You are on page 1of 2

?ublicado no D. O. E.

:m,j.LI-J,L1 D ,f
-1-
11 s~creta\ do Tribunal Pleno

I PROCESSO TC 03236107 ~ I
Administração Direta Municipal - Município de GURINHÉM
- Prestação de Contas do Prefeito, Senhor CLAUDINO
CÉSAR FREIRE, relativa ao exercício financeiro de 2006 -
Emissão de PARECER CONTRÁRIO à aprovação das
contas - Aplicação de multa - Concessão de prazo para
esclarecimentos- Representação à Receita Federal do
Brasil - Recomendações.
Atendimento PARCIAL às exigências da LRF.

ACORDA0 APL - TC t~(,12008


Vistos, relatados e discutidos os autos do PROCESSO TC-03236/07;e
CONSIDERANDOos fatos narrados no Relatório;
CONSIDERANDOos Relatórios da Unidade Técnica de Instrução e do Relator,
que passam a integrar a decisão consubstanciada neste ato;
CONSIDERANDOo mais que dos autos consta;
Os MEMBROS do TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DA PARAíBA (TCE-
Pb), à unanimidade, de acordo com a Proposta de Decisão do Relator, na Sessão
desta data, decidiram:
1. APLICAR multa pessoal ao Senhor CLAUDINO CÉSAR FREIRE, no valor de
R$ 2.805,10 (dois mil e oitocentos e cinco reais e dez centavos), em virtude
de grave infração a preceitos e disposições constitucionais e legais,
especialmente quanto à não aplicação mínima na Remuneração e
Valorização do Magistério, bem como por ter deixado de executar
procedimentos licitatórios que estaria obrigado a realizá-los, configurando
a hipótese prevista no artigo 56, inciso 11, da LOTCE (Lei Complementar
18/93) e Portaria 39/2006;
2. ASSINAR o prazo de 60 (sessenta) dias para o recolhimento voluntário da
multa ora aplicada, aos cofres estaduais, através do FUNDO DE
FISCALIZAÇÃO FINANCEIRA E ORÇAMENTÁRIAMUNICIPAL, sob pena de
cobrança executiva, desde já recomendada, inclusive com a interveniência
da Procuradoria Geral do Estado ou da Procuradoria Geral de Justiça, na
inação daquela, nos termos dos parágrafos 3° e 4°, do artigo 71 da
Constituição do Estado, devendo a cobrança executiva ser promovida nos
30 (trinta) dias seguintes ao término do prazo para recolhimento voluntário,
se este não ocorrer;
3. DETERMINAR a verificação, através da Auditoria, da efetiva redução do
contingente excessivo dentro o prazo e através das medidas legais
cabíveis, devendo as intor. ões colhidas subsidiar a Prestação de
Contas do ex. rcício de 7 no qual extingue-se o prazo para a redução
necessária;
I PROCESSO TC 03236/07 §I?] I
4. RECOMENDAR ao Poder Legislativo local, a elaboração de norma
legislativa adequada, para o quadriênio 2009-2012,à disciplina da matéria
relativa à fixação dos subsídios dos agentes políticos da municipalidade;
5. ORDENAR a ao atual Mandatário Municipal, a devolução à conta corrente
do FUNDEF, com recursos do próprio município, da importância de R$
7.889,59,uma vez aplicada em despesas correntes da edilidade, foram dos
objetivos do fundo, no prazo de 30 dias, sob pena de aplicação de multa e
outras cominações legais aplicáveis à espécie
6. REPRESENTAR à Receita Federal do Brasil, com relação aos fatos
atrelados às contribuições previdenciárias;
7. RECOMENDARà Administração Municipal de GURINHÉM,no sentido de
que não mais repita as falhas constatadas nos presentes autos,
especialmente no que toca à observância aos termos da Lei de
Responsabilidade Fiscal e dos principios constitucionais e administrativos
e à necessidade de organizar e manter a Contabilidade em estrita
consonância com as normas pertinentes, com vistas a evitar
conseqüências adversas em futuras prestações de contas.
Publique-se, intime-se e registre-se.
Sala das Sessões do TCE-Pb - Plenário Ministro João Agripino
João Pessoa, 08 d tubro de 2008.

André Carlo Torres Pontes


Procurador Geral em exercício do Ministério Público Especial junto ao TCE/PB