Sie sind auf Seite 1von 57
ISSISSISSISS AtividadeAtividadeAtividadeAtividade notarialnotarialnotarialnotarial eeee dededede
ISSISSISSISS
AtividadeAtividadeAtividadeAtividade notarialnotarialnotarialnotarial eeee dededede registroregistroregistroregistro
Maria Ângela Lopes Paulino
ISSQNISSQNISSQNISSQN • Competência tributária Art. 156 da CR/88 Compete aos Municípios instituir impostos sobre:
ISSQNISSQNISSQNISSQN
• Competência tributária
Art. 156 da CR/88
Compete aos Municípios instituir impostos sobre:
[ ]
III
compreendidos no art. 155, II, definidos em lei
complementar.
serviços
de
qualquer
natureza, não
FunçõesFunçõesFunçõesFunções dadadada LeiLeiLeiLei ComplementarComplementarComplementarComplementar •
FunçõesFunçõesFunçõesFunções dadadada LeiLeiLeiLei ComplementarComplementarComplementarComplementar
• ArtArt.ArtArt 146146146146 dadadada CR/CR/88CR/CR/888888
Dispor sobre
conflitos
de
competência
entre as
pessoas
políticas;
Regular limitações ao poder de tributar;
Estabelecer normas gerais em matéria de legislação
tributária, especialmente sobre definição de tributos e suas
espécies, fatos geradores, base de cálculo e contribuintes
dos impostos discriminados no texto constitucional,
obrigação, lançamento, crédito, prescrição e decadência
tributários.
• ArtArt.ArtArt 156156,156156,,, §§3§§33º,3º,º,º, dadadada CF/CF/88CF/CF/888888
fixação de alíquotas máximas e mínimas do ISS;
exclusão da incidência do ISS das exportações de serviços
para o exterior;
concessão de benefícios fiscais.
CritérioCritérioCritérioCritério MaterialMaterialMaterialMaterial • Lei Complementar nº 116/2003 Art. 1º O
CritérioCritérioCritérioCritério MaterialMaterialMaterialMaterial
• Lei Complementar nº 116/2003
Art. 1º O Imposto Sobre Serviços de
Qualquer Natureza, de competência dos
Municípios e do Distrito Federal, temtemtemtem comocomocomocomo
fatofatofatofato geradorgeradorgeradorgerador aaaa prestaçãoprestaçãoprestaçãoprestação dededede serviçosserviçosserviçosserviços
constantesconstantesconstantesconstantes dadadada listalistalistalista anexaanexaanexaanexa, ainda que esses
não se constituam como atividade
preponderante do prestador
FatoFatoFatoFato geradorgeradorgeradorgerador dodododo ISSISSISSISS: prestar serviço
CritérioCritérioCritérioCritério MaterialMaterialMaterialMaterial • DefiniçãoDefiniçãoDefiniçãoDefinição
CritérioCritérioCritérioCritério MaterialMaterialMaterialMaterial
• DefiniçãoDefiniçãoDefiniçãoDefinição dededede serviçoserviçoserviçoserviço tributável:tributável:tributável:tributável:
“serviço,
(não compreendido na
competência tributária dos Estados), é a
prestação de esforço humano a terceiros,
com conteúdo econômico, em caráter
negocial, sob regime de Direito Privado,
mas sem subordinação, tendente à
obtenção de um bem material ou imaterial
(Aires Barreto)”
• CritérioCritérioCritérioCritério MaterialMaterialMaterialMaterial • CaracteresCaracteresCaracteresCaracteres
CritérioCritérioCritérioCritério MaterialMaterialMaterialMaterial
• CaracteresCaracteresCaracteresCaracteres dodododo serviçoserviçoserviçoserviço tributáveltributáveltributáveltributável
obrigação de fazer;
prestação em favor de terceiro;
com conteúdo econômico;
sob o regime de Direito Privado
sem subordinação;
tendente a produzir uma utilidade material ou
imaterial;
Serviços não compreendidos na competência
tributária dos Estados.
ListaListaListaLista dededede serviçosserviçosserviçosserviços • Prevista na LC nº 116/03 e no DL nº 406/8,
ListaListaListaLista dededede serviçosserviçosserviçosserviços
• Prevista na LC nº 116/03 e no DL nº
406/8, recepcionado como LC pela
CF/88.
• Taxativa X Exemplificativa.
• STF e STJ: a lista é taxativa, porém
com interpretação extensiva (REs nºs
77.183 e 75.952 e AgRg no Ag.
903.258).
CritérioCritérioCritérioCritério TemporalTemporalTemporalTemporal • O FG do ISS ocorre no
CritérioCritérioCritérioCritério TemporalTemporalTemporalTemporal
• O FG do ISS ocorre no momentomomentomomentomomento dadadada
prestaçãoprestaçãoprestaçãoprestação dodododo serviçoserviço.serviçoserviço
• EfetividadeEfetividadeEfetividadeEfetividade dodododo serviçoserviço:serviçoserviço a simples
contratação não implica a sua ocorrência
(STF Ag.Reg. Em Decl. AI 84.008/DF).
• PagamentoPagamentoPagamentoPagamento dodododo preçopreço:preçopreço o adiantamento do
preço ou a inadimplência do tomador não
importam para a incidência do imposto
(REsp 189.227/SP).
• ServiçosServiçosServiçosServiços fracionadosfracionados:fracionadosfracionados ocorre o fato jurídico
quando se ultima cada etapa, nos termos
do contrato.
CritérioCritérioCritérioCritério EspacialEspacialEspacialEspacial • LC 116/03: Art. 3º OOOO
CritérioCritérioCritérioCritério EspacialEspacialEspacialEspacial
• LC 116/03:
Art. 3º OOOO serviçoserviçoserviçoserviço consideraconsidera-consideraconsidera--se-sesese prestadoprestadoprestadoprestado eeee oooo
impostoimpostoimpostoimposto devidodevidodevidodevido nononono locallocallocallocal dodododo estabelecimentoestabelecimentoestabelecimentoestabelecimento
prestadorprestadorprestadorprestador ou,ou,ou,ou, nananana faltafaltafaltafalta dodododo estabelecimento,estabelecimento,estabelecimento,estabelecimento, nononono
locallocallocallocal dodododo domicíliodomicíliodomicíliodomicílio dodododo prestadorprestadorprestadorprestador ( )
Art. 4º ConsideraConsideraConsideraConsidera----sesesese estabelecimentoestabelecimentoestabelecimentoestabelecimento prestadorprestadorprestadorprestador
oooo locallocallocallocal ondeondeondeonde oooo contribuintecontribuintecontribuintecontribuinte desenvolvadesenvolvadesenvolvadesenvolva aaaa
atividadeatividadeatividadeatividade dededede prestarprestarprestarprestar serviçosserviços,serviçosserviços de modo
permanente ou temporário, e que configure
unidade econômica ou profissional, sendosendosendosendo
irrelevantesirrelevantesirrelevantesirrelevantes para caracterizá-lo as
denominações de sede, filial, agência, posto
de atendimento, sucursal, escritório de
representação ou contato ou quaisquer
outras que venham a ser utilizadas
CritérioCritérioCritérioCritério EspacialEspacialEspacialEspacial •
CritérioCritérioCritérioCritério EspacialEspacialEspacialEspacial
• EntendimentoEntendimentoEntendimentoEntendimento anterioranterioranterioranterior dodododo STJSTJ:STJSTJ o ISS é devido
ao Município em que se dá a prestação
efetivaefetivaefetivaefetiva do serviço, independentemente de
nele ter o prestador estabelecimento ou
domicílio.
• REspREspREspREsp 11.11 117.117117.117 121.121121/SP121/SP/SP:/SP:::
mudança de entendimento;
julgado submetido ao rito do art. 543-C do
CPC;
Segundo o STJ, a partir da LC 116/03, tem-se,
basicamente, três regras para aferir o local
em que é devido o ISS:
CritérioCritérioCritérioCritério espacialespacialespacialespacial 1. Regra geral: local do estabelecimento,
CritérioCritérioCritérioCritério espacialespacialespacialespacial
1. Regra geral: local do estabelecimento,
compreendido como o local onde o contribuinte
desenvolve sua atividade de prestar serviços, sendo
irrelevante sua denominação (sede, filial, sucursal,
etc.);
2. Se no local onde o serviço for prestado, não houver
estabelecimento prestador (sede, filial, agência,
etc.), o imposto será devido no domicílio do
prestador;
3. Nas hipóteses previstas nos incisos I a XXII (ex.
construção civil), o ISS será devido nos locais
previstos nas regras de exceções, ainda que não
haja no local o estabelecimento prestador ou o local
não seja seu domicílio tributário.
CritérioCritérioCritérioCritério PessoalPessoalPessoalPessoal • SujeitoSujeitoSujeitoSujeito AtivoAtivo:AtivoAtivo
CritérioCritérioCritérioCritério PessoalPessoalPessoalPessoal
• SujeitoSujeitoSujeitoSujeito AtivoAtivo:AtivoAtivo Município competente para exigir o ISS
incidente sobre os fatos jurídicos tributários
praticados por prestadores de serviço estabelecidos
em seu território, com algumas exceções;
• SujeitoSujeitoSujeitoSujeito PassivoPassivo:PassivoPassivo contribuinte (prestador do serviço
pessoa jurídica ou profissional autônomo) ou
responsável.
Art. 6º da LC 116:
“Os Municípios e o Distrito Federal,
mediante
lei,
poderão atribuir de modo expresso a responsabilidade
pelo crédito tributário a terceira pessoa, vinculada ao
fato gerador da respectiva obrigação, excluindo a
responsabilidade do contribuinte ou atribuindo-a a
este em caráter supletivo do cumprimento total ou
parcial da referida obrigação, inclusive no que se
refere à multa e aos acréscimos legais”
CritérioCritérioCritérioCritério PessoalPessoalPessoalPessoal •
CritérioCritérioCritérioCritério PessoalPessoalPessoalPessoal
• ResponsabilidadeResponsabilidadeResponsabilidadeResponsabilidade tributáriatributáriatributáriatributária
• Lei do Município de São Paulo nº 13.701/03 (art. 6º e
seguintes – Redação da Lei 14.042/05)
- obriga o tomador do serviço a reter na fonte o valor
do ISS quando:
a) o prestador não emitir o
ou
documento fiscal exigido;
b)
o
prestador
não
estiver
inscrito
no
Cadastro
Municipal da Secretaria das Finanças
-
Regra geral: a atribuição de responsabilidade do
tomador em reter o ISS somente pode ser admitida
desde que o prestador do serviço tenha
estabelecimento no Município que faz tal exigência,
salvo exceções do art. 6º, §2º da LC/116/08 –
Interpretação conforme arts. 3º e 4º da LC 116/03 e
entendimento do STJ.
CritérioCritérioCritérioCritério PessoalPessoalPessoalPessoal “Guerra Fiscal” – Legislações municipais
CritérioCritérioCritérioCritério PessoalPessoalPessoalPessoal
“Guerra Fiscal” – Legislações
municipais conflitantes
ISSISSISSISS aaaa serserserser
recolhidorecolhidorecolhidorecolhido nononono
estabelecimento/estabelecimento/estabelecimento/estabelecimento/
domicíliodomicíliodomicíliodomicílio dodododo
prestadorprestadorprestadorprestador (art.(art.(art.(art. 3º3º3º3º
LCLCLCLC 116/03)116/03)116/03)116/03)
XXXX
ISSISSISSISS aaaa serserserser recolhidorecolhidorecolhidorecolhido nononono
locallocallocallocal dadadada prestaçãoprestaçãoprestaçãoprestação
efetiva,efetiva,efetiva,efetiva, obrigandoobrigandoobrigandoobrigando oooo
tomadortomadortomadortomador aaaa reterreterreterreter
quandoquandoquandoquando oooo prestadorprestadorprestadorprestador
nãonãonãonão possuipossuipossuipossui
estabelecimentoestabelecimentoestabelecimentoestabelecimento nononono
MunicípioMunicípioMunicípioMunicípio (art.(art.(art.(art. 6º6º6º6º dadadada
dadadada LCLCLCLC 116/03)116/03)116/03)116/03)
DUPLADUPLADUPLADUPLA
INCIDÊNCIAINCIDÊNCIAINCIDÊNCIAINCIDÊNCIA
CritérioCritérioCritérioCritério PessoalPessoalPessoalPessoal •
CritérioCritérioCritérioCritério PessoalPessoalPessoalPessoal
JurisprudênciaJurisprudênciaJurisprudênciaJurisprudência dodododo TJTJ-TJTJ--SP-SPSPSP pela legitimidade da retenção na
fonte, ainda
que
o
prestador
não tenha
estabelecimento/domicílio
nos
limites
territoriais
do
Município:
“APELAÇÃO.
Mandado de Segurança. Decisão que
denegou a ordem. Lei municipal nº 14.042/05. ExigênciaExigênciaExigênciaExigência dededede
cadastramentocadastramentocadastramentocadastramento dededede prestadoresprestadoresprestadoresprestadores dededede serviço,serviço,serviço,serviço, sediadossediadossediadossediados foraforaforafora
dodododo municípiomunicípiomunicípiomunicípio dededede SãoSãoSãoSão Paulo,Paulo,Paulo,Paulo, sobsobsobsob penapenapenapena dededede retençãoretençãoretençãoretenção dosdosdosdos
valores,valores,valores,valores, nananana fonte,fonte,fonte,fonte, pelospelospelospelos tomadorestomadorestomadorestomadores estabelecidosestabelecidosestabelecidosestabelecidos emememem seuseuseuseu
territórioterritório.territórioterritório
CompatibilidadeCompatibilidadeCompatibilidadeCompatibilidade comcomcomcom oooo artigoartigoartigoartigo 44º,44º,º,º, dadadada LeiLeiLeiLei
ComplementarComplementarComplementarComplementar
116/116116116//03/030303
eeee
artigoartigoartigoartigo
128128128128
dodododo
CTNCTN.CTNCTN
ConstitucionalidadeConstitucionalidadeConstitucionalidadeConstitucionalidade dadadada leileileilei reconhecidareconhecidareconhecidareconhecida pelopelopelopelo ÓrgãoÓrgãoÓrgãoÓrgão
EspecialEspecialEspecialEspecial destedestedestedeste Tribunal.TribunalTribunalTribunal
RecursoRecursoRecursoRecurso desprovidodesprovidodesprovidodesprovido
” ”””
(Apelação
nº 0177266-67.2006.8.26.0000, julgada em 27/10/2011, 14ª
Câmara de Direito Público do TJ-SP)
• CritérioCritérioCritérioCritério QuantitativoQuantitativoQuantitativoQuantitativo • RegimeRegimeRegimeRegime
CritérioCritérioCritérioCritério QuantitativoQuantitativoQuantitativoQuantitativo
• RegimeRegimeRegimeRegime geralgeralgeralgeral dededede recolhimento:recolhimento:recolhimento:recolhimento:
- BaseBaseBaseBase dededede cálculocálculo:cálculocálculo
preço do serviço (art. 7º, LC
116/03);
- AlíquotasAlíquotas:AlíquotasAlíquotas
Máxima: 5% (art. 8º, §2º, LC 116/03 e art. 4º, LC
100/00);
Mínima: 2% (Art. 88 do ADCT, introduzido pela EC
37/02) – Exceção: serviços relativos à construção
civil – não comportam guerra fiscal.
CritérioCritérioCritérioCritério quantitativoquantitativoquantitativoquantitativo • Que é
CritérioCritérioCritérioCritério quantitativoquantitativoquantitativoquantitativo
• Que é “preçopreçopreçopreço dodododo serviçoserviço”?serviçoserviço
- Receita proveniente da prestação do serviço
- Distinção entre receita e meras entradas
TRIBUTÁRIO – ISS – BASE DE CÁLCULO – PREÇO DO
SERVIÇO – REEMBOLSOS DE IMPORTÂNCIAS QUE NÃO SE
ENQUADRAM COMO SERVIÇOS PRESTADOS – NÃO-
INCLUSÃO NA BASE DE CÁLCULO. A base de cálculo do ISS
é o preço do serviço, não sendo possível incluir, nesse valor,
importâncias que não serão revertidas para o prestador,
mas simplesmente repassadas a terceiros, por meio de
posterior reembolso. Precedentes. Agravo regimental
improvido. (AgRg no REsp 1094948/MG, Rel. Ministro
HUMBERTO MARTINS, SEGUNDA TURMA, julgado em
03/02/2009, DJe 16/02/2009)
• Exclusão legal expressa: valores dos materiais fornecidos
nos serviços de engenharia civil (art. 7º, §2º, I).
CritérioCritérioCritérioCritério quantitativoquantitativoquantitativoquantitativo • RegimeRegimeRegimeRegime
CritérioCritérioCritérioCritério quantitativoquantitativoquantitativoquantitativo
• RegimeRegimeRegimeRegime especialespecialespecialespecial dededede recolhimentorecolhimento:recolhimentorecolhimento
Art. 9º, §1º, do Decreto-lei nº 406/68:
“A base de cálculo do imposto é o preço do serviço.
§ 1º Quando se tratar de prestação de serviços sob a formaformaformaforma dededede
trabalhotrabalhotrabalhotrabalho pessoalpessoalpessoalpessoal do próprio contribuinte, o impostoimpostoimpostoimposto seráseráseráserá
calculado,calculado,calculado,calculado, porporporpor meiomeiomeiomeio dededede alíquotasalíquotasalíquotasalíquotas fixasfixasfixasfixas ou variáveis, em função
da natureza do serviço ou de outros fatores pertinentes, nestes
não compreendida a importância paga a título de remuneração
do próprio trabalho.
§3°. Quando os serviços a que se referem os itens 1, 4, 8, 25, 52,
88, 89, 90, 91 e 92 da lista anexa forem prestadosprestadosprestadosprestados porporporpor
sociedadessociedades,sociedadessociedades estas ficarão sujeitas ao imposto na forma do § 1°,
calculadocalculadocalculadocalculado emememem relaçãorelaçãorelaçãorelação aaaa cadacadacadacada profissionalprofissionalprofissionalprofissional habilitadohabilitado,habilitadohabilitado sócio,
empregado ou não, quequequeque prestepresteprestepreste serviçosserviçosserviçosserviços emememem nomenomenomenome dadadada
sociedade,sociedade,sociedade,sociedade, emboraemboraemboraembora assumindoassumindoassumindoassumindo responsabilidaderesponsabilidaderesponsabilidaderesponsabilidade pessoal,pessoal,pessoal,pessoal, nos
termos da lei aplicável ”
CritérioCritérioCritérioCritério quantitativoquantitativoquantitativoquantitativo • RegimeRegimeRegimeRegime
CritérioCritérioCritérioCritério quantitativoquantitativoquantitativoquantitativo
• RegimeRegimeRegimeRegime especialespecialespecialespecial dededede recolhimentorecolhimentorecolhimentorecolhimento
Recepcionado pela CR/88:
EMENTA:
CONSTITUCIONAL.
TRIBUTÁRIO. ISS.
SOCIEDADES PRESTADORAS DE SERVIÇOS
PROFISSIONAIS. ADVOCACIA. ]
[
OOOO artart.artart 99º,99º,º,º, §§§§§§§§ 11º11ººº eeee 33º,33º,º,º, dodododo
DLDLDLDL 406406406406////68686868,,,, qqqqueueueue cuidamcuidamcuidamcuidam dadadada basebasebasebase dededede cálculocálculocálculocálculo dodododo ISSISSISSISS,,,, foramforamforamforam
recebidosrecebidosrecebidosrecebidos pelapelapelapela CF/CF/88CF/CF/8888:88
[
].
RE 236604, Relator(a): Min.
CARLOS VELLOSO, Tribunal Pleno, julgado em
26/05/1999, DJ 06-08-1999 PP-00052 EMENT VOL-01957-
18 PP-03877)
Aplicável aos serviços prestados sob a forma de trabalho
pessoal do próprio contribuinte, tanto individualmente, como
por meio de sociedade profissional.
Serviços que dependem da atuação de um profissional
habilitado a desempenhar uma atividade qualificada,
conferindo caráter pessoal a esta.
CritérioCritérioCritérioCritério quantitativoquantitativoquantitativoquantitativo Serviços marcados pela
CritérioCritérioCritérioCritério quantitativoquantitativoquantitativoquantitativo
Serviços
marcados
pela
intelectualidade
e
pela
responsabilidade pessoal de quem os exerce.
Modelo de tributação adequado às peculiaridades dos
serviços prestados pessoalmente:
CONSTITUCIONAL. TRIBUTÁRIO. ISS. SOCIEDADE
PRESTADORA DE SERVIÇOS PROFISSIONAIS: BASE
DE CÁLCULO.
[
]
AsAsAsAs normasnormasnormasnormas inscritasinscritasinscritasinscritas nosnosnosnos §§§§§§§§ 11º11ººº eeee 3º,333º,º,º,
dodododo artart.artart 99º,99º,º,º, dodododo DLDLDLDL 406406,406406,,, dededede 19681968,19681968,,, nãonãonãonão implicamimplicamimplicamimplicam reduçãoreduçãoreduçãoredução
dadadada basebasebasebase dededede cálculocálculocálculocálculo
dodododo
ISSISS.ISSISS
ElasElasElasElas simplesmentesimplesmentesimplesmentesimplesmente
disciplinamdisciplinamdisciplinamdisciplinam basebasebasebase dededede cálculocálculocálculocálculo dededede serviçosserviçosserviçosserviços distintos,distintos,distintos,distintos, nononono
rumorumorumorumo dodododo estabelecidoestabelecidoestabelecidoestabelecido nononono caputcaputcaputcaput dodododo artart.artart
99º99ºº.º
[
]
(RE
220323, Relator(a): Min. CARLOS VELLOSO, Tribunal
Pleno, julgado em 26/05/1999, DJ 18-05-2001 PP-
00449 EMENT VOL-02031-07 PP-01321)
DeveresDeveresDeveresDeveres instrumentaisinstrumentaisinstrumentaisinstrumentais • Visam a auxiliar a arrecadação e
DeveresDeveresDeveresDeveres instrumentaisinstrumentaisinstrumentaisinstrumentais
• Visam a auxiliar a arrecadação e fiscalização do ISS:
- Inscrição no Cadastro de Contribuinte do Município;
- Escrituração de livros fiscais;
- Emissão de Documentos Fiscais:
1. DAMSP – Documento de Arrecadação do Município de
São Paulo para pagamento do ISS;
2. DAME – Declaração Anual de Movimento Econômico
para determinados contribuintes sujeitos ao
recolhimento por regime de estimativa;
3. DMS – Declaração Mensal de Serviços exigida em face
das instituições financeiras e assemelhadas;
4. NF-e – Nota Fiscal Eletrônica de Serviços;
5. DES – Declaração Eletrônica de Serviços (extinta pela
Lei 15.406/11 e criada a Nota Fiscal do Tomador de
Serviços – NFTS);
RegimeRegimeRegimeRegime constitucionalconstitucionalconstitucionalconstitucional dadadada
RegimeRegimeRegimeRegime constitucionalconstitucionalconstitucionalconstitucional dadadada
atividadeatividadeatividadeatividade notarialnotarialnotarialnotarial eeee dededede
registroregistroregistroregistro
Art. 236. Os serviços notariais e de registro são
exercidos em carátercarátercarátercaráter privado,privado,privado,privado, porporporpor delegaçãodelegaçãodelegaçãodelegação dodododo PoderPoderPoderPoder
PúblicoPúblico.PúblicoPúblico
§1º-
LeiLeiLeiLei
regularáregularáregularáregulará
asasasas
atividadesatividades,atividadesatividades
disciplinarádisciplinarádisciplinarádisciplinará
aaaa
responsabilidaderesponsabilidaderesponsabilidaderesponsabilidade civil e criminal dos notários, dos
oficiais de registro e de seus prepostos, e definirádefinirádefinirádefinirá aaaa
fiscalizaçãofiscalizaçãofiscalizaçãofiscalização de seus atos pelopelopelopelo PoderPoderPoderPoder JudiciárioJudiciário.JudiciárioJudiciário
§ 2º - LeiLeiLeiLei federalfederalfederalfederal estabelecerá normasnormasnormasnormas geraisgeraisgeraisgerais paraparaparapara
fixaçãofixaçãofixaçãofixação dededede emolumentosemolumentosemolumentosemolumentos relativos aos atos praticados
pelos serviços notariais e de registro.
§ 3º - OOOO ingressoingressoingressoingresso nananana atividadeatividadeatividadeatividade notarial e de registro
dependedependedependedepende dededede concursoconcursoconcursoconcurso públicopúblicopúblicopúblico dededede provasprovasprovasprovas eeee títulostítulos,títulostítulos não
se permitindo que qualquer serventia fique vaga, sem
abertura de concurso de provimento ou de remoção,
por mais de seis meses.
RegimeRegimeRegimeRegime legallegallegallegal dadadada atividadeatividadeatividadeatividade
RegimeRegimeRegimeRegime legallegallegallegal dadadada
atividadeatividadeatividadeatividade notarialnotarialnotarialnotarial eeee dededede
registroregistroregistroregistro
LeiLeiLeiLei FederalFederalFederalFederal nºnºnºnº 88.88 935.935935/935//94/949494
- Regulamenta o art. 236
da Constituição Federal, dispondo sobre serviços
notariais e de registro (LeiLeiLeiLei dosdosdosdos cartórioscartórios),cartórioscartórios
especialmente introduzindo normas gerais sobre:
a finalidade da atividade;
as
atribuições,
competências
e
responsabilidades
dos
tabeliães
e
oficiais
de
registro;
o ingresso na atividade;
direitos e deveres dos titulares das Serventias
Extrajudiciais; e
a fiscalização dos atos notariais e de registro
pelo juízo competente, definido na forma da
legislação estadual.
RegimeRegimeRegimeRegime legallegallegallegal dadadada atividadeatividadeatividadeatividade
RegimeRegimeRegimeRegime legallegallegallegal dadadada atividadeatividadeatividadeatividade
notarialnotarialnotarialnotarial eeee dededede registroregistroregistroregistro
• LeiLeiLeiLei FederalFederalFederalFederal nºnºnºnº 1010.1010 169.169169/169//00/000000
- Regula o § 2o do art. 236
da Constituição Federal, mediante o
estabelecimento de normasnormasnormasnormas geraisgeraisgeraisgerais paraparaparapara aaaa fixaçãofixaçãofixaçãofixação dededede
emolumentosemolumentosemolumentosemolumentos relativos aos atos praticados pelos
serviços notariais e de registro, determinando, no
art. 1º, a competência aos Estados e DF na fixação
dos valores dos emolumentos – Lei de caráter
nacional.
• LeiLeiLeiLei dodododo EstadoEstadoEstadoEstado dededede SãoSãoSãoSão PauloPauloPauloPaulo nºnºnºnº 1111.1111 331.331331/331//02/020202
---- Dispõe
sobre os emolumentos relativos aos atos praticados
pelos serviços notariais e de registro, em face das
disposições da Lei federal nº 10169, de 29 de
dezembro de 2000.
NaturezaNaturezaNaturezaNatureza jurídicajurídicajurídicajurídica dadadada atividadeatividadeatividadeatividade
NaturezaNaturezaNaturezaNatureza jurídicajurídicajurídicajurídica dadadada
atividadeatividadeatividadeatividade notarialnotarialnotarialnotarial eeee dededede
registroregistroregistroregistro
• Serviço público delegado a particulares
• Art. 1º da Lei nº 8.935/94:
“Art. 1º Serviços notariais e de registro
são os de organização técnica e
administrativa destinados a garantir a
publicidade, autenticidade, segurança e
eficácia dos atos jurídicos”
NaturezaNaturezaNaturezaNatureza jurídicajurídicajurídicajurídica dadadada atividadeatividadeatividadeatividade
NaturezaNaturezaNaturezaNatureza jurídicajurídicajurídicajurídica dadadada
atividadeatividadeatividadeatividade notarialnotarialnotarialnotarial eeee dededede
registroregistroregistroregistro
ElementosElementosElementosElementos
quequequeque
comprovamcomprovamcomprovamcomprovam
aaaa
naturezanaturezanaturezanatureza
públicapúblicapúblicapública
dodododo
serviçoserviço:serviçoserviço
Prestação do serviço nos exatos termos previstos na
lei;
Atividade sujeita à fiscalização do PJ;
Valor da remuneração fixada legalmente;
O titular, prestador do serviço, não pode dispor da
serventia extrajudicial;
Ingresso na atividade por meio de concurso público;
“Serviço público é ‘res extra commercium’ e, portanto,
jamais poderá ser, ele em si mesmo, objeto de atos,
situações
ou
negócios
livremente
firmados”
(Aires
Barreto)
NaturezaNaturezaNaturezaNatureza jurídicajurídicajurídicajurídica dadadada atividadeatividadeatividadeatividade
NaturezaNaturezaNaturezaNatureza jurídicajurídicajurídicajurídica dadadada atividadeatividadeatividadeatividade
notarialnotarialnotarialnotarial eeee dededede registroregistroregistroregistro
ServiçoServiçoServiçoServiço notarialnotarialnotarialnotarial eeee dededede registroregistroregistroregistro
ServiçoServiçoServiçoServiço públicopúblicopúblicopúblico ---- regimeregimeregimeregime dodododo art.art.art.art. 175175175175 dadadada
CR/88CR/88CR/88CR/88 (concessão(concessão(concessão(concessão eeee permissão)permissão)permissão)permissão)
Atividade exercida em caráter
privado (art. 236, CR/88)
Atividade, cuja forma de prestação é
facultativa: via privada ou via estatal
Particular presta por meio de
delegação
O particular presta por meio de
instrumento contratual de privatização
do serviço público
A delegação recai sobre pessoa
física
Serviços que recaem sobre pessoas
jurídicas
Remuneração por meio de taxa
(emolumentos)
Remuneração por meio de taxa ou
tarifa (preço público)
Ingresso na atividade por meio de
concurso público
Ingresso na atividade por meio de
licitação
Atividade submetida à fiscalização
do PJ
Atividade submetida à fiscalização do
PE
NaturezaNaturezaNaturezaNatureza jurídicajurídicajurídicajurídica dosdosdosdos
NaturezaNaturezaNaturezaNatureza jurídicajurídicajurídicajurídica dosdosdosdos
“emolumentos”“emolumentos”“emolumentos”“emolumentos”
• Lei nº 10.169/2000:
“Art. 1º. Os Estados e o Distrito Federal
fixarão o valor dos emolumentos relativos
aos atos praticados pelos respectivos
serviços notariais e de registro, observadas
as normas desta Lei.
Parágrafo único. OOOO valorvalorvalorvalor fixadofixadofixadofixado paraparaparapara osososos
emolumentosemolumentosemolumentosemolumentos deverádeverádeverádeverá correspondercorrespondercorrespondercorresponder aoaoaoao
efetivoefetivoefetivoefetivo custocustocustocusto eeee àààà adequadaadequadaadequadaadequada eeee suficientesuficientesuficientesuficiente
remuneraçãoremuneraçãoremuneraçãoremuneração dosdosdosdos serviçosserviçosserviçosserviços prestadosprestados.”prestadosprestados
NaturezaNaturezaNaturezaNatureza jurídicajurídicajurídicajurídica dosdosdosdos
NaturezaNaturezaNaturezaNatureza jurídicajurídicajurídicajurídica dosdosdosdos
“emolumentos”“emolumentos”“emolumentos”“emolumentos”
• Remuneração fixada em lei para custear a atividade
pública;
• Subsunção ao disposto no art. 145, II, CR/88:
Art. 145. A União, os Estados, o Distrito Federal
e os
Municípios poderão instituir os seguintes tributos:
II - taxastaxas,taxastaxas em razão do exercício do poder de polícia ou pelapelapelapela
utilização,utilização,utilização,utilização, efetivaefetivaefetivaefetiva ouououou potencial,potencial,potencial,potencial, dededede serviçosserviçosserviçosserviços públicospúblicospúblicospúblicos
específicosespecíficosespecíficosespecíficos eeee divisíveisdivisíveis,divisíveisdivisíveis prestados ao contribuinte ou postos
a sua disposição;
• Princípio da retributividade: emolumentos como
contraparte do administrado pelo serviço público
prestado;
• Não se trata de preço público, efetivado em regime
contratual.
NaturezaNaturezaNaturezaNatureza jurídicajurídicajurídicajurídica dosdosdosdos
NaturezaNaturezaNaturezaNatureza jurídicajurídicajurídicajurídica dosdosdosdos
“emolumentos”“emolumentos”“emolumentos”“emolumentos”
• Reconhecimento da natureza tributária dos emolumentos pelo
STF:
“A jurisprudência do Supremo Tribunal Federal firmou
orientação no sentido de que as custas judiciais e osososos
emolumentosemolumentosemolumentosemolumentos concernentesconcernentesconcernentesconcernentes aosaosaosaos serviçosserviçosserviçosserviços notariaisnotariaisnotariaisnotariais eeee
registraisregistraisregistraisregistrais possuempossuempossuempossuem naturezanaturezanaturezanatureza tributária,tributária,tributária,tributária, qualificandoqualificando-qualificandoqualificando--se-sesese
comocomocomocomo taxastaxastaxastaxas remuneratóriasremuneratóriasremuneratóriasremuneratórias dededede serviçosserviçosserviçosserviços públicospúblicospúblicospúblicos,
sujeitando-se, em conseqüência, quer no que concerne à
sua instituição e majoração, quer no que se refere à sua
exigibilidade, ao regime jurídico-constitucional pertinente a
essa especial modalidade de tributo vinculado, [
AAAA
possibilidadepossibilidadepossibilidadepossibilidade constitucionalconstitucionalconstitucionalconstitucional dededede aaaa execuçãoexecuçãoexecuçãoexecução dosdosdosdos serviçosserviçosserviçosserviços
notariaisnotariaisnotariaisnotariais eeee dededede registroregistroregistroregistro serserserser efetivadaefetivadaefetivadaefetivada "em"em"em"em carátercarátercarátercaráter privado,privado,privado,privado,
porporporpor delegaçãodelegaçãodelegaçãodelegação dodododo poderpoderpoderpoder público"público"público"público"
(CF,(CF,(CF,(CF,
artart.artart
236236),236236),),), nãonãonãonão
descaracterizadescaracterizadescaracterizadescaracteriza aaaa naturezanaturezanaturezanatureza essencialmenteessencialmenteessencialmenteessencialmente estatalestatalestatalestatal dessasdessasdessasdessas
atividadesatividadesatividadesatividades dededede
índoleíndoleíndoleíndole
administrativaadministrativaadministrativaadministrativa
[
]
(ADI 1378 MC,
Relator(a): Min. CELSO DE MELLO, Tribunal Pleno, julgado
em 30/11/1995, DJ 30-05-1997 PP-23175 EMENT VOL-01871-
02 PP-00225)
PeculiaridadesPeculiaridadesPeculiaridadesPeculiaridades dosdosdosdos serviçosserviçosserviçosserviços
PeculiaridadesPeculiaridadesPeculiaridadesPeculiaridades dosdosdosdos serviçosserviçosserviçosserviços
notariaisnotariaisnotariaisnotariais eeee dededede registro:registro:registro:registro:
fisionomiafisionomiafisionomiafisionomia própriaprópriaprópriaprópria
“quando a Constituição Federal, no artigo 145, se
refere à taxa, ela o faz quanto a uma cobrança
direta – é a regra, pelo menos, efetuada pela
pessoa jurídica de direito público. No caso, a
atividade é exercida em caráter privado, e o
numerárionumerárionumerárionumerário satisfeitosatisfeitosatisfeitosatisfeito porporporpor aquelesaquelesaquelesaqueles quequequeque buscambuscambuscambuscam oooo
serviçoserviçoserviçoserviço nãonãonãonão éééé recolhidorecolhidorecolhidorecolhido aosaosaosaos cofrescofrescofrescofres públicos”públicos”.públicos”públicos”
Marco Aurélio – ADI 3089)
(Voto
“éééé oooo únicoúnicoúnicoúnico casocasocasocaso emememem quequequeque umumumum tributotributotributotributo éééé recolhidorecolhidorecolhidorecolhido pelopelopelopelo
particularparticularparticularparticular emememem benefíciobenefíciobenefíciobenefício dodododo particularparticular,particularparticular o que faz
parte do regime jurídico da atividade notarial e de
registro. Trata-se de atividade tão peculiar que até
nisso se distingue de qualquer outra [
Carlos Ayres Brito – ADI 3089)
]”.
(Voto
PeculiaridadesPeculiaridadesPeculiaridadesPeculiaridades dosdosdosdos serviçosserviçosserviçosserviços
PeculiaridadesPeculiaridadesPeculiaridadesPeculiaridades dosdosdosdos
serviçosserviçosserviçosserviços notariaisnotariaisnotariaisnotariais eeee dededede
registro:registro:registro:registro: fisionomiafisionomiafisionomiafisionomia própriaprópriaprópriaprópria
“ assim como a natureza da atividade exercida pelo
agente delegado é ‘sui generis’, também o é a
natureza da contraprestação efetuada pelos
serviços.
[ ]
este serviço é público e será pago pelo usuário
sob a forma de taxa; parte deste valor será
destinada à remuneração daquele que presta o
serviço e o restante será direcionado ao erário,
ficando autorizado o agente delegado, no ato do
pagamento, a reter sua parcela.
Pode-se assim concluir que o valorvalorvalorvalor pagopagopagopago pelopelopelopelo
usuáriousuáriousuáriousuário tem,tem,tem,tem, paraparaparapara oooo Estado,Estado,Estado,Estado, naturezanaturezanaturezanatureza dededede taxa,taxa,taxa,taxa, eeee dededede
remuneraçãoremuneraçãoremuneraçãoremuneração paraparaparapara oooo agenteagenteagenteagente delegadodelegado.delegadodelegado ” (Des. Eutálio
Porto, Apelação nº 0109125-93.2006.8.26.0000, TJ-
SP, 15º Câmara de Dir. Público, julgado em 20/01/11)
ISSISSISSISS ServiçosServiçosServiçosServiços notariaisnotariaisnotariaisnotariais eeee dededede
ISSISSISSISS
ServiçosServiçosServiçosServiços notariaisnotariaisnotariaisnotariais eeee dededede
registroregistroregistroregistro
• DecretoDecreto-DecretoDecreto--lei-leileilei 406406/406406//68/6868:68 não instituiu ISS sobre os
serviços prestados pelos notários e
registradores.
• LeiLeiLeiLei ComplementarComplementarComplementarComplementar 116116116116////03030303 – previsão dos itens
2121.2121 eeee 2121.2121 01.010101
na Lista Anexa de Serviços:
21 – Serviços de registros públicos,
cartorários e notariais.
21.01 - Serviços de registros públicos,
cartorários e notariais.
ISSISSISSISS ServiçosServiçosServiçosServiços notariaisnotariaisnotariaisnotariais eeee dededede
ISSISSISSISS
ServiçosServiçosServiçosServiços notariaisnotariaisnotariaisnotariais eeee dededede
registroregistroregistroregistro
• ADIADIADIADI nºnºnºnº 30893089/DF30893089/DF/DF/DF – discussão sobre a
(in)constitucionalidade dos itens 21 e 21.01
da LC nº 116/03.
• Fundamentos: violação aos arts. 145, II;
156, III; e 236, caput.
• Serviço público submetido ao princípio da
imunidadeimunidadeimunidadeimunidade recíprocarecíproca.recíprocarecíproca
• Impossibilidade de exigênciaexigênciaexigênciaexigência dededede impostoimpostoimpostoimposto
vinculadovinculadovinculadovinculado aaaa umaumaumauma atividadeatividadeatividadeatividade estatalestatal,estatalestatal desafeta
ao próprio contribuinte.
ISSISSISSISS ServiçosServiçosServiçosServiços notariaisnotariaisnotariaisnotariais eeee dededede
ISSISSISSISS
ServiçosServiçosServiçosServiços notariaisnotariaisnotariaisnotariais eeee dededede
registroregistroregistroregistro
Julgamento
pela
constitucionalidadeconstitucionalidadeconstitucionalidadeconstitucionalidade
da
incidência do ISS:
Incidência da regra exceptiva prevista no art.
150, §3º, CR/88, in verbis:
“§ 3º - AsAsAsAs vedaçõesvedaçõesvedaçõesvedações dodododo incisoincisoincisoinciso VI,VI,VI,VI, "a","a","a","a", eeee dodododo
parágrafoparágrafoparágrafoparágrafo anterioranterioranterioranterior nãonãonãonão sesesese aplicamaplicamaplicamaplicam aoaoaoao patrimônio,patrimônio,patrimônio,patrimônio,
àààà rendarendarendarenda eeee aosaosaosaos serviçosserviços,serviçosserviços relacionadosrelacionadosrelacionadosrelacionados comcomcomcom
exploraçãoexploraçãoexploraçãoexploração dededede atividadesatividadesatividadesatividades econômicaseconômicaseconômicaseconômicas regidas
pelas normas aplicáveis a empreendimentos
privados, ouououou emememem quequequeque hajahajahajahaja contraprestaçãocontraprestaçãocontraprestaçãocontraprestação ou
pagamento de preços ou tarifas pelopelopelopelo usuáriousuário,usuáriousuário
[
ISSISSISSISS ServiçosServiçosServiçosServiços notariaisnotariaisnotariaisnotariais eeee dededede
ISSISSISSISS
ServiçosServiçosServiçosServiços notariaisnotariaisnotariaisnotariais eeee dededede
registroregistroregistroregistro
ImunidadeImunidadeImunidadeImunidade emememem favorfavorfavorfavor dodododo particularparticularparticularparticular eeee nãonãonãonão dodododo enteenteenteente políticopolítico:políticopolítico com
exceção dos repasses públicos, o valor recebido a título de
emolumentos opera-se financeiramente em prol do titular da
Serventia Extrajudicial;
Notários e registradores revelam capacidadecapacidadecapacidadecapacidade contributivacontributivacontributivacontributiva
objetivaobjetiva:objetivaobjetiva remuneração reflete signo presuntivo de riqueza afeto
ao particular;
Aplicação do princípioprincípioprincípioprincípio dadadada justiçajustiçajustiçajustiça tributáriatributária:tributáriatributária tanto na concessão
como na delegação, o serviço público consiste em uma
prestaçãoprestaçãoprestaçãoprestação dededede fazer,fazer,fazer,fazer, executadaexecutadaexecutadaexecutada porporporpor particularparticularparticularparticular comcomcomcom interesseinteresseinteresseinteresse
econômicoeconômicoeconômicoeconômico própriopróprio.própriopróprio
“não há diferenciação que justifique a tributação dos
serviços públicos concedidos e a não-tributação das
atividades delegadas. A tributação de ambos os tipos de
atividade se justifica mediante o exame da capacidade
contributiva tanto da atividade quanto dos agentes que a
exploram com viés econômico.” (ADI 3089 – Voto do
Min. Joaquim Barbosa).
ISSISSISSISS ServiçosServiçosServiçosServiços notariaisnotariaisnotariaisnotariais eeee dededede
ISSISSISSISS
ServiçosServiçosServiçosServiços notariaisnotariaisnotariaisnotariais eeee dededede
registroregistroregistroregistro
Atividade
notarial
e
de
registro
exercida
por
particularesparticulares,particularesparticulares com fim lucrativolucrativo;lucrativolucrativo;;;
ViolaçãoViolaçãoViolaçãoViolação àààà razoabilidaderazoabilidaderazoabilidaderazoabilidade (relação entre meios e
fins) se aplicada a imunidadeimunidadeimunidadeimunidade recíprocarecíproca:recíprocarecíproca o fim
preconizado pela norma imunizante –
preservaçãopreservaçãopreservaçãopreservação dodododo pactopactopactopacto federativofederativofederativofederativo - não é atingido
se incidir sobre os serviços prestados pelos
notários e registradores:
“a imunidade recíproca é uma garantia ou
prerrogativa imediata das entidades políticas
federativas, e não de particulares que executem,
com inequívoco intuito lucrativo, serviço públicos
mediante concessão ou delegação, devidamente
remunerados.” (ADI 3089 – Voto do Min. Joaquim
Barbosa)
BaseBaseBaseBase dededede cálculocálculocálculocálculo dodododo ISSISSISSISS ––––
BaseBaseBaseBase dededede cálculocálculocálculocálculo dodododo
ISSISSISSISS –––– notáriosnotáriosnotáriosnotários eeee
registradoresregistradoresregistradoresregistradores
• Regimes de recolhimento do ISS
pelos notários e registradores:
RegimeRegimeRegimeRegime
RegimeRegimeRegimeRegime geral:geral:geral:geral:
especial:especial:especial:especial:
preçopreçopreçopreço dodododo
serviçoserviçoserviçoserviço (art.(art.(art.(art. 7º7º7º7º
dadadada LCLCLCLC 116/03)116/03)116/03)116/03)
X
alíquotaalíquotaalíquotaalíquota sobresobresobresobre
valoresvaloresvaloresvalores fixosfixosfixosfixos
(art.(art.(art.(art. 9º,9º,9º,9º, §§1º,§§1º,1º,1º, DLDLDLDL
406/68)406/68)406/68)406/68)
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela
aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo art.art.art.art. 9º,9º,9º,9º,
§§1º,§§1º,1º,1º, dodododo DLDLDLDL 406/68406/68406/68406/68
O carátercarátercarátercaráter pessoalpessoalpessoalpessoal dos serviços prestados pelos
tabeliães e oficiais de registro:
Delegação
outorgada
pelo
Poder
Público,
pessoalmentepessoalmente,pessoalmentepessoalmente a um particular;
Necessidade de preencher requisitosrequisitosrequisitosrequisitos técnicostécnicostécnicostécnicos para
assumir a consecução dos serviços, verificados
mediante concursoconcursoconcursoconcurso públicopúblicopúblicopúblico dededede provasprovasprovasprovas eeee títulostítulos;títulostítulos
Art. 3º da Lei Federal nº 8.935/94
personalíssimo:
revela o caráter
“Art. 3º. Notário, ou tabelião, e oficial de registro, ou
registrador, são profissionaisprofissionaisprofissionaisprofissionais dodododo direitodireito,direitodireito dotados de féféféfé
públicapública,públicapública
a quem é delegado o exercício da atividade
notarial e de registro.”
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela
aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo art.art.art.art. 9º,9º,9º,9º,
§§1º,§§1º,1º,1º, dodododo DLDLDLDL 406/68406/68406/68406/68
ProfissionalProfissionalProfissionalProfissional dededede direitodireito:direitodireito indica que a atividade deve ser exercida por
pessoa física com formação intelectual específica;
Art. 14 da Lei Federal 8.935/94 reitera requisitosrequisitosrequisitosrequisitos pessoaispessoaispessoaispessoais para o
exercício da atividade:
“Art“Art.“Art“Art
1414.1414
AAAA delegaçãodelegaçãodelegaçãodelegação paraparaparapara oooo exercícioexercícioexercícioexercício dadadada atividadeatividadeatividadeatividade notarialnotarialnotarialnotarial eeee dededede
registroregistroregistroregistro dependedependedependedepende dosdosdosdos seguintesseguintesseguintesseguintes requisitosrequisitosrequisitosrequisitos::::
IIII –––– habilitaçãohabilitaçãohabilitaçãohabilitação emememem concursoconcursoconcursoconcurso públicopúblicopúblicopúblico dededede provasprovasprovasprovas eeee títulostítulos;títulostítulos;;;
IIIIIIII –––– nacionalidadenacionalidadenacionalidadenacionalidade brasileirabrasileira;brasileirabrasileira;;;
IIIIIIIIIIII –––– capacidadecapacidadecapacidadecapacidade civilcivil;civilcivil;;;
IVIVIVIV –––– quitaçãoquitaçãoquitaçãoquitação comcomcomcom asasasas obrigaçõesobrigaçõesobrigaçõesobrigações eleitoraiseleitoraiseleitoraiseleitorais eeee militaresmilitares;militaresmilitares;;;
VVVV –––– diplomadiplomadiplomadiploma dededede bacharelbacharelbacharelbacharel emememem direitodireito;direitodireito;;;
VIVIVIVI –––– verificaçãoverificaçãoverificaçãoverificação dededede condutacondutacondutaconduta condignacondignacondignacondigna paraparaparapara oooo exercícioexercícioexercícioexercício dadadada profissão”profissão”.profissão”profissão”
Conclusão: apenas os titulares das Serventias Extrajudiciais possuem
habilitação para praticar os atos, dotados de fé pública.
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela
aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo art.art.art.art. 9º,9º,9º,9º,
§§1º,§§1º,1º,1º, dodododo DLDLDLDL 406/68406/68406/68406/68
ResponsabilidadeResponsabilidadeResponsabilidadeResponsabilidade pessoalpessoalpessoalpessoal eeee exclusivaexclusivaexclusivaexclusiva dosdosdosdos notáriosnotáriosnotáriosnotários eeee
registradoresregistradoresregistradoresregistradores previstaprevistaprevistaprevista nananana LeiLeiLeiLei 89358935/89358935//94/9494:94
Art. 21. OOOO gerenciamentogerenciamentogerenciamentogerenciamento administrativoadministrativoadministrativoadministrativo eeee financeirofinanceirofinanceirofinanceiro dosdosdosdos
servservservserviiiiçosçosçosços nonononottttarararariiiiaaaaiiiissss eeee ddddeeee regregregregiiiissssttttrorororo éééé ddddaaaa responsaresponsaresponsaresponsabilidbilidbilidbilidaaaaddddeeee
exclusivaexclusivaexclusivaexclusiva dodododo respectivorespectivorespectivorespectivo titulartitular,titulartitular inclusive no que diz respeito
às despesas de custeio, investimento e pessoal, cabendo-
lhe estabelecer normas, condições e obrigações relativas à
atribuição de funções e de remuneração de seus prepostos
de modo a obter a melhor qualidade na prestação dos
serviços.
Art. 22. Os notáriosnotáriosnotáriosnotários eeee oficiaisoficiaisoficiaisoficiais dededede registroregistroregistroregistro responderãoresponderãoresponderãoresponderão pelospelospelospelos
danosdanosdanosdanos quequequeque eleseleseleseles eeee seusseusseusseus prepostosprepostosprepostosprepostos causemcausemcausemcausem aaaa terceiros,terceiros,terceiros,terceiros, nananana
práticapráticapráticaprática dededede atosatosatosatos própriosprópriosprópriospróprios dadadada serventiaserventia,serventiaserventia assegurado aos
primeiros direito de regresso no caso de dolo ou culpa dos
prepostos.
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela
aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo art.art.art.art. 9º,9º,9º,9º,
§§1º,§§1º,1º,1º, dodododo DLDLDLDL 406/68406/68406/68406/68
Substitutos,
escreventes
e
auxiliares:
prepostos
que
auxiliam o notário e o registrador;
não detêm a delegação do serviço;
não possuem a habilitação específica exigida pela CF e
pela Lei 8.935/94;
não são responsáveis pela administração da Serventia e
por eventuais danos causados a terceiros; e
não estão sujeitos à fiscalização do PJ;
ImpostoImpostoImpostoImposto
sobresobresobresobre
ServiçosServiços.ServiçosServiços
TécnicoTécnicoTécnicoTécnico
emememem
contabilidadecontabilidade.contabilidadecontabilidade
AAAA
circunstânciacircunstânciacircunstânciacircunstância dededede mantermantermantermanter escritórioescritórioescritórioescritório eeee engajarengajarengajarengajar auxiliaresauxiliaresauxiliaresauxiliares nãonãonãonão
excluiexcluiexcluiexclui aaaa incidênciaincidênciaincidênciaincidência tributáriatributáriatributáriatributária pelapelapelapela modalidademodalidademodalidademodalidade privilegiadaprivilegiadaprivilegiadaprivilegiada
dodododo artigoartigoartigoartigo 99º,99º,º,º, §§§§ 11º11ººº dodododo DecretoDecreto-DecretoDecreto--lei-leileilei nºnºnºnº 406406/406406//68/686868,,,, [ ] (Ac. U. da 1ª
Turma do STF, RE nº 88.210/RS, Rel. Min. Xavier de
Albuquerque, julgado em 25.09.1979, publicado no DJ de
15.10.1979) Grifo nosso.
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela
aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo art.art.art.art. 9º,9º,9º,9º,
§§1º,§§1º,1º,1º, dodododo DLDLDLDL 406/68406/68406/68406/68
• AusênciaAusênciaAusênciaAusência dededede personalidadepersonalidadepersonalidadepersonalidade jurídicajurídicajurídicajurídica dasdasdasdas ServentiasServentiasServentiasServentias
ExtrajudiciaisExtrajudiciais:ExtrajudiciaisExtrajudiciais impossibilidade de equiparar notários e
registradores a “empresas”;
• InscriçãoInscriçãoInscriçãoInscrição nononono CNPJCNPJCNPJCNPJ (IN RFB nº 748/07): finalidade do
cadastro para controle e fiscalização dos tributos:
“[“[ OOOO fatofatofatofato dededede sesesese exigirexigirexigirexigir dosdosdosdos cartórioscartórioscartórioscartórios aaaa inscriçãoinscriçãoinscriçãoinscrição nononono
“[“[ ]
]]]
CadastroCadastroCadastroCadastro NacionalNacionalNacionalNacional dededede PessoasPessoasPessoasPessoas JurídicasJurídicasJurídicasJurídicas –––– CNPJCNPJCNPJCNPJ –––– nãonãonãonão temtemtemtem
oooo condãocondãocondãocondão dededede equipará-equiparáequiparáequipará--los-losloslos aaaa pessoaspessoaspessoaspessoas jurídicas,jurídicas,jurídicas,jurídicas, vistovistovistovisto quequequeque aaaa
finalidadefinalidadefinalidadefinalidade dodododo cadastrocadastrocadastrocadastro éééé facilitarfacilitarfacilitarfacilitar oooo controlecontrolecontrolecontrole eeee aaaa fiscalizaçãofiscalizaçãofiscalizaçãofiscalização
dadadada arrecadaçãoarrecadaçãoarrecadaçãoarrecadação dosdosdosdos tributostributostributostributos devidos,devidos,devidos,devidos, taistaistaistais comocomocomocomo encargosencargosencargosencargos
trabalhistastrabalhistastrabalhistastrabalhistas eeee previdenciários”previdenciáriosprevidenciáriosprevidenciários . (Ac. U. da 1ª Turma do TRF
da 4ª Região, Apelação Cível nº 2005.04.01.025151-9/PR,
Rel. Des. Vilson Darós, julgada em 13.12.06, publicado do
DE de 19.01.2007)
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela
aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo art.art.art.art. 9º,9º,9º,9º,
§§1º,§§1º,1º,1º, dodododo DLDLDLDL 406/68406/68406/68406/68
A legislação do IR confere aos notários e registradores o
mesmo tratamento tributário dispensado aos profissionais
liberais que exercem trabalho não-assalariado, sujeitos ao
regime de recolhimento mensal obrigatório pela pessoa
física (arts. 45 e 106, RIR/99);
Legislação previdenciária determina que os notários e
registradores sejam inscritos como “contribuinte
individual” (art. 9º, §15, Decreto 3.048/99 e Portaria MPAS
2.701/95);
A
natureza
jurídica
da
atividade
prestada
pelo
sujeito
passivo deve ser a mesma em todos os níveis federativos.
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela
aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo art.art.art.art. 9º,9º,9º,9º,
§§1º,§§1º,1º,1º, dodododo DLDLDLDL 406/68406/68406/68406/68
• Com base no regramento especial, previa a Lei do
Município de São Paulo nº 13.701/03 o recolhimento com
base em valores fixos:
“Art. 15 - Adotar-se-á regime especial de recolhimento do
Imposto:
I - quando os serviços descritos na lista do caput do artigo
1º forem prestados porporporpor profissionaisprofissionaisprofissionaisprofissionais autônomosautônomosautônomosautônomos ouououou
aquelesaquelesaquelesaqueles quequequeque exerçam,exerçam,exerçam,exerçam, pessoalmentepessoalmentepessoalmentepessoalmente eeee emememem carátercarátercarátercaráter
privado,privado,privado,privado, atividadeatividadeatividadeatividade porporporpor delegaçãodelegaçãodelegaçãodelegação dodododo PoderPoderPoderPoder Público,Público,Público,Público,
estabelecendoestabelecendo-estabelecendoestabelecendo-se--sesese comocomocomocomo receitareceitareceitareceita brutabrutabrutabruta mensalmensalmensalmensal osososos
seguintesseguintesseguintesseguintes valoresvalores:valoresvalores
a)a)a)a) RR$RR$$$ 800800,800800,,00,000000 (oitocentos(oitocentos(oitocentos(oitocentos reais),reais),reais),reais), paraparaparapara osososos profissionaisprofissionaisprofissionaisprofissionais
autônomosautônomosautônomosautônomos ouououou aquelesaquelesaquelesaqueles quequequeque exerçam,exerçam,exerçam,exerçam, pessoalmentepessoalmentepessoalmentepessoalmente eeee emememem
carátercarátercarátercaráter privado,privado,privado,privado, atividadeatividadeatividadeatividade porporporpor delegaçãodelegaçãodelegaçãodelegação dodododo PoderPoderPoderPoder
Público,Público,Público,Público, cujocujocujocujo desenvolvimentodesenvolvimentodesenvolvimentodesenvolvimento quequequeque exijaexijaexijaexija formaçãoformaçãoformaçãoformação emememem
nívelnívelnívelnível superiorsuperior;superiorsuperior;”;;
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela
aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo art.art.art.art. 7º7º7º7º dadadada
LCLCLCLC nºnºnºnº 116/03116/03116/03116/03 –––– regraregraregraregra
geralgeralgeralgeral
• inexistência de pessoalidade da prestação do serviço ante
a possibilidade de contratação de prepostos que poderão
realizar atos inerentes à atividade notarial e de registro
(art. 20, Lei 8935/94):
Art. 20. OsOsOsOs notáriosnotáriosnotáriosnotários eeee osososos oficiaisoficiaisoficiaisoficiais dededede registroregistroregistroregistro poderão,poderão,poderão,poderão, paraparaparapara oooo
desempenhodesempenhodesempenhodesempenho dededede suassuassuassuas funções,funções,funções,funções, contratarcontratarcontratarcontratar escreventes,
dentre eles escolhendo os substitutos, e auxiliares como
empregados, com remuneração livremente ajustada e sob
o regime da legislação do trabalho.
] [
§ 3º Os escreventes poderão praticar somente os atos
que o notário ou o oficial de registro autorizar.
§ 4º Os substitutos poderão, simultaneamente com o notário
ou o oficial de registro, praticar todos os atos que lhe
sejam próprios exceto, nos tabelionatos de notas, lavrar
testamentos.
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela
aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo art.art.art.art. 7º7º7º7º dadadada
LCLCLCLC nºnºnºnº 116/03116/03116/03116/03 –––– regraregraregraregra
geralgeralgeralgeral
“TRIBUTÁRIO. RECURSO ESPECIAL. ISS. ATIVIDADE NOTARIAL E
DE REGISTRO PÚBLICO. REGIME DE TRIBUTAÇÃO FIXA. ARTIGO
9º, § 1º, DO DECRETO-LEI N. 406/68. AUSÊNCIA DE
PESSOALIDADE NA ATIVIDADE. INAPLICABILIDADE. [
]
AindaAindaAindaAinda
quequequeque essaessaessaessa delegaçãodelegaçãodelegaçãodelegação sejasejasejaseja feitafeitafeitafeita emememem carátercarátercarátercaráter pessoal,pessoal,pessoal,pessoal, intransferívelintransferívelintransferívelintransferível eeee
hajahajahajahaja responsabilidaderesponsabilidaderesponsabilidaderesponsabilidade pessoalpessoalpessoalpessoal dosdosdosdos titularestitularestitularestitulares dededede serviçosserviçosserviçosserviços notariaisnotariaisnotariaisnotariais eeee
dededede registro,registro,registro,registro, taistaistaistais fatores,fatores,fatores,fatores, porporporpor sisisisi só,só,só,só, nãonãonãonão permitempermitempermitempermitem concluirconcluirconcluirconcluir asasasas
atividadesatividadesatividadesatividades cartoriaiscartoriaiscartoriaiscartoriais sejamsejamsejamsejam prestadasprestadasprestadasprestadas pessoalmentepessoalmentepessoalmentepessoalmente pelopelopelopelo titulartitulartitulartitular dodododo
cartóriocartório.cartóriocartório 4. OOOO artigoartigoartigoartigo 20202020 dadadada LeiLeiLeiLei nn.nn 88.88 935.935935/935//94/949494
autorizaautorizaautorizaautoriza osososos notáriosnotáriosnotáriosnotários eeee osososos
oficiaisoficiaisoficiaisoficiais dededede registroregistroregistroregistro aaaa contratarem,contratarem,contratarem,contratarem, paraparaparapara oooo desempenhodesempenhodesempenhodesempenho dededede suassuassuassuas
funções,funções,funções,funções, escreventes,escreventes,escreventes,escreventes, dentredentredentredentre eleseleseleseles escolhendoescolhendoescolhendoescolhendo osososos substitutos,substitutos,substitutos,substitutos, eeee
auxiliaresauxiliaresauxiliaresauxiliares comocomocomocomo empregadosempregados.empregadosempregados
EssaEssaEssaEssa faculdadefaculdadefaculdadefaculdade legallegallegallegal revelarevelarevelarevela quequequeque aaaa
consecuçãoconsecuçãoconsecuçãoconsecução dosdosdosdos serviçosserviçosserviçosserviços cartoriaiscartoriaiscartoriaiscartoriais nãonãonãonão importaimportaimportaimporta emememem necessárianecessárianecessárianecessária
intervençãointervençãointervençãointervenção pessoalpessoalpessoalpessoal dodododo tabelião,tabelião,tabelião,tabelião, vistovistovistovisto quequequeque possibilitapossibilitapossibilitapossibilita empreenderempreenderempreenderempreender
capitalcapitalcapitalcapital eeee pessoaspessoaspessoaspessoas paraparaparapara aaaa realizaçãorealizaçãorealizaçãorealização dadadada atividade,atividade,atividade,atividade, nãonãonãonão sesesese
enquadrando,enquadrando,enquadrando,enquadrando, porporporpor conseguinte,conseguinte,conseguinte,conseguinte, emememem prestaçãoprestaçãoprestaçãoprestação dededede serviçosserviçosserviçosserviços sobsobsobsob aaaa
formaformaformaforma dededede trabalhotrabalhotrabalhotrabalho pessoalpessoalpessoalpessoal dodododo própriopróprioprópriopróprio contribuinte,contribuinte,contribuinte,contribuinte, nosnosnosnos moldesmoldesmoldesmoldes dodododo
§§§§ 11º11ººº dodododo artigoartigoartigoartigo 99º99ººº dodododo DecretoDecreto-DecretoDecreto--Lei-LeiLeiLei nn.nn 406406/406406//68/6868.68
”””” REsp 1185119/SP, Rel.
Ministro BENEDITO GONÇALVES, julgado em 10/08/2010)
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela
aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo art.art.art.art. 7º7º7º7º dadadada
LCLCLCLC nºnºnºnº 116/03116/03116/03116/03 –––– regraregraregraregra
geralgeralgeralgeral
necessidade de prova de que o serviço notarial e de
registro é prestado em caráter pessoal:
“ISSQN Ação declaratória objetivando o reconhecimento
do direito ao recolhimento do tributo mediante a
aplicação de alíquota fixa e anual (artigo 9º, § 3º, do
Decreto-Lei nº 406/68). [ ] AusênciaAusênciaAusênciaAusência dededede provaprovaprovaprova nononono sentidosentidosentidosentido
dededede quequequeque somentesomentesomentesomente oooo apeladoapeladoapeladoapelado (notário)(notário)(notário)(notário) praticapraticapraticapratica asasasas atividadesatividadesatividadesatividades
quequequeque geramgeramgeramgeram receitasreceitasreceitasreceitas aoaoaoao cartório,cartório,cartório,cartório, bembembembem comocomocomocomo aaaa ausênciaausênciaausênciaausência dededede
outrosoutrosoutrosoutros profissionaisprofissionaisprofissionaisprofissionais autorizadosautorizadosautorizadosautorizados pelopelopelopelo artigoartigoartigoartigo 2020,2020,,, §§§§§§§§ 3º333ººº eeee 44º,44º,º,º,
dadadada LeiLeiLeiLei nºnºnºnº 88.88 935.935935/935//94/9494,94,,,
eeee quequequeque porventuraporventuraporventuraporventura tambémtambémtambémtambém prestemprestemprestemprestem
serviçosserviçosserviçosserviços emememem favorfavorfavorfavor dodododo tabelionatotabelionatotabelionatotabelionato (prepostos; oficial de
registro ou registrador; escreventes, etc.)”. (Apelação nº
0002388-28.2010.8.26.0614, 14ª Câmara de Direito
Público do TJ-SP, julgado em 29/03/2012)
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo
FundamentosFundamentosFundamentosFundamentos pelapelapelapela
aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo art.art.art.art. 7º7º7º7º dadadada
LCLCLCLC nºnºnºnº 116/03116/03116/03116/03 –––– regraregraregraregra
geralgeralgeralgeral
matéria já definida nos autos da ADI 3089/DF, com efeito erga omnes e
vinculante – Impossibilidade de rediscussão da matéria:
“[
]
serviservserviserviiçosçççososos ddeddeee reregreregggiistrosistrosissttrosros ppppúbliúblicosúblicosúblicos,cos,,, cartorárioscarcartorárioscarttororáárriiosos eeee notariaisnonotariaisnottarariiaaiiss. [
1. HipóteseHipóteseHipóteseHipótese emememem quequequeque sesesese discutediscutediscutediscute aaaa basebasebasebase dededede cálculocálculocálculocálculo dodododo ISSISSISSISS incidenteincidenteincidenteincidente sobresobresobresobre
]
3. OOOO acórdãoacacórdãoacóórrdãdãoo ddoddooo
SupremoSupremoSupremoSupremo TribunalTribunalTribunalTribunal FederalFederalFederalFederal (ADI 3089), focadofocadofocadofocado nananana possibilidadepossibilidadepossibilidadepossibilidade dededede osososos
emolumentosemolumentosemolumentosemolumentos (que(que(que(que sãosãosãosão taxas)taxas)taxas)taxas) serviremserviremserviremservirem dededede basebasebasebase dededede cálculocálculocálculocálculo paraparaparapara oooo ISS,ISS,ISS,ISS,
afastou,afastou,afastou,afastou, porporporpor imperativoimperativoimperativoimperativo lógico,lógico,lógico,lógico, aaaa possibilidadepossibilidadepossibilidadepossibilidade dadadada tributaçãotributaçãotributaçãotributação fixa,fixa,fixa,fixa, emememem quequequeque
nãonãonãonão háháháhá cálculocálculocálculocálculo e,e,e,e, portanto,portanto,portanto,portanto, basebasebasebase dededede cálculocálculo.cálculocálculo [[
[[
] ]]]
99.99
AAAA tentativatentativatentativatentativa dededede reabrirreabrirreabrirreabrir oooo
debatedebatedebatedebate nononono SuperiorSuperiorSuperiorSuperior TribunalTribunalTribunalTribunal dededede Justiça,Justiça,Justiça,Justiça, emememem RecursoRecursoRecursoRecurso Especial,Especial,Especial,Especial, refleterefleterefletereflete aaaa
inconfessávelinconfessávelinconfessávelinconfessável pretensãopretensãopretensãopretensão dededede reverter,reverter,reverter,reverter, nananana searasearasearaseara infraconstitucional,infraconstitucional,infraconstitucional,infraconstitucional, oooo
julgamentojulgamentojulgamentojulgamento dadadada AçãoAçãoAçãoAção DiretaDiretaDiretaDireta dededede Inconstitucionalidade,Inconstitucionalidade,Inconstitucionalidade,Inconstitucionalidade, oooo quequequeque é,é,é,é,
evidentemente,evidentemente,evidentemente,evidentemente, impossívelimpossível.impossívelimpossível
10. De fato, aaaa interpretaçãointerpretaçãointerpretaçãointerpretação dadadada legislaçãolegislaçãolegislaçãolegislação federalfederalfederalfederal pelopelopelopelo SuperiorSuperiorSuperiorSuperior TribunalTribunalTribunalTribunal dededede
JustiçaJustiçaJustiçaJustiça –––– nononono casocasocasocaso aaaa aplicaçãoaplicaçãoaplicaçãoaplicação dodododo artart.artart 99º,99º,º,º, §§§§ 11º,11º,º,º, dodododo DLDLDLDL 406406/406406//1968/196819681968 –––– devedevedevedeve sesesese dardardardar
nosnosnosnos limiteslimiteslimiteslimites dadadada decisãodecisãodecisãodecisão comcomcomcom efeitosefeitosefeitosefeitos ergaergaergaerga omnesomnesomnesomnes proferidaproferidaproferidaproferida pelopelopelopelo STFSTFSTFSTF nananana AdinAdinAdinAdin
33.33
089.089089/DF089/DF/DF./DF
11. NesseNesseNesseNesse sentido,sentido,sentido,sentido, inviávelinviávelinviávelinviável oooo benefíciobenefíciobenefíciobenefício dadadada tributaçãotributaçãotributaçãotributação fixa em
relação ao ISS sobre os serviços de registros públicos, cartorários e
notariais. 12. Recurso Especial não provido. (REsp 1187464/RS, Rel.
Ministro HERMAN BENJAMIN, julgado em 01/06/2010)
BaseBaseBaseBase dededede cálculocálculocálculocálculo dodododo ISSISSISSISS ––––
BaseBaseBaseBase dededede cálculocálculocálculocálculo dodododo ISSISSISSISS ––––
notáriosnotáriosnotáriosnotários eeee registradoresregistradoresregistradoresregistradores
• EfeitosEfeitosEfeitosEfeitos
dadadada
coisacoisacoisacoisa
julgadajulgadajulgadajulgada
nananana
ADIADIADIADI
3089308930893089/DF/DF/DF/DF:
“A
discussão
quanto
à
forma
de
cobrança do ISSQN não foi objeto de
discussão nas decisões paradigmas
indicadas pelo autor da reclamação. O
objeto da ADI 3.089, red. Min. Joaquim
Barbosa, é a constitucionalidade dos
itens 21 e 21.01 da lista anexa à LC
116/03”. (Reclamação Constitucional
nº 12610/PB. Rel. Min. Gilmar Mendes.
Publicação em 14.11.2011)
PreçoPreçoPreçoPreço dodododo serviçoserviçoserviçoserviço prestadoprestadoprestadoprestado pelospelospelospelos
PreçoPreçoPreçoPreço dodododo serviçoserviçoserviçoserviço
prestadoprestadoprestadoprestado pelospelospelospelos notáriosnotáriosnotáriosnotários eeee
registradoresregistradoresregistradoresregistradores aaaa títulotítulotítulotítulo dededede
basebasebasebase dededede cálculocálculocálculocálculo dodododo ISSISSISSISS
• Legislação do Município de São Paulo nº 14.865/08 que
alterou a base de cálculo do ISS prevista na Lei 13.701/03
(exemplo):
“Art. 7º. A Lei nº 13.701, de 2003, com as respectivas
alterações posteriores, passa a vigorar acrescida do art.
14-A, com a seguinte redação:
"Art. 14-A. AAAA basebasebasebase dededede cálculocálculocálculocálculo dodododo ImpostoImpostoImpostoImposto referentereferentereferentereferente aosaosaosaos
serviçosserviçosserviçosserviços descritosdescritosdescritosdescritos nononono subitemsubitemsubitemsubitem 2121.2121 01.010101
da lista do "caput" do
art. 1º éééé oooo preçopreçopreçopreço dodododo serviço,serviço,serviço,serviço, comocomocomocomo taltaltaltal consideradaconsideradaconsideradaconsiderada aaaa receitareceitareceitareceita
brutabrutabrutabruta aaaa eleeleeleele correspondente,correspondente,correspondente,correspondente, semsemsemsem deduções,deduções,deduções,deduções, excetuados os
descontos ou abatimentos concedidos independentemente
de qualquer condição."”
PreçoPreçoPreçoPreço dodododo serviçoserviçoserviçoserviço prestadoprestadoprestadoprestado pelospelospelospelos
PreçoPreçoPreçoPreço dodododo serviçoserviçoserviçoserviço
prestadoprestadoprestadoprestado pelospelospelospelos notáriosnotáriosnotáriosnotários eeee
registradoresregistradoresregistradoresregistradores aaaa títulotítulotítulotítulo dededede
basebasebasebase dededede cálculocálculocálculocálculo dodododo ISSISSISSISS
ViolaçãoViolaçãoViolaçãoViolação àààà capacidadecapacidadecapacidadecapacidade contributivacontributivacontributivacontributiva (art. 145, §1º,
CR/88);
A base de cálculo alcançaalcançaalcançaalcança valoresvaloresvaloresvalores quequequeque nãonãonãonão compõemcompõemcompõemcompõem
aaaa receitareceitareceitareceita dosdosdosdos notáriosnotáriosnotáriosnotários eeee registradoresregistradores,registradoresregistradores incluindo os
repassesrepassesrepassesrepasses públicospúblicospúblicospúblicos destinados ao:
i)
ao Estado;
ii)
à
Carteira
de
Previdência
das
Serventias
não
Oficializadas;
iii)
à compensação dos atos gratuitos do registro civil
das pessoas naturais e à complementação da receita
mínima das serventias deficitárias;
iv)
ao Fundo Especial de Despesa do Tribunal de Justiça
(art. 19 da Lei nº 11.331/02).
PreçoPreçoPreçoPreço dodododo serviçoserviçoserviçoserviço prestadoprestadoprestadoprestado pelospelospelospelos
PreçoPreçoPreçoPreço dodododo serviçoserviçoserviçoserviço prestadoprestadoprestadoprestado
pelospelospelospelos notáriosnotáriosnotáriosnotários eeee
registradoresregistradoresregistradoresregistradores aaaa títulotítulotítulotítulo dededede
basebasebasebase dededede cálculocálculocálculocálculo dodododo ISSISSISSISS
“INCIDENTE DE INCONSTITUCIONALIDADE – DÉCIMA
QUINTA CÂMARA DE DIREITO PÚBLICO – AÇÃO
DECLARATÓRIA – Incidência do ISS sobre os serviços de
registros públicos, cartorários e notariais, a teor da Lei
Complementar nº 116/03 e Lei Municipal 93/03 – Atividade
privada – ReceitaReceitaReceitaReceita brutabrutabrutabruta quequequeque nãonãonãonão podepodepodepode servirservirservirservir comocomocomocomo aaaa
grandezagrandezagrandezagrandeza dodododo elementoelementoelementoelemento tributáriotributáriotributáriotributário quantitativoquantitativoquantitativoquantitativo – BaseBaseBaseBase dededede
cálculocálculocálculocálculo dodododo ISSISSISSISS quequequeque devedevedevedeve ser,ser,ser,ser, tãotão-tãotão--somente,-somente,somente,somente, oooo valorvalorvalorvalor auferidoauferidoauferidoauferido
pelopelopelopelo oficialoficialoficialoficial delegatário,delegatário,delegatário,delegatário, daídaídaídaí estandoestandoestandoestando excluídos,excluídos,excluídos,excluídos, porporporpor obvio,obvio,obvio,obvio, osososos
demaisdemaisdemaisdemais encargosencargosencargosencargos aaaa eleeleeleele nãonãonãonão pertencentespertencentespertencentespertencentes – Art. 236, caput,
da Constituição Federal – Argüição acolhida, para conferir à
Lei Complementar Municipal 93/03, do Município de Santa Fé
do Sul interpretação conforme a Constituição Federal –
Incidente de Inconstitucionalidade.”
(Argüição
de
Inconstitucionalidade
nº 994.09.222778-0.
Órgão Especial
TJ/SP, julgado em 26/05/2010)
PreçoPreçoPreçoPreço dodododo serviçoserviçoserviçoserviço prestadoprestadoprestadoprestado pelospelospelospelos
PreçoPreçoPreçoPreço dodododo serviçoserviçoserviçoserviço
prestadoprestadoprestadoprestado pelospelospelospelos notáriosnotáriosnotáriosnotários eeee
registradoresregistradoresregistradoresregistradores aaaa títulotítulotítulotítulo dededede
basebasebasebase dededede cálculocálculocálculocálculo dodododo ISSISSISSISS
• Lei do Município de São Paulo nº 15.406/11 que alterou novamente a base
de cálculo do ISS (exemplo):
“ArtArtArtArt 14141414----AAAA. Quando forem prestados os serviços descritos no subitem 21.01
da lista do "caput" do art. 1°, oooo impostoimpostoimpostoimposto seráseráseráserá calculadocalculadocalculadocalculado sobresobresobresobre oooo preçopreçopreçopreço dodododo
serviçoserviçoserviçoserviço deduzidodeduzidodeduzidodeduzido dasdasdasdas parcelasparcelasparcelasparcelas correspondentescorrespondentes:correspondentescorrespondentes
IIII ---- à receita do Estado, em decorrência do processamento da arrecadação
e respectiva fiscalização;
IIIIIIII ---- ao valor da compensação dos atos gratuitos do registro civil das
pessoas naturais e à complementação da receita mínima das serventias
deficitárias;
IIIIIIIIIIII ---- ao valor destinado ao Fundo Especial de Despesa do Tribunal de
Justiça, em decorrência da fiscalização dos serviços;
IVIVIVIV ---- ao valor da Contribuição de Solidariedade para as Santas Casas de
Misericórdia do Estado de São Paulo.
ParágrafoParágrafoParágrafoParágrafo únicoúnico.únicoúnico IncorporamIncorporam-IncorporamIncorporam-se--sesese àààà basebasebasebase dededede cálculocálculocálculocálculo dodododo impostoimpostoimpostoimposto dededede quequequeque tratatratatratatrata oooo
"caput""caput""caput""caput" destedestedestedeste artigo,artigo,artigo,artigo, nononono mêsmêsmêsmês dededede seuseuseuseu recebimento,recebimento,recebimento,recebimento, osososos valoresvaloresvaloresvalores recebidosrecebidosrecebidosrecebidos
pelapelapelapela compensaçãocompensaçãocompensaçãocompensação dededede atosatosatosatos gratuitosgratuitosgratuitosgratuitos ouououou dededede complementaçãocomplementaçãocomplementaçãocomplementação dededede receitareceitareceitareceita
mínimamínimamínimamínima dadadada serventiaserventia.serventiaserventia "."""
PreçoPreçoPreçoPreço dodododo serviçoserviçoserviçoserviço prestadoprestadoprestadoprestado pelospelospelospelos
PreçoPreçoPreçoPreço dodododo serviçoserviçoserviçoserviço prestadoprestadoprestadoprestado
pelospelospelospelos notáriosnotáriosnotáriosnotários eeee
registradoresregistradoresregistradoresregistradores aaaa títulotítulotítulotítulo dededede
basebasebasebase dededede cálculocálculocálculocálculo dodododo ISSISSISSISS
InclusãoInclusãoInclusãoInclusão dosdosdosdos valoresvaloresvaloresvalores recebidosrecebidosrecebidosrecebidos pelapelapelapela compensaçãocompensaçãocompensaçãocompensação dededede
atosatosatosatos gratuitosgratuitosgratuitosgratuitos ouououou dededede complementaçãocomplementaçãocomplementaçãocomplementação dededede receitareceitareceitareceita
mínimamínimamínimamínima dadadada serventiaserventiaserventiaserventia :
desvirtuou-se o conceito constitucional de serviço
tributável;
Tais valores não possuem natureza de emolumentos
pagos pelo tomador do serviço de registro;
a base de cálculo eleita acaba por infirmar o critério
material do ISS que, na forma da Lei nº 15.406/11,
poderia ser:
i. “prestarprestarprestarprestar serviçosserviçosserviçosserviços gratuitosgratuitos”gratuitosgratuitos ou
ii. “receber valores a título de indenização” (obrigaçãoobrigaçãoobrigaçãoobrigação
dededede dardar).dardar
PreçoPreçoPreçoPreço dodododo serviçoserviçoserviçoserviço prestadoprestadoprestadoprestado pelospelospelospelos
PreçoPreçoPreçoPreço dodododo serviçoserviçoserviçoserviço
prestadoprestadoprestadoprestado pelospelospelospelos notáriosnotáriosnotáriosnotários
eeee registradoresregistradoresregistradoresregistradores aaaa títulotítulotítulotítulo
dededede basebasebasebase dededede cálculocálculocálculocálculo dodododo
ISSISSISSISS
A base de cálculo eleita pelo legislador municipal deve zelar
pelo pactopactopactopacto federativofederativo.federativofederativo
Art. 236 da CR/88 atribui competência à União e ao Estado
para disciplinar sobre os emolumentos;
A fixação dos emolumentos deverá ser adequada e
suficiente à remuneração dos serviços prestados (arts. 1º,
Lei Federal nº 10.169/00, e 5º, Lei Estadual nº 11.331/02);
O poder de tributar dos Municípios fica limitado a não
comprometer a remuneração adequada e suficiente, sob
pena de tornar inócuo o preceituado pela legislação dos
demais entes federativos, prejudicando a autonomia
financeira dos titulares das Serventias Extrajudiciais e
inviabilizando a atividade, de finalidade pública.
ISSISSISSISS –––– AtividadeAtividadeAtividadeAtividade notarialnotarialnotarialnotarial eeee dededede
ISSISSISSISS –––– AtividadeAtividadeAtividadeAtividade notarialnotarialnotarialnotarial eeee
dededede registroregistroregistroregistro
FIM
angela@barroscarvalho.com.br