Sie sind auf Seite 1von 3

1

PLANO DE ENSINO – 2014


CURSO: DIREITO
Disciplina: DIREITO PENAL V Código:
Posição na grade do curso: 6º semestre Carga horária semestral: 40 horas
EMENTA: Análise e estudo das Leis Penais Especiais.

OBJETIVOS: Atribuir o exato conceito a cada um dos bens jurídicos protegidos, bem como elucidar os
limites da proteção penal a eles destinada pelo tipos legais, a fim de que se possa identificar e coibir, entre
as condutas humanas, aquelas que têm relevância penal. Abordar a proteção exercida pela legislação
penal especial. Habilitar o discente à prática forense do Direito Penal nas carreiras de nível superior, tendo
em vista a correta e proporcional distribuição da justiça criminal, sob as luzes do humanismo e da mínima
intervenção, no caminho da paz social.
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: PLANOGRAMA
CONTEÚDO
1 Apresentação. Exposição dos critérios de avaliação e agendamento das respectivas datas.
2 Lei dos Crimes Hediondos (Lei nº 8072/90). Exposição dos crimes considerados como hediondos e
os equiparados aos hediondos
3 Lei dos Crimes Hediondos (Lei nº 8072/90). Rol. Crimes equiparados. A vedação da retroatividade.
A restrição de benefícios. Discussão acerca da constitucionalidade de seus dispositivos.
4 Lei de Drogas (Lei nº 11.343/06). Aspectos gerais.
5 Lei de Drogas (Lei nº 11.343/06). Crimes em espécie.
6 Lei de Drogas (Lei nº 11.343/06). Crimes em espécie.
7 Código de Trânsito Brasileiro (Lei nº 9.503/07). Aspectos gerais criminais.
8 Código de Trânsito Brasileiro (Lei nº 9.503/07). Crimes em espécie.
9 Código de Trânsito Brasileiro (Lei nº 9.503/07). Crimes em espécie.
10 Aplicação da Avaliação Integrada.
11 Lei de Tortura (Lei nº 9.455/97).
12 Crimes de “lavagem” de dinheiro. (Lei 9613/98). Crimes em espécie.
13 Crimes de “lavagem” de dinheiro (Lei nº 9.613/98). Crimes em espécie.
14 Crimes contra a Ordem Tributária. Lei nº (8.137/90). Crimes em espécie.
15 Crimes contra a Ordem Tributária. Lei nº (8.137/90). Crimes em espécie.
16 Lei Ambiental (Lei nº 9.605/98). Aspectos gerais criminais
17 Lei Ambiental (Lei nº 9.605/98). Crimes em espécie.
18 Revisão do conteúdo programático.

1
2

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:
BITENCOURT, Cezar Roberto. Tratado de direito penal. São Paulo: Saraiva, 2009. v.1
BRUNO, Aníbal. Direito penal. 5. ed., rev. e atual. Rio de Janeiro: Forense, 2009. v. 3.
NORONHA, Magalhães E. Direito penal. 24. ed. São Paulo: Saraiva, 2003. v.4.
BIBILIOGRAFIA COMPLEMENTAR:
MIRABETE, Julio Fabbrini. Manual de direito penal. 23. ed. São Paulo: Atlas, 2009. v.3
DIP, Ricardo Henry Marques. Direito penal: linguagem e crise. Campinas: Millennium, 2001.
FRANCO, Alberto da Silva (coordenador). Código penal e sua interpretação, 2007, 8ª edição.
NUCCI, Guilherme de Souza. Código Penal Comentado. 9ed. São Paulo: RT, 2009.
DELMANTO, Celso et al. Código penal comentado. 7. ed. Rio de Janeiro: Renovar, 2007.
METODOLOGIA DE ENSINO:
Quanto à exposição de aula - o professor substitui a aula-monólogo por exposições dialógicas,
construindo conceitos teóricos, promovendo as reflexões de interpretação das fontes do direito,
produzindo conclusões, com a consequente análise de casos concretos, fomentando a pesquisa de
jurisprudência e a leitura de obras doutrinárias recomendadas.
Quanto ao registro da matéria ensinada - o conteúdo é resumido em quadros sinópticos ou mapas
conceituais, que estimulem a memorização visual do discente e a retenção de informações, de forma que
o discente construa o seu conhecimento a respeito dos temas ministrados.
SISTEMA DE AVALIAÇÃO:
O instrumento avaliativo denominado AV1 deve se dar de forma individual e deve contemplar o conteúdo
ministrado em aula, na forma de casos práticos, facultando-se ao professor regente da disciplina deliberar
a respeito da possibilidade de consulta à legislação, doutrina e jurisprudência. Vedada a aplicação de
avaliação exclusivamente de natureza objetiva (múltipla escolha).
O instrumento avaliativo denominado AV2 corresponderá a Avaliação Integrada e deverá contemplar a
totalidade do conteúdo programático ministrado no semestre letivo, refletindo a interdisciplinaridade do
curso, exclusivamente com consulta à legislação, doutrina e jurisprudência.
O instrumento avaliativo denominado AV3 será composto por questões de múltipla escolha e deverá
contemplar a totalidade do conteúdo programático ministrado no semestre letivo, não sendo permitido o
fracionamento conteudístico, refletindo a interdisciplinaridade do curso, em caráter cumulativo, sendo
vedada a consulta à legislação, doutrina, jurisprudência e demais materiais de apoio.

2
3

ELABORAÇÃO : PROFESSOR RESPONSÁVEL: Christian Sthefan Simons


DATA : ASSINATURA :