Sie sind auf Seite 1von 7

Cabo Frio, 28 de janeiro de 2018

Comunidade Cristã o Redentor

CHAMADOS! E AGORA?
Gênesis 11:27 a 12:9

Introdução:
O registro da história patriarcal de Israel mostra como Javé escolheu uma linhagem de entre os homens e Se
comprometeu com ela em uma aliança, para trazer, por meio dessa linhagem, a prometida redenção do pecado.

O relato dos descendentes de Terá descreve como a instituição da Semente prometida de Deus por intermédio de
Abraão foi truncada pelo conflito com o mal, mas finalmente triunfou quando Abraão aprendeu a confiar no Deus
das promessas. (11:27-25:11). E é sobre este chamado a viver no Senhor e confiando na sua promessa que somos
atraídos a viver.

Abraão foi uma pessoa muito importante na narrativa bíblica. E ainda o é hoje. Basta perguntar aos judeus, aos
muçulmanos e aos cristãos quem é Abraão e todos dirão: nosso pai na fé!

Agora, por que ele é tão importante para nossa vida comunitária e histórica? Porque Abraão não apenas viveu a vida,
no estilo Zeca Pagodinho de deixa a vida me levar, ele não apenas deixou que a vida acontecesse para ele. Mas ele
viveu a vida! Ele experimentou um viver diferente do que poderia ter vivido se permanecesse em Ur dos Caldeus.

Ele ficou contra a família, contra a sociedade e contra a cultura. Lembre-se que monoteísmo não era algo comum
naquela época e na terra em que ele vivia. Uma terra de politeísmo e idolatria.

Agora, o que fez dele um grande homem? Ter uma grande vida? Ser reconhecido por tantos?

O que fez de Abraão ser um grande homem não foi sua coragem e seu vigor, mas o CHAMADO DE DEUS!

O que fez da vida de Abraão e faz da nossa especial, distinta e grande é o chamado de Deus. O Chamado de Deus é o
que faz o cristão dar o primeiro passo. Não somos cristãos a não ser que tenhamos OUVIDO E ABRAÇADO o
chamado de Deus! O chamado de Deus é o que molda a nossa vida distintamente! É o que faz da nossa vida uma
vida cristã! É a nossa resposta ao que estamos escutando!

E O TEXTO DE HOJE NOS FALA SOBRE 3 COISAS SOBRE O CHAMADO DE DEUS.

- O poder do chamado
- A natureza do chamado
- E como recebê-lo

1º - O PODER DO CHAMADO

O capitulo 11:28 até o capitulo 12:1 nos dizem que toda a historia humana tem um final, uma morte. Vemos a morte
Harã e Tera. A esterilidade de Sarai.

De gênesis 1 a 11 é a história da decadência da raça humana. A humanidade está mais e mais corrupta, mais e mais
má, mais e mais violenta e mais e mais opressora, mais e mais falida.

Mas também, do capitulo 1 ao 11 há um raio de esperança e este raio de esperança é uma única família genealógica.
Uma linhagem simples. No meio desta violência há uma família. A família de Sete.

Sete, em gênesis 4:26, invocava o nome do Senhor, o que é um hebraísmo para o que chamamos de ADORAR ao
SENHOR.
Na família de Sete sozinha o conhecimento do Deus verdadeiro foi preservado e foi passado adiante. No entanto. No
capitulo 11, verso 27 fala sobre Tera no qual ele e seu filho Abraão estão no final da linha. E é o final da linha porque
os versos nos fala de algo desastroso que acontece.

Primeiro, o nome Tera significa lua. E Ur dos Caldeus era a o centro da adoração lunar. E a família verdadeira, a família
que deveria preservar o nome do Senhor, a última família que sabia quem Deus era e sabia quem criou o mundo e
sabia para que eles haviam sido criados, e que sabia qualquer coisa sobre Deus, havia se tornado idolatra, adorando
falsos deuses.

Isto tem base em Josué 24:1-4ª, quando Josué diz:

“Então Josué reuniu todas as tribos de Israel em Siquém. Convocou as autoridades, os líderes, os juízes e os oficiais
de Israel, e eles compareceram diante de Deus.
Josué disse a todo o povo: "Assim diz o Senhor, o Deus de Israel: ‘Há muito tempo, os seus antepassados, inclusive
Terá, pai de Abraão e de Naor, viviam além do Eufrates e prestavam cultos a outros deuses.
Mas eu tirei seu pai Abraão da terra dalém do Eufrates e o conduzi por toda a Canaã e lhe dei muitos descendentes.
Dei-lhe Isaque, e a Isaque dei Jacó e Esaú.”

Vocês percebem o que aconteceu? Espiritualmente a ultima chama havia se extinguido. O ultimo lugar onde alguém
sabia sobre Deus está bem ali e espiritualmente, a ultima família que sabia alguma coisa sobre Deus tinha se perdido.
Não apenas espiritualmente, mas fisicamente, Sara é estéril.

E o que isso significa? Não era apenas a ultima família que sabia alguma coisa sobre Deus, não apenas tinha perdido
Deus espiritualmente, mas literalmente e fisicamente. Não haveria outra família. Não haveria continuidade!

A esterilidade de Sara é a metáfora da falta de esperança, disse Walter Bruwggemann, um comentarista bíblico.
Não há um futuro previsível, não há futuro nenhum. Não há nenhum poder humano para inventar um futuro. A
história humana e a humanidade chegaram ao fim. Terminou! Game over! E então, Deus fala!

DEUS FALA E HÁ ESPERANÇA NOVAMENTE. QUAL O PRIMEIRO PRINCIPIO?

- Estamos sendo mostrados sobre o poder do chamado de Deus!


O poder do chamado significa isso: o chamado de Deus é absolutamente necessário e absolutamente
gracioso

I - Absolutamente necessário
Abraão fazia parte da melhor família na terra, era descendente de Sete, mas se não fosse pelo chamado de Deus, ele
estaria espiritualmente morto.

Se Marina não tiver uma experiência pessoal do chamado de Deus, ela será mais uma idólatra na terra. Ela
tem pais que a ensinam sobre Deus, que vivem o que Deus quer, mas se ela não for chamada por Deus, será uma
idolatra. Se a chamada de Deus não a perturbar, a convencer, a humilhar, a sacudir. A não ser que a chamada de Deus
a abrace, ela será uma bela e linda idólatra, assim como Abraão foi.

Não importa o quão boa a sua família seja, todos têm a tendência de pegar algo criado, a lua (Tera) e adorar. Marina
poderá ter um bom caráter, porque temos um bom caráter. Ser moralmente correta, porque somos moralmente
corretos. Pode ate ser religiosa. Mas será idolatra. Ela viverá sua vida para sua carreira. Ela viverá para sua família.
Para qualquer coisa a não ser que o chamado de Deus venha a sua vida.

O progresso espiritual da Marina se dará devido ao chamado. Se ela está tendo algum progresso espiritual é por
causa da chamada. Não importa a família.

De gênesis 1 a 11, a família de Caim. Pessoas más, maldosas. A linha de Sete, boas pessoas. Não importa! Você está
espiritualmente morto sem o chamado de Deus. O chamado é absolutamente necessário. Tem de entrar em você.
Tem de te perturbar. E em segundo lugar, o poder do chamado é absolutamente gracioso.

II - Absolutamente gracioso
O poder do chamado não é visto apenas como absolutamente necessário, mas também como absolutamente
gracioso.

Abrão era desqualificado. Abrão não era um cara legal. Abrão não era um cara fiel. O chamado veio a Abrão porque
ele não era qualificado. O chamado de Deus é um ato absolutamente gracioso de Deus. Não vem porque você é
qualificado. Você é qualificado quando o chamado vem. O chamado qualifica você.

O chamado de Deus é tão poderoso que você tem de tê-lo ou sua vida estará como morta. Não importa o quão legal
você seja como pessoa, o chamado de Deus vai transformar você. Não importa o quanto mal como pessoa você seja,
o chamado de Deus, o poder do chamado, o chamado de Deus também vai transformar você.
O final da estrada, a esterilidade. Não importa! Vem o chamado de Deus e há esperança novamente.

2º - A NATUREZA RADICAL DO CHAMADO

Ok, o chamado é poderoso, mas e aí? O que fazer? Qual o conteúdo do chamado? Vejamos no capitulo 12, versos 1 a
3.

“Ora, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra (mearsecha – país), da tua parentela e da casa de teu pai, para a
terra que eu te mostrarei.
E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção.
E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias
da terra.”

Vamos ver o quão radical é este chamado: O chamado é radical em quatro aspectos.
I – É pessoalmente radical II – É volitivamente radical III – É radicalmente missional IV – É culturalmente
radical

I – É pessoalmente radical

Quando Deus disse para Abrão deixar seu país. As palavras usadas ali são Lech lecha. Por que não usou apenas Lech?

Lech lecha significa “saia de você mesmo”, enquanto Lech significa “saiá”.
No verso 31 do capitulo 11, temos Tera com todo mundo saindo de Ur dos Caldeus para Canaã. Porém, eles param
em Harã.

Por quê? Por que eles não quiserem ir além?


Eles foram chamados para ir para Canaã, mas eles pararam em Harã. E está é a razão pela qual Deus não apenas disse
LECHA – saia da sua nação. Ele disse LECH LECHA – saia de si mesmo.

Basicamente Abrão esta dizendo: “Sabe, Deus, eu vim ate aqui, metade do caminho, e isso é o mais distante que
papai (Tera) e todos quiseram ir. Sabe, Naor, e a galera, eles gostam daqui e não querem ir alem. Eu vim ate a
metade. E então Deus diz para Abrão: Venha você!

O que Deus está dizendo é que não é bom suficiente ser apenas parte de um contexto cristão. Não é bom o
suficiente dizer que você faz parte de uma família cristã e dizer que sempre gostou de fazer parte de uma igreja ou
porque sou mais tranqüilo eu me sinto bem na presbiteriana, ou porque eu sou mais agitado eu me sinto bem na
assembléia. Não basta ser parte de um ambiente cristão e se sentir bem neste contexto se você não teve um
encontro com Deus.

Você já teve um encontro com Deus? Você já saiu de você mesmo? Você já se encontrou em você mesmo? O
Evangelho já penetrou em seu coração como um indivíduo? Você já se comprometeu com Deus?

Veja, este é o primeiro ponto, ele é PESSOALMENTE RADICAL. Você não pode viver da experiência dos outros. Tem de
ser sua experiência com Deus.

II – É volitivamente radical
Por que volitivo? Porque no profundo, o chamado de Deus é o render-se de nossa vontade. E o local onde você vê
isso é onde a primeira sentença é deixada aberta:

“Ora, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra (mearseka – país), da tua parentela e da casa de teu pai, para a
terra que eu te mostrarei.”

Isso é terrível! Deus não diz para ir para a terra que fica a tantos quilômetros para o sul, ou para o norte. Não diz para
pegar a Joaquim Nogueira, ir para a Teixeira e Souza e parar na Julia Kubitschek.

Ele apenas diz, saia de si mesmo, saia da sua terra, mas eu não vou dizer para onde você vai.

Não adianta perguntar o que você terá de deixar de fazer ou passar a fazer para seguir o chamado de Deus, Ele não
vai te falar. Porque se você perguntar a Ele o que Ele fará e como, e Ele te responder, isso não é obedecer ao
chamado dEle. Você não estará respondendo ao chamado. Ainda está no controle de sua vida. Não estará desistindo
de sua vontade. Não estará se rendendo a vontade de Deus. Você ainda estará no trono. Esta atrás do volante. Você
estará dizendo que estará feliz SE souber onde esta indo. E quando o ir fizer sentido para você.

Mas o que Deus fez com Abrão foi: Abrão saia da tua terra, e Abrão disse: Para onde? E Deus disse: Te mostrarei
depois. Apenas vá! E mais a frente Deus diz: Te darei um filho. E Abrão pergunta como. E Deus disse: Te mostrarei
mais tarde. Apenas confie. E finalmente, Deus diz a Abrão para levar seu filho ao topo da montanha e colocar a
faca no seu pescoço e matá-lo e Abrão pergunta: Por quê? E Deus disse: Te mostrarei depois. Apenas suba!

ISSO É CRISTIANISMO! Aventura x Jornada

Cristianismo não é uma aventura onde você vai e volta. Está lá e aqui. Tem diversões, e volta para casa da mesma
forma que saiu.

Cristianismo é uma jornada. Não é algo que você escolhe, ela vem ate você. Você é chamado por aquilo que está
envolvido e você nunca volta de uma jornada. Ou você morre, ou você volta tão mudado que parece nunca ter
voltado. Você nunca mais é o mesmo. Você muda tão radicalmente.

Deus disse saia! Você será radicalmente mudado.

Não pergunte a Deus se o que Ele vai fazer é ou não favorável a você e se encaixa em sua agenda. Cristianismo é uma
nova agenda. Não pergunte como o cristianismo vai enriquecer sua vida. Cristianismo é uma nova vida.

O que é responder ao chamado?

É sair sem saber para onde vai. É o que Hebreu 11:8 resume Gênesis 12 assim: “Pela fé Abraão, sendo chamado,
obedeceu, indo para um lugar que havia de receber por herança; e saiu, sem saber para onde ia.”

É dizer para Deus que qualquer coisa que nós discernimos como a vontade dEle, nós faremos incondicionalmente de
estar aqui ou ali.

Você não é um cristão se você não respondeu ao chamado. Você não é um cristão se responder: Eu obedecerei SE
me for favorável. Você não é um cristão ate tirar a mão do volante e deixar que Deus dirija.

III – É radicalmente missional


(Em uma igreja missional há uma compreensão básica de que a igreja família existe para ser enviada em uma
missão por Deus. Nós somos chamados para fora do mundo para adorar a Deus, para que possa ser enviado ao
mundo para convidar outros a adorarem a Deus. O significado da palavra “missão” é “enviado”.)

Veja o que o Deus disse a Abrão: “e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção.” “E
abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias
da terra.”
Se tornar um cristão é ser mudado para que agora você não faça mais suas decisões baseadas naquilo que mais
confortável para você. Onde você vive de maneira mais confortável? Que trabalho será melhor para meu conforto,
para minha segurança, para minha influencia, para meu estatus? Você não toma mais as decisões desse jeito.

O chamado de Deus te reforma, te remodela. Então você começa a perguntar: Onde eu posso ser uma benção?

O chamado de Deus é assim: se você procurar ser abençoado, será vazio. Se você busca abençoar os outros, Deus o
abençoará. Se você vive para abençoar os outros, se você vive para preencher os outros, o Senhor vai te preencher.

“Eu o abençoarei para que seja uma benção.” Deus só nos abençoa para que sejamos um abençoador.

Agora, como posso ser uma benção? Você tem de sair de você mesmo. Tirar os olhos de sua razão e de seu próprio
mundo. Saia e eu te abençoarei para que seja abençoador!

O que significa sair da sua terra, da sua família e do seu povo? Significa sair da sua zona de conforto e segurança.
Sair do que lhe é familiar. É você estar num local que lhe é menos agradável mais você é o mais útil naquele local.

É o que Deus nos ensina. Se você sai de sua zona de conforto, eu te abençoarei. Mas se você continuar em segurança.
Se você quiser ficar com uma vida controladinha, você não será útil a ninguém.

Tanto em um sentido macro quanto micro. Neste exato momento há pessoas que precisam que você se exponha e
as digam verdades que ninguém diria e você está com medo de dizer. E você sabe o por quê? Porque você não quer
sair da sua zona de conforto. Não quer ser criticado. Não quer parecer mal. Você não quer arriscar parecer mal ou
colocar sua posição vulnerável a críticas. E como resultado, você não é capaz de abençoá-las.

A chamada de Deus funciona assim: ao passo que você quer sair. Sair da família, sair da segurança, sair do conforto,
ao passo que Deus diz: Eu te abençoarei para que você possa ser uma benção. Eu aparecerei para você. Eu vou vir em
sua vida.

IV - A chamada de Deus é culturalmente radical

Abraão saiu, mas nunca chegou. Ok. A bíblia diz que ele chegou a Canaã. Mas o ponto não é este. O ponto é que toda
a historia de Abraão que foi-lhe dito para deixar a família, o povo e a sua nação e a sua cultura e ir para uma outra
terra onde O Senhor fará dele um nação. Uma nova cultura.

Abraão nunca chegou a ver. Ele viveu sua vida toda num grande espaço entre a promessa e a realidade. E isso é
muito desconfortável. Seria mais confortável estar em Harã ou voltar para Ur dos Caldeus. Ou chegar numa terra
cheia de seus descendentes, mas ele nunca esteve lá. O que é interessante é que quando Paulo fala sobre ser o
significado de ser cristão em Gálatas e em Romanos. Ele continuamente se refere a Abraão e não a Moises ou Davi.

Quando Paulo entra nesta controvérsia quando ele começou a ganhar gregos e romanos para Cristo e os judeus
cristãos em Jerusalém disseram que agora eles já que se tornaram cristãos deveriam ser culturalmente judeus. Eles
deveriam usar coisas judaicas. Comer coisas judaicas e eles precisavam ser culturalmente judeus. Paulo disse: Não!
Não! Não!

Eles são mudados! Eles são cristãos gregos! Eles são cristãos romanos! Ou seja, eles são cristãos gregos e romanos!

E o que significa ouvir o chamado de Deus? É muito desconfortável!

Miroslav Volf, croata teólogo protestante, disse acerca de Abrãoo: “Abrãao significa a coragem para romper com seus
laços culturais e familiares e abandonar os deuses de seus ancestrais em fidelidade a um Deus de todas as familias e
todas as culturas”.

Foi a revolução original de Abraão. Da mesma forma, os cristãos partem de sua cultura original. Os cristãos nunca
podem ser primeiramente asiáticos, ou americanos, africanos ou brasilerios e então cristãos. Cristãos são cristãos
primeiro. Cristãos se distanciam dos desuses de sua própria cultura. E porque eles dão sua fidelidade final aos deuses
de todas as culturas para o Deus de toda as culturas e sua promessa futura.
Mas agora em Cristo, a partida não é mais uma categoria geografica, ela acontece dentro do espaço cultural que
habitamos. Não envolve nenhuma tentativa moderna de construir um novo paraíso fora do mundo. Quando Cristãos
respondem ao chamado do Evagelho, eles tiram um pé fora de sua cultura enquanto o outro pé permanece
firmemente plantado nela.

A distancia dos cristãos não é um vôo de partida da cultura original, mas uma nova maneira de viver dentro por
causa da nova visao de paz e regozijo que se tem em Cristo.

É mais facil dizer para deixar a sua cultura e falar: “Sou um cristão agora e não tenho nada a ver contigo!”, “Ou
permanecer na sua cultura e dizer eu sou ‘isso’ primeiro e então o cristianismo é um tipo periferico de hobby que
enriquece minha vida particular.”

Negativo! Veja o que é muito ruim e o que é muito maravilhoso:


- O chamado de Deus faz de voce um peregrino. Ele diz: fique com seu povo, mas seja um membro cristão
desta velha sociedade (O que é um trabalho duro!)

Como Abraão, voce sai, mas nao chega! Voce é tirado de sua cultura familair e é exposto ao chamado de Deus!

Conclusao:

Agora, como trazemos isso para a nossa vida? Como posso me render a este ponto? De seguir a um chamado tão
radical? De sair de mim mesmo e viver o que Deus quer?

A resposta: Abraao teve várias promessas. Muitas promessa. Mas uma promessa foi a chave para todas as outras. E
será uma nação, mas antes ele terá um descendente! Um filho!

Ele terá um nação cheia de seu povo, mas antes ele tera um filho. Ele terá um grande nome. Sera uma benção para
os outros povos da terra. Mas antes ele tinha de ter um filho. Tudo veio através disso. Da promessa de um filho.

Sara era estéril e Abraão era velho! E isso significa que um haverá um ato miraculoso da graça de Deus. Veja o que
Deus diz: Abraão, voce não pode se qualificar para isso. Voce tem de apenas viver na fé no filho. Voce tem de viver
com a fé nisso e se você viver como se eu te desse um filho. Vivendo nesta perspectiva. Tudo se tornará verdade!

Agora, Isaque nos aponta para o filho verdeiro. Estamos na mesma posição!

Olhe para Jesus! Ele saiu! Ele teve um chamado! Ele foi dito para deixar a casa do pai. Ele deixou a casa do seu pai.
Deixou a segurança. Ele tinha uma segurança verdadeira. E por que ele fez isso? Por nós.

Ele saiu sem saber para onde ia. Ele foi para o abismo. Nós falamos sobre não ter um lar. Ele foi completamente sem
lar. Você fala sobre ser sem pai. Ele foi completatmente sem pai: Deus meu, Deus meu, por que me abandonaste?

E por que Ele fez isso?

Fez isso para pagar a pena pelos nossos pecados. Ele perdeu seu pai, para que ganhassemos seu pai. Então, podemos
ser incluídos na sua família.

E isso que Jesus está dizendo.”Se voce perceber que Eu respondi ao chamado para deixar a segurança completa e
original para que voce possa ter a segurança completa, agora você está adotado na familia e você é amado em mim.
Então, você será capaz de viver a grande vida Abraãmica. Poderá sair mundo afora. Criticar sua cultura e não ter
medo de estar nela. Sera capaz de render a sua vontade a Ele. Será capaz de lidar com qualquer oposição.”

Este é o ponto! O filho da promessa!

O ponto para Abraão e o ponto para nós! Se você está dizendo que jamais será capaz de lidar com o chamado, voce
esta esquecendo de algo. Há alguém que já lidou por você. Alguém que ja ouviu o chamado. Em graus e ações de
profundidade além de qualquer coisa que você será pedido a fazer.
Você pode ser chamado a seguir Jesus e sua família achar que voce é um louco, como Abraão.
Jesus saiu por você, e certamente que voce pode sair por Ele. Jesus perdeu a segurança por voce, e certamente voce
pode perder sua segurançazinha por Ele, porque é nEle que temos a segurança final.

Deixe o chamado de Deus vir a sua vida! Ouça-o! Se renda! E o chamado te fará como Ele. Te fará grande, te
qualificará!

Oremos!