Sie sind auf Seite 1von 13

Semiologia e o modelo

lingustico: Saussure

AULA 02

COMUNICAO E SEMITICA
Prof. Marcus Dickson

COMUNICAO E SEMITICA

PRA NO ESQUECER DA AULA ANTERIOR: SIGNO

um estmulo isto , uma substncia

sensvel cuja imagem mental est


associada no nosso esprito de um outro
estmulo que ele tem por funo evocar
com vista a uma comunicao.
Pierre Guiraud

COMUNICAO E SEMITICA

ADORO NOMES,
NOMES DE NOMES

SEMIOLOGIA

COMUNICAO E SEMITICA

ADORO NOMES,
NOMES DE NOMES

LINGUAGEM
LINGUA

COMUNICAO E SEMITICA

ADORO NOMES,
NOMES DE NOMES

Para Saussure, o signo lingustico une no


uma coisa a uma palavra, mas um conceito e
uma imagem acstica, que a representao
material da prpria palavra, registrada em
nossa mente.

COMUNICAO E SEMITICA

COMUNICAO E SEMITICA

SIGNIFICADO
SIGNIFICANTE

COMUNICAO E SEMITICA

SIGNIFICADO

O MAIOR DO
NORTE
SIGNIFICANTE

COMUNICAO E SEMITICA
CONCEITO
OBJETIVO DO
SIGNO

DENOTAO
CONOTAO
IDEIA SUBJETIVA
DO SIGNO

COMUNICAO E SEMITICA
Cada indivduo , antes de tudo, um sujeito social,
submetido s leis da evoluo histrica. A realidade
lingustica e as prticas significantes, lembra-nos, assim, que

o sujeito falante e o sujeito significante s podem inserir-se


nas estruturas que esto sua disposio.

COMUNICAO E SEMITICA

A semiologia estuda

"a vida dos signos no seio da vida social".


(SAUSSURE, 1975, p.24)

FUNDAMENTOS DO CAMPO PROFISSIONAL


AS PRINCIPAIS CARACTERSTICAS DO SIGNO SAUSSUREANO

1. ARBITRARIEDADE;
2. LINEARIDADE DO SIGNIFICANTE;
3. IMUTABILIDADE;
4. MUTABILIDADE.

COMUNICAO E SEMITICA
A DICOTOMIA SAUSURREANA

LINGUA
FALA
O QUE IMPORTA PARA OS ESTRUTURALISTAS
O ESTUDO DO SISTEMA