Sie sind auf Seite 1von 8

PREFEITURAPREFEITURAPREFEITURAPREFEITURA MUNICIPALMUNICIPALMUNICIPALMUNICIPAL DEDEDEDE SAPEZALSAPEZALSAPEZALSAPEZAL ---- MTMTMTMT

PROFESSOR:PROFESSOR:PROFESSOR:PROFESSOR: PEDAGOGIAPEDAGOGIAPEDAGOGIAPEDAGOGIA

NÃONÃONÃONÃO ABRAABRAABRAABRA OOOO CADERNOCADERNOCADERNOCADERNO DEDEDEDE PROVASPROVASPROVASPROVAS ANTESANTESANTESANTES DEDEDEDE RECEBERRECEBERRECEBERRECEBER ORDEMORDEMORDEMORDEM PARAPARAPARAPARA FAZÊFAZÊ-FAZÊFAZÊ--LO-LOLOLO

se a prova contém falhas: folhas em branco, má
se
a
prova
contém
falhas:
folhas
em
branco,

01.01.01.01.

02.02.02.02.

0303.0303

Este caderno de provas contém questões de múltipla escolha.

Para cada questão existe apenas uma resposta correta.

Leia atentamente a questão no caderno e escolha a alternativa que

julgar correta.

04.04.04.04. As respostas a lápis ou rasuradas na Folha de Respostas serão

consideradas erradas.

05.05.05.05. Faça a sua prova em silêncio, para que todos façam também.

06.06.06.06. Não será permitida qualquer espécie de consulta.

07.07.07.07. Não será fornecido outro caderno de provas, exceto no caso do

item 10.

08.08.08.08. O tempo de duração da prova é aquele anotado na lousa.

09.09.09.09. Coloque o seu nome, número de inscrição e a data de hoje.

10.10.10.10. Verifique

impressão, páginas trocadas, falta de questões, etc. Encontrando

falhas, levante a mão. O Fiscal atenderá você e trocará o seu

caderno.

Nome:

Nome:

Nome:

Nome:

Insc.Insc.Insc.Insc. nºnº.nºnº :.:::

Data:Data:Data:Data:

////

/

/ /

/

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

PROFESSOR: PEDAGOGIA

01. Assinale a alternativa correta, de acordo com os PCNs para o Ensino Fundamental:

(A)

A criança é uma cidadã do futuro, sendo secundário conhecer ciência, portanto.

(B)

Os PCNs configuram um modelo curricular homogêneo e impositivo que se sobrepõe à competência política e executiva dos Estados e Municípios, à diversidade sociocultural das diferentes regiões do país e à autonomia de professores e equipes pedagógicas.

(C)

As avaliações em Educação Física, devem se resumir a alguns testes de força, resistência, flexibilidade, a fim de medir a aptidão física do aluno.

(D)

O homem deveria se comportar, não como dono do mundo, mas percebendo-se como parte integrante da natureza, respeitada e celebrada por diversas culturas tradicionais antigas e contemporâneas.

02. O Art. 6º da Lei 9.394/96(LDB), modificado pela Lei 11.114/05 e 26A, incluído pela Lei 10.639/03 tem a atual redação:

I.

II.

III.

IV.

É dever dos pais ou responsáveis efetuar a matrícula dos menores a partir dos seis anos de idade no Ensino Fundamental.

Nos estabelecimentos de Ensino Fundamental e Médio, oficiais e particulares, torna-se obrigatório o ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira.

Os conteúdos referentes à História e Cultura Afro-Brasileira serão ministrados no âmbito de todo o currículo escolar, em especial, nas áreas de Educação Artística e de Literatura e História Brasileiras.

O conteúdo programático de História e Cultura Afro-Brasileira incluíra o estudo da História da África e dos africanos, a luta dos negros no Brasil, a cultura negra brasileira e o negro na formação da sociedade nacional, resgatando a contribuição do povo negro nas áreas social, econômica e política pertinentes à História do Brasil.

(A)

(B)

(C)

(D)

Apenas I e II estão corretas.

Apenas III e IV estão corretas.

I, II, III e IV estão corretas.

Não há alternativa correta.

03. A atual redação do Art. 32 da Lei 9.394/96(LDB), após ser modificada pela Lei 11.274/06, passou a ser:

(A)

O Ensino Fundamental, com duração mínima de 9 anos, gratuito na escola pública, terá por objetivo a formação básica do cidadão, mediante

(B)

O Ensino Fundamental obrigatório, com duração de 9 anos, gratuito na escola pública, iniciando-se aos 6 anos de idade, terá por objetivo a formação básica do cidadão, mediante

(C)

O Ensino Fundamental, com duração mínima de 8 anos, é gratuito na escola pública, iniciando-se aos 7 anos de idade, terá como objetivo a formação básica do cidadão, mediante

(D)

Nenhuma das alternativas está correta.

04. Em “Reflexões sobre Alfabetização”, para Emília Ferreiro, não é correta a alternativa:

(A)

A aparência gráfica é garantia de escrita mesmo que não se conheçam as condições de produção.

(B)

Os aspectos construtivos têm a ver com o que se quis representar e os meios utilizados para criar diferenciações entre as representações.

(C)

O conhecimento da língua escrita não se reduz ao conhecimento das letras.

(D)

Na América Latina utiliza-se a introdução conjunta das duas atividades (lecto-escritura), não se espera que a criança possa ler antes de saber escrever por si mesma nem a leitura precede regularmente a escrita.

05. De acordo com Hernandez e Ventura, é correta a alternativa:

I.

A informação necessária para construir os Projetos de Trabalho está determinada de antemão, depende do educador ou do livro-texto, não está em função do que cada aluno sabe sobre um tema nem da informação com a qual se possa relacionar dentro e fora da escola.

II.

O ponto de partida para a definição de um projeto de trabalho é a escolha do tema; em cada nível e etapa da escolaridade, essa escolha adota características diferentes.

III.

Um projeto pode organizar-se seguindo um determinado eixo: a definição de um conceito, um problema geral ou particular, um conjunto de perguntas inter-relacionadas, uma temática que valha a pena ser tratada.

IV.

O critério de escolha de um tema pela turma baseia-se num “porque gostamos” e não em sua relação com os trabalhos e temas precedentes.

(A)

Apenas I e II estão corretas.

(B)

Apenas III e IV estão corretas.

(C)

Apenas II e III estão corretas.

(D)

Apenas I e IV estão corretas.

06. Sobre Temas Transversais, não é correta a alternativa:

(A)

O conhecimento sistemático relacionado ao Meio Ambiente e ao movimento ambiental, desenvolvimento sustentável não é recente nem na comunidade científica, nem fora dela.

(B)

O Tema Transversal Pluralidade Cultural e Orientação Sexual oferecem informações que contribuem para a formação de novas mentalidades voltadas para a superação de todas as formas de discriminação e exclusão.

(C)

A organização do trabalho em torno de temas relativos à saúde permite que o desenvolvimento dos conteúdos possa se processar regulamente e de modo contextualizado.

07.

Assinale a alternativa falsa, de acordo com Paulo Freire:

(A)

Ensinar a pensar certo faz parte da tarefa do docente e não apenas ensinar os conteúdos, pois isto tornaria os alunos receptáculos alienados e não sujeitos do processo de ensino-aprendizagem.

(B)

A visão de liberdade é a matriz que atribui sentido a uma prática educativa que só pode alcançar efetividade e eficácia na medida da participação livre e crítica dos educandos.

(C)

A discussão não é importante na alfabetização, pois a palavra é um “dado” (como uma doação do professor para o educando).

(D)

A educação libertadora defende a politização do homem, aclarando seus pensamentos, tirando-o da alienação, por isso não é aceita pelas forças dominantes.

08. Para Regis de Morais, é correta a alternativa:

I.

Respeitar a liberdade das crianças, sem nenhum tipo de repressão, garante, por si só, maravilhosa educação a elas.

II.

Autoridade e autoritarismo são palavras sinônimas. ambas fazem parte do princípio do amor.

III.

Quando uma sociedade começa a acreditar que, contra a violência crescente, bastam muros altos, sistemas de alarme, grande e bom policiamento, alguma coisa está errada, embora essas medidas de defesa sejam necessárias.

IV.

As novas gerações precisam ser motivadas a respeitar suas vidas e as dos outros, precisam sofrer um despertamento político que as integre numa luta sincera contra as escandalosas injustiças sociais, oriundas de uma perversa distribuição de oportunidades.

(A)

Apenas I e II estão corretas.

(B)

Apenas III e IV estão corretas.

(C)

Apenas I, II e III estão corretas.

(D)

I, II, III e IV estão corretas.

09. Para Antonia Osima Lopes, sobre planejamento participativo, é correta a afirmativa:

I.

A ação de planejar, como a educação, não pode ser encarada como uma atividade neutra.

II.

Num planejamento participativo, tanto é possível como produtiva a convivência de um discurso de participação com uma prática da divisão e da competição, pois a defesa de posições de grupos distintos enriquece o trabalho.

III.

A caracterização de momentos ou etapas no planejamento de ensino não deverá ser entendida como o desenvolvimento de partes distintas e estanques dentro do processo, compartimentando-se a ação.

IV.

Na concepção do planejamento participativo, a avaliação deverá ter o sentido de processo classificatório dos resultados.

(A)

Apenas I e II estão corretas.

(B)

Apenas III e IV estão corretas.

(C)

Apenas I e III estão corretas.

(D)

I, II, III e IV estão corretas.

10. Sobre planejamento participativo, assinale a alternativa falsa:

(A)

O planejamento exige, além de uma postura docente comprometida com o pedagógico, que as atividades educativas sejam planejadas tendo como ponto de referência, a problemática sociocultural em que a escola está inserida.

(B)

Na concepção participativa está implícita a relação cooperativa educador-educando, já que existe uma totalidade a ser preservada.

(C)

Como os conteúdos a serem estudados já fazem parte do currículo escolar, previamente estruturado, não precisam passar por uma análise crítica com vistas à identificação daquilo que representa essencial e o que representa o secundário a ser aprendido.

(D)

Na efetivação do planejamento participativo deve ser priorizada a busca da unidade entre teoria e prática, partindo da realidade concreta (aluno, escola, contexto social).

11. Tendo em vista o Estatuto da Criança e do Adolescente, assinale a alternativa falsa:

(A)

São penalmente inimputáveis os menores de 21 anos, sujeitos às medidas previstas nesta lei.

(B)

As entidades que desenvolvem programas de internação de menor têm a obrigação de observar os direitos e garantias de que são titulares os adolescentes.

(C)

Oferecer instalações físicas em condições adequadas de habitabilidade, higiene, salubridade, segurança e os objetos necessários à higiene pessoal, são obrigações das entidades que desenvolvem programas de internação de menores.

(D)

As entidades que desenvolvem programas de abrigo deverão preservar os vínculos familiares e não desmembramento de grupos de irmãos-crianças e adolescentes abrigados.

12. Assinale a alternativa correta, de acordo com Paulo Freire:

I.

Quem ensina, ensina alguma coisa a alguém; quem ensina, aprende ao ensinar e quem aprende, ensina ao aprender.

II.

Não se deve discutir assuntos que tenham implicação político-ideológica na escola, pois os alunos das classes pobres, podem tornar-se revoltados e a função da escola é ensinar conteúdos, apenas.

III.

A fome e a miséria em que vivem milhões de brasileiros são uma fatalidade diante da qual só se pode ter uma atitude:

esperar pacientemente que esta realidade mude.

IV.

Na educação libertadora é exigida a superação da contradição educador-educando: o professor não apenas ensina, mas

enquanto ensina, também aprende.

(A)

Apenas I e II estão corretas.

(B)

Apenas II e III estão corretas.

(C)

Apenas III e IV estão corretas.

(D)

Apenas I e IV estão corretas.

13. Para Vygotsky, é falsa a alternativa:

(A)

Pesquisas revelam integração entre fala e raciocínio prático ao longo do desenvolvimento.

(B)

A fala compensa e substitui a adaptação real; ela não serve como elemento de ligação com a experiência passada, servindo, simplesmente, a uma adaptação puramente social.

(C)

A descoberta de que os signos verbais têm significado constitui a “maior descoberta na vida da criança”, é produto de sua atividade mental e acontece na transição entre o 1º e o 2º ano de vida.

(D) As crianças pequenas dão nome aos seus desenhos somente após completá-los; elas têm necessidade de vê-los antes de decidir o que eles são; somente à medida que se tornam mais velhas, adquirem a capacidade de decidir, previamente, o que vão desenhar.

14. Assinale a alternativa correta de acordo com Davis e Oliveira:

I.

II.

III.

IV.

(A)

(B)

(C)

(D)

“Mestre não é aquele que sempre ensina, mas quem, de repente aprende”, muitas vezes as dúvidas dos alunos levam o professor a rever aquilo em que acredita, buscando, inclusive, novas formas para ensinar.

É na interação com outras pessoas que as necessidades do ser humano são satisfeitas.

O professor competente encara o “erro” como sinal de uma estruturação em construção e, a partir dele, direciona a sua atuação criando situações que levem o aluno a reelaborar o problema em questão.

É no convívio social que se criam as condições para o aparecimento da consciência, que é a capacidade de distinguir entre as propriedades objetivas e estáveis da realidade e o que é vivido subjetivamente.

Apenas I e II estão corretas.

Apenas III e IV estão corretas.

Apenas I, II e III estão corretas.

I, II, III e IV estão corretas.

15. Para Davis e Oliveira, é falsa a alternativa:

(A)

Através das “soluções erradas” é possível ao professor perceber a forma por meio da qual a criança pensa suas hipóteses

sobre um determinado assunto, sua maneira de operar cognitivamente os significados que atribui a um tema ou acontecimento.

(B)

O professor incompetente encara o erro como sinal de estruturação em construção, não o considera nocivo, nem pensa que deva ser sempre corrigido imediatamente.

(C)

A Psicologia do Desenvolvimento pretende estudar como nascem e como se desenvolvem as funções psicológicas que distinguem o homem de outras espécies.

(D)

A Psicologia estuda a evolução da capacidade perceptual e motora das funções intelectuais, da sociabilidade e da afetividade do ser humano.

16. Assinale a alternativa correta, de acordo com Marin:

I.

Só o pensamento pode organizar o conhecimento; para conhecer, é preciso pensar.

II.

A democratização das sociedades ocidentais foi um longo processo que continuou de maneira muito irregular em certas áreas, com o acesso das mulheres à igualdade com os homens no casal, no trabalho, na carreira pública.

III.

A compreensão é, a um só tempo, meio e fim da comunicação humana.

IV.

A democracia favorece a relação rica e complexa indivíduo x sociedade, onde os indivíduos e a sociedade podem ajudar-se, desenvolver-se, regular-se e controlar-se mutuamente.

(A)

Apenas I e II estão corretas.

(B)

Apenas III e IV estão corretas.

(C)

Apenas I, II e III estão corretas.

(D)

I, II, III e IV estão corretas.

17. Assinale a alternativa correta de acordo com Morin:

(A)

A compreensão mútua entre os seres humanos próximos ou estranhos é vital para que as relações humanas saiam do seu estado bárbaro de incompreensão.

(B)

Hiperespecialização é a especialização que se fecha sobre si mesma, sem permitir sua integração na problemática global ou na concepção de conjunto do objetivo do qual ela só considera um aspecto ou uma parte.

(C)

Em todos os níveis educativos e em todas as idades, o desenvolvimento da compreensão pede a reforma das mentalidades.

(D)

Todas as alternativas estão corretas.

18. Sobre a importância do ato de ler, de acordo com Paulo Freire, é incorreta a alternativa:

(A)

A leitura de um texto, tomado como pura descrição de um objeto, e feita no sentido de memorizá-la, nem é real leitura nem dela resulta o conhecimento do objeto de que o texto fala.

(B)

A alfabetização de adultos é um ato político e um ato de conhecimento, por isso mesmo, um ato criador.

(C)

Ler é apenas a decodificação pura da palavra escrita ou da linguagem escrita.

(D)

A leitura do mundo precede a leitura da palavra, daí que a posterior leitura da palavra não pode prescindir da continuidade da leitura do mundo.

19. Para Telma Pileggi Vinha, é falsa a alternativa:

(A)

As principais dificuldades encontradas pelos professores são relacionadas à elaboração e cumprimento de regra, à disciplina, às constantes solicitações por parte das crianças, como lidar com brigas, palavrões, agressões, mentiras e outros.

(B)

Os professores de Educação Infantil, em suas vivências diárias com as crianças encontram algumas de suas maiores

dificuldades na área do desenvolvimento moral.

(C)

A igualdade se aprende com teorias sobre o assunto, mesmo sem experenciar situações de igualdade.

(D)

Algumas crianças se tornam “tiranas” por falta de limites e outras se tornam “passivas” devido ao excesso de autoritarismo por parte dos adultos, tendo como causa o despreparo de pais e professores.

20. Para Liliana Tolchinsky Landsmann, quando trata da aprendizagem da linguagem escrita, é incorreta a alternativa:

(A)

As condições que permitiram o surgimento da escrita, bem como as que definem se um indivíduo sabe ou não escrever, são universais, não estão determinadas social ou historicamente.

(B)

O escrever não é considerado apenas uma habilidade motora, mas um conhecimento complexo.

(C)

Certas condições facilitam o surgimento da escrita; aparece a necessidade de conservar alguma informação para depois usá-la, para não perdê-la.

21. Para Maria Tereza Nidelcoff, é incorreta a alternativa:

(A)

O professor policial considera que a avaliação é patrimônio exclusivo do professor, que dá sua nota sem explicação nenhuma, nem ao interessado, nem ao grupo.

(B)

Atribuir “Bom” ou “Muito bom” a um trabalho cheio de erros, sem assinalar nada que deva ser corrigido pela criança, serve para que ela aprenda sem traumas e se oriente quando ao seu progresso.

(C)

Para diminuir o número de alunos que não obtém êxito escolar, fugindo da estrutura autoritária, é desejável trabalhar com grupos móveis, onde as crianças aprendem no seu ritmo, sem que um grupo seja inferior ao outro.

(D)

O educador autoritário tem como características definir os objetivos e escolher as tarefas, impor suas definições, não admitir diálogo a respeito delas e castigar quando elas não são cumpridas.

22. De acordo com Luckesi, é correta a alternativa:

I.

A

pedagogia libertadora é marcada pela ideia de que a transformação virá pela emancipação das camadas populares em um

processo de conscientização cultural e política, além dos muros da escola.

II.

Avaliar é verificar aquilo que o aluno não sabe, para atribuir-lhe uma nota e classificá-lo.

III.

Após a classificação, o professor deve separar em salas diferentes, os alunos mais fracos, pois junto com os fortes, eles não aprenderão e atrapalharão os demais.

IV.

As pedagogias tradicionais têm por objetivo a domesticação e as libertadoras, a humanização.

(A)

Apenas I e II estão corretas.

(B)

Apenas I, II e III estão corretas.

(C)

Apenas I e IV estão corretas.

(D)

I,

II, III e IV estão corretas.

23. Assinale a alternativa correta, de acordo com Luckesi:

(A)

A

pedagogia libertária é a favor do autoritarismo e proíbe a conscientização e organização política dos estudantes.

(B)

Avaliar é coletar, analisar e sistematizar, de forma mais objetiva, as manifestações dos alunos.

(C)

A educação deve ser um mecanismo de conservação e reprodução da sociedade e o autoritarismo deve ser o elemento necessário para a garantia desse modelo social.

(D)

A avaliação como instrumento de diagnóstico para o crescimento, independe de uma pedagogia preocupada com a transformação social.

24. Para Maria Tereza Nidelcoff, é correta a alternativa:

(A)

Estar junto com as crianças para dialogar com elas, numa posição respeitosa e franca, ensinando e, ao mesmo tempo, aprendendo, são características do “professor autoritário”.

(B)

Não são características do “professor autoritário”: estabelecer o que deve ser pensado e feito, desde o comprimento das saias até as definições morais e de conteúdo político.

(C)

O

“professor mediador” deve ter uma boa cultura geral, além da específica de sua disciplina.

(D)

Para o “professor-povo” a aula é centrada no professor, que transmite conhecimentos; aos alunos, cabe assimilar esses conhecimentos.

25. Para Piaget, não é correta a alternativa:

(A)

A

ligação fundamental constitutiva de todo o conhecimento não é uma simples associação entre objetos, mas a assimilação

dos objetos aos esquemas do indivíduo.

(B)

Todo conhecimento se deve somente às percepções, pois estas são sempre dirigidas e enquadradas por esquemas de ação.

(C)

Uma criança, ao nascer, teria capacidades limitadas às possibilidades sensíveis, sem componentes endógenos organizadores de sua futura experiência com o mundo externo.

(D)

A

concepção piagetiana do funcionamento intelectual inspira-se fortemente no modelo biológico de trocas entre o organismo

e

o ambiente.

26. De acordo com Sara Pain, em “Diagnóstico e tratamento dos problemas de aprendizagem”, não é correta a alternativa:

(A)

Educar consiste em ensinar, no sentido de mostrar, de estabelecer sinais, de marcar como se faz o que pode ser feito; assim, a criança aprende a expressar-se, a vestir-se, a escrever, a não se sujar, a não se atrasar, a não chorar.

(B)

Em função do caráter complexo na função educativa, a aprendizagem se dá simultaneamente como instância alienante e como possibilidade libertadora.

(C)

A

transmissão da cultura é sempre ideológica, na medida em que não é seletiva, nem própria da conservação de modos

peculiares de operar e, portanto, não serve à manutenção de estruturas definidas de poder.

(D)

O sujeito que não aprende não realiza nenhuma das funções sociais da educação, acusando, sem dúvida, o fracasso da

mesma, mas sucumbindo a esse fracasso.

27. Para Sara Pain, é correta a alternativa:

(A)

O processo educativo compreende todos os conhecimentos dedicados à transmissão da cultura, inclusive os objetivados como instituições que, específica (escola) ou secundariamente (família), promovem a educação.

(B)

O ensaio e erro nunca são completamente aleatórios e para que a experiência seja proveitosa, o ensaio e erro devem ser dirigidos e, o erro ou o êxito assumido em função da organização prévia que, como tal, demonstra ser incompetente ou correta.

(C)

Através da educação, o sujeito histórico exercita, assume e incorpora uma cultura particular na medida em que fala, cumprimenta, usa utensílios, fabrica e reza segundo a modalidade própria do seu grupo de pertencimento.

(D)

Todas as alternativas estão corretas.

28. Em se tratando da importância do ato de ler, para Paulo Freire, é falsa a alternativa:

(A)

A

compreensão do texto a ser alcançada por uma leitura crítica implica a percepção das relações ente o texto e o contexto.

(B)

Não se pode reduzir a alfabetização ao ensino puro da palavra, das sílabas ou das letras, trabalho de memorização mecânica dos “ba-be-bi-bo-bu” e dos “la-le-li-lo-lu”.

(C)

Ensino é o processo em que o alfabetizador vai “enchendo” com suas palavras, as cabeças “vazias” dos alfabetizandos.

(D) O fato do educando precisar da ajuda do educador, não anula sua criatividade nem sua responsabilidade na construção de sua linguagem escrita e na leitura dessa linguagem.

29. Em se tratando de leitura e produção de textos, Ana Maria Kaufman e Maria Elena Rodrigues não afirmam:

(A)

O respeito pelo trabalho intelectual da criança não pode conduzir ao abandono; não informar ou não corrigir, quando necessário, implica em deixar o aluno entregue às suas próprias forças.

(B)

Não é necessário descartar todos os textos escolares; alguns deles, usados convenientemente, podem favorecer os trabalhos de produção e de compreensão.

(C)

Somente devem ser utilizados em sala de aula os textos que circulam nos contextos extraescolares (enciclopédias, dicionários, jornais, revistas, obras de literatura infantil, livros de consulta sobre temas diversos).

(D)

Atualmente, os professores têm mais informações sobre a criança e suas potencialidades cognitivas do que sobre o conteúdo que devem ensinar e a maneira mais adequada para transmiti-lo.

30. Para César Coll Salvador, é falsa a alternativa, quando se trata de “Aprendizagem escolar e construção do conhecimento”:

(A)

Deve-se entender, fundamentalmente, a utilização do conhecimento adquirido como a atualização das aptidões intelectuais, como uma reestruturação do campo conceitual, mais do que como uma simples aplicação.

(B)

Escola de qualidade é aquela onde os professores trabalham em equipe, colaboram no planejamento, co-participam na tomada de decisões.

(C)

A utilização das aptidões intelectuais é menos uma aplicação, mas uma verdadeira reestruturação ou reconstrução cognitiva.

(D)

Escola de qualidade é aquela onde os professores não estão comprometidos com a inovação, nem se preocupam com a avaliação da própria prática.

LÍNGUA PORTUGUESA

31. Na frase “A faca está meio amolada.”, meio é:

(A)

Substantivo

(B)

Adjetivo

(C)

Advérbio

(D)

Conjunção

32. Em “O sol se erguia no horizonte.”, a frase apresenta-se na voz:

(A)

Reflexiva

(B)

Analítica

(C)

Ativa

(D)

Passiva

33. Em “Dize, meu neto, quem te fez sofrer?”, o trecho sublinhado é:

(A)

Aposto

(B)

Vocativo

(C)

Metáfora

(D)

Predicativo do objeto

34. Em “Aquela casa é assombrada.”, o termo sublinhado é:

(A)

Objeto Direto

(B)

Objeto Indireto

(C)

Predicativo do Sujeito

(D)

Sujeito

35. Transpondo para a voz passiva a forma verbal da frase “A convenção aplaudiu com entusiasmo as falas do palestrante.”, obtém- se:

(A)

Foi aplaudido.

(B)

Aplaudi-se.

(C)

Foram aplaudidas.

(D)

Tinha aplaudido.

36. Em “Maquiou-se para sair.”, o termo se é classificado como:

(A)

Pronome reflexivo.

(B)

Pronome fossilizado.

(C)

Partícula de realce.

(D)

Partícula apassivadora.

37. Em apenas uma das alternativas, o verbo da frase não é de ligação. Assinale-a:

(A)

Vários minerais parecem ouro.

(B)

O dia continuará nublado.

(C)

A nossa vida está mais bela.

(D)

O ônibus andou por estradas danificadas.

38. Em “O pedágio das nossas rodovias ficou mais barato.”, tem-se predicado:

(A)

Nominal

(B)

Verbal

(C)

Verbo-nominal

(D)

Nenhuma das alternativas.

39. Um dos significados da palavra “pontificar” é:

(A)

Implicar.

(B)

Aquele que estuda demais.

(C)

Falar ou escrever com ênfase, em tom categórico.

(D) Ficar pasmado diante de tudo.

40. Na frase “Para Rousseau, de nada adianta convencer uma criança se não se sabe persuadi-la.”, o trecho em destaque encerra um argumento de:

(A)

Competência.

(B)

Autoridade.

(C)

Consenso.

(D)

De provas concretas.

FUNDAMENTOS / LEGISLAÇÃO DE EDUCAÇÃO

41. A educação é, constitucionalmente, erigida como direito de todos, mas o dever educacional está centralizado no(a):

(A)

Estado.

(B)

Família.

(C)

Sociedade, na Família e no Estado.

(D)

Estado e na Família.

42. As universidades, no gozo de autonomia administrativa, didático-científica e de gestão financeira e patrimonial, deverão obedecer ao princípio de:

(A)

Indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão.

(B)

Livre concorrência.

(C)

Gestão Pública.

(D)

Aperfeiçoamento contínuo de pesquisa científica e tecnológica.

43. Aponte, dentre as alternativas abaixo, qual a fonte adicional de financiamento com a qual a Educação Básica pública conta, por disposição constitucional:

(A)

Contribuição social do PIS.

(B)

Contribuição assistencial.

(C)

Contribuição social do salário-educação.

(D)

Contribuição do FGTS.

44. Assinale a opção incorreta quanto às Diretrizes e Bases da Educação Nacional:

(A)

A educação abrange processos formativos que se desenvolvem na vida familiar, na convivência humana e no trabalho.

(B)

A educação abrange processos de formação que se desenvolvem ainda nas instituições de ensino e pesquisa, nos

movimentos sociais e organizações da sociedade civil e nas manifestações culturais.

(C)

A educação escolar deve estar vinculada ao mundo do trabalho e à prática social.

(D)

A educação tem inspiração no princípio da igualdade.

45. A matrícula no Ensino Fundamental, dever dos pais ou responsáveis, deve ser efetuada a partir dos:

(A)

Quatro anos de idade.

(B)

Cinco anos de idade.

(C)

Seis anos de idade.

(D)

Sete anos de idade.

46. A classificação correta quanto às categorias administrativas das instituições de ensino dos diferentes níveis, é:

(A)

Públicas e privadas.

(B)

De Ensino Fundamental, Médio e Superior.

(C)

Escolas e Universidades.

(D)

Pré-Escolas, escolas de Ensino Fundamental, Médio e Técnico e escolas de Nível Superior.

47. Assinale a opção incorreta, com base nas disposições do ECA:

47. Assinale a opção incorreta , com base nas disposições do ECA:

(A)

(B)

(C)

(D)

É assegurado à gestante, através do SUS, o atendimento pré e perinatal.

A gestante será encaminhada aos diferentes níveis de atendimento, segundo critérios técnicos específicos, obedecendo-se aos princípios da igualdade e da especialização do Sistema.

A parturiente será atendida preferencialmente pelo mesmo Médico que a acompanhou na fase pré-natal.

Incumbe ao poder público propiciar apoio alimentar à gestante e à nutriz que dele necessitem.

48. O direito à liberdade, assegurado à criança e ao adolescente compreende vários aspectos, dentre os quais, podemos excluir:

(A)

Opinião e expressão.

(B)

Crença e culto religioso.

(C)

Participação na vida política na forma da lei.

(D)

Escolher a família substituta, após os catorze anos, na qual será inserido.

49. A permanência da criança e do adolescente em programas de acolhimento institucional não se prolongará, em princípio, por mais de:

(A)

Cento e oitenta dias.

(B)

Um ano.

(C)

Dois anos.

(D)

Dez anos.

50. Assinale a opção incorreta quanto à Adoção:

(A)

(B)

(C)

É medida excepcional.

É medida irrevogável.

Pode dar-se por procuração pública.