Sie sind auf Seite 1von 54

PAULO RICARDO EGYDIO DE CARVALHO NETO

PLANEJAMENTOS PERMACULTURAIS:
DIRETRIZES PARA A IMPLEMENTAÇÃO DE
ASSENTAMENTOS HUMANOS SUSTENTÁVEIS

Monografia apresentada à Comissão do Trabalho de


Formatura do Curso de Graduação em Engenharia
Ambiental do Instituto de Geociências e Ciências Exatas
– Unesp, Campus de Rio Claro (SP), como parte das
exigências para o cumprimento da disciplina Trabalho
de Formatura no ano letivo de 2009.

Orientador: Prof. Dr. Manuel Rolando Berríos

Rio Claro – SP
2009
PAULO RICARDO EGYDIO DE CARVALHO NETO

PLANEJAMENTOS PERMACULTURAIS: DIRETRIZES PARA A


IMPLEMENTAÇÃO DE ASSENTAMENTOS HUMANOS
SUSTENTÁVEIS

Orientador: Manuel B. Rolando Berríos Godoy

Trabalho de Conclusão de Curso apresentado


ao Instituto de Biociências da Universidade
Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” -
Câmpus de Rio Claro, para obtenção do grau
de Bacharelado em Engenharia Ambiental

Rio Claro
2009
301.3 Carvalho Neto, Paulo Ricardo Egydio de
C331p Planejamentos permaculturais : diretrizes para a implementação de
assentamentos humanos sustentáveis / Paulo Ricardo Egydio de Carvalho
Neto. - Rio Claro (SP) : [s.n.], 2009
52 f. : il., figs., fots.

Trabalho de conclusão de curso (Engenharia Ambiental) -


Universidade Estadual Paulista, Instituto de Geociências e Ciências Exatas
Orientador: Manuel B. Rolando Berríos

1. Ecologia humana. 2. Permacultura. 3. Agroecologia. 4.


Bioconstrução. 5. Planejamento ambiental. 6. Desenvolvimento
sustentável. I. Título.

Ficha Catalográfica elaborada pela STATI - Biblioteca da UNESP


Campus de Rio Claro/SP
33

Figura 1 - Imagem aérea do Sítio das Fontes (Jaguariúna, SP), retirada do Google Earth e digitalizada.

Figura 2: Imagem do georreferenciamento realizado no Sítio das Fontes, complementando os dados da imagem
com os dados obtidos em campo.

4.4.2. Permacultura Urbana

Mollison (1991) também demonstra técnicas passíveis de serem aplicadas em área


urbana. Foram colocados em prática alguns princípios e técnicas, demonstrados a seguir.
36

Foto 1 - Terreno antes da intervenção.

Foto 2 - Horta sucessional implantada na terra exposta da foto anterior, após o manejo do solo.

Foto 3 - Espiral de ervas nos moldes propostos por Mollison (1991).


4.2.2.2. Rep. Caenga
37

Foi realizado em outro lote urbano alugado, também na cidade de Rio Claro, práticas
permaculturais de manejo de solo, experienciando uma sucessão ecológica restauradora de
solos e produtiva. Iniciando a cobertura do solo com as folhas das palmeiras e com a poda da
grama, matéria abundante no local, diversos consórcios e tentativas foram realizadas,
utilizando-se de frutíferas e adubação verde.
Assim, após dois anos de manejo, o solo estava reestruturado, não foi necessário o
aluguel de caçambas, como usualmente se faz, para retirar a matéria orgânica gerada pelas
podas, e ainda reproduziu-se um sistema florestal com flores, frutos (maracujá, amora,
pitanga), pássaros e borboletas.

Foto 4 - Início do manejo, com cobertura de solo e distribução de mudas.

Foto 5 - Dois anos de manejo de solo, com cerca de bambú e frutíferas de ciclo curto sobressaindo.
38

Infelizmente a intolerância humana alugou uma caçamba e devastou o recanto


permacultural, retirando o vestígio florestal do laboratório agroflorestal, entropizando assim o
sistema e voltando o ciclo ao início. Valeu a experiência.

4.2.2.3. Aglatibliou

Outro lote de terra argilosa exposta, solo compactado e sem vida. Com os tijolos de
demolição foi construído um caminho e delimitados os canteiros, iniciando-se a recuperação
do solo com adubação verde e matéria orgânica. Foi construído um galinheiro, para processar
os dejetos orgânicos da cozinha e para fornecer ovos. Assim, mais um recanto florestal foi
iniciado em lote urbano.

Foto 6 - Quintal antes da intervenção

Foto 7 - Caminho feito e colonização e manejo de pioneiras.


39

4.4.3. Captação de águas de chuva

Uma prática possível de execução seria a captação de água de chuva para diversos
fins, podendo ser uma alternativa viável para utilização em lavagens gerais, regas ou
descargas sanitárias.
Um exemplo passível de estudos aprofundados seria no caso do domicílio do Sr.
Vasques, na cidade de Rio Claro (SP), que armazena água de chuva para fins não-potáveis.
Para estudos aprofundados, poderia ser feita uma planilha com diversos dados sobre
o sistema, medindo a quantidade de água economizada e quanto isso significa em economia
monetária por mês, poderia ser desenhado o sistema completo e relacionados os materiais
utilizados para instalar o sistema, poderiam ser apresentados os usos desta água e quais os
tipos de manutenções necessárias, dentre outros que surgiriam ao longo dos estudos.

Foto 8 - Sistema de captação de águas pluviais.

4.5. A Permacultura no contexto mundial

A permacultura está inserida em diversos contextos, sendo uma alternativa viável em


diversos tipos de planejamentos que buscam a sustentabilidade. Está interligada com diversos
outros temas, sendo uma importante aliada na implementação da agenda 21, está
intrinsecamente conectada com o desenvolvimento das ecovilas, além de ser uma alternativa
real para o sucesso de assentamentos de Reforma Agrária.