Sie sind auf Seite 1von 1

03/12/2014

ADJUDICAÇÃOCOMPULSÓRIA

TabelionatoFigueiredo­8ºOfíciodeNotasdoRecife

Aadjudicaçãocompulsóriaéumaaçãojudicialdestinadaapromoveroregistroimobiliárionecessárioàtransmissãoda

propriedadeimobiliáriaquandonãovieraserlavradaaescrituradefinitivaemsoluçãodeumapromessadecomprae

vendadeimóvel.Quandoovendedoreocompradordeumimóvelcelebramumcontratodepromessadecomprae

venda,parapagamentodopreçoemprestações,ambasaspartessecomprometem,apósquitadoopreço,apromovera

lavraturadaescrituradefinitiva.Sequalquerdaspartes,sejaopromitentevendedor,sejaopromissáriocomprador,por

razõesdiversas,nãoconcluironegóciojurídicocomalavraturadaescrituradefinitiva,aparteinteressadapodeajuizara

açãodeadjudicaçãocompulsóriacomafinalidadede,mediantesentença,obteracartadeadjudicação,queserá

levada,então,paraocompetenteregistronocartóriodeimóveis,independentedacelebraçãodaescritura.

Aaçãodeadjudicaçãocompulsóriasegue,naJustiça,oprocedimentosumário(CódigodeProcessoCivil,arts.275a

281),deritomaiscélere,sendoreguladapelosartigos15a17doDecreto­Leinº58/1937,comaredaçãodesses

dispositivosconformeaLeinº6.014/1973.Apesarde,inicialmente,asnormasreferidasselimitaremàadjudicação

compulsórianoscontratosdepromessadecompraevendadeterrenosloteados,ajurisprudênciaestendeuasua

aplicabilidadeatodoequalquertipodeimóvel,comocasaseapartamentosresidenciaisousalascomerciais.

Anecessidadedainterposiçãodaaçãodeadjudicaçãocompulsória,napráticaimobiliária,podedecorrerdediversas

situaçõesmaiscomuns.Emgeral,quandoopromissáriocomprador,apósquitaropreçodoimóvel,pordescaso,

desconhecimentoounegligência,passaváriosanossemprovidenciaraescrituradefinitiva,eopromitentevendedor,

sendopessoafísica,jáfaleceuoumudou­separalocalincerto,ousendopessoajurídica,veioaencerrarsuas

atividadesoumesmofaliu,entãoocompradorficaimpossibilitadodecelebrarcomovendedoraescrituradecomprae

venda.

Naaçãodeadjudicaçãocompulsóriapropostapelocompradorcontraovendedor,apósacitaçãodeste,esendoaação julgadaprocedente,ojuiz,nasentença,ordenaráaexpediçãodecartadeadjudicação,queseconstituinotítulopróprio

asertranscritonoregistroimobiliário(Decreto­Leinº58/1937,art.16).Nahipótesedaaçãoserpropostapelovendedor

contraocomprador,quandoexisteinteressedovendedoremeximir­sedacondiçãodeproprietário,emespecialnoque tangeàsuaresponsabilidadetributária,ocompradorseráintimadoparacompareceremcartórioparaassinaraescritura decompraevenda.Senãoofizer,oimóvelficarádepositado,formalmente,emjuízo,porcontaeriscodopromissário

comprador,queresponderápelasdespesasjudiciaisecustasdodepósito(Decreto­Leinº58/1937,art.17).

AjurisprudênciadoSuperiorTribunaldeJustiça­STJ,atravésdaSúmula239,consolidouoentendimentodequeaação

deadjudicaçãocompulsóriapodeserpropostaaindaqueocontratodepromessadecompraevendanãosejalevado

pararegistronocartóriodeimóveis.Interpretandooart.33daLeinº8.245/1991(Leidelocações),oSTJentendeque

cabetambémaaçãodeadjudicaçãocompulsóriadoinquilinoparaadquiririmóvelvendidopelolocadorsema

observânciadodireitodepreferência.

IvanildoFigueiredo–TabeliãoPúblicodo8ºOfíciodeNotasdaCapitaleProfessordaFaculdadedeDireitodoRecife

(UFPE).E­mail:ivanildo@tabelionatofigueiredo.com.br