Sie sind auf Seite 1von 6
XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO Intensivo Modular Semanal CURSO INTENSIVO MODULAR SEMANAL – XIII EXAME

XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

Intensivo Modular Semanal

CURSO INTENSIVO MODULAR SEMANAL – XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

Disciplina

Direito Administrativo

Aula

04

EMENTA DA AULA

1. Licitações;

2. Contratação direta;

3. Contratos administrativos.

GUIA DE ESTUDO

1.

Licitações:

Definição: de acordo com a definição doutrinária, licitação é o processo administrativo através do qual o Poder Público seleciona a proposta mais vantajosa para o interesse público nos termos previstos no edital. No caso de compras, contratações, alienações, a administração pública é obrigada a escolher a melhor proposta através da licitação; os interessados competem entre si em pé de igualdade atendendo as regras do edital.

Fundamento: artigo 37 inciso XXI da CF. Como regra geral o Poder Público é obrigado a abrir licitação para realização de obras, serviços, compras e alienações.

Pressupostos: para a abertura da licitação devem ser constatados os pressupostos de viabilidade ou possibilidade de abertura de competição. Porém, se houver especificidade de fornecedor não será necessária a abertura de uma licitação, neste caso haverá inexigibilidade da licitação, pois somente determinada pessoa realiza devidamente o serviço.

Legislação: Lei 8.666/93. O destinatário é toda a administração pública, em todas as esferas de governo: federal, distrital, estadual e municipal; assim sendo tanto as pessoas da administração pública direta quanto indireta. Pois, essas figuras da administração somente podem visualizar o interesse público. Note, o contrato de publicidade (serviços de publicidade) deve se submeter à licitação.

Fases da licitação:

Publicação do edital: o início da licitação se dá com a publicação do edital, onde são fixadas todas as regras que devem ser observadas, do começo ao fim, por todos

EXAME DE ORDEM Complexo Educacional Damásio de Jesus

XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO Intensivo Modular Semanal aqueles que forem participar da licitação (Poder

XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

Intensivo Modular Semanal

aqueles que forem participar da licitação (Poder Público e interessados). Cumpre mencionar nesta fase o princípio da vinculação ao edital, ou seja, todas as regras do edital vinculam os participantes; se houver alguma exigência ou proposta fora da previsão do edital estes serão considerados ilegais. O edital estabelece entre outras coisas os documentos de natureza pessoal que cada licitante deve apresentar. A administração deve conhecer aqueles que desejam participar, se são probos e eficientes na realização dos serviços.

Habilitação: os licitantes terão que apresentar aqueles documentos de natureza pessoal previstos no edital. Se os documentos estiverem em conformidade com os fatos, os licitantes estarão habilitados para a fase seguinte; porém, caso contrário os licitantes estarão inabilitados/excluídos da licitação, neste caso a proposta não será nem mesmo avaliada.

Classificação: somente são analisadas as propostas comerciais daqueles que foram habilitados na fase anterior. Nesta fase, o primeiro momento é o da desclassificação, onde serão excluídas as propostas comerciais que não estiverem de acordo com as exigências do edital. E o segundo momento é o julgamento, aqui as propostas comerciais que atendem as exigências do edital serão analisadas e classificadas em ordem.

Homologação: neste momento o processo da licitação é analisado por uma autoridade superior (àquela que conduziu em primeiro momento). Esta autoridade pode promover a anulação da licitação caso observe certa ilegalidade. Ou caso não vislumbre nenhuma ilegalidade, promoverá a homologação da licitação; assim haverá a ratificação daquele resultado anterior.

Adjudicação: é a etapa que encerra a licitação com a entrega do seu objeto para a proposta vencedora. Note, a administração não está obrigada a contratar. O licitante vencedor tem apenas a expectativa de direito para a futura contratação (não há direito adquirido); possui apenas o direito de não ser preterido, ou seja, se a administração não desejar contratar ela não contratará, porém se desejar a contratação essa somente poderá ser realizada com o vencedor.

Modalidades de licitação: artigo 22 da Lei 8.666/93. Atenção! Quando a lei prevê que é certa modalidade que deve ser utilizada e a administração pública não a utiliza ocorrerá ilegalidade.

EXAME DE ORDEM Complexo Educacional Damásio de Jesus

XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO Intensivo Modular Semanal • Concorrência: é modalidade obrigatória quando, por

XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

Intensivo Modular Semanal

Concorrência: é modalidade obrigatória quando, por exemplo, para licitação internacional ou para licitações de altos valores, assim como para licitações envolvendo concessões e parcerias público privadas (PPPs). Qualquer pessoa pode participar da concorrência.

Tomada de preços: o item característico da tomada de preços é que em primeiro momento somente participam aqueles que previamente possuem cadastro na administração.

Convite: a administração toma a iniciativa de chamar pessoas para participar. Deve convidar no mínimo três participantes para garantir a devida competitividade. Aquele que não foi convidado e quer participar deverá apresentar dois requisitos: estar previamente cadastrado na administração e manifestar sua intenção em até 24 horas antes da data marcada para apresentação dos documentos e propostas.

Concurso: a administração só abre concurso para a escolha de trabalhos técnicos, artísticos ou científicos (objeto único). Qualquer um pode participar do concurso. Exemplo: projeto de arquitetura para revitalizar determinada área.

Leilão: qualquer pessoa pode participar. O leilão é aberto quando o Poder Público têm o intuito de alienar bens públicos ou bens particulares que tenham sido legalmente apreendidos pela administração. Exemplo: bens imóveis de traficantes.

Pregão: foi criado através da Lei 10.520/02. Modalidade voltada à aquisição de bens e serviços comuns a valores de mercado. Surgiu para tornar a licitação mais ágil e transparente, não por outra razão é a modalidade mais utilizada. O pregão é o único

que admite a participação online/participação à distância (pregão eletrônico), pois as outras modalidades são somente de modo presencial. O procedimento do pregão segue as regras do artigo 4º da Lei 10.520/02.

o

Fase de habilitação: se resume em preenchimento de declaração apresentada ao poder público. Declara-se estar em dia com todas as obrigações. Da declaração todos estão habilitados para a fase seguinte.

o

Fase de classificação: critério único de julgamento é o menor preço - critério objetivo e transparente, não analisa técnica. Apurada a proposta de menor preço abre-se uma segunda rodada de competição, participando aquele da proposta de menor preço e aqueles de 10% acima dela.

o

Adjudicação: antes da adjudicação analisam-se os documentos pessoais. Se os documentos estiverem em conformidade com os fatos haverá adjudicação,

EXAME DE ORDEM Complexo Educacional Damásio de Jesus

XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO Intensivo Modular Semanal caso contrário o pregoeiro examinará as ofertas

XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

Intensivo Modular Semanal

caso contrário o pregoeiro examinará as ofertas subsequentes e aquela que atender ao edital e equiparar a proposta do anterior será declarado vencedor

2. Contratação direta: como regra geral utiliza-se a licitação. Porém, excepcionalmente a

Constituição Federal abriu a possibilidade de se contratar sem licitação. Hipóteses:

Inexigibilidade: artigo 25 da Lei 8.666/93. Nessa hipótese existe a inviabilidade de competição, ou seja, a competição não pode ser aberta ainda que o administrador queira. Há inexigibilidade quando houver fornecedor ou representante comercial exclusivo; quando para contratar profissionais do setor artístico, que deve ser reconhecido pela critica especializada ou pela opinião pública; e para contratação de um profissional notoriamente especializado para a execução de uma atividade singular, dois itens devem ser comprovados: a notoriedade e a atividade singular. Observação: notório é aquele que se destacou entre os demais no setor em que atua (em razão de títulos acadêmicos, obras publicadas, etc), ou seja, não é um profissional comum. Já a atividade singular é aquela que não é comum (atividade especial); por exemplo: atividade de assessoria, de consultoria ou elaboração de pareceres técnicos (artigo 13 da Lei 8.666/93).

Dispensa: artigo 24 da Lei 8.666/93. Aqui há viabilidade de competição; a competição é possível, porém por previsão legal haverá a dispensa de licitação. Exemplos:

necessidade emergencial de adquirir armamentos por parte da União; medicamentos por conta de epidemia.

3. Contratos administrativos:

Legislação: regidos pela Lei 8.666/93 artigos 54 e seguintes.

Características comuns: os contratos administrativos são regidos por regras de direito público, que conferem à administração a possibilidade de tomar medidas unilaterais (artigo 58 da Lei 8.666/93). Nos contratos administrativos, a administração poderá unilateralmente elaborar, alterar as clausulas contratuais e rescindir o contrato, ainda que o contratado tenha respeitado todas as regras estipuladas. A administração recebe prerrogativas para alcançar a preservação do interesse público mediante a possibilidade de medidas unilaterais; daí o nome técnico de clausulas exorbitantes.

Execução: como regra geral, as cláusulas que foram inicialmente pactuadas não poderão ser alteradas, sob pena de responsabilização (artigo 66 da Lei 8.666/93). Excepcionalmente, as clausulas iniciais do contrato poderão ser alteradas quando

EXAME DE ORDEM Complexo Educacional Damásio de Jesus

XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO Intensivo Modular Semanal durante a execução do contrato surgirem fatos

XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

Intensivo Modular Semanal

durante a execução do contrato surgirem fatos imprevisíveis, que impeçam o seu cumprimento nas condições iniciais; a teoria da imprevisão é a que autoriza essa mudança das clausulas iniciais. Os fatos geradores da aplicação dessa teoria são: caso fortuito, força maior, fato do príncipe e o fato da administração.

Caso fortuito e força maior: quando durante a execução surgirem fatos da natureza ou criados por terceiros (homem) impedindo que as clausulas sejam cumpridas corretamente. Exemplo: deslizamento de terras/ movimento sem terra que impedem o transporte do material para a obra.

Fato do príncipe e fato da administração, são fatos criados pela própria administração. Em relação ao fato do príncipe atinge todos os contratos celebrados pela administração; exemplo: aumento de impostos. Já pelo fato da administração apenas atinge um ou alguns contratos; exemplo: construção de escola em certo local onde estão algumas famílias alojadas e o Poder Público demora na retirada das famílias, impedindo o andamento das obras e adiando a data de entrega da construção.

Alterações no contrato: artigo 65 da Lei 8.666/93, também chamadas de termo aditivo ou termo de aditamento. As alterações são possíveis, mas não podem alterar o objeto do contrato durante sua execução. Exemplo: merenda escolar – mudar frango para carne. Note que é possível alterar a quantidade prevista inicialmente, se mantido o objeto, em até 25% (aumento ou diminuição), de forma unilateral. Se o objeto do contrato envolver reforma de prédios públicos o limite muda para 50%.

Hipóteses de rescisão: artigo 79 da Lei 8.666/93.

Rescisão administrativa: é aquela promovida de forma unilateral pelo Poder Público (clausula exorbitante). Pode ocorrer em razão de interesse público, mas haverá direito de indenização; ou em razão do contratado descumprir suas obrigações, neste caso o contratado possui direito a abertura de processo administrativo assegurado a ampla defesa.

Rescisão consensual: aquela que ocorre por acordo entre as partes.

Rescisão judicial: aquela que ocorre por descumprimento de obrigações contratuais por parte da administração. O contratado toma a iniciativa de entrar com pedido no judiciário, pois não pode rescindir unilateralmente o contrato. Exemplo: falta de pagamento ou atraso de pagamento. Observe que a lei prevê que a administração pode atrasar o pagamento em até 90 dias ou

EXAME DE ORDEM Complexo Educacional Damásio de Jesus

XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO Intensivo Modular Semanal até 120 dias se houver suspensão, nesses

XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

Intensivo Modular Semanal

até 120 dias se houver suspensão, nesses casos não há possibilidade de recorrer ao judiciário.

EXAME DE ORDEM Complexo Educacional Damásio de Jesus