Sie sind auf Seite 1von 13

INSS

INSS TÉCNICO DO SEGURO SOCIAL CADERNO DE PROVAS OBJETIVA 1 - Ao receber este caderno, confira

TÉCNICO DO SEGURO SOCIAL

CADERNO DE PROVAS OBJETIVA

1 - Ao receber este caderno, confira atentamente se ele contém cento e vinte itens, correspondentes às provas

objetivas. corretamente ordenados de 1 a 120. Caso o caderno esteja incompleto ou tenha qualquer defeito, solicite ao fiscal de sala mais próximo que tome as providências cabíveis, pois não serão aceitas reclamações posteriores.

Marcar de forma correto: conforme o exemplo:

E

2 - Não se comunique com outros candidatos nem se levante sem autorização do chefe de sala.

3 - Recomenda-se não marcar ao acaso: cada item cuja resposta divirja do gabarito oficial definitivo receberá pontu- ação negativa, conforme consta em edital.

4 - A duração das provas é de três horas e meia, já incluído o tempo destinado à identificação - que será feita no

decorrer das provas - e ao preenchimento da folha de respostas.

5 - você deverá permanecer obrigatoriamente em sala por, no mínimo, uma hora após o início das provas.

6 - Ao terminar as provas, chame o fiscal de sala mais próximo, devolva-lhe a sua folha de respostas e deixe o local

de provas.

a sua folha de respostas e deixe o local de provas. RUA MARANHÃO, 924 | ED

RUA MARANHÃO, 924 | ED COLISEO | CASCAVEL-PR 45 3040-1010 | WWW.FOCUSCONCURSOS.COM.BR

e deixe o local de provas. RUA MARANHÃO, 924 | ED COLISEO | CASCAVEL-PR 45 3040-1010

||120 _01N581781||

||120 _01N581781|| Língua Portuguesa TEXTO I 1 As relações que as sociedades ocidentais industriais mantêm com

Língua Portuguesa

TEXTO I

1

As relações que as sociedades ocidentais industriais mantêm com os temas da ciência e da tecnologia não se constituem numa constante. No transcorrer da história dessas sociedades, a ciência deixa de ser entendida apenas

5

como um tipo de conhecimento tido como válido e passa a se conjugar com as técnicas, conformando uma aplicação prática e útil desse conhecimento. Isso ocorre desde os desdobramentos da Revolução Industrial no século XIX, quando ciência e tecnologia

10

passaram a constituir um binômio, abreviadamente expresso por C&T, no qual, cada vez mais, conhecimento científico e técnica se entrelaçam. A tecnologia vai-se tornando plena de ciência e esta tende a incorporar crescentemente a técnica. Já no século XX, o

15

desenvolvimento de ciência e tecnologia passou a utilizar intensivamente grandes investimentos financeiros, tendo em vista o domínio tanto da natureza quanto das sociedades. A partir de então, e dada a intensificação dos

20

processos técnico-científicos da contemporaneidade, surgem posicionamentos antagônicos em relação à temática da aceleração tecnológica. Por um lado, estabelece-se uma compreensão de que o incremento de ciência e tecnologia é algo determinante, ou até mesmo

25

fundamental para um desenvolvimento econômico e social satisfatório, além de ser politicamente neutro e desprovido de normatividade. Desde outra perspectiva, desenvolvem-se reflexões sobre as incertezas e indeterminações acerca do destino

30

das sociedades como consequência dos principais modelos e sistemas técnico-científicos contemporâneos. Questiona- se o papel da ciência e da tecnologia como fator determinante e como atividade neutra de valores.

Raquel Folmer Corrêa. Tecnologia e sociedade: análise de tecnologias sociais no Brasil contemporâneo. Porto Alegre: UFRGS, 2010. Dissertação de mestrado. In: Internet: <http://www.lume.ufrgs.br> (com adaptações).

1.

O texto discorre sobre a representação da ciência e da tecnologia nas sociedades ocidentais industriais desde o século XIX.

2.

Conforme o texto, a Revolução Industrial foi determinante para o desenvolvimento acelerado da ciência.

3.

O pronome “Isso” (L.8) faz referência à mudança de relação das sociedades ocidentais industriais no que diz respeito a ciência e tecnologia.

4.

Infere-se do trecho “quando ciência e tecnologia passaram a constituir um binômio” (L.9-10) que ciência e tecnologia são sinônimos.

5. De acordo com o texto, nem sempre a ciência foi vista pela sociedade como conhecimento dotado de aplicação prática e útil.

6. Depreende-se do texto que as sociedades ocidentais diferem das sociedades orientais quanto ao nível de desenvolvimento científico e tecnológico.

7. De acordo com o texto, é irrefutável o papel determinante da ciência e da tecnologia para o desenvolvimento econômico e social da sociedade contemporânea.

8. Foi a partir do século XX que tendências de pensamento divergentes acerca da aceleração tecnológica começaram a surgir.

Com base nos aspectos linguísticos do texto, julgue os itens subsequentes.

9.

A

partícula “se” ligada ao verbo “estabelece” (L.23) denota a

indeterminação do sujeito desta forma verbal.

10.

Nas linhas 8 e 28, as ocorrências do vocábulo “desde” introduzem circunstâncias temporais.

11.

A expressão “politicamente neutro e desprovido de normatividade” (L.26-27) caracteriza o termo “um desenvolvimento econômico e social” (L.25).

12.

Se a expressão “As relações” (L.1) passasse para o singular,

forma verbal “mantêm” (L.2) deveria, em concordância a esse termo, ser substituída por mantém.

a

13.

Seria

mantida a correção gramatical do texto caso se

substituísse a forma verbal “conformando” (L.6) por configurando.

14.

Sem prejuízo para a correção gramatical ou para o sentido original do texto, a expressão “no qual” (L.11) poderia ser substituída pelo pronome onde.

15.

Na linha 11, a retirada da vírgula logo após a expressão “no qual” acarretaria prejuízo gramatical ao texto.

Redação Oficial

16.

E-mail, telegrama e fax são considerados formas de comunicação eficientes, rápidas e baratas para transmissão de documentos oficiais.

17.

Em ofício dirigido ao Advogado-Geral da União, deve-se empregar o pronome de tratamento Vossa Excelência.

18.

A

estrutura da exposição de motivos de caráter meramente

informativo segue o modelo do padrão ofício.

||120 _01N581781||

19.

A

comunicação de veto a projeto de lei pelo presidente da

República ao presidente do Senado Federal deve ser realizada por meio de mensagem.

20.

O

princípio da impessoalidade é garantido pelo emprego de

pronomes de tratamento e da linguagem padrão em documentos oficiais.

Raciocínio Lógico Matemático

21.

em documentos oficiais. Raciocínio Lógico Matemático 21. Considerando as informações da tabela acima. que traz

Considerando as informações da tabela acima. que traz dados da previdência social no Brasil em 2001, julgue o item.

Em 2001, o "total da arrecadação sobre a folha de salários" precisaria ter sido aumentado em mais de 20% para que fosse suficiente para cobrir todas as despesas com benefícios previdenciários.

22.

todas as despesas com benefícios previdenciários. 22. Considere que, a fim de avaliar despesas com salários

Considere que, a fim de avaliar despesas com salários do pessoal lotado em órgãos do Poder Executivo, determinada secretaria de fazenda decidiu fazer um levantamento em quatro órgãos em relação ao mês de agosto de 2009. Os dados observados estão apresentados na tabela acima.

Com base nessas informações, julgue o próximo item.

O pessoal com cargo comissionado no órgão D representa

menos de 40% do total do pessoal lotado nesse órgão.

23.

A

frase “O perdão e a generosidade são provas de um

coração amoroso” estará corretamente representada na

forma P Q, em que P e Q sejam proposições lógicas convenientemente escolhidas.

24.

As proposições ((P Q)) S e (PS) (QS) possuem tabelas de valorações iguais.

25.

Para o conjunto Ω = {1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10}, se A for um subconjunto de Ω, indique por S(A) a soma dos elementos de A e considere S(Ø) = 0. Nesse sentido, julgue o item a seguir.

Se A e B forem subconjuntos de Ω, tais que A B, então 0 <

S(A) < S(B) < 55.

26.

A respeito das auditorias realizadas pelos auditores A1, A2 e

A3

de um tribunal de contas, concluiu-se que:

 

• A1 realizou 70 auditorias;

 

• A3 realizou 75 auditorias;

• A1 e A3 realizaram, juntos, 55 auditorias;

 

• A2 e A3 realizaram, juntos, 30 auditorias;

• A1 e A2 realizaram, juntos, 20 auditorias;

• das auditorias que não foram realizadas por A1, somente

18

foram realizadas por A2;

 

A1, A2 e A3 realizaram, juntos, 15 auditorias.

 

Com base nessas informações, julgue o item a seguir.

23

auditorias não foram realizadas por A1.

 

27.

Em uma página da Polícia Federal, na Internet, é possível denunciar crimes contra os direitos humanos. Esses crimes incluem o tráfico de pessoas aliciamento de homens, mulheres e crianças para exploração sexual e a pornografia infantil envolvimento de menores de 18 anos de idade em atividades sexuais explícitas, reais ou simuladas, ou exibição dos órgãos genitais do menor para fins sexuais.

Com referência a essa situação hipotética e considerando que, após a análise de 100 denúncias, tenha-se constatado que 30 delas se enquadravam como tráfico de pessoas e como pornografia infantil; outras 30 não se enquadravam em nenhum desses dois crimes e que, em relação a 60 dessas denúncias, havia apenas a certeza de que se tratava de pornografia infantil, julgue o item subsequente,

Os

crimes de tráfico de pessoas foram mais denunciados que

os

de pornografia infantil.

 

28.

 

P

Q

R

S

 

V

V

V

 

V

V

F

 

V

F

V

 

V

F

F

 

F

V

V

 

F

V

F

 

F

F

V

 

F

F

F

 
 

A

tabela acima corresponde ao início da construção da

tabela-verdade da proposição S, composta das proposições simples P, Q e R. Julgue o item seguinte a respeito da tabela-

verdade de S.

Se S = (PQ) R, então, na última coluna da tabela-verdade

de S, aparecerão, de cima para baixo e na ordem em que aparecem, os seguintes elementos: V, F, V, V, F, V, F e V.

||120 _01N581781||

Rascunho

Ética

29. Acerca de ética no serviço público, julgue o item a seguir.

Um servidor público que tenha seu nome vinculado a qualquer atividade empresarial pode incorrer em falta ética.

30. Acerca de ética no serviço público, julgue o item a seguir.

Estimular a observância do Código de Ética do Serviço Público é um dever de todo e qualquer servidor público.

Lei 8.112

31. Suponha que um servidor público apresente ao setor de recursos humanos do órgão em que seja lotado atestado médico particular para comprovar que seu pai é portador de doença grave e informar que necessita assisti-lo durante a realização de tratamento em cidade distante do local de trabalho. Nesse caso, o referido servidor fará jus a licença por motivo de doença.

32. O servidor público que faltar ao serviço injustificadamente estará sujeito à pena de censura, aplicável pela comissão de ética, mas não à perda da remuneração do dia não trabalhado.

Direito Constitucional

Levando em consideração as normas que regem os remédios constitucionais, bem como o posicionamento doutrinário e jurisprudencial, julgue as assertivas abaixo.

33. João, aprovado no concurso da polícia federal, dirigiu-se ao Tribunal Regional Federal com o fim de obter certidão negativa criminal, documento este, exigido pelo órgão para que o mesmo tome posse no cargo de agente de polícia. Ao receber a certidão, João percebeu que o conteúdo abordava informações previdenciárias, diferentemente das informações solicitadas. Diante dessa situação, caso a funcionária do tribunal se recuse a retificar a certidão, João poderá impetrar um Habeas Data, remédio constitucional ideal para proteger o direito em tela.

34. No julgamento dos mandados de injunção de sua competência, o Supremo Tribunal Federal tem adotado a teoria concretista geral em todos os seus julgados, ou seja, ele julga o mandado de injunção e concede efeito concreto entre as partes.

Acerca dos direitos fundamentais, julgue as assertivas abaixo levando em consideração as normas constitucionais e a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal:

35. Um oficial de justiça só poderá entrar na casa de um indivíduo para cumprir determinação judicial, com seu consentimento, se for durante o dia.

36. Um

sub-tenente

da

brasileiro nato.

Marinha

obrigatoriamente

deve

ser

Acerca das regras constitucionais que regem a administração pública, julgue os itens a seguir:

||120 _01N581781||

37.

Segundo a Constituição Federal, é vedada a acumulação remunerada de cargos públicos, exceto, quando houver compatibilidade de horários no caso de dois cargos de médico veterinário.

38.

Os

vencimentos dos cargos do Poder Legislativo e do Poder

Judiciário não poderão ser superiores aos pagos pelo Poder Executivo.

Direito Administrativo

Acerca do direito administrativo, julgue os tens a seguir.

39.

As pessoas jurídicas de direito privado integrantes da administração indireta não podem participar da composição do capital de empresas públicas, já que o capital dessas empresas é inteiramente público.

40.

Constitui hipótese de caducidade a retomada do serviço público pelo poder concedente, durante o prazo da concessão, por motivo de interesse público, mediante lei autorizadora específica e após prévio pagamento da indenização.

41.

O

servidor público que lesionar o patrimônio público deve

ressarcir integralmente o dano, ainda que sua ação ou omissão seja culposa.

42.

Ocorre autotutela quando um ministério exerce controle sobre um órgão da administração indireta.

43.

Imperatividade e autoexecutoriedade são características do ato administrativo. A imperatividade diz respeito à execução do ato administrativo pela própria administração, dispensando-se a intervenção judicial; a autoexecutoriedade, por sua vez, significa que os atos administrativos se impõem a terceiros independentemente de sua concordância.

Informática

44.

Uma das características dos sistemas operacionais Windows é

a

possibilidade de se criar, no mesmo diretório, vários

arquivos com o mesmo nome, porém com diferenciação de letras maiúsculas e minúsculas na composição dos nomes.

45.

O

Google Chrome é uma ferramenta de busca avançada por

informações contidas em sítios web desenvolvida pela Google

e

disponibilizada aos usuários da Internet. Uma das

vantagens do Google Chrome em relação a outras ferramentas de busca é a garantia de confiabilidade dos sítios indicados como resultado das buscas realizadas com a

ferramenta.

46.

Em relação aos conceitos e recursos de internet, é correto afirmar que: cada Website possui um endereço eletrônico, conhecido como URL (Uniform Resource Location).

47.

No Microsoft Outlook Express é possível realizar configuração para ler emails em mais de um provedor. Todavia, novas mensagens, recebidas após essa configuração, ficam necessariamente misturadas na pasta denominada caixa de entrada dos referidos servidores.

48.

Analise o trecho de uma planilha LibreOffice Calc 4.2 mostrado a seguir.

de uma planilha LibreOffice Calc 4.2 mostrado a seguir. Sabendo-se que a célula C1 foi selecionada,

Sabendo-se que a célula C1 foi selecionada, copiada e colada

sobre as células C2 e C3, é correto concluir que a fórmula da

célula C1 é:

=A$1*B1

49.

A

contagem dos caracteres digitados (incluindo-se os espaços

entre estes) em um documento elaborado no Writer é possibilitada por uma das opções do menu Ferramentas.

50.

Numa Intranet para evitar a intrusão de agentes mal intencionados, é necessária utilização de um firewall, equipamento de hardware que compartilha recursos com outros aplicativos, que impede e bloqueia todos os acessos indevidos.

Direito Previdenciário

51.

A

Previdência Social rege-se, entre outros, pelos princípios da

universalidade de participação benefícios e uniformidade e

equivalência dos benefícios e serviços às populações urbanas

e

rurais.

52.

O princípio da irredutibilidade do valor dos benefícios de forma a preservar-lhes o poder aquisitivo, constante no artigo 2º da Lei 8213/91 tem por objetivo a preservação do valor real dos benefícios da seguridade social.

53.

Um dos princípios da previdência social é o caráter democrático e descentralizado da gestão administrativa, com

a

participação do governo e da comunidade, em especial de

trabalhadores em atividade, empregadores e aposentado, tal

participação será efetivada a nível federal, estadual, municipal e distrital.

54.

O Conselho Nacional de Previdência Social–CNPS, órgão superior de deliberação colegiada, tem como membros, seis representantes do Governo Federal, nove representantes da sociedade civil, sendo três representantes dos aposentados e pensionistas, três representantes dos trabalhadores em atividade, três representantes dos empregadores.

55.

Os membros do CNPS e seus respectivos suplentes serão nomeados pelo Presidente da República, tendo os representantes titulares da sociedade civil mandato de 2 (dois) anos, podendo ser reconduzidos, de imediato, uma única vez.

56.

As nomeações e indicações dos representantes dos trabalhadores em atividade, dos aposentados, dos empregadores e seus respectivos suplentes serão feitas pelas centrais sindicais e confederações nacionais.

57.

De acordo com Lei 8.213/91 a Previdência Social compreende

Regime Geral de Previdência Social e o Regime Facultativo Complementar de Previdência Social.

o

58.

O Regime Geral de Previdência Social - RGPS garante a cobertura das situações de desemprego involuntário, velhice, incapacidade, idade avançada, tempo de serviço, encargos familiares e prisão ou morte daqueles de quem dependiam economicamente.

||120 _01N581781||

59.

Os beneficiários do Regime Geral de Previdência Social classificam-se como segurados e dependentes, devendo ocorrer a contribuição de ambos para se ter direitos aos benefícios e serviços previdenciários.

60.

São considerados segurados obrigatórios do RGPS na qualidade de empregado aquele que, contratado por empresa de trabalho temporário, definida em legislação específica, presta serviço para atender a necessidade transitória de substituição de pessoal regular e permanente ou a acréscimo extraordinário de serviços de outras empresas.

61.

De acordo com a Lei 8213/91 o brasileiro ou o estrangeiro domiciliado e contratado no Brasil para trabalhar como empregado em sucursal ou agência de empresa nacional no exterior é classificado, para fins previdenciários, como segurado contribuinte individual.

62.

Conforme determinado em legislação previdenciária, tanto o brasileiro civil que trabalha para a União, no exterior, em organismos oficiais brasileiros ou internacionais dos quais o Brasil seja membro efetivo, ainda que lá domiciliado e contratado e aquele que presta serviço no Brasil a missão

diplomática ou a repartição consular de carreira estrangeira e

a

órgãos a elas subordinados, ou a membros dessas missões

repartições, são classificados como empregados para fins previdenciários.

e

63.

Zico, servidor público do município de Pérola do Oeste, sem vínculo efetivo com município, foi convidado para assumir a Secretaria de Administração, desta forma Zico, pelo fato de fazer parte da Administração pública Direta irá contribuir junto ao Regime Próprio daquele Município.

64.

Zica, servidora pública, ocupante de cargo efetivo do município de Giruá, interior do Rio Grande do Sul, o qual não tem RPPS, deverá contribuir no Regime próprio do Estado.

65.

Zico e Zica são vereadores da cidade de Santa Rosa/RS, contudo, Zico, antes de eleger-se era comerciário contribuindo no RGPS como contribuinte individual e Zica era dona de casa, não contribuía para qualquer regime. Agora sendo vereadores irão contribuir no regime geral de previdência social na condição de empregados.

66.

É

classificado como empregado doméstico aquele que presta

serviço de natureza contínua ou não a pessoa ou família, no âmbito residencial desta, em atividades sem fins lucrativos.

67.

Zica, trabalha na casa de seu Zico, dois dias por semana, sendo os dias e horários fixos, a atividade desempenhada não tem finalidade lucrativa, desta forma, para fins previdenciários, obrigatoriamente Zica classificar-se-á como segurada empregada doméstica.

68.

Zico tem uma pequena propriedade rural no interior de Entre Ijuis, a atividade é desenvolvida por ele e sua família, tendo tão somente um empregado que ajuda nas atividades e tem sua CTPS assinada por 150 dias no ano. Zico e toda a sua família são classificados como segurados especiais.

69.

Franco, morador da cidade de Entre-Ijui, é classificado como contribuinte individual, pelo fato de ser proprietário e explorar atividade agropecuária, em caráter temporário, em área superior a 4 módulos fiscais.

70.

Um ministro de confissão religiosa, que desenvolve suas atividades em uma igreja, é considerado um contribuinte individual, tendo ganho fixo ou variável de acordo com a produção.

71. Zicádio, brasileiro, domiciliado no exterior, foi contratado para trabalhar na Alemanha em um organismo oficial internacional do qual o Brasil é membro efetivo. Neste caso, Zicádio poderá contribuir no RGPS na condição de contribuinte individual.

72. Professor Jhony é sindico e morador do condomínio Focaliza, não recebe qualquer valor pelo desempenho da atividade, mas é isento de taxa condominial, devendo desta forma contribuir ao RPPS na condição de contribuinte individual.

73. Segurado que trabalha no meio rural, desenvolvendo atividades na agricultura, sem vinculação de emprego, deve contribuir ao RGPS na condição de trabalhador avulso.

74. Segurado, que trabalha em determinado local exposto a ruídos, utilizando Equipamento de Proteção Individual (EPI), ainda que elimine a insalubridade, no caso de exposição a ruído, não descaracterizará o tempo de serviço especial prestado.

75. Mario garimpeiro tem empregados permanente explora área de quatro módulos fiscais. Neste caso terá direito a se aposentar por idade com benefício de cinco anos a menos.

76. Ziquinho, foi até o INSS requerer concessão de aposentadoria rural por idade, entretanto, não conseguiu o início de prova material que corresponda a todo o período equivalente à carência do benefício, mesmo assim, Ziquinho terá direito ao benefício.

77. A TNU, determina na súmula 22 que “Se a prova pericial realizada em juízo dá conta de que a incapacidade já existia na data do requerimento administrativo, esta é o termo inicial do benefício assistencial. ”

78. O tempo de serviço do segurado trabalhador rural anterior ao advento da Lei nº 8.213/91, sem o recolhimento de contribuições previdenciárias, pode ser considerado para a concessão de benefício previdenciário do Regime Geral de Previdência Social (RGPS), exceto para efeito de carência, conforme a regra do art. 55, §2º, da Lei nº 8.213/91.

79. Professor Araújo trabalhou durante 35 anos de sua vida e requereu a aposentadoria por tempo de contribuição. Passado algum tempo resolveu voltar ao mercado de trabalho, novamente na condição de professor, neste caso, tendo em vista ser aposentado pelo Regime Geral de Previdência Social–RGPS e ter voltado a exercer atividade abrangida por este Regime, será segurado obrigatório em relação a essa atividade, ficando sujeito às contribuições previdenciárias com alíquota de 11% pelo fato de já ter um benefício.

80. O aposentado pelo Regime Geral de Previdência Social–RGPS que estiver exercendo ou que voltar a exercer atividade abrangida por este Regime é segurado obrigatório em relação a essa atividade, ficando sujeito às contribuições de que trata a Lei nº 8.212, de 24 de julho de 1991, para fins de custeio da Seguridade Social, poderá, ao fim do exercício desta atividade, requerer administrativamente sua desaposentação, para que haja a soma dos períodos, devendo lhe ser concedido um novo valor de benefício.

81. Zico, segurado especial, começou a exercer o cargo de dirigente sindical na categoria de trabalhadores rurais, neste caso, ele manterá, durante o exercício do mandato eletivo, o mesmo enquadramento no Regime Geral de Previdência Social-RGPS de antes da investidura.

||120 _01N581781||

82.

De acordo com expressa previsão contida na Lei 8.213/91,

não é segurado especial o membro de grupo familiar que possuir outra fonte de rendimento, exceto se decorrente de benefício de pensão por morte, auxílio-acidente, auxílio- reclusão ou aposentadoria por invalidez cujo valor não supere

do menor benefício de prestação continuada da Previdência Social.

o

83.

João é segurado especial e foi convidado para participar de um plano de previdência complementar instituído por entidade classista na qual é associado em razão de sua condição de produtor rural em regime de economia familiar. João não aceitou a referida proposta pelo fato de que tal participação acabaria descaracterizando sua condição de segurado especial.

84.

Zileno, pequeno produtor rural já com seus 59 anos de idade, foi convidado por seu primo Roni para ir a uma reunião no ginásio da comunidade, sendo lá convidado a fazer parte de uma associação em cooperativa agropecuária, tendo aceitado. Passados alguns dias recebeu uma ligação de uma associação de crédito rural querendo saber de seu interesse de associação. No presente caso concreto, tanto a associação em cooperativa agropecuária ou de crédito rural, não descaracterizará a condição de segurado especial de Zileno.

85.

O princípio da uniformidade e equivalência dos benefícios e serviços às populações urbanas e rurais significa que idênticas prestações devem ser asseguradas aos segmentos populacionais urbanos e rurais.

86.

Ziraldo tem uma pequena lavoura e exerce sua atividade rural apenas com o auxílio da família. Dos seus filhos, Joel Gomes, trabalha todas as manhas ao lado de seu pai e no período da tarde arrumou um emprego que terá a duração de 90 dias. Nessa situação, Zilrado e toda a sua família são segurados especiais da previdência social.

87.

Meny, trabalhou 17 anos como empregado, pediu demissão e foi morar no sítio e nunca mais contribuiu para com a previdência social. Passados 10 anos, Meny completou 68 anos de idade e por uma fatalidade veio a óbito. Sua esposa Julia de 23 anos de idade, casada já há 2 anos, foi até o INSS requerer o benefício pensão por morte tendo lhe sido deferido. Neste caso, Julia receberá o benefício por um período de 4 meses.

88.

Maycon trabalhou 17 anos como empregado, pediu demissão

e

foi morar no sítio e nunca mais contribuiu para com a

previdência social. Passados 10 anos, Maycon completou 68 anos de idade e por uma fatalidade veio a óbito. Sua esposa

Gema de 23 anos de idade, casada já há 2 anos, Foi até o INSS requerer o benefício pensão por morte tendo lhe sido deferido, e receberá por um período de 10 anos.

89.

A

perda da qualidade de segurado não prejudica o direito à

aposentadoria para cuja concessão tenham sido preenchidos todos os requisitos, segundo a legislação em vigor à época em que estes requisitos foram atendidos, exceto a aposentadoria do segurado especial, o qual não é obrigado a contribuir.

90.

Ocorrida a perda da qualidade de segurado é possível o ex- segurado filiar-se novamente a previdência e ter o tempo anterior computado para fins de carência independente de atingido o terço exigido na Lei 8213/91.

91.

Havendo perda da qualidade de segurado, as contribuições anteriores a essa data só serão computadas para efeito de

carência depois que o segurado contar, a partir da nova filiação à Previdência Social, com, no mínimo, 1/3 (um terço) do número de contribuições exigidas para o cumprimento da carência definida para o benefício a ser requerido .

92.

De acordo com a Lei 8213/91 em seu artigo 16 que trata dos dependentes, é considerado dependente de primeira classe o tutelado, havendo presunção de dependência econômica dele para com o segurado.

93.

Leonardo com 14 anos de idade foi contratado na empresa de seu José como aprendiz. Ele estuda na parte da manhã e pela tarde cumpre seu horário de trabalho. Seu José preparou toda a documentação de Leonardo para fazer a sua inscrição junto ao INSS e começar a recolher os encargos previdenciários, classificando Leonardo, para fins previdenciários, como segurado empregado.

94.

Leonardo com 14 anos de idade foi contratado na empresa de seu José como aprendiz. Ele estuda na parte da manhã e pela tarde cumpre seu horário de trabalho. Seu José preparou toda a documentação de Leonardo para fazer a sua inscrição junto ao INSS e começar a recolher os encargos previdenciários, classificando Leonardo, para fins previdenciários, como segurado empregado, mas para que tal período conte como tempo contributivo e até para fins de carência deverá recolher a diferença 6% de contribuição social sobre o seu salário de contribuição.

95.

Pão Doce, entidade da administração pública indireta, foi fazer a contratação de alguns trabalhadores para um período determinado de 3 meses. Neste caso específico a entidade é classificada, para fins de recolhimento previdenciário, como uma equiparada a empresa.

96.

Papito desempregado saiu de sua terra natal e foi até a Brasília procurar emprego e acabou sendo indicado para trabalhar em uma missão diplomática de carreira estrangeira, a qual, para fins de recolhimento de encargos previdenciários estará enquadrada como empresa.

97.

De acordo com o artigo 14 da Lei 8.213/91 é considerada empresa a firma individual ou sociedade que assume o risco de atividade econômica urbana ou rural, com fins lucrativos ou não, bem como os órgãos e entidades da administração pública direta, indireta ou fundacional.

98.

Professor Pablo exacerbado de tantas atividades necessitou contratar uma secretária para lhe ajudar na organização de sua agenda e trabalhos. A atividade da secretária é realizada na casa do professor, ou seja, no ambiente familiar, logo, a secretária e classificada para fins de recolhimento de encargos previdenciários como empregada doméstica e o professor Pablo equiparado a empresa.

99.

As leis que criam ou modificam contribuições sociais destinadas ao custeio da seguridade social entram em vigor apenas nos anos seguintes àqueles em que foram sancionadas.

100.

Zico empregado da empresa Américas Ltda, na função de gerente do departamento de enlatados, resolveu fazer um financimento para construir sua casa. Fez o projeto da casa, procurou os melhores pedreiros e iniciou a obra. Zico, quer fazer tudo corretamente, desta forma, deverá assinar a CTPS dos pedreiros e fazer o recolhimento das contribuições sociais, devendo Zico ser considerado empresa em relação a aqueles que lhe estão prestando serviço.

||120 _01N581781||

101. Emanuel, caminhoneiro a mais de 25 anos, é casado com Mindaura, não tem filhos, mas mora junto com eles o Pai de Emanuel, seu Maneco, já com 73 anos, o qual dependente

economicamente do filho. Emanuel sofreu um acidente e veio

a óbito. Mindaura e seu sogro fizeram o pedido

administrativo de pensão por morte, sendo negado ao senhor Maneco. O sogro de Mindaura somente teria direito ao benefício caso não existisse dependente de primeira classe ou se Mindaura renunciasse ao benefício.

102. Maria, costureira de mão cheia, trabalhou em uma empresa por mais de 13 anos consecutivos, vindo a ser dispensada sem justa causa. Encaminhou a documentação de seguro

desemprego e foi viajar para a casa dos parentes no interior

de Roraima, cidade de Cujubim, e lá encontrou Zé, com

quem cassou e lá permaneceu por 2 anos de 2 meses, teve um filho, Emanuel e retornou para sua cidade lá permanecendo mais 15 meses e faleceu. A Família de Maria terá direito a encaminhar a pensão por morte pelo fato de ainda estar na manutenção da qualidade de segurada.

103. A manutenção da qualidade de segurado é o período pelo

qual o segurado não contribui e permanece com a qualidade

de segurado, e caso, neste período ocorra qualquer evento e

venha necessitar de benefício poderá fazer o requerimento que lhe será concedido até mesmo aposentadoria por invalidez e salário família.

104. A perda da qualidade de segurado ocorrerá no dia seguinte

ao do término do prazo fixado no Plano de Custeio da

Seguridade Social para recolhimento da contribuição referente ao mês imediatamente posterior ao do final dos prazos fixados no artigo 15 da Lei 8213/91.

105. Caso Zica seja dispensada no 15/01/2016, o prazo de manutenção da qualidade se segurada, só terá inicio no dia

16/02/2015.

106. Juca Bala, cumpriu sua pena na penitenciária federal de Catanduvas, sendo solto no dia 13/06/2015, passando a partir de então procurar emprego, mas sem muito êxito. Enquanto isso, Juca por ter sido segurado antes de ser preso, está usufruindo do período de manutenção da qualidade de segurado, tendo como último dia para recolhimento, para não perder a condição de segurado, 15/07/2016.

107. Maria das Dores, segurada facultativa, deixou de cumprir com o recolhimento de suas contribuições sociais e 1 dia antes de expirar os 6 meses de manutenção da qualidade de segurada veio a óbito. Seu Zico, esposo, transtornado com a situação aguardou 2 meses para procurar o INSS e fazer o requerimento de pensão por morte. No caso, o requerimento será deferido, tendo em vista que o fato gerador do benefício se originou na constância do período da graça.

108. Maria das Dores, segurada facultativa, deixou de cumprir com o recolhimento de suas contribuições sociais e 1 dia antes de expirar os 6 meses de manutenção da qualidade de segurada veio a óbito. Seu Zico, esposo, transtornado com a situação aguardou 2 meses para procurar o INSS e fazer o requerimento de pensão por morte. No caso, o requerimento será indeferido, tendo em vista que foi feito após o transcurso do período da graça.

109. De acordo com o entendimento do STJ, o registro no

Ministério do trabalho, não deve ser tido como o único meio

de prova da condição de desemprega, bastando estar a CTPS

sem anotação.

110. Darinês, casado com Madalena, ambos são segurados do RGPS. Divorciaram-se tendo cada um constituído novos relacionamentos. Três anos depois ao divórcio Darinês e Madalena recomeçaram um novo relacionamento, o qual durou pouco mais de 1 ano, tendo Madalena vindo a óbito. Neste caso Darinês não terá direito ao benefício pelo fato de estar divorciado de Madalena sem o direito a pensão alimentícia.

111. De acordo com a Lei 8213/91 em seu artigo 16 que trata dos dependentes, determina que estes deverão por si ou por seus representantes, fazer a sua inscrição e filiação junto ao RGPS, tendo em vista de tratar-se de um regime básico, de filiação obrigatória.

112. Mario, professor de uma escola privada, tem um filho de 3 anos de idade deficiente mental o qual necessita de cuidados permanentes. Caso Mario venha a falecer, seu filho terá direito a receber pensão por morte tão somente até completar 21 anos de idade.

113. Zeneide tem 20 anos de idade, é filha de Milani, segurada contribuinte individual. Ao nascer Milani descobriu que sua filha era portadora de uma doença que lhe afetava a parte intelectual e que não tinha cura. Passado 3 anos Milani faleceu e sua filha, acompanhada de seus responsáveis, foi até o INSS para fazer o requerimento de pensão por morte, tendo lhe sido deferido pelo fato de necessitar comprovar através de sentença judicial que tinha incapacidade mental ou intelecutal. A resposta da autarquia está correto.

114. Bruno segurado facultativo do RGPS foi preso, condenado a cinco anos de reclusão. Após o seu livramento permanecerá na manutenção da qualidade de segurado por um período de seis meses.

115. Zica, casada com Zico a 12 anos, separaram-se, tendo Zico ido morar em outra cidade. Passado 6 meses, Zica veio a óbito, tendo o pessoal da empresa na qual trabalha lhe feito uma bonita homenagem. Dois meses após o óbito, Zico foi até o INSS fazer o requerimento de pensão por morte. Pelo fato de não ter ocorrido o divórcio, Zico terá direito a pensão por morte.

116. Gervásio 47 anos de idade, empregado da empresa Pena Branca Empreendimentos Ltda a 19 anos, está casado com Jica a 23 anos, tendo ela 43 anos de idade. Juntos tem 2 filhos, Mario de 23 anos de idade, o qual sofreu acidente quando tinha 22 anos e ficou inválido, e Manoel com 13 anos de idade. Gervásio tem um filho, Pedro, de uma relação extraconjugal com Gema, este filho tem 21 anos mas casou- se com 16 anos de idade e um mês após ficou inválido. Gema, também tem um filho que é só seu, de 14 anos, o qual o pai lhe paga uma pensão alimentícia.

Em análise ao exposto, caso Gervásio venha a óbito, todos os seus filhos terão direito a pensão por morte.

117. Gervásio 47 anos de idade, empregado da empresa Pena Branca Empreendimentos Ltda a 19 anos, está casado com Jica a 23 anos, tendo ela 43 anos de idade. Juntos tem 2 filhos, Mario de 23 anos de idade, o qual sofreu acidente quando tinha 22 anos e ficou inválido, e Manoel com 13 anos de idade. Gervásio tem um filho, Pedro, de uma relação extraconjugal com Gema, este filho tem 21 anos mas casou- se com 16 anos de idade e um mês após ficou inválido. Gema, também tem um filho que é só seu, de 14 anos, o qual o pai lhe paga uma pensão alimentícia.

||120 _01N581781||

Em análise ao exposto, caso Gervásio venha a óbito, o filho Pedro terá direito a pensão por morte.

118. Gervásio 47 anos de idade, empregado da empresa Pena Branca Empreendimentos Ltda a 19 anos, está casado com Jica a 23 anos, tendo ela 43 anos de idade. Juntos tem 2 filhos, Mario de 23 anos de idade, o qual sofreu acidente quando tinha 22 anos e ficou inválido, e Manoel com 13 anos de idade. Gervásio tem um filho, Pedro, de uma relação extraconjugal com Gema, este filho tem 21 anos mas casou- se com 16 anos de idade e um mês após ficou inválido. Gema, também tem um filho que é só seu, de 14 anos, o qual o pai lhe paga uma pensão alimentícia.

Em análise ao exposto, caso Gervásio venha a óbito, sua esposa receberá benefício de forma vitalícia.

119. O CNPS reunir-se-á, ordinariamente, uma vez por mês, por convocação de seu Presidente, não podendo ser adiada a reunião por mais de 20 dias devendo haver requerimento nesse sentido da maioria dos conselheiros.

120. Jerusa, Samuel e Linda, todos segurados do RGPS. O primeiro na condição de contribuinte individual, com 12 anos de contribuição previdenciária, o outro na qualidade de empregado da mesma empresa a 15 anos e Linda como empregada doméstica com 6 anos de contribuição previdenciária. Todos, por motivos diferentes, deixaram de exercer atividade remunerada. Jerusa, está a procura de emprego já a 6 meses, mas continua desempregada bem como Linda. Nesta situação hipotética, a primeira segurada poderá permanecer na manutenção da qualidade de segurada por período de 36 meses e Samuel e Linda por 24 meses no máximo.

GGABARITO DDO AALUNO

01

21

41 61

81

101

02

22

42 62

82

102

03

23

43 63

83

103

04

24

44 64

84

104

05

25

45 65

85

105

06

26

46 66

86

106

07

27

47 67

87

107

08

28

48 68

88

108

09

29

49 69

89

109

10

30

50 70

90

110

11

31

51 71

91

111

12

32

52 72

92

112

13

33

53 73

93

113

14

34

54 74

94

114

15

35

55 75

95

115

16

36

56 76

96

116

17

37

57 77

97

117

18

38

58 78

98

118

19

39

59 79

99

119

20

40

60 80

100

120