Sie sind auf Seite 1von 6

Metodologia de Investigação em Educação

Mestrado em Comunicação Educacional Multimédia

Tema 2: Recolha de dados


Entrevista

Questões de  1) O que pensam os 
investigação: professores sobre as redes 
sociais?

2) Como é que vêm a sua 
3) Que expectativas têm 
(hipotética/real) participação 
sobre o seu uso no ensino?
numa rede social?
 
 

Categorias: 

  2  4
• Perfil Pessoal e •Perspectiva crítica 
profissional •Nível de conhecimento  sobre as redes sociais •Expectativas sobre a 
  e participação em  utilização das redes 
1 redes sociais 3 sociais no ensino
 

 
 
Mestranda: Milena Jorge 
Docente: Alda Pereira  
2009|2010  
Metodologias de Investigação em Educação 
Recolha de dados ‐ Entrevista  
 
Transcrição da entrevista:

 
Milena: Olá J., como te disse, esta entrevista é para um trabalho da disciplina de
Metodologias de Investigação em Educação, do Mestrado Comunicação Educacional
de multimédia, que ando a frequentar na Universidade Aberta. O objectivo desta
entrevista é respondermos às 3 questões de investigação que te falei no outro dia.
Fica descansado que tudo o que conversarmos aqui é confidencial.

J.: Muito bem. Não há qualquer problema. A temática é muito interessante!

Milena: Vamos começar?

J.: Quando quiseres!

Milena: Vamos lá então! Sexo… masculino… (risos)

J.: Sim (risos)

Milena: A tua idade?

J.: 42 anos.

Milena: Quais são as tuas habilitações literárias?

J.: Mestrado em Didáctica da Matemática

Milena: Grupo disciplinar?

J.: Matemática

Milena: E quais são as disciplinas que leccionas?

J.: Este ano estou a leccionar a disciplina TIC.

Milena: Quantos anos de serviço tens?

J.: 21

Milena: Muito bem… Exerces actualmente algum cargo de coordenação?

Entrevista realizada por  Milena Jorge                                                                              Página 2 de 6 
Metodologias de Investigação em Educação 
Recolha de dados ‐ Entrevista  
J.: Não, este ano não exerço nenhum cargo de coordenação.

Milena: Ao longo da tua formação adquiriste conhecimentos na área das novas


tecnologias da informação ou consideras-te um auto-didacta?

J.: Sim tive algumas disciplinas de programação no currículo do meu curso. No


entanto, considero que a maioria da minha formação foi enquanto auto-didacta.

Milena: Utilizas as novas tecnologias da informação em contexto de aula?

J.: Bem, novas, novas… já não são assim tão novas (risos).

Milena: Tens razão, nós é que continuamos a chamar novas tecnologias…

J.: Sim, utilizo. Este ano… 80% do meu horário é num organismo do ME, onde
desempenho funções técnico-pedagógicas. Tenho apenas uma turma do ensino
recorrente nocturno a quem dou aulas de Tecnologias da Informação e Comunicação.
Como é óbvio com estes utilizo.

Milena: E quais os recursos que utilizas e com que objectivos?

J.: Além das ferramentas que estão no programa e que são de carácter obrigatório
utilizo uma disciplina na plataforma Moodle da escola como forma de promover o
debate entre os alunos e centralizar a informação da disciplina. Os alunos fazem a
entrega dos trabalhos na plataforma, discutem os temas dos trabalhos a apresentar e
comunicam, por exemplo a constituição dos grupos de trabalho. Este recurso é
utilizado também com o objectivo de os familiarizar com ferramentas de comunicação
on-line.

Milena: Das redes sociais que existem, quais são as que conheces?

J.: Conheço o Hi5, facebook, twitter…Já tive conta no Hi5. Neste momento mantenho
conta activa no Twitter e no facebook. Sou também utilizador de sistemas de
socialbookmarking nomeadamente delicious e diigo que considero ferramentas muito
interessantes para troca de recursos. Tenho como hobby a fotografia e neste âmbito
participo também em comunidades específicas (olhares e JPG) onde os utilizadores
trocam opiniões e comentários sobre fotografia digital.

Entrevista realizada por  Milena Jorge                                                                              Página 3 de 6 
Metodologias de Investigação em Educação 
Recolha de dados ‐ Entrevista  
Milena: Responde, se souberes, qual o principal objectivo de cada uma das redes
sociais que indicaste anteriormente.

J.: Não sei se os objectivos são das redes ou apenas meus... Utilizo estas ferramentas
para me manter ligado a pessoas com os mesmos interesses que eu. São sobretudo
uma fonte de informação e uns locais virtuais de partilha. No fundo permitem-me
pertencer a várias comunidades de prática onde muitas vezes existem centenas de
utilizadores de vários locais do mundo.

Milena: Penso que já respondeste à próxima questão… se estás inscrito em alguma


rede social?

J.: Sim, penso que já respondi... Twitter, Facebook, Olhares…

Milena: Sim… Avancemos, então. para a próxima questão… que tipo de actividades
desenvolves nas redes sociais?

J.: Sobretudo partilha de recursos e informação.

Milena: Diz-me… qual a frequência de utilização das redes em que participas…


mensal…? Semanal… ou diária?

J.: Diária. Todos os dias acedo ao Facebook, recebo e envio mensagens via Twitter e
participo activamente no Olhares.

Milena: J. … diz-me o que pensas acerca das redes sociais, ao nível pedagógico,
interpessoal e familiar.

J.: bem… vou começar pelo nível interpessoal… tenho conhecido e mantido relação
com algumas pessoas que conheci por esta via. São uma fonte de encontrar e manter
contacto com pessoas que, estando geograficamente distantes, têm os mesmos
gostos, interesses ou objectivos que eu.

Ao nível familiar não uso as redes sociais, quando é necessário comunicar, por
exemplo, com os meus filhos utilizo as TIC, mas faço-o sobretudo utilizando o MSN.

Milena: E a nível pedagógico, como vês a utilização das redes sociais?

Entrevista realizada por  Milena Jorge                                                                              Página 4 de 6 
Metodologias de Investigação em Educação 
Recolha de dados ‐ Entrevista  
J.: Penso que a nível pedagógico podem ser uma mais-valia nomeadamente com
alunos mais velhos e em níveis de ensino mais avançados. Por estranho que pareça o
primeiro projecto educativo utilizando o twitter que conheço é desenvolvido por uma
educadora de infância com alunos muito novos! Julgo que as novas gerações são
utilizadores naturais destas ferramentas e que será um erro a escola não as aproveitar
também.

Milena: Consideras que as redes sociais podem ser utilizadas em contexto educativo?

J.: Sim, como já referi, seria um erro se não fossem exploradas neste contexto. Cada
vez mais podem ser encaradas como meios de obter/pesquisar informação...

Milena: Consegues dar-me exemplos possíveis de utilizações educativas das redes


sociais?

J.: Sim. Por exemplo, criar uma rede social, sobre determinado tema, cujo objectivo
seja partilhar recursos, ideias… e acima de tudo, que seja uma base de comunicação
entre todos os intervenientes envolvidos.

Milena: Consideras que as redes sociais podem influenciar a prática pedagógica dos
professores? De que forma?

J.: Acho que podem ser uma mais-valia na sua própria formação. São uma fonte de
recursos e de constante actualização.

Milena: Consideras existirem para os alunos, em termos de aprendizagem, vantagens


na utilização educativa das redes sociais?

J.: Sim. Podem ser enquadradas no âmbito escolar ou mesmo aproveitadas para auto-
formação por parte dos alunos. A comunicação nestas redes é essencialmente escrita,
incentivar uma correcta utilização pode trazer, entre outras, muitas vantagens no modo
como partilham informação e argumento na defesa das suas posições.

Milena: Para terminar… diz-me duas vantagens e duas desvantagens que observes
na utilização de redes sociais no ensino.

J.: Vantagens…: Contacto com especialistas e troca de informação entre pares.

Entrevista realizada por  Milena Jorge                                                                              Página 5 de 6 
Metodologias de Investigação em Educação 
Recolha de dados ‐ Entrevista  
Desvantagens: desperdício de tempo em jogos e actividades secundárias associadas
a estas redes.

Milena: J. chegámos ao fim da nossa entrevista. Muito obrigada pela tua colaboração!

J.: De nada, foi um prazer ajudar-te!

Entrevista realizada por  Milena Jorge                                                                              Página 6 de 6