Sie sind auf Seite 1von 28

Gestão e Análise de Custos

4.1. – Material direto


4.1.1. – Cálculo do custo da compra do material direto
4.1.2. – Aspectos tributários: ICMS, IPI, PIS e COFINS

1
GESTÃO E ANÁLISE DE CUSTOS

ORÇAMENTO DE DESPESAS TRIBUTÁRIAS

A tributação está presente em todas as fases do orçamento.


O planejamento tributário, normalmente, exige o envolvimentos
de poucos membros a alta administração, no entanto, todos os
executivos se envolvem com aspectos tributários seja na
Formação de Preços ou nas Compras de produtos, insumos ou
serviços

2
GESTÃO E ANÁLISE DE CUSTOS

ORÇAMENTO DE DESPESAS TRIBUTÁRIAS

QUANTOS E QUAIS SÃO OS IMPOSTOS,


TAXAS E CONTRIBUIÇÕES EXISTENTES NO
BRASIL?

WWW.PORTALTRIBUTARIO.COM.BR

3
ORÇAMENTO DE DESPESAS TRIBUTÁRIAS

Impostos
NÃO CUMULATIVO
ICMS - Estadual
IPI - Federal
CUMULATIVO
ISS - municipal
CUMULATIVO OU NÃO
COFINS - Federal (sobre receita bruta mensal)
PIS - Federal (sobre receita bruta mensal +
receita financeira)
TRIBUTAÇÃO SOBRE O RESULTADO
Imposto de renda
Contribuição social

4
ORÇAMENTO DE DESPESAS TRIBUTÁRIAS

QUEM PAGA OS IMPOSTOS SOBRE O


FATURAMENTO?

(ICMS + IPI + PIS + COFINS + ISS)

VIDEO SOBRE IMPOSTOS

5
ORÇAMENTO DE DESPESAS TRIBUTÁRIAS

COMO CALCULAR OS IMPOSTOS SOBRE O FATURAMENTO?

EXEMPLO DE TRIBUTAÇÃO - DESTINADO A REVENDA/INSUMO

Há caso em que a mesma empresa trabalha com 36 fórmulas


de cálculo diferentes, dependendo do produto, destinação,
uso, etc...

6
FORMAÇÃO DE PREÇO DE VENDA

No ambiente comercial altamente competitivo dos


tempos atuais, o preço de venda de um produto
está mais relacionado com fatores externos à
empresa do que propriamente a seus custos.

Entretanto, o preço obtido a partir do custo é


uma referência valiosa para comparar com o
preço de mercado e determinar a conveniência
ou não de vender o produto pelo preço que o
mercado estiver disposto a pagar.

7
Conhecendo detalhadamente seus custos e o mercado,
as alternativas para o empresário podem ser outras, tais
como:

- aumentar as quantidades vendidas;


- ter uma nova linha de produtos;
- oferecer prestação de serviços diferenciada,
agregando valor para cobrar mais, etc.

8
ORÇAMENTO DE DESPESAS TRIBUTÁRIAS

Tributação sobre os Preços


Destinado a revenda

PREÇO ANTES DOS IMPOSTOS


X (1+%IPI)
1 – ( %ICMS + %COFINS + %PIS )

“CÁLCULO POR “CÁLCULO POR


DENTRO” FORA”

http://www.jmssolucoes.com.br/calcula-nota-fiscal.aspx
9
ORÇAMENTO DE DESPESAS TRIBUTÁRIAS
Tributação sobre os Preços - Destinado a revenda - exemplo

PREÇO ANTES DOS IMPOSTOS SUPONDO:


X (1+%IPI) Preço inicial = $ 2.000,00
1 – ( %ICMS + %COFINS + %PIS ) ICMS = 18%;
COFINS = 7,6%;
$ 2000,00 PIS = 1,65%; e
X (1+0,15) IPI = 15%.
1 – ( 0,18 + 0,076 + 0,0165)

$ 2000,00
X (1+0,15)
0,7275

58,07%
PREÇO FINAL = $ 3.161,51

10
OBJETIVOS E METAS DEFINIDOS – PLANEJAMENTO OPERACIONAL

ORÇAMENTO DE DESPESAS TRIBUTÁRIAS

Tratamento do Imposto nos Custos

Impostos não cumulativos: ICMS, COFINS, PIS (quando destinado a


revenda) e, também, o IPI (quando destinado a transformação)
Permite abater o que foi pago nas operações anteriores, ou seja, nas
compras (CRÉDITO TRIBUTÁRIO).

Portanto...
Não devem ser considerados no custo.

11
OBJETIVOS E METAS DEFINIDOS – PLANEJAMENTO OPERACIONAL

ORÇAMENTO DE DESPESAS TRIBUTÁRIAS

Tributação sobre os Preços - Destinado a revenda


Exemplo de tratamento da compra por uma empresa Comercial regida pelo Lucro Real
(quando destinado a revenda)

VALOR TOTAL DA NF DE COMPRA = $ 3.161,61 (incluindo $ 412,37 de IPI)


VALOR TOTAL DA NF DE VENDA = $ 6.000,00 (com as mesmas alíquotas de ICMS, PIS e
COFINS
Impostos que serão recuperados:
ICMS = $ 494,85
COFINS = 208,93
PIS = 45,36
Como está compra será reconhecida na Contabilidade do cliente?
Qual será o tratamento Contábil na Venda?
Quais os valores de impostos a recolher?

12
OBJETIVOS E METAS DEFINIDOS – PLANEJAMENTO OPERACIONAL

ORÇAMENTO DE DESPESAS TRIBUTÁRIAS

Exemplo de tratamento da compra por uma empresa Comercial regida pelo Lucro Real
(quando destinado a revenda)
1º. – No momento da compra

ATIVO PASSIVO
Fornecedores 3.161,51

Estoques 2.412,37
Crédito de ICMS 494,85
Crédito de COFINS 208,93
Crédito de PIS 45,36

13
Tributação sobre os Preços Destinado a revenda
Exemplo de tratamento da compra por uma empresa Comercial regida pelo Lucro Real
(quando destinado a revenda)
2º. No momento da Revenda

ATIVO PASSIVO DRE

Fornecedores 3.161,51 Receita Bruta 6.000,00


ICMS 1.080,00
Clientes 6.000,00 ICMS a recolher 1.080,00
COFINS 456,00
Estoques 2.412,37 COFINS a recolher 456,00
PIS 99,00
Crédito de ICMS 494,85 PIS a recolher 99,00
Receita Liquida 4.365,00
Crédito de COFINS 208,93 CMV 2.412,37
Crédito de PIS 45,36 Lucro Bruto 1.952,63

14
Tributação sobre os Preços Destinado a revenda
Exemplo de tratamento da compra por uma empresa Comercial regida pelo Lucro Real
(quando destinado a revenda)
2º. No momento o pagamento dos impostos

ATIVO PASSIVO APURAÇÃO DO ICMS


ICMS a recolher 1.080,00
Caixa (585,15) Fornecedores 3.161,51 Crédito de ICMS 494,85
Clientes 6.000,00 ICMS a recolher 1.080,00 585,15
Estoques 2.412,37 COFINS a recolher 456,00
PIS a recolher 99,00
Crédito de ICMS 494,85
Crédito de COFINS 208,93 EM SEGUIDA, É
Crédito de PIS 45,36
APLICADO O MESMO
PROCEDIMENTO PARA
PIS E COFINS
QUANDO HOUVER
RECUPERAÇÃO
DESTES IMPOSTOS

15
OBJETIVOS E METAS DEFINIDOS – PLANEJAMENTO OPERACIONAL

ORÇAMENTO DE DESPESAS TRIBUTÁRIAS

Imposto de Renda e Contribuição Social

Faturamento de até R$ 3.600.000,00 / ano = SIMPLES

Faturamento de até R$ 72.000.000,00 (*)/ ano = PRESUMIDO

Faturamento superior a R$ 72.000.000,00 / ano = LUCRO REAL

(*) Em fase de mudança. Atualmente


o Limite do Presumido é de R$
48.000.000,00 ao ano

16
PIS/ COFINS

cumulativo não cumul.

PIS 0,65% 1,65%

COFINS 3,00% 7,60%

Presumido Real

17
OBJETIVOS E METAS DEFINIDOS – PLANEJAMENTO OPERACIONAL

ORÇAMENTO DE DESPESAS TRIBUTÁRIAS

Processo de Decisão de Compra Efeito Tributário


Ao iniciar um processo de aquisição de insumos para a produção, você recebe a
cotação de 3 fornecedores:

•O Fornecedor “A” deu um preço de $ 977,50


•O Fornecedor “B” deu um preço de $ 900,00; e
•O Fornecedor “C” deu um preço de $ 800,00.

Qual seria o vencedor da concorrência?

18
OBJETIVOS E METAS DEFINIDOS – PLANEJAMENTO OPERACIONAL

ORÇAMENTO DE DESPESAS TRIBUTÁRIAS

Processo de Decisão de Compra


Efeito Tributário
Ao aprofundar a análise você verifica que:
•O Fornecedor “A” é uma indústria, regida pelo Lucro Real e paga 18% de ICMS e
15% de IPI;
•O Fornecedor “B” é uma distribuidora, regida pelo Lucro Presumido e paga 18%
de ICMS; e
•O Fornecedor “C” é regido pelo Simples Nacional e transferirá 2% de ICMS.

19
OBJETIVOS E METAS DEFINIDOS – PLANEJAMENTO OPERACIONAL

ORÇAMENTO DE DESPESAS TRIBUTÁRIAS

Comparação de Preços

“A” “B” “C”


PREÇO APRESENTADO $ 977,50 (*) $ 900,00 $ 800,00
CRÉDITO DE IPI $ 127,50 -x-x- -x-x-
CRÉDITO DE ICMS $ 153,00 $ 162,00 $ 16,00
CRÉDITO DE COFINS $ 64,60 $ 68,40 -x-x-
CRÉDITO DE PIS $ 14,03 $ 14,85 -x-x-
PREÇO REAL $ 618,37 $ 654,75 $ 784,00

(*) o Preço é $ 850,00 + IPI

20
Subtituição Tributária - ST
A substituição tributária é uma forma de recolhimento de impostos que visa facilitar a
fiscalização e que tem como consequência um aumento da arrecadação tributária, uma
vez que implica em uma grande redução da sonegação.
Para isso, a lei elege uma pessoa que ficará responsável por recolher todo o imposto que
seria pago em cada etapa da cadeia (distribuidores, atacadistas, varejistas) até chegar ao
consumidor final, reduzindo, desta forma, o número de contribuintes a serem fiscalizados.
Normalmente, a pessoa eleita é aquela que dá origem à cadeia de distribuição, ou seja, o
industrial. No entanto, face à complexidade dos negócios e da legislação tributária, como
por exemplo, a existência de benefícios fiscais locais, há, atualmente, uma série de
exceções à esta regra.
São estas exceções que causam as maiores dúvidas com relação ao tema e que muitas
vezes acabam por deturpar o sentido original da substituição tributária.
Contribuição de Dra. Heloísa C. M. Grosso

21
FORMAÇÃO DE PREÇO DE VENDA

Sabe-se que o custo unitário para produzir um bem é de


$ 10,00 e que os impostos sobre as receitas, totalizam
um percentual de 9,65%, ou seja:
5% ISS**** + 1,65% PIS + 3% COFINS

QUAL O PREÇO DE VENDA QUE A EMPRESA DEVE


PRATICAR PARA PAGAR OS IMPOSTOS E OBTER UM
LUCRO DE 10% ?

**** o índice de 5% de ISS (Imposto s/Serviços) varia de um Municipio para outro.

22
FORMAÇÃO DE PREÇO DE VENDA

O CÁLCULO DO PREÇO DE VENDA É COMPOSTO


DE TRÊS COMPONENTES:
• CUSTO UNITÁRIO
• IMPOSTOS INCIDENTES SOBRE A RECEITA
• MARGEM DE LUCRO

PREÇO DE VENDA (Pv) = Custo Unitário


1 - (impostos + lucro)

23
FORMAÇÃO DE PREÇO DE VENDA

RETORNANDO À QUESTÃO INICIAL:

Pv = $ 10,00_____
1 - (0,0965 + 0,10)
Pv = $ 10,00
1 - 0,1965
Pv = $ 10,00
0,8035

PREÇO DE VENDA = $ 12,45

24
FORMAÇÃO DE PREÇO DE VENDA
Pv = Custos + Impostos + Lucro
Pv = $ 10,00 + 9,65% + 10%
Pv = $ 10,00 + 0,1965Pv
Pv - 0,1965Pv = $ 10,00
0,8035Pv = $ 10,00
Pv = $ 10,00 = $ 12,45
0,8035
Demonstração do Resultado:
Preço Venda unitário $ 12,45 100,00%
( - ) Impostos s/receita $ 1,20 9,65%
( - ) Custo unitário $ 10,00 80,35%
( = ) Lucro antes IR $ 1,25 10,00%
25
FORMAÇÃO DE PREÇO DE VENDA
Continuando o mesmo exemplo, supondo que o lucro de 10%
corresponda a margem líquida (após o imposto de renda de 24%*), e
não antes do imposto de renda como foi utilizado.
Neste caso, para definição do Preço de Venda é necessário calcular a
margem de lucro antes do imposto de renda, no caso 10%.
O índice de 24% de Imposto de Renda, indica que a margem líquida de
10% corresponde a 76% do lucro antes do Imposto de Renda:
0,76 L = 10,00%
L = 10,00%
0,76
L = 13,16%
A margem de lucro antes do imposto de renda corresponderá a 13,16%

* atualmente o imposto de renda e a contribuição social correspondem a 24% sobre o


lucro real, estando sujeito, entretanto, a acréscimos, dependendo da faixa de lucro da
empresa.
26
FORMAÇÃO DE PREÇO DE VENDA
Pv = Custo Unitário
1 - (impostos + lucro)
Pv = $ 10,00_____
1 - (0,0965 + 0,1316)
Pv = $ 10,00 = $ 12,95

0,7719

Demonstração de Resultado
Receita Bruta de Vendas ($ 12,95 x 100) 1.295,00 100,00%
( - ) Impostos incidentes s/receitas (124,97) -9,65%
( = ) Receita Líquida de Vendas 1.170,03 90,35%
( - ) Custo Operacional ($ 10,00 x 100) (1.000,00) -77,19%
( = ) Lucro Bruto antes do Imposto Renda 170,03 13,16%
( - ) Imposto de renda (40,53) -3,16%
( = ) Lucro Líquido 129,50 10,00%

27
Agradecimentos
• Prof Luis Fernando Camargo
• Profa Ana Cristina Pereira

28