Sie sind auf Seite 1von 6

Química: Ácidos, Bases & Sais

A reação de um ácido com uma base para produzir sal e água é chamada reação de neutralização.

Ácidos
Ácidos têm sabor azedo.

Se íons hidrônio são encontrados em uma solução, a solução é ácida em natureza. Íons hidrônio (ou
hidroxônio) são os únicos íons com carga positiva (cátions) formados quando um ácido é dissolvido em água.
Todas as propriedades de um ácido se devem à presença destes íons. A fórmula química de um íon hidrônio é
H3O1+.

Ácidos são conhecidos como 'doadores de prótons'.

Exemplos de Ácidos

Aqua Regia contém ácido Nítrico concentrado e ácido Clorídrico concentrado na razão 1:3. Aqua Regia
significa 'Água Real' em Latim. Ela é usada para dissolver metais nobres como ouro e platina.

O leite contém ácido lático. Ácido lático é nomeado a partir da palavra em latim 'lac', que significa leite.

O vinagre é ácido acético bem diluído. O vinagre utilizado para fins culinários contém aproximadamente 4%
de ácido acético. A fórmula química do ácido acético é CH3COOH.

O ácido sulfúrico é usado na manufatura de baterias de carro. Ele também é conhecido como 'Óleo de Vitriol'.
A fórmula química do ácido sulfúrico é H2SO4.

O ácido carbônico é responsável pelo gás nos refrigerantes. O ácido carbônico se decompõe em bolhas de
dióxido de carbono. A fórmula química do ácido carbônico é H2CO3.

Ácido Ascórbico é o nome químico da Vitamina C. Deficiência de Vitamina C no organismo pode causar uma
doença chamada escorbuto. A fórmula química do ácido ascórbico é C6H8O6.

Definição de Ácidos
Existem várias definições para ácidos, das quais a mais utilizada é a definição do químico Svant August
Arrhenius. Segundo ele, ácidos são compostos que em solução aquosa, ionizam-se e liberam exclusivamente
como cátion o íon H3O+ (hidrônio ou hidroxônio).

Observe o esquema a seguir:

HCl + H2O --------> Cl - + H3O +.

simplificando:

HCl + H2O --------> Cl - + H +.

Note que o ácido clorídrico quando reage com a água, libera como ânion o íon Cloro e como cátion o íon
Hidroxônio.

Classificação dos ácidos quanto ao número de hidrogênios ionizáveis:

- Monoácidos » Apresentam apenas um hidrogênio ionizável. Exemplos: HBr, HCl, HNO3, HF.
- Diácidos » Apresentam dois hidrogênios ionizáveis. Exemplos: H2SO4, H2CO3, H2S.

- Triácidos » Apresentam três hidrogênios ionizáveis. Exemplos: H3BO3, H3PO4.

- Tetrácidos » Apresentam quatro hidrogênios ionizáveis. Exemplos: H4SiO4, H4P2O7.

Classificação dos ácidos quanto ao número de elementos constituintes:

- Binários » Apresentam dois elementos. Exemplos: HBr, HCl, H2S, HF.

- Ternários » Apresentam três elementos. Exemplos: H2SO4, H3PO4.

- Quaternários » Apresentam quatro elementos. Exemplos: HOCN.

Classificação dos ácidos quanto à presença de oxigênio na molécula:

- Oxiácidos » Apresentam oxigênio na molécula. Exemplos: H4SiO4, H2SO4, H3PO4.

- Hidrácidos » Não apresentam oxigênio na molécula. Exemplos: HBr, HCl, HF.

Nomenclatura dos ácidos:


Um dos maiores problemas para os alunos do ensino médio na química, é a nomenclatura das substâncias.
Percebemos que toda a dificuldade estava no fato de que os alunos não conhecem os nomes dos ânions;
sabendo que sem o devido aprendizado dos nomes dos ânions, fica praticamente impossível seu aprendizado
para escrever as fórmulas e os nomes da substâncias. Expomos a necessidade de que você aprenda no mínimo
os principais ânions.

Para a nomenclatura dos ácidos, proceda da seguinte forma:

Exemplo: HCl.

ÁCIDO + NOME DO ÂNION COM A TERMINAÇÃO ALTERADA.


A alteração deverá ser feita da seguinte forma:

terminação do ânion-------------alteração
ito--------------------------------oso
ato--------------------------------ico
eto--------------------------------ídrico

O ânion Cl-, chama-se cloreto, logo a terminação do ácido será ídrico.

O HCl, chama-se Ácido Clorídrico

Classificação dos ácidos


Quanto a presença de oxigênio:

Hidrácidos
– não possuem oxigênio.

Ex: HI, HCN, H4 [Fe(CN)6]

Oxiácidos
– possuem oxigênio.
Ex: HNO2, H3PO4,
H4P2O7

Quanto a volatilidade:

Voláteis
– apresentam grande tendência a evaporação.
Ex: HNO2, HNO3 e Hidrácidos

Fixos: Apresentam pequena tendência à evaporação.


Ex: Os Oxiácidos

Quanto ao número de hidrogênios ionizáveis:

Monoácidos:
possuem 1 "H" ionizável.
Ex: HCl, HNO3, HClO4

Diácidos:
possuem 2 "H" ionizáveis.
Ex: H2S, H2CrO4,
H2CO3

Triácidos:
possuem 3 "H" ionizáveis.
Ex: H3AsO4, H3SbO4,
H3[Fe(CN)]

Tetrácidos:
possuem 4 "H" ionizáveis.
Ex: H4SiO4, H4P2O7

Quanto a força ou grau de organização:


X = nº de moléculas ionizadas.

nº de moléculas dissolvidas
x menor ou igual a 50% é Ácido forte
x maior ou igual a 5% e x menor ou igual a 50% é

Ácido moderado
x menor que 5% é Ácido fraco

Força dos hidrácidos:


Fortes: HCl, HBr, HI

Moderado: HF
Fraco: os demais.

Força dos oxiácidos:


-Regra de Pauling:
(nº de oxigênio) –( nº de "H" ionizável) = x
x = 3 e 2 = Fortes

x = 1 = Moderados
x = 0 = Fraco
Nomeclatura dos Hidrácidos:
Ácido+ [nome do elemento]+ ídrico

NOX do elemento central:


Para se calcular o nox do elemento central basta multiplicar o número de oxigênio por -2 e somar ao número de
hidrogênio. Depois, ingnora-se o sinal de menos.
H3P+5 o4

ÁCIDOS
Para ácidos não oxigenados, usamos a terminação IDRICO. Exemplo :

HCl – ácido clorídrico

H2S – ácido sulfídrico

H2Se – ácido selenídrico

Para ácidos oxigenados, a coisa complica um pouco.

- Se o elemento possuir somente uma valência, usamos a terminação ICO. Exemplo :

H2CO3 – ácido carbônico

HBO3 – ácido bórico

- Se o elemento tiver 2 valências, para a maior usamos ICO e para a menor OSO. Exemplos :

H2SO3 – ácido sulfuroso

H2SO4 – ácido sulfúrico

HNO2 – ácido nitroso

HNO3 – ácido nítrico

- Se o elemento tiver 3 ou mais valências, usamos o prefixo HIPO junto com o sufixo OSO, e o prefixo PER
junto com o sufixo ICO, nesta ordem.Exemplos :

HClO – ácido hipocloroso

HClO2 – ácido cloroso

HClO3 – ácido clórico

HClO4 – ácido perclórico

- Existem casos em que o elemento forma diversos ácidos, porém sempre com a mesma valência. Usamos então
os prefixos ORTO, META e PIRO. Exemplos :
H3PO4 – ácido ortofosfórico

HPO3 – ácido metafosfórico

H4P2O7 – ácido pirofosfórico

Note que nos três ácidos o fósforo tem valência +5.


Bases
Bases têm sabor amargo e são semelhantes ao sabão quando as tocamos.

Se íons hidroxila são encontrados em uma solução, a solução é básica em natureza. Íons hidroxila são os
únicos íons com carga negativa (ânions) formados quando uma base é dissolvida em água. Todas as
propriedades de uma base se devem à presença destes íons. A fórmula química de um íon hidroxila é OH1-.

Bases são conhecidas como 'aceitadoras de prótons'.

Exemplos de Bases

Anti-Ácidos ajudam a neutralizar a acidez (do ácido clorídrico) no estômago. Eles geralmente contêm duas
bases, chamadas hidróxido de magnésio e hidróxido de alumínio. A fórmula química do hidróxido de magnésio
e hidróxido de alumínio é Mg(OH)2 e Al(OH)3 respectivamente.

Hidróxido de Sódio é também conhecido como 'Soda Cáustica'. Sua fórmula química é NaOH.

Hidróxido de Potássio é também conhecido como 'Potassa Cáustica'. É usado na manufatura de baterias
alcalinas. Sua fórmula química é KOH.

Amônia é um gás básico o qual é usado na manufatura de fertilizantes como a Uréia, nitrato de amônio e
sulfato de amônio. A amônia é produzida para fins comerciais através do processo de Haber. Quando dissolvida
em água, a amônia forma uma base conhecida como hidróxido de amônio. A fórmula química da Amônia é
NH3.

BASES
- Se o elemento possuir somente uma valência, usamos a expressão “hidróxido de” seguida do nome do
elemento. Exemplo :

NaOH – hidróxido de sódio

Ca(OH)2 – hidróxido de cálcio

- Se o elemento possuir duas valências, usamos a expressão “hidróxido de” seguida do nome do elemento e os
sufixos OSO e ICO, ou então a valência em números romanos. Exemplo :

Fe(OH)2 – hidróxido ferroso ou hidróxido de ferro II

Fe(OH)3 – hidróxido férrico ou hidróxido de ferro III

BASES:
A definição mais utilizada para o entendimento do que são as bases, foi elaborada pelo químico Svant August
Arrhenius.

Segundo ele, bases ou hidróxidos são compostos que em solução aquosa, sofrem dissociação iônica e liberam
exclusivamente como ânion o íon hidroxila "OH-".
Classificação das bases quanto ao número de hidroxilas (OH-):
- Monobases » Apresentam apenas uma hidroxila como ânion. Exemplos: KOH, LiOH, NH4OH.

- Dibases » Apresentam duas hidroxilas como ânion. Exemplos: Ca(OH)2, Zn(OH)2, Ba(OH)2.

- Tribases » Apresentam três hidroxilas como ânion. Exemplos: Al(OH)3, Ga(OH)3, Fe(OH)3.
Classificação das bases quanto ao grau de dissociação:
Quanto mais solúvel em água a base, mais forte ela será. (Excessão do NH4OH, que é uma base solúvel porém
fraca).

- Bases Fortes » São as bases do grupo 1A e 2A, pois apresentam uma alta solubilidade. Exemplos: LiOH,
Ba(OH)2.

- Bases Fracas » São as bases formadas pelos demais elementos. Exemplos: Zn(OH)2, Fe(OH)3, AgOH.
Classificação das bases quanto à solubilidade em água:
- Bases com Metais Alcalinos » São solúveis.

- Bases com Metais Alcalinos Terrosos » São pouco solúveis.

- Bases de outros metais » São praticamente insolúveis.

Função da BAse
Pelo que foi até aqui, você deve ter percebido que ácidos bases e sais, quando em meio aquoso, formam íons e
que esses íons conduzem bem a eletricidade. Por isso substâncias são chamadas eletrólitos.
Vamos considerar agora as seguintes substâncias: hidróxido de sódio ou soda cáustica, NaOH; hidróxido de
cálcio ou de pintura, Ca(OH)2; hidróxido de potássio, KOH.
Como você pode notar, estas substancias têm em sua estrutura química o radical OH. Elas são denominadas
bases ou hidróxidos.
Assim, podemos definir a função base da seguinte forma:
Função base é o grupo de compostos que em solução aquosa se dissociam em íons, sendo o íon negativo o
radical OH (hidroxila ou hidróxido).
As bases apresentam as propriedades relacionadas a seguir:
• Têm sabor adstringentes.
• conduzem bem a eletricidade, quando em solução.
• Torna vermelha a fenolftaleína incolor.
• Torna azul o papel de tornassol vermelho.
• Reagem com os ácidos, produzindo sal e água. Exemplo: o ácido sulfídrico e a soda cáustica reagem
formando sulfeto de sódio e água.
Assim:
H2S + 2NaOH - Na2S + 2H2O
ÁCIDO BASE SAL ÁGUA

NOME DOS BASES


A denominação das bases é dada pela expressão hidróxido de seguida do nome do elemento.
Portanto, o esquema para escrever o nome das bases é o seguinte:
hidróxido de nome do elemento
Exemplos:
• AL(OH)3 = hidróxido de alumínio;
• KOH = hidróxido de potássio;
• Ca(OH)2 = hidróxido de cálcio.
Um mesmo elemento químico pode dar origem a duas bases. Nesse caso, usamos a terminação:
• oso para as bases em que for menor a valência do elemento ligado á hidroxila;
• ico para as bases em que for maior a valência do elemento ligado á hidroxila;
Veja o exemplo:
Fe(oh)2 = hidróxido ferroso
Fe(oh)3 = hidróxido férrico
Podemos também escrever o nome das bases sem a terminação oso ou ico, colocando a valência do elemento
em algarismo romano. Veja:
Fe(oh)2 = hidróxido de ferro II
Fe(oh)3 = hidróxido férrico III