Sie sind auf Seite 1von 11

29/09/2016

Laser

Origem:Wikipédia,aenciclopédialivre.

Laser–Wikipédia,aenciclopédialivre

Laseroulêiser [1][2][3] (dasiglaeminglêsparalightamplificationbystimulated emissionofradiation,ouseja,amplificaçãodaluzporemissãoestimuladaderadiação) éumdispositivoqueproduzradiaçãoeletromagnéticacomcaracterísticasmuito especiais:elaémonocromática(possuicomprimentodeondamuitobemdefinido), coerente(todososfótonsquecompõemofeixeemitidoestãoemfase)ecolimada (propaga­secomoumfeixedeondaspraticamenteparalelas).

Índice

HistóricoÍndice Funcionamento Tiposde laser Utilizaçõesdo laser Termosdesegurançado laser Propriedadesdo laser

FuncionamentoÍndice Histórico Tiposde laser Utilizaçõesdo laser Termosdesegurançado laser Propriedadesdo laser

Tiposdelaser laser

Utilizaçõesdolaser laser

Termosdesegurançadolaser laser

Propriedadesdolaser laser

Exemplosemtermosdepotêncialaser Termosdesegurançado laser Propriedadesdo laser Vertambém Referências 1 2 3 4 5 6 7 8 9

Vertambémlaser Propriedadesdo laser Exemplosemtermosdepotência Referências 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Ligaçõesexternas

Referênciaslaser Propriedadesdo laser Exemplosemtermosdepotência Vertambém 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Ligaçõesexternas

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10 LigaçõesexternasTermosdesegurançado laser Propriedadesdo laser Exemplosemtermosdepotência Vertambém Referências 1 2 3 4 5 6 7 8 9

Lêiseres dediferentescores

Lêiseresdediferentescores

29/09/2016

Laser–Wikipédia,aenciclopédialivre

Histórico

Em1905,AlbertEinsteincomoauxíliodotrabalhodeMaxPlanck,postulouquealuzé

formadaporpacotesdiscretosebemdeterminadosdeenergiadenominadosquantade luz,masforamchamadosdefótons,termocunhadoporGilbertN.Lewis. [4]

Demonstraçãodeumlaserno laboratórioKastler­Brossel

Demonstraçãodeumlaserno

laboratórioKastler­Brossel

Em1913odinamarquêsNielsBohrapresentouseumodelodeátomo,ondeoselétrons

orbitamonúcleoemníveisbemdeterminados,sendoquesópodem"saltar"deumnível

paraoutrosereceberemouemitiremfótonscomaquantidadedeenergia(quepodeser

expressapeloseucomprimentodeonda)exata,exigidaparaosaltocompleto.

Em1925,ErwinSchrödingereWernerHeisenbergmodificaramaformadeseinterpretar

omodelodeátomodeBohr,postulandoqueoselétronssãopartículasqueapresentam

propriedadesdeondas,cujocomportamentopodesertotalmenteexplicadopelasfunções

deonda.TaisfunçõesforamdesenvolvidasporSchrödingerepreveemosdiferentes

níveisqueoelétronpodeassumirnoátomoeasexatasenergiasassociadas,isso

significaquecadatipodeterminadodeátomopodeserexcitadosempreemquantidadesbemdefinidasatravésdaabsorçãodeum

tipodeterminadodefótondecomprimentodeondaespecífico.

Em1953,CharlesHardTownes,JamesP.GordoneHerbertJ.Zeigerproduziamoprimeiromaser(microwaveamplification

throughstimulatedemissionofradiation),umdispositivosimilaraolaser,queproduzmicroondas,emvezdeluzvisível.Omaser deTownesnãotinhacapacidadedeemitirasondasdeformacontinua.NikolaiBasoveAleksanderProkhorov,daUniãoSoviética,

laureadosdoPrêmioNobelem1964,trabalharamdeformaindependente,emumosciladorquantumeresolveramoproblemada

emissãocontinua,utilizandoduasfontesdeenergia,comníveisdiferentes.

Em1959,GordonGouldpublicouotermoLASERnoartigo:TheLASER,LightAmplificationbyStimulatedEmissionof

Radiation [5][6] .AintençãolinguísticadeGoulderausarapalavra"­aser"comoumsufixoparadenotarcomprecisãooespectroda luzemitidapeloaparelhodelaser,destemodo:raios­X,Xaser,ultravioleta:uvaser.

29/09/2016

Laser–Wikipédia,aenciclopédialivre

Em1960,TheodoreHaroldMaimanproduzoprimeirolaser [7] ,umlaserdetrêsníveis,queutilizarubicomomeioativo [8] .Orubia

laserproduzluzpulsadanaordemdemilissegundoscomcomprimentodeondade694.3nm,queenxergamosvermelha.

Funcionamento

Oefeitofísicoportrásdofuncionamentodolaser:emdeterminadosmateriaisquandoemestadoinstáveldealtaenergia,se corretamenteestimulados,decaemsuaenergiaemitindofótonscoerentescomoestímulooriginal,cujasondasestãoemsincronia (emfase)entresi.Olaserdistinguedeoutrasfontesdeluzporsuacoerênciaespacialetemporal.Acoerênciaespacialé tipicamenteexpressaatravésdasaídadeumfeixeestreito,quepossuidifraçãolimitada,muitasvezeschamadode"feixedelápis". Coerênciatemporal(oulongitudinal)implicaumaondapolarizadaemumaúnicafrequência,cujafaseestácorrelacionadaauma distânciarelativamentegrande(ocomprimentodecoerência)aolongodofeixe. [9]

Einsteindescobriu,atravésdeconsideraçõesteóricas,quenãoapenasumelétronabsorveumfóton(apartículadeluz)incidentee

oreemiteaoacasoapóscertotempo(emissãoespontânea),masquetambémestemesmoelétrondevereemitirseufótonabsorvido

seumsegundofótoninteragecomele(emissãoestimulada).Ofótonreemitidotemomesmocomprimentodeondadofótonqueo

estimuloue,igualmenteimportante,temamesmafase.

Umlaserfuncionadesdequeseconsigaexcitarumnúmeromínimodeelétronsdedeterminadomaterialparaumníveldeenergia

superior,demodoaseobterumainversãodepopulação(quandoexistemmaiselétronsexcitadosdoqueelétronsnoestado

fundamental).Quandoissoocorre,estimulam­sealgunselétronsaemitiremseusfótons,oquevaiiniciarumefeitoemcascatade

modoqueofótonemitidoporumelétronestimulaoelétronseguinteaemitiroutrofótondeigualcomprimentodeondaefase,oque

vaiamplificandoaemissãodefeixesdeluzdecomprimentodeondadefinidoecoerente.

Paraquetudoissofuncione,entretanto,énecessáriaumarealimentação,ouseja,porcertotempomanterfótonsemitidos

estimuladamenteinteragindocomoutroselétrons.Issoéobtidocomumacavidadeóptica,umaregiãodoespaçoemqueseconfina

luzporalgumtempocomousodeespelhosaltamenterefletoreseconvenientementealinhadosquevãorefletindováriasvezesos

fótons.Numdosespelhosexisteumpequenoorifícioporondealgunsfótonsdepoisdemuitasvezesrefletidosconseguemsair

29/09/2016

Laser–Wikipédia,aenciclopédialivre

emitindoofeixecolimadodeluz.Hátambémoslaserssuperradiantes,comoolaserdenitrogênioealgunslasersdecoranteque

nãoprecisamdeespelhosparafuncionar.Entretanto,parasecompreenderperfeitamenteumlaser,faz­senecessárioousoda

Aluzgeradaporemissãoestimuladaémuitosemelhanteàdosinaldeentrada,emtermosdecomprimentodeonda,fasee polarização.Istodáaolaserasuacoerênciacaracterística,epermite­seamanutençãodapolarizaçãouniformee monocromaticidadeestabelecidapelaconcepçãodacavidadeóptica.Ofeixenacavidadeeofeixedesaídadolaser,quando viajamemespaçolivre(ouummeiohomogêneo)aoinvésdeguiasdeondas(comoumlaserdefibraóptica),podeseraproximado comoumfeixedeGauss,namaioriadoslaserstaisfeixesexibemadivergênciamínimaparaumdeterminadodiâmetro.Noentanto, algunslasersdealtapotênciapodemsermultimodo,comosmodostransversaismuitasvezesaproximadasutilizandoHermite­ GaussianoufunçõesdeLaguerre­Gauss.Temsidodemonstradoquealaserressonantesinstáveis(nãoutilizadonamaioriados lasers)produzemfeixesemformafractal [10] ,nasproximidadesdofeixede"cintura"(ouregiãofocal)éaltamentecolimada:as frentesdeondasãoplanar,perpendicularesàdireçãodepropagação,semdivergênciadofeixenaqueleponto.Noentanto,devidoà difração,quesópodepermanecerfielbemdentrodafaixadeRayleigh,Ofeixedeummodotransversalúnico(feixegaussiano), eventualmente,divergeemumânguloquevariainversamentecomodiâmetrodofeixe,conformeexigidopelateoriadedifração.

Assim,o"feixedelápis"geradodiretamenteporumlaserdehélio­neoncomumiriaespalhar­separaumtamanhodetalvez500

quilômetrosquandoapontadoparaLua(apartirdadistânciadaTerra).Poroutrolado,aluzdeumlasersemicondutornormalmente

saidominúsculocristalcomumagrandedivergência:até50°,noentanto,mesmotalfeixedivergentepodesertransformadoemum

feixecolimadodeformasemelhantepormeiodeumsistemadelentes,talcomoésempreincluídos,porexemplo,emumponteiro

laser,cujaluzoriginaapartirdeumdiodolaser.Issoépossíveldevidoàluzserdeumúnicomodoespacial.

Tiposdelaser

Lasersdegás degás

Lasersquímicos químicos

ExcimerlasersTiposde laser Lasers degás Lasers químicos Laserdeestadosólido DPSS DyeLaser(Laserdecorante)

29/09/2016

Laser–Wikipédia,aenciclopédialivre

Utilizaçõesdolaser

Porsuaspropriedadesespeciais,olaseréhojeutilizadonasmaisdiversasaplicações:médicas(cirurgias),naFisioterapiacomo

anti­inflamatório,regeneradoreanalgésico,industriais(cortarmetais,medirdistâncias),pesquisacientífica(pinçasópticas,

hidráulica,físicaatômica,ópticaquântica,resfriamentodenuvensatômicas,informaçãoquântica),comerciais(comunicaçãopor

fibrasópticas,leitoresdecódigosdebarras),nocampobélico(miraslasers)emesmotodososdiasemnossascasas(aparelhos

leitoresdeCD,DVDeBlu­Ray,laserpointerusadoemapresentaçõescomprojetores).

ÉproduzidopormateriaiscomooAl 2 O 3 monocristalino(chamadodesafiraquandorelativamentepuroerubiquandocontém

Cr 2 O 3 quelheconfereacorvermelhacaracterísticadevidoaosíonsdeCr 3+[11] ),misturadegasesnocasodohélioeneônio, dispositivosdeestadosólidocomoLaserDíodo,moléculasorgânicascomooslasersdecorante.

Nousoindustrial,olaserdeCO 2 (dióxidodecarbono)vemcadadiamaissendoutilizado,sendohojeessencial.Muitocompetitivo porserumprocessorápidoparaocorteesoldadediversosmateriaiscommuitaagilidadedevidoàsmaquinasqueutilizamolaser seremCNC.

Termosdesegurançadolaser

Normalmenteoslaserssãoetiquetadospelasuapotência,queidentificaoníveldeperigodolaser(observação:essassãoas

classesantigas)

ClasseI/1classesantigas)

Éperfeitamentesegura,normalmenteporquealuzécontidainternamenteemumdispositivo,porexemploCDplayers,ouporquea

potênciaémuitobaixa(0.1miliwatts)

ClasseII/2potênciaémuitobaixa(0.1miliwatts) https://pt.wikipedia.org/wiki/Laser 5/11

29/09/2016

Laser–Wikipédia,aenciclopédialivre

Oreflexodoolhohumano(aversão)previnedanoocular,anãoserqueapessoadeliberadamenteolheparaofeixeporumperíodo

prolongado.Essaclasseapenasincluiparalasersqueemitemluzvisível(até1miliwatt).

ClasseIIa/2a

ClasseIIa/2a

AregiãologonoiníciodaclasseII,ondeolaserprecisadepelomenos1000segundoscontínuosparacausaralgumdano

permanenteàretina.Scannersalasercomerciaisestãonessaclasse.

ClasseIIIa/3a

Lasersdessaclassesãoemsuamaioriaperigososemcombinaçãocominstrumentosópticosquepodemmudarodiâmetrooua

densidadedepotência.Apotênciadesaídanãoexcede5miliwatts.Adensidadenãoexcede2,5miliwattsporcentímetroquadrado.

Muitasmirasalaserparaarmaseapontadoreslaserestãonessacategoria.

apontadoreslaser estãonessacategoria. ClasseIIIb/3b

ClasseIIIb/3b

Lasersdessapotênciapoderãocausardanossehouvercontatodiretocomaretina.Aplica­sealasersentre5e500miliwatts.O

danopermanentepodeocorreremumdécimodesegundooumenosdependendodapotênciadolaser.Reflexõesnãosãoum

problema,maspodemcausardanosseforemreflexõesdiretas(comoespelhosoumetaisaltamentepolidos/reflexivos).Proteção

ocularérecomendadaquandoumcontatodiretopoderáocorrer.Lasersnofinaldessacategoria(logoantesdaClasseIV)também

mão. ClasseIV/4

ClasseIV/4

Lasersclasse4(maisde500miliwatts)podemcausarqueimadurasnapeleedanospermanentesseverosaoolhosemousode

lentesouequipamentoópticoextra.Reflexõesdifusastambémpodemcausartaisdanosàpeleeaosolhos.Amaioriadoslasers

militares,industriais,científicosemédicosestãonessacategoria.

Propriedadesdolaser

29/09/2016

ComprimentodeOnda29/09/2016 Laser–Wikipédia,aenciclopédialivre

Laser–Wikipédia,aenciclopédialivre

Dependedomaterialqueemiteluz,dosistemaópticoedaformadeenergizá­lo.Aluzemitidapelolaserésempremonocromática.

Aluzlaserprovempredominantementedeumatransiçãodeterminadaentreníveisde

energiaeéportantequasemonocromática.(avibraçãotérmicadosátomoseapresençade

impurezasfazcomqueestejampresentesoutroscomprimentosdeonda);

Exemplos:

Elemento

Comprimentodeonda

Fluoretodeargônio(UV)

193nm;

Fluoretodecriptônio(UV)

248nm;

Cloretodexenônio(UV)

308nm;

Nitrogênio(UV)

337nm;

Argônio(azul)

488nm;

Argônio(verde)

514nm;

Hélio­neônio(verde)

543nm;

Hélio­neônio(vermelho)

633nm;

CoranteRodamina6G(ajustável)

570­650nm;

Rubi(Al 2 O 3 +Cr 2 O 3 )(vermelho)

694nm;

Nd:YAG(NIR)

1.064nm;

Dióxidodecarbono(FIR)

10.600nm.

PotênciadeSaída1.064nm; Dióxidodecarbono(FIR) 10.600nm. TestecomLaser(dasForças ArmadasdosEstadosUnidos).

TestecomLaser(dasForças ArmadasdosEstadosUnidos).

TestecomLaser(dasForças

ArmadasdosEstadosUnidos).

29/09/2016

Laser–Wikipédia,aenciclopédialivre

GásHélio­Neônio(dezenasde"mW")

Dióxidodecarbono(centenasde"kW"emfeixecontínuo)

Oslasersdeoperaçãocontinuapodemterpotênciasdesaídaentre0.5mWa100Woumais.oslaserspulsadostêmníveisde

potenciaatéterawatts,masapenasparaimpulsosdemuitopoucaduração­demicrossegundosoumesmonanosegundos.

CoerênciaFeixecoerente/Estãoemfase. Devemteromesmosinal.

Feixecoerente/Estãoemfase.

Devemteromesmosinal.

Acoerênciaénecessáriaparaalgumasaplicações.

Aluzlaserécoerentequandoemergedoespelhodesaídaecontinuaatéumacertadistânciadolaserquesechamaadistanciade

coerência.(Pequenasvariaçõesnafase,induzidaporvibraçõestérmicaseoutrosefeitos,fazemcomqueofeixeeventualmente

percacoerência).

Eficiênciapercacoerência). De20%a0,001%.

percacoerência). Eficiência De20%a0,001%.

De20%a0,001%.

Aeficiênciaéimportanteparasistemascomgrandepotência.

IntensidadedePotência

Daordemde10^16W/cm²(baixadivergência).

Comoaluzdolaseremergeperpendicularmenteaoespelhodesaída,ofeixetemumadivergênciamuitopequena,sãotipicas

divergênciasde0.001radianos.

Exemplosemtermosdepotência

Diferentesaplicaçõesprecisamlaserscomdiferentespotênciasdesaída.Oslasersqueproduzemumafeixecontínuoouumasérie

deimpulsoscurtospodemsercomparadoscombasenasuapotênciamédia.Oslasersqueproduzemimpulsospodemtambémser

caracterizadocombasenapotênciadepicodecadaimpulso.Opicodepotênciadeumlaserpulsadoéváriasordensdegrandeza

29/09/2016

Laser–Wikipédia,aenciclopédialivre

maiordoqueasuapotênciamédia.Apotênciamédiadesaídaésempremenordoqueaenergiaconsumida.

Potência

Aplicação

1–5mW

Apontadores

5mW

DriveCD­ROM

5–10mW

DVDplayeroudriveDVD­ROM

100mW

GravadordeCD­RWdealtavelocidade

250mW

GravadorDVD­R

400mW

Gravadordual­layerDVD24× [12]

1W

Laserverdedoprototipodediscoholográficoversátil.

1–20W

Saídadamaioriadoslasersdeestadosólidodisponíveisnomercadoparamicrousinagem

30–100W

TípicolasercirurgicodeCO 2 [13]

100–3000W

TípicolaserdeCO 2 usadoemcorteindustrial

100kW

SaídaalegadadolaserdeCO 2 parausomilitardesenvolvidopelaNorthropGrumman

Vertambém

29/09/2016

Referências

Laser–Wikipédia,aenciclopédialivre

DicionarioeGramatica.com.Consultadoem2016­01­18.

2016­01­15.

AcademiaBrasileiradeLetras.Consultadoem2016­01­15.

word"photon"

(1959)."TheLASER,LightAmplificationbyStimulated

EmissionofRadiation".InFranken,P.A.andSands,R.H.(Eds.). TheAnnArborConferenceonOpticalPumping,theUniversity

6.Chu,Steven;Townes,Charles(2003)."ArthurSchawlow".In

EdwardP.Lazear(ed.),.BiographicalMemoirs.vol.83.National

7.Douglas,Martin(May11,2007).TheodoreMaiman,79,Dies;

DemonstratedFirstLASERNewYorkTimes

9.Conceptualphysics,PaulHewitt,2002

10.G.P.Karman,G.S.McDonald,G.H.C.New,J.P.Woerdman,

Nature,Vol.402,138,November11,1999.

11.SHACKELFORD,JamesF.(2008).Introduçãoàciênciados

materiaisparaengenheiros(SãoPaulo:PearsonPrenticeHall).

p.380.

elabz.com.RetrievedDecember10,2011.

laser.com.URLaccessedMarch14,2008.

Ligaçõesexternas