Sie sind auf Seite 1von 1

Exposição Oral

Expor:

O objectivo de uma exposição oral é transmitir uma mensagem ao auditório, por isso para
que a intenção comunicativa seja perfeitamente percebida, o orador tem de:
saber desenvolver o assunto em questão:
- apresentando argumentos que justifiquem o tema;
- dando exemplos;
- utilizando a função fática ( ex.: Estão a compreender? Acham que isto está certo?);
- articulando as ideias com pertinência;
- tendo um discurso fluente;
- utilizando um registo de língua adequado ao tema e à situação comunicativa;
ser capaz de se fazer compreender:
- falando num tom de voz audível e claramente perceptível;
- expressando-se num ritmo certo nem demasiado rápido nem demasiado lento;
- tendo uma dicção clara;
- exprimindo-se com correcção gramatical;
- utilizando esquemas ou outros apoios no quadro, acetatos, powerpoint…. para pro-
porcionar melhor compreensão;
adaptar-se ao auditório:
- assegurando-se de que os ouvintes seguem e compreendem a exposição;
- dando tempo para que se tomem notas;
- sendo sensível às suas reacções;
- olhando para os ouvintes;
- falando de uma forma descontraída e com uma atitude e uma linguagem gestual
ajustadas à comunicação;
gerir o tempo:
- equilibrando a extensão das diversas partes da exposição;
evitar:
- gestos parasitas (tiques, gesticulação excessiva, balanços…);
- bordões de linguagem (ex.: portanto, por isso, pronto...);
- ler os apontamentos.

Adaptado de GARRIDO, Ana et al., Práticas – Língua Portuguesa


– 10º Ano/Ensino Secundário, Lisboa, Lisboa Editora, 2003