Sie sind auf Seite 1von 6
A professora de História e Geografia de Portugal pediu-nos, a nós-alunos, para fazermos um trabalho

A professora de História e Geografia de Portugal pediu-nos, a nós-alunos, para fazermos um trabalho sobre o 25 de Abril em Portugal.

Fui ver nos livros e na internet o que havia sobre este tema. Também pedi ajuda aos meus pais e fiz este trabalho. Espero que esteja mais ou menos bom.

pedi ajuda aos meus pais e fiz este trabalho. Espero que esteja mais ou menos bom.

Simão Paulo francisco 6-h nº25

Na sequência do golpe militar de 28 de Maio de 1926, foi implementado em Portugal

Na sequência do golpe militar de 28 de Maio de 1926, foi implementado em Portugal um regime autoritário de inspiração fascista.

Com a Constituição de 1933 o regime é remodelado, auto denominando-se Estado Novo e Oliveira Salazar passou a controlar o país, não mais abandonando o poder até 1968, quando este lhe foi retirado por doença foi substituído por Marcelo Caetano que dirigiu o país até ser deposto no 25 de Abril de 1974.

por Marcelo Caetano que dirigiu o país até ser deposto no 25 de Abril de 1974.

Oliveira Salazar

por Marcelo Caetano que dirigiu o país até ser deposto no 25 de Abril de 1974.

Marcelo Caetano

Depois da 2º Guerra Mundial, os países da europa deram a independência às suas colónias,

Depois da 2º Guerra Mundial, os países da europa deram a independência às suas colónias, mas Portugal não queria fazer o mesmo.

Então começou em 1961 a Guerra Colonial em África. Angola foi a 1º colónia a exigir a independência, depois foi Guiné, em 1963, e por fim Moçambique, em 1964.

Foram 13 anos de guerra, muito duros e caros para Portugal milhares de soldados mortos e feridos e uma despesa muito elevada com estes conflitos.

mortos e feridos e uma despesa muito elevada com estes conflitos. Uma patrulha Dois soldados Soldados

Uma patrulha

mortos e feridos e uma despesa muito elevada com estes conflitos. Uma patrulha Dois soldados Soldados

Dois soldados

mortos e feridos e uma despesa muito elevada com estes conflitos. Uma patrulha Dois soldados Soldados

Soldados feridos

mortos e feridos e uma despesa muito elevada com estes conflitos. Uma patrulha Dois soldados Soldados

Funerais

O descontentamento do povo português era cada vez maior e o regime de Marcelo Caetano

O descontentamento do povo português era cada vez maior e o regime de Marcelo Caetano estava muito perto do fim.

Um grupo de militares começou a organizar em segredo uma revolução e assim, nasceu o MFA Movimento das Forças Armadas.

Este movimento pôs fim ao Estado Novo no dia 25 de Abril de 1974.

Houve 2 militares muito importantes:

-

Otelo

Saraiva

de

Carvalho

que

coordenou

as

operações

militares

no

quartel

da

Pontinha

em

Lisboa.

 

- Salgueiro Maia fez o mesmo fora do quartel.

1974, um grupo de

militares comandados por Otelo Saraiva de Carvalho instalou secretamente o posto de comando do movimento golpista no quartel da Pontinha em

Lisboa.

Às 22h55m é transmitida a canção E depois do Adeus, de Paulo de Carvalho, pela rádio. Este foi um dos sinais previamente combinados pelos golpistas e que desencadeou a tomada de posições da primavera fase do golpe de estado. O segundo sinal foi dado às 00h20m, quando foi transmitida a canção Grândola Vila Morena, de José Afonso, pela Rádio Renascença,

No

dia 24

de

Abril de

que

operações.

No Norte, uma força toma o Quartel-General da Região Militar do Porto. Estas forças são reforçadas por forças vindas de Lamego. Forças de Viana do Castelo tomam o Aeroporto de Pedras Rubras. Outras forças tomam Outras forças tomam RTP e o RCP no Porto.

O regimeReagiu, e o ministro da Defesa ordenou a forças sedeadas em Braga para avançarem sobre o Porto, no que não obedecido, já que estas já tinham aderido ao golpe. À Escola Prática de Cavalaria, que partiu de Santarém, coube o papel mais importante: a ocupação do Terreiro do Paço foi ocupada às primeiras horas da manhã.

Salgueiro Maia moveu, mais tarde, parte das suas forças para o Quartel do Carmo onde se encontrava o chefe do governo, Marcelo Caetano, que ao final do dia se rendeu, fazendo, contudo, a exigência de entregar o poder ao General António de Spinola, Marcelo Caetano partiu, depois, para a Madeira, rumo ao exilio no Brasil.

confirmava

o

golpe

e

marcava

o

início

das

Marcelo Caetano partiu, depois, para a Madeira, rumo ao exilio no Brasil. confirmava o golpe e
Marcelo Caetano partiu, depois, para a Madeira, rumo ao exilio no Brasil. confirmava o golpe e