Sie sind auf Seite 1von 28

Educação Física: Teoria e Prática

Apresentação do Plano de Trabalho


•Movimento Humano;
•O que é Movimento Humano?
•Movimento Humano e Desenvolvimento Humano
•Andar;
•Trotar;
•Correr;
•Saltitar;
•Saltar;
•Pular;
•Trepar;
•Rolar, etc.
•Atividades Físicas e Exercícios Físicos,
•Capacidades Físicas;
•Resistência: O que é e tipos.
•Força: O que é e tipos.
•Velocidade: O que é e tipos.
•Flexibilidade: O que é e tipos.
•Diferenças entre: Flexibilidade e Alongamento.
•Capacidades Coordenativas:
•O que são e tipos.
Educação Física: Teoria e Prática

 Educação Física:
◦ Conhecimentos sistematizados sobre o movimento
humano, conhecimento este que deve capacitar o
aluno/cliente para, com autonomia, otimizar suas
potencialidades e possibilidades de movimentos para se
regular, interagir e transformar o meio ambiente em
busca de uma melhor qualidade de vida. (Ferraz, 1996; MARIZ de
OLIVEIRA, 1991)
Educação Física: Teoria e Prática

 Educação Física:
◦ Pode ser definida sob três perspectivas:
 Meio de educação (formal ou informal);
 Disciplina acadêmica (multidisciplinar e
interdisciplinar);
 Área de conhecimento e profissão .
Educação Física: Teoria e Prática

 Educação Física – Meio de Educação:


◦ Formal: dentro do sistema escolar, como
componente curricular, que se utiliza das
atividades físicas institucionais para atingir
objetivos educacionais (Dança, Ginástica, Jogo,
Esporte);
◦ Informal: participação voluntária em jogos e
atividades infantis, por exemplo).
Educação Física: Teoria e Prática

 Educação Física – Disciplina Acadêmica:


◦ Multidisciplinar: fundamenta-se em conhecimentos
fornecidos por outras disciplinas (por exemplo,
fisiologia, biologia, filosofia, etc...);
◦ Interdisciplinar: níveis de análise em que é possível
a abordagem científica da atividade física humana, do
mais reducionista – bioquímico – ao mais holista –
filosófico – passando pelo fisiológico, psicológico,
socio-psicológico e sociológico.
Educação Física: Teoria e Prática
 Educação Física – Área do Conhecimento
e Profissão:
◦ Serviços à sociedade por meio de recursos
humanos especializados:
 Envolve atividades essencialmente intelectuais;
 Atende a finalidades socialmente úteis;
 Modifica suas práticas a luz de novos
conhecimentos:
 Possui auto-organização;
 Possui capacidade de comunicação;
 É altruística (preocupação com o outro).
Educação Física: Teoria e Prática

1. Definições de movimento
2. A Importância do Movimento
1. Movimento e Educação Física
2. Movimento Humano, Educação Física e
Multidisciplinaridade
3. Movimento humano
1. Perspectiva Biológica do Movimento Humano
2. Perspectiva Pedagógica do Movimento Humano
4. Movimento e Desenvolvimento Humano
5. Tipos de Movimentos
6. Desenvolvimento Humano
Educação Física: Teoria e Prática
 Definições de movimento
◦ estado que resulta de grande quantidade de gente ou veículos em ir e vir; agitação
◦ Ex.: a loja localiza-se em rua de grande m.
◦ Derivação: por metonímia - modo característico de mover-se
◦ Ex.: o m. dos seus cabelos hipnotizava
◦ Derivação: por extensão de sentido - conjunto de ações de um grupo de pessoas mobilizadas
por um mesmo fim
◦ Ex.: m. contra o tabagismo
◦ Derivação: por metonímia - partido, agrupamento, organização que vise a mudanças políticas ou
sociais
◦ Exs.: m. sindicalista / m. pacifista
◦ Derivação: por metonímia - corrente do pensamento que caracterize evolução artística, histórica,
filosófica, social etc.
◦ Exs.: m. romântico / m. literário
◦ Derivação: por extensão de sentido - desenvolvimento veloz de uma narrativa (romance, peça,
filme etc.), em decorrência de muita ação em pouco tempo
◦ Ex.: um filme contemplativo, de pouco m.
◦ Rubrica: artes plásticas - o que resulta em efeito, vida e animação, numa obra de arte
◦ Ex.: as vestes na estatuária barroca impressionam por seu m.
◦ Rubrica: astronomia - a marcha dos astros
◦ Rubrica: filosofia - processo de mudança ou alteração das relações internas ou externas de um
sistema
◦ Rubrica: termo militar - deslocamento de tropas, navios etc., como parte de manobras
estratégicas
◦ Rubrica: música - m.q. andamento ('velocidade das pulsações')
◦ Rubrica: música - cada uma das seções independentes de uma composição; andamento
◦ Rubrica: física - mudança, no tempo, da posição de partícula, corpo sólido ou outro sistema físico
localizável, como observada num dado sistema de referência
Educação Física: Teoria e Prática

Movimento
•1 ato ou efeito de mover(-se)

•1.1 mudança de um corpo (ou parte de um


corpo) de um lugar (ou posição) para outro;
deslocação
Educação Física: Teoria e Prática
A Importância do Movimento

Movimentos são de grande importância biológica, psicológica, social, cultural


e evolutiva, é através de movimentos que o ser humano interage com e sobre
o meio ambiente para alcançar objetivos desejados ou satisfazer suas
necessidades.

A importância dos movimentos não se restringe ao aspecto biológico.

Exemplos de movimento sobre o meio ambiente:


Construção de abrigos
Ferramentas por parte dos nossos ancestrais, até se chegar à complexa tecnologia.
Exemplo de movimento com o meio ambiente:
A comunicação, a expressão da criatividade e a dos sentimentos são feitas
através de movimentos.
Educação Física: Teoria e Prática
Movimento Humano e Educação Física
No âmbito desse processo, os “movimentos” e as tendências para a realização de
movimentos, pelo homem no mundo de hoje, como muito bem observou Kunz (1998,
p.7), se traduzem por causa da urbanização, do trânsito, dos locais de trabalho, do
estudo, do consumo, etc, no “deslocar” e/ou na condição de ser “deslocado” de um
lugar (ou de mundo) para o outro.

Portanto, o homem se desloca de um lugar para outro com o carro, com o ônibus, com
o trem, ou para o mundo pela janela da televisão, mas não “se-movimenta”.

Para a E.F. o movimento esta em atividades como correr, andar, jogar, dançar etc, por
serem exemplos do movimentar-se humano, cabendo a elas uma interpretação
“natural”, mas também cultural.

Exemplos de andar, correr, jogar, dançar nas diferentes fases da vida e em diversas
culturas no mundo.
Educação Física: Teoria e Prática
Movimento Humano, Educação Física e Multidisciplinaridade

Figura 1. As esferas de estudo acadêmico da atividade física


Educação Física: Teoria e Prática

Perspectiva Biológica do Movimento Humano

Visão biologista de movimento por Newell (1978):

Deslocamento do corpo e membros produzido como uma conseqüência


do padrão espacial e temporal da contração muscular.

Corrida: Músculos, ligamentos, tendões, impulsos nervosos, reações


químicas envolvidos no ato.
Educação Física: Teoria e Prática
Sistema de
Organização do
Comportamento

Sistema de
Organização de Sistema de
Respostas Organização do
Vegetativas Movimento

Sistema Sistema Sistema


de de de
Apoio Transporte Alavancas

Metabolismo Estrutura
Celular Contrátil

Figura 2. Modelo de estudos da fisiologia da atividade física.


Educação Física: Teoria e Prática
Fatores Intrínsecos
•Idade
•Sexo
•Hereditariedade
•Constituição Física

Sistemas Fisiológicos Movimento


2
4

Fatores Extrínsecos
•Condições Socioeconômicas
•Condições Climáticas (altitude, temperatura)
•Nutrição

MEIO AMBIENTE

Figura 3. Fisiologia da atividade motora ocupa-se com o estudo da relação entre os diversos sistemas fisiológicos e o
movimento. Os sistemas fisiológicos organizam o movimento (1) e também por eles são modificados (2).
Fatores intrínsecos (3) e extrínsecos (4) podem afetar a organização dos sistemas fisiológicos e, conseqüentemente, o
movimento.
Educação Física: Teoria e Prática

Pedagogia do Movimento

Ensino Formação
Educação Física: Teoria e Prática

O movimento humano em sua expressão é núcleo significativo do processo


ensino/aprendizagem, está presente em todas as nossas vivências, numa
relação expressiva nos atualizando como "ser no mundo".
Educação Física: Teoria e Prática

Ensino:

•Ações de Ensino e seu impacto na Aprendizagem;


•Como os alunos adquirem conhecimento, ações
didáticas e seu impacto no processo de
aprendizagem, e o currículo ou programa de ensino.
Educação Física: Teoria e Prática

Formação:

•Preparar aquele que ensina;


•Preparação do profissional que ensina, a saber:
professores, treinadores e instrutores de atividade
física.
Educação Física: Teoria e Prática

MOVIMENTO
Manifestação ao
Direção da seqüência de relação ao grau de
Natureza desenvolvimento Taxionomia escolaridade

Mov Reflexos Pré-escolar


Geneticamente 1 a 4 série
determinados Hab Básicas ensino fund

Aprendidos
(culturalmente Hab Específicas
determinados) 5 a 9 série
Comunicação não- ensino fund
verbal
Educação Física: Teoria e Prática

•Formas de Movimento
•Movimentos Globais: São movimentos que
para sua realização solicitam o envolvimento
do corpo inteiro
•Movimentos Segmentares: São
movimentos que para sua realização solicitam
o envolvimento parcial do corpo
Educação Física: Teoria e Prática

 Situações de movimento:
◦ Orientação temporal: É a capacidade que
permite a avaliação do movimento de objetos
e/ou seres, realizado no espaço, em relação ao
tempo utilizado.
Educação Física: Teoria e Prática

 Situações de movimento:
◦ Orientação espacial: É a capacidade de
apreciar a orientação ou posição de objetos
e/ou seres, na medida em que os mesmos são
colocados no espaço.
Educação Física: Teoria e Prática

◦ Esforço: É a repetição de determinada ação


ou exercício.
Educação Física: Teoria e Prática

 Habilidades Locomotoras:
◦ Locomoção: É a realização de movimentos
que permitem o deslocamento corporal
através do espaço, de um lugar para outro.
Educação Física: Teoria e Prática

◦ Não locomoção: É a realização de movimentos


executados em posição estacionária.
Educação Física: Teoria e Prática

◦ Manipulação: É a realização de movimentos que


envolvem predominantemente as mãos e os pés
para produzir ou receber forcas de objetos
e/ou pessoas, ganhando sobre eles.
Educação Física: Teoria e Prática
Desenvolvimento de Movimentos Fundamentais:
a). Locomotores (Transporte do Corpo)
Andar : dar passos, caminhar;
Correr: imprimir grande velocidade ao deslocamento do corpo, pelo contato rápido dos pés com o solo;
Saltar: elevar-se do chão, com o impulso dos pés;
Saltitar: dar pequenos saltos e repetidos;
Galopar: correr à disparada, fugir às pressas;
Deslizar: escorregar;
Rodar: andar em volta, circular;
Cair: lançar-se rapidamente, atirar-se, jogar-se;
Trepar: subir em algo;
Subir: elevar-se para um patamar mais alto;
Abaixar: assentar ou descer lentamente até o chão ou outra superfície
Esquivar: evitar, desviar.

b). Não locomotores (posturais - estabilidade)


Estar de pé
Balançar
Inclinar
Levantar
Traccionar
Equilibrar
Flexionar
Estender
c). Manipulativos (projecção- recepção)
Agarrar
Lançar
Driblar