Sie sind auf Seite 1von 2

Mateus 16:26 – Marcos 8:36

Introdução
Era uma vez um rei que tinha quatro esposas, e nesta estória vamos chama-las de
esposa A, esposa B, esposa C, esposa D.
I Um Rei tinha quatro esposas
Ele a amava a esposa A dando joias, roupas novas, e lindos presentes para ela, ele
gostava de ve-la sempre elegante, bonita e bem apresentada.
Ele a amava a “esposa B”, de forma diferente, esta ele gostava de exibi-la para os
vizinhos, amigos, para que todos pudessem ver nela como ele era capaz de
conquistar, porém ele tinha medo que algum dia algum dos reis viesse a possuí-la.
A “esposa C”, ela amava de forma diferente, ele tinha muita confiança nela, ela era
sua confidente, sempre diante de algum problema ele conversava com ela. E esta o
ouvia pacientemente e lhe aconselhava.
A “esposa D”, Era uma parceira muito leal fazia de tudo para mantê-lo forte e
poderoso e rico. Mas ele não amava, a desprezava e não tinha tempo para ela, não
cuidava dela, e quase nunca se se lembrava dela, e por isso ela sempre estava muito
fraca abatida e sem forças.
Um dia o Rei adoeceu de uma doença muito grave e ficou sabendo que ia morrer,
e mandou chamar as Quatro Esposas.
Ele chamou a “esposa A” e disse: Te amei muito e te dei, joias, presentes, roupas
novas, você é capaz de morrer comigo e não me deixar sozinho? Ela respondeu: De
jeito nenhum eu não vou morrer com você. E o rei se entristeceu muito.
E então Ele chamou a “esposa B” e disse: Eu te amei e cuidei de você, você é capaz
de morrer comigo? Ao que ela respondeu: De jeito nenhum a vida é boa demais, vou
me casar de novo e serei de outro Rei. E o rei entristeceu muito. E chamou a “esposa
C”. e disse: Te amei tanto pois você era tão paciente comigo, sempre me ouviu e me
aconselhou, vou morrer e você é capaz de morrer comigo? Ela respondeu: De jeito
nenhum, morrer com você eu não posso, mas posso te dar um bom enterro e te
acompanhar até a sepultura fico ate de luto por você mas depois volto a vida normal. E
ao ouvir isto o rei se abateu e envergonhado chamou “esposa D”. E ela veio, tão
magra, desnutrida, fraca, semblante triste, e sem que o Rei dissesse uma só palavra,
ela disse a onde você for eu irei com você e jamais te deixarei. Então o rei arrependido
lhe disse: Eu deveria ter cuidado melhor de você, enquanto eu ainda podia, tê-la,
alimentado melhor, ter tido mais tempo para você.
Lição desta estória que tiramos para nossa vida: Todos Nós nesta vida temos 4
esposas
* A “esposa A”; é o nosso Corpo – Apesar de todos os esforços para mantê-lo bonito,
com roupas novas, presentes, joias, ele vai apodrecer em um tumulo, ele vai nos
deixar, ele não passará para a eternidade. Quando Morrermos, ele vai apodrecer no
sepulcro.
* A “esposa B”;. São as nossas posses, dinheiro, casa, propriedades, diplomas, que
são nossas conquistas que gostamos de mostrar para os outros. Porém temos medo
de outros um dia possuí-los. Mas quando morrermos, nada levaremos conosco e o
que é nosso um dia será de outro.
* A “esposa C”. São os nossos familiares, amigos, irmãos. Pessoas que nos assiste
em nossos problemas, sempre presente, as vezes nos aconselhando, mas quando
morrermos, tudo o que podem fazer por nós é providenciar nosso funeral, chorar por
nós e ir ao nosso enterro, mas depois a vida continua.
* A “esposa D”, a que jamais nos abandonará a que nos ama, a que por nós foi
rejeitada, desprezada, a que muitas vezes, não temos tempo para ela, não cuidamos
dela! É o nosso espírito, que não alimentamos com a palavra de Deus, que dizemos
não ter tempo para as coisas espirituais em nossa vida, sempre andamos apertado
pelos trabalhos, estudos, lazeres, entretenimentos. Porém ao morrermos não ele não
nos abandonará, mas seguirá conosco, para vida eterna. Céu ou Inferno.
Conclusão
Sem perceber deixamos nossa vida espiritual de lado, correndo atrás do sucesso e
prazeres desta vida. Mas isto tem um preço o preço da insatisfação, todo tanto é
pouco, e parece haver um buraco insaciável dentro de nós que não se preenche com
nada, nem satisfaz com nada. É nele que cabe Deus. Alguém disse; "Todo homem
tem dentro de si um vazio do tamanho de Deus!" Pena que muitas vezes só
consideramos isso quando estamos para deixar este mundo. Por isso cuide bem de
seu espírito, alimentando com a palavra de Deus, participando de uma célula nossa,
pois lá, você encontrará através das orações e da palavra de Deus, a satisfação
interior.
Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará.
E ele fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu juízo como o
meio-dia. Descansa no Senhor, e espera nele; Salmos 37:5-7