Sie sind auf Seite 1von 7

Iniciação de Odé Ysanbo Ou Orisangbó.

Fundamento de Ode

Deverá procurar uma árvore frondosa dentro do Igbò (mata) e passar 6 Kilos de
feijão fradinho torrado da cabeça aos pés e depositar num pano vermelho
grande, que será pendurado nesta árvore e entregue ao Grande Odé Ancestral
Arolè, cantando-se:

Yperin lode yperin lode


Odé Isewè Yperin lode
Odé Arolè
Komo rekó
Komo rekan
Yperin lode

Chegando no Ilè deverá tomar um banho de caiçara, jarrinha e espinho


cheiroso.

O horário ideal para se encantar Ode é pela madrugada e sempre com uma kopa
de Peregun nas mãos, pois foi assim que Ode foi encantado por Osanyín e
atraído para o interior do Igbo, deverá sempre estar tocando os cornos de Boi
para chama-lo.
Ode não aceita cabeça de boi,cabritos e nem de coelhos ou de qualquer caça.
Ao cortar de vez o ori do quadrúpede, já estará preparado o alguidar todo
pintado de wají com ebô no fundo, o ori do quadrúpede é posto ali e coberto
com 17 akasas e muita folha de akoko, e logo encaminhado para dentro de um
mato.
A bola do boi expelida pelo animal pertence a ele.
A folha de jarrinha e caiçara não poderá faltar na esteira de nenhum Odé.
O Mel é ewó de todos os Odésm podendo ser substituído pelo afotin ou pelo
meladinho.

Odé Ysanbo Iniciação.


Ode Ysanbo é o irmão mais novo de Isewe e Dana Dana, é ele quem vai ao
mercado promove a arruaça tira o corpo fora e deixa que os irmãos cobrem por
ele.

É o Ode marcado por sinais em todo o corpo.


È também ele quem se transforma em onça no interior da mata, por isso este
Ode vem com duas bandas de pele de onça.

Ao lado do seu igba mora uma casa do pássaro João-de-barro, animal


companheiro deste Ode que o avisa de intrusos no interior da mata.

Esse Ode faz oro com Ogun e Omolú

Odé Ysanbo
Ebó deste orisa

Na porta de um curral por um asoso completo em cima do mourão direito e um


inhame assado no mourão esquerdo, passe dendê em todo o corpo do iyawo
lambuze um cipó com pasta de dendê e pulverize bastante waji sobre este cipó
uma vela acesa à frente do iyawo uma pessoa bate os cornos outra bate o kalu-
kalu o babalorisa surra o iyawo deixando-o todo marcado pelo waji, que
simbolicamente significaria as marcas existentes no corpo de Ysanbo.

O Babalorisa chama por Ode durante todo o tempo, até que ele chegue,
entoando:

Pa kó tòrí san gbo dídé, (aja in pa igbó)


Ode aróle o
Aróle o oni sa gbo olówo
Ode aróle o nkú lode

Fisga, mata e arrasta ferozmente sua presa, (o cão morto na floresta)


Ele é o caçador herdeiro

Hoje o herdeiro exibe sua riqueza


Ele é o caçador herdeiro que tem o poder de atrair a caça para a morte.

Ode chegando cante três agueres dê-lhe um banho com água de milho vermelho
e traga-o para o Ile enrolado em lençol branco.

Odé Ysanbo
Oro de feitura deste Odé

O iyawo de Ysanbo estará vestido de calçolu, atakan por todo o seu corpo
haverá riscos de waji representando as marcas do corpo de Ysanbo.
Em sua cabeça uma rodilha de abre caminha e jarrinha trançados.
O iyawo é tirado de dentro do honkó para o barracão seguido pelo Babalorisá
que vai chibateando-o com cipó lambuzado de dendê, e por pessoas tocando
cornos, adjás, sére, entoando a seguinte cantiga:

Oluwo giri loko (bis)


Ode ode lona
Oluwo giri loko

Osoosi chegando sente-o no apere igba de Ode à frente, igba do Ogun ao lado
de Odé, igba de Omolu à esquerda.

Sacrifique dois frangos para Ogun, deixe escorrer um pouco para Ode,
sacrifique dois frangos para Omolu, deixe escorrer um pouco em Odé.

O primeiro bicho a ser sacrificado no ori do iniciado em todo oro de feitura será
sempre a etú (d’angola), pois só esta é quem faz santo portanto deverá ser o
primeiro bicho à ser imolado, entoe:

Baba a bi a bi etú konken (bis)

Na cantiga acima apresenta-se a galinha, na cantiga abaixo sacrifica-se a


galinha:

Kuen kuen kuen


Baba bi a bi etú
Kuen kuen kuen
Baba bi a bi oro
Kuen kuen kuen
Baba bi a bi etú
Kuen kuen kuen
Baba bi a bi oma

Entoa-se a cantiga abaixo quando a etú desfalece:

Eran gbobo
Orisa fefe etú
Eran gbobo
Orisa fefe etú o

De inicio agora ao sacrificio do quadrúpede seguido dos frangos, esse sacrificio


será feito dentro de uma bacia com água, vinho moscatel, akasa, yó, e danda da
costa ralado, onde uma pessoa de iyaba irá bater o eje, terminado os sacrifícios
o babalorisa com a metade de uma cabaça banhará com pouco eje o ori do
iyawo, o igba do iyawo, dará um pouco para ele beber, um pouco sobre Esu,
Osumare e Oya.

Entoa-se a cantiga abaixo quando a etú desfalece:

Eran gbobo
Orisa fefe etú
Eran gbobo
Orisa fefe etú o
De inicio agora ao sacrificio do quadrúpede seguido dos frangos, esse sacrificio
será feito dentro de uma bacia com água, vinho moscatel, akasa, yó, e danda da
costa ralado, onde uma pessoa de iyaba irá bater o eje, terminado os sacrifícios
o babalorisa com a metade de uma cabaça banhará com pouco eje o ori do
iyawo, o igba do iyawo, dará um pouco para ele beber, um pouco sobre Odé,
Ogun e Omolu.

Terminado o sacrifício da etú comece com o abodi :

Uré uré bateté


Bateté bateté
Ode bateté

Na cantiga acima no oro de qualquer Osoosi dá-se a todos os presentes o


Bateté, pequenos cubos de inhame imersos no dendê para que todos comam, e
peçam coisas a Ode para o Iyawo e para si, a pessoa ajoelha-se diante do
Babalorisa e recebe na boca o Bateté.

Na cantiga abaixo kopa-se o abodi (cabrito)

Abukó uré ire


Eran odara Odé

Ode kawa o
Kafa ejé
Ode kawa o
A ode

Iya Modé
Iya Bangbá

Benabupé
Bena Bangbá
Na parte que louvamos Iya Modé (Apaoká) kopamos a franga amarela na bacia
de Ejé.

Em todos os oros de feitura não esquecer de por o ori do Quadrúpede na boca


do iyawo preso junto com a galinha da angola entre os dentes e os bichos todos
nos braços, levantá-lo com a cantiga que terá sido escolhida antecipadamente,
pois na obrigação de sete anos este será o darin do iyawo, este agora dançará
envolta do asé com a seguinte cantiga:

Eru awa
T’oru asé
E t’oru asé

Tendo completado volta inteira o orisa soltará os bichos sobre o asé.


Dê run em Ode e coloque-o para dentro.

YSANBO IGBÁ

01 PANELA DE BARRO
01 QUARTINHA DE BARRO
01 BOLA DO BOI
01 OPERÉ OSANIYN EM FERRO
01 OFÁ EM PÉ COM 07 LANÇAS PENDURADAS EM SUA BASE E A
PONTA DO OFÁ TEM UM CORTE NE VERTICAL
01 XABÁ DE FERRO
01 ARÔ DE PESCOÇO EM FORMATO DE OFÁ
01 FERRADURA
07 BÚZIOS
07 MOEDAS ANTIGAS
01 ARÔ DE CIPÓ
01 CASA DE JOÃO DE BARRO
01 ODÉMATÁ DE FERRO

OBS: Esse Osossi se faz na porta do curral, é o Osossi dos cipós.