You are on page 1of 1

Grupo de Pais

Viso esprita da Pscoa

O Espirit ismo no c elebra a Psc oa, mas respeit a as manif est a es de religiosidade das div ersas igrejas c rists, e tambm no probe que seus adeptos manifestem sua religiosidade.

Psc oa, ou Passagem, simboliza a libert a o do pov o hebreu da esc rav ido sof rida durant e sc ulos no Egit o, mas no Cristianismo c omemora a ressurrei o do Cristo, que se deu na Psc oa judaic a do ano 33 da nossa era, e c elebra a c ontinuidade da vida.

O Espiritismo, embora sendo uma Doutrina Crist, entende de forma diferente alguns dos ensinamentos das Igrejas Crist s. Na quest o da ressurrei o, para ns, esprit as, J esus aparec eu M aria de M agdala e aos disc pulos, c om seu c orpo espiritual, que c hamamos de perisprito. Entendemos que no houve uma ressurrei o c orporal, fsic a. Jesus de Nazar no prec isou derrogar as leis naturais do nosso mundo para firmar o seu c onc eito de missionrio. A sua doutrina de amor e perdo muito maior que qualquer milagre, at mesmo a ressurrei o.

Isto no invalida a Festa da Psc oa se a enc ararmos no seu simbolismo. A Psc oa Judaic a pode ser interpretada c omo a nossa liberta o da ignornc ia, das mazelas humanas, para o c onhec imento, o c omportamento tic o- moral. A travessia do Mar Vermelho representa as dific uldades para a transforma o. A Psc oa Crist, representa a vitria da vida sobre a morte, do sac rifc io pela verdade e pelo amor. Jesus de Nazar demonstrou que se pode exec ut ar homens, mas no se c onsegue mat ar as grandes idias renov adoras, os grandes exemplos de amor ao prximo e de valoriza o da vida.

Como a Psc oa Crist representa a vitria da vida sobre a morte, queremos deixar firmado o c onc eito que aprendemos no Espiritismo, que a vida s pode ser definida pelo amor, e o amor pela vida. Foi por isso que Jesus de Nazar afirmou que veio ao mundo para que tivssemos vida em abundnc ia, isto , plena de amor.

Am lcar Del Chiaro Filho