Sie sind auf Seite 1von 4
ESCOLA SECUNDÁRIA DE TÁBUA – 403647 Português – 11º ano CURRÍCULO 2 0 0 8

ESCOLA SECUNDÁRIA DE TÁBUA – 403647

Português – 11º ano

CURRÍCULO

2 0 0 8

S

E

Q

U

Ê

N

C

I

A

S

D

E

A

P

R

E

N

D

I

Z

A

G

E

M

SEQUÊNCIA 1

Sermão de Santo António outros textos argumentativos

   

Apresentação e troca de pontos de vista

C

ORALIDADE

Justificação de escolhas pessoais

O

Exposição oral

N

Apresentação oral de trabalhos com apoio de diversos suportes Debate

T

E

 

SERMÃO DE SANTO ANTÓNIO, P. ANTÓNIO VIEIRA Leitura analítica e crítica

-estrutura argumentativa do sermão -contexto histórico / crítica social

-eficácia persuasiva

Ú

D

LEITURA

O

S

TEXTO NÃO LITERÁRIO Textos argumentativos diversos

dos media:

editorial artigo de opinião crítica de cinema texto

da publicidade:

imagem anúncio televisivo Leitura funcional (para informação e estudo) Leitura analítica e crítica Leitura comparativa Leitura recreativa Leitura de imagem Visionamento de anúncios e de filmes

 

Escrita expressiva e criativa

ESCRITA

Carta aberta Frases poéticas e slogans para publicidade

Escrita de textos expositivo-argumentativos

Preparação, planificação de uma exposição Elaboração de textos expositivos-argumentativos Resumo de texto expositivo-argumentativo Elaboração de textos de apreciação crítica Elaboração de texto de promoção de filme Elaboração de texto de argumentação para anúncio publicitário

FUNCIONAMENTO DA LÍNGUA

Texto (ritmo, continuidade; progressão; coesão; coerência) Conectores argumentativos Neologia Polissemia Valor da pontuação Recursos expressivos (fónicos, morfossintácticos e semânticos) lntencionalidade e adequação comunicativa

OFICINA DE ESCRITA

Preparação, planificação e elaboração de textos expositivos- -argumentativos com diferentes finalidades Criação de campanha publicitária

SEQUÊNCIA 2

Frei Luís de Sousa, Almeida Garrett

C

ORALIDADE

Apresentação e troca de pontos de vista

O

Justificação de escolhas pessoais

N

Apresentação oral de trabalhos Exposição oral Debate

T

E

Ú

 
 

FREI LUÍS DE SOUSA, ALMEIDA GARRETT Leitura analítica e crítica

D

O

S

LEITURA

-função das didascálias -estrutura (externa; interna de base clássica) -categorias do texto dramático (acção, personagens, espaço,

tempo) -intenção pedagógica - sebastianismo -ideologia romântica -valor simbólico de alguns elementos -paratexto: "Memória ao Conservatório Real" Leitura funcional (para informação e estudo) Leitura recreativa Leitura de imagem Visionamento de filmes/ peça de teatro

 

Escrita expressiva e criativa

ESCRITA

Criação de entrevista imaginária Criação de texto segundo um tema proposto

Escrita segundo modelo

Transformação de texto narrativo em texto dramático Texto de opinião Texto expositivo-argumentativo

Escrita do domínio transaccional

Elaboração de protesto/reclamação

FUNCIONAMENTO DA LÍNGUA

Valor expressivo do substantivo, do pronome, do verbo Valor da pontuação Intencionalidade e adequação comunicativa Registos de língua Recursos expressivos (morfo-sintácticos e semânticos) Campo semântico Modo dramático:

Texto (continuidade; progressão; coesão; coerência)

OFICINA DE ESCRITA

Produção de textos decorrentes do estudo de Frei Luís de Sousa

SEQUÊNCIA 3

Os Maias, Eça de Queirós

C

ORALIDADE

Apresentação e troca de pontos de vista

O

Justificação de escolhas pessoais

N

Exposição oral

T

Apresentação oral de trabalhos com recurso a meios diversos Dramatização Debate televisivo

E

Ú

D

   

O

S

LEITURA

OS MAIAS, EÇA DE QUEIRÓS Leitura analítica e crítica

-estrutura -categorias do texto narrativo (acção, personagens, espaço, tempo, narrador) -contexto ideológico e sociológico -valores e atitudes culturais (Geração de 70, Realismo) -características da prosa queirosiana

TEXTO NÃO LITERÁRIO Textos

dos media: crónica, editorial, cartoon Leitura funcional (para informação e estudo) Leitura comparativa Leitura recreativa Leitura de imagem Visionamento de filmes

ESCRITA

Escrita criativa

Criação de guião para dramatização de episódio Criação de jornal oitocentista Elaboração de textos-legendas para fotografias e caricaturas a expor

Escrita segundo modelo

Textos expositivos-argumentativos Texto de opinião Retrato Descrição

FUNCIONAMENTO DA LÍNGUA

Valor expressivo do diminutivo, do adjectivo, do advérbio, do verbo Intencionalidade e adequação comunicativa Objectividade / subjectividade Registos de língua Recursos expressivos (morfossintácticos e semânticos) Campo semântico Modo narrativo -características -modos de representação e expressão - discurso indirecto livre Texto (continuidade; progressão; coesão; coerência)

OFICINA DE ESCRITA

Elaboração de trabalhos temáticos decorrentes do estudo de Os Maias Criação de jornal de época

SEQUÊNCIA 4

Poesia de Cesário Verde

C

ORALIDADE

Apresentação e troca de pontos de vista

O

Justificação de escolhas pessoais

N

Exposição oral

T

Apresentação oral de trabalhos

E

   

Ú

 

POEMAS DE CESÁRIO VERDE

D

LEITURA

O

Leitura analítica e crítica

S

Leitura recreativa

-poemas de autores diversos (Gomes Leal, Baudelaire, Alberto Caeiro, Eugénio de Andrade) -crónica jornalística (Clara Ferreira Alves) Leitura de imagens Leitura para informação e estudo Leitura analítica e crítica Leitura comparativa Leitura recreativa Leitura de imagem

ESCRITA

Escrita criativa

Reportagem a partir de poemas

Escrita segundo modelo

Prefácio Texto de contracapa Texto expositivo-argumentativo Resumo de texto expositivo-argumentativo

FUNCIONAMENTO DA LÍNGUA

Valor expressivo do substantivo, do adjectivo, do verbo, do determinante, do advérbio Valor da pontuação Polissemia, campo semântico, simbologia Recursos estilísticos (fónicos, morfossintácticos e semânticos) Estruturas poéticas Texto (continuidade; progressão; coesão; coerência) Paratextos

 

Produção de textos decorrentes do estudo da poesia de Cesário Verde:

OFICINA DE ESCRITA

Elaboração de roteiro literário