You are on page 1of 118

PASSATEMPOS GANHE PRÉMIOS COM AS SUAS FOTOGRAFIAS

A
*

re º
vi
st
N
a CT
1
AP
os
ad
*D
GRANDE CÂMARA!
PREÇO PEQUENO!
A nova Fujifilm GFX 50S
redefine o médio formato

PERCEBER
O BOKEH
Guia essencial para
fundos desfocados

COMO FAZER...

FOTOGRAFIA 6 5
MINUTOS

MACRO!
de vídeos

OFERTA DE CD

Dicas e técnicas
Escolha o melhor flash
10 projetos para experimentar
ANÁLISES: FUJIFILM GFX 50S • PANASONIC GH5 • NIKON D5600 • PENTAX KP QUATRO VÍDEO-TUTURIAIS
CONFRONTO 8 FLASHES DEDICADOS • INSTAX SQ10 EDITAR: QUATRO GUIAS FOTOS DOS LEITORES
PASSO-A-PASSO • DICAS DE LIGHTROOM FOTOGRAFAR: 7 PROJETOS CRIATIVOS GUIA DE COMPRAS

Rua Dom Afonso IV, Loja 14 2735-223 Cacém

214 039 725 Segunda
a Sexta
das 10h - 13h
e das14h - 18h

www.hi-techwonder.com info@hi-techwonder.com

Olympus Tough TG-5 Fujifilm Instax Mini 9 CARUBA Skydex 100
Vermelha / Preta Cores Variadas

NOVO
NOVO

€479,00 €84,00 €34,90
Canon EOS 750D Dicapac WP-S3 Manfrotto Pro Light Zhiyun Smooth-Q
+ EF-S 18-55mm IS STM Bolsa Estanque Bumblebee-230 PL Estabilizador Smartphone

-13% NOVO NOVO

€699,00 €67,90 €229,90 €179,00

COLORLINE GH5 +
12-60mm
€2589
Agora Disponível!

Corpo: €1989

Fundos de Papel desde

€39,90

EDITORIAL

PARTICIPE
NOS PASSATEMPOS
BEM-VINDO À
EDIÇÃO DE JULHO
A FOTOGRAFIA macro pode
mudar, não só a forma
“DIcas e técnicas
como vemos o mundo, mas
também a forma como
que o vão ajudar a
vemos a fotografia em si.
Para quem nunca
fazer do pequeno
OLHARES experimentou, o simples ato de encostar o algo grande e
olho à ocular, depois de equipar a sua câmara
ESTA É MAIS uma das secções mensais
em que pode participar e ganhar prémios com uma objetiva macro, pode ser especial”
com as suas fotografias. O tema é livre, arrebatador. De um momento para o outro o
por isso, dê asas à sua criatividade e
surpreenda-nos! As regras de participação mundo aumenta brutalmente de tamanho e
estão no CD ou no nosso Facebook. de interesse, para revelar razões acrescidas
para fotografar em qualquer lado, por mais
banal que possa parecer um assunto.
Este mês dedicamos boa parte da sua
revista a dicas e técnicas essenciais que o
vão ajudar a fazer do pequeno algo de muito
grande e especial.
Por fim, gostaria ainda de destacar a seção
Técnicas Básicas deste mês, onde falamos
sobre o bokeh. Perceba o que é afinal, como
Edição digital
A revista OM
funciona e como recriá-lo em muitas das F está dispon
em formato di ível
cenas com que se cruza no seu dia-a-dia. gital para o se
ou smartpho u tablet
ne. Descarreg
MISSÃO a aplicação gr
atuita e tenh
ue
TODOS OS MESES lançamos um novo a sua revista a
desafio aos nossos leitores. Esteja atento preferida
na ponta dos
à temática e à data limite de envio de dedos,
imagens para este passatempo. Participe sempre!
já e ganhe prémios. Consulte as regras
de participação ou no nosso Facebook. Rogério Jardim
rogerio.jardim@goody.pt

O QUE DESAFIO
PROMETEMOS?
PARA OS LEITORES Queremos
DO MÊS
estreitar a relação com o leitor, apelando
à sua participação em várias secções
da revista. Envie-nos as suas sugestões RODAR O PARAFUSO
e fotos para fotografia.digital@goody.pt.
OS PARAFUSOS são um bom exemplo
PARA TODOS Com uma linguagem de objetos banais que criam imagens
simples e acessível, dirigimo-nos muito giras. Neste projeto, a adição de
um fundo colorido ao primeiro plano de
a todos os amantes da fotografia
um parafuso, devidamente
que procuram soluções práticas e claras, complementado pela pouca profundidade
ideias e inspiração. Com muita paixão!

INDEPENDENTE Somos cem
28 de campo, gerado por uma abertura
ampla, cria um ambiente atraente aos
olhos. E é tão simples de fazer!
por cento independentes. Os fabricantes
dos produtos e serviços, bem como ENTRE EM CONTACTO CONNOSCO!
os anunciantes, não determinam a nossa

@
linha editorial ou as nossas opiniões.

COM RIGOR Esta publicação é criada
por profissionais com provas dadas 
FACEBOOK POR VIA
DIGITAL
* POR
CORREIO
nas áreas jornalismo e da fotografia.
E as opiniões expressas nos testes A sua revista de eleição está Use e abuse do nosso endereço de Se prefere a via tradicional, pode
e-mail: fotografia.digital@goody.pt. continuar a comunicar connosco
a equipamentos são baseadas em bem representada na maior
Faça-nos chegar as suas opiniões enviando a sua correspondência
análises rigorosas e objetivas, sempre das redes sociais na Internet, e sugestões, coloque-nos as suas pelo correio para: Goody SA
tendo como base experiências no terreno. em www.facebook.com questões e envie-nos as suas – O Mundo da Fotografia, Ptc.
/omundodafotografia. melhores fotografias para os Bernardino Machado, Nº 11A,
Faça “Gosto” já hoje! passatempos Olhares e Missão... Lumiar, 1450-421 Lisboa.

JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 3

JULHO
147

N E S TA E D I Ç Ã O
T O D O O I N C R Í V E L “ U N I V E R S O ” D A F O T O G R A F I A N U M A Ú N I C A R E V I S TA . . .

T E M A D E C A PA

A MAGIA
DA FOTOGRAFIA
MACRO
22 Conheça
os truques
por trás da magia
reproduzida pela
fotografia macro
num especial de
14 páginas!

8 76 60
HOTSHOTS ZOOM OUT IMAGENS AO PORMENOR
IMAGENS COM IMPACTO FRANS LANTING IDEIAS CRIATIVAS
Pouco importa de onde vem uma fotografia Fique a conhecer algumas das histórias Analise connosco algumas imagens ao
ou o que capta. Importa sim o que nos faz de um grande fotógrafo de paisagens, pormenor e aprenda os segredos por
sentir como fotógrafos e espetadores. e inspire-se também com a sua visão trás de fotografias impactantes, sejam
Inspire-se com estas imagens... sobre a fotografia. elas de paisagens, retratos ou macro.

4 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017

ASSINE JÁ A OMF
AVANCE ATÉ À PÁG. 64! O MUNDO DA FOTOGRAFIA
Nº 147 n Julho 2017 n Mensal n €4,99 (Cont.)

EDITOR

Outros temas na sua nova OMF
GOODY, S.A.
Sede Social, Edição, Redação e Publicidade:
Pct. Bernardino Machado, n.º 11A,
Lumiar – 1750-421 Lisboa
Tel.: 218 621 530 – Fax: 218 621 540

06 Observatório 56 Técnicas básicas – N.º Contribuinte: 505000555

As novidades mais relevantes Bokeh CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO
António Nunes (Presidente), Alexandre Nunes,
do mês compiladas em duas páginas. Porque nem sempre vai querer captar Fernando Vasconcelos, Nuno Catarino, Violante Assude
o máximo de detalhe possível.

08
ACCIONISTAS
Hotshots António Nunes (20%), Alexandre Nunes (20%),

60 Imagens ao pormenor
Fernando Vasconcelos (20%), Nuno Catarino (20%),
Contemple algumas das Violante Assude (20%)
melhores imagens que recebemos este mês Por vezes, uma análise cuidada
DIRETOR GERAL
e desafie-se também a enviar imagens suas. a uma imagem será a inspiração para António Nunes
outra. Aprenda e inspire-se. MARKETING E DISTRIBUIÇÃO

22 Fotografia macro
Fernando Vasconcelos
LICENSING
Tudo o que precisa saber
66 Odemelhor da edição Nuno Catarino
DIRETOR FINANCEIRO
para se aproximar do seu assunto e imagem – Parte 18 Alexandre Nunes
CONTABILIDADE
criar imagens memoráreis. A acompanhar os quatro tutoriais deste Cláudia Pereira
mês, mais de uma hora em vídeos APOIO ADMINISTRATIVO
Tânia Rodrigues, Catarina Martins
passo-a-passo que não deve perder.
DIRETOR

84
Rogério Jardim
Missão de julho: (rogerio.jardim@goody.pt)
Geometria CONSULTORA TÉCNICA
Joana Clara

ESTATUTO EDITORIAL
Leia na íntegra em
www.goody.pt/pt/estatutos/omf

PUBLICIDADE
Carla Pinheiro
carla.pinheiro@goody.pt
Tel.: 218 621 546 | 939 103 233
Fátima Eiras
fatima.eiras@goody.pt
Tel.: 218 621 491 | 937 908 007

DIRETOR DE PRODUÇÃO
Paulo Oliveira
COORDENADOR PRODUÇÃO EXTERNA
António Galveia
DIRETORA DE ARTE

36 Olhares
Sofia Marques
ARTE DE CAPA
As melhores fotografias Vanda Martins, Rui Nave (imagem)
PAGINAÇÃO
enviadas pelos nossos leitores. Vanda Martins

46
CD-ROM – EDIÇÃO
Projetos fotográficos Rogério Jardim
CD-ROM – ARTE DE CAPA
Este mês temos projetos Vanda Martins
fotográficos e alguns desafios “faça você
mesmo” que vai querer concretizar. 114 No CD
Conheça todos os conteúdos extra.
PROGRAMAÇÃO E DESIGN
Paulo Santos
CD-ROM – PRODUÇÃO/EDIÇÃO DE VÍDEOS
Paulo Santos
COORDENADOR DE CIRCULAÇÃO
Carlos Nunes
SERVIÇO DE ASSINANTES E LEITORES

Equipamento fotográfico em teste
Gonçalo Galveia – Tel.: 21 862 15 43
E-mail: assinaturas@goody.pt
Site: www.assineagora.pt
DISTRIBUIÇÃO DE ASSINATURAS

94 Fujifilm GFX 50S
100 Nikon D5600
105 Instax SQ10 J. M. Toscano, LDA
Tel.: 214142909
A supercâmara de Uma solução da A estrela da E-mail: geral@jmtoscano.com
Site: www.jmtoscano.com
médio formato da Fujifilm Nilkon pensada para Panasonic esbate ainda
PRÉ-IMPRESSÃO E IMPRESSÃO
submetida a testes intensos. iniciantes com pretensões. mais a fronteira entre a Lidergraf
Rua do Galhano 15
fotografia e o vídeo. 4480-089 Vila do Conde

98 Pentax KP
Onde se encaixa
afinal esta reflex de 24MP?
102 Panasonic
Lumix GH 5
A estrela da Panasonic 105 Flashes
Oito flashes
DISTRIBUIÇÃO
Distrinews II
TIRAGEM
9.000 ex.
DEPÓSITO LEGAL
Nós damos o veredicto... esbate ainda mais a externos prontos N.º 226092/05
fronteira entre a fotografia a iluminarem a REGISTO NA E.R.C.
N.º 124710
e o vídeo. sua cena. Saiba
qual a melhor
opção. A Future plc é detentora do título Digital Camera.
Todos os artigos traduzidos e/ou adaptados são
propriedade da mesma, estando a Goody, S.A.
autorizada a reproduzi-los em Portugal.

Por favor recicle esta revista
quando terminar de a utilizar

o Spark. Espere o teste para com o sistema PalmControl. como horizontal.com permite reconhecer gestos da mão do segundo informações da marca. apesar de muito se ter especulado sobre poder vir equipado com suaves e sem efeitos de “corte” da imagem. conta com um sistema Gimbal. respeito. juntar uma série de fotografias. cores diferentes e pode o Spark pode voltar ao ponto voar até 50km/h. www. claro. o mesmo que dizer modos de fotografia.dji. ShallowFocus. a ser possível o controlo mesmo assim. capaz pode afastar-se mais do que 2km. OBSERVATÓR IO As mais recentes novidades fotográficas! 3 3 VOLTAR A CASA COLORIDO E RÁPIDO Em caso de falha de ligação Está disponível em cinco ou por vontade do utilizador. fique também a saber que este sempre é tão fácil como se pensa. MINIDRONE DE 12MP DJI SPARK DJI lança pequeno drone que pode ser controlado com gestos e que promete mudar a forma como os drones são controlados S DRONES conseguem operador para o afastar. e vem equipado funcionar sob dois eixos. No que à estabilização de imagem diz num dado ponto da imagem. o que. a DJI promete que Mavic Pro. ainda que fotografias com 12 megapíxeis. do que suficiente para criar imagem muito O ângulos que de outra forma são impossíveis. quer na continue. 3 3 AUTONOMIA CÃMARA A bateria dura até 16 minutos. de partida automaticamente. mas controlá-los nem mais importante. fazer regressar e. complementado compra em portugal. O Spark é extremamente compacto. o pequeno voador chega com dois novos Mas neste caso. depois de captar e pequeno drone. breve. será mais A partir de €599 6 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . a apenas alguns gestos serão suficientes funcionalidade de captar vídeo 4K. No modo Pano.3”. a mesma câmara do irmão mais velho. fotografar. Para quem conhece a linha de drones da marca. mas não Sensor CMOS de 1/2. dado o segmento a que se destina. que lhe por uma estabilização digital que. acaba por ser um bom vertical. permite centrar o foco smartphone. evitando obstáculos que surjam pelo caminho. já o modo através de comando remoto e/ou registo. a O Spark já está disponível para pesa apenas 300 gramas. acaba câmara cria panorâmicas para levar a melhor sobre o seu novo por chegar limitado ao vídeo Full HD e a automaticamente. Em termos de câmara. de fazer vídeo 1080p e captar imagens com 12MP.

.

HOTSHOTS FOTOGRAFIAS PREMIADAS DO CONCURSO PREMIER GARDEN PHOTO .

e ainda Gardens on the GO para os dispositivos mobile.” Equipamento Sony Alpha 7R com objetiva 70-200mm Exposição 0. da Royal Photographic Society. plantas e assuntos botânicos. para o vencedor de portfólio. Uma nova experiência de rede estreia-se na edição deste ano.500 para o grande vencedor e €2. com novas categorias.pt’ com o assunto ‘Secção Hotshots da OMF’. a f/11.6 seg. com um prémio de € 8. SOBRE O INTERNATIONAL GARDEN PHOTOGRAPHER OF THE YEAR O International Garden Photographer of the Year é a mais importante competição e exposição do mundo de fotografia de jardim. REINO UNIDO “Estava uma manhã negra e húmida em Snowdonia. mas o outono oferece sempre boas oportunidades.300.com ENVIE-NOS AS SUAS FOTOS! A sua fotografia pode aparecer aqui! Envie-nos o seu melhor registo para ‘fotografia. O concurso é anual e decorre de fevereiro a outubro.digital@goody. e mais uma medalha de ouro. VENCEDOR GERAL LEE ACASTER PARQUE NACIONAL DE SNOWDONIA. incluindo My Garden Stories e Outdoor Living. ISO 100 JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 9 .igpoty. As águas negras do lago ajudaram a isolar a forma e textura da árvore enquanto providencia contraste às folhas. www.

HHOOTTSSHHOOTTSS PRIMEIRO LUGAR. a 1/125 seg.. REINO UNIDO “Tenho um interesse imenso em utilizar um microscópio como ferramenta para revelar a beleza escondida do mundo natural. ISO 100 10 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . criando uma ponte entre a ciência e arte. hortênsias. obturador de disparo eletrónico.” Equipamento Nikon D200 com microscópio. Olympus BX45 microscope. PORTFOLIOS STEVE LOWRY PORTSTEWART. adaptador de câmara Exposição 1/500 seg. Este portfólio centra-se em botões de flores cortadas e tingidas de: crisântemos. IRLANDA DO NORTE. Echinops ritro e lírio tigrino. Helleborus. túlipas.

HOTSHOTS FINALISTA. a f/4. SARAGOÇA.” Equipamento Nikon D800 com Objetiva Nikkor 70-200mm Exposição 1/200 seg. ESPANHA “Estava à procura de um alinhamento especial de sombras e aguardei até à iluminação correta. GREENING THE CITY J RAMON MORENO URBAN TREES III. ISO 100 .

ISO 100 WILDFLOWER LANDSACPES MARCO ZAMÒ LA FIORITURA III. UMBRIA. a f/22. descobri que o arbusto Cotoneaster no exterior da minha casa estava adornado com múltiplas camadas de teias de aranha. ISO 200 12 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . LONDRES. ITÁLIA “Os campos infindáveis de flores de lentilha tornam a paisagem de Castelluccio um dos mais fotografados do mundo . REINO UNIDO “Numa manhã nebulosa de outono.” Equipamento Nikon D500 com objetiva Sigma 150-600mm Exposição 1/250 seg. HHOOTTSSHHOOTTSS THE BEAUTY OF PLANTS KASIA NOWAK BERRIES. a f/8. CASTELLUCCIO DI NORCIA.” Equipamento Nikon D800 com objetiva macro Tamron 90mm Exposição 1 seg.

ISO 800 . A época da vindima é de pura alegria. especialmente quando partilhada com outros. ITÁLIA “O sol tem vindo a sustentar estas vinhas ao longo do verão.” Equipamento Nikon D4S com objetiva Nikkor 24-70mm Exposição1/125 seg. SUL DE TYROL. e agora as uvas estão prontas para serem vindimadas. THE BOUNTIFUL EARTH ALBERT CEOLAN VINDIMA. a f/11. HOTSHOTS FINALISTA.

Descobrir. ISO 320 14 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . HOTSHOTS FÁTIMA VIDEIRA Coimbra. a f/3. Equipamento Canon EOS 550D a 4mm Exposição 1/30 seg. São Pedro do Sul..5.. Portugal Este espigueiro foi a inspiração que a Fátima Videira precisou para fotografar um assunto que representa sempre muito bem o norte de Portugal. Esta imagem fez parte de uma amostra apresentada no evento de fotografia.

esta fotografia foi publicada no grupo Cantinho da Fotografia. Tentei registar na fotografia as dificuldades por que passam para sobrevier.8. Portugal “Ao chegar ao planalto da Coelheira. realçada pelo contraste de cores entre a urze e a carqueja. a f/4.” Equipamento Nikon D610 a 110mm Exposição 1/80 seg. Gosto de partilhar as minhas fotos com o mundo. S. Pedro do Sul.200 JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 15 . conheci esta família simpática. humilde e muito pobre. num dia chuvoso de Primavera Nesta fotografia tentei retratar a beleza da serra da Arada. a f/4.sobressaiu na paisagem a casa isolada. Serra da Arada.” Equipamento Sony NEX F3 a 24mm Exposição 1/25 seg._ HOTSHOTS MARCO ALMEIDA São Pedro do Sul. ISO 100 NOILTON PEREIRA Brasil “Numa das minha saídas fotográficas no Brasil. ISO 3. a foto foi tirada nos breves momentos em que o sol iluminou o planalto.

RECONECTA-TE JORGE BACELAR O NAMORO Equipamento Sony ILCE-7 a 30mm Abertura f/4 Exposição 1/40 seg. PRÉMIO DE FOTOGRAFIA SNAP IT BY ŠKODA 2017 . Sensibilidade ISO 200 16 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 .

. 3º LUGAR JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 17 . SNAP IT BY ŠKODA 2017 .RECONECTA-TE PRÉMIO DE FOTOGRAFIA SNAP IT bY ŠKODA A edição deste ano do concurso de fotografia SNAP IT by ŠKODA voltou a ter participações que merecem ser vistas e revistas.. Aqui ficam as três vencedoras.

Sensibilidade ISO 3.8 Exposição 25 seg.3 Exposição 1/400 seg. PRÉMIO DE FOTOGRAFIA SNAP IT BY ŠKODA 2017 .200 VENCEDOR JOÃO GALAMBRA CAPITÃES DA AREIA Equipamento Nikon D800 a 35mm Abertura f/6. Sensibilidade ISO 100 18 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 .RECONECTA-TE 2º LUGAR 2º LUGAR JOÃO SANTOS MAN OF SIMPLES PLEASURES Equipamento Nikon D810 Abertura f/2.

RECONECTA-TE PRÉMIO DE FOTOGRAFIA VENCEDOR JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 19 . SNAP IT BY ŠKODA 2017 .

.UMA VIAGEM PELA HISTÓRIA DO UNIVERSO E DA VIDA JÁ NAS BANCAS O SER HUMANO COMO SE C O M O SA B E MO S A I N DA E S TÁ FORMOU O QUE EXISTE E M E VO LU Ç ÃO ? SISTEMA SOLAR? M AT É R I A N E G R A ? R E S P O S TA A E S TAS E A MU I TAS M A I S Q U E S T Õ E S .

6 PROJETOS FOTOGRÁFICOS FOTOGRAFIA MACRO Siga as nossas dicas. mas vai criativos que. que de outra forma passa despercebido. Os preços de boas objetivas macro da Sigma Neste guia vamos desafiá-lo com seis projetos e Tamron começam nos € 400. adicionando extensões ou alguns filtros – ainda poderá revelar formas e texturas que a melhor solução seja investir numa objetiva invisíveis ao olho nu. espetador descobrir. criam a base do que precisa esquecer-se do preço assim que começar a para potenciar qualquer fotografia macro. Estas objetivas focam em tamanho real. com desbloquear o potencial criativo destas objetivas muitas dicas e técnicas pelo meio. estará com o assunto a ser gravado com o tamanho que a criar todo um novo mundo para o seu teria se fosse colocado diretamente no sensor. Está na hora de entrar num mundo primeira tarefa é certificar-se que tem a objetiva completamente diferente – um que sempre certa para fotografar. juntos. mas de que nunca se apercebeu… JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 21 . é possível fazer esteve por cá. Mas a sua dedicadas. Ao ampliar o detalhe macro. Na verdade. ideias e técnicas e capte imagens macro capazes de transformar assuntos do dia a dia em imagens extraordinárias SE conseguir focar a sua câmara com que qualquer objetiva foque mais de perto muito próximo do seu assunto.

um simples jardim pode ser suficiente para fazer uma grande foto. e revelar o detalhe intricado dos espécimes mais humildes da natureza pode resultar num excelente projeto. Com a câmara num tripé e uma objetiva macro. ZOOM IN FOTOGRAFIA MACRO PROJETO 1 BELEZA FLORAL Transforme simples flores de jardim em arte CRIAR e preparar as suas ideias retira toda a frustração da fotografia macro.6.6 200 16 0 0 10 0 0 5 42 8 00 00 25 8 50 0 1 40 0 2 5 6 0 3 0 15 100 2 00 22 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . Depois. nas floristas. numa bancada de trabalho perto de uma janela. de f/5. Isto desfocará progressiva e suavemente as áreas em torno da gota de água 8 00 0 6400 128 0 0 40 C SE 32 5 ISO 00 00 1 SEC 2 S EC 2000 1/ 60 F5. Isto cria interesse e funciona como uma pequena objetiva no estame. Raramente há margem para complexidade visual quando trabalhamos a esta escala. Cole uma flor com Bostik. ao optar pela cor azul estará a complementar o amarelo da flor de uma forma muito harmoniosa. foque manualmente na gota de água e use uma abertura ampla. coloque uma gota de água no centro da flor com um pincel. ou outro adesivo. Apesar de ser possível aceder a flores exóticas durante todo o ano. Para criar um ponto de foco. coloque uma cartolina colorida no fundo.

FOTOGRAFIA MACRO ZOOM IN DICA 1 Montar um apoio Com o zoom de uma objetiva macro. Por isso. DICA 2 Use um borrifador Esteja em casa ou na rua. mude para foco manual e © Jon Adams vá rodando o anel de foco lentamente até encontrar o ponto de foco ideal. a mais pequena brisa faz balançar a flor de um lado para o outro. Criará igualmente a sensação de frescura. Crie este efeito de forma gradual. Vá disparando algumas imagens durante o acerto para ter melhores resultados. um borrifador de água muito suave adicionará um detalhe extra às suas flores. JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 23 . de um orvalho matinal. isto porque é mais fácil adicionar que remover. Quando estamos no exterior. Prenda a planta o mais próximo possível da flor. apoie as flores com uma cana de bambu e uma amarra de arame. DICA 3 Foco manual ao poder! Sem tripé o AF numa objetiva macro pode ser difícil de controlar.

mas o quivi é um ótimo ponto de partida. graças às sementes e aos padrões. Agora rode o anel de o botão de exposição de compensação (+/-) caso contrário não os conseguirá colar! foco até ter o máximo de detalhe possível. senão a fatia de fruta vai secar e perder o seu brilho. ponha o ISO a no obturador. Se achar que a luz não é suficiente. mas se escorregar. mantenha pressionado segurar.3 ou -0. Qualquer citrino serve para assunto. e coloque -0. 8 00 0 6400 128 0 0 40 C SE 32 5 ISO 00 © Jon Adams 00 1 SEC 2 S EC 2000 1/ 60 F16 200 16 0 0 10 0 0 5 42 8 00 00 25 8 50 0 1 40 0 2 5 6 0 3 0 15 100 2 00 DICA 1 Fatiar fruta DICA 2 Enquadrar e focar DICA 3 Captar a imagem Corte uma fatia de fruta o mais Com a câmara num tripe. ZOOM IN FOTOGRAFIA MACRO PROJETO 2 IMAGEM F R U TA D A ! Crie uma imagem retro iluminada com luz natural através de uma janela PODE captar o detalhe imenso de fatias de fruta. Fotografe e veja o resultado. Se mudar o ângulo do cartão provocará diferentes efeitos de luz na superfície da fruta. aplique sobre a fruta alguma luz frontal. 24 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . segure um pequeno cartão branco ao lado da objetiva. e de 2 segundos. Para o fazer. O defina uma abertura de f/16 ou oscilações de quando carregamos sumo deve chegar para a manter colada. Aplique primeiro o Bostik na janela. f/22. Preencha o frame com a fatia de fruta Se tiver muito brilho. Isto evitará as janela. Isto vai refletir a luz do sol para a superfícies do quivi. Para levar a cabo esta técnica terá de ser rápido. Para evitar ter ruído. use o Use o temporizador com um atraso fina possível e coloque-a numa modo Prioridade à Abertura. sem qualquer iluminação especial – só vai precisar do sol. e ative o foco manual. de frente para o sol.5 para subexpor. use Bostik para a 100.

PROJETO 3 ONDAS DE PAPEL Crie imagens abstrata a partir de algumas folhas A4 coloridas EXTRAVAGANTEMENTE abstrato na natureza. Use um lanterna para a luz e as sombras. mas algumas molas de roupas podem ajudar. com uma abertura de f/4 e escolha manualmente onde quer que o foco recaia. este projeto oferece a oportunidade de transformar algumas folhas A4 em arte moderna. juntando-as para que elas estejam todas alinhadas na parte inferior. Mantenha todas as extremidades alinhadas. Enrole as folhas e está pronto! Enquadre o disparo. Obter uma série de curvas arrumadas é muitas vezes mais complicado do que o disparo em si. Coloque quatro ou cinco folhas numa pilha. distanciadas 1cm. depois dobre suavemente as outras extremidades. 8 00 0 6400 128 0 0 40 C SE 32 5 ISO 00 00 © Jon Adams 1 SEC 2 S EC 2000 1/ 60 F4 200 16 0 0 10 0 0 5 42 8 00 00 25 8 50 0 1 40 2 5 6 0 3 0 15 0 100 2 00 JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 25 .

É barato. monte a sua câmara num tripé e precisos e suaves que queremos. depois alise-o para a forma cores. mude para o modo Live View para ver a Para fotografias como esta. Ao os tripés nos permitem os movimentos invés. e câmara pode ser frustrante quando a cena usar a ocular pode ser um está tão ampliada. Mesmo assim.) que queira fazer pequenos ajustes. mais do que suficiente para conseguir que pretende. desejada. 6400 0 00 0 20 0 0 00 4 128 0 10 80 32 ISO 00 00 500 1/ 6 F8 200 EC 5 C 16 0 0 © Jon Adams SE 25 0 125 8 00 2S 60 30 C 40 50 15 8 4 2 1 SE 0 2 00 100 PROJETO 4 DICA 1 Cena deslizante! LÁPIS DE COR Facilitar foco e Treine as suas capacidades de focar com lápis de cor enquadramento Com o palco reduzido que uma objetiva macro nos dá. amachuque papel de alumínio Para alterar o ambiente destas imagens. Use a ao ponto de foco. habitue-se a colocar o seu assunto sobre uma folha de papel. conseguir pôr as coisas no sítio certo. as mais pequenas alterações no foco e na CONSEGUIR um foco composição podem fazer toda a diferença preciso em objetivas macro entre o sucesso e o falhanço. Mas ajustar a é bem mais complicado.. vai funcionalidade Live View para facilitar o câmaras têm uma ampliação de 10x – conseguir chegar ao ponto de foco exato processo de quando está a compor a cena. é possível vai ver que é uma forma rápida e eficaz de focar com precisão. até porque nem todos processo de tentativa-erro. em cima de sua composição no ecrã. para eliminar o efeito de experimente cartolinas de diferentes espelho. e ao rodar folha ao invés da câmara. Pode Use os controlos de zoom no ecrã aplicar alterações muito subtis ao mover a para ampliar e o D-pad para chegar até Ao mudar para foco manual. Posicione-o de forma a conseguir rápido e muito eficaz! 26 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . Controle a iluminação e os PROJETO 5 FLORES fundos coloridos para fazer isto 0 0 0 2 0 0 0 10 6400 128 0 0 04 © Jon Adams 00 00 32 8 ISO 50 00 0 25 1/ 2 F22 200 16 0 0 0 125 60 SEC C 5 8 00 0 SE 2 50 15 40 3 8 4 2 1 SEC 0 100 2 00 PARA refletir luz extra criar o efeito que procura para a sua cena.. uma mesa. (A maioria das suavemente o anel de focagem. por trás do assunto.

voilá. foco para determinar o ponto nítido da cena (neste caso. Ao usar o foco manual. 8 00 0 4 00 0 20 6400 128 0 0 0 32 01 ISO 00 000 2 S EC 5 S EC 1/ 10 F8 200 5 0 0 250 1 16 0 0 8 00 EC 60 1S 25 50 3 0 15 8 4 2 40 0 2 00 100 P R OJ E TO 6 OS padrões e texturas presentes em peças mecânicas ganham vida desfoca suavemente. a ponta do parafuso). ABERTURA AMPLA (F/4) ABERTURA BAIXA (F/32) 28 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . deve decidir que parte da cena merece manter a modo Prioridade à Abertura. uma lanterna campo da fotografia. mas ao usar o Vasculhe a oficina por Uma vez posicionados os objetos e o fundo. pode escolher quão plana pretende detalhes mecânicos nitidez através de um foco preciso. Isto é determinado por dois fatores – o ponto em que foca e a profundidade de RODAR O através de um olhar ampliado. está perante uma cena clássica de natureza-morta. Use um fundo de papel para dar cor. e que parte se que a cena seja ou não. pode rodar o anel de PARAFUSO para iluminar e. e ao regular a sua amplitude.

convém garantir que não tocamos na câmara aquando do disparo do obturador. pode focar o V E R PÁ G I N A 3 0 parafusos. pelo que poderá decidir depois. FOTOGRAFIA MACRO ZOOM IN DICA 1 Sem mãos! Eliminar oscilações Quando estamos a focar tão de perto. Por pequena. Será difícil encontrar uma luz portátil microscópica isso. não demora muito a experimentar as várias aberturas e a fazer INSPIRAÇÃO uma sequência de imagens. as velocidades de obturação baixam. melhor que a Maglite AA. quando ver as imagens no DICA 2 Ligue a lanterna STEVE LOWRY computador. APROXIME-SE Quanto mais alto for o valor de f/. enquanto uma abertura menor (f/ mais elevado) manterá mais da sua cena focada. mais da COM cena se manterá focada. uma boa forma de resolver o problema é usar o temporizador da câmara. sendo que uma abertura de f/8 ou f/11 dará nitidez suficiente ao seu ponto de foco.. Jon Adams A abertura amplas (f/ mais baixo) dará à sua imagem uma nitidez muito pouco profunda. qual o impressiona mais. e se rodar a objetiva da luz. o mais pequeno movimento da câmara será ampliado. e deixe-a disparar sozinha. a opção certa está algures no meio. Defina para 2 segundos. com o resto da cena a desfocar-se suavemente. Pode iluminar de algum desfoque nas cabeças dos qualquer lado. Se tiver um disparador remoto. forma de adicionar uma faísca extra a estas fotografias. precisa de luz Esta imagem foi captada com f/8. até chegar ao valor de f/ que o deixa mais confortável. Para reduzir a probabilidade disto acontecer. o que aumenta o risco de ter uma imagem tremida. o movimento do indicador no obturador pode causar oscilações. Mais. e os fundos coloridos raio de luz de forma a criar vários efeitos. Mesmo quando a câmara está num tripé. para dar tempo ás vibrações terminarem. É uma boa devidamente misturados. porque a fotografia macro costuma exigir uma abertura mais baixa para ter mais da cena focada. pelo que devemos usar um disparador remoto e não estar em contacto com a câmara. Preparada a fotografia. JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 29 . ou continuar a notar desfoque nas suas imagens mesmo com este disparador. temos nitidez na ponta do parafuso. Na maioria dos casos. Entre na fotografia Para um assunto pequeno.

.

Muitos separou-se naturalmente quando deles estão agora a deteriorar. Surgiu então uma indústria Direita Tsta parte do chifre de boi para a criação de slides. Estão posicionados época tinham um microscópio. e exibiam os seus últimos considerados como “cruzados”. como pelo seu pura luz polarizada. por isso. O que está populares de contemplar longe de ser verdade. Trata-se espécimes passava por usar luz de uma época em que a arte microscópica polarizada. uma zona mais frágil da amostra. desaparece. A fotógrafos conhecem bem os procura pela cor foi também efeitos da luz polarizada. Da evidente em exposições de próxima vez que ver um espécies microscópicas da arco-íris. espécimes como forma de e virtualmente não passa entretenimento. É. 30 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . em determinados ângulos. A fronteira entre arte e O microscópio polarizador ciência a que estamos tem dois filtros polarizadores: habituados não era tida em um por baixo do objeto. importante preservar o legado criando este agradável efeito 3D. Os era brilhante e vibrante. o Muitos dos mais abastados da analisador. O filtro inferior é olhavam para objetos considerado como o científicos como obras de arte. quer pela sua ponto onde o arco-íris. ZOOM IN FOTOGRAFIA MACRO À LUPA PRO MUNDO MICRO PERTO DA NATUREZA Steve Lowry revela os segredos por trás das suas imagens micro POR norma destes mestres do mundo consideramos a microscópico. polarizador e o superior. o microscopista tentou cortar -se com o tempo. Espécimes que eram polarizado e chegará a um capturadas. que é beleza. interesse científico. era vitoriana Uma das formas mais como austera. rode o seu filtro altura. outro conta pelos vitorianos: por cima.

FOTOGRAFIA MACRO ZOOM IN JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 31 .

chamados selenitos. filtros polarizadores. O microscópio cortar uma zona mais frágil da As cores de muitos espécimes A seção longitudinal é equipado com uma cabeça amostra. espirais do rizoma as cores do próprio espécime. a que a câmara Usou-se muito também filtros retardadores de ondas é acoplada). forma compacta de cabelo) Ainda assim. cujas funções são cristais. existem da Denmstaedita. ao centro retardadores. apresentados neste especial. Os fetos (em pode reforçar estas cores. tornarem visíveis por entre os selenitos vitorianos quando o microscopista tentou filtros polarizados cruzados. Os Em cima. ZOOM IN FOTOGRAFIA MACRO > qualquer luz pela objetiva do Em cima Os veios cor-de-rosa. rizomas. O parte de trás da semelhantes aos estomas de mais comum era o filtro de língua de um gato mostra as farpas Por trás dos slides plantas florais. tubo separado. com uma tecido de plantas. Têm tecidos selenito vermelho. substâncias que fazem rodar a assemelham-se a com um microscópio Olympus Esta parte do chifre de boi luz polarizada para se um vitral de uma BX45. e separou-se naturalmente igreja. A utilização de galinha. Em cima. As imagens foram criadas eram espécimes populares. via adaptador cima à esquerda) têm longas filtros vitorianos usavam Esta imagem da da MicroCam. 32 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . à direira Nikon D200. “polariscópio”. criando este são potenciadas pelo uso do da língua de uma trinocular (duas oculares e um agradável efeito 3D (pág. além de modificar O cabelo e chifres (que é uma microscópio. 30). que Vamos analisar os slides condutores que transportam que compõem produzia um efeito de fundo esta região. água e nutrientes pela planta.

JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 33 . são mais fáceis de fazer. MicroCam. Usou um Olympus que resultam em imagens BX45. em segunda fantásticas. Os slides de cristais câmara. ao Configurou o equilíbrio de brancos para dissolver-se substâncias como tungsténio e usou um disparador remoto. A imagem da mão. A selenitos vitorianas imagem da parte de trás de como retardadores. sobretudo 4X e 10X. onde acoplou a Nikon D200. X4. com um filtro língua de galinha (em cima) polarizador e um mostram capilares sanguíneas analisador. X20 e X40. A cabeça está uma língua de gato (em cima à equipada com direita) mostra “farpas” que objetivas X2.) Os cristais são assuntos O microscópio tinha uma cabeça tripla com perfeitos para a microscopia um par de oculares 10X e um adaptador para polarizada. (Usei impedem as presas de fugirem. X10. e em direção à superfície. FOTOGRAFIA MACRO ZOOM IN As línguas dos mamíferos têm O MICROSCÓPIO DE STEVE também formas muito variadas e impressionantes.

na digital. o (imagem mais à direita). vertendo A Asparagina é um uma longa tira. ZOOM IN FOTOGRAFIA MACRO AS DICAS DE STEVE PARA A FOTOGRAFIA MICROSCÓPICA MATERIAL USADO 1 Os microscópios podem ser caros – procure por um bom modelo em segunda mão. para que os extraído de raspar algas da superfície das O anelídeo Nereis tem patas cristais se formem. A língua áspera molusco. dentes que são usadas para estarem três anos na água. > Vitamina C em pequenas Em cima das lapas têm o formato de página oposta). As escamas quantidades de água. profundamente em dia. primeiros substâncias mais duras que resultam em formas mas ganham vida sob luz aminoácidos a conhecidas. Nos tempos vitorianos. precisa de uma ocular capaz de focar uma superfície plana. suas amostras. Para produzir complexas à superfície polarizada. Hoje tornaram-nos em espécimes língua de um rudimentares. as imagens era limitada a línguas das lesmas e caracóis um filamento de enguias têm escamas cicloides alguns privilegiados. com filas de nascem nas enguias após dos 20 aminoácidos depois uma gota numa lamela. Esta dentição ao longo de todo o À luz normal. a o microscopista imagem em cima. Os microscópios polarizadores permitem rodar os filtros polarizadores superior e inferior. é possível apresentar 34 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . Ao contrário das escamas possibilidade de ver estas enrolou A dentição nos palatos e cuidadosamente de muitos outros peixes. os cristais e foi um dos forma-se a parir de umas das comprimento do seu corpo. espargos em 1806 rochas. POLARIZADORES 2 Com um pouco de trabalho pode usar filtros polarizadores criados para objetivas normais. retardador de ondas cria microscopista recolheu e cores fantásticas. Use a opção bloqueio de espelho e um disparador remoto para diminuir as vibrações a fotografar. OCULAR 3 A ocular de um microscópio é criada para proporcionar imagens nítidas numa superfície curva. com a fotografia populares. são virtualmente invisíveis. Para conseguir imagens nítidas na câmara. DEFINIÇÕES 5 Defina o equilíbrio de brancos da câmara para tungsténio. ADAPTADOR 4 Vai precisar de um adaptador para ligar o microscópio à sua câmara. cujo o modelo definirá o adaptador a comprar. como Topo oposto Para enrolou cuidadosamente as Aberto ao mundo podemos comprovar na criar esta imagem. e criar filtros retardadores de luz com várias camadas de fita-cola larga numa lamela de vidro. esta imagem (topo oposto). Usar um filtro serem isolados. Foi Espere que seque. embebidas na pele (ao meio. mais comuns.

uma minhoca marinha. FOTOGRAFIA MACRO ZOOM IN estas maravilhas do mundo Direita. ao centro microscópico a muito mais O slide da enguia. mostrar as suas imagens ao Direita A Nereis é mundo inteiro. Ao trabalhar com a Anguilla. foi Science Photo Libraty Steve fotografada com teve a oportunidade de um selenito verde. JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 35 . conhecida A micrografia de Steve Lowry pelos pescadores ganhou concursos da Nikon como isco. O trabalho de Steve pode ser visto através da Science Photo Library. gente. Em 2016 venceu a categoria Portfólio. Small World and Royal Microscopical Society. no Garden Photographer of the Year Competition.

PARTICIPE TAMBÉM E GANHE PRÉMIOS! PRÉMIOS 1º A S S I N A T U R A 1 ANO OMF 2º A S S I N A T U R A SEMESTRAL Envie as suas fotos para ‘fotografia. Já o leitor João Santos. 114. será premiado com uma assinatura semestral da OMF (€ 29. 2º classificado. Regras de participação no CD que encontra na pág. Sensibilidade ISO 100 36 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . 1 MENSALMENTE os leitores da revista O Mundo da Fotografia são contemplados com apelativos prémios em resposta aos desafios que lançamos em cada edição. LEITORES OLHARES OLHARES JULHO Demore o olhar nos melhores registos fotográficos enviados pelos leitores da OMF e encontre inspiração para dar asas à sua veia mais criativa. No passatempo Olhares deste mês.6 Exposição 1/100 seg.digital@goody.pt’. o leitor João Paca foi eleito 1º classificado e receberá uma assinatura de um ano da revista O Mundo da Fotografia (€ 59. 1 JOÃO PACA GUARDIÕES DE MEMÓRIAS Equipamento Canon EOS 7D Mark II a 50 mm Abertura f/5.88).94).

OLHARES LEITORES JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 37 .

Sensibilidade ISO 200 38 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . LEITORES OLHARES 2 2 JOÃO SANTOS CAMUFLADA Equipamento Nikon D3200 a 200mm Abertura f/5.6 Exposição 1/320 seg.

OLHARES LEITORES 3 3 DOMINGOS SILVA BLACK BEACH Equipamento Canon EOS 70D a 14mm Abertura f/11 Exposição 71 seg. Sensibilidade ISO 100 DESAFIO PUB EXTRA Em homenagem ao novo Huawei P10 a Huawei desafia-o a participar nesta seção com fotografias captadas pela objetiva do seu smartphone! JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 39 .

LEITORES OLHARES 4 5 40 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 .

OLHARES LEITORES 6 4 5 6 NELSON FAVAS LUÍS TIMÓTEO ANTÓNIO COELHO CAÇA ÀS ESTRELAS O SONHO É APENAS O INÍCIO MOSTEIRO DE ALCOBAÇA Equipamento Canon EOS 5D Mark III a 21mm Equipamento Nikon D750 a 70mm Equipamento Nikon D700 a 10 mm Abertura f/5. Abertura f/4 Exposição 1/1250 seg. Abertura f/6. Sensibilidade ISO 100 Sensibilidade ISO 100 Sensibilidade ISO 400 JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 41 .5 seg.7 Exposição 1/60 seg.6 Exposição 1.

2 seg. Abertura f/14 Exposição 3. Sensibilidade ISO 100 Sensibilidade ISO 100 Sensibilidade ISO 100 42 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . Abertura f/16 Exposição 1/90 seg. LEITORES OLHARES 7 7 8 9 PAULO TAINHA JOSÉ MELIM ALFREDO LEMOS SINAIS SEGUROS DEFESA DAS DUNAS BRUMAS DE SILÊNCIO Equipamento Canon EOS 450D a 50mm Equipamento Pentax K20D a 28mm Equipamento Canon EOS 7D a 35mm Abertura f/22 Exposição 5 seg.

OLHARES LEITORES 8 44 9 JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 43 .

digital@goody. Serão premiados 2º A S S I N A T U R A o 1º e 2º classificados deste passatempo. respetivamente. SEMESTRAL 44 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . 1º A S S I N A T U R A 1 ANO OMF Habilite-se a ganhar uma assinatura anual (€ 59.94) da O Mundo da Fotografia. ENVIE-NOS AS SUAS FOTOGRAFIAS! Participe já no passatempo Olhares da edição de maio da revista OMF! Utilize o e-mail ‘fotografia.88) ou semestral (€ 29. LEITORES OLHARES 10 10 DAVID DORES SILHUETA Equipamento Sony A230 a 100 mm Abertura f/8 Exposição 1/1600 seg.pt’ e siga as PRÉMIOS regras de participação que encontra no CD da revista. Sensibilidade ISO 100 PARTICIPE.

retrato ou numa fotografia macro. JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 45 . criar uma excelente foto. Conte capacidade de desfocar da sua objetiva. CRIATIVAS E PROFISSIONAIS. máximo de detalhe possível.Bokeh e como pode tirar partido da A simplicidade de uma cena pode desafios a que deve responder. TÉCNICAS PRÁTICAS Este mês lançamos mais uma série de . ESTÁ PREPARADO? 46 56 60 PROJETOS FOTOGRÁFICOS TÉCNICAS BÁSICAS IMAGENS AO PORMENOR 7 DESAFIOS A PENSAR EM SI SAIBA TUDO SOBRE... tal como a também com trabalhos manuais em Sim... F O T O G R A FA R F O T O G R A FA R DICAS E TRUQUES EFICAZES E TÉCNICAS PRÁTICAS. porque nem sempre queremos ter o criatividade de uma composição num projetos “faça você mesmo”.

Rute Obadia. Nem será preciso explicar ao detalhe as vantagens proporcionadas por uma câmara que. por norma. colocamos em confronto saudável o olhar mais técnico da fotógrafa profissional. vai para todo o lado connosco. A Rute foca naturalmente as capacidades técnicas do Asus Zenfone Zoom S. PROJECT0 1 Fotografar com o Asus Zenfone Zoom S Inspire-se nestes dois fotógrafos para captar imagens diferentes com o seu smartphone S SMARTPHONES estão cada vez mais evoluídos O e já é comum vermos fotógrafos profissionais usarem estes dispositivos para captarem imagens para o seu portfólio. GANHA ASUS ZENFONE ZOOM S Ver pág. e do conhecido instagrammer Hugo Suíssas.. podem resultar no seu próximo projeto. potenciado pela portabilidade e poder da nova câmara deste smartphone. Assim sendo. quem sabe. PROJETOS FOTOGRÁFICOS Ideias que. enquanto o Hugo se foca no lado mais criativo.7 • Tecnologia SuperPixel • Gravação vídeo 4K • 46 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 .. 51 O Asus Zenfone Zoom S Zoom total de 12x • Duas câmaras de 12MP • Abertura: f/1.

que nos preenchem os olhos”.3x. que consegue http://theblondietraveler. “Tenho a mania da perfeição e nem que repita a fotografia 100 vezes ou volte no dia seguinte para ficar ainda melhor. Já a como ninguém a Rute valoriza a portabilidade e “Nem segunda câmara. o modo manual permite e este smartphone trouxe-me a possibilidade de poder alternar entre as duas objetivas. fotografar com a grande-angular de 25mm ou com a de E porque tem um olhar mais técnico sobre a zoom de 59mm. alterando assim a tirar fotografias com melhor qualidade de uma forma distância focal. Aproveite também as suas férias e inspire-se nas fotos da “A câmara principal tem uma abertura de F/1. o Hugo considera que a portabilidade de um smartphone é muito útil.com/suissas/ JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 47 . Todos os dias tento tirar uma fotografia melhor. com cores ultrarrealistas. valoriza as capacidades da câmara. capturar cenas em ambiente com pouca luz. Inspire-se no Instagram do Hugo e faça imagens verdadeiramente diferentes. Por fim.7. serve para o zoom e também tem 12 sempre posso andar com a máquina profissional atrás MP e zoom ótico de 2. afirma ainda. envolve estar na rua. Muitas vezes fotografo primeiro o cenário que quero fotografar e depois começo a olhar para a fotografia e tento perceber que ideias/perspetivas novas podem originar (experimentem fazer este exercício). www. P U B L I R R E P O R TA G E M Rute Obadia FOTÓGRAFA E BLOGGER DE VIAGENS COMO fotógrafa profissional e blogger de viagens.”.” Refere o Hugo quando tenta descrever muitas das imagens que o popularizam no Instagram. grande. Rute para fazer crescer a sua veia fotográfica. A câmara tem uma qualidade fotográfica fantástica.” Confessa. E porque muitas das imagens criativas que faz.instagram.com/ Hugo Suíssas INSTAGRAMMER “O PROCESSO criativo no meu caso é um pouco obsessivo.” fotografia. Deixa-nos escolher se queremos mais prática. “Nada melhor do que usar o Asus Zenfone Zoom S para ajudar a dar Asus à imaginação. angular e tecnologia ASUS SuperPixel.

diferença ao alterar o aspeto de algo que Quando fotografar na primeira luz do seria. bloquear a entrada de luz. tranquilidade real que torna o mundo Pequenos truques como este fazem muita PROJETO 2 agradável para se estar. poderá abertura pode tornar-se mais ampla Saia na primeira luz para ser utilizada de forma mais criativa. Como ocorre o lens flare? O lens flare é uma falha causada embora o efeito esteja presente. capturar o ambiente natural fotografar diretamente contra a luz do sol. PROJETOS FOTOGRÁFICOS ÃO há dúvida que o crepúsculo é uma faixa amarela de luz sobrepõe-se ao N o horário nobre. e poderá causar luminosidade da luz do amanhecer manchas na imagem. Embora possa considerar o efeito ‘lens objetivas fixas são perfeitas para este tipo de fotografia. A luz do sol direta é quando tira fotos contra o sol. Ao que a maioria das objetivas variáveis. fixa de 50mm com uma configuração de Vastos campos relvados. Quanto mais muito mais brilhante que o resto elevado estiver o sol. utilize as condições a seu favor e capture cenas turvas e acolhedoras ao Para desfocar o cenário de fundo e perto do primeiro plano. de alguma forma. por uma fonte de iluminação é bem mais subtil. utilizámos uma objetiva Flora ao instalar-se no solo da vegetação natural. existe uma atmosférico que modifica toda a cena. 48 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . objetiva. Tal como tudo que longo da imagem e adiciona um efeito começa a acordar. mas este não diminuir o seu efeito. As amanhecer cenário perfeito para este tipo de efeito. tais como os que abertura de f/2. por A luz é refletida de é um problema em algumas para-sol ou coloque a sua mão ao isso causa um efeito tudo numa cena e de faixa ao longo da penetra na situações! A iluminação é muito longo da borda da lente para imagem. mais severo da cena. Lens flares dia. ou utilize um do resto da cena. são o principal de foco no meio da cena. adicionando o efeito onírico. normal. Devido ao ângulo de baixa será o efeito. é Se quiser evitar lens flare ou mais forte que a luz difícil evitar o efeito. por isso. já que a configuração da flare’ como uma falha técnica.8 e colocámos o ponto capturamos no nosso exemplo. suave nesta hora do dia.

Regulámos o equilíbrio de brancos para caixa de forma a poder abrir e fechar e passar o fio de alimentação. uma régua e uma caneta. para evitar problemas de Obviamente que está limitado pelo peso e tamanho do objeto. Pode agora para perfurar um dos cantos e com aparar as bordas do papel – deixe cerca de 2. Passo 3 Passo 4 No próximo passo terá de arranjar uma fonte de luz. papel impermeável. cuidado. desde flores a pequenos artigos de joalharia. Passo 1 Passo 2 Usar uma régua na tampa da caixa de Pegue no papel impermeável e corte uma folha com uma cartão para traçar uma área com cerca superfície maior que a abertura da tampa. tungstênio para compensar os tons alaranjados da lâmpada. Agora está pronto para começar a fotografar! mas no caso de quebrar a superfície pode substituí-lo. mas poderá criar a sua própria mesmo se seguir os nossos passos simples. Corte um buraco na lateral da do papel impermeável. JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 49 . Ligue a sua fonte de iluminação e coloque o objeto na superfície utilizámos uma lâmpada doméstica. Faça você As caixas de luz variam de preço (desde os 25 € para cima). Tenha atenção que a lâmpada pode aquecer. Há uma variedade de elementos que poderá PROJETO 3 fotografar com este útil kit fotográfico. Utilize a tesoura debaixo da tampa da caixa e marque a abertura. mais uma lâmpada de casa ou uma luz LED. NOVO PROJETO FOTOGRÁFICO MENSAL! S CAIXAS de luz ferramentas A úteis que iluminam o sujeito desde a parte inferior. Vai precisar de uma caixa de cartão (com cobertura). No nosso exemplo. Coloque a folha de 5cm de cada lado. segurança. Ajuste-o da tampa para ficar uma abertura. Caixa de luz fita-cola. tesouras. recorte toda a parte do meio Utilize fita-cola para prender o papel dentro da tampa. para que fique apertado para evitar dobras ou vincos.5cm de cobertura.

PROJETOS
FOTOGRÁFICOS
NOVO
PROJETO PROJETO 4
FOTOGRÁFICO
MENSAL! Rápidos e fáceis
Close-ups criativos
Olhe em redor com atenção e tente estes desafios divertidos em apenas
alguns minutos para cada um

Efeito miniatura
SE tem uma criança pequena,
este projeto será muito fácil de
completar em tempo-recorde!
Pegue num carrinho de brincar e
vá até ao jardim ou ao parque.
Procure um pequeno monte de
terra e coloque o brinquedo no
topo. Tente incluir algum fundo
interessante, tal como fizemos
com as árvores no nosso exemplo.
Enquanto fotografa em grande-
plano, não terá de se preocupar
com uma abertura muito ampla
– cerca de f/5 bastará.
Assegure-se que o brinquedo é o
principal ponto de focagem, e

© Claire Gillo
fotografe! Aqui está: um efeito de
um carro em miniatura que parece
idêntico a um do tamanho real.
© Claire Gillo

© Claire Gillo

Pingos de chuva Velocidade de obturador mais lenta
NUM dia chuvoso, invés de se sentir aborrecido e trancado em PARA este projeto, escolhemos uma semente de dente de
casa, utilize a chuva em sua vantagem. Não precisa de se leão da traseira do jardim e fixamo-lo com um pino numa
molhar para testar este projeto! folha de cartão. Para captar um efeito diferente do habitual,
Os pingos de chuva que escorrem pela janela criam padrões decidimos experimentar usar um obturador com velocidade
intrigantes e são jóias para capturar. Se tiver uma lente macro mais lenta e assoprar as sementes.
poderá ser uma vantagem, mas não é necessariamente vital. Pode Um tripé pode ajudar, ou pode simplesmente colocar a sua
obter um close-up razoável se utilizar também uma lente telefoto. câmara no topo de uma pilha de livros se não tiver um à mão.
Para obter o resultado final, fizemos uma edição rápida da Para garantir que atinge um balanço de captura de movimento
nossa imagem no Photoshop, onde puxámos pelo contraste e tons enquanto mantém algum detalhe das sementes afiadas,
azuis da imagem para um resultado abstrato. utilizámos uma velocidade de obturador de 1/30 seg.

50 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017

CAPTA O MOMENTO E GANHA UM
ASUS ZENFONE
ZOOM S
JUNTA A TUA
CRIATIVIDADE À TUA
VEIA FOTOGRÁFICA E
HABILITA-TE A GANHAR
UM FANTÁSTICO
ASUS ZENFONE
ZOOM S

COMO PARTICIPAR: Asus Zenfone
ENVIA A TUA FOTOGRAFIA PARA Zoom S
FOTOGRAFIA.DIGITAL@GOODY.PT
• Zoom total de 12x
ATÉ 6 DE AGOSTO, COM O ASSUNTO • Duas câmaras de 12MP
• Abertura: f/1.7
“QUERO GANHAR UM • Tecnologia SuperPixel
ASUS ZENFONE ZOOM S” • Gravação vídeo 4K

CONSULTA O REGULAMENTO EM: HTTPS://WWW.FACEBOOK.COM/OMUNDODAFOTOGRAFIA/

PROJETOS
FOTOGRÁFICOS

PROJETO 5

Seja criativo!
Brincadeiras analógicas
Construa uma câmara escura em casa e cria imagens pinhole
STE projeto parece um 60€. E também não precisará de
E pouco deslocado numa
era digital, mas
uma sala escura dedicada: é muito
fácil converter rapidamente uma
achamos que é demasiado casa de banho normal numa sala
divertido para não o incluirmos. negra improvisada.
E com o Dia Mundial da Fotografia O melhor de tudo, no entanto,
Pinhole a chegar (www.pinholeday. apesar de ser lenta e experimental
org), que melhor altura para por natureza e por vezes um pouco Passo 1
desacelerar e experienciar a magia frustrante, irá lidar com os
da fotografia quando vai para uma princípios fundamentais da
aventura analógica? fotografia e como uma imagem é Estamos a usar uma velha câmara pinhole de
Não vai precisar de um produzida. É realmente mágico madeira com 5x4. Se apenas quer experimentar, no
equipamento sofisticado ou observar uma imagem aparecer no entanto, faça a sua. Não é nada mais que uma caixa
materiais: uma caixa de papel desenvolvimento – estamos certos fechada ou uma lata com uma pequena perfuração
fotossensível, um trio de químicos, que este projeto irá ajudá-lo a para deixar entrar a luz. Utilize uma agulha para criar
uma luz segura e algumas tornar-se também um melhor o orifício num pedaço de chapa (de uma lata de
bandejas não o fará gastar mais de fotógrafo digital! refrigerante), e lixe-a para que fique suave.

52 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017

Irá precisar apenas de alguma roupa preta e fita adesiva para impedir a entrada de luz pela janela. Passo 5 Passo 6 Na sala negra. PROJETO 5 Passo 2 Converta a sua casa de banho numa sala escura. Deverá estar preparado papel na sala negra usando apenas a luz vermelha. mas poderá considerar mais bandeja com o “interruptor” por 30 segundos e depois para a fácil fotografar o negativo e fazer a inversão no Photoshop. Poderá torná-la numa papel na primeira bandeja com o “revelador” e gentilmente imagem positiva ao ensanduichá-la com outra folha de papel agite-o durante cerca de dois minutos. Coloque o Agora terá uma imagem negativa. e uma pequena luz vermelha.por vezes mais de uma hora. por isso o tempo de exposição pode químicos de fotografia). JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 53 . Passo 3 Passo 4 Carregue a sua câmara com papel fotossensível. e isso pode ser frustrantemente lento. para experimentar.fotospeed. Deverá carregar a câmara com o ser longo . que custará cerca de 22€. durante um minuto.com) tem uma boa linha de papéis (e como a película ou um sensor. terceira bandeja com o “fixador”. Mova-o para a segunda sensível à luz e expô-la à luz. abra a câmara sob a luz vermelha. Uma tábua de madeira a cobrir a banheira servirá como uma bancada “húmida” ideal. Terá de ter o tamanho suficiente para suportar três tabuleiros de 20x25 cm. O papel de fotografia não é tão sensível à luz (www. a Fotospeed Faça um expositor.

© Claire Gillo PROJETOS FOTOGRÁFICOS l Imagem inicia NOVO PROJETO Imagem finalizada FOTOGRÁFICO MENSAL! PROJETO 6 S TONS de azul vêm Como imagem inicial temos O dos tempos do analógico. Comecemos por Projeto Photoshop adicionávamos tons de azul ou efeito sépia para alterar o transformar o branco em algo mais sujo e amarelado. Irá aparecer apenas se mantém nas áreas negras. Ajuste ao seu gosto. em que esta planta sobre um fundo branco. para obter o mesmo tom que o nosso. De preto estilo das imagens a preto e Isto dará automaticamente branco. cor azul para um resultado mais subtil. vá ao menu RGB e selecione Azul uma palete de cores. 1 Passo 1 Passo 2 Passo 3 Abra a sua imagem no Photoshop. pequenos ajustes que alterando os pretos para azul fazemos durante o processo ou castanho. Hoje-em-dia de edição que ajudam a dar podemos replicar esse efeito às nossas imagens o aspeto Use o Photoshop para dar aos no Photoshop. Adicione uma Adicione uma nova camada e va a Editar > Preencher Para misturar a cor azul na imagem e assegurar que camada de ajuste de curvas. ajustar a camada branco em amarelo. queremos recriar. Puxe o ponto no topo direito do gráfico para escreva o código “4f91eb” na caixa assinalada com # muito áspero. através de mais antiquado que seus retratos um aspeto retro alguns passos. Se achar que o azul é da lista. São estes para azul seria submergida a impressão. O processo envolvia um aspeto mais autêntico à uma solução química onde sua imagem. Selecionar um tom azul ou do modo Blend para Luz Suave. 54 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . Para tornar o fundo e do menu Usar selecionar a opção Cor. pode ajustar a opacidade da camada da baixo para adicionar amarelo.

mova o flash um luz ambiental. exposta à luz do flash. permitindo à pouco para trás. é onde coloca a sua flashgun e a força a que está a disparar. Certifique-se que câmara estar apenas mantém o detalhe e luz nos olhos. Alguns flash e não qualquer luz de ambiente ao redor. é a definição da velocidade do para f/22. apenas permite-lhe criar têm uma sincronização mais rápida usámos cortinas e colocámos o sujeito efeitos aliciantes dependendo do fabricante. f/16-f/22 JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 55 . mas esta é na frente. A consideração final Teste este kit não há necessidade de temer o flash! Para montar este retrato atmosférico. Manual e ajustámos a velocidade do Selecionamos uma definição ISO de obturador para 1/250 segundos.Consedi voles dolupta ium uma boa regra que deve ter presente. quando utiliza uma elevada. Para assegurar que não se perde completamente o detalhe no outro lado da face. © Claire Gillo ODE PARECER intimidante É bem mais fácil colocar a câmara no PROJETO 7 P pensar fotografar com tudo o que não seja luz natural. o sujeito segurou um refletor para Para manter o fundo negro. recuperar um pouco de luz de 2 feche as definições do retorno. A nossa estava Luz lateral metemos a nossa câmara no modo definida para 1/16. poderá criar iluminação atmosférica faz com que o sujeito pareça onde parece que o sujeito imerge estar a emergir das sombras. Para manter o fundo negro. Isto significa que a nossa obturador. A maior parte das flashguns câmara estava apenas a expor para luz de Uma flashgun externa apenas sincronizam com um obturador de velocidade 1/250 ou mais lento. das sombras. mas modo Manual para que possa definir cada opção manualmente. hicientio blaces ut officiet que etur? Como funciona Ao colocar o flash de lado e A luz do flash cria uma 1 luz lateral áspera que ligeiramente atrás do sujeito. depois fechamos o obturador flashgun. pois estes são a chave para um Aberturas recomendadas retrato intenso como este. Se desejar mais sombra na obturador para bloquear a face do seu sujeito. O que 100 para manter a qualidade da imagem com flash deve ter em conta.

O importante que numa grande angular. por exemplo. suave. pelo menos da mesma forma que avaliamos bokeh e a profundidade de campo andam criada para fotografia paisagística. rude. É algo subjetivo: o de mãos dadas: quanto menor a M fotografia. objetiva longa com abertura ampla para diminuir a nitidez e aumentar o desfoque. mais pronunciadas serão as áreas de desfoque Bokeh. existem alguns termos de uma imagem. 1 2 BOKEH SUAVE Geralmente a intenção é a de POUCA PROFUNDIDADE criar um desfoque suave em DE CAMPO Use uma retratos e grandes-planos. grandes planos – tipos de fotografia onde em quantidade – que é algo determinado por nervoso. entre outros – mas em qualidade. ESMO que seja novo na a nitidez. mas também saber lidar com o desfoque Bokeh é aquele efeito de desfoque em áreas secundárias de uma imagem. que nos fazem parecer estar a sonhar. TÉCNICAS BÁSICAS SAIBA COMO MANTER AS SUAS IMAGENS DEFINIDAS. é provável que já tenha ouvido falar de ‘bokeh’. é uma designação usada para comuns para descrever as áreas como objetivas criadas para retratos e descrever o desfoque numa imagem. nos prós e contras de uma objetiva. Não desfocadas de uma imagem – preenchido. Para > 56 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . bokeh pode ser visto por alguém como lindo e por outra pessoa como horrível. E ST E M Ê S : B O K E H Numa objetiva é importante ter nitidez. que se pronuncia Posto isto. trémulo – e a forma é habitual usar aberturas mais amplas fatores como abertura ou distância focal como as áreas desfocadas são geradas para separar o assunto do fundo ou do usada. E por isso é que a forma “buquê”. profundidade de campo escolhida. numa imagem é algo a ter considerado primeiro plano – lidam com o bokeh é mais É algo um tanto ou quanto difícil de medir.

8 f/4. a do que em f/8 ou f/11.8 f/2. JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 57 . por haver menor luzes em áreas desfocadas da sua maioria das objetivas consegue produzir profundidade de campo. O apenas sete lâminas.0 f/2. O número de lâminas que cria o orifício da A diferença só se torna óbvia quando desfoque é mais proeminente a objetiva determina a sua forma. BOKEH F O T O G R A FA R f/1. mais lâminas tiver. como f/1.0 f/2.0 f/4. Use uma abertura mais ampla para melhorar o bokeh! BOLAS BOKEH CIRCULARES BOLAS BOKEH ANGULARES Usar a abertura máxima de uma objetiva macro Uma abertura mais estreita revela quantas lâminas tem /2.4 f/1.0 f/4.0 f/8 f/8 significa que as áreas desfocadas surgem mais circulares na maioria do fundo.4 f/2. nove.8 f/4.4 f/2. Veja também como as bolas bokeh estão mais pequenas.0 f/2. maior o efeito.0 f/2.4 e f/2. A escolha da abertura é reduzido das objetivas mais longas.0 aumentam a quantidade de desfoque no fundo. f/16f/16 f/22f/22 a objetiva: neste caso.8 f/2. como f/1. mais circular serão as possível: na abertura mais amplas. Como tal. f/8 f/8 Quanto mais distante estive o fundo.0 f/2. extensão de desfoque na sua foto.8 f/4. quanto configura a abertura mais estreita aberturas amplas. f/16f/16 f/22f/22 mais definidas e menos bonitas. Isto é mais imagem. POUCA PROFUNDIDADE DE CAMPO GRANDE PROFUNDIDADE DE CAMPO Grandes aberturas (f/ baixo. uma objetiva com 10 áreas de desfoque mais ou menos óbvio com o campo de visão mais lâminas criará um efeito de desfoque mais circulares. as luzes estão f/1.4 ou f/1.0 f/8 f/16 f/22 O E F E I TO DA A B E RT U R A Aberturas mais amplas ajudam a potenciar o efeito de bokeh… A abertura escolhida influencia a forma redondo e suave que uma objetiva com também um dos fatores que determina a e tamanho do bokeh na sua foto.8) Apesar de o fundo continuar desfocado.9.

óbvias em aberturas mais amplas. e caso tenha sido suave. mais um bokeh melhor. maximizar o bokeh deve usar objetivas maior responsabilidade sobre a suavidade longas e aberturas amplas. aproximar-se O bokeh faz dupla e beleza do bokeh recai sobre a objetiva. Tente cortar ou objetivas ter elementos esféricas de correção. É também importante fotografar à de campo: menor a mordido pelo bichinho do bokeh. O problema é causado por pó no elemento traseiro da objetiva. (Ver em baixo. neste caso – isto acontece por a do limite da frame. como é o caso das rude e severo. mais neste tipo de efeitos.2 R APD e as Lomography Petzval 58 captam demasiada atenção. No entanto. ou as imagens mais nítidas vice-versa. e não como erro. algo que pode PONTOS DE PÓ não garantem ser visto como necessariamente ‘personalidade’ da Problema: Machas e bolhas visíveis nas áreas de desfoque. mesmo estando desfocados. F O T O G R A FA R BOKEH BO K EH : PRO B L EMAS EXP L ICA D OS COMO RESOLVER O PROBLEMA DO PÓ Não use um pincel no elemento traseiro. 58 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . E do assunto e assegurar que o fundo está dado que algumas objetivas criam bokeh longe o suficiente para ter um desfoque com a profundidade mais bonitos que outras. A qualidade do desfoco não se mas sim um soprador de borracha. então noite: captar imagens ao meio dia deve considerar objetivas que tenham sido dificilmente gerará um bokeh suave. aberração ótica pode aberturas máximas resultar em excelentes maiores e mais lâminas bokehs. as objetivas brilhantes nos limites e criadas para produzir mais escuros ao centro. A luz profundidade de criadas para produzir melhores resultados direta e em bruto criará um bokeh mais campo. discos bokeh mais Disto isto. ANÉIS DE CEBOLA OLHOS DE GATO Problema: Caso o bokeh pareça granulado ou pareça uma cebola Problema: Os discos de bokeh podem ter a forma de olho de gato perto cortada ao meio. a Bokeh Control.) no diafragma. f/1. com o objetivo de reduzir a Objetivas melhores. objetiva. o que pode criar um efeito circular. compor as suas imagens com isto em mente. resume a ter aberturas mais amplas NUM bokeh a qualidade da A introdução de elementos objetiva é importante. há pouco a fazer. afeta a Algumas objetivas qualidade do desfoque produzem ainda alguns e o preço. a Fujifilm XF 56mm fundo que. e poderá também alguns objetivas Nikon Defocus Control (DC) de pontos excessivamente brilhantes no pronunciado o bokeh 105mm e 135mm.

À ESQUERDA ORIGINAL À DIREITA BOKEH SHIFT EM AÇÃO: Neste exemplo. apesar de não anéis ou remover pontos de pó de com pequenas diferenças – o que haver muita margem. os ficheirosDual Pixel Raw muito subtil. pode numa foto na fase de edição em Raw. Mesmo assim. BOKEH F O T O G R A FA R CRIADA PARA 1 DESFOCAR Encontros imediatos Um anel macro permite um foco mais próximo e menor APESAR Apesar de tido em conta profundidade de campo. efeito através de alguns truques permite ajustar a posição do bokeh Digital Photo Professional 4. mover o bokeh para a direita ou esquerda é olhos. recomenta fotografar a pelo menos dois fotografarmos na vertical. Inclui um elemento ótico que aumenta a densidade perto dos cantos da imagem. o bokeh movido para a esquerda é Infelizmente. em alguns casos o bokeh é bem mais do que isso. ou suavizar duas imagens – cada uma gravada mais do seu assunto. mudar um desfocar áreas da cena que estejam Os ficheiros Dual Pixel Ray contêm bokeh no primeiro plano para revelar menos conseguidas. se quiser. ser útil para. FE 100mm f/2. aquando da construção de uma objetiva. (Usamos uma objetiva macro de mais atraente. Por exemplo. mesmo em tem um diafragma com 11 lâminas zonas mais periféricas. Pode pós-captura. o que alegadamente produzirá transições mais suaves entre o ponto de foco e as áreas desfocadas da foto. Este tipo de enquadramento e composição cria um bokeh sempre muito rico. nas duas direções – e se torna a sua edição mais lenta. para os nossos poderá obviamente ser feita na vertical. JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 59 . de foco e reposicionar as áreas de sua abertura. A Sony refere também ter sido pensada 2 para reduzir vinhetagem e criar um Lâminas de glória Esta objetiva bokeh circular na imagem. pode potenciar o A Canon EOS 5D Mk IV até desfoque no software da Canon. MOVER O BOKEH A tecnologia Bokeh Shift. pode até fabricar os permite fazer micro ajustes ao ponto via design ótico de uma objetiva e seus próprios discos bokeh. Se quiser. da Canon. Por exemplo a teleobjetiva da Sony. permite reposicionar discretamente o boken numa foto APESAR do bokeh ser determinado bokeh. essa alteração pode ver como a esta distância o efeito de metros). Podemos mover o bokeh até pesam o dobro dos ficheiros Raw. o que 100mm: a esta distância focal a Canon cinco incrementes.8 STF GM OSS. para criar bokehs circulares.

IO O R M FU E S NA E M N NC N QU R E S O G TO P A FO AO IM O OUTRO LADO NOME: Nathaniel Merz LOCALIZAÇÃO: Daejeon.500px. sinto que que a cena ter-se-ia perdido entre os tons vincados. “mas sem a camada de nevoeiro brilhante.3 seg. Nathaniel optou por uma teleobjetiva de 120mm. 60 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 .com/ nathanielmerz Rico reflexo A palete de cores nesta imagem é vibrante e natural. “Parte do meu objetivo era destacar os verdes da cena. Ângulo diferente Ao invés de fotografar com uma grande angular. que se centrasse no reflexo. Coreia do Sul EQUIPAMENTO: Nikon D810 com objetiva 70-200mm f/4 EXPOSIÇÃO: 1.” disse.” Fez com que as tonalidades da imagem ganhassem ainda mais destaque ao inclui um reflexo. a f/14. “Optei por isolar este pequeno grupo de árvores e ter uma abordagem mais intimista. ISO 64 SITE:  www.” diz Nathaniel. A distância focal comprime o nevoeiro na cena.

Fotografei com mais brilho. Nathaniel sobre-expôs um pouco a câmara. devido ao nevoeiro matinal.WHY IMAGENS SHOTS AOWORK PORMENOR F O T O G R A FA R Compensação de luz O nevoeiro pode enganar a medição da câmara.” JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 61 . “A luz estava algo plana. sabendo que teria depois de o baixar um pouco © Nathaniel Merz e trabalhar também o contraste. depois editou a cena de forma a condizer com o histograma distorcido que pode ver aqui.

12 5 20 00 uma velocidade de 00 0 10 0 0 5 0 0 2 5 ISO 250 1/640 para SITE:  www. branca e o fumo são vitais para esta “Optei por fumo branco porque NOME: Jovana Rikalo imagem. F O T O G R A FA R IMAGENS AO PORMENOR Em posição Jovana pensou ao pormenor sobre como a pose da modelo afetaria a narrativa.” Afirma. “Queria que a cena passasse a sensação de estar a sonhar acordada.. o que complementa objetiva 85mm f/1. a sentir o seu próprio corpo.com congelar o fumo. “Pintei a modelo para criar o branco representa algo bom um efeito surreal na e sonhador. O branco LOCALIZAÇÃO: Sérvia C 2 S EC 5 S cena e para a fazer C E 1 SE 2 tem conotações com a paz e 60 3 0 15 8 4 EQUIPAMENTO: Canon 5D Mark III com parecer uma inocência. 8 00 0 40 Joavana.” refere. mas está simultaneamente de olhos fechados.2. a f/2.” diz 1/ 640 os olhos fechado da modelo.jovanarikalo. 62 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 .8 ilusão. “Está a tocar os ombros porque está meia acordada. Usou EXPOSIÇÃO: 1/640 seg.” © Jovana Rikalo ILUSÕES AO Estilo simples Tons pastel ACORDAR Os adereços podem ser perfeitos para suportar uma história: a pintura Apesar do fundo escuro o retrato mantém-se sereno.

Uma EQUIPAMENTO: Canon EOS 70D com Dušan. compreender o assunto. mas com tons MP-E 65mm f/2.” Diz sensação de gentileza. Aumentou ainda mais o destaque dos olhos subindo os níveis de saturação e Clarity na edição. SITE:  500px. ISO 320 confere beleza a um assunto que a olhar mais de perto para costuma ser visto como uma praga. ainda que refira que este cor contrastante destacaria objetiva macro Canon posicionamento foi deliberado. mais o inseto. © Dušan Beno MOSQUITO Ao centro Coordenação de cor O mosquito foi colocado ao centro Ao colocar fruto por trás NOME: Dušan Beno para criar uma composição deste pequeno mosquito. a f/10.com/kvejlend JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 63 . Vida de inseto As imagens macro ganham dinâmica ao fazermos de pequenas criaturas gigantes.. com atenção total nos olhos do mosquito – a parte mais colorida e interessante do assunto.8 O equilíbrio visual é harmonioso e semelhantes convida o espetador EXPOSIÇÃO: 1/160 seg. Dušan usou foco manual. “Quando Dušan conjugou a cor do fundo LOCALIZAÇÃO: Eslováquia se trabalha com seres vivos às com a do inseto e criou uma vezes é preciso ter sorte. verticalmente simétrica.

VÍDEO-TUTORIAIS Esta revista é a nº 147. recorte-o ou fotocopie-o. EDIÇÃO DE IMAGEM Assinaturas apenas disponíveis para Portugal Continental e Arquipélagos dos Açores e da Madeira. coloque-o num envelope e envie-o (Não necessita de selo) para: GOODY – Serviço de assinaturas – Remessa livre nº 16001 – 1951-970 Lisboa. Os dados recolhidos são processados automaticamente por GOODY. Banco Balcão Nome do titular NIB Assinatura Data Dados do assinante Nome Morada # Localidade Código postal Pode fotocopiar este cupão Nº Contribuinte Telefone Telemóvel E-mail Preencha este cupão..pt GRÁTIS NO CD Edições Anteriores NÚMEROS ATRASADOS (INCLUINDO OS CD) CADA EXEMPLAR € 4.º CONTRIBUINTE (OBRIGATÓRIO): CHEQUE Nº: (à ordem de GOODY.) FOTOGRAFIA MACRO PERCEBER O BOKEH Guia essencial para fundos desfocados COMO FAZER. por débito na minha conta abaixo indicada. FOTOGRAFIA 65 MINUTOS MACRO! de vídeos OFERTA DE CD facebook. 2 A 4 REVISTAS € 2. POR FAVOR TELEFONE PARA O NÚMERO 218 621 530 147 PASSATEMPOS GANHE PRÉMIOS COM AS SUAS FOTOGRAFIAS A * re º vis N ta O MUNDO DA FOTOGRAFIA APCT 1 * Dados 141 142 143 144 145 146 147 JULHO 2017 GRANDE CÂMARA! PREÇO PEQUENO! A nova Fujifilm GFX 50S redefine o médio formato Nº 147 ■ Julho 2017 ■ Mensal ■ €4. 149).assineagora.) PARA ESCLARECIMENTOS ADICIONAIS CONTACTAR TEL: 218 621 530 (CATARINA MARTINS) .com/omundodafotografia Dicas e técnicas Escolha o melhor flash 10 projetos para experimentar ANÁLISES: FUJIFILM GFX 50S • PANASONIC GH5 • NIKON D5600 • PENTAX KP QUATRO VÍDEO-TUTURIAIS CONFRONTO 8 FLASHES DEDICADOS • INSTAX SQ10 EDITAR: QUATRO GUIAS FOTOS DOS LEITORES PASSO-A-PASSO • DICAS DE LIGHTROOM FOTOGRAFAR: 7 PROJETOS CRIATIVOS GUIA DE COMPRAS E AINDA DISPONÍVEIS 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 # RECORTE OU FOTOCOPIE ESTE CUPÃO E ENVIE PARA: REMESSA LIVRE N. S.. ao pagamento das importâncias que me forem apresentadas pela GOODY.38) ASSINALE COM UM X OS EXEMPLARES PRETENDIDOS: NOTA: CASO QUEIRA MAIS DE 4 REVISTAS. a minha assinatura renova-se automaticamente por períodos de 1 ano. Pago por transferência bancária. desejo assinar a revista O Mundo 20% da Fotografia com condições exclusivas Assino durante 12 meses por apenas € 47.99 + PORTES DE ENVIO (1 REVISTA € 1. Cupão de assinaturas Assine e obtenha 4 S  im.90 e obtenho 20% de desconto. Pago por transferência bancária Autorização de débito direto de desconto Queiram proceder.º 16001 – 1951-970 LISBOA (NÃO NECESSITA DE SELO) NÃO SE ENVIAM REVISTAS À COBRANÇA NOME MORADA CÓDIGO POSTAL TELEFONE E-MAIL N. S.A. Salvo instruções em contrário. beneficiando de 20% de desconto sobre o preço de capa. e destinam-se à gestão do seu pedido e à apresentação de O MELHOR DA futuras propostas. ligue 21 862 15 43 ou vá a www. assinale aqui..A. Caso não pretenda receber propostas de outras empresas ou instituições.A. Parte 17 Para assinar envie-nos o cupão em anexo.10. referentes à minha assinatura. S. Pedido de assinaturas recebidos após dia 18 de julho só se iniciam com a revista de Setembro (ed.99 (Cont.

70 72 74 Fotos noturnas Usar filtros Render Recortes criativos Use o Lightroom para aplicar o De efeitos de luz. Saiba como recortar um assunto toque de mágica que falta às conheça o potencial dos filtros e como usar esse assunto suas imagens notívagas. JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 65 . para criar imagens criativas. a árvores e chamas. Render do Photoshop. E D I TA R TUTURIAIS EM VÍDEO NO CD 66 Crie do zero uma imagem mágica O M E L H O R DA EDIÇÃO DE IMAGEM Revolucione as suas imagens com a ajuda destes guias passo-a-passo.

SOFTWARE Photoshop CC SITE www. ou cena oferecido. Ao invés de reagir ao que pequenos detalhes que adicionam SIGA O TUTORIAL assunto. distância focal e As cenas com silhuetas são o É uma fusão de fotografia com definições de exposições. determinando a posição de silhuetas – e até como criar pontos E EM VÍDEO paisagem e reagimos para escolher cada elemento. no satisfatória – e que nos faz pensar Neste tutorial não só vai aprender sentido que aplicamos sobre os pilares da criação de uma a fazer isto como a adicionar as nossas opções criativas a um imagem. recheadas de detalhes e ambiente. existe uma abordagem este tipo de imagem. Vimos uma boa zero. Uma usar as suas imagens como alternativa à criação de imagem pesquisa rápida pelas suas fotos matéria prima para algo novo.. de foco gerados por computador. onde aprende a Todavia. pela vemos. fotografia é reativa. NO CD o melhor ângulo. E D I TA R MASTERCLASS .PHOTOSHOP CRIAR DO ZERO S TE AN SILHUETAS ARREBATADORAS Aproveita o poder das seleções e camadas nos Photoshop para criar imagens reais. criamos uma nova cena do aquele elemento extra às suas COMPLETO natureza.com PRATIQUE Utilize as imagens na pasta ‘Editar’ do seu CD IS PO DE M UITO da arte da que pode ser igualmente revelará possíveis assuntos a usar. ponto de partida idel para explorar técnicas artísticas.. 66 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 .adobe.

será representada por uma Não é moroso e estará sempre linha tracejada. efeito mais realista.PHOTOSHOP E D I TA R Como fazer uma DI T IL 1 CA Ú seleção manual Por vezes temos de fazer a seleção manualmente Se não consegue uma boa a controlar a seleção que seleção com a ferramenta está a fazer. clique no ícone Adjustment Layer. depois cliques no pressione D para definir a cor do primeiro plano para ícone com uma roda dentada no canto do Brush Preset preto. arraste a linha ligeiramente para baixo. no painel de camadas. Assim que tiver Quick Selection. que clicando em pequenos passos. mas deixe uma área relativamente plana ao ervas sobre o chão que criou há pouco. Use os clicar na opção 134 Grass. ou use uma imagem sua. No painel de camadas. terá então uma base onde das suas ervas. clique no Crie uma nova camada (Ctrl/Cmd+Alt+Shift+N) e ícone Brush na barra Tool Options. Carregue em Ctrl/Cmd+D para desativar as linhas de seleção. escolha um pincel sólido. e vá completará a seleção. depois Ctrl/Cmd+T para ativar o modo Free Transform. Para afastar o pôr do sol da base da imagem. até chegar a da ferramenta Polygonal o ponto de partida. Arraste o lado inferior da imagem um pouco para cima. Uma vez selecionada. JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 67 . CRIAR UM CENÁRIO Uma boa silhueta pede um bom cenário. para criar um colocar os restantes elementos para criar a silhueta. para criar uma linha em forma de S. no menu Brush Preset Picker. Para aumentar o contraste. depois desça para na barra de opções. Selecione a opção Large List. Amplie a uma zona final sobre o ponto inicial limite do assunto. A um quarto da diagonal. e pressione no Enter. 2 3 FAZER CRESCER ERVAS PINTAR O CHÃO Para ter uma maior sensação de realismo. o clique Lasso. Abra a imagem com o pôr do sol no Photoshop CC. e a três quartos da linha arraste um pouco para cima. Varie o tamanho centro. pressione Ctrl/Cmd+A para selecionar a imagem. opte por uma clicado sobre todo o contorno seleção manual com a ajuda do seu assunto. Desenhado o chão. o Brush Mode para Multiply. Faça elevações à direita e esquerda para simular o Blend Mode para Multiply. defina parêntesis retos para definir a dimensão para 100px. Pinte e faça crescer algumas montanhas. crie uma nova camada depois desenhe uma linha na imagem para criar um (Ctrl/Cmd+Alt+Shift+N). MASTERCLASS . Selecione o Brush e. Picker. com os parêntesis retos. defina “chão”. e escolha Curves.

Vá a Filter > Blur > Motion Blur. e pressionado arraste o cursor do lado de fora da seleção até clique na previsualização para posicionar o efeito sobre o ficar na vertical. crie uma nova como cor de primeiro plano. 68 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . 200px em Distance e clique OK. escolha um pincel do tipo sólido e defina o Mode para Normal. com uma definição de 100% em Brightness.PHOTOSHOP Tenha cuidados a DI T IL 4 CA Ú recriar efeitos óticos Evite linhas não naturais na sua imagem Quando usa uma camada geralmente podem ser vistos preta separada para criar o na imagem como uma linha seu sol digital no céu. Mude o Blend Mode de Normal para Screen e vá Angle. Clique camada (Ctrl/Cmd+Alt+Shift+N) no centro do “sol”. Com o Shift “sol”. horizontal de forma a ficar igual em depois pressione Alt+Backspace para preencher a camada ambos os lados. pressione X para definir branco na imagem. Pressione Ctrl/Cmd+E e já está. a Para adicionar uma fonte de luz 5px. ponha 0 em com preto. convém pouco natural. depois selecione novamente a ferramenta Brush. Se preto com um pincel suave ou mover a camada do sol poderá estenda com o Free Transform ver os limites transparentes a camada do sol para cobrir no painel de camadas. defina o valor B no menu para 15%. novamente. Clique OK. carregado. Para o tornar mais claro. depois Ctrl/Cmd+T. Na barra de opções. Depois desenhe duas montanhas. Pressione Ctrl/Cmd+E para juntar os raios horizonte. Pressione Ctrl/Cmd+J a Filter > Render > Lens Flare. com o Shift e arraste-a para o topo. desenhe uma linha Pressione D para definir preto para cor de primeiro plano. Com o Pencil. onde terá o preto selecionado. pressione V e mova-o para o sítio que desejar. garantir que o fundo preto se pinte as áreas transparente a estende por todo o frame. crie uma nova camada (Ctrl/Cmd+Alt+Shift+N) e arraste-a no painel de camadas de forma a ficar por cima do céu e do respetivo Curves Adjustment Layer. mas por baixo do chão. que toda a área. rode 45 graus. Para o evitar. 6 5 CRIAR EFEITO ESTRELA CRIE UM NOVO SOL Crie nova camada. E D I TA R MASTERCLASS . Use a opção de zoom para copiar a camada. Com o Shift 50-300mm. Se precisar de ajustar a posição do numa cruz. Clique OK. CRIAR MONTANHAS VIRTUAIS Para dar profundidade à cena. depois Ctrl/Cmd+J para copiar. Clique na seleção de cores do primeiro plano.

avalie a composição. Ctrl/Cmd+C para copiar a seleção. Vá a FIlter > seleção. Para a transformar imagem. clique em OK para que a os pixéis selecionados.PHOTOSHOP E D I TA R 8 7 ACRESCENTAR PESSOAS Para adicionar um elemento humano PLANTE A SUA PRÓPRIA ÁRVORE use a imagem que está na pasta Uma árvore é um bom elemento para editar. Pressione Ctrl/Cmd+C para copiar se sentir satisfeito com o que vê. Clique OK e depois use a ferramenta Eraser. e Alt+Backspate para a pintar de preto. Render > Tree. abra a imagem dos pássaros 1 e use a ferramenta Lasso para 1 fazer uma seleção em torno dos pássaros 2 . mantem o Ctrl/Cmd carregado e clique para colar a silhueta das pessoas. depois pressione Ctrl/Cmd+M para abrir o Curves e arraste a linha para cima até o fundo dos pássaros desaparecer. Pressione D para repor as posicione-a no local indicado. depois Ctrl/Cmd+W para fechar a árvores surja numa nova camada. e ajuste o tamanho dos qualquer camada. Pressione Ctrl/ elementos. pressione Ctrl/Cmd+T para ativar Ctrl/Cmd+D para remover a seleção. Isto manterá as Cmd+T para ativar o modo Free o Move para reajustar a posição de camadas. sobre o thumbnail da imagem. Alocados todos os Save As e grave no formato camada dos pássaros. Se precisar de mudar o cores. Mude o Blend Mode para Multiply 3 . Na imagem principal. Com o Move. e use Photoshop (PSD). repita o processo. pressione Ctrl/Cmd+V para colar os pássaros. JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 69 . Crie uma camada (Ctrl/ Selection e arraste-a sobre as pessoas Cmd+Alt+Shift+N) e arraste-a para até perfazer a seleção. pressione Ctrl/Cmd+V numa silhueta. 9 2 PORMENORES FINAIS Para dar um elemento 3 composicional extra. Pressione tamanho das pessoas. Assim que preencher com preto. Selecione a ferramenta Quick adicionar. o modo Free Transform e redimensione-as a gosto. com uma ponta suave. MASTERCLASS . pressione Alt+Backspace para as Tree. para remover qualquer limite que esteja a mais na pássaros à cena. depois Ctrl/Cmd+W para fechar a imagem. Por fim. vá a File > voltar a fazer novos ajustes. mas com o Alt pressionado. Se desejar remover áreas da após o efeito de luz. para que possa depois Transform. e colocamos 0 no campo Leaves Amount. Já na imagem principal. Nós escolhemos a Ash Feita a seleção.

oportunidades fotográficas. ainda que tenhamos de Temperature para aproveitar. junto a de 51 para 20. mas se edição quisermos destacar o tiver uma boa lua. Colocado no painel Camera Calibration. há paisagens amarelo da torre e o azul do fantásticas para fazer. não esconder o mau! Esta cena foi Nós descemos há desculpa para ficar em casa. E D I TA R EDIÇÃO EM LIGHTROOM MELHORE UMA FOTOGRAFIA NOTURNA SIGA O COM O LIGHTROOM TUTORIAL COMPLETO E EM VÍDEO NO CD Leia e descubra uma série de dicas que o vão ajudar a destacar mais ainda as suas paisagens noturnas SOFTWARE Lightroom CC/6 SITE www. Aqui. captada no inverno. Comecemos pela magenta. na grandes do verão. Existem céu noturno. Na fotografar as estrelas.adobe. CORRIGIR AS CORES 2 A mudança de perfil parece ótima. Com tantas continuar a destacar o bom e no painel Basic. optamos pelo perfil Velvia/ Vivid. Se não houver lua pode uma torre de mergulho.com PRATIQUE Utilize as imagens na pasta ‘Editar’ do seu CD DE PO ESCOLHER O PERFIL IS DA CÂMARA 1 Uma das alterações de maior impacto que S TE podemos fazer é mudar o AN Camera Profile do Lightroom. mas ainda a algo a fazer na imagem. em relação às paisagens de secção existem boas noites dia. 70 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . Isto pode ser resolvido reduzindo o A APESAR de os dias algumas coisas que mudam valor de Tint. esta ferramenta muda a forma como o Lightroom interpreta o ficheiro Raw. Deverá ter disponíveis as opções Vivid e Landscape.

Defina o nível de zoom para escurecer os cantos. Ajuste Feather para ter selecione o Radial Filter e arraste uma elipse uma transição suave. no separador Basic. do centro da imagem para o topo. Geralmente é Highlights. para dar maior painel Transform. Para corrigir. não é o correto. pelo que ajuda aumentar Umas das melhores características do Lightroom CC é o Exposure para 0.75. Na Toolstrip para esta imagem. 5 CORRIGIR PERFIL DA OBJETIVA Os cantos da imagem estão algo escuros. Por usado em más condições atmosféricas. definimos -71 em controlo Dehaze. Para atenuar a lua. temos antes de do filtro. mas também faz fim. Reduza o valor de Exposure escurecer o restante. duplo clique em Effect para repor os valores. Mesmo que o Lightroom pense que tem um perfil. por isso TOQUES FINAIS selecione-o manualmente. Vinhetagem Radial DI T IL CA Ú Use o equilíbrio de luz e escuridão para redirecionar o espetador O ponto central desta imagem é a prancha. 6 aumenta o contraste e a saturação. Uma boa forma de o destacar é toráa-la mais Certifique-se que a opção Invert Mask está brilhante que o que a área circundante. para ter mais distorção e aplicamos Auto no cor. destaque ao céu e às estrelas. Mas desligada para que o efeito ocorra por fora como já está brilhante. no separador Effects. EDIÇÃO EM LIGHTROOM E D I TA R 3 4 AJUSTE OS TONS DEHAZE A imagem está um pouco escura. Definir para 20 37. é tempo de voltar ao Reduzimos ligeiramente a separador Basic e definir +35 em Vibrance. para melhorar o céu. JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 71 . ative o Profile Corrections no painel Lens Correction. e aumentar Clarity para +55. Para o fundo. 1/3 é suficiente para 1:10 no painel Navigator. da vinhetagem criada pela objetiva. definimos o valor de Clarity para milagres em paisagens deste tipo. Com todas as alterações feitas. colocamos 24 em Shadows. Faça em formato de “seta” a apontar para a lua.

. Ativer a opção Invert costuma funcionar bem. vá a Layers camada e escolha a opção Convert to Smart Objet. Render > Lens Flare. Clique OK para aplicar. Experimente diferentes posições do filtro e Pode atenuá-lo no menu de propriedade que acede via duplo tente algumas das objetivas listadas.adobe. 72 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 .com PRATIQUE Utilize as imagens na pasta ‘Editar’ do seu CD ANTES PASSO-A-PASSO CRIAR EFEITOS ÓTICOS aqui está a melhor forma de usar o filtro DEPOIS Flare no Photoshop parar criar efeitos óticos CRIAR O EFEITO DEFINIR A POSIÇÃO 1 2 Abra a sua imagem e clique com o botão direito na Caso pretenda mudar a posição do efeito. A 50-300mm Zoom clique no thumbnail da máscara a branco. Vá a Filter > Panel (Window > Layers) e faça duplo clique no filtro Lens Flare. luzes e chamas. o Photoshop Render Filters oferece uma série de delícias escondidas para que descubra e experimente. e regule a intensidade no controlo Density. SOFTWARE Photoshop CC SITE www. E D I TA R ESCOLA DE FERRAMENTAS CRIE EFEITOS DO ZERO COM OS FILTROS RENDER DO PHOTOSHOP SIGA O TUTORIAL COMPLETO E EM VÍDEO NO CD De efeitos óticos realistas a árvores.

Pode depois criar mais interessante: mais uma luz. máscara para uma camada e tornar o efeito mais realista. Pode optar por recomendável começar pelo adicionar três tipos menu Preset [5] – nós diferentes de luz. alterar o ambiente da sua Com tantos controlos. crie uma nada uma floresta como esta. Pode usar [6]. Filter > Gaussian Blur. que queiram fabricar cenários no painel de ferramentas. Smart Objet (ver ao lado). exteriores – ou mesmo criar do Feita a linha. Em também bom para criar alternativa. é imagem. Efeitos de luz DI T IL CA Ú Adicione luz e transforme a sua imagem 5 1 2 O comando Lighting Effects a cor geral como a do ponto 4 é um sistema que permite de foco central [4]. definir o Blend esbater o efeito e Mode para Screen e ir a Filter > Render > Lens Flare. espessura. Flames. adicionar vinhetage. com um foco Aparecem na lista de luzes direcionado [2]. aplicação Creative Cloud) . Pode usá-lo como uma mas poderá ser útil usar alguns dos exemplos com designs mais simples. caso pretenda mudar a forma ou o tipo de chamas que pretende usar. ESCOLA DE FERRAMENTAS E D I TA R ANATOMIA PHOTOSHOP CHAMAS FIBERS ÁRVORES Antes de ir a Render > O Fibers Filter (Filter > Render > Filbers) ajuda a dar à imagem um ar Pode criar 34 tipos de árvores. tem alguns fundos simples. Point adicionamos aqui Blue 7 Omni e Spot [1]. JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 73 . É Aplique-o a uma camada não destrutiva. indo a Este filtro permite simular que estava a fotografar contra a luz do sol. 6 3 luz real. Experimente árvores digitais e pinceladas de os vários tipos de nuvens (que pode descarregar da chamas existentes e. Defina o Blend Mode muito útil a arquitetos e designers ferramenta Pen. pode depois mudar coisas como linha com a forma que depois aplique o filtro com baixo valor de Vibrance. MOLDURAS NUVENS O comando Picture Frame (Filter > Render > Picture Frame) permite O filtro Clouds é o mais adicionar uma série de molduras às suas imagens. Clique Randomise número de ramos e amplitudes pretende dar às suas até ter um bom resultado. se quiser adicioná-lo a um documento com várias camadas. preenche-la com preto. Pode ajustar a útil dos Render Filters. Crie nova camada. antes de criar uma nova camada. Crie uma nova camada e reponha as corres com o D. cor e estilo da moldura. especialmente se depois LENS FLARE esbater as nuvens. vá a Edit > Transform > das folhas. Uma funcionalidade chamas com a Rotate 90 Clockwise e aplique novamente o Fibers. ideal para [3]. dirija-se ao separador Advanced. que está para Multiply em ambas as camadas. feita nova camada e vá ao com a combinação de várias filtro em si. desenhe uma mais dramático. A maioria dos opções são duvidosas. Pode ainda alterar tanto iluminar formas 3D. O menu aqui [7] tem os controlos para mudar a opções de configuração direção e intensidade da luz mais avançadas. Spot é o Omni. através dos comporta-se como ponto de três botões de luz [1].

E D I TA R CRIATIVIDADE CRIAR RECORTES SIGA O CRIATIVOS TUTORIAL COMPLETO E EM VÍDEO NO CD Saiba como recortar o seu assunto e adicionar efeitos fantásticos através destas quatro simples técnicas SOFTWARE Photoshop CC SITE www. aumente Radius para Selection costuma ser a melhor e expandir a área e precisão dos a mais simples. escolha a opção mantenha o Alt pressionando para Output – Layer Mask ou New Layer. ferramenta pinte sobre o assunto. pintar áreas que se misturem com dependendo do que quiser fazer a o fundo. a Quick essenciais.adobe. Os controlos Radius são várias ferramentas. Está agora seleção decente. em versões mais uma seleção. Depois deve pronto para experimentar estes clicar no botão Select And Mask quatro truques… 74 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . Feita a seleção. Com esta limites da seleção. Apesar de existirem antigas).com PRATIQUE Utilize as imagens na pasta ‘Editar’ do seu CD Recortar uma pessoa DI T IL CA Ú Criar uma seleção e uma máscara do seu assunto Todos os recortes começam com (ou Refine Edge. Continue até ter uma seguir – e clique OK.

Adicione uma camada de máscara à ao desligue o canal R. CRIATIVIDADE E D I TA R 2 1 MUDAR O FUNDO CRIE UM PÓSTER Recorte o assunto (ver a caxa do lado oposto) e pode Retire toda a saturação ao assunto e vá a Filter > Filter mudar o fundo para o que quiser. Aqui transportamos a Gallery > Artistic e selecione o Poster Edges. vinhetagem no separador FX em Filter > Camera Raw Filter. depois pressione Ctrl/Cmd+T e Angle Gradient. Type. JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 75 . 4 3 CRIAR O EFEITO 3D EFEITOS RETALHADOS Converta para preto e branco. Arraste o novo fundo preencha a camada com vermelho e arraste-a para depois com a ferramenta Move e posicione a camada por baixo da do recorte e selecione a ferramenta Gradient. Arranje fragmentadas. adicione um Adjustment Layer como o Blend Mode para Overlay. Selecione o Brush. Com camada do fundo e clone os limites da imagem para o brush pinte a máscara para esconder áreas preencher todo o fundo por trás do assunto. depois crie duas cópias do Recorte o assunto para uma nova camada. recorte. depois adicione assunto recortado. Arraste do centro. Crie novas camadas e clique com o Alt uns óculos 3D e veja o resultado! para replicar cores e pintar fragmentos sobre a imagem. Abra a aplicação Com a ferramenta Move desvie a camada vermelha para Creative Cloud e pesquise por ‘geometric scatter brush’ a esquerda e a ciano para a direita. em arrastando os limite redimensione ou rode o fundo a gosto. esbata e mude o Para terminar. com cor preta. Faça duplo clique sobre uma delas e um fundo preto. Na outra desligue os canais G e B. tire a saturação. abra o Gradient Editor e escolha Noise. Defina o estilo camada com o recorte. A seguir modelo para uma caverna de gelo. selecione a e descarregue os resultados para a sua biblioteca. Por fim. Aplique efeitos de grão e Photo Filter ou Color Lookup para dar um toque nos tons.

Havai.Rio de lava. 76 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . Havai Volcanoes National Park.

. ser mais metódico. pelo que não tinha ideia do que estava começou a fotografar o mundo a fazer. não era Natureza numa escala Tal como o o igualmente famoso. mas ainda assim.. para estudar Pegar numa câmara foi algo planeamento ambiental. Lanting é um encontrar nos Estados Unidos. mas que só fiz aos 20 anos. ou economista. rodeado pela Natureza. Estados Unidos. o seu olhar visionário que ir mais longe U M dos mais Qual foi a importância da referenciados fotografia durante a sua fotógrafos de juventude? natureza e vida Durante a minha adolescência estava selvagem do mundo. > JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 77 . Claro que formação específica na sua área. como a que podemos Sebastião Salgado. numa Frans Lanting não tem pequena vila holandesa. Mas logo natural. grandiosa. Demorei a perceber que devia natural. mas sempre foi mestrado antes de se mudar para os algo que me atraiu. FR ANS L ANTING Já é um dos mais reconhecidos fotógrafos de história natural do mundo. que completou um noutro lado qualquer. e nunca mais parou. após ter atravessado o Atlântico.

No Reino Unido havia o Eric Hosking. ZOOM OUT FRANS LANTING Teve algum mentor durante esses não podem ir à Internet procurar primeiros tempos – alguém que respostas para todas as perguntas. tomaram-me sob a sua alçada. altura. Quais foram os fotógrafos que o Visions of the Dutch Landscape. inspiraram no início da sua carreira? Mas eu fiz as coisas da minha forma. mas ele era 78 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . muito ativos e que eram enganar. por isso. A fotografia era um universo respeitados. onde seguisse ou que o tivesse ajudado? estás rodeado por milhões de imagens Havia alguns fotógrafos nos Paises que te podem inspirar mas também Baixos. Dessa ligação surgiu o meu primeiro livro. a maioria dos seus retratos atuais imaginarem uma situação onde parecem convencionais. porque não havia muitos recursos na que foi um pioneiro na fotografia de aves. procurei-os e mais fechado na altura. É impensável para os fotógrafos Agora.

isto precisa de ser que se tornou uma grande influência específico. Acumulou um conhecimento de arte começam a prestar atenção ao teu Ansel Adams. eu tinha Em cima como um livro. e comecei performances a colaborar para publicações de história Página oposta. crescer para algo maior ou mais conceptual. por câmara-armadilha. que não era um fotógrafo de Gosto de ter ideias que ajudem a contar uma história natural. Entre os seus vários mais rico. por vezes. Costa Rica. no final dos anos 1970. como começou essa relação? Dependendo da extensão. e também com algumas revistas O cientista Piotr Naskrecki importantes como a Live e a Geo. Para as revistas. topo multimédia orquestradas com natural. A World Out of Time. La Nessa época. uma história épica sobre a vida na terra do Big Bang até ao presente. e havia mais possibilidades de prémios estão interagir com os editores e diretores de Página oposta. Em 2006. questão de ser publicado notado e. os editores e diretores Prémio Sierra Club’s engenhoso. nome e ao que fazias. BBC Wildlife. Haas. website esteve um mês na a Sociedade. Mas. Era mais Chita asiática apanhada Press Photo. fizeram coisas inacreditáveis. ou um evento. Isto por norma conduz-nos a algo como um Por falar na National Geographic. fantasias na contribuição de imagens para Para o livro Penguin. Penguin e Living Planet. Okavango: Africa’s Last Eden. a sua mulher e companheira criativa. Tal como todos os fotógrafos. uma Fotógrafo do Ano da Naybandan Wildlife vez que começasses a fazer coisas um Reserve. Lanting e Chris Ekstrom. e requer um ponto de vista para a forma como eu olhava para o editorial. livro uma exposição. lançaram The Life Project. Frans exibição. Ernst em especial Jungles e Okavango. estas ideias podem mundo e como tentava captá-lo. Mudei-me para os Estados interativo. publicou The Creation. Houve uma geração inteira de fotógrafos da National Geographic que Também é conhecido pelos seus livros. coleciona gafanhotos música de Philip Glass numa floresta tropical. história. Unidos. e Antártica. Irão. pode demorar JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 79 . FRANS LANTING Fotógrafo de Natureza e vida selvagem FRANS Lanting ganhou reconhecimento mundial pelo seu trabalho na National Geographic. Frans Lanting mudou-se para os Estados Unidos nos anos 1970. e o pouco diferentes. em baixo incluídos o World arte do que na atualidade. NASCIDO e criado na Holanda. Bonobo e  Madagascar. A SUA bibliografia inclui Jungles. em 2011. o mundo das revistas era Selva. Eye to Eye. profundo de aves e isso atraiu-me.

em vez de ordenar as imagens por local. Ao invés disso. ZOOM OUT FRANS LANTING Em cima Arara alguns meses ou alguns anos para escarlate em voo. ajudaram a criar um mosaico. O seu espetáculo de multimédia Life foi um projeto mais ambicioso. muitas vezes captadas por Antandroy com um outros fotógrafos. a ambição cresceu numa tentativa de olhar para as raízes da diversidade de regresso no tempo. organizar. Peru. mas tipicamente de forma Ave Elefante. literal. decidimos olhar para essas florestas de forma conceptual. disso. Claro. escritores e ovo fossilizado de filósofos. não sou a primeira pessoa a 80 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . Reserva Nacional de Jungles foi um bom exemplo Tambopata. Sul do Madagáscar. Como surgiu a ideia de uma produção destas? No caso de Life. para registar as coisas que acontecem nas florestas. Independentemente das imagens serem do Congo ou Indonésia. Foi um olhar para as florestas Direita Indígena tropicais.

invés de produzir retratos convencionais. inspiração mais comuns é o David Mas assim que começas a recitar Attenborough. Fiz uma série de erros. terás de ter muito cuidado onde Nós tomámos uma direção algo colocas esses degraus. olhar. Sepilok. sobre a evolução de um planeta vivo. Eu queria fazer um retrato um deles deve-se unir logicamente ao JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 81 . Um dos seus projetos. capturar as coisas corretamente. foi muito semelhante.QUESTIONÁRIO RÁPIDO Qual o momento mais memorável ou que mais se orgulha como fotógrafo? Oh rapaz! Eu não olho para isso como um Top 10. especialmente quando trabalhas em locais sem a possibilidade de ver se estamos realmente na zona. para atrair pessoas a ver o que conseguiria descobrir. porque cada diferente. por isso. fenomenais que ajudaram a moldar a Se optares por essa aproximação Terra. Como experimentei bastantes técnicas mais criativas. ciência. por isso tenho muita dificuldade em responder a essa questão. Bornéu. como se conjunto de imagens que eram degraus testemunhasse todas as coisas do presente ao início dos tempos. Sabá. com num levando-o a uma abordagem. Reserva Uma das minhas fontes de transforma-se numa história científica. É difícil de pensar num caso em particular mas posso generalizar para chamar a atenção de como era difícil na época de fotografia por película. e muito. isso realmente significa que a taxa de sucesso desce. houve alguns desses também. quis criar algo mais Ele fez uma abordagem paralela para experimental. sonhar como seria o aspeto da Terra lírico. uma jornada de descoberta. OK – então qual foi o mais embaraçoso? Oh. Orangotango juvenil a baloiçar. tal como a conhecemos. Claro. as pessoas tendem a vidrar o Life on Earth. quando começas a falar Em cima quando era muito mais jovem.

sobre como as outras pessoas veem o A outros fotógrafos. Nesse sentido. Uso muito o meu escultor: terás constantemente de smartphone. diria para teu projeto. Na verdade. comparas isso com o trabalho de um interessante. Não pode ser algo como assumirem riscos. não” até que no fim trabalhar num projeto neste momento acabas com o que vale realmente a que combina imagens captadas com o pena mostrar e partilhar. fazer as mesmas coisas que eles fizeram. acabas por apresentação”. colaborar numa equipa criativa. Eu tinha o mesmo tipo de coisas que podem correr mal. interessante. estou a dizer “não. Califórnia. não. mas também utilizo câmaras Em cima Olindias formosa sobre o que não queres abordar com o sem espelho. Foi câmara.com Hurley. um modelo antigo articulado realmente uma experiência da Kodak. 82 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . Se seguires por “quero fazer com que as minhas caminhos que já foram explorados fotografias tenham uma boa por outros fotógrafos. ZOOM OUT FRANS LANTING próximo. meu telefone com música. Aquário de ramos da fotografia digital mais Monterey Bay. uma orquestra coisa que teria feito diferente? de 60 músicos. há alguma um maestro sinfónico. visite aproximar do trabalho de Frank ao vivo em frente de duas mil pessoas www. com rolo de película. que queres mostrar. e há muitas Shackleton. com isso tens de compreender muito mais câmaras que fazem muito mais. Bom. porque penso ser um dos (Flower Hat jelly).lanting. O mais recente livro de Mas também vou regressar aos Qual foi o trabalho mais Frans Lanting Into primórdios da fotografia – estive Africa será publicado destemido que levou a cabo? recentemente na Antártica para uma no próximo Outono. que inclui um compositor. fotógrafo da expedição numa sala de concerto. Isso não é a forma de Qual a sua primeira reflex digital? te distinguires e cultivares um Usei máquinas Nikon durante muitos estilo pessoal. um coreógrafo visual Gostava de revisitar todos os locais e um coordenador de projeção. Se voltasse atrás. Isto requer tantas decisões anos. por que já fotografei e fazer melhor. destemido no sentido de que te Para mais informação viagem que foi uma tentativa de me comprometes contigo a colocar algo do seu trabalho.

.

GEOMETRIA MISSÃO JULHO 1 Fique a conhecer as melhores imagens que os leitores da OMF enviaram este mês para o passatempo Missão. será premiado com uma assinatura semestral da OMF (€ 29. Sensibilidade ISO 200 84 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . 114. Já o leitor José Pinto.94). Inspire-se com o impacto destas fotografias! MENSALMENTE os leitores da revista O Mundo da Fotografia são contemplados com apelativos prémios em resposta aos desafios que lançamos em cada edição. PARTICIPE TAMBÉM E GANHE PRÉMIOS! PRÉMIOS 1º A S S I N A T U R A 1 ANO OMF 2º A S S I N A T U R A SEMESTRAL Envie as suas fotos para ‘fotografia.pt’. 2º classificado. o leitor João Coutinho foi eleito 1ª classificado e receberá uma assinatura anual da revista O Mundo da Fotografia (€ 59.digital@goody. No passatempo Missão deste mês. AS LINHAS DE CALATRAVA Equipamento Nikon D90 a 58mm Abertura f/8 Exposição 1/800 seg.88). 1 JOÃO COUTINHO Regras de participação no CD que encontra na pág. LEITORES MISSÃO .

MISSÃO .GEOMETRIA LEITORES JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 85 .

8 Abertura f/5 Abertura f/2.GEOMETRIA 2 2 3 4 JOSÉ PINTO VANDO NETO PAULO TAINHA PHOTOS OF GHOST CHESS OIL CIRCLES Equipamento Nikon D610 a 40mm Equipamento Canon 80D a 10mm Equipamento Canon 450D a 100mm Abertura f/2. Exposição 1/640 seg. Sensibilidade ISO 100 Sensibilidade ISO 100 Sensibilidade ISO 100 3 86 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . LEITORES MISSÃO . Exposição 1/25 seg.8 Exposição 1/3 seg.

GEOMETRIA LEITORES 4 JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 87 . MISSÃO -.

Exposição 1/200 seg.6 Exposição 1/60 seg. Sensibilidade ISO 100 Sensibilidade ISO 100 Sensibilidade ISO 100 88 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . LEITORES MISSÃO .GEOMETRIA 5 5 6 7 ANTÓNIO DUARTE JOSÉ FERNANDES VITOR TOMAZ PILARES SÍMBOLO I GEOMETRIA AO DUONO (PISA) Equipamento Canon EOS 550D a 92mm Equipamento Canon EOS 70D a 15mm Equipamento Canon 6D a 105mm Abertura f/5.6 Abertura f/9 Abertura f/5. Exposição 1/250 seg.

MISSÃO .GEOMETRIA LEITORES 6 7 JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 89 .

2 Exposição 1/4 seg. Sensibilidade ISO 80 90 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 .GEOMETRIA 8 8 TONY CORREIA CRYSTAL DROPS Equipamento iPhone 6s Plus a 15mm Abertura f/2. LEITORES MISSÃO .

MISSÃO .250 10 JOSÉ MATOS STRIPES & SCRATCHES Equipamento Canon EOS 80D a 124mm Abertura f/13 Exposição 1/200 seg. Sensibilidade ISO 1.600 JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 91 .GEOMETRIA LEITORES 9 9 DOMINGOS SILVA 10 GEOMETRIA Equipamento Canon EOS 70D a 18mm Abertura f/4.5 Exposição 1/13 seg. Sensibilidade ISO 1.

(PVP: € 59) 2º PRÉMIO Estojo de Próxima cartões Peli missão Mantenha os seus cartões protegido neste DESPORTO estojo com selo de reristência à agua.. 92 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . www. que pode encontrar no CD da sua revista.robisa. 1º PRÉMIO Kit de limpeza Green Clean .SC 6200 (APS-C) Sistema para câmaras digitais reflex com sensores CCD e CMOS.pt com o assunto MISSÃO Viagens/Férias e habilite-se a ganhar um destes prémios. 6 cartões Válida a partir mini SD e 6 cartões micro SD.SC 6000 (Full-frame) . LEITORES MISSÃO . Elimina poeiras e partículas abrasivas.SETEMBRO 2017 MISSÃO SETEMBRO TEMA: VIAGENS/FÉRIAS DATA LIMITE DE ENVIO: 16 DE JULHO Prémios cedidos pela Rodolfo Biber S. E AÇÃO Tem capacidade para 12 cartões SD. (PVP: € 35) de 16 de agosto *Envie também a declaração de participação.digital@goody.A.es/pt/ ENVIE AS SUAS FOTOGRAFIAS* para o e-mail fotografia. graças ao sistema MINI VAC.

.

94 98 FUJIFILM GFX 50S PENTAX KP A supercâmara de médio formato da Onde se encaixa afinal esta reflex de Fujifilm submetida a testes intensos. Saiba qual a melhor opção. Este selo é atribuído a um acessório. sendo significa que pode confiar em tudo Os nossos testes no terreno colocam que essa mesma classificação Abaixo da média. análise baseiam-se em processos Muito bom em geral. para podermos Cada um dos testes apresenta é criada por uma equipa de jornalistas ressalvar os pontos positivos uma classificação geral entre Esqueça. estão P SE R EC o ideal para uma determinada marca.. uma e cinco estrelas. segura os diferentes equipamentos científicos e bases para podermos O Mundo da Fotografia é 100% fotográficos que surgem nesta secção.. fazer comparações e chegarmos independente e os artigos de Acreditamos que o melhor modo assim às nossas conclusões finais. o que lê nas páginas desta publicação os equipamentos em ação no terreno pode surgir também no âmbito e assim poder comparar de forma ou em estúdio. a fronteira entre a fotografia e o vídeo. os nossos certificados assinalam as melhores opções que surgem em teste. Vire a página! nos testes é rigoroso e exigente. 105 INSTAX SQ10 A primeira câmara instantânea híbrida chega sob a forma de ‘Instagram analógico’. sem dúvida! entre as melhores opções! JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 93 . demonstrado.. MEA R A . especializados em fotografia. EM ANÁLISE O MAIS RECENTE EQUIPAMENTO FOTOGRÁFICO LEVADO AO LIMITE. é suposto ele ser utilizado por quem submetem cada câmara e objetiva O nosso código de conduta Um produto excecional o adquire. 100 102 106 NIKON D5600 PANASONIC LUMIX GH 5 CONFRONTO: FLASHES Uma solução da Nikon pensada para A estrela da Panasonic esbate ainda mais Oitos flashes externos prontos a iluminarem iniciantes com pretensões de evoluir. por em que se enquadram. mas sob uma perspetiva a análises exaustivas. Análises em que pode confiar Pontuações explicadas A revista O Mundo da Fotografia de especialista. e de topo. 24MP? Nós damos o veredicto... não hesite.. para recolha de dados de critérios específicos.. a sua cena.. Compre! Confie nos nossos selos! Para ajudá-lo na escolha dos seus próximos equipamentos fotográficos. E ainda. de testar um produto é utilizá-lo como E uma série de testes controlados e opiniões genuínos e imparciais. seja Pode não ser o modelo de topo na categoria Este selo está reservado para os uma objetiva ou um flash externo.. o que e notar os menos bem conseguidos. exemplo sempre que este seja tido como VAGLOR UR O e está adequado face ao desempenho OM END comprá-los. Se pode O R AD L HO .. mas o preço é convidativo produtos fora de série.. A revista Bom para o preço. Um valor seguro.

pelo que Esta não é uma Pentax 645Z. Bulb. full-frame 645 acessível. Agora temos não fator de recorte de Ocular OLED. Fonte de energia Bateria iões lítio formato no velho sentido das ângulo regulável. como a PhaseOne X-T2. Isto torna o corpo bem mais para fotografia de Se procura por um modelo espesso. com um Memória Dois SD/SDHC/SDXC UHS I/II muito caras. e chega para ser um tipo de câmara muito diferente 3 ESPECIFICAÇÕES Á muito que as H 1 câmaras digitais de Sensor Sensor Bayer médio-formato médio-formato são A GFX 50S usa as de 51.000 A GFX não tem atenções focam-se na GFX 50S: mesmo sensor de 100MP da PhaseOne seg.920 x 1. Time (obturador eletrónico até espelho. logo.080 custo que podem finalmente trazer 63mm f/2. normal. 3fps Já estamos a testar a Hasselblad Ecrã LCD 3. amplitude dinâmica. câmara de ação. Este é um NP-T125. com o pesado ou maior que uma full-frame de 94 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . 3. e as modelos de sensores mais forma igualmente apertada à Nikon para regular a pequenos como a GFX. modelos equivalentes às full-frame Tal como a Fujifilm Apesar da resolução de 50MP parecer de filme 645.eu/p t Fujifilm GFX 50S € 6. mas duas câmaras de baixo cerca de 0. a A GFX foi criada formato que as APS-C em relação GFX tem um obturador de plano focal às full-frame de 35mm. com bateria 50 MP da GFX. e controlos D810 de 36MP. Não pode ser retirada e dar sensores 68% maiores que os de Dimensõess 148 x 94 x 91mm se tratam de câmara médio. EM ANÁLISE FUJIFILM GFX 50S 1 2 CSC w w w. Taxa de disparo máx.f u j i f il m .9mm) novas objetivas grandes.000 seg. 400 disparos câmaras de filme. a X1D e a abertura. paras as full-frame de médio.400 expandido) Hasselbad X1D e a há muito 50mm numa Autofoco AF por Contraste. lugar a uma versão de câmara full-frame como a Canon 5DS.690k pontos uma. 117 pontos esperada Fujifilm GFX 50S. Comecemos pelo sensor.8x G-mount.8 é o Gama ISO 100-12. a GFX tem um elevada. full-frame.. a GFX e a X1D têm e cartão de memória) tamanho e resolução da X1D.8 x 32.360k pontos 2 próxima edição). usa 1/16.) O “50S” refere-se ao sensor de XF100. o que o torna um pouco mais qualidade extrema. Peso 825g (copo.990 (corpo) A há muito esperada GFX chega finalmente. Ao contrário da Hasselblad X1D. com o mesmo A ocular fornecida tempo.800 as médio-formato às massas – a equivalente a uma de (50-102. os pixéis estão arrumados de mecanismo mecânico XF1’. por exemplo.2”de ângulo variável. Entretanto. Esta Resolução de vídeo máx.8x. 1. terá de esperar por mais algum uma ocular eletrónica. X1D (cuja análise publicaremos na 2. comparado com os 36 x 24mm 3 em dois grupos principais: as das câmaras full-frame de 35mm. Estas têm mais ou rotativos para pode esperar baixo ruído e boa menos o mesmo rácio de tamanho velocidade e ISO. mas para já as Velocidade de obturação 60-1/4. pesadas e Fator de recorte 0.4MP (43. As câmaras sensor ‘Bayer’ (não X-Trans) com 44 x digitais médio-formato dividem-se 33mm.

com fundos maioria optará por fotografar em Raw. o conjunto da GFX com a ocular de ângulo regulável como extra. A Fujifilm anunciou seis objetivas para o encaixe GFX G que competem Canon EOS 5DS Hasselblad X1D Pentax 645Z . num pacote bem ou mais pesada que uma full-frame de para um sistema mais completo. Provia e Astia. Mas. que O AF não tem a velocidade de câmara mais pequenas. elegantemente desfocados em aberturas amplas.digitalcameraworld. Outras objetivas. equipada com uma ocular normal. mas exige imagem a um preço altos.. ainda que 5DS parece imbatível mesmo estilo de estilo reflex.960 restantes chegam até final de 2017. a ocular por contraste (sem deteção por fase). Construção e manuseamento câmara. de alta gama. no topo da não consegue passar os 3fps.com  JULHO 2017 O M JULY U N D O DDI G 2016 A I TF A O LT OCGARMAEFRI A 95 .595 € 9. No papel. dado a tempos. Se a pusermos ao A ocular eletrónica é apoiado por uma LCD regulável e por um ecrã OLED ‘always on’ no topo do corpo: mostra o estado da bateria e números As rivais… de disparos disponíveis com a câmara desligada. resolução. em disparo contínuo montada num encaixe. 1 2 3 Simulações de filme Precisão de foco Desfoque do fundo Podemos optar por várias simulações. A GFX foi criada para fotografia de objetiva 63mm f/2. e configurações de disparo Eis as câmaras quando ligada. mais portátil.750 € 8. como a Nikon considerando o universo das que o mercado das médio-formatos D810 ou a Canon EOS 5DS. com detalhe em aberturas amplas.8 não parece maior um sinal de que a GFX pode evoluir qualidade extrema. O sensor enorme cria efeitos de profundidade de incluen Velvia.8. rápida a disparar. Resume-se ao AF está habituado (apesar de se poder E porque não tem espelho.. A câmara vem No mesmo sentido. www. com a GFX e sua estrutura.algumas já estão disponíveis e as com a Fujifilm € 3. apesar de ser pela Pentax 645Z). mas os nos próximos qualidade de preços mantêm-se o termo “pequena” seja relativo. numa full-frame e acessibilidade da GFX. algo que é inevitável. semelhante. Nós GFX 50S… A mistura de A elegante X1D é Adorámos a 645Z testámos com a 63mm f/2. sendo possível adquirir uma também não é uma câmara de ação. como a também as melhores também ele X1D a deixarem-na GF 32-64mm F4 R LM WR são bem objetivas. ainda que a mas é extremamente precisa a fotografar assuntos campo mais pronunciados. maiores. robusto e fácil de usar 35mm. É a mais pequena. dado o tamanho do sensor. e não ótica. full-frame e APS-C. para trás. tamanho muito diferente da pelo seu equivalente a 50mm. O sistema autofoco é primitivo. admitir ser uma tendência iniciada é eletrónica. mas oferecer o manuseamento de 35mm. 35mm profissional.

A abertura é ajustada com mais espaço. Mas assim que os decorarmos. Se só tivéssemos Prioridade à Abertura. vão entre cada valor – ou podemos O sensor produz tátil. temos um modo Program.algo que fará de À esquerda do local onde contraste é eficaz e versátil. percebemos que esta automático. Se outras reflex school’. o visualização a 100% O botão “Q”. A bem renderizados e não o considerar natural logo de início. Novamente podemos ativar zoom. com rodar. é provável que sentíssemos incrementos de um terço de EV menos importantes estão em maior satisfação ao usá-las. traseira. com um grip fantástico Os controlos são muito ‘old. Para o usar pressionamo-lo O botão on/off é um modo Prioridade à Velocidade. É útil. posições estranhas. e cobre forma constante. No geral. Para modo O único controlo que nos arreliou controlo rotativo. E como em tudo. forma esporádica – e demora um controlo do ISO. qualidade. Já o controlo traseiro podia ter e controlos muito bons. para pousamos o polegar está um praticamente todo o frame – mas pequeno joystick com que não é especialmente rápido. regulação da velocidade é feita via uma grande gama A função tátil aplica-se também para tonal. para avaliar o nível de sobre uma grande saliência na configurarmos velocidade e detalhe nas suas imagens. algo obturador – muito fácil de ativar selecionamos a velocidade. a GFX foi criada para a fotografia imagens porque mesmo com ecrã traseiro ponderada. por exemplo. ao constante. com área suficiente no corpo. tem uma pega controlo bloqueável no topo do rever fotos no ecrã. o que permite Ainda assim.o que é algo que dedos. e alguns dos controlos forma. e nestas situações o AF é 96 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . aos comandos de um abertura para A. que pode ser usado para parecer semelhantes. com o indicador a descansar Não há seletor de modos. a GFX mostra-se sólida e segundo a ligar a câmara. Dois toques seguidos ativam a sem perder muita grip frontal para acomodar três o automático. para o obturador. tem um ‘clique’ firme e o peso certo. que foi mais desafiante do que caso esteja a usar a câmara de Em cima. Ao provavelmente fará de forma sobre o disparador e o polegar invés. podemos lhes pegamos. bem construída. com o indicador enquanto rodamos o interruptor em torno do colocamos a abertura em A e controlo rotativo com o polegar. está perfeito. avaliar as suas mudamos o ponto AF. para ser mais fácil de digitais ou CSC fossem feitas desta um anel na objetiva. com o swipe e grandes ajustes confortável. é bem maior. percebemos que há Desempenho Dois toques ativam a uma razão para cada posição. Todavia. Mas quando configurar a objetiva para ajuste ficheiros Raw muito determinar o ponto de foco. à esquerda. Pelas normas full-frame ou APS-C. temos o julgávamos. O sistema AF por . lado de uma Nikon D810. na saliência para o desempenho operacional da GFX polegar. na posição A. colocamos mais um pouco foi o de compensação de avaliar a pega da câmara a velocidade em A e escolhemos a EV. abertura manualmente. na posição A. não é bombástico. uma pequena saliência perto do daríamos cinco estrelas. visualização a 100% .

mas é uma da GFX foram algo desapontantes.2 DO ZERO SÃO MELHORES -5 0 5 10 15 20 A full-frame Canon EOS 5DS teve a melhor precisão de cor. a amplitude limitação deste tipo de câmaras e entanto. dinâmica na câmara. no No laboratório. de qualidade extrema e que se 4 OS RESULTADOS RAW USAM IMAGENS CONVERTIDAS PARA TIFF. os ficheiros Raw da GFX 14 suspeitamos nós – às novas objetivas G preservaram bastante detalhe em da Fujifilm que estivemos a usar. ajustar-se a uma grande alteração na laboratório não usamos qualquer OS RESULTADOS RAW USAM IMAGENS CONVERTIDAS PARA TIFF. ERRO DE COR mas não só.8 que nos foi comporta muito bem. enquanto a GFX../PREÇO CLASS. parte ao captada. tínhamos o modo de gama dinâmica revelou-se mediana. e parte – Raw. Com detalhe capatado pela GFX é terreno. todavia. não vimos nada disto. o que aumentou JPEGs. sombras e em altas luzes. algo faz-nos esquecer o resto. No Lightroom ou Camera AMPLITUDE DINÂMICA RAW tamanho do sensor. a X1D e a 645Z estiveram um pouco mais abaixo.8 Canon EOS 5DS 2. o modo de expansão de amplitude relação sinal-ruído que vimos a ISO 100.600 pequenos é rápido. que estivemos com ela foi suficiente uma vez que revelaram alguns para perceber que produz imagens 6 AS PONTUAÇÕES MAIS ALTAS SÃO MELHORES. Pode levar um pouco a Para termos resultados mais reais. RELAÇÃO SINAL-RUÍDO RAW 50 40 Decibéis 30 20 bom.3 Hasselblad X1D 15.600 6.400 25.8 são capazes de um sensor tão grande como esta possa captar níveis de detalhe igualar o autofoco e capacidade de disparos muito elevados. no 10 AS PONTUAÇÕES MAIS ALTAS SÃO MELHORES.. Esquerda O sensor de 50 MP e a objetiva 63mm É irrealista esperar que uma câmara com f/2. Foi capacidade de resposta de uma Nos testes de gama dinâmica os resultados precisa e cristalina em quase tudo. VEREDICTO CARACTERÍSTICAS CONSTRUÇÃO DESEMPENHO QUAL.600 enviada. No entanto. Parte substancialmente a gama tonal deve-se à resolução de 50MP. franjamentos ou cantos suavizados. câmara mais pequena. mundo real a história foi bem diferente. mas no um compromisso aceitável para uma dinâmica expandida desativado.600 6. a maioria de utilizadores de câmara como estas vão sempre querer editar as cores. essa. contínuos de uma câmara full-frame ou APS-C – ou o até o preço.400 25. simplesmente estonteante. FINAL JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 97 .1 RESULTADOS MAIS PERTO Pentax 645Z -5. mas em ajustes mais opção de melhoria de amplitude 100 400 1. Valor de exposição 12 Percebemos que câmaras com Seria preciso muito mais tempo sensores de resolução elevada como para testar a GFX 50S em todas as 10 a Nikon D810 e a Canon 5DS condições possíveis. Mas a GFX combate isso conseguindo imagens de uma qualidade e beleza inigualável. A NOSSA OPINIÃO. usamos Os ficheiros Raw da GFX tiveram a melhor Já a qualidade de imagem. mas com a 63mm f/2. mas o tempo 8 precisam das melhores objetivas. Pode não ter a 10 400 1. O nível de dinâmica da Fujifilm em testes no que mantém em boa parte da gama ISO. FUJIFILM GFX 50S EM ANÁLISE A GFX é fantástica em estúdio. os resultados são mais próximos. câmara com estas capacidades. Fujifilm GFX 50S 9. 0 distância focal.

É estranho mas KP tem Objetivas Pentax KAF2 um controlo rotativo de 819. desilude. obturador eletrónico objetivas DA. mas o que terá que a K-70 já não tenha? ESPECIFICAÇÕES KP tem como A 1 grande destaque o Sensor 24. Peso 703 gramas (com bateria e cartão opções.200. não é mas é algo ruidoso. a 30 seg. no entanto. e um corpo O desempenho do AF a câmara é algo posto em causa quando Gama de ISO 100-819. 50i. regulamos o controlo. ou seja. 2 da pega. tons de magenta quando usamos o automática de exposição. As Velocidade de obturação 1/6. de memória) para profundidade de campo 3 que destaca a variação no desempenho Dimensões 132 x 101 x 76mm e movimento (velocidade O ecrã traseiro é do autofoco na gama da fabricante. Esta Fonte de energia Bateria de iões lítio de obturação) sem alteração regulável na vertical. Ecrã LCD 3”articulado. pode mudar Taxa de disparo máx. O sensor APS-C. equilíbrio de brancos e cores naturais. 25p ou 24p um filtro anti-aliasing. um no topo e outro atrás. Temos Memória SD/SDHC/SDXC (UHS-I) montado à frente. mas compromete a altura Resolução de vídeo máx.3MP APS-C format CMOS seu ISO máximo. com um seletor sensibilidade revelaram algum ruído e qualidade a ISO elevados aceder ao HDR. 98 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . da Pentax. 921k-pontos de até -10º C.200 em liga de alumínio com 67 depende da objetiva.920 x 1. 390 disparos de exposição. à sua direita. disparos acompanhado por um formato DNG. interessante variedade de A nossa KP vem com uma objetiva até 1/24. do que seria de esperar continuos e três modos segundo controlador Para reflex digital. a autonomia de de um sensor APS-C personalizáveis. objetiva tem um motor de AF embutido. incluindo brackting Pentax 20-40mm f/2. A KP têm nada mais nada menos Conseguiu melhor qualidade a ISO que três controlos principais: um à 4 elevados do que seria de esperar de um frente. EM ANÁLISE PENTAX KP 2 3 1 RE F L E X w w w. totalmente articulado A KP produziu boa exposição. barulhentas.8-4 ED ‘Limited’. algumas objetivas mais tamanho e tato do grip. Bulb. 100% de também o sistema SR Shake O controlo frontal confere um aspeto cobertura Reduction System II. 30p. p t Pentax KP 4 € 1.000 seg. Construção e manuseamento como na K-70. Se não gostar do Pontos de autofoco 27 (25 tipo cruzado) selagens que a torna à prova de pó. 7fps resistente à água e a temperaturas antigas serão lentes e para um de dois outros. as três A KP foi criada para do topo funciona em conjunto com configurações mais elevadas de Conseguiu melhor o controlo Smart Function para permitir um controlo rápido.080) a 60i.r icoh-imag ing. medição de modos no topo. Ocular Ótica. D-LI109.299 (corpo) Mais uma interessante reflex de 24MP da Pentax. Full HD modo de alta resolução Pixel Shift. único à KP.000 A KP tem ainda uma melhores são as Desempenho seg. 390 disparos. pelo que o conforto de segurar (1.. pentaprisma.

robusta e com boas funcionalidade. justificar o preço..7 CANON EOS 80D 4. A semiprofissional A reflex É mais do que da Canon com semiprofissional apenas metade do VEREDICTO quase tudo. nitidez nos cantos das anti-aliasing. QUAL.. a Nikon D7200 e Pentax K-70. mas fica atrás da K-70. da Nikon combina preço da KP. A KP perde por pouco para a concorrência. No mundo real mostra que ainda que as configurações mais altas não sejam usáveis. OS RESULTADOS RAW USAM IMAGENS CONVERTIDAS PARA TIFF..199 € 1. capta níveis de de luz. onde bate as rivais A objetiva 20-40mm revelou O sensor de 24MP da KP. mas CARACTERÍSTICAS incluindo um ecrã controlos que são vem com ecrã articulado.5 NIKON D7200 4. mas também algum detalhe elevados em assuntos presente.2 MELHORES -5 0 5 10 15 20 Comparámos a KP contra a Canon EOS 80D. PENTAX KP EM ANÁLISE ERRO DE COR PENTAX KP -6. mais barata. A KP é uma câmara interessante. autofoco sensatos com um articulado e AF CONSTRUÇÃO Dual Pixel CMOS sensor de 24MP híbrid.. É compacta. OS RESULTADOS RAW USAM IMAGENS CONVERTIDAS PARA TIFF. RELAÇÃO SINAL-RUÍDO RAW Decibéis AS PONTUAÇÕES MAIS ALTAS SÃO MELHORES. a KP mantém o detalhe à medida que o ISO sobe.. tem resultados acima da média. mas faz-nos pensar que Eis as câmaras a Pentax devia investir na renovação e que competem modernização da sua gama de objetivas e Canon EOS 80D Nikon D7200 Pentax K-70 não no lançamento de novas câmaras. complicados como este. imagens. Tem bom desempenho no laboratório. sem Mesmo com muito contraste por margens progressivamente maiores.260 € 689 Pentax KP. em algumas áreas onde não compensa o suficiente para As rivais. A NOSSA OPINIÃO. do seu valor.5 RESULTADOS MAIS PERTO DO ZERO SÃO PENTAX K-70 3. AMPLITUDE DINÂMICA RAW Valor de exposição AS PONTUAÇÕES MAIS ALTAS SÃO MELHORES. com a € 1.2MP. FINAL JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 99 .. mas a diferença não é significativa. melhor quem franjamento de cores./PREÇO CLASS. concedendo e sensor APS-C que deu provas muito pouco DESEMPENHO de 24. algumas câmaras rivais. noutras áreas. 1 2 3 Este é o ponte forte da KP – especialmente Objetivas 20-40mm Captação de detalhe Amplitude dinâmica em ISO mais elevados.

mas nos cantos da imagem – mesmo com Live View afeta a sua utilização.080) a 60. um espelho mas. zooms mais longos. ao contrário AF-P 18-55mm transforma confortáveis de câmara na mão. a 30 seg. de outras objetivas de kit. Funciona bem.000 seg. p t Nikon D5600 4 € 929 com objetiva 18-55mm AF-P A D5600 é a nova câmara avançada da Nikon para principiantes – mas será que tem o que é preciso? ESPECIFICAÇÕES D5600 D5600 é a ícones são difíceis de ler. que nos faz sentir controlo rotativo. toque numa área do ecrã chega para Pontos Autofoco 39 (9 tipo cruzado) Estas câmaras da série D5000 1. Na maioria A D5600 é quase tão pequena e dos casos podemos confiar na No topo temos o leve quanto algumas digitais sem câmara para fazer esse trabalho. nota. View. 1. 3 Desempenho Velocidade de obturação 1/4. A 1 mais recente A nova objetiva AF-P 18-55mm Sensor 24.037k pontos. Bulb O que mais se destaca nesta A ocular usa um O sistema SnapBridge não é tão Peso 465 gramas (com bateria D5600 é a tecnologia sem fios da pentaespelho de custo impressionante. ainda assim. um disparador e especialmente bom e.2”. mas os eficazes. interruptor on/off. uma ligação mais reduzido com ainda que lento. EN-EL14a.600 degrau acima de todas elas. e um Live View. EM ANÁLISE NIKON D5600 3 1 2 RE F L E X w w w. até está um funcionalidade tátil do ecrã.. 50. alguns dos botões são Os controlos externos AF-P 15-55mm mantém a nitidez até o desempenho do estranhamente pequenos. tem O detalhe mais fino é A nova objetiva um bom grip.2MP DX-format câmara da série A nova objetiva de kit transforma o desempenho do Live CMOS (Expeed 4) tem um foco suave e D5000 da Nikon.037k pontos DX-format da Nikon com ecrã de ângulo variável ângulo variável. SnapBridge. equilíbrio de brancos e exposição da Construção e manuseamento 4 D5600 funcionam bem. é tátil e que a câmara foque esse ponto e Taxa de disparo máx. e cartão de memória) Nikon.2”. seletor de modos. O ecrã LCD tem 3. Não são mínimos. mas Dimensões 124 x 97 x 70mm Bluetooth LE de baixo consumo 95% de cobertura. mas Ocular Pentaespelho. com Android. 95% de entrada de gama D3400.. a nova Todavia. Mas num e funciona muito bem com a 2 (1. Um só Gama de ISO 100-25.920 x 1. 820 disparos um tablet.n ikon . Ecrã LCD tátil de 3. Os sistemas de autofoco. 30. a velocidade e capacidade de cobertura abaixo das semiprofissionais resposta do Live View surpreende – Resolução de vídeo máx. 100 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . Full HD D7200 e D500. dispare o obturador. 5fps são as únicas reflex digitais totalmente articulado. 25 ou 24p determinado ponto. Continua a não ser tão rápido Objetivas Nikon F (formato DX) torna a D5600 mais Memória SD/SDHC/SDXC Está um degrau acima da responsiva no modo como uma câmara sem espelho. insiste a fazer uma ligação via Wi-Fi Fonte de energia Bateria iões lítio para ligar um smartphone ou mas quase não se quando usamos um iPhone.

OS RESULTADOS RAW USAM IMAGENS CONVERTIDAS PARA TIFF. OS RESULTADOS RAW USAM IMAGENS CONVERTIDAS PARA TIFF. o remo deste barco. pelo que neste teste em particular há num dado ponto da cena. ainda que não conveniência do DESEMPENHO mais recente.. para focar. apesar de ser algo habitual em reflex da Nikon sem filtro anti-aliasing... a Nikon D3400 e a Sony Alpha 68. usar. Mas temos muito detalhe fino. NIKON D5600 EM ANÁLISE ERRO DE COR NIKON D5600 -1. velocidade de AF de CONSTRUÇÃO barata. tanto em ficheiros JPEG como em muito bem. 1 2 3 Foco tátil Detalhe captado Qualidade de imagem Resultados semelhantes nas quatro O modo Live View funciona O sensor de 24MP sem O ruído e amplitude dinâmica câmaras. muito dos ficheiros Raw. (com objetiva (com objetiva (com objetiva VEREDICTO 18-55mm) 18-55mm) 18-55mm) A 750D igualas as Se quer apenas a O espelho da A68 CARACTERÍSTICAS especificações da qualidade de combina a D5600 e é mais imagem da D5600. com um ecrã de ângulo regulável e uma excelente qualidade de imagem. apesar de todas as câmaras se saírem bem aqui. que competem e os preços podiam ter descido um pouco Canon EOS 750D Nikon D3400 Sony Alpha 68 mais para tornar a D5600 mais tentadora. mas tenham esta é uma boa uma reflex com a em conta o modelo opção. Revelou cores muito naturais. como a D7200 ou a D500. É leve e fácil de As rivais. FINAL JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 101 . a EOS tenha ecrã de ângulo Live View de 800D.2 NIKON D3400 3. com a Nikon € 829 € 645 € 639 D5600. Fotografar com a D5600 não é o mesmo mesmo que usar câmaras mais evoluídas. uma CSC. Os números da relação sinal ruído impressionam menos. A Eis as câmaras experiência SnapBridge desilude um pouco.9 MELHORES -5 0 5 10 15 20 Comparamos a D5600 com a Canon 750D... A NOSSA OPINIÃO. RELAÇÃO SINAL-RUÍDO RAW Decibéis AS PONTUAÇÕES MAIS ALTAS SÃO MELHORES.1 RESULTADOS MAIS PERTO DO ZERO SÃO SONY ALPHA 68 -1. QUAL./PREÇO CLASS. captam bom detalhe. sendo possível extrair pouco por onde escolher.4 CANON 750D 6. AMPLITUDE DINÂMICA RAW Valor de exposição AS PONTUAÇÕES MAIS ALTAS SÃO MELHORES. Só temos de tocar anti-aliasing e a qualidade estão na média para esta Raw.. como da objetiva AF-P 18-55mm gama. variável.

afirmando que tecnologia WhiteMagic. e 3. que faz a Panasonix Ocular OLED EVF. ângulo variável. 3.680.680 mil como apelar a uma grande gama pontos. com bateria e de captar grandes imagens a gama de ISO expandido fosse cartão de memória) fotográficas e vídeo.600 este modelo não só vá cimentar a 100-25.000 pontos e ampliação de detalhe. 410 disparos equilíbrio de brancos é A GH5 tem um sensor Micro convexo. a Panasonic diz ser um de 1. para maior pequenas saliências.840 x 2. base é bem-vinda. que a mais rápido. graças às qualidade até hoje.3MP. Bulb câmara verdadeiramente capaz de muita luz.2”.3MP. que ampliação de 0. enquanto o ecrã tátil de 3. equipado com a sensor diferente. Teria sido simpático se 3 Peso 725 gramas (corpo.600. com duas tem uma resolução brutal de filtro passa-baixas. devido a um núcleo Memória 2x SD – que tem reputação Panasonic garante adicional. 60fps (4K para videográficos profissionais.0mm) A mais recente câmara topo de gama sem espelho A GH5 chega com o novo sensor Micro Há ainda o novo Venus Engine. A Panasonic espera que 2 melhora em relação à GH4. vídeo. Se por um lado a o da compensação de 0.3MP (17. EM ANÁLISE PANASONIC LUMIX GH5 2 1 CSC w w w.com/p t Panasonic Lumix GH5 3 € 1.620k pontos de fotógrafos entusiastas.620. fotógrafos mais vasto imagem das câmaras Lumix. 1. da apelar a um mercado de produz a melhor qualidade de Panasonic. (incluída).160) suas funcionalidades de A gama de sensibilidade da GH5 Gama de ISO 200-25.76x. e com uma para tirar partido de algumas Ecrã TFT 3.999 (corpo) Micro Quatro Terços sem espelho da Panasonic reduz a fronteira entre fotografia e vídeo ESPECIFICAÇÕES LUMIX GH5 é a 1 Sensor Sensor Live MOS 20.2” tátil de ângulo variável.. para brilho melhorado. especialmente fotografia). O botão do Características Sony Alpha 7S II. da Panasonic 20. controlo de ruído melhorado.680k pontos reconhecida por entre conseguir a melhor prometer imagens mais naturais e Resolução de vídeo máx. (3. daquelas velozes objetivas fixas Velocidade de obturação 60-1/8.3 x 13. de A Panasonic espera que resolução iguala a Lumix GX8. 4K videográficos. 12fps resolução de 3. com poder de processamento 1. que é onde a GH5 perde Dimensões 139 x 98 x 87mm mereceram muita para rivais como a Nikon D500 ou a Fonte de energia Bateria iões lítio reflexão.000 pontos.76x. 30fps (6K fotografia).600 na Autofoco 225-zona DFD AF contraste A ocular eletrónica tem marca como a primeira opção uma impressionante GH4. com ISO é plano. Os controlos mais longo. A GH5 conta ainda com o sistema 102 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . A redução na sensibilidade Taxa de disparo máx.600 para 200-25. panas on ic. tem uma resolução este modelo possa por outro. de ISO expansível até 100-25. exposição é côncavo. o botão do A ocular eletrónica da Lumix GH5 Quatro Terços de 20.66x Conversão do comprimento focal na Quatro Terços de objetiva 2x da série GH.000 estejam à procura de uma Micro Quatro Terços em condições seg.

A GH5 permitirá extração 4K Photo. mas agora a partir de vídeo captado a 60fps – espantoso.699 E-M1 II € 2.096 x 2. até uns impressionantes 180p. de objetivas Lumix. esta mudança.999 A resolução que a GH4. mas é mais que as suas rivais e magnésio e uma pega maior e mais imagens de 24MP compacta e menor ruído em confortável. apresentando o que a Panasonic apelida de 6K Photo. A Panasonic prescindiu do flash para fotografar.160) a 60p e a 150Mbps.2MP). câmaras de sensores maiores. e qualidade de imagem. e as o vídeo. e consequente facilidade na transferência de imagens. mas isso nem é mau de mas é mais indicada A E-M1 II não tem modesta consegue todo. excelente.anti-oscilações Axis Dual IS II. mais rápidas. Tem também selagem contra a intempérie e trabalha a até -10 graus JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 103 . Este sistema de estabilização de imagem funciona em conjunto com a gama de objetivas com estabilização da Panasonic para corrigir até cinco stops. com a GH5 embutida. tem Wi-Fi e NFC. que garante uma ligação permanente entre a câmara e o seu dispositivo. Muito impressionante. O as mesmas uma maior embutido da GH4. € 1. não surpreende que a GH5 seja tão boa no vídeo. Por fim. mas a GH5 vai ainda mais longe. Eis as câmaras que competem Fujifilm X-T2 Olympus OM-D Sony Alpha 7S II Construção e manuseamento com a € 1.. com um preço.990 A Panasonic Lumix GH5 é 13% maior Panasonic GH5… A X-T2 faz video 4K. a uma taxa de disparo ilimitada. Se exigirmos a resolução máxima do sensor. Atualmente. Dadas as capacidades de vídeo da GH4. Isto significa que será possível extrair imagens 18MP (a 4:3 ou 3:2) de vídeo de ultra-qualidade a 30fps. Muito tem sido feito no passado sobre a capacidade de extrair imagens de 8MP de video 4K. a GH5 utiliza toda a amplitude do chip e depois Detalhe Ruído de imagem Estabilização Dual Image A GH5 usa a última combinação O controlo de ruído da A GH5 tem estabilização redimensiona o vídeo na câmara. ou 9fps com AF contínuo – isto com um buffer de 100 imagens em Raw. de sensor e processador da Panasonic é ótimo. significa que a GH5 têm muito boas consegue ter taxas sensibilidades mais faz-se sentir profissional em todo os cores e um detalhe máximas de disparo elevadas – mas vem sentido em que o devia fazer. Ao invés de usar uma área recortada do sensor quando grava a 4K. assim como ligação Bluetooth de baixo- consumo. quando pensamos que a Canon EOS-1DX Mark II (que custa quase 6 mil euros) tem uma taxa de disparo máxima de 14fps. (Isto num sensor full-frame de 20. a Lumix GH5 permite fazer Cinema 4K (4. como acontecia 1 2 3 na GH4. sendo As rivais. a GH5 pode fazer 12fps com o foco trancado no primeiro disparo. obviamente possível o vídeo Full HD. que funciona em Isto significa também que o Panasonic e consegue grande a aguentar-se bem contra paridade com a estabilização enquadramento não será recortado. manuseamento é características para amplitude dinâmica combinada com o chassi em liga de soberbo.. que pode usar a sua objetiva como se estivesse a fotografar.

o do ISO é plano. O tamanho inferior do sensor Micro Quatro de choque em um sexto quando o Com a tecnologia AF melhorada da GH5.. CONSTRUÇÃO um salto considerável em relação à GH4.1 Fujifilm X-T2 16. e o de compensação O sistema híbrido de estabilização é uma de exposição é concavo. De forma a Houve muito poucas ocasiões em que igualmente bons. as imagens sofrem. Em ambos os movimentos acelerados. a GH5 tem dos melhores níveis de controlo de Apesar da enfase no ruído. Há depois a estabilização percebermos pelo toque que botão tivemos compensar a exposição para de cinco eixos. a Lumix GH5 é em comparação com modelos APS-C. mas a sua hesitar assuntos num determinado AS PONTUAÇÕES MAIS ALTAS SÃO MELHORES. Podemos ainda configurar detalhe. seja em previsão de movimento de assunto. e é para uma área de 225 que cobre a maior possível recuperar uma boa quantidade de DESEMPENHO parte do frame. o AF rápido. Claro vários perfis com sensibilidade ajustável. Em conjunto com a nova A Panasonic renovou também o objetiva Leica 12-60mm f/2. e por outro. e faz um trabalho competente. FINAL 104 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . OS RESULTADOS RAW USAM IMAGENS CONVERTIDAS PARA TIFF. por um lado. a Panasonic de equipar a GH5 com uma movimento sem dificuldade. Apesar de ter um dos sensores mais pequenos.1 Olympus E-M1 II 8. ISO e exposição. convexa. A amplitude dinâmica é muito boa. velocidades de controla o quê. vídeo. controlo de equilíbrio de brancos.000 rápida e silenciosamente bloqueia sem ciclos. tempo dependendo do tipo de assunto que ilimitado para a gravação de vídeo – a fotografamos. Terços da Panasonic revela-se na amplitude obturador é acionado. percebemos dinâmica. O AF é rápido. (A GH5 inclui agora limitação fica a cargo da capacidade de bloqueio de assuntos em movimento). DFD (Depth From Defocus). armazenamento. ainda que a este nível poucos optariam por não editar as cores. Mas a ISO elevado. pequenas saliências.8-4. RELAÇÃO SINAL-RUÍDO RAW Decibéis AS PONTUAÇÕES MAIS ALTAS SÃO MELHORES. beleza – mesmo com uma velocidade baixa VEREDICTO de 1/10 segundos foi possível fazer imagens Desempenho definidas sem tripé e com uma distância CARACTERÍSTICAS O Sistema AF da Lumix GH5 representa focal equivalente a 120mm. ERRO DE COR Panasonic GH5 11./PREÇO área AF de sensibilidade alterada e informação para trabalhar. mesmo em ficheiros JPEG. assim como botões para o zona 1. mesmo com série de botões e controlos. rotativos. Está classificado para 200. Acontece o disparo elevadas e boa qualidade de imagem. com a câmara a conseguir nas situações mais exigentes. com duas resultados muito naturais. a GH5 obturador. A construção e manuseamento são compensação de exposição. acabamentos ligeiramente diferentes – o mesmo com o equilíbrio de brancos da que fazem da GH5 uma câmara que se mantém à altura das exigências mesmo botão do equilíbrio de brancos tem forma GH5.728 da fabricante para definir a A GH5 faz boas fotografias e vídeo fantástico.. CLASS. que com ficheiros Raw há mais QUAL. lados do pentaprisma estão seletores A GH5 usa o sistema de medição de A NOSSA OPINIÃO. também uma boa câmara para fotografar. que a deixa ligeiramente atrás A inclusão de um ecrã tátil não impediu nos testes que a câmara segue assuntos em das rivais APS-C e full-frame. como na GH4. sombras como em altas-luzes.7 MELHORES -5 0 5 10 15 20 A precisão de cor da GH5 colocou-se no centro do grupo. reformulação estrutural significa que o intervalo de condições de luz (a GH5 pode corpo melhora a redução de movimentos focar até -4EV).2 RESULTADOS MAIS PERTO DO ZERO SÃO Sony Alpha 7S II 9. OS RESULTADOS RAW USAM IMAGENS CONVERTIDAS PARA TIFF. AMPLITUDE DINÂMICA RAW Valor de exposição Celsius. os três botões têm conseguir o que queríamos.

/PREÇO SQ tem até dois obturadores. SQ10 que. f u j i f i l m . preparada para captar conta com uma ampla variedade E. que durante os nossos utilizadores com a mão esquerda. e u /p t ser configurados de forma a controlarem o modo de fotografia. Todas as A primeira instantânea híbrida em quadrado configurações são feitas através de um conjunto de botões. quadrado e simétrico. se calhar é mesmo filtros que podem criar imagens de elevada qualidade. testes até se revelou muito popular impressão de fotos no por entre utilizadores mais jovens. bem ao estilo das réflex mais comuns. UM mundo cada 1 Já o ecrã LCD mede 3” e revela-se N vez mais digital. processo de tirar voltam a entrar na moda selfies. mas que também podem C Â M A R A I N S TA N TÂ N E A w w w. dupla exposição e Bulb (até 10 segundos). conceito de ver em papel aquilo que Mas a Fujifilm. apoiados por um controlo rotativo ao centro. FINAL facilitam a utilização com ambas JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 105 . E. estilo do Instagram. funciona como um “Instagram Ao todo existem 10 Posto isto. quis ir um pouco mais longe e que os efeitos e opções de edição criou uma câmara híbrida. que até já A bateria está costuma ver apenas num telemóvel. momento. Estas edições são limitadas.e estas 50 imagens. como com a mercado. é 4 verdade. de soluções na sua linha Instax. FUJIFILM INSTAX SQ10 EM ANÁLISE Por norma o P10 consegue uma exposição adequada à cena. são apenas três: normal. nada de 2 que gostaram particularmente do muito novo. visto até ter uma opção para a Cada carga vem com 10 películas até 160 imagens. E até aqui.6MP (1920 x 1920). que 3 possam crescer no futuro. as mãos. sendo mais A Instax SQ10 representa assim pela satisfação imediata que fácil usar tanto a mão uma inovação interessante neste proporcionam aos seus direita. a QUAL. E Instax SQ10 € 289 por falar em modos. atualização de Firmware. a melhor forma de descrever a ser aplicados mas esse também não é objetivo. como o próprio nome diretamente na Cria sim momentos de satisfação indica. escuras do que vemos na câmara DESEMPENHO Com um design a respeitar o conceito. cartão microSD. é possível e custa cerca de € 10. as câmaras instantâneas Dois obturadores frontais facilitam o competente a reproduzir as imagens captadas pelo sensor de 3. a SQ10 até pode não analógico”. seja antes ou pela impressão instantânea das quadrado (62 x 62cm) e permite após a captura da fotos. que agora até podem gozar de fotografia. mas incluem 10 filtros A memória interna VEREDICTO diferentes. mas é CARACTERÍSTICAS edições podem ser aplicadas possível expandir o CONSTRUÇÃO tanto antes como depois da armazenamento via As impressões tendem ser mais captação da fotografia. vinhetagem e armazena até cerca de controlo de brilho . aplicar algumas edições nas pequenas alterações e efeitos ao bom imagens antes de as imprimir. faz imagens em formato câmara. que CLASS.

EM CONFRONTO 1 Canon Speedlite 430EX III-RT € 349 © Maksim Shmeljov / Shutterstock 2 Canon Speedlite 600EX II-RT € 759 3 Metz Mecablitz 52 AF-1 € 249 4 Metz Mecablitz 64 AF-1 € 399 5 Nikon Speedlight SB-700 € 319 6 Nikon Speedlight SB-5000 € 619 7 Nissin Di700A + Air 1 € 250 8 Phottix Mitros+ TTL Transceiver € 429 . As oito opções que focal da objetiva. para ter maior sombras ou efeitos de luz. o que facilita a Lens. criando luz no teto. EJA para iluminar medição de luz em todo o tipo S exteriores ou para transformar retratos de situações. em teste têm ainda conetividade Os flashes TTL (Through The sem fios. ou via objetiva) facilitam a utilização externa à câmara. As cabeças reguláveis permitem refletir a em plena luz do dia.. enquanto o zoom flashes externos podem ser motorizado acompanha uma peça fundamental na sua automaticamente a distância fotografia. FLASHES DEDICADOS Ganhe versatilidade na forma como ilumina as suas cenas. incluímos neste confronto Em algos casos. os suavidade. os flashes oferecem uma série de benefícios..

FLASHES EM ANÁLISE JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 107 .EM CONFRONTO .

é um pouco Desempenho reciclagem após utilização em potência máxima é mais rápida que no 600EX II-RT. a precisão TTL modo de repetição estroboscópico. O Speedlite 600EX II-RT supera o embutidos estão mais intuitivos. A saída máxima é tão poderosa para lento que o 430EX III-RT a reciclar após utilização em potência máxima. e a saída máxima muito boa. RECICLAGEM HIGHER IS(SEG. EM ANÁLISE EM CONFRONTO . os tempos de resposta são VERDICTO flashes em teste. QUAL./PREÇO Revelou-se melhor a fotografar em muito bom desempenho com exteriores mais iluminados.4 função de metre sem fios. o 600EX II-RT combina QUAL.2 versão Mk II. câmaras e objetivas Canon.FLASHES O AD R ME ND L HO R EC O MEANON Canon Canon C Canon Speedlite Canon Speedlite 430EX III-RT 600EX II-RT € 349 € 759 Mais escravo que mestre Topo de gama da Canon atualizado ÚLTIMA edição Mk III ÃO só uma versão A N POTÊNCIA DE SAÍDA POTÊNCIA DE SAÍDA do 430EX da Canon 60 mais poderosa do 60 herda uma potência 50 430EX II-RT 50 máxima respeitável de Gn 43. ainda que não exista PONTUAÇÕES MAIS PERTO DE ZERO SÃO MELHORES A exposição do flash TTL consegue esquinas ou com obstáculos. CLASS. 40 (esquerda) com Gn 60. 1 2 3 4 5 6 7 8 0 1 2 3 4 5 6 7 8 0 pode ser usado no modo de escravo. apesar de não ter os PRECISÃO TTL (+/-EV) funcionalidades mestre sem fios.5 1 se mostra eficaz mesmo em -1 -0. FINAL facilidade de utilização. recorrendo a DESEMPENHO A precisão TTL é excelente e.25 0 0. o Mk III tem SHARPNESS VEL. A precisão de medição TTL é como qualquer um dos melhores elevada. que sincronização de alta velocidade e -1 -0.5 -0.5 1 cortina traseira. o topo 40 um zoom motorizado de de gama da Canon vem com Gn Gn 30 30 24-105mm numa cabeça 20 construção robusta (com 20 giratória de 150 ou 180 graus selagem contra intempéries) e 10 10 para a esquerda ou direita. Já os controlos A potência máxima medida com zoom de profissionais. O PONTUAÇÕES MAIS PERTO DE ZERO SÃO MELHORES A par do 430EX III-RT. o RF tem um raio de 30m. FINAL 108 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . Suporta modos de 0 RF. pelo que só em disparo contínuo. a velocidade de Desempenho Com pilhas recarregáveis. o Mk 3.4 II consegue até mais 50% de flashes 3. sendo que as VERDICTO rápidos. 150mm supera ao do flash equivalente. A qualidade de construção é evidentes é a inclusão de muito boa./PREÇO geral. máxima a zoom elevado. ação de 10 para 30mm.25 0. CARACTERÍSTICAS velocidades de reciclagem tão CARACTERÍSTICAS Os infravermelhos continuam. Frequência). NiMH ALCALINA NiMH ALCALINA Com pilhas recarregáveis.) BETTER graus em ambas direções e um SHARPNESS HIGHER VELOCIDADE RECICLAGEM IS BETTER ainda obturação por RF (Radio modo programável de repetição. Uma das evoluções mais Metz 64 no que toca a potência Metz 52. no DESEMPENHO um transmissor compatível. CLASS. O Mk III não tem a 3. gira a 180 um design mais limpo. PRECISÃO TTL acabamentos do 600EXII-RT tanto via infravermelhos como por 0 (direita). mas rápidas com pilhas alcalinas CONSTRUÇÃO CONSTRUÇÃO o modo RF aumenta a distância de como com recarregáveis. que estava em falta na 2. resultados precisos e muito consistentes zoom motorizado tem um raio de é muito boa num raio abrangente de numa grande variedade de opções Canon.5 -0.25 0.25 0 0.4 Em relação ao 600EX RT. A par de controlos simplificados e ação de 20-200mm. POTÊNCIA TOTAL 1/2 1/4 24mm 1/8 1/16 50mm 1/32 1/64 1/128 1/256 105mm características de POWER FULL 1/2 1/4 24mm 1/8 1/16 50mm 1/32 1/64 1/128 1/256 105mm respetivamente.

o Nikon SB-700. ao contrário do Canon desta vez chega a cores. mostrar-te mais intuitivo para a a aproximadamente 1/6 stop. tal como o pouco acima dos rivais da Canon e 105mm.5 -0. com 40 com aspirações 40 apenas dois botões. ideal PRECISÃO TTL Quatro Terços. CARACTERÍSTICAS como as velocidades de reciclagem.4 mestre e escravo (veja as 0 1 2 3 4 5 6 7 8 mestre e escravo. neste caso PONTUAÇÕES MAIS PERTO DE ZERO SÃO MELHORES Na maioria das situações. -1 -0.FLASHES EM ANÁLISE R R L HO L HO ME ON Y MEENTA X S P Canon Nikon Micro Four Thirds Pentax Sony Canon Nikon Micro Four Thirds Pentax Sony Metz Mecablitz Metz Mecablitz 52 AF-1 64 AF-1 € 249 € 399 Mais inteligente do que parece Ver as coisas a cores M olhar rápido a este M degrau acima do U flash de média dá a POTÊNCIA DE SAÍDA 60 U 52 AF-1.16 cabeça rotativa e inclinável. este Metz PONTUAÇÕES MAIS PERTO DE ZERO SÃO MELHORES No modo TTL notamos um pouco 24-105mm.5 preenchimento quando usamos a 0. stop. Nikon. este Metz tem 0. o modo sem fios por 4. assim como opção POWER FULL 1/2 1/4 1/8 1/16 1/32 1/64 1/128 1/256 24mm 50mm 105mm 24mm 50mm 105mm A potência de Gn 52 está um Nos níveis de potência máxima a zoom tilt até -9 graus. ainda QUAL. no DESEMPENHO maior potência. É Metz 52 AF-1. Mais 3.2 uma vez. de 10 funcionalidades do flash. mas duas após utilização em potência máxima. EM CONFRONTO . Tal para ter um pouco mais de como os restantes. Sony e Pentax. o equivalente a meio tem também ecrã tátil. os níveis de potência não VERDICTO A medição flash TTL revela-se VERDICTO respondem bem às expetativas. a reciclagem com DESEMPENHO geral tem um desempenho bom. tal CARACTERÍSTICAS mais precisa que no 52 AF-1. FINAL JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 109 . Tem uma Gn Gn 30 30 graças ao ecrã mono tátil é possível 20 potência de Gn 64 e um raio de 20 controlar uma série de 10 zoom motorizado superior. o 52 AF-1 suportado em conetividade RF. tem ainda difusor um pouco demais. adicional de repetição/strobe.25 0.25 0 0. mas pelo menos é consistente./PREÇO pilhas NiMH é mais rápida. CLASS.25 0 0. este Metz é POTÊNCIA DE SAÍDA 60 entender ser muito 50 um poderoso flash 50 simples para ser bom. CLASS. e as opções adicionais também o único flash em teste a estendem-no aos formatos Micro PRECISÃO TTL ter um módulo sub-flash.5 1 zoom motorizado. profissionais.5 1 cabeça do flash em modo rotativo.1 simples por que navegar. vezes mais lentas com alcalinas. não NiMH ALCALINA Com pilhas recarregáveis NiMH. Desempenho Desempenho No geral.5 -0. com -1 -0. Apesar da um tanto claro. No entanto. têm modos sem fios 7. QUAL. FINAL com pilhas alcalinas. junta-se ao pior do confronto.4 infravermelhos inclui as funções 5. o 52 AF-1ilumina Tal como o 52 AF-1. Mesmo assim. o equivalente grande-angular e cartão refletor. saída ficou abaixo da especificada. que devia de sobre-exposição. a medição da potência de neste caso. e um modo O 64 AF-1 é poderoso e./PREÇO com controlos que facilitam a que haja um grande abrandamento utilização deste Metz.25 0. ainda que 0 1 2 3 4 5 6 7 8 compatibilidades no site da marca). mais 430EX III-RT. NiMH ALCALINA limitado a infravermelhos. Praticamente tão rápido quando a Canon é mais lento que a concorrência a reciclar 600EX II-RT com pilhas NiMH. Falta o disparo por RF de alguns VELOCIDADE RECICLAGEM geração dos smartphones – e que SHARPNESS HIGHER VELOCIDADE RECICLAGEM IS BETTER flashes mas. POWER FULL 1/2 1/4 1/8 1/16 1/32 1/64 1/128 1/256 24-200mm. com apenas um pouco de CONSTRUÇÃO CONSTRUÇÃO Já a medição flash TTL tende a ser sobre-exposição.

a grande melhoria em concorrência. PRECISÃO TTL (+/-EV) arrefecimento integral permite fazer PRECISÃO TTL além de ter maior raio de zoom até mais de 100 disparos rápido. CanonEX II-RT tem um transmissor mas só é possível alternar entre 2.25 0. outro flash em teste. A fios é limitada a infravermelhos. Apesar de ter o índice mais VERDICTO VERDICT VERDICTO VERDICT baixo do confronto. a câmara tiver uma porta de 10-pins./PREÇO VALUE potência máxima. um modo programável de escolher. tem acesso embutido aos equilíbrio com a luz ambiente. Em 50 série de funcionalidades. isso se NiMH.) implementados. e filtros para luz ainda que não perfeitamente fluorescente e de tungsténio. o SB-700 está de modos TTL e TTL-BL. do SB-700. difusão. A precisão VALUE QUAL. -1 -0. Desempenho o que acresce cerca de € 200. 0 0 24-120mm. da Canon e inclui comunicação sem PONTUAÇÕES MAIS PERTO DE ZERO SÃO MELHORES A precisão é perfeita e. e não muito mais lenta quando velocidade desce para metade. com Gn 38. Bate o 430EX A inclusão de um sistema de III-RT em todos estes pontos. Para usar vários flashes com 1 2 3 4 5 6 7 8 0 1 2 3 4 5 6 7 8 0 alterando o modo de medição de NiMH ALKALINE RF é necessário um transmissor. o SB-700 não Aparte da energia em disparo CONSTRUÇÃO BUILD & HANDLING CONSTRUÇÃO BUILD & HANDLING está muito abaixo da contínuo. seleção embutida POWER FULL 1/2 1/4 24mm 1/8 1/16 50mm 1/32 1/64 1/128 1/256 105mm superior e inferior. ao contrário acessórios. vem com um 40 Gn A lista inclui funções sem fios índice de potência superior.FLASHES R L HO ME IKON N Nikon Nikon Nikon Speedlight Nikon Speedlight SB-700 SB-5000 € 319 € 619 Qualidade ao invés de potência bruta Potência e receção rádio STE Nikon POTÊNCIA DE SAÍDA NOVO flash topo de POTÊNCIA DE SAÍDA E Speedlight de média 60 O gama da Nikon vem 60 gama vem com uma 50 substituir o SB-910. o SB-5000 tem apenas um 2. 40 relação ao SB-700.4 recetor que não pode funcionar como 2. OVERALLFINAL reciclagem são excelentes. Gn 30 30 mestre e escravo./PREÇO A reciclagem é rápida e a TTL e as velocidades de precisão TTL é excelente. de usar fonte de energia externa. Já a conetividade sem mesmo na potência máxima. FINAL 110 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 . NiMH ALKALINE A reciclagem é muito rápida com pilhas exposição na própria câmara. VEL. e até bate o DESEMPENHO PERFORMANCE relação é ao SB-700 é a sua DESEMPENHO PERFORMANCE Metz 52 AF-1 a zoom 105mm. EM ANÁLISE EM CONFRONTO . RECICLAGEM (SEG. OVERALL CLASS. a par de Nos testes de laboratório. QUAL.5 1 Nikon tirou ainda uma folha do livro -1 -0. Quando usamos pilhas NiMH o Speedlight SB-700 é rápido. como cúpula de enquando o modo TTL-BL consegue fios por RF e por infravermelhos. Enquanto o VELOCIDADE RECICLAGEM Os controlos são fáceis de operar. de Gn 55. ambos os sentidos.25 0.7 RF. e a opção A distância de zoom mais curtas.3 os modos de medição TTL e 5.25 0 0. CARACTERÍSTICAS FEATURES Desempenho FEATURES CARACTERÍSTICAS no laboratório. a acima de Gn 38.5 1 São fornecidos vários PONTUAÇÕES MAIS PERTO DE ZERO SÃO MELHORES Revela precisão e consistência excelentes. assim como regulação POWER FULL 1/2 1/4 24mm 1/8 1/16 50mm 1/32 1/64 1/128 1/256 105mm repetição / strobe. uma gama de um raio de zoom motorizado mais 20 20 10 10 opções de iluminação para longo. modos TTL e TTL-BL. mas com alcalinas a mais um adaptador WR-A10. CLASS. quase igualando alguns potência do SB-500 bate qualquer cabeça giratória a 180 graus em dos outros flashes nos teste.9 TTL-BL (Balanced Light) ‘mestre’.5 -0. com pilhas alcalinas.5 -0.25 0 0.

Oferece uma gama 40 Gn Gn botão Set e um controlo completa de sincronização de alta 30 30 rotativo. CONSTRUÇÃO BUILD & HANDLING CONSTRUÇÃO BUILD & HANDLING da potência máxima elevada. sincronização de -1 -0. um índice generoso POWER FULL 1/2 1/4 24mm 1/8 1/16 50mm 1/32 1/64 1/128 1/256 105mm automático. Estes incluem sincronização intempéries./PREÇO VALUE grupo mas.2 escravo numa série de situações 3. no geral. Os modos de traseira de repetição/strobe operação incluem um totalmente POWER FULL 1/2 1/4 24mm 1/8 1/16 50mm 1/32 1/64 1/128 1/256 105mm programáveis. e excelente qualidade de A configuração máxima de zoom é 105mm. TTL. mestre sem fios. é compatível com NiMH ALKALINE A reciclagem após disparo a potência As velocidades de reciclagem do Mitros+ dispara ao primeiro impulso de luz. apesar mas pelo menos é consistente. configurações manuais de potência. inclui transmissor RF. Nikon e Sony. de cortina traseira. que NiMH ALKALINE Além disso.5 1 Também como o topo de gama da -1 -0. pelo que é recomendado fazer medição em +0.FLASHES EM ANÁLISE Canon Nikon Fujifilm Micro Four Thirds Sony VAGLOR O Canon Nikon Sony UR SE Nissin Di700A + Phottix Mitros+ TTL Air 1 Transceiver € 250 € 429 Simples mas muito eficaz Robusto e profissional SIMPLICIDADE POTÊNCIA DE SAÍDA ISPONÍVEL para POTÊNCIA DE SAÍDA A desconcertante da 60 D Canon.5EV. o Phottix está QUAL.1 pré-flash dos flashes mestre. O modo escravo. em disputa equilibrada com o Canon 600EX altura em que perde em potência para mais nada menos que três modos II-RT em potência máxima. tem PRECISÃO TTL exisse que se utiliza os menus da um pé com selagem contra -0.5 -0.25 0.5 ótico.5 0. O Air 1 Em potência máxima fica um pouco Commander encaixa na sapata e DESEMPENHO PERFORMANCE atrás dos flashes mais poderosos do DESEMPENHO PERFORMANCE permite controlo RF avançado e QUAL.25 0 0. mas Ambos os modos exigem com pilhas NiMH. sem fios via Speedlight SB-5000. mantém-se respeitável com pilhas NiMH. que ignora os impulsos 3. modos de cortina 20 10 10 de um ecrã a cores. Canon./PREÇO VALUE disparo de flashes Nissin compatíveis apetrechado e tem bom em modo escravo sem fios. sem fios.4 com multiflash.25 0. OVERALL FINAL JULHO 2017 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 111 . máxima é a mais rápida do grupo. assim como em Existe ainda um modo escravo digital 2. a par do Canon 600EX II-RT. que se coloca abaixo 20 velocidade. CLASS.5 -0. CLASS. alguma compensação negativa. construção. OVERALLFINAL desempenho. Qualquer coisa além das para fonte de energia externa configurações de exposição TTL PRECISÃO TTL e. 0 1 2 3 4 5 6 7 8 um modo escravo de filme.5 1 alta velocidade e zoom manual da PONTUAÇÕES MAIS PERTO DE ZERO SÃO MELHORES A medição TTL é muito consistente. porque infravermelhos está disponível VELOCIDADE RECICLAGEM podemos usar o Phottix como VELOCIDADE RECICLAGEM através de três grupos independentes. 60 interface do Nissin 50 este é um flash de nível 50 Di700A assenta sobre um só 40 profissional. e ainda 0 1 2 3 4 5 6 7 8 transmissor ou recetor RF extra. Isto PONTUAÇÕES MAIS PERTO DE ZERO SÃO MELHORES Tem por hábito sobre-expor em quase um cabeça motorizada de 24-200mm. CARACTERÍSTICAS FEATURES A reciclagem é muito rápida. o Nissin entre de Gn 58. Odin e Strato. VERDICTO VERDICT Desempenho VERDICTO VERDICT Desempenho CARACTERÍSTICAS FEATURES O flash TTL está um tanto claro. manual e nada Apesar do preço razoável.25 0 0.83 câmara. mas beneficia com a compensação da deixa-o à frente do Nikon stop. EM CONFRONTO . disparadores por ráido da Phttix está um pouco abaixo da média. Há também entrada alguns dos concorrentes.sem ter de comprar 7.

e 30mm é a cereja no topo do bolo.2/3. Bolsa. Suporte. ainda que não ter AD ND O ME funcionalidades.3/2. transmissor RF./PREÇO CLASS. EM ANÁLISE EM CONFRONTO . apenas através do menu da câmara. metros) Ressanto (graus) 0 a 90 graus -7 a 90 graus 0 a 90 graus -9 a 90 graus -7 a 90 graus -7 a 90 graus -7 a 90 graus -7 a 90 graus Rotação (esq. RC.9 segundos 2. potência e interface redesenhado e sem-fios em configurações com vários flashes.FLASHES O veredicto Vitória para a Canon O Canon Speedlite 600EX II-RT em destaque OM boa construção. O SB-700 R EC um vencedor justo. Filtros Cúpula. Stand. RC HSS. Se não não só para quem usa Canon e Nikon. Suporte Bolsa.1/5. Bolsa.pt nissindigital. ou tanta potência. FINAL OVERALL 112 O MUNDO DA FOTOGRAFIA JULHO 2017 .5EV +0. Suporte. Filtros Cúpula. ESPECIFICAÇÕES E VEREDICTOS Canon Speedlite Canon Speedlite Metz Mecablitz Metz Mecablitz Nikon Speedlight Nikon Speedlight Nissin Di700A Phottix Mitros+ 430EX III-RT 600EX II-RT 52 AF-1 64 AF-1 SB-700 SB-5000 + Air 1 TTL Transceiver Site canon.pt Preço € 349 € 759 € 249 € 399 € 319 € 619 € 250 € 429 Compatibilidade C C C N MFT P S C N MFT P S N N C N F MFT S C N S Gn máx.5EV +0. RC HSS. Strobe Erro de exposição 0EV 0EV +0.com niobo. Não Não Não Sub-flash Não Não Não Não Mestre/escravo Escravo IR/RF Mestre/Escravo Mestre/Escravo Mestre/Escravo IR Mestre/Escravo IR Mestre/Escravo Escravo IR/RF* Mestre/Escravo sem fios IR/RF IR* IR/RF IR/RF Modos flash extra HSS.pt / colorfoto. o Canon 600EX II é transmissão RF seja algo frustrante. O Nikon SB-5000 é outra excelente opção O simplificado.5/7. declarada Gn 43 Gn 60 Gn 52 Gn 64 Gn 38 Gn 55 Gn 54 Gn 58 (ISO 100.4 segundos 2. O único R L HO MEANON precisar de alta velocidade durante muito grande senão do Nissin Di700A + Air 1 é o C tempo. o Canon 430EX obrigar-nos a aceder a muitas funcionalidades III-RT é também uma boa opção. fornecidos Cúpula. tanto para modos sem fios em já o Metz 64 AF-1 e Phottix Mitros+ TTL mestre e escravo com um raio expandido de Transceiver são também excelente opções.83EV de flash TTL Reciclagem 2. Filtros Cúpula./dir.4 3.16EV 0EV 0EV -0. Bolsa. Strobe HSS.) 150 / 180 180 / 180 180 / 120 180 / 120 180 / 180 180 / 180 180 / 180 180 / 180 Gama zoom 24-105mm 20-200mm 24-105mm 24-200mm 24-120mm 24-200mm 24-200mm 24-105mm Difusor 14mm 14mm 12mm 12mm 12mm 14mm 16mm 14mm grande-angular Cartão refletor Sim Sim Sim Sim Sim Sim Sim Sim Compensação de +/-3EV +/-3EV +/-3EV +/-3EV +/-3EV +/-3EV +/-2EV +/-3EV exposição de flash Definições de 1/1 a 1/128 1/1 a 1/128 1/1 a 1/128 1/1 a 1/256 1/1 a 1/128 1/1 a 1/256 1/1 a 1/128 1/1 a 1/128 potência manuais Luz assistência AF Lâmpada vermelha Lâmpada vermelha Lâmpada vermelha Lâmpada vermelha Lâmpada vermelha Lâmpada vermelha Lâmpada vermelha Lâmpada vermelha Lâmpada secund.pt robisa. Strobe HSS. RC.4/7.4 segundos 3. Suporte Bolsa. RF Bolsa. Strobe HSS. RC** HSS.2/3.es/pt nikon.2 segundos 3.1 segundos (NiMH/alcalina) segundos LCD Sim Sim Sim (tátil) Yes (cores/tátil) Sim Sim Sim (cores) Sim Acessórios Bolsa. Filtros commander Cúpula Dimensões (LxAxD) 71 x 114 x 98mm 79 x 143 x 123mm 73 x 134 x 90mm 78 x 148 x 112mm 71 x 126 x 105mm 73 x 137 x 104mm 75 x 140 x 115mm 78 x 147 x 103mm Peso (com pilhas) 295g 435g 346g 422g 360g 420g 380g 427g *varia com a compatibilidade ** sem HSS nas Fujifilm CARACTERÍSTICAS CONSTRUÇÃO DESEMPENHO QUAL.4 segundos 4.4 segundos 2. Suporte. além de muitas para um nível profissional. RC. RC. A inclusão de será opção mais sensível para quem usa Nikon. RC HSS. Suporte.4/3. selagem abalado por não poder funcionar como mestre C contra intempérie. Suporte.7/5.

.

SECTION HEAD SUPPORT LINE IN HERE 147 NO CD T U D O O Q U E P O D E E N CON TR A R N O CD QUE ACOM PA N H A A R EV ISTA VÍDEOS DO MÊS O MELHOR DA EDIÇÃO CLIQUE AQUI E D para descarregar DE IMAGEM PO os conteúdos . Concorra aos nossos passatempos mensais. ÃO PARTE 18 do CD TE N OS MELHORES GUIAS EN E M TA PASSO-A-PASSO D IS A V R RE A 1 CRIAR SILHUETAS FANTÁSTICAS PA DA SE E O T 2 MELHORAR FOTOS NOTURNAS ID AN N GR 3 USAR FILTROS RENDER V E TE D R IN 4 S E TE RECORTES CRIATIVOS R PA É D C O PARTICIPE NOS PASSATEMPOS PASSATEMPOS: MISSÃO E OLHARES AS MELHORES FOTOS ENVIADAS PELOS LEITORES. 114 O MUNDO D DAA FF O O TT OOGGRR AAFFIIAA NOVEMBRO JULHO 2017 2015 NOVEMBRO 2015 O MUNDO DA FOTOGRAFIA 114 . Habilite-se a ganhar tentadores prémios e a ver GUIA DE COMPRAS as suas imagens em destaque na OMF! UM ÚTIL CONSELHEIRO COM AS ANÁLISES EM PDF QUE VAMOS PUBLICANDO AO LONGO DOS MESES. que pretendem potenciar o seu olhar artístico.