You are on page 1of 4
FUNDAÇÃO EDUCACIONAL UNIFICADA CAMPOGRANDENSE (FEUC) FACULDADES INTEGRADAS CAMPO-GRANDENSES (FIC) COORDENAÇÃO DE MATEMÁTICA Estrada da Caroba, 685,

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL UNIFICADA CAMPOGRANDENSE (FEUC) FACULDADES INTEGRADAS CAMPO-GRANDENSES (FIC) COORDENAÇÃO DE MATEMÁTICA Estrada da Caroba, 685, Campo-Grande/RJ - Tel: 3408-8450 Sites: www.feuc.br, www.sites.google.com/site/FEUCmat

 

Disciplina: Matemática Financeira

Assunto: Descontos

 
       

Introdução

Se alguém deve uma quantia em dinheiro em uma data futura, é comum entregar ao credor um título de crédito, que é o comprovante dessa dívida. Todo título de crédito tem uma data de vencimento; porém, o devedor pode resgatá-lo antecipadamente, obtendo com isso um abatimento denominado desconto.

Títulos de Crédito

Os títulos de crédito mais comuns nas operações financeiras são a nota promissória, a duplicata e a letra de câmbio.

  • A Nota Promissória é um comprovante da aplicação de um capital com vencimento predeterminado. É um título muito

utilizado entre pessoas físicas e uma instituição financeira.

  • A Duplicata é um título emitido por uma pessoa jurídica contra seu cliente (pessoa física ou jurídica), para o qual ela

vendeu mercadorias a prazo ou prestou serviços a serem pagos no futuro, segundo um contrato.

  • A Letra de Câmbio, assim como a nota promissória, é um comprovante de uma aplicação de capital com vencimento

predeterminado; porém, é um título ao portador, emitido exclusivamente por uma instituição financeira.

Desconto

Com relação aos títulos de crédito, pode ocorrer:

  • Que o devedor efetue o pagamento antes do dia predeterminado. Nesse caso, ele

se beneficia com um abatimento correspondente ao juro que seria gerado por esse

dinheiro durante o intervalo de tempo que falta para o vencimento.

  • Que o credor necessite do seu dinheiro antes da data predeterminada. Neste

caso, ele pode vender o título de crédito a um terceiro e é justo que este último obtenha

um lucro, correspondente ao juro do capital que adianta, no intervalo de tempo que falta para o devedor liquidar o pagamento; assim, ele paga uma quantia menor que a fixada no título de crédito. Em ambos os casos há um benefício, definido pela diferença entre as duas quantias.

Esse benefício, obtido de comum acordo, recebe o nome de desconto.

As operações anteriormente citadas são denominadas operações de desconto, e o ato de efetuá-las é chamado descontar um título.

Além disso:

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL UNIFICADA CAMPOGRANDENSE (FEUC) FACULDADES INTEGRADAS CAMPO-GRANDENSES (FIC) COORDENAÇÃO DE MATEMÁTICA Estrada da Caroba, 685,
  • Dia do vencimento é o dia fixado no título para o pagamento (ou recebimento) da aplicação.

  • Valor nominal (ou valor futuro, ou valor de face ou valor de resgate) é o valor indicado no título (importância a ser paga

no dia do vencimento).

  • Valor atual (ou valor descontado) é o líquido pago (ou recebido) antes da data de vencimento.

  • Tempo ou prazo é o número de dias compreendido entre o dia em que se negocia o título e o de seu vencimento.

Assim:

Desconto é a quantia a ser abatida do valor nominal, isto é, a diferença entre o valor nominal e o valor atual.

Obs.: o desconto pode ser feito considerando-se como capital o valor nominal ou o valor atual. No primeiro caso, é denominado desconto comercial, no segundo, desconto racional.

Desconto Comercial

Chamamos desconto comercial, bancário ou por fora o equivalente ao juro simples produzido pelo valor nominal do título no período de tempo correspondente e à taxa fixada.

Dessa forma, o desconto simples d aplicado a um título com valor nominal N a uma taxa i antecipado em n períodos de tempo é dado por:

Valor Atual

d = N . i . n

Chama-se valor atual de um título o resultado da diferença entre o valor nominal e o desconto.

Desconto Racional

A = N d

ou A = N.(1 i.n)

Chamamos desconto racional ou por dentro, o equivalente ao juro produzido pelo valor atual do título no período de tempo correspondente e à taxa fixada.

Dessa forma, o desconto racional dr aplicado a um título com valor atual A a uma taxa i antecipado em n períodos de tempo é dado por:

dr = Ar . i . n

mas, como Ar = N dr, conclui-se que

dr

N i n

..

  • 1 i . n

Obs.: na prática, somente o desconto comercial é utilizado.

Desconto Composto

Desconto Comercial Chamamos desconto comercial, bancário ou por fora o equivalente ao juro simples produzido pelo

O conceito de desconto no regime de capitalização composta é o mesmo do desconto simples: é o abatimento que obtemos ao saldar um compromisso antes do seu vencimento. Empregamos o desconto composto para operações a longo prazo, já que a aplicação do desconto simples comercial, nesses casos, pode levar-nos a resultados sem nexo (com o desconto ultrapassando o valor nominal do título). Analogamente ao caso do desconto simples, temos dois tipos de desconto composto: o racional e o comercial. O desconto composto comercial praticamente não é empregado entre nós; assim, ficaremos restritos ao estudo do

desconto composto racional.

Valor Atual

Valor Atual, em regime de juros compostos, de um capital N disponível no fim de n períodos, à taxa i relativa a esse período, é o capital A que, colocado a juros compostos à taxa i, produz no fim dos n períodos o montante N.

Desconto Comercial Chamamos desconto comercial, bancário ou por fora o equivalente ao juro simples produzido pelo

A .(1 + i) n = N

ou

A = N.(1 + i) -n

2

EEXXEERRCCÍÍCCIIOOSS
EEXXEERRCCÍÍCCIIOOSS
  • 1. Sendo R$ 800,00 o valor nominal de um título, será antecipado em

2 meses

à

taxa de

2%

ao mês.

Calcule, nesta

operação financeira, o valor dos descontos: simples comercial, simples racional e composto.

  • 2. Qual a taxa mensal de desconto simples, utilizada num resgate de um título de R$ 1000,00 com vencimento para 90

dias, ao valor atual de R$ 880,00?

  • 3. Determine o valor atual de um título de R$ 800,00, saldado 4 meses antes de seu vencimento, à taxa de desconto

composto de 2% ao mês.

  • 4. Calcule o valor atual de um título de valor nominal correspondente a R$ 12100,00, com vencimento para 2 anos e 6

meses, à taxa de 44% ao ano.

  • 5. Um título de valor nominal de R$150.000,00 foi resgatado 3 meses antes de seu vencimento, tendo sido contratado à

taxa de 30% ao ano, capitalizados mensalmente. Qual foi o desconto simples comercial concedido?

Capitalização

Quando queremos fazer um investimento, podemos aplicar, de tempos em tempos, uma certa quantia em um fundo. Com isso pode-se constituir um capital que, em geral, oferece rendimentos segundo o regime de juros compostos.

Rendas

A sucessão de depósitos, em épocas diferentes, destinados a formar o capital, é denominada renda. Cada depósito (ou parcela) é um termo da renda e o intervalo de tempo decorrido entre duas aplicações de termos consecutivos é o período da renda.

Exemplo: Pedro deseja comprar um terreno e, para isso, deposita mensalmente R$ 200,00 em um fundo de renda fixa, que rende juros compostos mensais, à taxa de 1%. Quanto Pedro terá acumulado após 2 anos de aplicação?

Neste exemplo, os depósitos são os termos da renda e o período é mensal.

Tipos de Renda

  • Rendas certas (ou anuidades) ocorrem quando o número de termos, seus vencimentos e seus respectivos valores podem ser prefixados é o caso do exemplo acima.

  • Rendas aleatórias ocorrem quando pelo menos um dos elementos não pode ser previamente determinado é o caso de um seguro de vida, por exemplo, onde o número de termos é indeterminado.

Observações:

  • i. Quando o período da renda é sempre o mesmo, dizemos que ela é periódica, caso contrário, é não- periódica. ii. Se todos os termos da renda são iguais, ela é denominada constante; caso contrário, é variável. iii. Quanto à data do vencimento do primeiro termo, a renda pode ser: imediata (quando o vencimento do primeiro termo ocorre ao final do primeiro período após a assinatura de contrato), antecipada (quando o vencimento do primeiro termo se dá no ato da assinatura de contrato) ou diferida (quando o vencimento do primeiro termo ocorre ao final de um certo número de períodos após a assinatura de contrato). Contudo, quando não for especificado o tipo de renda, vamos considerá-la como imediata o tipo mais comum.

3

Montante

O capital acumulado é o montante de uma capitalização composta (que consideraremos com renda constante e imediata). Assim, podemos realizar uma capitalização em n períodos, de termos no valor T, a uma taxa i, obedecendo ao padrão de uma Progressão Geométrica (P. G.).

A fórmula para obtermos tal montante é:

(1  i ) n  1 S  T . n i i
(1
i
)
n
1
S
T
.
n i
i

S

ni
ni

(lê-se S n , cantoneira i ou, simplesmente, s, n, i).

EEXXEERRCCÍÍCCIIOOSS
EEXXEERRCCÍÍCCIIOOSS
  • 1. Pedro deseja comprar um terreno e, para isso, deposita mensalmente R$ 200,00 em um fundo de renda fixa,

que rende juros compostos mensais, à taxa de 1%. Quanto Pedro terá acumulado após 2 anos de aplicação?

  • 2. Um investidor deposita 12 parcelas mensais de R$ 400,00 em um fundo de investimentos que rende juros

compostos mensais à taxa de 2% ao mês. Que montante o investidor terá acumulado imediatamente após o último depósito?

  • 3. Calcule o valor da importância a ser depositada anualmente em um banco, a uma taxa de 6% ao ano para

capitalização composta, de tal modo que ao fazer o décimo depósito, o valor acumulado seja igual a R$ 1.975,00.

Amortização

É o processo através do qual se paga uma dívida (ou empréstimo em prestações periódicas fixas e constantes sobre as quais incide a mesma taxa.

Rendas

Obedecem à mesma classificação vista em capitalização composta.

Cálculo das prestações

O valor V , financiado a um percentual i período, gera uma prestação P dada por:

de juros compostos, que incidem sobre o saldo devedor a cada

i .(1   ) i ) n P = V . (1 i n 
i
.(1   )
i
)
n
P = V .
(1
i
n
1
EEXXEERRCCÍÍCCIIOOSS
EEXXEERRCCÍÍCCIIOOSS
  • 1. Carlos deseja comprar um automóvel e, para tanto, terá de financiar o valor de R$ 10.000,00. O plano escolhido

previa uma taxa de juros de 2% ao mês para pagamento em 12 parcelas fixas mensais, sendo a primeira para 30 dias

após a assinatura do contrato. Qual será o valor de cada parcela? (Desconsidere os centavos)

  • 2. Determine

o valor a ser pago mensalmente para amortizar, com 10 prestações,

R$ 15 000,00 contraído a juros de 2,5% ao mês.

um empréstimo no valor de