Sie sind auf Seite 1von 9

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

N

o

m

e

9

9

9

9

9

9

9

9

9

9

9

DISCURSIVA PARA TCU – TÉCNICO DE CONTROLE EXTERNO Professora Júnia Andrade

Aula Demonstrativa

Prezado candidato,

Seja bem-vindo ao curso de discursivas para a prova do TCU.

Como você já sabe, a organizadora e banca do concurso será

novamente o Cespe.

Aqui no Ponto dos Concursos, exatamente neste projeto, eu, profa. Júnia

Andrade, que já estive à frente de inúmeros projetos de discursivas (Receita

Federal, Polícia Federal, Senado, TCU, TCE e tribunais regionais), irei ajudá-lo

a se preparar para as discursivas ou redações previstas para o concurso do

TCU.

Digo “redações” porque, como você já sabe, teremos dois jogos de

provas – um conjunto de provas denominado P

3

e outro P 4.

É interessante a gente, logo nesta aula demonstrativa, recompor o que

diz o edital sobre tais conjuntos de provas. Antes de seguir, esclareço, para os

que não ainda têm esta dúvida, que P

3

e P

4

são apenas “nomes” dados aos

exercícios discursivos ou redações. Tais números apenas identificam as provas

e, portanto, nada têm a ver com pesos na pontuação.

Aliás, explicando melhor como cada prova funcionará, o que gente tem é

o seguinte:

A P 3 consistirá na elaboração de uma questão, a ser respondida em até

10 linhas. O tema dessa questão será extraído dos conhecimentos básicos,

presentes no rol de disciplinas do edital.

A

P

4

consistirá na elaboração de dois exercícios: outra questão com

resposta em até 10 linhas e uma peça técnica a ser produzida em até 30

linhas. Os temas para a P 4 serão extraídos das disciplinas de conhecimento

específico – também presentes ao final do edital do concurso. Por fim, lembro a você que a prova discursiva ocorrerá no mesmo horário e data da prova objetiva, ou seja, tempo apertado demais para quem chega à prova com uma preparação precária. Assim, aqui no curso de

Prof. Júnia Andrade

www.pontodosconcursos.com.br

1

O

conteúdo

deste

curso

é

de

uso

exclusivo

de

Nome99999999999,

vedada,

por

quaisquer

meios

e

a

qualquer

título,

a

sua

reprodução,

cópia,

divulgação

e

distribuição,

sujeitando-se

os

infratores

à

responsabilização

civil

e

criminal.

 

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

N

o

m

e

9

9

9

9

9

9

9

9

9

9

9

DISCURSIVA PARA TCU – TÉCNICO DE CONTROLE EXTERNO Professora Júnia Andrade

discursivas, nossa meta é trabalhar a organização textual não só para que o texto esteja bem formulado, mas também para que o candidato possa ter tranquilidade quanto ao processo de organização de ideias e, com efeito,

consiga fazer essa organização em tempo hábil.

Eu espero que já nesta aula você possa retirar alguma lição importante

para driblar a questão “tempo”, envolvida, querendo ou não, na discursiva.

Antes de seguirmos, com nossas sugestões de trabalho, vou apresentar a

você a agenda das aulas deste curso.

PROGRAMA DAS AULAS

Aula demonstrativa - TCU/Técnico de Controle Externo

Teoria textual

Aulas

Data

Assunto

01

13/07

Nome99999999999

Nome99999999999

- Teoria sobre estrutura textual para as questões

discursivas resumidas.

- Estrutura de peça técnica (com acréscimo das

normas pertinentes à redação de textos oficiais)

- Conhecimentos gramaticais pertinentes ao texto e

exemplos textos comentados.

Prática textual

Aulas

Data

Temas

02

16/07

Oferta de quatro temas sobre Atualidades para desenvolvimento do simulado P 3

03

27/07

Oferta de quatro temas sobre Controle externo e/ou Direito Constitucional para o desenvolvimento do simulado P 3

04

07/08

Oferta de quatro temas sobre Direito Administrativo e/ou Execução Orçamentária para o desenvolvimento

Prof. Júnia Andrade

www.pontodosconcursos.com.br

2

O

conteúdo

deste

curso

é

de

uso

exclusivo

de

Nome99999999999,

vedada,

por

quaisquer

meios

e

a

qualquer

título,

a

sua

reprodução,

cópia,

divulgação

e

distribuição,

sujeitando-se

os

infratores

à

responsabilização

civil

e

criminal.

 

N

o

e m

9 9

9

9

9

9

9 9

9

9 9

DISCURSIVA PARA TCU – TÉCNICO DE CONTROLE EXTERNO Professora Júnia Andrade

 
 

do simulado P 4

05

18/08

Oferta de quatro temas sobre Direito Administrativo e/ou Execução Orçamentária para o desenvolvimento

do simulado P 4

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

O curso será oferecido para o máximo de 100 alunos. Haverá correção de quatro simulados.

Cada simulado P 3 corresponderá ao desenvolvimento de dois textos a

serem respondidos cada um em até 10 linhas

Cada simulado P 4 corresponderá à confecção de uma questão a ser

respondida em até 10 linhas e uma peça técnica a ser respondida em

até 30 linhas.

Ao todo, serão disponibilizadas cinco aulas e oito práticas textuais, entre

questões e peças técnicas (conforme as normas que regulamentam as

discursivas para o TCU, presentes no Edital nº 3/Cespe/2012).

     

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Aula 00: já na aula demonstrativa, vou adiantar para você algumas regras de

trabalho para que você já possa ter uma boa noção do que o Cespe exigirá da

sua prova discursiva, tanto para textos menores (P3) quando para textos

maiores (P4). Sinceramente, não é interessante guardar informações para o

curso, mas, sim, atrair para este curso o aluno comprometido mesmo em obter

resultados bons nos textos. Naturalmente, não estou querendo dizer, com isso,

que só quero bons redatores. Que venham os redatores com dificuldade em

elaborar textos! Queremos é comprometimento com o aprendizado, vontade

mesmo de romper a velha barreira: certo medo do que representa a

discursiva. Aula 01: nesta aula, o que vou fazer é adensar informações que você já

conhece da aula demonstrativa (00) para que, logo no exercício, P3, nosso primeiro conjunto de exercícios, sua redação já esteja bem próxima da leitura

Prof. Júnia Andrade

www.pontodosconcursos.com.br

3

O

conteúdo

deste

curso

é

de

uso

exclusivo

de

Nome99999999999,

vedada,

por

quaisquer

meios

e

a

qualquer

título,

a

sua

reprodução,

cópia,

divulgação

e

distribuição,

sujeitando-se

os

infratores

à

responsabilização

civil

e

criminal.

 

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

N

o

m

e

9

9

9

9

9

9

9

9

9

9

9

DISCURSIVA PARA TCU – TÉCNICO DE CONTROLE EXTERNO Professora Júnia Andrade

linear do examinador/Cespe. Assim, a aula 01 conterá exemplos comentados, tanto do que é correto quanto do que não é bom conter nos textos. E isso tudo você verá com adaptações de correção que já vem acontecendo nos últimos

concursos. Também haverá orientações sobre a confecção de textos oficiais, ou

seja, a simulação das peças técnicas (relatório, notas técnicas, pareceres

etc.).Por fim, vamos enriquecer a aula, abordando conhecimentos gramaticais

pertinentes ao texto.

Aula 02: nesta aula, serão apresentados quatro temas, extraídos dos

conhecimentos básicos. Estes quatro temas, por escolha nossa, serão extraídos

dos conhecimentos gerais – atualidades.

Aula 03: nesta também serão apresentados quatro temas, mas estes

versarão sobre conhecimentos básicos normativos (Direito Constitucional,

Controle externo e Legislação do TCU).

Aula 04 e 05: nestas aulas, vamos trabalhar com temas extraídos dos

conhecimentos específicos, tanto para a elaboração das questões quanto para

a elaboração das peças técnicas.

Resumindo, o número de redações que você terá será o seguinte:

- quatro redações de até 10 linhas – simulação da P3

- duas redações de até 30 linhas (peça) + duas de até 10 linhas –

simulação da P4

Vale lembrar que nosso programa não possui aulas voltadas para

abordagem de conhecimentos específicos ou conhecimentos básicos. Haverá,

sim, aulas de correspondências oficiais (parte do conteúdo de português)

exatamente, porque tal conteúdo pode ser pertinente à estruturação textual, o

que é objeto do estudo deste projeto.

Assim, recomenda-se ao aluno preparo teórico quanto dos demais

conhecimentos, que aqui meramente figurarão como propostas temáticas para

os exercícios discursivos.

Agora, vamos saber mais sobre as redações do Cespe. Vamos começar pelo modelo padrão, aqueles textos respondidos em até 30 linhas. Na P3, bastará apenas dar aos conteúdos mais precisão temática e objetividade no desenvolvimento do tema.

Prof. Júnia Andrade

www.pontodosconcursos.com.br

4

O

conteúdo

deste

curso

é

de

uso

exclusivo

de

Nome99999999999,

vedada,

por

quaisquer

meios

e

a

qualquer

título,

a

sua

reprodução,

cópia,

divulgação

e

distribuição,

sujeitando-se

os

infratores

à

responsabilização

civil

e

criminal.

 

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

N

o

m

e

9

9

9

9

9

9

9

9

9

9

9

DISCURSIVA PARA TCU – TÉCNICO DE CONTROLE EXTERNO Professora Júnia Andrade

NORMAS PARA PARTICIPAR DO CURSO

1.

Este projeto foi concebido para atender, prioritariamente, os candidatos

inscritos no vigente concurso para provimento de vagas para Técnico de

Controle Externo – TCU.

2.

Como a organizadora e banca também fará o vigente concurso da Anatel,

parte da aula é similar à do projeto voltado para aquele concurso.

3.

Como o curso inclui correções, ele estará limitado a 100 matrículas.

4.

As aulas serão todos no modo on-line, mas não em vídeo. Serão

apostilas escritas, em linguagem simples e objetiva para facilitar o

entendimento.

5.

Embora ofereça temas de áreas diversas para a confecção dos textos, o

curso não abordará conteúdos de outras disciplinas, que não sejam

estrutura textual e gramaticalidade textual.

6.

Cada aluno terá o direito de desenvolver até seis questões (textos – até

10 linhas) e duas peças técnicas (textos – até 30 linhas).

7.

O fórum tira-dúvidas é exclusivamente voltado para dúvidas pertinentes

à estrutura textual e a gramática aplicada ao texto.

8.

O envio dos textos ao professor e sua devolução serão feitos na

modalidade on-line, executados na plataforma de envio de redações do

Ponto dos Concursos.

9.

Poderá haver algum atraso na devolução de textos, em função da

heterogeneidade das produções e das necessidades de análise. Mas

haverá avisos no fórum, com orientações sobre essa possibilidade.

AS PROVAS DISCURSIVAS

Eu separei aqui cinco tópicos que julgo serem úteis para quem irá fazer as discursivas do TCU

Prof. Júnia Andrade

www.pontodosconcursos.com.br

5

O

conteúdo

deste

curso

é

de

uso

exclusivo

de

Nome99999999999,

vedada,

por

quaisquer

meios

e

a

qualquer

título,

a

sua

reprodução,

cópia,

divulgação

e

distribuição,

sujeitando-se

os

infratores

à

responsabilização

civil

e

criminal.

 

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

N

o

m

e

9

9

9

9

9

9

9

9

9

9

9

DISCURSIVA PARA TCU – TÉCNICO DE CONTROLE EXTERNO Professora Júnia Andrade

Vamos a eles!

Redação tradicional x redação discursiva

O nome discursiva remete ao nome redação. Mas, quando nosso tema

está fechado numa área de conhecimento restrita, é válido compreender que

as estratégias que alguém empregaria para montar um texto comum merecem

ser revistas.

1º - título no texto: não é obrigatório. Há quem diga que é proibido. Mas

não é bem assim! Você poderá empregá-lo ou não nas provas do Cespe.

Realmente, em outra banca, também de Brasília – a Fundação Universa –

proíbe o emprego do título. Mas isso está no edital da “Funiversa”, como é de

praxe. O Cespe não proíbe o uso tampouco valoriza mais quem fornece título

ao texto. Geralmente, os candidatos optam por não empregá-lo. Fica ótimo

assim: sem título.

2º - Introdução e Conclusão: você, se já não conhece, ficará sabendo

como são elaborados os temas do Cespe. Há vários exemplos na aula 01. Até

abaixo, já adianto um que foi tema da Anatel, em 2008:

Nome99999999999 Nome99999999999
Nome99999999999
Nome99999999999

Vamos imaginar a nossa situação, por enquanto, desenvolvendo um

texto padrão. Uma redação de 30 linhas, mais precisamente dizendo.

Prof. Júnia Andrade

www.pontodosconcursos.com.br

6

O

conteúdo

deste

curso

é

de

uso

exclusivo

de

Nome99999999999,

vedada,

por

quaisquer

meios

e

a

qualquer

título,

a

sua

reprodução,

cópia,

divulgação

e

distribuição,

sujeitando-se

os

infratores

à

responsabilização

civil

e

criminal.

 

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

N

o

m

e

9

9

9

9

9

9

9

9

9

9

9

DISCURSIVA PARA TCU – TÉCNICO DE CONTROLE EXTERNO Professora Júnia Andrade

Se você observar bem, notará que este tema contém alguns tópicos (= aspectos). Notará também que o aspecto 01 traz inúmeros assuntos a serem explorados: tecnologia, produção, mercados mundiais.

Ora, você até pode fazer uma introdução do assunto, mas, com o

máximo de 30 linhas, ficará complicado demais abordar os assuntos do

aspecto 1, com a devida profundidade analítica, e depois avançar para os

demais aspectos. Assim, poderá, por conta própria, abolir partes extremas do

texto (introdução e conclusão). A tendência do Cespe, hoje, em 2012, é cada

vez mais aumentar as tarefas dos tópicos ou aspectos para que o candidato

saia do modelo tradicional de textos. O que se quer é que o texto possa fluir

com objetividade para tratar essencialmente dos pedidos temáticos, sem ter

que seguir o modelo tradicional do velho “vestibular”. Você pode notar que até

o nome “redação” já vem sendo substituído por “discursiva”, pois o que se

quer é a produção de um discurso sobre determinado conhecimento; não mais

uma redação escolar.

Adaptando essas ocorrências do texto comum às peças técnicas, hoje,

por exemplo, a elaboração de um parecer tem trazido tão somente os

argumentos e a conclusão, que é o parecer em si. Em alguns enunciados, não

só o Cespe, mas outras bancas também têm solicitado a não elaboração do

relatório (recontar o caso dado como tema) para que o texto siga

objetivamente para as tarefas da argumentação, ou seja, dos pedidos

temáticos que o Cespe apresentará no seu enunciado.

Assim, a palavra de ordem para a prova discursiva será sempre a

OBJETIVIDADE.

Número de parágrafos

Se o tema traz três tópicos ou aspectos, o mínimo de parágrafos que sua

redação deve ter será um para cada tópico, ou seja, três.

Você poderá explorar mais parágrafos para abordar tópicos ou aspectos

mais trabalhosos, mas fundir dois tópicos num só parágrafo é erro grave.

Aclarando: cada tópico deverá vir num parágrafo, pelo menos.

Prof. Júnia Andrade

www.pontodosconcursos.com.br

7

O

conteúdo

deste

curso

é

de

uso

exclusivo

de

Nome99999999999,

vedada,

por

quaisquer

meios

e

a

qualquer

título,

a

sua

reprodução,

cópia,

divulgação

e

distribuição,

sujeitando-se

os

infratores

à

responsabilização

civil

e

criminal.

 

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

N

o

m

e

9

9

9

9

9

9

9

9

9

9

9

DISCURSIVA PARA TCU – TÉCNICO DE CONTROLE EXTERNO Professora Júnia Andrade

Apresentação

10% da nota são destinados à “Apresentação”. Esse quesito reúne três

importantes variáveis textuais: a letra, a margem e o parágrafo.

A letra deve ser legível, não importa qual seja. Você poderá empregar

letra de forma, letra cursiva, misturá-las etc. Mas deve ser legível!

A margem deve ser bem montada para evitar aquela falta de capricho

que visualmente condena o texto. Assim, é bom chegar até a margem direita

quando ainda não se terminou a frase; tomar cuidado para não ultrapassá-la,

pois isso poderá zerar sua discursiva; dividir a sílaba com hífen, porque

underline (aquela linha debaixo da letra) não é padrão do português.

A paragrafação, por fim, consiste na visão de uma estrutura bem

dividida. Infelizmente, fica “feio” um texto que traz um parágrafo com duas

linhas, estando este ao lado de outro com doze linhas. A ideia é equacionar os

tamanhos para que os parágrafos fiquem praticamente em paralelismo. Logo,

o ideal é trabalhar com parágrafos que ocupem entre quatro a seis ou sete

linhas. Hoje, não é nada bom confeccionar parágrafo com três ou menos

linhas.

Gramaticalidade

Um texto com expressão linguística padrão é um texto claro, universal e

pode ser de fácil leitura. Não obstante isso, o Cespe não pontua valores para

erros gramaticais específicos. Na verdade, ele os conta para descontar pontos

no valor parcial da redação (conteúdo + estrutura). Sendo assim, por exemplo,

se um candidato comete uns vinte erros gramaticais, mas traz uma redação

bem estruturada e com bom conteúdo, este às vezes perde não mais que um

ponto por isso. Mas, já aquele que possui uma gramaticalidade impecável,

porém não possui uma estrutura textual muito bem organizada, corre o risco

até de ser desclassificado. É por isso que ouvimos sempre algum “bom”

redator dizer: prova discursiva do Cespe não faço mais!

Às vezes, a falha deste redator foi tão pontual, tão fácil de corrigir, mas

o candidato, sem informações precisas, pensa que banca falhou na correção ou que ele mesmo perdeu a qualidade da escrita que havia antes.

Prof. Júnia Andrade

www.pontodosconcursos.com.br

8

O

conteúdo

deste

curso

é

de

uso

exclusivo

de

Nome99999999999,

vedada,

por

quaisquer

meios

e

a

qualquer

título,

a

sua

reprodução,

cópia,

divulgação

e

distribuição,

sujeitando-se

os

infratores

à

responsabilização

civil

e

criminal.

 

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

Nome99999999999

N

o

m

e

9

9

9

9

9

9

9

9

9

9

9

DISCURSIVA PARA TCU – TÉCNICO DE CONTROLE EXTERNO Professora Júnia Andrade

Linguagem

Como você irá dissertar a partir de conhecimentos típicos de determinadas áreas, como é o caso dos conhecimentos do direito, é comum

que a linguagem daquela área impere na hora de abordar os conteúdos.

Então,

...

favor

aclarar o discurso e simplificá-lo, porque o Cespe é um exímio

caçador de vocabulário sem função real, ou seja, de “enfeites” da linguagem.

Para não ser punido, basta escrever tudo com simplicidade, como se estivesse

abordando um assunto específico, cujo texto teria como alvo leitores leigos.

E no que tais informações agilizam minha escrita, Júnia?

Simples! Já sabendo que você deve empregar bastante objetividade para

começar e continuar seu texto, você “andará mais rápido” com ele, pois deverá

apenas exprimir com clareza seus conhecimentos.

No mais, agora é estudar os exemplos e praticar a teoria!

Aguardo você, então, para nossa aula 01!

Grande abraço e obrigada pelo tempo dedicado à leitura deste texto.

Profa. Júnia Andrade

Prof. Júnia Andrade

www.pontodosconcursos.com.br

9

O

conteúdo

deste

curso

é

de

uso

exclusivo

de

Nome99999999999,

vedada,

por

quaisquer

meios

e

a

qualquer

título,

a

sua

reprodução,

cópia,

divulgação

e

distribuição,

sujeitando-se

os

infratores

à

responsabilização

civil

e

criminal.