser ingerido com um pouco de líquido, de preferência antes das refeições
O supositório pode ser administrado como tratamento complementar, à noite ao deitar
Via de Administração: IM (quadrante superior externo da região glútea). Não aplicar no braço

• DIGOXINA

17
Nome Comercial/Apresentação
Digoxina 0,25mg/comprimido
Digoxina ped. Solução – 0,05mg/mL (frasco 60mL)
Digoxina injetável – 0,25mg/mL (ampola 2mL)
Categoria Terapêutica Antiarrítmico, Glicosídeo Cardíaco
Indicação Insuficiência cardíaca congestiva, fibrilação e/ou flutter atrial e taquicardia
supraventricular
Dose Usual A dose deve ser ajustada individualmente por paciente
Crianças < 10 anos: 0,01-0,02mg/kg, VO, a cada 6h, até que o resultado terapêutico seja
obtido, geralmente após a administração 2-4 vezes/dia; dose manutenção: 0,01-0,02mg/kg,
VO, 1 vez/dia
Adultos e crianças >10 anos: digitalização rápida: 0,75-1,5mg, VO, 1 vez/dia;
digitalização lenta: 0,25-0,75mg, VO, 1 vez/dia; manutenção: 0,25-0,5mg, VO, 1 vez/dia ou
em doses fracionadas como for necessário e de acordo com o clearence de creatinina na
insuficiência renal
Injetável: a dose deve ser de 20 a 25% menor que a dose oral
Preparo/Administração
Diluiçao recomendada: SF, SG no mínimo de 5mL (pode ocorrer precipitação se for rediluído
com < volume)
Tempo de Administração: mínimo de 5min
Vias de administração: EV, IM

• DILTIAZEM
Nome Comercial
Cardizem/Balcor 30mg/comprimido
Cardizem/Balcor 60mg/comprimido
Balcor injetável – 50 mg/frasco
Categoria Terapêutica Bloqueador de Canais de Cálcio
Indicação Tratamento da insuficiência coronária, em todas as formas de angina do peito (de
repouso, esforço, Prinzmetal e mesmo angina pós-infarto agudo do miocárdio); tratamento da
isquemia silenciosa e arritmias supra-ventriculares e na prevenção de arritmias pós-infarto
Dose Usual Adultos: Angina: 30-60mg, VO, 3-4 vezes/dia ou 120-180mg (liberação
programada), VO, 1 vez ao dia

18
Injetável: Dose inicial: 0,25mg/kg, EV direto em 2min (dose média em adultos: 20mg);
repetir a dose em bolus depois de 15min, se a resposta for inadequada na dose de 0,35mg/kg,
EV direto em 2min (dose média em adultos: 25mg)
Infusão contínua: 10mg/h (infusão > 24h ou infusão > 15mg/h não são recomendadas)
Preparo/Administração
Diluição recomendada: SF, SG na concentração 0,4-1,0mg
Estabilidade: 24h TA

• DIMETICONA
Nome Comercial/Apresentação
Luftal 40mg/comprimido
Luftal gotas – 75mg/mL = 30 gotas (frasco 15mL)
Categoria Terapêutica Antifisético
Dose Usual
Adultos e crianças acima de 12 anos: 40mg (16 gotas ou 1cp), 3 vezes ao dia
Crianças até 12 anos: 15 a 30mg (6 a 12 gotas), 3 vezes ao dia
Lactentes: 10 a 15mg (4 a 6 gotas), 3 vezes dia

• DIPIRONA (METAMIZOL) SÓDICA


Nome Comercial/Apresentação
Baralgin M 1000mg/supositório adulto
Novalgina/Anador/Baralgin M gotas – 500mg/mL = 30 gotas (frasco 10mL)
Novalgina injetável – 500mg/mL (ampola 2mL)
Novalgina/Baralgin M supositório infantil – 300mg
Novalgina solução oral – 50mg/mL– (frasco 100mL)
Categoria Terapêutica Analgésico, Antipirético, Antiinflamatório não-esteroidal
Dose Usual
Oral
Adultos e crianças > 12 anos: 500-750mg, VO, 1-4 vezes ao dia
Crianças (8-11 anos): 250-500mg, VO, 1-4 vezes ao dia
Crianças (5-7 anos): 20-25mg/kg/dose, VO, a cada 6 horas

19
Injetável
Adultos: 1000-2500mg, IM ou EV, 1-4 vezes ao dia (dose máx. 3000mg/dia)
Crianças: 20-25mg/kg/dose, a cada 6 horas (dose máx. 500mg/dia)
Retal
Adultos: 1000 mg, VR, 1-3 vezes ao dia (crianças < 12 anos não devem ser tratadas com
supositórios para adultos)
Crianças: 300mg, VR, 1-4 vezes ao dia
Preparo/Administração
Para pacientes diabéticos recomenda-se a administração de comprimidos e solução oral gotas
ao invés da solução oral
Diluição recomendada: 20mL SF, AD
Estabilidade: utilizar após o preparo
Tempo de infusão: EV 1mL/min

• DOBUTAMINA
Nome Comercial/Apresentação
Dobtan, Dobutrex, Innotrop, Inotam
Ampolas de 5 ml ou 20 ml (250 mg) de solução injetável.
Frascos- ampolas de 20 ml (250 mg) de solução injetável.
Categoria Terapêutica Cardiotônico
Indicação Alteração do débito cardíaco em insuficiência cardíaca descompensada causada
por depressão da contratibilidade.
Dose usual
Adultos: 2,5 – 1 mg/kg/min IV
Preparo/Administração
IV: diluir em soro fisiológico 0,9% ou glicosado 5%, ringer lactato.
A infusão deve ser administrada em tempo curto (72h) por causar maiores reações, alterne os
locais de infusão a cada 48h para evitar flebites.
Evite extravasamento da droga por que pode causar inflamação local.

• DOPAMINA
Nome Comercial/Apresentação
Revivan injetável – 5mg/mL (ampola 10mL)

20
Categoria Terapêutica Agonista Adrenérgico
Indicação Hipotensão hemodinamicamente significante, na ausência de hipovolemia, e na
insuficiência renal. É usada no choque cardiogênico e no infarto agudo do miocárdio, no
choque séptico e em cirurgia cardíaca
Dose Usual
D Neonatal: 1-20mcg/kg/min, EV
Adultos e Crianças: 1-20mcg/kg/min, EV (dose máx. 50mcg/kg/min)

Preparo/Administração
Diluição recomendada: SF, SG e outras soluções de pH não alcalino: 200-250mL
Estabilidade: 24h TA

• ERITROMICINA
Nome Comercial/Apresentação
E Pantomicina/Ilosone 500mg/comprimido
Categoria Terapêutica Antibiótico, Macrolídeo
Dose Usual
Adultos: 250mg, a cada 6h ou 500mg, a cada 12h (máx. 1g 4 vezes/dia)
Crianças: 30-50mg/kg/dia, fracionados em 2-4 administrações

Preparo/Administração
Os comprimidos devem ser ingeridos em jejum ou imediatamente antes das refeições

• ESCOPOLAMINA (A) + DIPIRONA SÓDICA(B)


Nome Comercial/Apresentação
Buscopan composto comprimido – 10mg(A) + 250mg(B)
Buscopan composto gotas – 6,67mg(A) + 333,4mg(B)/mL – frasco 20mL
Buscopan composto injetável – 4mg(A) + 500mg(B)/mL – ampola de 5mL
Categoria Terapêutica Antiespasmódico
Indicação Analgésico e antiespasmódico
Dose Usual
Comprimidos: Adultos: 1-2 comprimidos,VO, 3-4 vezes/dia
Gotas

21
Crianças 1-6 anos: 5-10 gotas, VO, 3-4 vezes/dia
Crianças > 6 anos: 10-20 gotas, VO, 3-4 vezes/dia
Adultos: 20-40 gotas, 3-4 vezes/dia
Injetável Adultos: 5 mL, EV, se necessário a dose pode ser repetida 2-3 vezes/dia
Preparo/Administração
Ingerir os comprimidos sem mastigar, com um pouco de líquido
Diluição recomendada: SF – 20 mL
Estabilidade: usar logo após o preparo
Tempo de Infusão: no mínimo 5min
Vias de administração: EV, IM
Obs: A aplicação poderá ser efetuada por via IM profunda (intraglútea), mas nunca por via SC
Não administrar em crianças < 12 meses

• ESPIRONOLACTONA
Nome Comercial/Apresentação
Aldactone 25mg/comprimido
Aldactone 100mg/comprimido
Categoria Terapêutica Diurético Poupador de Potássio
Indicação Hipertensão essencial, distúrbios edematosos, tais como: edema e ascite da
insuficiência congestiva, cirrose hepática, síndrome nefrótica, edema idiopático, como terapia
auxiliar na hipertensão maligna, hipopotassemia quando outras medidas forem consieradas
impróprias, tratamento pré-operatório de pacientes com
hiperaldosteronismo primário.
Dose Usual
Adultos: 50-100mg/dia, VO, administrados em dose única ou fracionada. Nos casos
resistentes ou graves, a dose pode ser gradualmente aumentada em intervalos de duas semanas
até 200 mg/dia
Crianças: Edema: 3,3 mg/kg/dia, VO, fracionados em até 4 administrações.
A dosagem deverá ser ajustada com base na resposta e tolerabilidade do paciente.
Preparo/Administração
Crianças: VO se for necessário, pode ser preparada uma suspensão, triturando os
comprimidos com algumas gotas de glicerina e acrescentando líquido com sabor
Estabilidade: 1 mês sob refrigeração

22
• ETILFEDRINA
Nome Comercial/Apresentação
Efortil frascos de 20 ml (gotas); ampolas de 1 ml (10 mg)
Categoria Terapêutica Simpaticomimético
Indicação Tratamento de hipotensão ortostática
Dose Usual
Adulto: 5 -7,5 mg, 3 vezes ao dia VO
Lactente: 1,25 – 2 mg, 2 – 3 vezes ao dia VO
Crianças Maiores: 2,5 – 5 mg, 2 – 3 vezes ao dia VO
Preparo/Administração
VO a medicação deve ser administrada com um pouco de água, após as refeições.

• FENITOÍNA
Nome Comercial/Apresentação
Epelin/Hidantal 100mg/comprimido
Hidantal injetável – 50mg/mL (ampola 5mL)
Epelin suspensão oral – 20mg/mL (frasco 120mL)
Categoria Terapêutica Anticonvulsivo
Dose Usual
Crianças e adultos: 15-20mg/kg, VO, fracionados em 3 doses injetável
Crianças: 5mg/kg/dia, EV, fracionados em 2 administrações
Adultos: 15-20mg/kg, dose única ou fracionados; administrar 100-150mg, EV, a cada 30min
(dose máx. 1500mg/24h)
Preparo/Administração
Deve ser ingerido durante ou após as refeições
Diluição recomendada: devido a baixa solubilidade, o produto não deve ser diluído. Apenas
em casos extremos utilizar água destilada e verificar se há formação de precipitado. Deve-se
filtrar a solução resultante da diluição, utilizando filtro 0,22 micras no equipo
Tempo de infusão: 50mg/min

• FENOBARBITAL SÓDICO
Nome Comercial/Apresentação
Fenocris injetável – 100mg/mL (ampola 2mL)

23
Gardenal 50mg/comprimido
Gardenal 100mg/comprimido
Gardenal 4% gotas pediátricas – 40mg/mL (1mg=1 gota) – frasco 20mL
Gardenal injetável – 200mg/mL (ampola 1mL)
Categoria Terapêutica Anticonvulsivo
Dose Usual
Gardenal
Crianças: 3-4mg/kg/dia, VO/IM, em dose única ou fracionada
Adultos: 2-3mg/kg/dia, VO/IM, em dose única ou fracionada
Fenocris
Estas doses são apenas referências devendo ser ajustadas a cada caso particular, e a critério
médico
Crianças
Pré-anestesia: 16-100mg, EV/IM, 90min antes da cirurgia
Tratamento de insônia: 3-5mg/kg, EV/IM
Episódios convulsivos agudos: 3-5mg/kg/dia EV,IM
Estado epilético: 15-20mg/kg, EV, 10-15min
Adultos
Sedação diária: 30-120mg, EV/IM, 2-3 vezes/dia
Medicação pré-anestésica: 100-200mg, IM, 60-90min antes da cirúrgia
Episódios convulsivos agudos: 30-120mg, EV/IM (dose máx. 400mg/24h)

Estado epilético: 200-320mg, EV, a cada 6h se necessário


Preparo/Administração
Gardenal
Diluição recomendada: o conteúdo da ampola não deve ser diluído em SF ou outros líquidos;
administrar puro IM. As gotas devem ser diluídas em água

• FENOTEROL
Nome Comercial/Apresentação
Berotec 100 aerossol – 100mcg/dose (frasco com 200 doses)
Berotec gotas – 5mg/mL = 20 gotas (frasco 20mL)
Categoria Terapêutica Broncodilatador

24
Indicação Tratamento sintomático de crises agudas de asma, asma induzida por exercício,
tratamento sintomático da asma brônquica e de outras enfermidades com constrição reversivel
das vias aéreas
Dose Usual
Aerosol
F Crianças: Somente à critério médico e sob supervisão de um adulto
Adultos: 1-2 doses (dose máx. 8 doses/dia)
Gotas
(1mL = 20 gotas = 5,0mg; 1 gota = 0,25mg)
As doses devem ser adaptadas às necessidades individuais do paciente; os pacientes deverão
ser mantidos sob supervisão médica durante o tratamento
Oral
Como tratamento sintomático da asma brônquica e de outras enfermidades com estreitamento
reversível das vias aéreas (bronquite crônica)
Crianças de até 1 ano: 3-7 gotas, 2-3 vezes/dia
Crianças de 1-6 anos: 5-10 gotas, 3 vezes/dia
Crianças de 6 -12 anos: 10 gotas 3 vezes/dia
Adultos (incluindo idosos) e adolescentes acima de 1-2 anos: 10-20 gotas, 3 vezes/dia
Para Inalação
Crises agudas de asma
Crianças de 6–12 anos: 1 gota/3kg diluídas em 2-5mL de SF
Adultos (incluindo idosos) e adolescentes > de 12 anos: 0,1mL (2 gotas) são suficientes para o
alívio imediato dos sintomas. Em casos graves em tratamento hospitalar, recomenda-se doses
mais altas, de até 0,25mL (5 gotas). Em casos particularmente graves, recomenda-se doses de
até 0,4mL (8 gotas), sob supervisão médica
Asma Brônquica e outras enfermidades com constrição reversível das vias aéreas
Crianças < 6 anos (22kg): 50mcg/kg por dose até 3 vezes/dia sob supervisão médica
Obs.: A informação existente para este grupo etário é limitada
Crianças de 6-12 anos: 0,1mL (2 gotas) até 4 vezes/dia, se necessário
Adultos (incluindo idosos) e adolescentes > 12 anos: 0,1mL (2 gotas) até 4 vezes/dia
Preparo/Administração
Berotec (gotas)
Diluição recomendada: até um volume final 3-4mL SF
A solução deve ser diluída antes da utilização e deve-se descartar qualquer resíduo

25
Tempo de inalação: a duração da inalação pode ser controlada pelo volume de diluição. Onde
houver oxigênio instalado, a solução é melhor administrada com um fluxo de 6-8 litros/min.
Obs.: se necessário, a dose pode ser repetida após intervalos de 4 h, no mínimo
Não se recomenda diluir o produto com água destilada

• FENTANILA
Nome Comercial/Apresentação
Fentanil espinhal injetável – 50mcg/mL (ampola 2mL e 5mL) – sem conservante
Categoria Terapêutica: Analgésico Opiáceo
Indicação No tratamento da dor crônica e da dor de difícil manejo que necessite de analgesia
com opióides, que não pode ser tratada com combinações de paracetamol-opióides,
analgésicos não-esteróides ou com opióides de curta duração
Dose Usual Deve ser individualizada de acordo com o estado do paciente e deve ser baseada
na história de ingestão de opióides, incluindo o grau de tolerância aos opióides
Preparo/Administração
O adesivo deve ser aplicado em pele não irritada e não irradiada em uma superfície plana do
torax ou da coxa, de preferência sem pelos, que devem ser cortados, e não raspados antes da
aplicação.
Higienizar somente com água pura o local da aplicação, não utilizar sabões, óleos ou qualquer
outro agente que possam irritar a pele ou alterar suas características. A pele deve estar
completamente seca.
Deve ser aplicado imediatamente após ser retirado da embalagem lacrada. O adesivo
transdérmico deve ser pressionado firmemente no local com a palma da mão por
aproximadamente 30 segundos. Pode ser usado continuamente por 72h. Caso a analgesia seja
requerida por mais de 72h, um novo adesivo deve ser aplicado em um local diferente após a
remoção do adesivo transdérmico anterior
Diluição recomendada: SF, SG
Tempo de infusão: lento
Estabilidade: 24h TA após o preparo
Vias de administração: EV direto, Infusão, IM, Espinhal (sem conservante)

• FUROSEMIDA

26
Nome Comercial/Apresentação
Lasix 40mg/comprimido
Lasix injetável – 10mg/mL (ampola 2mL)
Categoria Terapêutica Diurético de Alça
Indicação Hipervolemia, edemas devidos aos distúrbios cardíacos, hepáticos, renais e
queimaduras
Dose Usual
Crianças: 1-2mg/kg/dose VO, a cada 6h (dose máx. 6mg/kg/dose);
Injetável: 1mg/kg/dose, EV ou IM, a cada 6-12h (dose máx. 6mg/Kg/dose)
Adultos: Dose inicial: 20-80mg/dia, VO; dose de manutenção: 20-40mg/dia, VO (dose máx.
depende do paciente); injetável: 20-40mg, EV ou IM, 1-2 vezes/dia
Preparo/Administração
O comprimido deve ser ingerido inteiro com algum líquido e com o estômago vazio
Diluição: não é necessário diluir, mas se for preciso pode ser utilizado SF ou SG 5%
Estabilidade da solução de infusão: 24 horas até 25ºC
Tempo de Administração: não exceder a velocidade de 4mg/min
Obs.: A administração IM deve ser restrita aos casos excepcionais, nos quais a EV e VO não
são possíveis

• GENTAMICINA, sulfato
Nome Comercial/Apresentação
Garamicina 40mg injetável – 40mg/mL (ampola 1mL)
Garamicina 60mg injetável – 40mg/mL (ampola 1,5mL)
Garamicina 80mg injetável – 40mg/mL (ampola 2mL)
Categoria Terapêutica Antibiótico, Aminoglicosídeo
Dose Usual A dose é individualizada conforme a gravidade da infecção e do estado geral do
paciente
Adultos: 1-2,5mg/kg/dose
Crianças < 2kg (0-7 dias de idade): 2,5mg/kg, a cada 18-24h; (8-28 dias de idade): 2,5mg/kg,
a cada 12h
Crianças > 2kg (0-28 dias de idade): 2,5mg/kg, a cada 12h
Crianças > 28 dias de idade: 2,5mg/kg, EV, a cada 8h
Preparo/Administração

27
Diluição recomendada: Ringer-Lactato, SF, SG em 50-200mL (concentração máxima
1mg/mL). Para crianças o volume deverá ser ajustado conforme a necessidade
Estabilidade: 24 horas TA
Tempo de Administração: 30min-2 horas. EV rápido: 2-3 minutos
Vias de administração: IM, EV

• GLIBENCLAMIDA
Nome Comercial/Apresentação
Daonil 5mg/comprimido
Categoria Terapêutica: Hipoglicemiante
Dose Usual Adultos: 2,5-5,0mg/dia, VO, a dose inicial pode ser gradualmente aumentada
para 15mg e, em casos excepcionais 20mg
Preparo/Administração
Deve ser ingerido sem mastigar com um pouco de líquido. A menos que seja prescrito de
maneira diferente, a primeira dose diária deve ser ingerida antes da primeira refeição
substancial. Para os casos em que for necessário mais que 1 comprimido/dia, recomenda-se
fracionar a dose em duas administrações, uma dose antes da primeira refeição substancial, e a
outra antes do jantar. Erros de ingestão, como por exemplo, se houver esquecimento de uma
dose, não poderá ser corrigida tomando uma dose maior mais tarde

• GLICOSE
Nome Comercial/Apresentação
Glicose 25% injetável – 250mg/mL (ampola 10mL)
Glicose 50% injetável – 500mg/mL (ampola 20mL)
Solução Glicose 5% – 50mg/mL (frascos PVC: 50mL, 100mL, 250mL,
500mL, 1000mL e Frascos sem PVC: 250mL, 500mL)
Solução Glicose 10% – 100mg/mL (frascos PVC: 500mL, 1000mL)
Solução Hipertônica de Glicose 50% – 500mg/mL (frasco: 500mL)
Solução Glico-Fisiológica – 50mg Glicose/mL + 9mg NaCl/mL
(frasco PVC: 500mL)
Categoria Terapêutica Diluente, Carboidrato

28
Indicação Em episódios sintomáticos agudos de hipoglicemia em crianças; no tratamento de
hipoglicemia insulínica; intoxicação alcoólica para diminuir a pressão cérebro-espinhal e
edema cerebral
Dose Usual
Varia de acordo com as necessidades metabólicas de cada paciente e a dosagem é
determinada à critério médico
Preparo/Administração
Vias de administração: EV

• HALOPERIDOL
Nome Comercial/Apresentação
Haldol 1mg/comprimido
Haldol 5mg/comprimido
Haldol gotas – 2mg/mL (frasco 20mL)
Haldol injetável – 5mg/mL (ampola 1mL)
Categoria Terapêutica Neuroléptico
Dose Usual
Crianças 3-12 anos: 0,25-0,5mg/dia, VO, fracionados em 2-3 doses (dose máx.
0,15mg/kg/dia)
Crianças 6-12 anos: (como lactato): 1-3mg, IM/EV, a cada 4-8h (dose máx. 0,15mg/kg/dia)
Adultos: 0,5-5mg, VO, 2-3 vezes/dia (dose máx. 30mg/dia, alguns pacientes necessitam até
100mg/dia)
2,5-5,0 mg, EV/IM, a cada 4-8h se necessário
Preparo/Administração
Deve ser ingerido junto ou entre as refeições. Os comprimidos podem ser ingeridos com um
pouco de água. As gotas podem ser dissolvidas em uma pequena quantidade de água ou suco
de fruta.
A apresentação de haloperidol decanoato que não é padronizada no hospital, é somente para
uso intramuscular. A fórmula padronizada é com lactato para uso intramuscular e endovenoso
Tempo de administração: injeção endovenosa direta; infusão contínua numa velocidade de 2-
25mg/hora (média: 9mg/h; máx. 40mg/h)
Diluição: caso seja necessária diluição utilizar as seguintes concentrações:
3mg/mL em SG 5% ou 0,75mg/mL em SF
Estabilidade da solução: 7 dias até 21º C
29
• HEPARINA
Nome Comercial/Apresentação
Heparina injetável – 100UI/mL (seringa 5mL)
Liquemine injetável – 5.000UI/mL (frasco 5mL)
Liquemine injetável – 5.000UI/0,25mL (ampola 0,25mL)
Categoria Terapêutica Anticoagulante
Indicação Profilaxia e tratamento das afecções tromboembólicas
Dose Usual Adultos:
Profilaxia: 5.000UI, SC, a cada 8-12h
Injeções intravenosas repetidas: 10.000UI, EV, seguidos de 50-70UI/kg (5.000-10.000UI) a
cada 4-6h
Infusão: Trombose venosa: 80UI/kg, em bolus, seguidos por infusão contínua de 18UI/kg/h
Crianças:
Injeções intravenosas repetidas: 50-100UI/kg, EV, seguidos de 50-100UI/kg, a cada 4h
Infusão: 50UI/kg, em bolus, seguidos de 15-25UI/kg/h
A posologia da Heparina deve sempre ser ajustada às circunstâncias especiais de cada caso
Preparo/Administração
Não administrar IM devido a dor, irritação e formação de hematoma
H Diluição: pode ser administrado sem diluir ou em 50-1000mL de SF, SG5%, AD; o frasco
da solução deverá ser invertido por pelo menos 6 vezes, para evitar o depósito da Heparina no
fundo do recipiente
Estabilidade: mínimo de 24h a TA/R (varia de acordo com a concentração)
Vias de Administração: SC, EV como injeção direta, infusão lenta ou infusão contínua

• HIDERGINE
Nome Comercial/Apresentação
Comprimidos de 4,5 mg: Embalagem com 14.Solução oral 4,5 mg/1 medida de 1,5 ml :
Embalagem com 15 ml.
Solução oral 1 mg/ml: Embalagem com 30 ml.
Ampola de 0,3 mg/ml: Embalagem com 50 amp. de 1 ml.
Cápsulas de 1 mg : Embalagem com 36.
Categoria Terapêutica Ativadores do Metabolismo Cerebral

30
Indicação Sinais e sintomas de deterioração mental especialmente aqueles relacionados
ao envelhecimento: tontura, cefaléia, pouca concentração, desorientação,
comprometimento da memória, falta de iniciativa, depressão do humor, insociabilidade,
dificuldades com as atividades diárias e cuidados pessoais. Doença vascular cerebral aguda.
Distúrbios vasculares periféricos. Sintomas subjetivos associados a hipertensão
arterial.
Dose Usual
Via Oral: 3 a 6 cápsulas ou 3 a 6 ml da solução oral de 1 mg/ml, divididas em 3 doses diárias,
preferencialmente antes das refeições, ou em dose única diária.
No esquema posológico de administração diária única, recomenda- se 1 comprimido de 4,5
mg ou 1 medida da apresentação solução gotas de 4,5 mg.
Via parenteral: Em distúrbios cerebrovasculares agudos (especialmente quando associados a
hipertensão ) utiliza- se a via parenteral em associação à oral. Em casos graves de
moléstias vasculares periféricas, também deve- se associar ao tratamento oral 0,3 a 0,6 mg (1
a 2 ml), por via intramuscular ou subcutânea, uma ou duas vezes ao dia.
Preparo/Administração
Quando necessário, pode-se administrar por via intra-arterial (0,3 a 0,6 mg ou 1 a 2 ml)
preferencialmente diluído em 10 a 20 ml de solução salina.
Indica-se 0,3 mg (1 ml) por infusão gota a gota ou injeção endovenosa lenta (em 20 ml de
solução glicosada a 5% ou salina) uma ou duas vezes ao dia. Podem-se utilizar como
alternativas as vias subcutânea ou intramuscular, administrando-se 0,3 mg (1 ml) uma ou mais
vezes ao dia.

• HIDROCLORTIAZIDA
Nome Comercial/Apresentação
Clorana 50mg/comprimido
Categoria Terapêutica Diurético Tiazídico
Indicação Hipertensão arterial, edemas associados com insuficiência cardíaca congestiva e
síndromes nefróticas
Dose Usual
Crianças: 2-3mg/kg, VO, fracionados em administrações ou a critério médico
Adultos: 50-100mg, VO, em dose única ou fracionada (dose máx. 200mg/dia)

31
• HIDROCORTISONA, succinato sódico
Nome Comercial/Apresentação
Flebocortid injetável – 100mg/frasco
Flebocortid injetável – 500mg/frasco
Categoria Terapêutica: Antiinflamatório Hormonal, Corticosteróide
Indicação Insuficiência adrenocortical, emergências alérgicas, asma severa aguda, choque,
afecções reumáticas
Dose Usual A dose deve ser individualizada, de acordo com a gravidade da doença e da
resposta do paciente
Antiinflamatório ou Imunossupressor
Adultos e Adolescentes: 15-240mg, EV ou IM, a cada 12h; Crianças: 1-5mg/kg/dia, EV ou
IM, fracionados em 1-2 administrações
Choque
Adultos e Adolescentes: 500mg-2g, EV ou IM, a cada 2 a 6h; Crianças: inicial 50mg/kg, EV
ou IM, repetir a cada 4h e/ou a cada 24h, se necessário
Crise de Asma
Adultos/Crianças: 1-2mg/kg/dose, EV, a cada 6h por 24h, com manutenção de 0,5-1mg/kg a
cada 6h
Preparo/Administração
Reconstituição: 100mg com 2mL AD; 500mg com 5mL
Estabilidade: 24h TA e 3 dias sob refrigeração
Diluição recomendada: SF, SG5% AD nas concentrações de 0,1-60mg/mL
Estabilididade: 4h TA
Vias de administração/Tempo de Administração: IM, infusão contínua,
EV direto: 30seg a vários minutos, dependendo da dose
Infusão lenta: diluir para 1mg/mL e infundir no mínimo em 20-30min

• IBUPROFENO
Nome Comercial/Apresentação
Actiprofen, Advil, Algiflex, Algy-Flanderil, Artril, Dalsy, Doretrim, Ibufram, Ibupril, Motrin,
Parartrin.
Comprimidos de 200 mg, 300 mg e 600 mg.
Frascos de 200 mg (100mg/5ml) de suspensão oral + seringa dosadora.

32
Cápsulas de 400 mg.
Categoria Terapêutica Antiinflamatório não-esteróide [AINE]
Indicação Analgésico, antitérmico e antiinflamatório em processos articulares ou
musculoesqueléticos, odontalgia, cefaléia, afecções otorrinolaringológicas, dismorréia, dor e
febre associado ao resfriado.
Dose Usual
Adultos: antiinflamatório – 400-800 mg, 3-4 vezes ao dia (não exceder 3.600 mg/dia) VO
Analgésico, antidismorréico, e antitérmico – 200-400 mg a cada 4-6 h (não exceder a 1.200
mg/dia) VO
Crianças: Antiinflamatório – 20-40 mg/kg/dia, em doses divididas (não exceder 50 mg/kg/dia)
VO; antitérmico – 10 mg/kg/dia (não exceder 40 mg/kg/dia).
Preparo/Administração
A dosagem poderá ser repetida a cada 4-6h.
VO: a medicação de ser administrada com alimentos ou leite para diminuir as reações GI; a
medicação deve ser armazenada em local seco e ao abrigo da luz.

• INSULINA HUMANA
Nome Comercial/Apresentação
Biohulin N (NPH)/Humulin N injetável – 100U/mL (frasco 10mL)
Biohulin L (lenta)/Humulin L injetável – 100U/mL (frasco 10mL)
Biohulin R (regular)/Humulin R – 100U/mL (frasco 10mL)
Categoria Terapêutica Hipoglicemiante
Indicação
N (NPH) – Diabetes mellitus insulino dependente e dibetes mellitus associada à insuficiência
renal. É especialmente indicada nos casos de resistência ou alergia às insulinas de origem
bovina ou mista.
Uma insulina de ação intermediária, com inicío de ação mais lento e uma duração mais longa
(até 24h) do que a insulina regular.
Indicações complementares: Diabetes gestacional
L (lenta) – Diabetes mellitus insulino dependente e dibetes mellitus
associada à insuficiência renal. É especialmente indicada nos casos de resistência ou alergia
às insulinas de origem bovina ou mista
Indicações complementares: Diabetes gestacional

33
Insulina de ação intermediária, com inicío de ação mais lento (1-3h) e uma duração mais
longa (até 24h) do que a insulina regular
R (regular) – No tratamento de cetoacidose diabética, coma hiperglicêmico hiperosmolar e
suplemento às insulinas de depósito no tratamento de manutenção (em casos excepcionais é
usada no tratamento de manutenção) Estas insulinas são especialmente indicadas nos casos de
resistência ou alergia às insulinas de origem bovina ou mista. Seu efeito é rápido e a duração
relativamente curta (4-12h), quando comparado com outras formulações de insulina. Pode ser
administrado SC, IM ou EV
Dose Usual O esquema do tratamento é totalmente individualizado
Preparo/Administração
• NPH e Lenta
A hora mais satisfatória para administrar dose única destas insulinas é geralmente antes do
desjejum. Doses suplementares nos horários de almoço, jantar ou mesmo ao deitar ficam a
critério médico
Via de administração: SC na parte superior dos braços, coxas, nádegas ou no abdome.
Alternar os locais de injeção, de maneira que o mesmo local não seja utilizado
aproximadamente, mais que uma vez ao mês
I • Insulina Regular
Diluição: 100 UI em 100-250 mL SF
Estabilidade: 28 dias TA 30ºC ou sob refrigeração (2-8ºC)
Obs: Para minimizar os problemas de adsorção do frasco, esperar no mínimo 30 minutos entre
o preparo da solução e o tempo de administração
Vias de administração: SC, IM e EV (somente insulina regular)

• ISOSSORBIDA, dinitrato
Nome Comercial/Apresentação
Isocord 20mg/cápsula
Isocord 40mg/cápsula
Isordil sublingual – 2,5mg/comprimido
Isordil sublingual – 5mg/comprimido
Categoria Terapêutica Nitrato
Indicação Insuficiência cardíaca congestiva, angina pectoris
Dose Usual
Adultos: Angina pectoris: 5-40mg, VO, 4 vezes/dia
34
Insuficiência cardíaca congestiva: 10-40mg, VO, 4 vezes/dia ou à critério médico; 5-10mg,
sublingual, a cada 2h ou à critério médico
Preparo/Administração
Deve ser ingerido, sem mastigar, com um pouco de líquido
Sublingual: deve ser colocado e mantido sob a língua, até completa dissolução

• ISOSSORBIDA, mononitrato
Nome Comercial/Apresentação
Monocordil 40mg/comprimido
Monocordil injetável – 10mg/mL (ampola 1mL)
Categoria Terapêutica Nitrato
Indicação Terapia de ataque e de manutenção na insuficiência coronária
Dose Usual
Adultos: ½-1 comprimido, VO, 2-3 vezes/dia
Injetável: 20-80mg, EV direto, a cada 8-12h; 10-20mg,
Intracoronária; 0,8mg/kg, em Infusão contínua
Preparo/Administração
Diluição recomendada: SF, SG, 100mL
Tempo de infusão: 2-3h

• LIDOCAÍNA
Nome Comercial/Apresentação
Xylocaína 1% e 2% – 10mg/mL e 20mg/mL (frasco 20mL)
Xylestesin 2% – 20mg/mL (ampola 5mL)
Xylocaína 2% tubete – 36mg/1,8mL (tubete 1,8mL)
Xylocaína 2% polyamp (sem conservante) 20mg/mL (ampola 5mL)
Xylocaína 2% geléia – bisnaga 30g
Xylocaína 5% pomada – bisnaga 25g
Xylocaína 10% spray – frasco 50g
Xylocaína 2% viscosa – frasco 50mL

35
Categoria Terapêutica Anestésico Local, Anestésico Local Tópico
Dose Usual
Injetável: a critério médico
Tópico: como para qualquer anestésico, deve-se utilizar a menor dose eficaz
Geléia: não se recomenda utilizar mais que 15g por procedimento
Pomada: não se recomenda utilizar mais que 10g/dia
Spray: não se recomenda utilizar mais que 20 nebulizações (1 nebulização = 10mg de
Lidocaína)
Viscosa: Adultos: máximo de 15mL (1 colher de sopa), 3 vezes ao dia;
Crianças: máximo de 5mL (1 colher de chá), 3 vezes ao dia

• LIDOCAÍNA (A) + EPINEFRINA (B)


Nome Comercial/Apresentação
Xylocaína 2% com epinefrina – 20mg/mL(A) + 0,005mg/mL(B) –
frasco 20mL
Categoria Terapêutica: Anestésico Local

• LIDOCAÍNA (A) + GLICOSE (B)


Nome Comercial/Apresentação
Xylocaína 5% pesada – 50mg/mL(A) + 75mg/mL(B) – ampola 2mL
Categoria Terapêutica: Anestésico Local

• MAGNÉSIO, sulfato
Nome Comercial/Apresentação
Sulfato de Magnésio 10% injetável – 100mg/mL = 0,81mEq/mL
(ampola 10mL)
1g Sulfato de Magnésio = 99mg de Mg2+ = 4,1mmol de Mg2+ = 8, 2mEq de Mg2+
Categoria Terapêutica Repositor Eletrolítico
Dose Usual
Hipomagnesemia

36
Adultos: 1g, EV, a cada 6h por 4 doses. Hipomagnesemia severa: 8-12g/dia, EV, fracionados
em doses
Crianças: 25-50mg/kg/dose (0,2-0,4mEq/kg/dose), EV, a cada 4-6h, por 3-4 doses. Máximo
de 16mEq/dose
Preparo/Administração
Diluição: SF, SG5% no volume que for necessário
Estabilidade: 48h TA ou sob refrigeração
Tempo de Administração: 2g/h para evitar hipotensão; 4g/h em casos de emergência
(eclâmpsia e convulsão); não ultrapassar 150mg/min

• METFORMINA
Nome Comercial/Apresentação
Glifage/Glucoformin 500mg/comprimido
Glifage/Glucoformin 850mg/comprimido
Categoria Terapêutica Hipoglicemiante
Dose Usual
Adultos: 500mg, VO, 2 vezes/dia - dose máx. 2500mg (dois no café da manhã, um no almoço
e dois no jantar) ou 850mg, VO, 1 vez/dia – dose máx. 2550mg (um no café da manhã, um no
almoço e um no jantar)
Preparo/Administração
Comprimido de 500mg – deve ser ingerido 1 comprimido no café da manhã e 1 comprimido
no jantar
Comprimido de 850mg – deve ser ingerido no café da manhã

• METILDOPA
Nome Comercial/Apresentação
Aldomed, Etildopaman, Tensioval
Comprimidos de 250 mg e 500 mg.
Categoria Terapêutica Hipertensor arterial [inibidor adrenérgico central]
Indicação Hipertensão e crises hipertensivas
Dose Usual

37
Adultos: dose inicial de 250 mg, 2 vezes ao dia nas primeiras 48 h, a dosagem deve ser
aumentada à noite para diminuir a sedação durante o dia, dose de manutenção: 0,5 – 3g/dia.

• METOCLOPRAMIDA
Nome Comercial/Apresentação
Eucil pediátrico 5mg/supositório
M Plasil 10mg/comprimido
Plasil gotas pediátricas – 4mg/mL (21 gotas)
Plasil injetável – 5mg/mL (ampola 2mL)
Categoria Terapêutica Antiemético, Pró-cinético
Dose Usual Adultos:
Náuseas e vômitos no pós-operatório: 10-20mg, IM ou EV
Refluxo gastroesofágico: 10-15mg, VO, 4 vezes ao dia, antes das refeições
Êmese induzida por quimioterapia: 1-2mg/kg/dose, EV, 30min antes da QT e a cada 2-4h ou
4-6h
Exame radiológico do trato GI: 10mg, IM ou EV
Crianças:
Náuseas e vômitos no pós-operatório: 0,1-0,2mg/kg/dose, EV a cada 6-8h se necessário
Refluxo gastroesofágico: 0,4-0,8mg/kg/dia, fracionados em 4 administrações
Êmese induzida por quimioterapia: 1-2mg/kg/dose, EV, 30min antes da QT e a cada 2-4h ou
4-6h
Dose via retal: 0,1mg/kg/dia (máx. 10mg)
Preparo/Administração
Diluição: rediluir cada ampola com AD para um volume final de 20mL
Estabilidade: usar após preparo
Tempo de administração: 3 a 5min

• MIDAZOLAM
Nome Comercial/Apresentação
Dormonid 15mg/comprimido
Dormonid injetável – 1mg/mL (ampola 5mL)
Dormonid injetável – 5mg/mL (ampola 3mL)
Dormonid injetável – 5mg/mL (ampola 10mL)

38
Dormire – solução oral – 2mg/mL (frasco10mL)
Categoria Terapêutica Hipnótico, Benzodiazepínico
Dose Usual
Dormonid
A dose deve ser individualizada e titulada para o estado de sedação desejado de acordo com a
necessidade clínica, estado físico, idade e medicação concomitante
Dormire
0,25mg-1,0mg/kg, VO (dose máx. 20mg)
Preparo/Administração
O comprimido deve ser ingerido à noite antes de deitar, com um pouco de água sem mastigar
Diluição recomendada: SF, SG5%, Ringer 100-1000mL para cada 15mg
Estabilidade: 24h TA 3 dias sob refrigeração
Tempo de Administração: administrar lentamente a uma taxa de aproximadamente 1mg em
30 segundos
Vias de administração: EV, IM

• NIFEDIPINA
Nome Comercial/Apresentação
Adalat 10mg/cápsula
Adalat oros 30mg/comprimido (liberação programada)
Adalat oros 60mg/comprimido (liberação programada)
N Categoria Terapêutica Bloqueador de Canais de Cálcio
Indicação Doença arterial coronária, hipertensão
Dose Usual
Crianças: 0,6mg-0,9mg/kg/24h, VO, fracionados em 3-4 vezes
Adultos: dose inicial: 10mg (cápsula), VO, 3 vezes/dia ou 30mg
(liberação programada), VO, 1 vez/dia; dose usual: 10-30mg (cápsula), VO, 3 vezes/dia ou
30-60mg (liberação programada), VO, 1 vez/dia (dose máx. 120-180mg/dia)
Preparo/Administração
Os comprimidos devem ser ingeridos inteiros, com pouco liquído independente das refeições

• ÓLEO MINERAL
Nome Comercial/Apresentação

39
Nujol – frasco 120mL
Categoria Terapêutica Laxante, Emoliente tópico
Dose Usual Adultos: 15mL à noite e 15mL pela manhã, podendo ser aumentada para 30mL à
noite e 15mL pela manhã
Crianças 5-10 anos: 7,5mL (meia colher de sopa) à noite e 7,5mL pela manhã
Crianças até 5 anos: 5mL à noite
Preparo/Administração
Pode ser ingerido puro ou com líquidos

• OMEPRAZOL
Nome Comercial/Apresentação
Losec mups – 20mg/comprimido (contém 0,7mg de Estearato de Magnésio*)
Losec/Victrix injetável 40mg/frasco
Categoria Terapêutica: Inibidor da Secreção Ácida Gástrica, Inibidor da Bomba de Prótons
Dose Usual
*Menos de 10% do Estearato de Magnésio da fórmula oral é absorvido pelo organismo
Oral Adultos: Úlcera Duodenal, Refluxo Gastroesofágico, Esofagite de Refluxo: 20mg/dia,
VO, por 4-8 semanas
Condições hipersecreção patológica: iniciar com 60mg, VO, 1 vez/dia, podendo chegar a
120mg, 3 vezes/dia. Doses acima de 80mg, devem ser divididas em duas vezes
Helicobacter pylori: 20mg, VO, 2 vezes/dia, em combinação com outros agentes
Úlcera gástrica: 40mg/dia, VO, por 4 a 8 semanas
Crianças: 0,7-3,3mg/kg/dia, VO, 1 vez/dia
Injetável Adultos: 20-40mg, EV, 1-2 vezes/dia
Crianças: 0,7-3,3mg/kg/dia, EV, 1 vez/dia
Preparo/Administração
Os comprimidos devem ser ingeridos inteiros, sem mastigar ou esmagar, pela manhã, antes da
alimentação. Nos casos de pacientes com dificuldade para deglutir, o comprimido pode ser
disperso em meio copo de água sem gás ou suco de fruta, mexendo até o comprimido se
desintegrar. A dispersão deve ser ingerida ou administrada através de sonda naso-gástrica, em
até 30min
Diluição: reconstituir somente com o próprio diluente
Estabilidade: 4h TA
40
Tempo de administração: 2-3min (4mL/min)

• PARACETAMOL (ACETAMINOFENO)
Nome Comercial/Apresentação
Tylenol 750mg/comprimido
Tylenol gotas – 200mg/mL – frasco 15mL
Tylenol criança líquido em suspensão – 160 mg/5mL – frasco – 60 mL
Categoria Terapêutica Analgésico, Antipirético, Antiinflamatório não-esteroidal
Dose Usual
Adultos: 750mg, VO, a cada 4-6h (dose máx. 4g/dia)
Crianças < 12 anos: 10-15mg/kg/dose, VO, a cada 4-6h (máx. 5 doses/dia)

• PREDNISONA
Nome Comercial/Apresentação
Meticorten 5mg/comprimido
Meticorten 20mg/comprimido
Categoria Terapêutica: Antiinflamatório Hormonal, Corticosteróide
Indicação Tratamento de doenças endócrinas, reumáticas, osteomusculares, do colágeno,
dermatológicas, alérgicas, oftálmicas, respiratórias, hematológicas, neoplásicas e outras que
respondam a terapia com corticosteróides
Dose Usual A dose deve ser individualizada, de acordo com a gravidade da doença e da
resposta do paciente
Adultos: 5-60mg/dia, VO, 1 vez ao dia, pela manhã
Crianças: 0,05-2mg/kg/dia, VO, fracionados em 1-4 administrações
Preparo/Administração
Os comprimidos devem ser ingeridos junto às refeições

• PROMETAZINA
Nome Comercial/Apresentação
Fenergan 25mg/comprimido
Fenergan injetável – 25mg/mL (ampola 2mL)

41
Categoria Terapêutica Antihistamínico sedativo, Bloqueador H1
Indicação Tratamento sintomático de todos os distúrbios incluídos no grupo das reações
anafiláticas e alérgicas; Antiemético; Sedativo
Dose Usual
Antihistamínico
Adultos: 12,5mg, VO, 3 vezes ao dia e 25mg, VO, ao deitar 25mg, EV/IM, a cada 2h, se
necessário
Criança: 0,1mg/kg/dose, VO, a cada 6h e 0,5mg/kg/dose ao deitar
Antiemético
Adultos: 12,5-25mg, VO/EV/IM, a cada 4h, se necessário
Crianças: 0,25-1mg/kg/dose, VO/EV/IM, 4-6 vezes ao dia, se necessário
Hipnótico/Sedativo
Adultos: 25-50mg, VO/EV/IM
Crianças: 0,5-1mg/kg/dose, VO/EV/IM, a cada 6h, se necessário
Preparo/Administração
Vias de Administração: intramuscular profunda, infusão rápida, lenta ou contínua, tomando o
cuidado de não exceder 25mg/min
Diluição: AD, SF, SG5%, Ringer, Ringer com lactato
Estabilidade: 24h TA (em SF)

• PROPRANOLOL
Nome Comercial/Apresentação
Propranolol/Inderal 10mg/comprimido
Propranolol/Inderal 40mg/comprimido
Categoria Terapêutica Bloqueador Beta Adrenérgico
Indicação Hipertensão, angina pectoris, arritmias cardíacas, infarto do miocárdio, enxaqueca,
estenose subaórtica hipertrófica
Dose Usual
Crianças
Hipertensão: dose inicial: 0,5-1mg/kg/dia, VO, fracionados em 2 doses (dose máx.
2mg/kg/24h)
Adultos
Hipertensão: dose inicial: 40mg, VO, 2 vezes/dia; dose de manutenção: < 320mg/dia,
fracionados em 2-3 administrações (dose máx. 640mg/dia)
42
Angina pectoris: dose inicial 80-320mg/dia, VO, fracionados em 2-4 administrações
Arritmias: 10-30mg, VO, a cada 6-8h; injetável: 1mg/dose, EV, a cada 5min até o máximo de
5mg
Infarto do miocárdio: 180-240mg/dia, VO, fracionados em 3-4 administrações
Enxaqueca – Dose inicial: 80mg/dia, VO, fracionados em 3-4 administrações
Estenose subaórtica hipertrófica: 20-40mg, VO, 3-4 vezes/dia

• PROXIMETACAÍNA (PROPARACAÍNA)
Nome Comercial/Apresentação:
Anestalcon colírio 5mg/mL (frasco de 5mL)
Categoria Terapêutica: Anestésico oftálmico
Indicação Anestésico tópico usado antes de cirurgias, como extração de catarata; em
procedimentos oftálmicos, tais como: tonometria, remoção de corpos estranhos e suturas de
córnea, raspagem conjuntival para fins diagnóstico e exames gonioscópicos
Dose Usual
Crianças e adultos:
•Anestesias prolongadas, como em extração de catarata: instilar 1 gota a cada 5 a 10 minutos
(total de 5 a 7 doses);
•Remoção de suturas, corpos estranhos: instilar 1 ou 2 gotas 2 ou 3 minutos antes do
procedimento;
Adultos:
•Tonometria: 1 ou 2 gotas imediatamente antes do procedimento;

• SALBUTAMOL
Nome Comercial/Apresentação
Aerolin 2mg/comprimido
Aerolin xarope 0,4mg/mL (frasco 120mL)
Aerolin solução para nebulização 5mg/mL (frasco 10mL)
Categoria Terapêutica Broncodilatador
Indicação Alívio de broncoespasmo na asma brônquica, bronquite crônica e enfisema
Dose Usual
Crianças 2-6 anos: 0,1-0,2mg/kg/dose, VO, 3 vezes/dia (dose máx. 12mg/dia em doses
fracionadas)

43
Crianças 6-12 anos: 2mg, VO, 3-4 vezes/dia (dose máx. 24mg/dia em doses fracionadas);
Nebulização: 0,5mL (2,5mg)-1,0mL(5,0mg)
Crianças > 12 anos ou adultos: 2-4mg/dose, 3-4 vezes/dia (dose máx. 32mg/dia em doses
fracionadas); Nebulização: 0,5mL(2,5mg)-2,0mL(10mg), diluída ou direta
Preparo/Administração
Solução para nebulização (utilizar nebulizador ou respirador)
Diluição/Tempo de Administração: administração intermitente AD, SF: 2-2,5mL em 10min;
administração contínua: SF – 100mL em 1 hora; administração direta em 3-5min
Estabilidade: 24h

• SULFADIAZINA DE PRATA
Nome Comercial/Apresentação
Dermazine – 10mg/g (pote 400g)
Categoria Terapêutica Antibacteriano tópico
Indicação Prevenção e tratamento de queimaduras, úlceras varicosas, escaras de decúbito, e
feridas cirúrgicas infectadas
Dose Usual Aplicar 1-2 vezes ao dia
Preparo/Administração
Aplicar o produto após a limpeza da lesão e fazer curativo com gaze

• TETRACAÍNA + FENILEFRINA + ÁCIDO BÓRICO


Nome Comercial/Apresentação
Anestésico colírio (Tetracaína 10mg/mL, Fenilefrina 1mg/mL, Ácido Bórico 15mg/mL) –
frasco c/10mL
Categoria Terapêutica Anestésico oftálmico
Indicação Anestesia do globo ocular em cirurgias, retirada de corpos estranhos corneanos e
conjuntivais; procedimentos diagnósticos
Dose Usual Adultos: 1 gota no saco conjuntival inferior, ou a critério médico

• TRAMADOL
Nome Comercial/Apresentação
Sylador/Tramal 50mg/cápsula
Tramal gotas 100mg/mL = 40 gotas (frasco 10mL)

44
Tramal injetável – 50mg/mL (ampola 2mL)
Categoria Terapêutica Analgésico Opiáceo
Indicação Dores leves a moderadas de caráter agudo, subagudo e crônico
Dose Usual
Adultos: 50-100mg, VO, a cada 4-6h (dose máx. 400mg/dia)
20 gotas, VO (dose máx. 20 gotas 8 vezes/dia)
50-100mg, EV ou IM
Preparo/Administração
Deve ser ingerido com água e longe das refeições
As gotas podem ser adicionadas em um pouco de água pura ou açucarada
Diluição recomendada: SF, SG 5% em no mínimo 50mL
Estabilidade: 24h TA
Tempo de infusão: 30-60min

45