Sie sind auf Seite 1von 2
XIII - ASPECTOS ESTRUTURAIS DO DIREITO 1) DIREITO SUBJETIVO ah : Jorn pox: )ilerte a smoradia a)'Direito objetivo/ Direito subjetivo C florea aged Pai objetivo - Facultad agemdi-vdit. Subjetivo = direito subjetivo? possibilidade de uso e exercicio efetivo do direito, colocados, pelo direito objetivo, & disposicao do sujeito do direito, de forma no abusiva. - antiga distingao - Faculdade / direito subjetivo: “Faculdade é uma forma de exercicio do direito subjeivo” (Reale). — b) Natureza: dado ou construido? = Windscheid e Savigny - expresséo da vontade reconhecida pelo _ordenamento juridico. —>)\r- abjessvo- = LHC Mom Slope & Vomtale Ser do requcrentebiascibate, pt obyigotoh do SSI. nin ) ‘= Jhering - interesse juridicamente protegido Lriticar 0 que ¢ Hindelesse; Ex: Lntevesse jubidico plotegiso que mSo é dik. Subjetvo = Jellinek ~ solugdo eclética Chtica, Fumio das anteriores = Del Vecthio ~ potencialidade da vontade: querer, mas a possibilidade de querer”. Teoria awaiS accita - Kelsen - expressao do dever juridico. O directo & Veflexo de we dever c) Abuso do direito “O direito subjetivo néo é 0 - importdncia da atribuic&o, aos direitos subjetivos, de uma funcdo social que constitua o fim e o limite de seu exercicio, A fonsod At Tlecto Vi " ike: Se witiapasssr > Abuse de diketto/ yf A pitide| Prevesto expressed 2) A RELACAO JURIDICA + Dogmatica tradicional: relages socials reconhecidas pelo Estado. + Dogmatica —_operacional: + néo = s6-_—srreconhecidas, mas também instauradas pelo Estado. + Tese normativista (Kelsen): no relagdes entre seres humanos concretos, mas entre normas. a) Constituig&0 (fato propulsor) - acontecimentos naturais ou sociais (v.g., nascimento, filiagdo, morte, casamento); = acordos ou contratos; - leis; - posigao de Kelsen: constituidas somente pelas normas. b) Elementos b.1) sujeitos ~ dever juridico: necessidade de observar a ordem juridica, sob pena de sancao. = direito / dever: relagdo juridico- ~ pode se prescindir dos sujeitos? //Ao| ~ pode haver um sé sujeito? tipica. 5.1.1) personalidade juridica: aptidio para adquirir direitos e contrair obrigagées distinto de capacidade juridica, que constitui a medida das atribuicées da personalidade juridica. ~ capacidade de fato ou de exercicio: exercida pessoalmente pelo titular. ~ capacidade de direito ou de gozo: o titular é substituido ou assistido por um terceiro, b.1.2) pessoa natural - “pessoa fisica”’ ideia de que o homem se reduz ao corpéreo b.1.3) pessoa juridica Ori ge——PJaeio cle eS4¥G0S ViSamdo Wom bem ecdméunig dares ae ge pe b.2) vinculo atributivo * Homens concretos > entre individuos * Papéis sociais (visdes de sociedade) > entre condutas (a agdo éo contetido da norma) b.3) objeto: tudo aquilo sobre que incide o vinculo de atributividade ~ objeto imediato: prestacao devida pelo sujeito passivo. shestagSo devida (263) gotidl, ~ objeto mediato: bem da vida (jur(dieo Ex : ed iato Poem jubidico 5.3.1) bens juridicos: “entidade que possa ser objeto de gozo e de disposicaéo auténoma” (Rotondi) b.3.2) 0 homem pode ser objeto da relagdo? MBI. OBS: My Brasil, € ban anttos PGES, 7 Iomermn JS 40 objeto Quando houve a esclavidio.