Sie sind auf Seite 1von 2

8ª. Lista de Exercícios de Circuitos Digitais – Ciência da Computação

8ª. Lista de Exercícios de Circuitos Digitais – Ciência da Computação

Circuitos Lógicos Sequenciais

  • 1. Linha de Produção

Em uma linha de produção são encaixotados dois tipos de peça em grupos de quatro. A seqüência desejada está na Figura 1. Há um sensor que detecta cada uma das peças em movimento. Esse sensor gera nível lógico 0 para as peças triangulares e nível lógico 1 para as peças quadradas. A Figura 2 mostra o diagrama de blocos do circuito detector que deve funcionar da seguinte maneira:

cada peça detectada pelo sensor é contada, devendo a sua contagem ser indicada nas saídas X1 e X0 (contagem de peças triangulares) e Y1 e Y0 (contagem de peças quadradas); quando a seqüência correta for detectada, a saída Z deve ir para o nível lógico 1 e as contagens de X1, X0, Y1 e Y0 zeradas; cada vez que uma peça na seqüência errada for detectada, as contagens de X1, X0, Y1 e Y0 são zeradas e o circuito volta para o estado inicial após a quarta peça ser detectada.

8ª. Lista de Exercícios de Circuitos Digitais – Ciência da Computação Circuitos Lógicos Sequenciais 1. Linha

Figura 1 – Sequência de peças em linha de montagem

8ª. Lista de Exercícios de Circuitos Digitais – Ciência da Computação Circuitos Lógicos Sequenciais 1. Linha

Figura 2 – Diagrama de blocos do circuito detector

Projetar o sistema seqüencial síncrono para realizar a lógica do circuito detector. Detalhar o diagrama de estados, tabela de estados, mapas de karnaugh e o circuito. Utilizar flip-flops JK e o modelo de Moore.

  • 2. Máquina de Sorvete

Projetar o circuito da parte lógica de uma máquina de venda automática de sorvete. Cada sorvete custa oito reais e na máquina é possível introduzir moedas ou notas de um real e notas de cinco reais, indistintamente e em qualquer ordem. O circuito apresenta uma entrada “E” e duas saídas “S1” e “S2” com as funções:

“E” assume o valor 0 quando foi introduzido um real,

“E” assume o valor 1 quando foi introduzido cinco reais,

“S” assume o valor 1 quando a máquina entregar o sorvete ao cliente,

“T” indica em binário, o número de reais a ser devolvido no caso de terem sido introduzidos mais que oito reais (troco).

Detalhar o diagrama de estados, tabela de estados, mapas de circuito. Utilizar flip-flops JK e o modelo de Mealy.

Karnaugh e o

8ª. Lista de Exercícios de Circuitos Digitais – Ciência da Computação

8ª. Lista de Exercícios de Circuitos Digitais – Ciência da Computação

3. Semáforo

Projetar o circuito de controle do semáforo para o cruzamento descrito na Figura 3 e que funcione da seguinte forma: se não houver veículos parados nas ruas secundárias, o semáforo estará sempre verde para a avenida principal (saída S = 1). Caso haja veículos parados em uma das ruas secundárias (sensor A ou sensor B atuado), o circuito espera até a terceira transição zero para um sinal de relógio, mostrado na Figura 4 para tornar o semáforo vermelho para a avenida principal (saída S = 0).

Caso haja veículos parados em ambas as ruas secundárias (sensor A e sensor B atuado), o circuito espera até a segunda transição zero para um sinal de relógio, Figura 4, para tornar o semáforo vermelho para a avenida principal (saída S = 0). Detalhar o diagrama de estados, tabela de estados, mapas de Karnaugh e o circuito. Utilizar flip-flops JK e o modelo de Mealy.

8ª. Lista de Exercícios de Circuitos Digitais – Ciência da Computação 3. Semáforo Projetar o circuito

Figura 3 – Cruzamento

8ª. Lista de Exercícios de Circuitos Digitais – Ciência da Computação 3. Semáforo Projetar o circuito

Figura 4- Base de tempo do semáforo

4. Aplicação D

Projetar um circuito seqüencial síncrono que disponha de uma entrada “E” sincronizada com um sinal de relógio e uma saída “S” que, ao introduzir por “E” um número de quatro bits, a começar pelo menos significativo, obtenha-se na saída “S” o complemento de 2 desse número. O circuito deve ficar pronto para receber outro número, assim que termine a complementação do anterior. Detalhar o diagrama de estados, tabela de estados, mapas de Karnaugh e o circuito. Utilizar flip-flops JK e o modelo de Mealy.

Sugestão:

É

importante

achar

uma

lei

Considerando do bit menos significativo

de

formação

para

o

complemento de 2.

para o mais significativo (da direita para a

esquerda), se os bits forem 0, ficam como estão até encontrar um bit igual a 1; quando se

encontra o primeiro bit 1, este também se mantém, mas a partir dos próximos bits, troca- se 0 por 1 e 1 por 0.