Sie sind auf Seite 1von 1

6 ESTADO DE MINAS ● Terça-feira, 4 de julho de 2006 ESTADO DE MINAS ● Terça-feira, 4 de julho de 2006 3

SUA CRÔNICA PROFISSÃO ESPECIALISTA EM DIREITO INFORMÁTICO


Curso capacita

Estrangeiros Combate advogados para


atuarem em casos de

AOS CRIMES pedofilia, fraudes bancárias,

DE OLHO NA virtuais spams e violação de


direitos autorais

Amazônia ELLEN CRISTIE

O uso crescente da internet, com


destaque para os internautas brasilei-
ros (líderes mundiais em horas on-li-
pecialista. “Na área penal ainda não
existe uma lei específica para a infor-
mática, mas ela já foi votada pela Câ-
mara dos Deputados e está em trami-
tação no Senado”, destaca.
CYNTHIA SEMIRAMIS/DIVULGAÇÃO

DANIELA ROSE PASSOS E POSSAS


Aluna do 1º período de geografia da UFMG ne por mês, superando pessoas da Outras abordagens do curso são
dani.possas@terra.com.br França, Japão e Estados Unidos, e que as áreas de direitos autorais, conteú-
ocupam o segundo lugar em núme- dos digitais como MP3, books e sof-
Por que não ro de usuários e assinantes) contribui
para o aperfeiçoamento de especia-
tware. “Até mesmo os sites, que são
criações intelectuais, são tutelados
internacionalizar listas em direito informático no Bra-

A
exploração da floresta amazônica foi inicia- por direitos autorais”, diz ele. “Fare-
da com o ciclo da borracha, na década de sil e no mundo, bem como para a mos muitas análises das jurispru-
1890. A história nos conta como esse proces-
so foi benéfico, mesmo que por um período
a pobreza criação de novas leis que tratam dos
crimes virtuais.
dências, tentando verificar como o
Brasil se posicionará quanto a deter-
relativamente curto. A Amazônia, desde então, foi ex-
posta não só aos olhos do governo brasileiro, mas
do mundo? Atenta a isso, a PUC Minas lança
no segundo semestre um curso de
minados temas.”

também dos estrangeiros. especialização em direito informáti- OPORTUNIDADES O mercado pro-


A partir daí, a floresta foi, e continua sendo, alvo de co, dirigido a bacharéis em direito. mete ser promissor para quem se es-
questionamentos acerca de sua internacionalização. São 360 horas-aula e um ano e meio pecializar em direito informático, ga-
Países desenvolvidos nos mostraram, e seguem que- de duração, com 25 vagas. As aulas rante Lima Vianna. “Como somos
rendo nos mostrar, os benefícios que esse processo tra- começam em setembro, nas noites poucos profissionais atuando especi-
ria não só para a manutenção da Amazônia, como tam- de sexta-feira e nas manhãs de sába- ficamente nessa área – pouco mais
bém para a população da região Norte. sua área inserida na vegetação do. A coordenação do curso está a de uma centena em todo o país – e
Ora, se pensarmos como seria a exploração cien- amazônica, são tão responsáveis cargo dos professores Túlio Lima com a explosão da internet, o direito
tífica do local, poderíamos concluir que, sim, a inter- quanto qualquer outro onde a Vianna e Carlos Barreto Ribas. informático com certeza será muito
nacionalização traria benefícios para a população floresta também esteja. A união Segundo Lima Vianna, trata-se do explorado nos próximos anos.”
mundial. Porém, esses benefícios seriam revertidos faz a força, diz o ditado popular. primeiro curso oferecido nessa área, Quem pretende trabalhar na área de-
de maneira desigual, o que é típico do mundo globa- Mas até onde essa máxima pode em Belo Horizonte. “São temas pio- ve se interessar por tecnologia. “É pre-
lizado no qual vivemos. interferir para o bem ou para o neiros, que fazem parte da atualida- ciso também muita leitura de casos,
Visto isso, me pergunto, expondo uma visão mal, não só da população local – de e não constam da grade curricu- ocorridos especialmente nos países
neutra, diria até humanista: Por que não internacio- no sentido do espaço que englo- lar dos cursos de graduação em direi- desenvolvidos”, diz o professor.
nalizar a pobreza do mundo? Sim, porque o verda- ba a dita floresta – mas também to. A defasagem é incrível, já que Quanto ao ambiente de trabalho,
deiro significado da palavra em questão é maior do da mundial? muitos professores são de uma épo- o especialista em direito informático
que se imagina. Creio que a evocação “uni-vos!” ca em que sequer existiam compu- pode atuar em grandes escritórios de
Internacionalizar significa submeter a cada país já foi bastante usada em outros tadores”, ressalta. advocacia que trabalham somente
uma parcela de responsabilidade sobre uma região tempos, em circunstâncias varia- Entre as disciplinas do curso desta- nessa área ou ingressar na carreira
ou situação, objetivando a busca – vale destacar, co- das. Isso numa outra oportunida- cam-se temas como direito informá- pública, como procurador de empre-
letiva – de soluções para determinado problema. É de me soaria piegas, mas, atual- tico penal, que trata de crimes contra sas na área de tecnologia. Lima Vian-
de acordo com esse parâmetro que volto à pergunta mente, é a única forma que en- a honra, calúnia, difamação, pedofilia, na afirma que “será excelente que te-
inicial: “Por que não fazer isso no que diz respeito à contro de expressar a preocupa- fraudes bancárias, estelionato e spa- nhamos, por exemplo, juízes que en-
pobreza mundial?” ção para com esse patrimônio ms. “São condutas relativamente no- tendam do assunto, porque a ten- SERVIÇO
Retornando à visão de cidadã brasileira, posso dedu- que, mesmo no silêncio das árvo- vas e a legislação tem que dar respos- dência é que eles sejam questionados PUC Minas – São Gabriel
zir que a população miserável do mundo não é de in- res derrubadas e de tantos seres tas a essas demandas”, comenta o es- pelos advogados”. 0800-2833280

teresse primordial dos países desenvolvidos como o é a expulsos que as tinham como
questão amazônica. A flora, quase que totalmente des- evitar problemas – pode-se fazer, neste contexto, um morada, consegue clamar por socorro. O grande proble-
conhecida, desperta a cobiça dos laboratórios estran- paralelo com a questão do Oriente Médio. Esteja aten- ma é que, muitas vezes, nos fingimos de surdos e cegos.
geiros. E não é necessário citar aqui as nacionalidades. to, caro leitor, é somente um paralelo, pois as circuns- Na área penal ainda não existe uma lei específica para
Você, leitor, pode deduzi-las perfeitamente! tâncias são totalmente diferentes. É fato que é no Bra-
A Amazônia se presta aos interesses de países que sil que está a maior parte de uma das reservas am-
PARA PARTICIPAR
a informática, mas ela já foi votada pela Câmara dos
se autodenominam “desenvolvidos”. Essa situação cau- bientais mais complexas do planeta em questão de
sa desconforto aos governos dos países nos quais a flo- biodiversidade. Mas é importante ressaltar que não Envie sua crônica e foto para o caderno D+ por Deputados e está em tramitação no Senado
resta está localizada. Isso é, mais do que uma questão depende somente do nosso país a preservação da flo- e-mail (nucleo.em@uai.com.br). Podem participar
econômica, uma questão geográfica. resta equatorial. universitários de qualquer curso de graduação. Os textos ■ Túlio Lima Vianna
Afinal, deve-se respeitar o território alheio a fim de Países como Peru, que apresenta grande parte de Coordenador do curso na PUC Minas
serão escolhidos e editados após uma seleção prévia

Verwandte Interessen