Sie sind auf Seite 1von 382
FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E FILOSÓFICAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS Plano Curricular do Curso de

FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E FILOSÓFICAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS

Plano Curricular do Curso de História Política e Gestão Pública (Revisto)

Maputo

2014

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

2

UNIVERSIDADE PEDAGÓGICA Faculdade de Ciências Sociais e Filosóficas Departamento de Ciências Sociais

Plano curricular do Curso de História Política e Gestão Pública

Elaborado por

Professor Doutor Hipólito Sengulane Professor Doutor Carlos Mussa Professora Doutora Maria Amida Maman Professor Doutor Martinho Pedro

Maputo

2009

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

3

Indice

Lista de siglas e abreviaturas

5

Lista de tabelas

5

1. Introdução

6

2. Visão e Missão da U.P

8

3. Designação da Licenciatura

9

4. Objectivos Gerais do Curso

10

5. Requisitos de acesso

11

6. Perfil Profissional

11

7. Perfil do Graduado (Competências)

12

8. Duração do Curso

13

9. Componentes de Organização do Curso

14

10.

Áreas de concentração do curso (Major e Minor)

14

12.

Plano de estudos

19

13.

Minor em Gestão de Unidades Territoriais

23

14.

Minor em Gestão Publica

25

15.

Tabela de precedências

27

16.

Tabela de Equivalências

27

17.

Plano de transição

27

18.

Avaliação da aprendizagem

28

19.

Formas de Culminação

28

20.

Instalações e Equipamentos Existentes

29

21.

Corpo Docente e técnico-administrativo

29

22.

Análise das necessidades

29

23.

Conclusões

30

24.

Referências bibliográficas

30

25.

Programas temáticos

31

25.1.

Programas temáticos das Disciplinas de Formação Geral

32

25.2.

Disciplina: Técnicas de Expressão em Língua Portuguesa………………………………

30

25.4.

Disciplina

Métodos de Estudo e Investigação Científica………………………………40

25.3.

Disciplina de Língua Inglesa ………

……………….…………………………………….50

25.5.

Disciplina - Antropologia Cultural de Moçambique……………………………………….56

26.2.

Programas das Disciplinas de Componente de Formação Específica

68

Disciplina - Introdução à História

69

Disciplina História de África até ao século XVIII

75

Disciplina História Económica Geral e de Moçambique até ao século XVIII

81

Disciplina:

História Social e Cultural até ao Século XVIII

91

Disciplina História das ideias Politicas até ao século XVIII

97

Disciplina História de África do século XIX ao século XXI

106

Disciplina História Económica Geral e de Moçambique do século XIX até ao século XXI

112

Disciplina: História Social e Cultural do Século XIX ao Século XXI

119

Disciplina História das ideias Politicas do século XIX ao século XXI

125

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

4

Disciplina: Noções de Direito

134

Disciplina Sociologia Política

142

Disciplina História do Pensamento Económico

146

Disciplina: Relações Públicas

153

Disciplina - História das Instituições Políticas Moçambicanas

161

Disciplina - História Contemporânea da Europa e América

173

Bibliografia

177

Disciplina Direito Administrativo

179

Disciplina - Direito Constitucional

185

Disciplina: Ética Política

192

Disciplina - História Cultural e Religiosa de Moçambique

198

Disciplina - Contabilidade Financeira I

204

Disciplina - Introdução à Ciência Politica

211

Disciplina - Contabilidade Financeira II

217

Disciplina - Ciência Politica I

222

Disciplina Sociologia Ambiental

228

Disciplina - Ciência Politica II

234

Disciplina Prática Técnico-Profissional I

240

Disciplina Prática Técnico-Profissional II

245

Disciplina Prática Técnico-Profissional III

251

Disciplina Estágio

256

DISCIPLINA - Administração Autárquica

261

Disciplina - Demografia

266

Disciplina - Geografia de Moçambique

271

Disciplina - Trabalho de Culminação do Curso……………………….…………………….….276

23. 2. Programas Temáticos de Minor em Gestão de Unidades Territoriais

282

Disciplina Economia Política

283

Disciplina -

Finanças Públicas e Autárquicas

290

Disciplina - Gestão Orçamental nas Autarquias

298

Disciplina Ordenamento Territorial e Urbanização

305

Disciplina -

Análise e Elaboração de Projectos

310

Disciplina -

Fiscalidade e Finanças Públicas

315

Disciplina -

Psicossociologia das Organizações

321

Disciplina - Auditoria e Análise de Balanço

326

Disciplina Estudos Contemporâneos

332

Disciplina - Estatística

337

Disciplina - Gestão de Recursos Humanos

341

PROGRAMAS TEMÁTICOS DOS TEMAS TRANSVERSAIS

347

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

5

Lista de siglas e abreviaturas

BDC Bases e Directrizes Curriculares CA Conselho Académico CFEd - Componente de Formação Educacional CFEs Componente de Formação Específica CFG - Componente de Formação Geral CFP - Componente de Formação Prática CTA - Corpo Técnico Administrativo ESG Ensino Secundário Geral FCS - Faculdade de Ciências Sociais e Filosóficas MEC Ministério de Educação e Cultura PC Plano Curricular PEA Processo de Ensino e Aprendizagem PP Prática Pedagógica PRC Projecto de Reforma Curricular QNQ Quadro nacional de Qualificações SINAQES Sistema Nacional de Avaliação, Acreditação e Garantia de Qualidade do Ensino Superior. SNATCA Sistema Nacional de Acumulação e transferência de créditos Académicos.

Lista de tabelas

1.Tabela de precedências

22

2. Tabela de equivalências

22

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

6

1. Introdução

O presente documento apresenta o currículo do curso de Licenciatura em

História Política e Gestão Pública (HIPOGEP), a ser fornecido pelo Departamento de

Ciências Sociais da Faculdade de Ciências Sociais e Filosóficas da Universidade Pedagógica. O Currículo apresenta a missão e a filosofia do curso, os objectivos gerais e específicos que o estudante deve atingir ao concluir a Licenciatura. Apresenta também o plano de estudos, as formas de culminação do curso, o perfil do graduado, a duração do curso, a avaliação da aprendizagem, assim como diversas tabelas que sumarizam a grelha curricular, os planos de formação, as tabelas dos minores a ser oferecidos pelo curso, a tabela de precedências e de equivalências e os planos temáticos das disciplinas.

A Reforma do Currículo de HIPOGEOP resulta da constatação de que as

realidades actuais de desenvolvimento do país, da região e do mundo são marcadas por contextos ideológicos globalizantes, de reestruturação produtiva e de competitividade. Tais realidades condicionam uma mundialização do capital e, em contrapartida, pressupõem que a Ciência e a Tecnologia se subordinem à lógica do mercado, exigindo-se a flexibilidade, a profissionalização, a capacitação e um diálogo permantenente entre a fragmentação e a complexidade e a valorização dos saberes locais e o multiculturalismo. Tais demandas não se coadunam com algumas realidades que caracterizam os actuais modelos de formação existentes no ensino superior, cujos currículos são enciclopédicos, centrados nos conteúdos e na prática docente e, consequentemente, com um ensino transmissivo, teórico e reprodutivo, com apenas uma única forma de culminação da Licenciatura e com uma fraca actividade interdisciplinar e transversal. O resultado deste modelo de formação circunscreve-se na ocupação integral do docente à docência e, em contrapartida, no acantonamento do estudante à um plano passivo ou menos interventivo, menos criativo e pouco flexível. Assim, as demandas actuais ao centrarem-se no desenvolvimento de competências, de habilidades, de qualidade total, de formação multifacetada, exigem a mudança de modelos de formação

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

7

capazes de proporcionarem ao homem subsídios que o permitam responder os complexos problemas que acompanham a própria dinâmica e conjuntura do desenvolvimento socio-económico de Moçambique, da região e do mundo contemporâneo (PEUP-2004: 2). É neste contexto que se reformou o Currículo de História Política e Gestão Pública, visando responder à uma multiplicidade de factores, de carácter multisectorial, de âmbito interno e externo, de longo, médio e curto prazos, tais como: a Agenda 2025; o Plano de Acção para a Redução da Pobreza Absoluta (PARPA); o Programa Quinquenal do Governo de Moçambique; a implementação das estratégias definidas no Plano Estratégico da Educação e Cultura (PEEC) - 2006, do Ministério da Educação e Cultura (MEC), no âmbito das Transformações Curriculares do EB e no ESG; a proposta de Quadro Nacional de Qualificações do Ensino Superior (QNQ-ES); a proposta do Sistema Nacional de Acumulação e Transferência de Créditos Académicos (SNATCA), aliado à necessidade da promoção da mobilidade de estudantes dentro da região, referida no Artigo 7 do protocolo da SADC sobre educação e formação, propondo a revisão dos cursos da UP na sua globalidade, de modo a adequá-los e a harmonizá-los aos outros sistemas de ensino da região e do mundo, bem como a Declaração de Bolonha relativa à reorganização dos sistemas de Ensino Superior. O Curso de Licenciatura em História Política e Gestão Pública (HIPOGEP) surge também orientado pelo desejo de procurar responder não só à complexidade dos aparelhos de gestão político-administrativa nos sectores público e privado, como também emerge da necessidade de actualizar a formação em função dos avanços técnico-científicos para uma aplicação renovada de conhecimentos nas diferentes áreas de gestão política. Neste contexto, o curso assume-se não apenas como um campo de ensino, mas também como de pesquisa. O desenho deste curso, pelo Departamento de Ciências Sociais, foi também movido pela consciência de que as mais diversas instituições de gestão de políticas, desde às ligadas a estrutura governamental até as sociedades civis, associações, fundações, organizações não-governamentais, têm-se assumido como autênticos

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

8

instrumentos da “luta pelo direito” em favor dos cidadãos. Neste sentido o supra referido departamento pretende contribuir nessa direcção. Por outro lado, assumindo as necessidades e o objectivo da actual governação que prioriza a luta contra a pobreza absoluta, a ideia do HIPOGEP emerge da necessidade de acelerar a formação de quadros para intervirem nas diferentes áreas económicas, politicas e sociais viradas a esse objectivo. Revisão curricular de 2014 Complementado o ciclo de quatro anos após a introdução deste currículo (2010 2014), o Departamento viu a necessidade de proceder algumas revisões e inovações:

A revisão consistiu em acomodar as diversas inquietações que surgiram durante os primeiros quatro anos. A revisão cingiu-se na reestruturação dos planos temáticos no que concerne aos conteúdos e bibliografia adequada aos mesmos, uniformização dos créditos académicos do curso na base de 1=25. As inovações consistiram em introduzir um minor do curso a partir das cadeiras do major e um minor de especialidade.

2. Visão e Missão da U.P.

A UP ao ter como missão de formar não só professores e técnicos da educação, mas também de técnicos de outras áreas, no âmbito da sua abertura para contribuir no desenvolvimento multisectorial de Moçambique, permite a abertura de cursos de qualidade, como é o caso do curso de HIPOGEP. Assim, este curso desenha-se no quadro do princípio da ligação universidade-comunidade que, de acordo com a Lei Nº4/83 do Sistema Nacional de Educação (SNE), no seu capitulo IV, respeitante ao Subsistema de Educação Superior, preconiza como objectivos:

1. Assegurar um alto grau de formação científica, técnico-cultural num ramo ou especialidade das diferentes esferas de actividade produtiva e social, que confira aos jovens e adultos capacidades para:

a) Aplicar e desenvolver criadoramente os conhecimentos científicos e técnicos adquiridos no processo de formação;

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

9

b) Conhecer, organizar e dirigir projectos de desenvolvimento de unidade de

produção e de outros centros de trabalho;

c) Acompanhar permanentemente o desenvolvimento científico e tecnológico.

Ainda em conformidade com a lei do SNE, refere-se, no capítulo IV, no seu ponto 2.1. à necessidade de “aumentar a força de trabalho qualificada para o desenvolvimento sócio-económico”, o que urge a formação técnico-profissional de outros técnicos. O funcionamento do HIPOGEP, orienta-se pelos princípios da Universidade Pedagógica que, por sua vez, são derivados pelos princípios gerais e pedagógicos

definidos nos artigos 1 e 2 da Lei nº 6/92 de 6 de Maio que aprova o Sistema Nacional de Educação (UP, 1995:26), tais como:

a) democracia e respeito pelos direitos humanos;

b) igualdade e não discriminação;

c) valorização dos ideais da pátria, ciência e humanidade;

d) liberdade de criação cultural, artística, científica e tecnológica;

e) participação no desenvolvimento económico, científico, social e cultural do

país, da região e do Mundo. Todos estes princípios são centrados na visão da UP, que se propõe a tornar-se como Centro de Excelência na área da educação e Formação de professores e de outros técnicos, enquandrando-se o HIPOGEP nestes últimos.

3. Designação da Licenciatura

No âmbito das transformações curriculares vigentes, os cursos devem assegurar a presença de técnicos com uma formação multifacetada, aspecto que se reflectiu na formulação das directrizes curriculares na Universidade Pedagógica. Assim, dado que todo o graduado deve ter uma formação bivalente ou polivalente, condicionando a organização dos currículos em áreas de concentração maior (major) e menor (minor), o HIPOGEP oferece uma Licenciatura em História Política e Gestão Pública (major). O

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

10

curso oferece uma habilitação em Gestão de Unidades Territoriais (minor). Para completar o curso, o estudante é obrigado a fazer um minor. 4. Objectivos Gerais do Curso

Entre outros assuntos, o curso HIPOGEP vai procurar concentrar-se no estudo de assuntos relacionados com a evolução histórica das instituições políticas, relacionados com o “poder” nas suas diversas modalidades, incluindo os micropoderes presentes na vida quotidiana, o uso político dos sistemas de representações, as relações entre as grandes unidades políticas e os modos de organização destas unidades, relações políticas entre grupos sociais de diversos tipos, perfis político- culturais, e relacionado com o caso concreto de Moçambique, direito constitucional, direito administrativo, fiscalidade e gestão das finanças públicas, auditoria e contabilidade pública e relações públicas. Os objectivos do curso HIPOGEP são:

Proporcionar formação a nível da História Política e Gestão Pública (Major) e na gestão política-admnistrativa de unidades territoriais (Minor);

Dotar o mercado de trabalho de técnicos-profissionais superiores na área das ciências políticas capazes de intervir na investigação e na aplicação correcta de políticas económicas e sociais;

Habilitar os estudantes no planeamento e realização de pesquisas, para projecções e planos de governação

Criar capacidades de interpretar as políticas sociais e económico-financeiras ao nível macro e micro;

Dar competência científica para gerir micro e macro projectos sócio- económicos e conceber e executar os planos financeiros e humanos das instituições públicas;

Desenvolver capacidades de monitoramento de projectos de desenvolvimento local, nacional e regional;

Dotar os estudantes de capacidades administrativas com vista a contribuir no melhoramento do desempenho das instituições públicas e privadas

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

11

Capacitar quadros das instituições públicas em conhecimentos, capacidades

técnica-científicas e deontológicas em matéria de gestão do bem público,

sustentada numa correcta ética governativa;

Criar capacidade de criticar e analisar as teses sobre as origens e os

fundamentos do poder político, a génese dos conceitos como Estado e

soberania, a estrutura das concepções que anteciparam e expressaram o

processo de construção do Estado moderno e as actuais políticas mundiais.

5. Requisitos de acesso

O acesso aos cursos da Universidade Pedagógica (UP), como instituição do curso

superior, será de acordo com a legislação em vigor na República de Moçambique,

designadamente, a lei nº 5/2003 do Ensino Superior, no seu artigo 4 que estipula:

Graduados do Ensino Secundário Geral que tenham concluído a

12ª classe do Sistema Nacional de Educação (SNE);

Graduados habilitados com o nível equivalente a 12ª classe do

SNE para efeitos de continuação de estudos.

Os modos de admissão aos cursos orientam-se com base no que está

preconizado no Regulamento Académico da Universidade Pedagógica (UP).

6. Perfil Profissional

O curso HIPOGEP tem em vista proporcionar aos estudantes uma formação

teórica-prática em História Política e Gestão Pública (Major) e Gestão política-

administrativa de unidades territoriais (Minor). Tem também como pano de fundo

desenvolver capacidades e competências de administração, concepção de projectos e

monitoramento de políticas e acções governativas.

O

perfil ocupacional do Licenciado em História Política e Gestão Pública

consiste:

 

Participar na concepção e execução de programas de desenvolvimento

nacional (Major) provincial e local (Minor);

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

12

Participar em sectores de actividades que exigem ou pressupõem um

conhecimento da Gestão de instituições políticas, económicas, sociais e culturais;

Elaborar e implementar projectos de pesquisa para projecções e planos

de políticas de desenvolvimento Nacional e Local;

Conceber, planificar e implementar actividades de gestão pública nacional

e local;

Gerir projectos distritais e municipais;

Gerir projectos de micro e médias empresas, de municípios e outras instituições públicas.

Os sectores de trabalho do Licenciado em HIPOGEP são: os ministérios, as secretarias de estado, repartições públicas, sectores de administração pública, os gabinetes de governação nacional, provincial, distrital e autárquica. Poderão também trabalhar no Instituto de Formação de Administração Pública e Autárquica (IFAPA)

O Licenciado em HIPOGEP poderá também prestar consultorias e serviços de

projecção e monitoramento sócio-político e económico em instituições governamentais

e não governamentais. Igualmente poderá participar na gestão de sectores públicos de

desenho de políticas, gestão de micro-projectos, gestão de terras, gestão de água, gestão de fontes de energia, gestão de finanças públicas e gestão de conflitos locais.

7. Perfil do Graduado (Competências)

As competências do Licenciado em HIPOGEP, isto é, os conhecimentos, habilidades e atitudes a serem desenvolvidas no processo de Ensino-aprendizagem neste curso, incorporam-se em três dimensões: saber, saber-fazer e saber ser e estar.

No domínio do saber (conhecer)

Criticar e analisar as teses sobre as origens e os fundamentos do poder político,

a génese dos conceitos como Estado e soberania;

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

13

Analisar o processo de construção do Estado Moderno

Compreender o processo da constituição das actuais políticas mundiais;

Conhecer princípios de Gestão Pública (Major) e de gestão política-admnistrativa de unidades territoriais (Minor);

Interpretar e aplicar correctamente políticas económicas e sociais nacionais e

locais.

No domínio do saber-fazer

Participar no desenho de políticas de desenvolvimento nacional e local;

Planear pesquisas de projecções e planos de governação;

Conceber planos sociais e económico-financeiros das instituições públicas;

Executar projectos de desenvolvimento nacional e local;

Gerir macro (Major) e micro (Minor) projectos sócio económicos de desenvolvimento nacional (Major) e local (Minor);

Participar na gestão quotidiana do bem público;

Formar quadros em gestão pública no contexto do IFAPA;

Monitorar projectos de desenvolvimento nacional e local.

No domínio do ser e estar

Participar de forma consciente na gestão do bem público maior;

Assumir atitudes de ética governativa coerente;

Assumir atitude crítica face aos problemas concretos de desenvolvimento

nacional e local;

Demonstrar atitudes criativas na solução de problemas e conflitos locais;

Respeitar os valores do pluralismo e diversidade nacional;

Valorizar e estimular as iniciativas locais, subsidiando com conhecimentos adquiridos na formação;

8. Duração do Curso

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

14

O curso HIPOGEP tem a duração de oito (8) semestres lectivos que conferem o nível

de Licenciatura. Os oito (8) semestres correspondem a 240 créditos: 180 do major e 60

do minor.

9. Componentes de Organização do Curso

O curso é constituido pro três componente: componente de formação geral,

componente de formação específica e componente de formação profissional, de acordo com a matriz curricular e o plano de estudo.

10. Áreas de concentração do curso (Major e Minor)

O Curso de Licenciatura em História Politica e Gestão Pública desenvolve-se em Major

e Minor. O Major é constituido pela formação na área de História Politica e Gestão Pública. Através do minor o graduado será habilitado para gerir o território a nível micro, designadamente a provincia, o distrito, o posto administrativo e a localidade.

As disciplinas de cada domínio de formação (major e minor) constam na tabela do

Plano de Estudos do Curso de Licenciatura em História Politica e Gestão Pública.

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

15

1.1. MATRIZ DE ORGANIZAÇÃO CURRICULAR Matriz do Curso de Licenciatura em História Política e Gestão Pública (HIPOGEP) Ano de Introdução: 2010

 

A

N

O

         

Créditos

 

CÓDIGO

Área Cient.

 

Componentes

Académicos

Disciplinas

Comp.Form.

Nuclear

Complement

Total

 

Semestrais

         

Contacto

Estudo

Total

 

Metodologia de

       

5

48

77

125

Investigação Cientifica

CFG

 

X

 

Introdução `a História

CFEs

História

 

X

 

4

48

52

100

 

História de África até sec.XVIII

CFEs

História

 

X

 

4

48

52

100

 

História Econ. Geral e de Moça. até Séc.XVIII

CFEs

História

 

X

 

6

80

70

150

 

História Social e Cultural até Séc.XVIII

CFEs

História

 

X

 

6

80

70

150

 

História das Ideias Politicas até Séc.XVIII

CFEs

História

 

X

 

6

80

70

150

 

Total I Semestre

 

31

384

391

775

 

Técnica de Expressão

CFG

   

X

 

4

48

52

100

 

Tema Transversal I

CFG

   

X

 

1

15

10

25

 

História de África Séc.XIX-XXI

CFEs

História

 

X

 

3

48

27

75

 

História das Ideias Politicas Séc.XIX-XXI

CFEs

História

 

X

 

6

80

70

150

 

História Econ. Geral e de Moça.Séc.XIX-XXI

CFEs

História

 

X

 

6

80

70

150

 

História Social e Cultural Séc.XIX-XXI

CFEs

História

 

X

 

6

80

70

150

 

Prática Profissional I (Estágio)

CFP

Técnica

 

X

 

3

48

27

75

 

29

399

326

725

 

Total 1° Ano

 

60

783

717

1500

UP DP

3ª REFORMA CURRICULAR

PÁG 15 DE 382

A

N

O

       

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

Componentes

Créditos

 

Académi

 

16

CÓDIGO

Disciplinas

Comp.Form.

Área Cient.

 

cos

 

Nuclear

Complement

Total

Semestrais

Contacto

Estudo

 

Inglês

CFG

Língua Estr.

X

 

4

48

52

 

Noções de Direito

CFEs

Direito

X

 

4

64

36

 

Sociologia Politica

CFEs

Sociologia

X

 

6

64

86

 

Historia do

             

Pensamento

CFEs

História

X

6

64

86

Económico

 

Relações Públicas

CFEs

Gestão

X

 

6

64

86

 

Prática

             

Profissional II

CFP

Técnica

X

3

48

27

(estágio)

 

Total I Semestre

 

29

352

373

 

Antropologia

             

Cultural de

CFG

Antrop.

X

4

48

52

Moçambique

 

Tema Transversal II

CFG

 

X

 

1

15

10

 

Ciencia Política I

CFEs

Historia

X

 

3

48

27

 

História das Instit. Politicas Moçambicanas

CFEs

História

X

 

4

48

52

 

História

             

Contemporânea da

CFEs

História

X

6

64

86

Europa-América

 

Direito

             

Administrativo

CFEs

Direito

X

6

64

86

 

Direito

             

Constitucional

CFEs

Direito

X

7

80

95

 

Total I I Semestre

 

31

367

408

 

Total 2° A N

O

60

719

781

UP DP

3ª REFORMA CURRICULAR

PÁG 16 DE 382

Total

100

100

150

150

150

75

725

100

25

75

100

150

150

175

775

1500

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

17

 

A

N

O

         

Créditos

 

CÓDIGO

Área Cient.

 

Componentes

Académicos

Disciplinas

Comp.Form.

Nuclear

Complement

Total

 

Semestrais

         

Contacto

Estudo

Total

 

Estatística Para

               

Ciências Sociais

CFG

Matemática

 

X

4

48

52

100

 

Tema Transversal III

CFG

   

X

1

15

10

25

 

Administração

CFEs

Economia

 

X

 

5

48

77

125

Autárquica

 

Ética Politica

CFEs

Politica

 

X

 

3

48

27

75

 

Ciência Politica II

CFEs

História

 

X

 

5

48

77

125

 

Contabilidade

               

Financeira I

CFEs

Contab.

 

X

5

64

61

125

 

Finanças Públicas e Autárquicas

CFEs

Finanças

   

X

7

64

111

175

Total I Semestre

30

335

415

750

 

Gestão Orçamental

 

Gestão

   

X

5

48

77

125

nas Autarquias

 

Contabilidade

               

Financeira II

CFG

Contabilidade

 

X

5

64

61

125

 

Introdução à Ciência Politica

 

Política

 

X

 

4

64

36

100

 

Ordenamento

               

Territorial e

Politica

 

X

6

64

86

150

Urbanização

 
 

Economia Politica

 

Política

   

X

6

64

86

150

 

Prática Profissional III (estágio)

CFP

Técnica

 

X

 

4

48

52

100

 

Total II Semestre

 

30

352

398

750

 

Total 3° Ano

 

60

687

813

1500

UP DP

3ª REFORMA CURRICULAR

PÁG 17 DE 382

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

18

 

A

N

O

         

Créditos

 

CÓDIGO

Área Cient.

 

Componentes

Académicos

Disciplinas

Comp.Form.

 

Nuclear

Complement

Total

 

Semestrais

         

Contacto

Estudo

Total

 

Tema Transversal

               

IV

CFG

X

1

15

10

25

 

Estudos

               

comteporaneos

CFG

Politica

X

4

48

52

100

 

Sociologia

CFEs

Sociologia

 

X

 

5

48

77

125

Ambiental

 

Análise e

               

Elaboração de

CFEs

Economia

X

6

48

102

150

Projectos

 

Psicosociologia da

CFEs

Auditoria

 

X

6

48

102

150

Organizações

 

Geografia de

CFEs

Geografia

 

X

 

3

48

27

75

Moçambique

 

Estágio

CFEs

   

X

 

6

48

102

150

 

Total I Semestre

 

31

303

472

775

 

Auditoria E Análise de Balanço

CFG

Finanças

 

X

5

48

77

125

 

Fiscalidade e

               

Finanças Públicas

Finanças

X

5

48

77

125

 

Gestão de Recursos Humanos

 

Gestão

 

X

4

64

36

100

 

Demografia

 

Geografia

 

X

 

4

48

52

100

 

História Cultural e Religiosa de Moc

 

História

 

X

 

5

48

77

125

 

Trabalho de

               

Culminação do

CFP

 

X

6

32

118

150

Curso

 
 

Total I I Semestre

 

29

288

437

725

 

Total 4° Ano

 

60

591

909

1500

UP DP

3ª REFORMA CURRICULAR

PÁG 18 DE 382

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

19

12. Plano de estudos

1°ANO

       

Semestre

Horas

   

Codigo

Denominação

HCS

HCT

CR

PR

 

Metodologia de Investigação Cientifica

CFG

Linguas

X

 

3

48

5

 
 

Introdução `a História

CFEs

História

X

 

3

48

4

 
 

História de África até sec.XVIII

CFEs

História

X

 

3

48

4

 
 

História Econ. Geral e de Moça. até Séc.XVIII

CFEs

História

X

 

5

80

6

 
 

História Social e Cultural Séc.XVIII

CFEs

História

X

 

5

80

6

 
 

História das Ideias Politicas até Séc.XVIII

CFEs

História

X

 

5

80

6

 
 

Técnica de Expressão

CFG

   

X

3

48

4

 
 

Tema Transversal I

CFG

   

X

1

15

1

 
 

História de África Séc.XIX-

     

X

3

48

3

 

XXI

CFEs

História

 

História Econ. Geral e de Moça.Séc.XIX-XXI

CFEs

História

 

X

5

80

6

 
 

História Social e Cultural Séc.XIX-XXI

CFEs

História

 

X

5

80

6

 
 

História das Ideias Politicas Séc.XIX-XXI

CFEs

História

 

X

5

80

6

 
 

Prática Profissional I (estágio)

CFP

Técnica

 

X

3

48

3

 

UP DP

3ª REFORMA CURRICULAR

PÁG 19 DE 382

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

20

 

2°ANO

   

Lingua

X

     

4

Inglês

CFG

Estr.

3

48

Nocões de Direito

CFEs

Direito

X

 

4

64

4

Sociologia Politica

CFEs

Sociologia

X

 

4

64

6

Historia do Pensamento Económico

CFEs

História

X

 

4

64

6

Relações Públicas

CFEs

Gestão

X

 

4

64

6

Prática Profissional II (estágio)

CFP

Técnica

X

 

3

48

3

Antropologia Cultural de Moçambique

CFG

Antrop.

 

X

3

48

4

Tema Transversal II

CFG

   

X

1

15

1

Ciência Política I

CFEs

Política

 

X

3

48

3

História das Instit. Politicas Moçambicanas

CFEs

História

 

X

3

48

4

História Contemporânea da Europa-América

CFEs

História

 

X

4

64

6

Direito Administrativo

CFEs

Direito

 

X

4

64

6

Direito Constitucional

CFEs

Direito

 

X

5

80

7

UP DP

3ª REFORMA CURRICULAR

PÁG 20 DE 382

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

21

3 ˚ANO

 

Denominação

C.F.

A.C.

Semestre

Horas

   

Código

HCS

HCT

CR

PR

 

Estatistica Aplicada às Ciências Sociais

CFG

Matematica

X

 

3

48

4

 
 

Tema Transversal III

CFG

 

X

 

1

15

1

 
 

Administração Autárquica

CFEs

Administração

X

 

3

48

5

 
 

Etica Politica

CFEs

Filoso

X

 

3

48

3

 
 

Ciência Política II

CFEs

Política

X

 

3

48

5

 
 

Contabilidade Financeira I

CFEs

Contabilida

X

 

4

64

5

 
 

Finanças Públicas e Autárquicas

CFEs

Finanças

X

 

4

64

7

 
 

Gestão Orçamental nas Autarquias

CFEs

Gestão

 

X

3

48

5

 
 

Contabilidade Financeira II

CFEs

Contabilidade

 

X

4

64

5

 
 

Introdução à Ciência Politica

CFEs

Política

 

X

4

64

4

 
 

Ordenamento Territorial e Urbanização

CFEs

Geografia

 

X

4

64

6

 
 

Economia Política

CFEs

Política

 

X

4

64

6

 
 

Prática Profissional III (estágio)

CFP

Técnica

 

X

3

48

4

 

UP DP

3ª REFORMA CURRICULAR

PÁG 21 DE 382

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

22

4 ˚ANO

Estágio

CFP

Técnica

X

 

3

48

6

Tema Transversal IV

CFG

 

X

 

1

15

1

Estudos Contemporâneos

CFEs

História

X

 

3

48

4

Analise e Elaboração de Projectos

CFEs

Gestão

X

 

3

48

6

Sociologia Ambiental

CFEs

Sociologia

X

 

3

48

5

Psicossociologia das Organizacões

CFEs

Psicologia

X

 

3

48

6

Geografia de Mocambique

CFEs

Geografia

X

 

3

48

3

Auditoria e Análise de Balanços

CFEs

Finanças

 

X

3

48

5

Fiscalidade e Finanças Públicas

CFEs

Finanças

 

X

3

48

5

Gestão de Recursos Humanos

CFEs

Administração

 

X

4

64

4

Demografia

CFEs

Adm.

 

X

3

48

4

História Cultural e Religiosa de Moçambique

CFEs

História

 

X

3

48

5

Trabalho de Culminação do Curso

CFEs

   

X

2

32

6

UP DP

3ª REFORMA CURRICULAR

PÁG 22 DE 382

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

23

13. Minor em Gestão de Unidades Territoriais

     

Semestre

   

Disciplina

Componente

de

Area Ciêntífica

   

Ano

Créditos

Formação

Estatística para as Ciências Sociais

CFG

Matemática

X

 

4

Finanças Públicas e Autarquicas

C FEs

Finanças

X

 

7

Gestão Orçamental nas Autarquias

CFEs

Administração

 

X

5

Ordenamento

           

Territorial e

CFEs

Geografia

X

6

Urbanização

Economia Política

CFEs

Política

 

X

6

Tema Transversal

           

III

CFG

Transversal

X

1

Tema Transversal

 

Transversal

   

 

UP DP

3ª REFORMA CURRICULAR

PÁG 23 DE 382

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

24

IV

CFG

   

X

 

1

Estudos

       

 

Contemporâneos

CFG

História

X

4

Análise e

           

Elaboração de

CFG

Economia

X

6

Projectos

Psicossociologia

           

das Organizações

CFEs

Psicologia

X

6

Auditoria e Análise de Balanço

CFEs

Finanças

 

X

5

Fiscalidade e Finanças Públicas

CFEs

Finanças

 

X

5

Gestão

de

           

Recursos

CFEs

Administração

X

4

Humanos

Total de créditos

60

UP DP

3ª REFORMA CURRICULAR

PÁG 24 DE 382

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

25

14. Minor em Gestão Publica

     

Semestre

   

Disciplina

Componente

de

Area Ciêntífica

   

Ano

Créditos

Formação

Direito

       

6

Administrativo

CFEs

Direito

X

Direito

       

 

Constitucional

C FEs

Direito

X

7

Psicossociologia

           

das Organizações

CFEs

Psicocologia

X

6

Contabilidade

           

Financeira I

CFEs

Contabilidade

X

5

Contabilidade

           

Financeira II

CFEs

Contabilidade

X

5

Prática Profissional

           

III

CFP

Técnica

X

4

Fiscalidade e Finanças Públicas

CFEs

Finanças

 

X

5

Estágio

CFE

Técnica

   

 

UP DP

3ª REFORMA CURRICULAR

PÁG 25 DE 382

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

26

     

X

   

6

Gestão

de

           

Recursos

CFEs

ADM

4

Humanos

X

Relações Públicas

CFG

Filosofia

X

 

6

História

das

           

Instituições

CFG

História

4

Políticas

X

Moçambicanas

Tema

Transversal

           

II

CFG

X

1

Tema

Transversal

           

IV

CFG

X

1

UP DP

3ª REFORMA CURRICULAR

PÁG 26 DE 382

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

27

15. Tabela de precedências

A inscrição em:

Depende da aprovação em:

Contabilidade Financeira I I

Contabilidade Financeira I

Ciência Politica I

Introdução `a Ciência Politica

Ciência Politica II

Ciência Politica I

Contabilidade Financeira II

Contabilidade Financeira I

História Econ. Geral e de Moça.Séc.XIX-XXI

História Econ. Geral e de Moça. até Séc.XVIII

História S.C. Geral e de Moça. Séc.XIX-

História S.C. Geral e de Moça. até Séc.XVIII

XXI

História das Ideias Politicas Séc.XIX-XXI

História das Ideias Politicas até Séc.XVIII

História de África Séc.XIX-XXI

História de África até sec.XVIII

16. Tabela de Equivalências

-Novo plano de estudos

Actual plano de estudos

Direito Constitucional

Instituições Políticas e Direito Constitucional

História de África até séc.XVIII

História de África I

História de África Séc.XIX-XXI

História de África I I

Inglês

Inglês Instrumental

17. Plano de transição

Considerando que o antigo Curso HIPOGEP terminará em 2013, os estudantes repetentes, reprovados a três disciplinas

ou mais, em 2010 são obrigados a matricularem-se no primeiro ano do novo curso.

UP DP

3ª REFORMA CURRICULAR

PÁG 27 DE 382

Aprovado na 3ª Sessão do Conselho Universitário (CUP) 2009

28

O encerramento do antigo curso HIPOGEP decorrerá gradualmente. Assim, em 2010, não haverá o primeiro ano desse

curso. Em 2011 terminará o segundo, em 2012 encerrar-se-á o terceiro ano, em 2013 termina o quarto ano. Em 2013

serão graduados os últimos estudantes com o grau de Bacharelato. Até 2015 serão graduados os últimos licenciados do

antigo Curso HIPOGEP, dando-se por encerrado definitivamente esse curso. A partir do ano 2015 apenas funcionará o

novo curso, no novo modelo. Portanto, o plano de estudos do antigo curriculo será aplicado até 2014.

Tendo em conta que o curso HIPOGEP é auto-sustentável, no primeiro do seu funcionamento poderão ser

abertas no mínimo três turmas, desde que existam salas de aulas e docentes em número aceitável.

18. Avaliação da aprendizagem

O processo de avaliação no Curso de HIPOGEP derivará do estipulado no Regulamento Académico da

Universidade Pedagógica, cujo carácter advirá da mensuração das competências a serem adquiridas ao longo do

processo formativo.

O modelo de estudos centrado no estudante condicionará a valorização de trabalhos de carácter individual e

colectivo, de índole teórica e prática, para além das avaliações respeitantes à participação em seminários, testes e

exames.

Relatórios de Práticas Profissionalizantes, que venham a corporizar e a concretizar todos os saberes apreendidos

e produzidos no decurso lectivo terão também o seu lugar de charneira no processo avaliativo, para além dos Relatórios

de Estágios, Monografias Científicas e Exames de Conclusão do respectivo curso

19. Formas de Culminação<