Sie sind auf Seite 1von 14

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE – FURG

ESCOLA DE ENGENHARIA
ÁREA DE EXPRESSÃO GRÁFICA
DISCIPLINA: SISTEMAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL
PROF. ARQ. DR. EDUARDO ROCHA

TEMA: HABITAÇÃO UNIFAMILIAR

Oficina 1 – habitabilidade residencial


Oficina 1 – habitabilidade residencial

 HABITABILIDADE é um termo que não se limita a unidade


habitacional em sua construção.

 Abrange outras faces coletivas e privadas, físicas, psicológicas,


sociais e culturais. É um conceito complexo, que envolve muitos
aspectos que afetam a qualidade da moradia, como a qualidade
da casa em termos de material de construção, área construída,
divisões internas e instalações, a segurança da posse da terra, a
infra-estrutura de abastecimento de água, esgoto, drenagem,
sistema viário, forma do bairro e disponibilidade de equipamentos
urbanos e serviços públicos, transporte, segurança, áreas de lazer e
convivência comunitária, entre outros.

 A habitabilidade urbana chamamos de urbanidade.


Oficina 1 – habitabilidade residencial

 PRÉ-DIMENSIONAMENTO:
- Dimensões prévias do projeto.

 ÁREA DE UTILIZAÇÃO:
- Necessária para determinado

Fonte: NEVES, Laerte Pedreira. Adoção do Partido na


equipamento.

Arquitetura. Salvador: UFBA, 1989.


Oficina 1 – habitabilidade residencial

 AMBIENTES DE CIRCULAR
- Áreas que permitem o acesso
aos outros compartimentos.
- Induz fluxos de forma racional,
sem obstáculos nem passagens

Fonte: ODEBRECHT, Silvia. Projeto Arquitetônico: conteúdos


de passagens por outros
ambientes.

técnicos básicos. Blumenau: EDIFURB, 2006.


- Áreas de circulação e utilização
as vezes tornam as mesmas.
Oficina 1 – habitabilidade residencial

 AMBIENTES DE ESTAR
- Os espaços de estar podem se
tornar complexos na medida em
que se acrescentam mais
funcionalidade: estar, jantar, bar,

Fonte: ODEBRECHT, Silvia. Projeto Arquitetônico: conteúdos


lareira, etc.
- O estar deve ser um espaço de
convívio e não de passagem.

técnicos básicos. Blumenau: EDIFURB, 2006.


- O estar, geralmente, faz a ligação
com o espaço externo e com os
outros espaços da casa.
Oficina 1 – habitabilidade residencial

 AMBIENTES DE COZINHAR
- Bom desempenho se consegue com
a disposição racional das áreas e
dos equipamentos.
Divide-se em: armazenagem ou

Fonte: ODEBRECHT, Silvia. Projeto Arquitetônico: conteúdos


-
conservação [armários, geladeira,
freezer]; de preparo e limpeza
[bancada e pia]; e área de

técnicos básicos. Blumenau: EDIFURB, 2006.


cocção [fogão, forno, microondas].
- Fluxo racional:
GELADEIRA >
PIA>
FOGÃO
Oficina 1 – habitabilidade residencial

 AMBIENTES DE DORMIR
- Área de descanso, que pode
incorporar lazer, leitura, etc.
- Rouparia e banho devem se
localizar próximas.

Fonte: ODEBRECHT, Silvia. Projeto Arquitetônico: conteúdos


- Pode dispor de circulações
internas [suíte e closet].

técnicos básicos. Blumenau: EDIFURB, 2006.


- Pode reunir espaços de descanso
[cama], lazer [sofás/tv] e de
trabalho [bancada].
Oficina 1 – habitabilidade residencial

 AMBIENTES DE BANHO
- Pode ser único ou
compartimentado.
- Três áreas distintas: seca [pia
e/ou bancada], intermediária

Fonte: ODEBRECHT, Silvia. Projeto Arquitetônico: conteúdos


[vaso ou bidê] e molhada [box
e/ou banheira].

técnicos básicos. Blumenau: EDIFURB, 2006.


Oficina 1 – habitabilidade residencial

 AMBIENTES DE SERVIÇO
- Áreas definidas por fluxos:
armazenagem suja [roupa suja] >
Lavagem [tanque/máquina] >
secagem [varal/máquina] >

Fonte: ODEBRECHT, Silvia. Projeto Arquitetônico: conteúdos


armazenagem limpa [tábua de
passar/armário].

técnicos básicos. Blumenau: EDIFURB, 2006.


Oficina 1 – habitabilidade residencial

 DIRETRIZES MINÍMAS [PLANO DIRETOR]


Lojas e salas comerciais 20,00m2
1 dormitório e salas 9,00m2
ÁREA MINÍMA DOS
COMPARTIMENTOS Outros dormitórios 6,00m2
Cozinhas 2,50m2
Instalações sanitárias 1,50m2

Lojas e salas comerciais 300cm


Dormitórios e salas 200cm
LARGURA MINÍMA DOS

Fonte: CÓDIGO DE OBRAS DE BLUMENAU


COMPARTIMENTOS Cozinhas e áreas de serviço 150cm
Circulações 100m2
Sanitários 80cm

Dormitórios, salas, lojas e cozinhas 80cm


Área de serviço e banheiros 70cm
LARGURA MINÍMA DO
ACESSO Sanitários 50cm
Oficina 1 – habitabilidade residencial

 DIRETRIZES MINÍMAS [PLANO DIRETOR]


Compartimento de permanência prolongada 260cm
Circulações 260cm
PÉ-DIREITO MINÍMO
Cozinhas e área de serviço 250cm
Instalações sanitárias 230cm

Permanência prolongada [direta] 1/6 da área


Permanência transitória [direta] 1/8 da área
ILUMINAÇÃO E
VENTILAÇÃO Permanência transitória [dutos] 1/8 da área

Fonte: CÓDIGO DE OBRAS DE BLUMENAU


[janelas] Sanitários, circulações, depósitos e garagens duto mec.
Oficina 1 – habitabilidade residencial

 EXERCÍCIO:
- Desenvolver o pré-dimensionamento dos compartimentos propostos no
programa de necessidades.
- Obs.: realizar estudo dos compartimentos em separado “NÃO FAZER A
PLANTA DA CASA”.
- Fazer a marcação das circulações.
- Considerar as alvenarias de 15cm.
- Inserir esquadrias [portas e janelas].
Oficina 1 – habitabilidade residencial

 PROGRAMA DE NECESSIDADES
- Mínimo:
1 sala estar/jantar
1 dormitório casal
1 dormitório solteiro [2 camas]
1 banheiro
1 cozinha
1 área de serviço
1 garagem
Churrasqueira/lareira
1 pátio
1 jardim
Janelas e portas de acesso
Oficina 1 – habitabilidade residencial

 EXERCÍCIO:
Tipo de
-Níveis; esquadria
-Medidas;
-Instalações;
-Materiais;
-Etc.

Tipo de
Parede alvenaria
hidráulica