Sie sind auf Seite 1von 6

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

FACULDADE DE BIBLIOTECONOMIA E COMUNICAÇÃO


PLANO DE ENSINO

Os paradigmas da ciência contemporânea. Tipologias da pesquisa. Pesquisa bibliográfica e


resumos. Metodologia da pesquisa bibliográfica. Manuseio de fontes de informação. Técnicas de
leitura e elaboração dos trabalhos científicos. Normalização. Comunicação científica e
apresentação dos trabalhos.

Discutir os rumos da pesquisa bibliográfica e as suas perspectivas na


contemporaneidade, a partir da análise dos principais paradigmas do conhecimento e
das tecnologias da informação.

Traçar um perfil dos paradigmas do conhecimento contemporâneo, a fim de


compreender as condições sociais da produção do conhecimento nos diferentes campos
do conhecimento.

Aplicar informações obtidas em bases de dados, documentos científicos, fontes


primárias e secundárias e outras, na construção do conhecimento científico.

Instrumentalizar os alunos na aplicação de normas técnicas, no planejamento, redação e


apresentação de documentos técnico-científicos.

Avaliar o nível de qualidade de trabalhos científicos em relação aos objetivos da


pesquisa, a partir da análise dos aspectos teóricos e metodológicos envolvidos no
processo de coleta e análise dos dados e na apresentação e discussão dos resultados da
pesquisa.

Serão consideradas como competências: redação de textos científicos, identificação de


problemas de pesquisa bibliográfica, seleção de fontes teóricas de acordo com os
objetivos da pesquisa. No que se refere às habilidades: a busca de base teórica em
bibliotecas tradicionais e virtuais, a utilização de fontes na construção textual, e,
finalmente, a organização do texto numa seqüência lógica em que se identifiquem
uma fase introdutória, uma de análise (desenvolvimento) e finalmente uma de
conclusão.

Os paradigmas da ciência contemporânea: o pensamento clássico, pós-moderno e


emergente. Tipologias da pesquisa. Pesquisa bibliográfica e resumos. Metodologia da
pesquisa bibliográfica. Manuseio de fontes de informação. Técnicas de leitura e
elaboração dos trabalhos científicos. Normalização e apresentação dos trabalhos.
Pesquisa bibliográfica : planejamento, fases, registro crítico. Leitura crítica :
apontamentos e técnicas de registro de dados. Estrutura do trabalho científico. Tipos:
artigos, monografias, dissertações, teses, projetos de pesquisa, projetos de ação, ensaios,
resumos, resenhas e outros. Normalização do documento científico: utilização de
normas brasileiras. O uso das citações no trabalho científico. Documentos eletrônicos.
Redação e padronização dos documentos: estrutura, estilo. Tipos de trabalhos
científicos: teses, dissertações, monografias, ensaios, artigos, resumos, resenhas.

ATIVIDADES MÊS 1 MÊS 2 MÊS 3 MÊS 4


Apresentação da disciplina, do programa
e das atividades. Os paradigmas da
ciência contemporânea: estruturalista,
pós-moderno e emergente.
A pesquisa bibliográfica como base para
a construção do trabalho científico. O
acesso a bases de dados para obtenção de
informações. A busca de fontes em
bibliotecas digitais.
A redação de resumos indicativos,
informativos e resenhas. Ensaios e
artigos científicos. O uso das citações no
trabalho científico. Distinção formal
entre monografias e projetos de pesquisa.
Roteiro para a construção de projetos de
pesquisa.

As aulas serão de caráter teórico-prático, incluindo palestras, seminários, como


também demonstrações e experimentações, quando for o caso. Pelas características
próprias do conteúdo envolvido, é enfatizada a necessidade de que o aluno faça as
leituras prévias a cada encontro, quando recomendadas pelo professor. .

A avaliação incluirá o acompanhamento do interesse e qualidade da


participação individual e coletiva durante cada uma das atividades previstas no
curso (interesse, motivação, assiduidade, responsabilidade, respeito à dinâmica do
grupo, entre outros fatores) e, pela forma seqüencial e integrada como foi
estruturado o programa, a freqüência às aulas também será incluída como elemento
de análise do desempenho dos alunos.
Para avaliação, o aluno deverá realizar os seguintes trabalhos acadêmicos, a ser
entregues em datas previamente agendadas:

A) Redação de um resumo informativo


B) Redação de uma resenha
C) Redação de um ensaio ou artigo científico
D) Desconstrução de uma tese, dissertação ou monografia
E) Projeto de pesquisa ou relatório de tcc (opcional para os concluintes de cursos de
graduação).

·
Cronograma apresentado está bastante genérico, servindo apenas como sugestão. Deve ser adaptado às
características e às necessidades de cada disciplina/professor.
CONCEITOS OBJETIVOS ALCANÇADOS QUALIDADE DE ATINGIMENTO
DOS OBJETIVOS ALCANÇADOS
A
B
C
D

A) TEXTOS DO PROFESSOR, DISPONIBILIZADOS POR E-MAIL (leitura


obrigatória)

DALLA ZEN, Ana Maria. A escolha da técnica e do instrumento de coleta de dados.


Porto Alegre: UFRGS/FABICO, set. 2003 (Texto não publicado). Disponível por e-
mail: azen@ufrgs.br.

_____. Estrutura e apresentação de projetos e relatórios de pesquisa. Porto Alegre:


UFRGS/FABICO, set. 2003 (Texto não publicado). Disponível por e-mail:
azen@ufrgs.br.

_____. Como referir as fontes utilizadas no trabalho científico. Porto Alegre:


UFRGS/FABICO, set. 2003 (Texto não publicado). Disponível pro e-mail:
azen@ufrgs.br.

_____. O papel e a forma das citações nos trabalhos científicos. Porto Alegre:
UFRGS/FABICO, set. 2003 (Texto não publicado). Disponível por e-mail:
azen@ufrgs.br.

B) PARADIGMAS DO PENSAMENTO CONTEMPORÂNEO (leituras seletivas,


de acordo com os interesses individuais)

ALMEIDA, Maria da Conceição Xavier de. O lado onírico da ciência. Revista


FAMECOS, Porto Alegre, n.18, ago. 2002. P-62-69.

BOFF, Leonardo. O universo sob o arco do tempo e da evolução. In: _____. Dignitas
Terrae: ecologia, grito da terra, grito dos pobres. 2.ed. São Paulo: Ática, 1996. P.43-62.
(Paradigma da complexidade)
CAPRA, Fritjof. Ecologia profunda: um novo paradigma. In: _____. A teia da vida:
uma nova compreensão científica dos sistemas vivos. Trad. Newton Eichemberg. 7.ed.
São Paulo: Cultrix, 2002. P. 23-45.(Análise detalhada do pensamento pós-cartesiano).

CARVALHO, Edgard de Assis. Estrangeiras imagens. In: CASTRO, Gustavo de et alii.


Ensaio de complexidade. Porto Alegre: Sulina, 1997. P.139-151.
(Exemplo de texto redigido na perspectiva do paradigma complexo).

GINZBURG, Carlo. O queijo e os vermes: o cotidiano e as idéias de um moleiro


perseguido pela inquisição. Trad. Maria Betânia Amoroso, José Paulo Paes e Antonio
da Silveira Mendonça. São Paulo: Companhia das Letras, 1987.

GUIMARÃES, Carlos Antonio Fragoso. Holismo x mecanicismo: o que é a vida?


Disponível em : http://geocities.com/viena/2809/carlos.html. Acesso em: 10 out.99, 2o
horas.
(Introdução básica ao conhecimento complexo).

IGLESIAS, José Roberto. Ciência, magia, pós-marxismo e neo-liberalismo. Ciência &


ambiente. UFRSM, Santa Maria, v.1, n.14, jun-julho 1997. P. 7-26.
(Defesa da ciência clássica x pós-moderna).

LENOIR, René. A ciência abala antigas certezas. Adverso. Porto Alegre: ADUFRGS,
out. 1998, 2.quinzena.
(Caracteriza o que se constitui na nova ciência).

MATURANA, Humberto. Linguagem, emoções e ética nos afazeres políticos. In:


_____. Emoções e linguagem na educação e na política. Belo Horizonte:
UFMG/Humanitas, 1999. P.37-73.

(Destaca o papel das emoções na construção do conhecimento).

MORIN, Edgar. Ciência com consciência. 2.ed. Trad. Maria D. Alexandre e Maria
Alice Sampaio Dória. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1998.

(Obra fundamental para situar a ciência como base a para transformação do mundo).

MORIN, Edgar; KERN, Anne Brigitte. A reforma do pensamento. In: _____.Terra-


patria.Trad. Paulo Azevedo Neves da Silva. Porto Alegre: Sulina, 2000. P. 159-170.

(Síntese do pensamento complexo).

MORIN, Edgar; KERN, Anne Brigite. Nossas finalidades terrestres. In :____.Terra-


pátria. Trad. Paulo Azevedo Neves da Silva. Porto Alegre: Sulina,2000.P.106-140.

( O papel da ciência na hominização).

_____. A cabeça bem feita: repensar a reforma repensar o pensamento. Trad. Eloá
Jacobina. Rio de Janeiro:Bertrand Brasil, 2000.
(Obra fundamental para discutir em seminário de avaliação e reforma curricular).

_____. Os sete saberes necessários à educação do futuro. Trad. Catarina Eleonora F.


da silva e Jeanne Sawaya. 2.ed.são Paulo:Cortez:Brasília,DF:Unesco, 2000.

(Idem)

NICOLUESCU, Basarad. Um novo tipo de conhecimento: interdisciplinar.


In:NICOLUESCU,Basarad et alii.Trad. Judite Vero, Maria F. de Mello e Américo
Sommerman. Educação e transdisciplinaridade. Brasília:Unesco, 2000(Edições
UNESCO).P.13-56.

(Discute os conceitos de disciplinaridade, inter e transdisciplinaridade no conhecimento


científico).

O PONTO de mutação. Produção de Bernd Capra. Baseado no livro homônimo, de


Fritjof Capra. Ators: Liv Ulmann, Sam Waterston, John Heard. 1 videocassete
(126min.).Debate entre uma cientista desencantada com o projeto Guerra nas Estrelas,
durante o governo Reagan, um candidato derrotado à presidência dos Estados Unidos
(baseado em Al-Gore) e um dramaturgo em crise , que se encontram no castelo
medieval de Mont Saint-Michel, no litoral da França, discutindo ecologia, política,
tecnologia e futuro.

(Análise da evolução do pensamento cartesiano a partir da física quântica).

RAZÃO, saber, interpretação. In: MARCONDES FILHO, Ciro (Org.). Pensar-


pulsar: cultura comunicacional, tecnologia, velocidade. São Paulo, NTC/USP, 1996. P.
379-408

(Texto redigido de forma caracteristicamente pós-moderna, explicando detalhes da


fragmentação da ciência atual).

RUDIO, Franz Victor. Introdução ao projeto de pesquisa científica.. 5.ed.


Petrópolis: Vozes, 1981.

SANTOS, Boaventura de Souza. Introdução a uma ciência pós-moderna. Rio de


Janeiro: Graal, 1989.

(Apresenta a teoria crítica numa perspectiva pós-moderna).

_____. Da idéia de universidade à universidade de idéias. In: _____. Pela mão de


Alice. Lisboa: Afrontamento, 1995.P.187-234.

(Texto essencial para compreender o papel da ciência no contexto da globalização,


situando o papel da universidade na produção do conhecimento).

_____. Cinco desafios à imaginação sociológica.In: _____. Pela mão de Alice.


Lisboa:Afrontamento, 1995.P. 17-49.
( Resgate histórico da crise paradigmática atual).

VASCONCELOS, Eduardo Mourão. Complexidade e pesquisa interdisciplinar:


epistemologia e metodologia operativa. Petrópolis: Vozes, 2002.

VEIGA-NETO, Alfredo. Michel Foucault e educação: há algo de novo sob o sol? In:
_____ (org.). Crítica pós-estruturalista e educação. Porto Alegre: Sulina, 1995. P.10-
56.

(Explica a ciência pós-moderna).