Sie sind auf Seite 1von 7

Com o Professor Eduardo Cavalcanti

ELETROSTÁTICA POTENCIAL ELÉTRICO CONDUTORES CARREGADOS

FÍSICA

Nível Médio

1. (G1 - ifsc 2015) Os gráficos abaixo apresentam a relação entre duas grandezas físicas com a distância. As duas grandezas físicas em questão estão relacionadas a uma esfera condutora, de raio R, carregada positivamente.

uma esfera condutora, de raio R, carregada positivamente. Com base em seus conhecimentos a respeito de

Com base em seus conhecimentos a respeito de eletrostática analise as afirmações abaixo:

I. O gráfico X versus d apresenta a relação entre o Campo Elétrico com a distância a partir do centro do condutor esférico.

II. O gráfico Y versus d apresenta a relação entre o Potencial Elétrico com a distância a partir do centro do condutor esférico.

III. A esfera condutora é obrigatoriamente maciça.

que é a mesma entre o Potencial

IV. A relação entre o Campo Elétrico e a distância é

E

α

d

1

,

Elétrico e a distância,

V

α

1

.

d

Assinale a alternativa CORRETA.

a) Apenas as afirmações III e IV são verdadeiras.

b) Apenas as afirmações II e III são verdadeiras.

c) Apenas as afirmações I e II são verdadeiras.

d) Apenas as afirmações I e IV são verdadeiras.

e) Todas as afirmações são verdadeiras.

2. (Upe 2014) Duas esferas isolantes, A e B, possuem raios iguais a R A e R B e cargas, uniformemente distribuídas, iguais a Q A e Q B , respectivamente.

Sabendo-se que 5Q A = 2Q B e ainda que 10R A = 3R B , qual a relação entre suas densidades volumétricas de cargas ρA / ρB ?

a) 100/9

b) 15/8

c) 200/6

d) 400/27

e) 280/9

3. (Upf 2014) Durante uma experiência didática sobre eletrostática, um professor de Física

eletriza uma esfera metálica oca suspensa por um fio isolante. Na sequência, faz as seguintes afirmações:

I. A carga elétrica transferida para a esfera se distribui na superfície externa desta.

II. O campo elétrico no interior da esfera é nulo.

III. O campo elétrico na parte exterior da esfera tem direção perpendicular à superfície desta.

IV. A superfície da esfera, na situação descrita, apresenta o mesmo potencial elétrico em todos os pontos.

Com o Professor Eduardo Cavalcanti

ELETROSTÁTICA POTENCIAL ELÉTRICO CONDUTORES CARREGADOS

Está correto o que se afirma em:

a) I apenas.

b) I e II apenas.

c) I, II e III apenas.

d) I, II, III e IV apenas.

e) I, II, III, IV e V.

FÍSICA

Nível Médio

4. (Uftm 2012) Considere uma esfera oca metálica eletrizada. Na condição de equilíbrio eletrostático,

a) o vetor campo elétrico no interior da esfera não é nulo.

b) o potencial elétrico em um ponto interior da esfera depende da distância desse ponto à superfície.

c) o vetor campo elétrico na superfície externa da esfera é perpendicular à superfície.

d) a distribuição de cargas elétricas na superfície externa da esfera depende do sinal da carga com que ela está eletrizada.

e) o módulo do vetor campo elétrico em um ponto da região externa da esfera não depende da distância desse ponto à superfície.

5. (Enem 2010) Duas irmãs que dividem o mesmo quarto de estudos combinaram de comprar duas caixas com tampas para guardarem seus pertences dentro de suas caixas, evitando, assim, a bagunça sobre a mesa de estudos. Uma delas comprou uma metálica, e a outra, uma caixa de madeira de área e espessura lateral diferentes, para facilitar a identificação. Um dia as meninas foram estudar para a prova de Física e, ao se acomodarem na mesa de estudos, guardaram seus celulares ligados dentro de suas caixas. Ao longo desse dia, uma delas recebeu ligações telefônicas, enquanto os amigos da outra tentavam ligar e recebiam a mensagem de que o celular estava fora da área de cobertura ou desligado.

Para explicar essa situação, um físico deveria afirmar que o material da caixa, cujo telefone celular não recebeu as ligações é de

a) madeira e o telefone não funcionava porque a madeira não é um bom condutor de eletricidade.

b) metal e o telefone não funcionava devido à blindagem eletrostática que o metal proporcionava.

c) metal e o telefone não funcionava porque o metal refletia todo tipo de radiação que nele incidia.

d) metal e o telefone não funcionava porque a área lateral da caixa de metal era maior.

e) madeira e o telefone não funcionava porque a espessura desta caixa era maior que a espessura

da caixa de metal.

6. (Pucmg 2010) Em dias secos e com o ar com pouca umidade, é comum ocorrer o choque elétrico ao se tocar em um carro ou na maçaneta de uma porta em locais onde o piso é recoberto por carpete. Pequenas centelhas elétricas saltam entre as mãos das pessoas e esses objetos. As faíscas elétricas ocorrem no ar quando a diferença de potencial elétrico atinge o valor de 10.000V numa distância de aproximadamente 1 cm. A esse respeito, marque a opção CORRETA.

a) A pessoa toma esse choque porque o corpo humano é um bom condutor de eletricidade.

b) Esse fenômeno é um exemplo de eletricidade estática acumulada nos objetos.

c) Esse fenômeno só ocorre em ambientes onde existem fiações elétricas como é o caso dos veículos e de ambientes residenciais e comerciais.

Com o Professor Eduardo Cavalcanti

ELETROSTÁTICA POTENCIAL ELÉTRICO CONDUTORES CARREGADOS

FÍSICA

Nível Médio

7. (Ufrj 2010) Uma partícula com carga positiva

é mantida em repouso diante de

uma esfera maciça condutora isolada de raio 0,10 m e carga total nula. A partícula encontra- se a uma distância de 0,20 m do centro da esfera, conforme ilustra a figura a seguir. A esfera e as cargas que foram induzidas em sua superfície também se encontram em repouso, isto é, há equilíbrio eletrostático.

q

4,0

10

6

C

é, há equilíbrio eletrostático. q  4,0  10  6 C Sabendo que a constante

Sabendo que a constante de proporcionalidade na lei de Coulomb é determine o módulo e indique a direção e o sentido:

a) do campo elétrico no centro da esfera condutora devido à partícula de carga q;

b) do campo elétrico no centro da esfera condutora devido às cargas induzidas em sua

9

k 9,010 Nm

2

às cargas induzidas em sua 9 k  9,0  10 N  m 2 C

C

2

,

superfície.

8. (Ufc 2009) Uma esfera de cobre com raio da ordem de micrômetros possui uma carga da

ordem de dez mil cargas elementares, distribuídas uniformemente sobre sua superfície. Considere que a densidade superficial é mantida constante. Assinale a alternativa que contém a ordem de grandeza do número de cargas elementares em uma esfera de cobre com raio da ordem de milímetros.

a)

b)

c)

10

10

10

19

16

13

.

.

.

d)

e)

10

10

10

1 .

.

9. (Ufpr 2007) O processo de eletrização por atrito, ou triboeletrização, é responsável, em parte, pelo acúmulo de cargas nas nuvens e, nesse caso, a manifestação mais clara desse acúmulo de cargas é a existência de raios, que são descargas elétricas extremamente perigosas. Entretanto, como o ar atmosférico é um material isolante, os raios não ocorrem a todo momento. Para que ocorram, o valor do campo elétrico produzido no ar por um objeto carregado deve ter uma intensidade maior do que um certo valor crítico chamado rigidez dielétrica. É importante notar que não apenas o ar, mas todos os materiais, sejam isolantes ou condutores, possuem rigidez dielétrica. Nos condutores, em geral, essa grandeza tem valores muito menores que nos isolantes, e essa é uma característica que os diferencia. Assim, com um campo elétrico pouco intenso é possível produzir movimento de cargas num condutor, enquanto num isolante o campo necessário deve ser muito mais intenso.

Considerando essas informações, responda:

a) Sabe-se que a rigidez dielétrica do ar numa certa região vale 3,0 × 10 6 N/C. Qual é a carga

máxima que pode ser armazenada por um condutor esférico com raio de 30 cm colocado nessa região?

b) Supondo que o potencial elétrico a uma distância muito grande do condutor seja nulo, quanto vale o potencial elétrico produzido por esse condutor esférico na sua superfície quando ele tem a carga máxima determinada no item anterior?

Com o Professor Eduardo Cavalcanti

ELETROSTÁTICA POTENCIAL ELÉTRICO CONDUTORES CARREGADOS

FÍSICA

Nível Médio

10. (G1 - cps 2008) O filósofo e matemático Tales (580 - 546 a.C.), a quem se atribui o início do estudo da eletricidade estática, observou que um pedaço de âmbar atraía pequenas sementes de grama, quando esfregado com pele de animal. O médico inglês William Gilbert (1544 - 1603) iniciou um estudo mais cuidadoso na observação dos fenômenos elétricos. Verificou que outros corpos podem ser eletrizados e, além disso, que há uma distribuição igualitária de cargas elétricas entre dois corpos eletrizados, que são postos em contato entre si, no equilíbrio eletrostático.

A

figura a seguir representa a quantidade inicial de cargas elétricas dos corpos idênticos A,B

e

C.

de cargas elétricas dos corpos idênticos A,B e C. Se os corpos A e B entram

Se os corpos A e B entram em contato entre si e se afastam e, a seguir, o corpo B entra em contato com o corpo C e ambos se afastam, a quantidade de carga final do corpo C será de

b) a) 2Q. 3Q.

e) d) c) 6Q. 4Q. 1Q.

Com o Professor Eduardo Cavalcanti

ELETROSTÁTICA POTENCIAL ELÉTRICO CONDUTORES CARREGADOS

Gabarito:

Resposta da questão 1:

[C]

FÍSICA

Nível Médio

[I] Verdadeira. A intensidade do Campo Elétrico é nula no interior do condutor e decresce com

quadrado da distância até o centro, a partir da superfície do condutor

 

E

α

1

d

2

   .

[II] Verdadeira. O Potencial elétrico é constante e igual ao Potencial Elétrico da superfície, sendo,

a partir daí, inversamente proporcional à distância até o centro do condutor

  

V

α

1

d

  

.

[III]

Falsa. A esfera condutora pode ser oca ou maciça.

[IV]

Falsa. Justificada nos itens [I] e [II].

Resposta da questão 2:

[D]

 5 5 Q  2 Q  Q  Q .  A B
5
5 Q
2 Q
Q
Q
.
A
B
B
A
2
Do enunciado:
10
10 R
3 Q
R
R
.
A
B
B
A
3
4
R
3 :
Lembrando que o volume da esfera é
3 π
Q
A
ρ 
A
.
4
3
π R
A
3
5
5
Q
Q
A
A
Q
5 Q
Q
B
2
2
A
A
ρ 
B
.
3
4
4
1000
4
2000
4
400
3
3
3
3
4
10
π
R
π
R
π
R
π
R
B
A
A
A
π
R
A
3
3
27
3
27
3
27
3
3
4
400 R
3
π
A
ρ
A
Q
A
3
27
4
ρ
π R
3
B
Q
A
A
3
ρ
400
A
.
ρ
27
B

Resposta da questão 3:

[D]



As afirmativas [I], [II], [III] e [IV] estão corretas, pois são as propriedades de um condutor em equilíbrio eletrostático. A afirmativa [V] está incorreta, pois a esfera pode ganhar ou perder elétrons, eletrizando-se positivamente ou negativamente.

Com o Professor Eduardo Cavalcanti

ELETROSTÁTICA POTENCIAL ELÉTRICO CONDUTORES CARREGADOS

Resposta da questão 4:

[C]

FÍSICA

Nível Médio

Num condutor em equilíbrio eletrostático:

O campo elétrico no seu interior é nulo, pois, em caso contrário, haveria movimento de cargas, contrariando a hipótese de equilíbrio.

Se o campo elétrico é nulo, não há diferença de potencial entre dois quaisquer pontos, inclusive da superfície. Por isso, o potencial no interior é constante e igual ao da superfície.

O vetor campo elétrico na superfície é perpendicular a ela em cada ponto, pois, se assim não o fosse, haveria uma componente tangencial desse campo, o que provocaria movimento de cargas elétricas, contrariando a hipótese de equilíbrio.

Resposta da questão 5:

[B]

No interior de um condutor (caixa metálica) em equilíbrio eletrostático, as cargas distribuem-se na superfície externa do condutor, anulando o campo elétrico no seu interior. Esse fenômeno é conhecido como blindagem eletrostática.

Resposta da questão 6:

[B]

O atrito da pele das pessoas com objetos isolantes (lã, flanela, papel, plástico) tornam a pele eletrizada. Em dias normais, esse excesso de cargas é descarregado no contato com o próprio ar. Porém, em dias secos, esse processo torna-se muito lento, acumulando cargas estáticas. No contato com objetos, principalmente metálicos, ocorre uma brusca descarga, que é o choque elétrico.

Resposta da questão 7:

Dados:

q

4,0

10

6 C; d

0,2,

2

10

1

m; k

9,0

10

9

N

m

2

 0,2,  2  10  1 m; k  9,0  10 9 N

C

2

.

a) O campo eletrostático gerado pela partícula no centro da esfera maciça é dado pela lei de Coulomb:

E

k

q

r

2

E

 9,0
9,0

10

9

4,0

10

6

(2

10

1 2

)

9,0

10

5

q r 2  E  9,0  10 9 4,0  10  6 (2

N C,

q r 2  E  9,0  10 9 4,0  10  6 (2
q r 2  E  9,0  10 9 4,0  10  6 (2

no sentido indicado na Fig 1.

q r 2  E  9,0  10 9 4,0  10  6 (2
q r 2  E  9,0  10 9 4,0  10  6 (2

Com o Professor Eduardo Cavalcanti

ELETROSTÁTICA POTENCIAL ELÉTRICO CONDUTORES CARREGADOS

FÍSICA

Nível Médio

b)

Analisando a Fig 2: como a esfera condutora está em equilíbrio eletrostático, o vetor campo elétrico resultante no seu interior é nulo. A partícula eletrizada induz cargas elétricas negativas () e positivas (+) na superfície da esfera, gerando um outro campo elétrico no seu interior em sentido oposto ao campo da partícula, de modo a anular o campo elétrico

resultante.

  E '  E  E , '  ' 
E
'
E
E
,
' 
' 

Resposta da questão 8:

[D]

Denominando S a área da esfera maior e S’ a da menor, vem:

S

R

 

4

2

  

R

S'

4

r

2

r

  

2   

10

3

10

6

2

10 6

S

6

10 S'

A esfera maior deve conter 10 6 vezes mais cargas: Q = 10 6 x Q’ = 10 6 x 10 4 = 10 10

Resposta da questão 9:

a) O campo elétrico citado é no ar próximo à nuvem.

E

kQ

R 2

Q

ER

2

3,0

10

6

(0,3)

2

k

9

10

9

3,0

10

5

C

30

C

b) O potencial é dado pela expressão:

V

kQ

9

10

9

30

10

6

R

0,3

 

9

10

5

V

Resposta da questão 10:

[A]

Realizado o contato entre os corpos A e B a carga total destes corpos será:

3Q(7Q) 3Q7Q 4Q

Esta carga será igualmente distribuída entre A e B de tal modo que após a separação os corpos

A e B terão cada um

4Q

2

 2Q

Realizado o contato entre os corpos B e C a carga total destes corpos será:

2Q(4Q) 2Q4Q 6Q

Esta carga será igualmente distribuída entre B e C de tal modo que após a separação os corpos

B e C terão cada um

6Q

2

 3Q