Sie sind auf Seite 1von 2
Nome: N. o : Turma: Data: Ficha de trabalho 11 AMPLIAÇÃO Quais são os diferentes

Nome:

N. o :

Turma:

Data:

Ficha de trabalho 11

AMPLIAÇÃO

Quais são os diferentes ritmos de crescimento da população mundial?

1. A figura seguinte representa o modelo de transição demográfica.

% Transição D A primeira segunda 60 50 40 30 C 20 B 10 0
%
Transição
D
A primeira
segunda
60
50
40
30
C
20
B
10
0

A Regime

B Taxa de

C Taxa de

D Regime

1.1 Faz a legenda da figura.

1.2 Relaciona as fases do modelo de transição com o nível de desenvolvimento dos países.

2. Lê com atenção o texto seguinte.

ONU prevê explosão demográfica no Mundo nas próximas décadas

O aumento da esperança média de vida vai provocar no Mundo uma explosão demográfica

nas próximas décadas, que afectará o desenvolvimento económico e exercerá uma forte pres- são sobre os recursos do Planeta, segundo a ONU.

Hoje comemora-se o Dia da Terra, uma celebração adoptada mundialmente em 1990. Segundo dados das Nações Unidas, a população mundial passará dos actuais 6700 milhões para 9200 milhões em meados do século XXI.

Este crescimento equivale ao tamanho da população do Mundo em 1950 e será absorvido pelos países em desenvolvimento, cuja demografia deverá aumentar dos 5400 milhões, em 2007, para os 7900 milhões, em 2050.

O aumento da esperança média de vida resultante da melhoria nos cuidados de saúde e de

uma melhor nutrição é a principal causa desta explosão demográfica. No Mundo em desenvolvimento, a população com mais de 60 anos deverá ser o dobro, passando dos 245 milhões, em 2005, para 406 milhões, em 2050, enquanto a população com menos de 60 anos deverá descer de 971 milhões para 839 milhões. A esperança média de vida situava-se nos 47 anos, em 1950, e actualmente situa-se nos 65 anos. Muitos peritos advertem para o esgotamento dos recursos naturais, uma vez que o ser huma- no consome cerca de 35 por cento da sua totalidade, assim como para os efeitos no desenvolvi- mento económico.

Semanário SOL, 22/04/2007

2.1 Indica o grupo de países que, na tua opinião, mais contribuem para este fenómeno.

2.2 Localiza as regiões do Planeta onde se situam esses países.

2.3 Com base no texto, comenta o actual crescimento acentuado da população.

2.4 Refere três consequências do crescimento demográfico para estes países.

Material

Fotocopiável

©

Santillana

3. Analisa o gráfico, que representa o crescimento demográfico e as suas consequências.

Crescimento natural Progressos alimentares CRESCIMENTO Êxodo rural Progressos sanitários DEMOGRÁFICO Aumento
Crescimento natural
Progressos
alimentares
CRESCIMENTO
Êxodo rural
Progressos
sanitários
DEMOGRÁFICO
Aumento
das
Progressos
técnicos
densidades
rurais
Intensificação e extensão da agricultura
URBANIZAÇÃO CRESCENTE
URBANIZAÇÃO
CRESCENTE

AMEAÇA PARA

O AMBIENTE

E RECURSOS

NATURAIS

3.1 Refere as regiões do Mundo que registam taxas de crescimento mais elevadas.

3.2 Indica duas causas para estes valores.

3.3 Menciona em que regiões do Mundo ocorrem descidas mais significativas.

3.4 Descreve as consequências socioeconómicas destes diferentes crescimentos.

3.5 Relaciona a figura com os modelos demográficos dos países desenvolvidos e subdesenvolvidos.

4. Lê com atenção o texto seguinte.

Envelhecimento da população preocupa Cavaco

O presidente da República considerou ontem que Portugal enfrenta um cenário de enve-

lhecimento e de recessão demográfica que vai «obrigar a pensar seriamente as políticas de

natalidade, de protecção das nossas crianças, de valorização dos nossos jovens e de qualifi- cação dos activos». Cavaco Silva lembrou que, em 2050, «a população idosa e o seu peso relativo na Europa dos 25 deverá duplicar, subindo dos actuais 20% para 40% do total da população». «Se estes números representam um gran- de desafio para a União Europeia, muito maior o será para Portugal, sobretudo se a tendência demográfica não for acompanha- da do crescimento da riqueza, a um ritmo necessariamente superior ao actual.» Cavaco Silva interrogou-se sobre o modo como o País se vai preparar para o desafio, «os recursos a afectar a esta realidade e, sobretudo, as reformas que será necessário empreender para um modelo social sustentável e que confira dignidade ao envelhecimento». «Não se trata apenas de pensões! Estamos a falar de um modelo social que passa pela família, pelos equipamentos da terceira idade, por um sistema de saúde que, também ele, terá de enfrentar novos desafios colocados pelo envelhecimento», disse.

A pobreza, a miséria e a exclusão não são fenómenos novos, disse, frisando que «são novos

os contextos em que se desenvolvem», atingindo novos grupos sociais.

Jornal de Notícias, 3/06/2007 (adaptado)

novos os contextos em que se desenvolvem», atingindo novos grupos sociais. Jornal de Notícias , 3/06/2007

4.1 Faz um comentário ao texto destacando:

• as causas (demográficas, económicas e socioculturais) deste problema;

• as consequências do problema;

• as soluções que atenuem o problema.

Material

Fotocopiável

©

Santillana