Sie sind auf Seite 1von 5

Célula básica do sistema nervoso -

Neurônio

Parte central do sistema nervoso


A parte central do sistema nervosos compreende o encéfalo e a
medula espinal

A parte central do sistema


nervosos compreende o
encéfalo e a medula espinal
O encéfalo compreende:

Cérebro

Cerebelo
Bulbo

O córtex cerebral se dirige para o


centro do cérebro e para a medula
espinal. Envia impulsos para o
organismo e recebe estímulos do
ambiente.
>O cerebelo tem como função equilíbrio do corpo, coordenar os
movimentos e permitir a orientação espacial.
> O cérebro é a sede da inteligência. Contra as atividades voluntárias
e conscientes do corpo humano.
>O bulbo controla os movimentos respiratório e cardíacos forma o
que se denomina nó vital.
>No hipotálamo encontramos os centros nervosos que controlam a
pressão sanguínea, a sudorese a sede, a fome, a raiva, o prazer e nos
animais homeotérmicos, a temperatura.

A medula espinal é a continuação do bulbo.


Uma estrutura tubular que desce pelo interior
da coluna vertebral

Da medula partem 31 pares de


nervos espinais, formados de fibras
sensitivas e motoras.
As sensitivas levam os impulsos
para a medula, e as motoras trazem
os impulsos da medula.
Os atos reflexos. Os inatos e
condicionados

Parte periférica do sistema nervoso


O sistema nervoso somático é constituído pelas ramificações dos
nervos que partem do encéfalo e da medula espinal. Ao todo são 43
pares de nervos: 12 pares do encéfalo, os nervos espinais, e 31 pares
da medula, os nervos raquianos.
Os nervos cranianos podem ser sensitivos, motores ou mistos, porém
todos os nervos espinais são mistos.
A divisão autônoma do sistema nervoso encontra-se separado em
parte simpática e parasimpática.
O sistema nervoso simpático é formado por fibras nervosas que
garantem resposta adequadas às situações de emergência ou
estresse que requerem muita energia, como brigar, escapar ou fazer
exercício.
O sistema nervoso parassimpático é constituído por fibras nervosas
que normalizam o funcionamento dos órgãos internos, quando cessa
uma situação de perigo.

O sistema nervoso e as drogas


Os agentes biológicos – vírus e bactérias – doenças neuro-
logicas.
>Os agentes químicos – afetam o sistema nervoso.
>Dependência ou toxicomania – Física e psicológica.
Classificação das drogas:
Estimulantes. Ex.: nicotina, cafeína, cocaína,anfetaminas.
b) Depressoras. Ex.: Álcool etílico, ópio, morfina, heroína, ina-
lantes, benzodiazepínicos.
Pertubadoras. Ex.: Maconha, LSD, alucinógenos.

Psicotrópico - Diz-se de, ou droga que age sobre o psiquismo, como


calmante ou como estimulante. [O uso indevido de psicotrópicos
provoca perturbações psíquicas.]
Entorpecentes - Substância tóxica com ação analgésica e efeito
psíquico tido como agradável pelo usuário, e a que o organismo se
habitua, vindo a tolerar doses grandes, mas que provocam a
necessidade de seu uso, o qual acarreta progressivas perturbações
físicas e morais; estupefaciente.
Narcóticos - Substância que produz narcose.
Substância cuja ação se caracteriza pela produção de amnésia,
hipnose, analgesia, e certo grau de relaxamento muscular.