Sie sind auf Seite 1von 2

Aterramento

Universidade Federal de Pernambuco

Tarefa 2 Leonardo Cassimiro Carneiro da Cunha

3 Conceitue massa, elemento condutor estranho a instalação e aterramento temporário.

O termo massa é empregado como sinônimo para o termo elemento condutivo ou parte condutiva que pertence a instalação elétrica. Elemento condutor estranho à instalação: Elemento que não faz parte da instalação elétrica, mas que pode nela introduzir um potencial, geralmente o da terra. O conjunto de aterramento temporário é um dispositivo utilizado para proteção dos eletricistas durante os trabalhos em redes desenergizadas, cuja finalidade é curto-circuitar e aterrar a rede de distribuição de energia elétrica, contra uma eventual energização acidental.

5 Que fatores influenciam um choque elétrico?

Percurso da corrente no corpo humano; Forma e frequência da corrente; Duração do contato; Intensidade da corrente;

11 O que é a tetanização? E a fibrilação ventricular?

Tetanização: uma pessoa que entra em contato com uma peça sob tensão pode ficar agarradaa ela. Fibrilação Ventricular: É o movimento desordenado do coração, provocando uma ausência de bombeamento de sangue. A pressão aterial cai a zero, a pessoa desfalece, ocorrendo conjutamente a parada respiratória.

24 Para a notícia apresentada na Figura 2 explique o que poderia ter sido feito para

evitar o ocorrido. Que eventos resultaram no ocorrido?

O mais sensato teria sido primeiramente desligar a geladeira da tomada. Outra forma de impedir que a geladeira estivesse conduzindo descarga era tê-la aterrada e conectada a um DR para proteção. Por ignorância, esse evento levou a morte de uma jovem.

39 O que significa massas ou partes condutivas acessíveis não devem oferecer perigo

seja em condições normais seja em caso de alguma falha que as tornem acidentalmente

vivas? A que tipo de proteção esse texto se refere?

Este texto refere-se a proteção supletiva, destinada a suprir a proteção contra choques elétricos em contatos indiretos em massas e partes condutivas.

40 Explique a regra geral de proteção contra choques elétricos de acordo com a NBR

5410 apresentada na Figura 8.

Ela define que todos os meios condutores que possam levar a risco de choque elétrico devem ser providos da devida proteção básica e supletiva e meios independentes para evitar que tal acidente possa se tornar realidade.

46 O que é a proteção básica contra choques elétricos? Dê exemplos.

A proteção básica é destinada a proteção de choques causados por contato direto (contato com

partes vivas) em condições normais. Encapamento para isolação do fio, partes isolantes em um

secador, placas de aviso.

56 Como o condutor PEN de uma instalação elétrica é dimensionado?

Seção dos condutores de fase

Seção mínima do condutor de

 

(mm

2 )

proteção correspondente (mm 2 )

S

16

S

16 S 35

16

S

35

S/2

57 Para a situação mostrada na Figura 14, considerando uma tensão de 220 V fase-neutro

e desprezando a impedância dos condutores de fase e de neutro, determine a corrente que circula para o homem numa falha de isolamento para a massa. Assuma a impedância do

homem em 1000 ohms.

=

220 1 Ω = 220

67 Explique porque é importante para a CELPE e para o consumidor garantir que o

consumidor tenha o neutro de seu ramal de distribuição aterrado?

É importante pois caso haja uma falha na região, com uma quantidade maior de fios de

aterramento por perto, a corrente de falta chegará até o sistema de proteção da linha e a interromperá.

68 Quais são os significados de parte viva e de massa na NBR 5410/2004?

Massa: É toda parte condutora que faz parte da instalação elétrica, que não foi projetada para aplicação de tensão e circulação de correntes, porém pode eventualmente vir a ser energizada. Parte viva: Pare condutora da instalação, apresenta potencial elétrico com relação a terra (condutor vivo)