Sie sind auf Seite 1von 65

Faculdade UNIPAC Engenharia Civil

CURSO SAP 2000

Criando um pórtico.

Faculdade UNIPAC Engenharia Civil CURSO SAP 2000 Criando um pórtico. Autora Launelle Cardozo Martins

Autora Launelle Cardozo Martins

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

1

Passo a Passo Trabalho 2

 Primeiro passo é alterar as unidades   Escolher a opção Grid  
Primeiro passo é alterar as unidades
Escolher a opção Grid

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

2

 Definir as dimensões de acordo com o seu respectivo trabalho:    
Definir as dimensões de acordo com o seu respectivo trabalho:

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

3

Desenhe o perfis (pilares e vigas):

do SAP 200 3  Desenhe o perfis (pilares e vigas): Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
do SAP 200 3  Desenhe o perfis (pilares e vigas): Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

4

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 4  Delete as barras da

Delete as barras da base de seu pórtico:

SAP 200 4  Delete as barras da base de seu pórtico: Launelle Cardozo Martins Engenharia

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

5

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 5   Definindo as barras

Definindo as barras como rotuladas Nesse projeto as vigas serão consideradas bi apoiadas, portanto precisamos rotulá-las.

Selecione todas as vigas

precisamos rotulá-las.  Selecione todas as vigas Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC Teófilo

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

6

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 6 Como estarão rotuladas, não há
Como estarão rotuladas, não há momento nos apoioas.
Como estarão rotuladas,
não há momento nos
apoioas.

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

7

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 7 Iremos agora definir como o

Iremos agora definir como o pórtico está ligado à fundação (rótula ou engaste).

Selecione todos os pontos da base do pórtico.

ou engaste). Selecione todos os pontos da base do pórtico. Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

8

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 8 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 8 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

9

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 9  Definir material Launelle Cardozo

Definir material

com a utilização do SAP 200 9  Definir material Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

10

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 10 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 10 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

11

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 11 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 11 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

12

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 12 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 12 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

13

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 13 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 13 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

14

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 14  Aperte o botão OK
Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 14  Aperte o botão OK

Aperte o botão OK e depois volte na mesma janela para adicionar um perfil do tipo cantoneira. Caso tente adicioná-lo sem antes clicar nessa teclar, poderá resultar em erro.

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

15

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 15 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 15 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

16

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 16 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 16 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

17

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 17  Aperte ok Launelle Cardozo

Aperte ok

pórtico com a utilização do SAP 200 17  Aperte ok Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

18

Após clicar em OK, refaça o caminho anterior para definir o perfil de auto seleção:

o caminho anterior para definir o perfil de auto seleção: Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC
o caminho anterior para definir o perfil de auto seleção: Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

19

Selecione todos os perfis W e HP

do SAP 200 19  Selecione todos os perfis W e HP Launelle Cardozo Martins Engenharia
do SAP 200 19  Selecione todos os perfis W e HP Launelle Cardozo Martins Engenharia

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

20

Faço agora exatamente o mesmo procedimento, mas coloque o nome de pilares:

o mesmo procedimento, mas coloque o nome de pilares:  Vamos agora criar o perfil automático

Vamos agora criar o perfil automático do contraventamento. Faça o mesmo procedimento, mas agora escolha apenas os perfis L (cantoneiras):

mas agora escolha apenas os perfis L (cantoneiras): Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC Teófilo

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

21

Definido todos os perfis, vamos agora definir a espessura da laje:

todos os perfis, vamos agora definir a espessura da laje: Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC
todos os perfis, vamos agora definir a espessura da laje: Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

22

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 22  Vamos agora criar o

Vamos agora criar o contraventamento, esse será criado a seção mais estreita do seu pórtico:

esse será criado a seção mais estreita do seu pórtico: Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

23

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 23 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 23 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

24

Contraventamento não recebe compressão, portanto teremos que alterar as propriedades da barra:

Selecione as barras do contraventamento:

da barra:  Selecione as barras do contraventamento: Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC Teófilo
da barra:  Selecione as barras do contraventamento: Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC Teófilo

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

25

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 25  Inserindo a laje: Launelle

Inserindo a laje:

com a utilização do SAP 200 25  Inserindo a laje: Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

26

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 26 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 26 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

27

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 27 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 27 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

28

Verificar se todas as lajes estão com o eixo para cima:

Verificar se todas as lajes estão com o eixo para cima: Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
Verificar se todas as lajes estão com o eixo para cima: Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

29

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 29 Selecione todas as lajes que

Selecione todas as lajes que apontam para baixo:

200 29 Selecione todas as lajes que apontam para baixo: Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

30

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 30 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 30 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

31

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 31  Para aumentar a precisão

Para aumentar a precisão dos cálculos vamos dividir a laje. Selecione as 4 lajes criadas:

vamos dividir a laje. Selecione as 4 lajes criadas: Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC Teófilo

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

32

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 32 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 32 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

33

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 33  Associando os perfis. 

Associando os perfis.

Selecione TODAS as vigas. Esse momento exige atenção, você deve se certificar de que de fato selecionou todas as vigas:

se certificar de que de fato selecionou todas as vigas : Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

34

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 34 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 34 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

35

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 35  Selecione todos os pilares:

Selecione todos os pilares:

do SAP 200 35  Selecione todos os pilares: Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC Teófilo

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

36

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 36 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 36 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

37

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 37  Selecione todos os contraventamentos:

Selecione todos os contraventamentos:

do SAP 200 37  Selecione todos os contraventamentos: Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC Teófilo

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

38

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 38 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 38 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

39

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 39  Caso queira visualizar a

Caso queira visualizar a estrutura em 3D:

200 39  Caso queira visualizar a estrutura em 3D: Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

40

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 40 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 40 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

41

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 41 Jogando as sobrecargas:  Sobrecarga

Jogando as sobrecargas:

Sobrecarga de Loja (NBR 6120): 4KN/m²

sobrecargas:  Sobrecarga de Loja (NBR 6120): 4KN/m²  Sobrecarga parede: (Cada aluno terá uma sobrecarga

Sobrecarga parede:

(Cada aluno terá uma sobrecarga diferente, devida à altura da parede e a

(Cada aluno terá uma sobrecarga diferente, devida à altura da parede e a

alvenaria ser de um material distintos)

(Cada aluno terá uma sobrecarga diferente, devida à altura da parede e a alvenaria ser de

Tijolo Maciço: 2,7KN/m² Altura da parede: 2m

Tijolo Maciço: 2,7KN/m² Altura da parede: 2m ⁄  Vento ( todos os alunos terão o

Vento (

todos os alunos terão o mesmo valor de vento

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

): 7KN/m

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

42

Agora iremos definir todas as cargas que serão utilizadas. Nesse modelo havera:

Peso próprio (Dead)

Sobrecarga

Carga da parede

Carga de vento incidindo na estrutura há 0°.

Carga de vento incidindo na estrutura há 90°.

0°.  Carga de vento incidindo na estrutura há 90°. Esse “1” serve para indicar que
Esse “1” serve para indicar que o peso próprio será considerado. Após digitar os DEAD
Esse “1” serve para indicar
que o peso próprio será
considerado.
Após digitar os
DEAD é o peso próprio
da estrutura.
valores, clique em
adicionar.

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

43

Fator multiplicador é 0. Sobrecarga seria uma carga do tipo “LIVE”.
Fator multiplicador é 0.
Sobrecarga seria uma
carga do tipo “LIVE”.
Caso queira modificar uma carga já lançada. Caso queira deletar uma carga já definida. Clique
Caso queira
modificar uma
carga já lançada.
Caso queira
deletar uma carga
já definida.
Clique em
ok!
queira deletar uma carga já definida. Clique em ok! Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC Teófilo

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

44

O próximo é definir todas as combinações que serão usadas no modelo:

definir todas as combinações que serão usadas no modelo: As combinações devem ser criadas de acordo
definir todas as combinações que serão usadas no modelo: As combinações devem ser criadas de acordo

As combinações devem ser criadas de acordo com a norma NBR 8800, no entanto nesse exemplo iremos utilizar duas combinações feitas de forma aleatória:

Considerando:

PP: Peso próprio (DEAD) SC: Sobrecarga Par: Parede W0: Vento a 0° W90: Vento a 90°

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

45

Digite o fator multiplicador e depois clique em adicionar.
Digite o fator multiplicador e
depois clique em adicionar.
Digite o fator multiplicador e depois clique em adicionar. Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC Teófilo

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

46

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 46  Lançando a sobrecarga na

Lançando a sobrecarga na laje

Necessário verificar se a sua laje é armada em uma ou duas direções:

verificar se a sua laje é armada em uma ou duas direções: No meu caso: 

No meu caso:

Selecione todas as lajes:

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

47

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 47 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 47 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

48

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 48 Usando esse comando a carga
Usando esse comando a carga lançada na laje será direcionada à viga.
Usando esse
comando a carga
lançada na laje
será direcionada à
viga.
a carga lançada na laje será direcionada à viga. Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC Teófilo

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

49

Nesse exemplo a laje é armada em duas direções, portanto foi escolhido Two-Way.
Nesse exemplo a laje é
armada em duas direções,
portanto foi escolhido
Two-Way.

Na figura a seguir ainda não é possível visualizar as cargas que foram lançadas:

não é possível visualizar as cargas que foram lançadas: Para visualiza-las, siga o passo a passo

Para visualiza-las, siga o passo a passo descrito a seguir:

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

50

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 50 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 50 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

51

Nesse ponto é possível escolher quais das cargas selecionadas você pretende visualizar.
Nesse ponto é possível
escolher quais das cargas
selecionadas você pretende
visualizar.
Nessa imagem já podemos ver com clareza as sobrecargas lançadas.
Nessa imagem já podemos
ver com clareza as
sobrecargas lançadas.

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

52

Sobrecarga devido às paredes

Selecione todas as vigas (Visualize no plano xy para facilitar a seleção, mas lembre-se que isso é um mero detalhe. Você pode utilizar o modo de visualização que desejar, desde selecione todas).

Cuidado! Tenha certeza que selecionou todas as vigas.

 Cuidado! Tenha certeza que selecionou todas as vigas. Nesta imagem é possível ver todas as

Nesta imagem é possível ver todas as vigas já selecionadas:

imagem é possível ver todas as vigas já selecionadas: Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC Teófilo

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

53

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 53 Insira nesse ponto o valor
Insira nesse ponto o valor da sobrecarga de parede utilizada.
Insira nesse ponto o
valor da sobrecarga de
parede utilizada.

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

54

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 54 Sobrecarga de vento O vento

Sobrecarga de vento

O vento não possui direção definida e por isso temos que lança-lo na direção de 0° e na direção de 90°

Clique nos pilares de uma das laterais do prédio (alterei a cor apenas para facilitar a visualização) :

(alterei a cor apenas para facilitar a visualização) : Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC Teófilo

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

55

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 55 Agora selecione os pilares da
Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 55 Agora selecione os pilares da

Agora selecione os pilares da outra direção

SAP 200 55 Agora selecione os pilares da outra direção Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

56

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 56 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 56 Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

57

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 57 Definir quais combinações serão “rodadas”

Definir quais combinações serão “rodadas”

200 57 Definir quais combinações serão “rodadas” Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC Teófilo

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

58

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 58 Dessa forma garantimos que todas
Dessa forma garantimos que todas as combinações criadas serão consideradas no calculo.
Dessa forma garantimos que
todas as combinações
criadas serão consideradas
no calculo.

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

59

Finalmente poderemos “rodar” a estrutura:

200 59 Finalmente podere mos “rodar” a estrutura: Salve o projeto Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil
200 59 Finalmente podere mos “rodar” a estrutura: Salve o projeto Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil

Salve o projeto

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

60

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 60 Quando esse cadeado encontra-se fechado,
Quando esse cadeado encontra-se fechado, não é possível fazer nenhuma alteração na estrutura. Caso seja
Quando esse cadeado encontra-se
fechado, não é possível fazer nenhuma
alteração na estrutura. Caso seja
necessário, clique novamente nele e
abra-o.

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

61

Escolher a norma que será utilizada no cálculo:

200 61 Escolher a norma que será utilizada no cálculo: Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC
200 61 Escolher a norma que será utilizada no cálculo: Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

62

O SAP não possui a norma Brasileira, no entanto a AISC360-05/IBC2006, dos EUA, é bastante
O SAP não possui a norma
Brasileira, no entanto a
AISC360-05/IBC2006, dos
EUA, é bastante semelhante
a nossa.

Calculando a estrutura e escolhendo o perfil mais leve:

Clicando nesse item a estrutura será dimensionada.
Clicando nesse item
a estrutura será
dimensionada.

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

63

Na imagem a seguir é possível o a estrutura já dimensionada e os perfis escolhidos são mostrados na imagem.

e os perfis escolhidos são mostrados na imagem. O SAP permite também visualizar a taxa de

O SAP permite também visualizar a taxa de aproveitamento da estrutura, ou seja, quanto de sua resistência de fato está sendo utilizado:

quanto de sua resistência de fato está sendo utilizado: Launelle Cardozo Martins Engenharia Civil UNIPAC Teófilo

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200

64

Cálculo de um pórtico com a utilização do SAP 200 64 Os perfis em vermelho não

Os perfis em vermelho não passaram:

Essa escala de cores indica quanto da resistência do perfil está sendo utilizado. Os perfis
Essa escala de cores indica quanto da
resistência do perfil está sendo utilizado. Os
perfis indicados em vermelho não
“passaram”, ou seja, a carga solicitante é
maior do que a resistente.
ou seja, a carga solicitante é maior do que a resistente. Faça ao final do trabalho

Faça ao final do trabalho uma tabela indicando os perfis utilizados e sua taxa de utilização.

Launelle Cardozo Martins

Engenharia Civil

UNIPAC Teófilo Otoni