Sie sind auf Seite 1von 58

INSUMOS PARA PERÍCIA PAPILOSCÓPICA

Como fazer Pincéis de fibra de vidro

02/05/2011

JUAREZ UCHOA CARRASCO

LABORATÓRIO DE PERÍCIAS PAPILOSCÓPICAS IIFP 1 DE 58

Materiais necessários

Mangueiras de plástico cristal com 9mm e 14 mm

Fio de poliéster reforçado (fio de sapateiro)

Cera de carnaúba (usado em marcenaria)

Escova com cerdas de aço (usada em animais)

Fibra de vidro (usada em laminação)

Tesoura e alicate de corte

Dois pregos 18x30 sem cabeça

Perfis para cabo ou pincéis para guache

Um pedaço de madeira plano e previamente

lixado para não agarrar na fibra.

MANGUEIRA CRISTAL 9 mm 02/05/2011 JUAREZ UCHOA CARRASCO 4

MANGUEIRA CRISTAL 9 mm

FIO PARA COSTURA REFORÇADO (sapateiro) 02/05/2011 JUAREZ UCHOA CARRASCO 5

FIO PARA COSTURA REFORÇADO (sapateiro)

CERA DE CARNAÚBA 02/05/2011 JUAREZ UCHOA CARRASCO 6

CERA DE CARNAÚBA

ESCOVA DE AÇO (USADA EM ANIMAIS) 02/05/2011 JUAREZ UCHOA CARRASCO 7

ESCOVA DE AÇO (USADA EM ANIMAIS)

FIBRA DE VIDRO EM FIOS

(Kg)

FIBRA DE VIDRO EM FIOS (Kg) 02/05/2011 JUAREZ UCHOA CARRASCO 8
TESOURA E ALICATE DE CORTE 02/05/2011 JUAREZ UCHOA CARRASCO 9

TESOURA E ALICATE DE CORTE

02/05/2011

02/05/2011 PERFIS DE ALUMÍNIO RANHURADOS JUAREZ UCHOA CARRASCO 10

PERFIS DE ALUMÍNIO

RANHURADOS

JUAREZ UCHOA CARRASCO

10

02/05/2011

02/05/2011 PINCÉIS ESCOLARES PARA GUACHE 11 JUAREZ UCHOA CARRASCO

PINCÉIS ESCOLARES PARA

GUACHE

11

JUAREZ UCHOA CARRASCO

BASTIDOR DE MADEIRA 02/05/2011 JUAREZ UCHOA CARRASCO 12

BASTIDOR DE MADEIRA

PERFIL DE ALUMÍNIO RANHURADO Ø 7 mm

PERFIL DE ALUMÍNIO RANHURADO Ø 7 mm IMPORTANTE: ESMERILHAR UMA DAS EXTREMIDADES, ARREDONDANDO-A 02/05/2011 JUAREZ

IMPORTANTE:

ESMERILHAR UMA DAS EXTREMIDADES, ARREDONDANDO-A

PERFIL DE ALUMÍNIO RANHURADO Ø 7 mm X 120 mm COM AS EXTREMIDADES JÁ ARREDONDADAS

TUBO DE PLÁSTICO CRISTAL Ø 14 mm

TUBO DE PLÁSTICO CRISTAL Ø 14 mm SERÁ USADA COMO ESTOJO PARA ACONDICIONAMENTO DO PINCEL 02/05/2011

SERÁ USADA COMO ESTOJO PARA ACONDICIONAMENTO DO PINCEL

TUBO DE PLÁSTICO CRISTAL

Ø 09 mm

TUBO DE PLÁSTICO CRISTAL Ø 09 mm SERÁ USADA COMO EMENDA ENTRE A HASTE E AS

SERÁ USADA COMO EMENDA ENTRE A HASTE E AS CERDAS

BASTIDOR:

UM PEDAÇO DE MADEIRA PRÉVIAMENTE LIXADO

COM 13 cm x 4cm X 3 cm, APROXIMADAMENTE

PEDAÇO DE MADEIRA PRÉVIAMENTE LIXADO COM 13 cm x 4cm X 3 cm, APROXIMADAMENTE 02/05/2011 JUAREZ
FAZER DOIS FUROS COM DISTÂNCIA DE 6 cm ( OU UM TERCEIRO FURO PARA CERDAS
FAZER DOIS FUROS COM DISTÂNCIA DE 6 cm ( OU UM TERCEIRO FURO PARA CERDAS

FAZER DOIS FUROS COM DISTÂNCIA DE 6 cm ( OU UM TERCEIRO FURO PARA CERDAS MAIS LONGAS)

OS FUROS DEVEM SER JUSTOS, MAS PERMITINDO QUE OS PREGOS SAIAM COM FACILIDADE ESTES FUROS
OS FUROS DEVEM SER JUSTOS, MAS PERMITINDO QUE OS PREGOS SAIAM COM FACILIDADE ESTES FUROS

OS FUROS DEVEM SER JUSTOS, MAS PERMITINDO QUE OS PREGOS SAIAM COM FACILIDADE ESTES FUROS NÃO DEVEM TRESPASSAR A MADEIRA.

ESTE FURO ATRAVESSA A MADEIRA, SERVINDO COMO APOIO PARA MANOBRAS FUTURAS. 02/05/2011 JUAREZ UCHOA CARRASCO

ESTE FURO ATRAVESSA A MADEIRA, SERVINDO COMO APOIO PARA MANOBRAS FUTURAS.

O PEDAÇO DE TUBO PLÁSTICO REDUZ O ATRITO E A QUEBRA DAS FIBRAS E SERVIRÁ

O PEDAÇO DE TUBO PLÁSTICO REDUZ O ATRITO E A QUEBRA DAS FIBRAS E SERVIRÁ DE GUIA PARA A PRIMEIRA LAÇADA

NA OUTRA FACE DO BASTIDOR UMA RANHURA ACOMODA OS PREGOS, DENTRO DOS TUBOS PLÁSTICOS, PARA VIAGEM.

AS FIBRAS DE VIDRO FORAM ENROLADAS EM UMA GUIA SEM ARESTAS, DE FORMA QUE FIQUEM

AS FIBRAS DE VIDRO FORAM ENROLADAS EM UMA GUIA SEM ARESTAS, DE FORMA QUE FIQUEM O MAIS LISAS E ESTICADAS POSSÍVEL

PASSAR O FIO DOBRADO POR DENTRO DO TUBO ELE SERVIRÁ PARA AMARRAR E MARCAR O MEIO DAS LAÇADAS

DOBRADO POR DENTRO DO TUBO ELE SERVIRÁ PARA AMARRAR E MARCAR O MEIO DAS LAÇADAS 02/05/2011

UMA PEQUENA LAÇADA NA PONTA , UNINDO AS FIBRAS FACILITA O MANEJO , MANTENDO-AS ESTICADAS. NÃO É PRECISO APERTAR

AS FIBRAS FACILITA O MANEJO , MANTENDO-AS ESTICADAS. NÃO É PRECISO APERTAR 02/05/2011 JUAREZ UCHOA CARRASCO

UMA PEQUENA LAÇADA NA PONTA , TAMBÉM MARCA A

QUANTIDADE DE VOLTAS E O PONTO ONDE SE CORTARÁ

AS LAÇADAS

, TAMBÉM MARCA A QUANTIDADE DE VOLTAS E O PONTO ONDE SE CORTARÁ AS LAÇADAS 02/05/2011

CONFORME O GOSTO PESSOAL PODE-SE PRATICAR

ENTRE 16 A 20 VOLTAS, OBTENDO-SE UM PINCEL MAIS

“CHEIO” OU MAIS “LEVE”

ENTRE 16 A 20 VOLTAS, OBTENDO-SE UM PINCEL MAIS “CHEIO” OU MAIS “LEVE” 02/05/2011 JUAREZ UCHOA

MANTENHA AS LAÇADAS UMA POR CIMA DAS OUTRAS,

FACILITANDO UMA AMARRAÇÃO MAIS JUSTA NO FINAL

UMA POR CIMA DAS OUTRAS, FACILITANDO UMA AMARRAÇÃO MAIS JUSTA NO FINAL 02/05/2011 JUAREZ UCHOA CARRASCO

COM O PREGO SOLTO VEMOS A LINHA AINDA NO TUBO

COM O PREGO SOLTO VEMOS A LINHA AINDA NO TUBO 02/05/2011 JUAREZ UCHOA CARRASCO 29

TIRAR O PREGO E A LINHA COM CUIDADO PARA DAR O

PRIMEIRO NÓ, AMARRANDO A CULATRA DAS CERDAS.

E A LINHA COM CUIDADO PARA DAR O PRIMEIRO NÓ, AMARRANDO A CULATRA DAS CERDAS. 02/05/2011

VISÃO DA BONECA JÁ AMARRADA

AGORA JÁ PODEMOS CORTAR A EXTREMIDADE DA FIBRA, MANTENDO O COMPRIMENTO.

NÃO ESQUEÇA DE DAR UM NOVO NÓ NA PONTA SOLTA DO ROLO.

VISÃO DA BONECA JÁ AMARRADA COM O FIO GUIA, PUXE A BONECA POR DENTRO DO TUBO QUE SERÁ USADO COMO EMENDA, PARA FACILITAR A AMARRAÇÃO EM FORMA DE VOLTAS BEM JUSTAS

USADO COMO EMENDA, PARA FACILITAR A AMARRAÇÃO EM FORMA DE VOLTAS BEM JUSTAS 02/05/2011 JUAREZ UCHOA

VISÃO DA BONECA JÁ AMARRADA MANTENHA UMA DA PERNAS DO FIO POR DENTRO DAS LAÇADAS, DE FORMA QUE AO ACABAR DE DAR AS VOLTAS AS DUAS PONTAS SE ENCONTREM O MAIS PRÓXIMO POSSÍVEL DO FIO GUIA. MANTENHA AS VOLTAS BEM JUNTAS DE FORMA QUE O ACABAMENTO FIQUE

HOMOGÊNEO E A EXTREMIDADE NÃO FIQUE PROTUBERANTE

FORMA QUE O ACABAMENTO FIQUE HOMOGÊNEO E A EXTREMIDADE NÃO FIQUE PROTUBERANTE 02/05/2011 JUAREZ UCHOA CARRASCO

VISÃO DA BONECA JÁ AMARRADA COM ACABAMENTO AS VOLTAS DAS CERDAS SÓ SERÃO CORTADAS NO FINAL PARA EVITAR O CONTATO DESNECESSÁRIO COM PÓ E FARPAS, EXTREMAMENTE ALERGENOS

PARA EVITAR O CONTATO DESNECESSÁRIO COM PÓ E FARPAS, EXTREMAMENTE ALERGENOS 02/05/2011 JUAREZ UCHOA CARRASCO 34

PEDAÇO DO TUBO DE PLÁSTICO CRISTAL Ø 09 mm com 35 mm APROX. DE COMPRIMENTO SERÁ USADO PARA FACILITAR O AMARRAMENTO E NA JUNÇÃO ENTRE A HASTE E A BONECA

SERÁ USADO PARA FACILITAR O AMARRAMENTO E NA JUNÇÃO ENTRE A HASTE E A BONECA 02/05/2011

A CERA DE CARNAÚBA PREVIAMENTE DERRETIDA EM UM COPO BAIXO E LARGO. SUA APRESENTAÇÃO ORIGINAL É EM FORMA DE PEDRAS . QUEBRAR E TRITURAR FACILITA O DERRETIMENTO.

COLOQUE EM BANHO MARIA, COM UM POUCO DE VINAGRE PARA NÃO ESCURECER A PANELA

VISÃO DA CERA JÁ EM DERRETIMENTO. MANTER O FIO GUIA ENROLADO NOS DEDOS PARA FACILITAR A INSERÇÃO DA EXTREMIDADE DA BONCA NA CERA DAR DE DOIS A TRÊS MERGULHOS BREVES, ESPERANDO O ENDURECIMENTO ENTRE ELES.

ERRO COMUM QUE DEVE SER EVITADO: MERGULHAR DEMAIS NO PRIMEIRO BANHO, PASSANDO ALÉM DA AMARRAÇÃO,

ERRO COMUM QUE DEVE SER EVITADO:

MERGULHAR DEMAIS NO PRIMEIRO BANHO, PASSANDO ALÉM DA AMARRAÇÃO, FAZ COM QUE O PINCEL NÃO ABRA O LEQUE AO GIRAR, PERDENDO A LEVEZA.

OUTRO ERRO COMUM QUE DEVE SER EVITADO:

AMARRAÇÃO FAZENDO UMA “BOLA” OU CERA DEMAIS, DIFICULTA A PASSAGEM PELO TUBO. USE O FIO GUIA PARA ISSO, PASSANDO-O PELO FURO FEITO PARA ISSO, NO BASTIDOR

APÓS PASSAR O FIO PELO BASTIDOR, USE A HASTE COMO ALAVANCA, PUXANDO A BONECA PARA DENTRO DO

TUBO

A HASTE JÁ INSERIDA NO TUBO. ENCAIXE FIRMEMENTE COM O CUIDADO DE NÃO AMASSAR AS CERDAS.

A FITA ISOLANTE PERMITE FIXAR COM MAIS FIRMEZA A HASTE NO TUBO, DANDO UM ACABAMENTO MAIS ESTÉTICO.

DETALHE DO ACABAMENTO CONCLUÍDO

AS VOLTAS DAS CERDAS JÁ FORAM CORTADAS. AGORA PRECISAMOS IGUALAR AS PONTAS E ESCOVAR, AFINANDO AS CERDAS.

DETALHE DA ESCOVA UTILIZADA NO AFINAMENTO DOS FILAMENTOS

DETALHE DA TÉCNICA DE ESCOVAMENTO NO SENTIDO CENTRÍFUGO, ABRINDO OS FILAMENTOS PARA QUE FIQUEM AINDA MAIS FINOS.

AS CERDAS DO PINCEL DEVEM FICAR BEM FINAS E ABRIR NATURALMENTE AO GIRO

AO ACERTAR AS PONTAS, VERIFICAR SE TODAS ESTÃO DO MESMO TAMANHO, PARA EVITAR QUE ARRANHEM A LATENTE.

AO ACERTAR AS PONTAS, VERIFICAR SE TODAS ESTÃO DO MESMO TAMANHO, PARA EVITAR QUE ARRANHEM A LATENTE. GIRE O PINCEL, EXAMINANDO ATENTAMENTE

GIRANDO O PINCEL, PARA VERIFICAR O BALANÇO DAS CERDAS

PINCEL PRONTO, DENTRO DO TUBO DE PLÁSTICO CRISTAL Ø 14 mm QUE SERVIRÁ DE ESTOJO.

DEPOIS DE CORTAR O TUBO COM 20 cm DE COMPRIMENTO (SUFICENTE PARA ACOMODAR O PINCEL)

FAÇA DOIS CORTES EM CADA EXTREMIDADE DO TUBO, PARA FACILITAR O FECHAMENTO

PARA FAZER A TAMPA DO ESTOJO, CORTAR 3 cm DO TUBO DE PLÁSTICO CRISTAL Ø 14 mm, FECHANDO A EXTREMIDADE COM UM GRAMPEADOR

DETALHE DA TAMPA DO ESTOJO

AGRADECIMENTOS

A todos os Colegas do IIFP e de outros Órgãos,

que compartilharam comigo tudo que sabiam, de

forma abnegada e fraternal, tornando a nossa profissão de fé uma “Diversão para poucos”, conforme dizemos no IIFP. Seguindo o exemplo de humildade que eles praticam não citarei nomes, apenas deixarei

minha modesta contribuição.