Sie sind auf Seite 1von 2

66

Com olhos de ver

Do Desenho ao Design

Texto do Centro Português de Design Fotografia de Pieter Hendrikse

Em casa, na escola ou na cidade onde vivemos, usamos diariamente um vasto número de utensílios que

contribuem para nos facilitar a vida e que são o resultado de um processo de utilização do desenho com o qual o homem veio, ao longo dos séculos, transformando o “mundo natural” num “mundo de objectos”. Esses objectos nascem para responder a necessidades ou aspirações do homem e são criados a partir dos recursos que a natureza lhe oferece e da sua capacidade para transformar as coisas, com métodos de trabalho que ele entende e domina. Neste processo complexo de imaginar um objecto e de fazê-lo, o homem dispõe de um meio precioso que o ajuda a pensar – o desenho. Ao desenho em que se define com rigor um determinado objecto e o modo de o produzir chamamos design. No entanto, o design acrescenta ao desenho algo de novo: uma intenção de imaginar e realizar soluções para problemas concretos, que podem ser muito diversos.

A procura de soluções, mesmo para problemas simples, implica que se estude em pormenor cada fase

do processo para a obtenção do resultado que se pretende atingir.

Mais recentemente, as preocupações com o conforto das pessoas tiveram bastante impacto, permitindo o desenvolvimento de disciplinas novas – como a ergonomia e a antropometria – que corrigiram muitas incorrecções das actividades quotidianas.

O

design tem colaborado com todos os ramos da ciência e da arte, contribuindo para

o

desenvolvimento das sociedades, da economia e para a qualidade de vida.

O

design não é uma actividade recente, pois foi praticado ao longo de milénios

em todas as partes do mundo de forma intuitiva mas admirável.

No entanto, só com a chegada da Era Industrial e de todas as outras que lhe sucederam, foi possível produzir muitos e diferentes objectos, em grande quantidade e com menos esforço.

O artesanato deu lugar à indústria. O desenho deu lugar ao design.

Sugestão de actividades: As actividades sugeridas pretendem uma exploração multifacetada do design, ficando ao

Sugestão de actividades:

As actividades sugeridas pretendem uma exploração multifacetada do design, ficando ao critério do professor a sua adequação ao nível de escolaridade dos alunos.

1. Mostre a fotografia aos alunos e coloque-lhes as seguintes questões:

Em que parte do mundo pensam que foi tirada esta fotografia? Porquê? Porque acham que estão tantos recipientes em fila? Não se vêem adultos nesta imagem? Porque será? Acham que a criança que está a puxar o cilindro está a brincar? No cilindro há uma peça azul? Para que servirá? Que poderá transportar o cilindro? Quais as vantagens deste processo de transporte?

2. Proponha aos alunos que, para melhor compreenderem a importância desta invenção, consultem o site http://www.qdrum.co.za/, onde podem encontrar informação sobre:

Características técnicas, dimensões do objecto e matéria-prima utilizada; Dados estatísticos sobre a percentagem de população com água canalizada em África, em 1990 e 2000.

3. Peça aos alunos que escolham um objecto e o desenhem com uma forma que considerem mais adequada à sua função.

Verwandte Interessen