Sie sind auf Seite 1von 8
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO FACULDADE DE DIREITO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO FACULDADE DE DIREITO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO AGROAMBIENTAL

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO AGROAMBIENTAL, NÍVEL MESTRADO (PUBLICADO EM 31/08/2015) SELEÇÃO PARA 2016

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Direito Agroambiental, da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Mato Grosso, comunica a abertura de inscrição para o preenchimento de até 15 (quinze) vagas, sendo destas 01 (uma) vaga para indígena obedecendo o processo seletivo no curso de Mestrado no Programa de Pós-Graduação em Direito Agroambiental para ingresso em 2016.

As vagas são oferecidas nas linhas de pesquisa Direito Agrário e Direito Ambiental, no âmbito das áreas de atuação dos professores do Programa, e de acordo com sua disponibilidade.

Para fins meramente indicativos, estão disponíveis para este processo seletivo vagas nas seguintes áreas de atuação:

VAGAS CURSO DO MESTRADO EM DIREITO AGROAMBIENTAL

AREA DE CONCENTRAÇÃO - DIREITO AGROAMBIENTAL

LINHAS DE PESQUISA

QUANTIDADE DE VAGAS

 

PROFESSORES/ÁREA DE ATUAÇÃO

   

Marcos Prado de Albuquerque (Direito e Sustentabilidade

2

Agrária; Agronegócio, Desenvolvimento e Economia Agrícola)

 

Antonio Sergio Cordeiro Piedade (Direito Penal Ambiental:

2

Tutela Penal do Meio Ambiente)

1

Carla Reita Faria Leal (Direito Ambiental do Trabalho)

 

Carlos Eduardo Silva e Souza (Direito Civil Ambiental –

2

Responsabilidade civil ambiental)

 

Marcelo Antônio Theodoro (Tutela Processual dos Interesses

AGRÁRIA E AMBIENTAL

2

Difusos e Coletivos)

 
 

Patryck de Araújo Ayala (Fundamentos do Direito Ambiental;

1

Direito

Constitucional

Ambiental e Responsabilidade Civil

Ambiental)

 

Valerio de Oliveira Mazzuoli (Direitos Humanos e Meio

2

Ambiente; Direito Internacional do Meio Ambiente)

 

Saulo Tarso Rodrigues (Direito Indígena e Direitos das

1

Comunidades Tradicionais)

 

2

Saul Duarte Tibaldi (Direito Ambiental do Trabalho)

A distribuição do quadro acima pode ser alterada de acordo com o resultado da seleção e a conveniência do Programa por decisão do colegiado.

PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 26/10/2015 a 06/11/2015, das 09h00min horas às 11h30min e das 14 as 17 horas, exceto sábados, domingos e feriados. LOCAL: Secretaria do Mestrado em Direito Agroambiental localizada na Faculdade de Direito/Programa de Pós-Graduação em Direito Agroambiental, FD/UFMT, Av. Fernando Corrêa da Costa, 2,367. CEP: 78.060-900, Campus Universitário UFMT, Cuiabá/MT.

1. INFORMAÇÕES GERAIS

O Programa de Pós-Graduação em Direito Agroambiental, nível de Mestrado, com área de concentração em Direito Agroambiental, está vinculado à Faculdade de Direito da Universidade Federal de Mato Grosso (FD/UFMT) e tem como objetivo formar profissionais capacitados para atuarem na investigação, pesquisa e ensino do Direito Agroambiental. O curso, que tem duração mínima de 18 (dezoito) e máxima de 24 (vinte e quatro) meses, é oferecido exclusivamente para candidatos com curso de graduação na área das Ciências Jurídicas, e requer dedicação integral dos alunos para o cumprimento da programação didática, que compreende aulas teóricas e práticas, seminários, desenvolvimento de pesquisas, elaboração de relatórios, exame de qualificação, elaboração e defesa de dissertação. A dedicação integral exigida dos candidatos não compreende atividades de dedicação exclusiva ao Curso, salvo o caso da concessão de bolsas de estudos.

2. INSCRIÇÃO

O pedido de inscrição deve ser apresentado à Secretaria do Mestrado, devidamente protocolado no Protocolo Geral localizado no Prédio do Casarão da UFMT, acompanhado dos seguintes documentos abaixo relacionados (cópias autenticadas), encadernados com capa, e na ordem em que estão listados:

1. Formulário de inscrição (anexo B), devidamente preenchido;

2. Duas fotos 3x4 recentes e iguais;

3. Documentos pessoais (cópias do RG, título de eleitor, comprovante de votação

na última eleição, certidão de nascimento ou casamento e, para homens, certificado de reservista ou de dispensa da incorporação);

4. No caso do candidato indígena que concorre à vaga destinada a indígenas, este deve incluir no processo carta de recomendação da liderança da aldeia de origem, de identidade indígena, com menção ao grupo indígena específico a que está identificado. Documentos adicionais que o candidato considere pertinentes para informar sua conexão com a comunidade indígena autodeclarada podem ser anexados, tais como carteira da FUNAI, cartas da comunidade e/ou de alguma organização indígena.

5. Cópia do CPF ou declaração de regularidade do CPF junto a Receita Federal;

6. Cópia do diploma de graduação em Direito ou outra documentação que comprove estar o candidato em condições de colar grau do curso de graduação em Direito antes do período de matrículas do Programa de Pós-graduação. Os títulos obtidos no exterior devem estar revalidados de acordo com legislação em vigor;

7. Histórico Escolar do curso de graduação;

8. Curriculum vitae (modelo Lattes/CNPq);

9. Plano de Estudos elaborado conforme anexo C deste edital;

10. Comprovante original da taxa de inscrição: R$ 164,27 (cento e sessenta e quatro reais e vinte e sete centavos) - cópia do requerimento de inscrição na Fundação UNISELVA e o comprovante original de pagamento.

Poderão ser isentos os servidores da UFMT e os candidatos que requererem isenção, em virtude de situação econômica que não lhes permita cumprir a exigência, desde que o requerimento seja analisado e aprovado pela comissão até 30/10/2015.

a. Quanto à isenção: Poderão solicitar isenção de pagamento da taxa de

inscrição, conforme a legislação vigente:

• Os servidores, docentes e técnicos administrativos, efetivos da Universidade Federal de Mato Grosso estão isentos da taxa de inscrição, desde que acrescentem à documentação exigida para a inscrição, cópia de documento comprobatório de vínculo institucional.

• De acordo com o Decreto n. 6.593, de 2 de outubro de 2008, fará jus à isenção

total de pagamento da taxa de inscrição o candidato que, cumulativamente: a) comprovar inscrição no Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais do Governo Federal, de que trata o Decreto n. 6.135, de 26 de junho de 2007, por

meio de indicação do Número de Identificação Social (NIS) do candidato, constante na base do CadÚnico existente no Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS); e b) for membro de “família de baixa renda”, nos termos do Decreto n. 6.135, de 26 de junho de 2007.

O requerimento de isenção deverá ser apresentado por meio de processo protocolado junto ao Setor de Protocolo Central da UFMT, campus Cuiabá, instruído com documentação comprobatória autenticada em cartório (ou apresentada juntamente com o documento original para autenticação administrativa) e entregue na Secretaria do Programa de Pós-graduação, no período de 26 e 27/10/2015, das 8h às 11h e das 14h às 17h (horário de Mato Grosso), exceto feriados.

Os processos serão analisados e terão parecer emitido pelo Colegiado do Curso

até

www.ufmt.br/editais.

dia 30 de outubro de 2015 e serão publicados no site

O candidato cuja solicitação de isenção do pagamento de taxa de inscrição for indeferida deverá fazer o pagamento da taxa conforme orientações presentes neste Edital.

O candidato cuja solicitação de isenção do pagamento de taxa de inscrição for deferida deverá acrescentar à documentação exigida para a inscrição, cópia do parecer emitido pelo Colegiado do Curso.

11. O candidato estrangeiro deverá apresentar Registro Nacional de Estrangeiros válido (RNE), visto vigente e passaporte. Títulos de graduação obtidos no exterior deverão estar revalidados de acordo com a legislação vigente (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei nº 9.394/1996).

2.1 INSCRIÇÕES POR CORRESPONDÊNCIA: Os candidatos residentes fora de Cuiabá poderão solicitar inscrição mediante procuração ou por via SEDEX. No caso de SEDEX, a documentação deverá ser postada nos Correios até 06/11/2015 para o endereço: Faculdade de Direito/Programa de Pós- Graduação em Direito Agroambiental, FD/UFMT, Av. Fernando Corrêa da Costa, 2,367. CEP: 78.060-900, Campus Universitário UFMT, Cuiabá/MT.

Nesse caso, os documentos deverão ser autenticados em cartório. A Faculdade

de Direito não se responsabiliza por documentos originais enviados. O candidato

inscrito por correspondência deverá entrar em contato com a Secretaria do Programa pelo telefone (65) 3615-8548, no período das 09:00 às 11:30 horas,

para confirmar o recebimento da inscrição.

2.2. TAXA DE INSCRIÇÃO: O pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 164,27 (cento e sessenta e quatro reais e vinte e sete centavos) deverá ser efetuado através da FUNDAÇÃO UNISELVA. Será necessário entrar no site da FUNDAÇÃO UNISELVA (www.fundacaouniselva.org.br), preencher o requerimento de inscrição, gerar e imprimir o boleto eletrônico e efetivar o pagamento do boleto, anexando comprovante original de pagamento do boleto, juntamente com os documentos solicitados item 02 (inscrição) deste edital e deverá ser entregue na Secretaria do Mestrado em Direito Agroambiental da UFMT até o dia 06/11/2015 às 17h00min.

A confirmação da inscrição dependerá do atendimento às exigências quanto à

formação acadêmica e apresentação integral dos documentos solicitados. Somente serão analisadas as inscrições cuja documentação for entregue encadernada e na ordem citada anteriormente. Os resultados das inscrições deferidas serão divulgados dia 13/11/2015.

3. EXAME DE PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA ESTRANGEIRA

Os candidatos deverão comprovar proficiência em língua estrangeira (inglês,

francês, italiano ou alemão) quando da efetivação da matrícula, após o certame.

O candidato que não apresentar o documento de comprovação de proficiências

em língua estrangeira (inglês, francês, italiano ou alemão) no ato da matrícula será considerado desclassificado, abrindo-se a vaga para o candidato seguinte na ordem de classificação.

Para tanto poderão submeter-se a Exame de Proficiência em Língua Inglesa que será promovido pelo Instituto de Linguagens/UFMT. As inscrições para o Exame de Proficiência deverão ser feitas no período estabelecido pelo Instituto de Linguagem da UFMT, sendo de responsabilidade dos candidatos, a inscrição e realização do mesmo perante aquela unidade.

A proficiência também poderá ser comprovada com certificado de outra

Instituição Pública de Ensino Superior brasileira credenciada pelo MEC, desde que esteja dentro do prazo de validade do certificado. Poderá, também, ser demonstrada da seguinte maneira: a) Alemão: certificado do Instituto Goethe com classificação de, no mínimo, nível GIII ou MIII; b) Francês: certificado da Aliança Francesa de São Paulo (mínimo de 70 pontos); c) Inglês: certificado de Test Of English as Foreign Language TOEFL (mínimo de 213 pontos para o CBT TOEFL ou 500 pontos para o TOEFL tradicional) ou do International English Language Test IELTS (mínimo de 6,0 pontos); d) Italiano: teste lato sensu do Instituto Italiano de Cultura, com aproveitamento igual ou superior a 70%. Os candidatos estrangeiros não-lusófonos devem realizar proficiência em língua portuguesa.

4. O PROCESSO DE SELEÇÃO

Para ser admitido no Curso de Mestrado em Direito Agroambiental da UFMT o candidato deverá possuir o curso de graduação completo até a data da matrícula no curso e submeter-se ao processo seletivo conduzido pela Comissão de Seleção constituída por meio deste edital, e composta pelos seguintes membros:

Prof. Dr. Marcos Prado de Albuquerque (Presidente), Prof. Dr. Saul Duarte Tibaldi (membro), Prof. Dr. Carla Reita Faria Leal (membro), Prof. Dr. Carlos Eduardo Silva e Souza (suplente) e Prof. Dr. Antonio Sergio Cordeiro Piedade (suplente).

4.1 Prova dissertativa

Data e local de realização: 18/11/2015, das 8:00 às 12:00 horas, na sala

de Pós-Graduação da FD/UFMT.

Com caráter eliminatório e classificatório, a prova dissertativa será composta por uma questão obrigatória elaborada pela comissão de seleção a partir das obras indicadas no Anexo A e comum a todos os candidatos e uma questão de livre escolha do candidato, dentre as 4 (quatro) elaboradas pela comissão de seleção a partir das obras indicadas no Anexo A.

Para a correção das questões serão avaliados os seguintes critérios pela Comissão de Seleção: adstrição ao enunciado do problema, adstrição à abordagem proposta pelas obras indicadas na bibliografia, originalidade, capacidade reflexiva, qualidade doutrinária, jurisprudencial e normativa no desenvolvimento da resposta pelo candidato.

Estarão habilitados para a próxima fase os candidatos que obtiverem nota igual

ou superior a 7,0 (sete).

As provas serão realizadas sem identificação e serão mantidas em envelope lacrado, distinto do envelope que identifica o respectivo número do candidato. Será realizada sessão pública para o fim de identificação dos candidatos, e a divulgação do resultado da prova dissertativa no dia 27/11/2015 às 09hs30 na Sala do Mestrado da Faculdade de Direito/Programa de Pós-Graduação em Direito Agroambiental, FD/UFMT, Av. Fernando Corrêa da Costa, 2,367. CEP:

78.060-900, Campus Universitário UFMT, Cuiabá/MT.

O resultado da prova dissertativa também será divulgado no site da UFMT

(http://www.ufmt.br/ufmt/site/editais, no link "stricto sensu") no dia

27/11/2015

4.2 Entrega da documentação comprobatória do Curriculum Vitae Os candidatos aprovados na prova dissertativa deverão entregar até o dia 04/12/2015 a documentação comprobatória do Curriculum Vitae apresentado.

4.3. Arguição e avaliação curricular Data e local de realização: dias 09 e 10/12/2015, das 8:00 às 12:00 horas e das 14:00 às 18:00 horas, na sala da Pós-Graduação da FD/UFMT, pela área de atuação dos docentes do programa, cujo cronograma será divulgado no site da UFMT (http://www.ufmt.br/ufmt/site/editais no link "stricto sensu") no dia 07/12/2015.

Os classificados na fase antecedente serão arguidos sobre o projeto de pesquisa perante banca constituída por três professores integrantes do programa, que também terá a atribuição de avaliar o curriculum vitae documentado do candidato, sendo atribuída pontuação distinta ao projeto e à avaliação curricular.

A Arguição considerará:

a) Análise da documentação comprobatória do candidato e do respectivo curriculum vitae, conforme relação de pontuação exposta no anexo D;

b) Verificação de suas potencialidades para a realização de pesquisa e estudos

avançados;

c) Verificação da coerência do plano de trabalho com as linhas de pesquisa do

Programa, além da correção e da qualidade formal e material da proposta. Serão atribuídas notas distintas à (a) avaliação do projeto e à (b) avaliação curricular. A primeira (a) consistirá na média das notas atribuídas pelos examinadores, variáveis de 0 (zero) a 10 (dez). A segunda (b) obedecerá à pontuação constante do Anexo D deste edital e será acrescida ao resultado final do certame para o fim de classificação.

O resultado desta fase será divulgado

(http://www.ufmt.br/ufmt/site/editais no link "stricto sensu") no dia

UFMT

no

site

da

11/12/2015.

5. DA AVALIAÇÃO, PONTUAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO.

O candidato que obtiver nota inferior a 7 (sete) na prova dissertativa ou na

Arguição com a Comissão de Seleção, estará automaticamente eliminado.

A média final dos candidatos não eliminados será estabelecida de acordo com o

seguinte cálculo:

a) a nota aferida ao candidato na prova dissertativa terá peso igual a 40%;

b) a nota aferida ao candidato na arguição terá peso igual a 60%.

A pontuação obtida pelo candidato na análise da documentação comprobatória

do respectivo curriculum vitae será acrescida à média final do candidato, tendo conteúdo eminentemente classificatório.

Serão considerados aprovados os candidatos que obtiverem a média final igual ou superior a 7 (sete). Os candidatos aprovados serão classificados em ordem crescente de acordo com as maiores pontuações obtidas nas médias finais.

O aproveitamento dos classificados obedecerá ao limite de até 15 (quinze)

vagas. No caso de empate será considerado aprovado o candidato que tiver obtido nota superior na arguição. Persistindo a igualdade, adotar-se-ão os seguintes critérios sucessivamente: 1) O candidato que tiver maior idade (conforme estatuto do idoso LEI N o 10.741, DE 1º DE OUTUBRO DE 2003); 2) Maior nota na prova dissertativa; 3) o tempo de experiência didática em docência

universitária, contado em semestres; 4) o maior número de publicações de artigos em periódicos científicos nos últimos vinte e quatro meses, contados da data da arguição. Persistindo ainda o empate, a decisão final será de competência da Comissão de Seleção. O resultado desta fase será divulgado no site da UFMT (http://www.ufmt.br/ufmt/site/editais no link "stricto sensu") no dia

15/12/2015.

6. DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS:

A lista com os nomes dos candidatos aprovados no processo seletivo, apresentada em ordem alfabética, será afixada no quadro de avisos do Programa de Pós-Graduação em Direito Agroambiental e divulgada no site da UFMT (http://www.ufmt.br/ufmt/site/editais, no link "stricto sensu") no dia 17/12/2015. A divulgação da lista com o resultado final do Exame de Seleção será também afixada no quadro de avisos do Programa e divulgada no site da UFMT.

Caberá recurso em relação a todas as fases do processo de seleção no prazo de 24 horas a contar da data de publicação do resultado. A solicitação deverá ser dirigida à Coordenação do Programa de Pós-Graduação em questão, por meio de processo instruído e protocolado junto ao Setor de Protocolo Central da UFMT.

O pedido deverá ser justificado, e indicar com precisão o ponto sobre o qual versa a reclamação. O recorrente deverá expor os fundamentos do pedido de reexame de forma clara e objetiva, podendo juntar os documentos que julgar convenientes. Será concedida vista acompanhada (Coordenador do Programa ou membro do Colegiado indicado para tanto) ao candidato que requerê-la para fundamentar o recurso, devendo o Programa disponibilizar os critérios utilizados na correção.

A publicação do resultado de todas as fases, assim como o resultado final do processo seletivo, será feita por meio de lista contendo a pontuação de todos os candidatos, aprovados e classificados.

7. MATRÍCULA

7.1 Data e local de realização: Prevista para o período 01/02/2016 a 05/02/2016, das 8:00 às 11:30 horas, na sala da Secretaria do Mestrado em Direito Agroambiental da FD/UFMT.

7.2 O candidato que não efetuar a matrícula no prazo assinalado será considerado desclassificado, abrindo-se a vaga para o candidato seguinte na ordem de classificação.

8. DISPOSIÇÕES FINAIS

8.1 O ingresso no Cursos de Mestrado em Direito Agroambiental não implica a concessão automática de Bolsa de Estudos. A concessão de bolsas é realizada anualmente, em processo seletivo específico regido por edital próprio e condicionada à existência de cotas disponibilizadas pelas agências de fomento.

8.2 Os candidatos deverão apresentar documento de identidade ou outro documento público de identificação em todas as etapas do processo de seleção.

8.3

Qualquer que seja o idioma em que o candidato se mostre proficiente, dentre

as línguas disponíveis no Programa, os trabalhos parciais, a dissertação ou o trabalho equivalente, deverão ser apresentados em português.

8.4 Não serão aceitos quaisquer documentos enviados via FAX ou email.

8.5 As aulas referentes ao 1º semestre de 2016 estão previstas para iniciar em

01/03/2016.

8.6 Os candidatos não selecionados poderão retirar seus documentos na Secretaria da Pós-Graduação em Direito Agroambiental a partir de

15/04/2016.

8.7 As omissões, contradições e controvérsias sobre a aplicação deste

edital serão resolvidas pela Comissão de Seleção.

CRONOGRAMA GERAL

Inscrições

03/11 a 06/11/2015

Divulgação das inscrições deferidas

 

13/11/2015

Prazo para recurso referente a inscrições indeferidas

 

16/11/2015

Prova dissertativa

 

18/11/2015

Resultado da prova dissertativa

 

27/11/2015

Prazo reservado para recurso referente ao resultado da prova dissertativa

 

30/11/2015

Arguição e avaliação curricular

09

e 10/12/2015

Resultado da arguição e avaliação curricular

 

11/12/2015

Prazo reservado para recurso referente ao resultado da arguição e avaliação curricular

 

14/12/2015

Divulgação do resultado final

 

15/12/2015

Prazo reservado para recurso referente ao resultado final

 

16/12/2015

Homologação do resultado após recursos

 

17/12/2015

Período de inscrição

01

a 05/02/2016

Início previsto das aulas

 

01/03/2016

Aprovado em reunião do Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Direito Agroambiental no dia 17/08/2015 às 17h00min., na sala da Coordenação.

Prof. Dr. MARCELO ANTONIO THEODORO Coordenador do Programa de Mestrado em Direito Agroambiental da FD/UFMT